Gt tae

1.993 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.993
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
131
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gt tae

  1. 1. Gêneros Textuais Definição e Funcionalidade Luiz Antônio Marcuschi
  2. 2. Gêneros Textuais <ul><li>Os gêneros cooperam para classificar e consolidar as atividades comunicativas. </li></ul><ul><li>Têm em sua característica eventos textuais altamente “maleáveis, dinâmicos e plásticos.” Surge da necessidade e interação sócio-culturais. </li></ul><ul><li>Percorre fases históricas da língua. </li></ul>
  3. 3. Tipo Textual x Gênero Textual <ul><li>Sequência teórica definida pela linguística. </li></ul><ul><li>Ex: Categorias -narração, argumentação, exposição, descrição, injunção. </li></ul><ul><li>Referência dada ao textos materializados. </li></ul><ul><li>Ex: Telefone, sermão, carta, bilhete, reportagem, horóscopo, receita culinária, bula de remédio, etc. </li></ul>
  4. 4. *Domínio Discursivo <ul><li>Uma expressão que assinala uma esfera ou veemência de produção discursiva ou de atividade humana. </li></ul><ul><li>Não são textos nem discursos, mas consentem o aparecimento de discursos particulares. Ex: Discurso jurídico, jornalístico, religioso. </li></ul>
  5. 5. Compreendendo melhor: <ul><li>Tipo textual – “Identificação de sequências linguística típicas como norteadoras”(p.24) </li></ul><ul><li>Gênero Textual – “Predominam os critérios de ação prática (...) sendo que os domínios discursivos são as grandes esferas da atividade humana em que os textos circulam” (p.25) </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Intertextualidade intergêneros um gênero com função de outro. </li></ul><ul><li>Heterogeneidade tipológica um gênero com a presença de vários tipos. </li></ul>Nos gêneros temos:
  7. 7. Gêneros textuais e ensino <ul><li>O trabalho com o texto deve ser feito na base dos gêneros, sejam eles orais ou escritos. </li></ul><ul><li>Mostrar como analisar e tratar alguns dos gêneros mais praticados nos diversos meios de comunicação. </li></ul><ul><li>Há 3 critérios de interlocução: *canal/meio de comunicação: telefonema, carta, telegrama. *critérios formais: conto, discussão, debate, contrato, ata, poema. *natureza do conteúdo:piada, prefácio de livro, etc. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Os gêneros são uma questão de uso e não de forma. Se dividem em critérios externos (sócio-comunicativos e discursivos), já os tipos textuais fundam-se em critérios internos (linguísticos e formais. </li></ul><ul><li>Para identificar os gêneros, se leva em conta: *natureza da informação ou do conteúdo veiculado; *nível de linguagem (formal, informal, dialetal, culta etc.); *tipo de situação em que o gênero se situa; *relação entre os participantes; *natureza dos objetivos das atividades desenvolvidas. </li></ul>
  9. 9. Considerações finais <ul><li>O trabalho com gêneros textuais é uma extraordinária oportunidade de se lidar com a língua em seus mais diversos usos autênticos no dia-a-dia. </li></ul><ul><li>O objetivo deste ensino é levar os alunos à produção da variedade dos gêneros tanto escritos como orais e identificar as características de gênero em cada um. </li></ul>
  10. 10. Criado por: Ana Letícia Lima Bruno Miranda Larissa Lacerda Mariana Thaísa Costa

×