SOCIOLOGIA
3ª Série 1º Bimestre
O Que é Cidadania
10/03/2015 Prof. Manoelito 1
10/03/2015 Prof. Manoelito 2
Conteúdos e temas:Origem da palavra “cidadão” e seu
significado; o cidadão ao longo da histór...
O QUE É CIDADANIA?
O conceito contemporâneo de cidadania é fruto de
um longo processo de desenvolvimento histórico,
permea...
10/03/2015 Prof. Manoelito 4
A cidadania não é um conceito estático, mas em
construção, uma vez que, embora a noção de
cid...
10/03/2015 Prof. Manoelito 5
A cidadania prevê a garantia dos direitos civis, políticos,
sociais e humanos que ainda não s...
10/03/2015 Prof. Manoelito 6
No decorrer da história da humanidade surgiram
diversos entendimentos de cidadania em diferen...
10/03/2015 Prof. Manoelito 7
O termo cidadania tem origem etimológica no latim cívitas,
que significa "cidade". Estabelece...
10/03/2015 Prof. Manoelito 8
A cidadania formal é, conforme o direito internacional,
indicativo de nacionalidade, de perte...
10/03/2015 Prof. Manoelito 9
A compreensão e ampliação da cidadania substantiva ocorrem a partir
do estudo clássico de T.H...
10/03/2015 Prof. Manoelito 10
A cidadania esteve e está em permanente
construção; é um referencial de conquista da
humanid...
10/03/2015 Prof. Manoelito 11
No Brasil ainda há muito o que fazer em relação à questão da
cidadania, apesar das extraordi...
10/03/2015 Prof. Manoelito 12
Conforme sustenta o historiador José Murilo de Carvalho, no
Brasil a trajetória dos direitos...
10/03/2015 Prof. Manoelito 13
Nos países ocidentais, a cidadania moderna se
constituiu por etapas. T. H. Marshall afirma q...
10/03/2015 Prof. Manoelito 14
1. Civil: direitos inerentes à liberdade individual, liberdade de
expressão e de pensamento;...
10/03/2015 Prof. Manoelito 15
A origem do termo “cidadão” remonta a uma forma de
organização social específica da Antiguid...
10/03/2015 Prof. Manoelito 16
FIM
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O que é cidadania

563 visualizações

Publicada em

O processo de construção da cidadania segundo TH Marshall e José Murilo de Carvalho

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
563
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O que é cidadania

  1. 1. SOCIOLOGIA 3ª Série 1º Bimestre O Que é Cidadania 10/03/2015 Prof. Manoelito 1
  2. 2. 10/03/2015 Prof. Manoelito 2 Conteúdos e temas:Origem da palavra “cidadão” e seu significado; o cidadão ao longo da história; direitos civis, direitos políticos, direitos sociais e direitos humanos. Competências e habilidades:Relacionar conteúdos apreendidos em outras disciplinas para a compreensão do processo de constituição da cidadania moderna; leitura, interpretação e comparação de documentos históricos; identificação, descrição e classificação de conceitos e termos jurídicos.
  3. 3. O QUE É CIDADANIA? O conceito contemporâneo de cidadania é fruto de um longo processo de desenvolvimento histórico, permeado por constantes lutas políticas e conquistas sociais consolidadas por diferentes grupos na busca pela defesa de seus direitos. 10/03/2015 Prof. Manoelito 3
  4. 4. 10/03/2015 Prof. Manoelito 4 A cidadania não é um conceito estático, mas em construção, uma vez que, embora a noção de cidadania se encontre formulada na Constituição brasileira e em diversos outros documentos como a Declaração Universal dos Direitos Humanos, promulgada em 1948 pela Organização das Nações Unidas (ONU), ela ainda não é um direito efetivo para todos os seres humanos.
  5. 5. 10/03/2015 Prof. Manoelito 5 A cidadania prevê a garantia dos direitos civis, políticos, sociais e humanos que ainda não são estendidos a todo e qualquer cidadão. o processo de construção da cidadania não se deu de forma contínua, isto é, não se desenvolveu linearmente sem rupturas, de modo a se constituir em um conceito único e acabado. Pelo contrário: a noção que temos hoje de cidadania não pode ser reduzida a uma concepção fechada, plenamente formada e válida para todos os contextos sociais que a adotam. Ela comporta variações, contradições e encontra-se em permanente reconstrução.
  6. 6. 10/03/2015 Prof. Manoelito 6 No decorrer da história da humanidade surgiram diversos entendimentos de cidadania em diferentes momentos – Grécia e Roma da Idade Antiga e Europa da Idade Média. Contudo, o conceito de cidadania como conhecemos hoje, insere-se no contexto do surgimento da Modernidade e da estruturação do Estado-Nação.
  7. 7. 10/03/2015 Prof. Manoelito 7 O termo cidadania tem origem etimológica no latim cívitas, que significa "cidade". Estabelece um estatuto de pertencimento de um indivíduo a uma comunidade politicamente articulada – um país – e que lhe atribui um conjunto de direitos e obrigações, sob vigência de uma constituição. Ao contrário dos direitos humanos – que tendem à universalidade dos direitos do ser humano na sua dignidade –, a cidadania moderna, embora influenciada por aquelas concepções mais antigas, possui um caráter próprio e possui duas categorias: formal e substantiva.
  8. 8. 10/03/2015 Prof. Manoelito 8 A cidadania formal é, conforme o direito internacional, indicativo de nacionalidade, de pertencimento a um Estado-Nação, por exemplo, uma pessoa portadora da cidadania brasileira. Em segundo lugar, na ciência política e na sociologia o termo adquire sentido mais amplo, a cidadania substantiva é definida como a posse de direitos civis, políticos e sociais.
  9. 9. 10/03/2015 Prof. Manoelito 9 A compreensão e ampliação da cidadania substantiva ocorrem a partir do estudo clássico de T.H. Marshall – Cidadania e classe social, de 1950 – que descreve a extensão dos direitos civis, políticos e sociais para toda a população de uma nação. Esses direitos tomaram corpo com o fim da 2ª Guerra Mundial, após 1945, com aumento substancial dos direitos sociais – com a criação do Estado de Bem-Estar Social (Welfare State) – estabelecendo princípios mais coletivistas e igualitários. Os movimentos sociais e a efetiva participação da população em geral foram fundamentais para que houvesse uma ampliação significativa dos direitos políticos, sociais e civis alçando um nível geral suficiente de bem-estar econômico, lazer, educação e político.
  10. 10. 10/03/2015 Prof. Manoelito 10 A cidadania esteve e está em permanente construção; é um referencial de conquista da humanidade, através daqueles que sempre buscam mais direitos, maior liberdade, melhores garantias individuais e coletivas, e não se conformando frente às dominações, seja do próprio Estado ou de outras instituições.
  11. 11. 10/03/2015 Prof. Manoelito 11 No Brasil ainda há muito o que fazer em relação à questão da cidadania, apesar das extraordinárias conquistas dos direitos após o fim do regime militar (1964-1985). Mesmo assim, a cidadania está muito distante de muitos brasileiros, pois a conquista dos direitos políticos, sociais e civis não consegue ocultar o drama de milhões de pessoas em situação de miséria, altos índices de desemprego, da taxa significativa de analfabetos e semianalfabetos, sem falar do drama nacional das vítimas da violência particular e oficial.
  12. 12. 10/03/2015 Prof. Manoelito 12 Conforme sustenta o historiador José Murilo de Carvalho, no Brasil a trajetória dos direitos seguiu lógica inversa daquela descrita por T.H. Marshall. Primeiro “vieram os direitos sociais, implantados em período de supressão dos direitos políticos e de redução dos direitos civis por um ditador que se tornou popular (Getúlio Vargas). Depois vieram os direitos políticos... a expansão do direito do voto deu-se em outro período ditatorial, em que os órgãos de repressão política foram transformados em peça decorativa do regime [militar]... A pirâmide dos direitos [no Brasil] foi colocada de cabeça para baixo”.
  13. 13. 10/03/2015 Prof. Manoelito 13 Nos países ocidentais, a cidadania moderna se constituiu por etapas. T. H. Marshall afirma que a cidadania só é plena se dotada de todos os três tipos de direito:
  14. 14. 10/03/2015 Prof. Manoelito 14 1. Civil: direitos inerentes à liberdade individual, liberdade de expressão e de pensamento; direito de propriedade e de conclusão de contratos; direito à justiça; que foi instituída no século XVIII; 2. Política: direito de participação no exercício do poder político, como eleito ou eleitor, no conjunto das instituições de autoridade pública, constituída no século XIX; 3. Social: conjunto de direitos relativos ao bem-estar econômico e social, desde a segurança até ao direito de partilhar do nível de vida, segundo os padrões prevalecentes na sociedade, que são conquistas do século XX.
  15. 15. 10/03/2015 Prof. Manoelito 15 A origem do termo “cidadão” remonta a uma forma de organização social específica da Antiguidade Clássica que se difundiu no Mediterrâneo a partir do século IX a.C.: as Cidades- Estado. Os “cidadãos” eram os membros da comunidade que detinham o privilégio de participar integralmente de todo o ciclo da vida cotidiana da cidade-Estado, ou seja, das decisões políticas, da elaboração das regras, das festividades, dos rituais religiosos, da vida pública etc. Eram os únicos considerados indivíduos plenos e livres, com direitos e garantias sobre sua pessoa e seus bens.
  16. 16. 10/03/2015 Prof. Manoelito 16 FIM

×