SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 1
Baixar para ler offline
2 ATRIBUNA VITÓRIA, ES, DOMINGO, 04 DE AGOSTO DE 2013
AT2
1Ao pensar que os 30 anos estão
chegando, você imediatamente:
A. Sente arrepio e sensação ruim.
B. Pensa que faz parte da vida e que
poderá viver coisas novas.
C.Pensanasnovaspossibilidadesque
a vida trará.
2Nestes primeiros 30 anos, você:
A. Setravoumuitoeviveupoucoo
que desejava ter vivido.
B. Sepermitiuvivercoisasinteressan-
tes e perdeu algumas oportunidades.
C. Viveu com intensidade e emoção o
que apareceu para ser vivido.
3A maturidade para você é:
A. Um tormento.
B. Um desafio e uma oportunidade.
C. Uma nova fase da vida.
4Sobre a sua vida até aqui:
A. Há pouco o que falar.
B. Muitas coisas estão consolidadas,
mas ainda há muito o que ser feito.
C. Muito foi vivido e experienciado.
5Para você, viver é:
A. Vitalidade e juventude.
B. Aprender e ser feliz.
C. Experiência e profundidade.
6O sexo para você representa:
A. Uma maneira de ter prazer.
B. Uma forma boa de estar com outro.
C.Umaformadeserelacionaremocio-
nalmente com o outro.
7Hoje o seu lema de vida é:
A. Viva o hoje porque o amanhã é
sombrio.
B. Viver é aprender a ser feliz.
C. O tempo é o senhor da razão.
COMPORTAMENTO
Sociedadenãoprepara
parapassagemdotempo
NOGUEIRA diz que, aos poucos, as
mulheres se adaptam
A
maioria das mulheres ainda
enfrenta a chegada dos 30
anos com dificuldade. Se-
gundo o psicólogo Adriano Jar-
dim, não há uma preparação na
sociedade para a passagem do
tempo. Há uma valorização da ju-
ventude e a idade é sentida mais
como declínio do que ganhos e
aprendizagem.
“Claro, existe já um efeito do
tempo no corpo e na disposição fí-
sica. Isso pode ser sentido como
muito angustiante, especialmente
para mulheres que utilizavam
muitoaseduçãoeoesplendorfísi-
cocomoformadeserelacionarso-
cialmente. Mas é também uma
oportunidade de fazer reflexões
profundas e redimensionar a au-
toimagem, buscando uma recons-
trução total de sentidos”, explica
Adriano Jardim.
O psicólogo e professor Fábio
Nogueira observa que, hoje, os
questionamentos essenciais da vi-
da cotidiana se estendem para
além da adolescência e/ou che-
gamantesdaterceiraidade.“Algu-
mas pessoas ficam perdidas com
essa indefinição entre ser jovem e
ser velho. Mas acho que, aos pou-
cos, vamos encontrando nosso jei-
TESTE
Vocêsesente
pronta?
FOTOS: DIVULGAÇÃO
A PROFESSORA
Renata Domingos,
32, investe em si
mesma e também
em imóveis e
plano de
previdência
privada
Psicólogos avaliam que
a chegada dos 30 anos
causa medo porque as
pessoas ficam perdidas
com indefinição entre
ser jovem e velho
todetocaravidaebuscarmosafe-
licidade”, opina.
HOMENS
Se as mulheres vivem um mo-
mento de reflexão e de defini-
ção sobre a vida aos 30 anos,
entre os homens isso aconte-
ce um pouco mais tarde. “A
crise masculina tende a
ocorrer aos 40 anos e é re-
pleta de reflexões sobre o
declínio físico, a menor
disposição e a perda de vi-
gor e competitividade. O
homem teme a perda de
virilidade e pode entrar
em crise facilmente por
isso. Mas, mais uma vez,
a época pode ser bas-
tante oportuna para
crescimento pessoal”,
pontua Adriano.
IMPORTANTE SABER
1COMO SE APAIXONAR SEM PERDER
SUA IDENTIDADE
Amulherdeveaprenderanãosejo-
gar de cabeça em relacionamento que
comprometa a sua personalidade.
2O QUE PENSA SOBRE TER FILHOS
Vale perguntar a si mesma se o fato
de não ter filhos causaria arrependi-
mento em algum momento.
3COMO SE DEMITIR DE UM EMPRE-
GO, TERMINAR COM UM HOMEM E
CONFRONTAR UM AMIGO SEM ESTRA-
GAR A AMIZADE
Certas atitudes podem ser tomadas
sem causar um estrago tão grande.
4QUANDO PRECISA SE ESFORÇAR
MAIS E QUANDO DEVE DESISTIR
É preciso perceber quando desistir
e mudar o rumo e quando trabalhar
dobrado para atingir certo objetivo.
5COMO BEIJAR DE UM JEITO QUE
DEIXECLAROOQUEGOSTARIAOU
NÃO QUE ACONTECESSE DEPOIS
Cada beijo tem seu significado.
6OS NOMES DO MINISTRO DA FA-
ZENDA, DAS SUAS BISAVÓS E DA
MELHOR COSTUREIRA DA CIDADE
Informações básicas são importan-
tes para qualquer mulher.
7 COMO MORAR SOZINHA, MESMO
QUE NÃO GOSTE
Pode ser fundamental para a inde-
pendência da mulher.
8AONDE IR QUANDO SUA ALMA
PRECISA DE CONFORTO
Ter um refúgio ou
uma atividade que
distraia.
9Q U E V O C Ê
NÃO PODE
MUDAR O COM-
PRIMENTO DE
SUAS PERNAS,
A LARGURA DE
SEUS QUADRIS,
OU A PERSONALI-
DADE DOS PAIS
Há certas coisas na
vida que as mulheres sim-
plesmentetêmdeaceitar.
10QUE SUA INFÂNCIA PODE NÃO
TER SIDO PERFEITA, MAS JÁ
TERMINOU
É fundamental fazer as pazes com
passado e ser grata a ele.
11O QUE VOCÊ FARIA OU NÃO POR
DINHEIRO E POR AMOR
Falsidade, manipulação e traba-
lhar no que não gosta são exemplos
do que não se deve fazer por dinhei-
ro. E por amor, não vale dar as costas
à família e amigos, nem sacrificar a
felicidade.
12QUE NINGUÉM CONSEGUE ES-
CAPAR IMPUNE SE FUMAR, BE-
BER, USAR DROGAS OU NÃO PASSAR
FIO DENTAL POR MUITO TEMPO
Atençãoaoslimites,elessãoimpor-
tantíssimos.
13EM QUEM PODE E NÃO PODE
CONFIAR, E POR QUE NÃO DEVE
LEVAR ISSO PARA O LADO PESSOAL
Duas dicas: nunca confiar nos ins-
tintos quando a irritação aparecer e
sempre falar a verdade.
14NÃO SE DESCULPAR POR ALGO
QUE NÃO É SUA CULPA
Guardarmea-culpaparaquandofor
realmente necessário.
15POR QUE DIZEM QUE A VIDA CO-
MEÇA AOS 30!
É aos 30 anos que as mulheres se
veem obrigadas a refletir.
Investindonofuturo
Quando estava prestes a completar
30anos,aprofessoraRenataDomingos,
32,traçouumametaemsuavida.Iriatra-
balhar bastante até os 35 anos. E assim
é hoje. Ela atua praticamente em três
turnose,comopartedoinvestimentoem
si mesma, se matriculou em um douto-
radoemEducaçãonoexterior,maisexa-
tamentenaArgentina.“Queroinvestirao
máximo na minha profissão”, diz.
Outrainiciativaparagarantirofuturoé
a construção de uma casa em parceria
com a irmã. “Além dessa casa, penso em
construir uma outra até os 35 anos. Te-
nhoconsciênciadequenãodáparaviver
de aposentadoria do INSS e a melhor
formadegarantirumafontederendaé
com imóveis ou com previdência pri-
vada,queétambémoquejáfaço”.
RESULTADO:
Fonte: Psicólogo Adriano Jardim.
MaioriaA
IMATURA E INSEGURA. Você está
experimentando a passagem do
tempocomoalgosofridoenegativo.
Procure repensar sua relação emo-
cional com o tempo e aceite-se, in-
dependente da idade.
MaioriaB
EM TRANSIÇÃO. Você oscila entre a
insegurança e a segurança na sua
relação com o tempo. Procure pen-
sar mais em si e aceitar a passagem
do tempo como algo positivo.
MaioriaC
MADURA E PREPARADA. Você sente
o tempo como aliado e está pronta
paravivernaplenitudeasexperiên-
cia que a idade lhe traz.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 5 noções de etiqueta social
Aula 5   noções de etiqueta socialAula 5   noções de etiqueta social
Aula 5 noções de etiqueta socialRASC EAD
 
GeraçãO Futuro 27 De Setembro De 2008 VersãO Final Wtc
GeraçãO Futuro    27 De Setembro De 2008 VersãO Final WtcGeraçãO Futuro    27 De Setembro De 2008 VersãO Final Wtc
GeraçãO Futuro 27 De Setembro De 2008 VersãO Final Wtcgeorgeniemeyer
 
Aula 5 Noções de etiqueta social
Aula 5   Noções de etiqueta socialAula 5   Noções de etiqueta social
Aula 5 Noções de etiqueta socialLuiz Siles
 
Seja campeão no palco da vida!
Seja campeão no palco da vida!Seja campeão no palco da vida!
Seja campeão no palco da vida!Sheila Abdala
 
Você e suas escolhas
Você e suas escolhasVocê e suas escolhas
Você e suas escolhasMarieli
 
Elos Da Juventude :)
Elos Da Juventude :) Elos Da Juventude :)
Elos Da Juventude :) Bea_Viana
 
Apresentaçaão sonhos
Apresentaçaão sonhosApresentaçaão sonhos
Apresentaçaão sonhosSheila Abdala
 
Apresentacao etiqueta profissional
Apresentacao etiqueta profissionalApresentacao etiqueta profissional
Apresentacao etiqueta profissionalNosreffej Arierep
 
Apresentação livro das famílias
Apresentação livro das famíliasApresentação livro das famílias
Apresentação livro das famíliasCleverton Epormucena
 
Convivência e integração das gerações no ambiente da
Convivência e integração das gerações no ambiente daConvivência e integração das gerações no ambiente da
Convivência e integração das gerações no ambiente daPr. Eli Rocha Silva
 
Slides Planejamento Campeão 2014
Slides Planejamento Campeão 2014Slides Planejamento Campeão 2014
Slides Planejamento Campeão 2014Alessandro Santos
 
Multexplosivo gratis
Multexplosivo gratisMultexplosivo gratis
Multexplosivo gratisAlfeu Gomes
 
Os 7 hábitos_das_pessoas_altamente_eficazes-stephen_covey
Os 7 hábitos_das_pessoas_altamente_eficazes-stephen_coveyOs 7 hábitos_das_pessoas_altamente_eficazes-stephen_covey
Os 7 hábitos_das_pessoas_altamente_eficazes-stephen_coveyFrancisco Amado
 
Uma historia sobre_a_essencia_da__lideranca
Uma historia sobre_a_essencia_da__liderancaUma historia sobre_a_essencia_da__lideranca
Uma historia sobre_a_essencia_da__liderancaAdroaldo Dallabrida
 

Mais procurados (19)

Etiqueta profissional
Etiqueta profissionalEtiqueta profissional
Etiqueta profissional
 
Aula 5 noções de etiqueta social
Aula 5   noções de etiqueta socialAula 5   noções de etiqueta social
Aula 5 noções de etiqueta social
 
Plenitude: Manual Para a Vida Plena
Plenitude: Manual Para a Vida PlenaPlenitude: Manual Para a Vida Plena
Plenitude: Manual Para a Vida Plena
 
GeraçãO Futuro 27 De Setembro De 2008 VersãO Final Wtc
GeraçãO Futuro    27 De Setembro De 2008 VersãO Final WtcGeraçãO Futuro    27 De Setembro De 2008 VersãO Final Wtc
GeraçãO Futuro 27 De Setembro De 2008 VersãO Final Wtc
 
Aula 5 Noções de etiqueta social
Aula 5   Noções de etiqueta socialAula 5   Noções de etiqueta social
Aula 5 Noções de etiqueta social
 
Seja campeão no palco da vida!
Seja campeão no palco da vida!Seja campeão no palco da vida!
Seja campeão no palco da vida!
 
Ressignificar é Preciso
Ressignificar é PrecisoRessignificar é Preciso
Ressignificar é Preciso
 
Você e suas escolhas
Você e suas escolhasVocê e suas escolhas
Você e suas escolhas
 
Elos Da Juventude :)
Elos Da Juventude :) Elos Da Juventude :)
Elos Da Juventude :)
 
Apresentaçaão sonhos
Apresentaçaão sonhosApresentaçaão sonhos
Apresentaçaão sonhos
 
Escolhas de vida
Escolhas de vidaEscolhas de vida
Escolhas de vida
 
Apresentacao etiqueta profissional
Apresentacao etiqueta profissionalApresentacao etiqueta profissional
Apresentacao etiqueta profissional
 
Apresentação livro das famílias
Apresentação livro das famíliasApresentação livro das famílias
Apresentação livro das famílias
 
Convivência e integração das gerações no ambiente da
Convivência e integração das gerações no ambiente daConvivência e integração das gerações no ambiente da
Convivência e integração das gerações no ambiente da
 
Slides Planejamento Campeão 2014
Slides Planejamento Campeão 2014Slides Planejamento Campeão 2014
Slides Planejamento Campeão 2014
 
7 segredos da prosperidade
7 segredos da prosperidade7 segredos da prosperidade
7 segredos da prosperidade
 
Multexplosivo gratis
Multexplosivo gratisMultexplosivo gratis
Multexplosivo gratis
 
Os 7 hábitos_das_pessoas_altamente_eficazes-stephen_covey
Os 7 hábitos_das_pessoas_altamente_eficazes-stephen_coveyOs 7 hábitos_das_pessoas_altamente_eficazes-stephen_covey
Os 7 hábitos_das_pessoas_altamente_eficazes-stephen_covey
 
Uma historia sobre_a_essencia_da__lideranca
Uma historia sobre_a_essencia_da__liderancaUma historia sobre_a_essencia_da__lideranca
Uma historia sobre_a_essencia_da__lideranca
 

Destaque

É preciso transformar o trauma em algo bom
É preciso transformar o trauma em algo bomÉ preciso transformar o trauma em algo bom
É preciso transformar o trauma em algo bomFábio Nogueira, PhD
 
Falta delicadeza nas relações - Tribuna 27.10
Falta delicadeza nas relações - Tribuna 27.10Falta delicadeza nas relações - Tribuna 27.10
Falta delicadeza nas relações - Tribuna 27.10Fábio Nogueira, PhD
 
A Gazeta - Vida - Conheça quais os efeitos do estresse no seu organismo
A Gazeta - Vida - Conheça quais os efeitos do estresse no seu organismoA Gazeta - Vida - Conheça quais os efeitos do estresse no seu organismo
A Gazeta - Vida - Conheça quais os efeitos do estresse no seu organismoFábio Nogueira, PhD
 
Matéria sobre Ansiedade A Tribuna domingo 10 junho
Matéria sobre Ansiedade A Tribuna domingo 10 junhoMatéria sobre Ansiedade A Tribuna domingo 10 junho
Matéria sobre Ansiedade A Tribuna domingo 10 junhoFábio Nogueira, PhD
 
Reportagem sobre Mentira - A Tribuna 27.07.14
Reportagem sobre Mentira - A Tribuna 27.07.14Reportagem sobre Mentira - A Tribuna 27.07.14
Reportagem sobre Mentira - A Tribuna 27.07.14Fábio Nogueira, PhD
 
5 dicas para educar os filhos respeitando a privacidade - A Gazeta 21.06
5 dicas para educar os filhos respeitando a privacidade - A Gazeta 21.065 dicas para educar os filhos respeitando a privacidade - A Gazeta 21.06
5 dicas para educar os filhos respeitando a privacidade - A Gazeta 21.06Fábio Nogueira, PhD
 

Destaque (6)

É preciso transformar o trauma em algo bom
É preciso transformar o trauma em algo bomÉ preciso transformar o trauma em algo bom
É preciso transformar o trauma em algo bom
 
Falta delicadeza nas relações - Tribuna 27.10
Falta delicadeza nas relações - Tribuna 27.10Falta delicadeza nas relações - Tribuna 27.10
Falta delicadeza nas relações - Tribuna 27.10
 
A Gazeta - Vida - Conheça quais os efeitos do estresse no seu organismo
A Gazeta - Vida - Conheça quais os efeitos do estresse no seu organismoA Gazeta - Vida - Conheça quais os efeitos do estresse no seu organismo
A Gazeta - Vida - Conheça quais os efeitos do estresse no seu organismo
 
Matéria sobre Ansiedade A Tribuna domingo 10 junho
Matéria sobre Ansiedade A Tribuna domingo 10 junhoMatéria sobre Ansiedade A Tribuna domingo 10 junho
Matéria sobre Ansiedade A Tribuna domingo 10 junho
 
Reportagem sobre Mentira - A Tribuna 27.07.14
Reportagem sobre Mentira - A Tribuna 27.07.14Reportagem sobre Mentira - A Tribuna 27.07.14
Reportagem sobre Mentira - A Tribuna 27.07.14
 
5 dicas para educar os filhos respeitando a privacidade - A Gazeta 21.06
5 dicas para educar os filhos respeitando a privacidade - A Gazeta 21.065 dicas para educar os filhos respeitando a privacidade - A Gazeta 21.06
5 dicas para educar os filhos respeitando a privacidade - A Gazeta 21.06
 

Semelhante a A Tribuna 04.08.13 (continuação)

Revista bem estar-acreditar 20130623
Revista bem estar-acreditar 20130623Revista bem estar-acreditar 20130623
Revista bem estar-acreditar 20130623Fernanda Caprio
 
Revista bem estar-14-09-14
Revista bem estar-14-09-14Revista bem estar-14-09-14
Revista bem estar-14-09-14Fernanda Caprio
 
5 passos para encontrar um trabalho gratificante
5 passos para encontrar um trabalho gratificante5 passos para encontrar um trabalho gratificante
5 passos para encontrar um trabalho gratificanteAlex e Bea
 
Hora da mudança coach marroniebookgratis
Hora da mudança coach marroniebookgratisHora da mudança coach marroniebookgratis
Hora da mudança coach marroniebookgratisCoach Marroni
 
Revista bem estar-20130818
Revista bem estar-20130818 Revista bem estar-20130818
Revista bem estar-20130818 Fernanda Caprio
 
Treinamento trab melhor e mais _feliz
Treinamento trab melhor e mais _felizTreinamento trab melhor e mais _feliz
Treinamento trab melhor e mais _felizJosilane Marques
 
O poder dos inquietos chris guillebeau
O poder dos inquietos   chris guillebeauO poder dos inquietos   chris guillebeau
O poder dos inquietos chris guillebeauSoraya1965
 
Schiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 4 - Estigma – Como as pesso...
Schiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 4 - Estigma – Como as pesso...Schiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 4 - Estigma – Como as pesso...
Schiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 4 - Estigma – Como as pesso...Schiz Ophrenic
 
Bate Papo sobre a busca da Felicidade
Bate Papo sobre a busca da FelicidadeBate Papo sobre a busca da Felicidade
Bate Papo sobre a busca da FelicidadeFelipe Girão
 
Manual da vida plena mariacristinalopes.com
Manual da vida plena mariacristinalopes.comManual da vida plena mariacristinalopes.com
Manual da vida plena mariacristinalopes.comMaria Cristina Lopes
 
Trabalho de seminario_integrado_2019_(finalizado)01[1]
Trabalho de seminario_integrado_2019_(finalizado)01[1]Trabalho de seminario_integrado_2019_(finalizado)01[1]
Trabalho de seminario_integrado_2019_(finalizado)01[1]Rose Zanonato
 
10 passos para mudar a sua prosperidade agora
10 passos para mudar a sua prosperidade agora10 passos para mudar a sua prosperidade agora
10 passos para mudar a sua prosperidade agoraAdemir Alves de Abreu
 
Quase Sessenta Juliana Ramires
Quase Sessenta   Juliana RamiresQuase Sessenta   Juliana Ramires
Quase Sessenta Juliana RamiresJuliana Ramires
 
Quase sessenta juliana ramires
Quase sessenta   juliana ramiresQuase sessenta   juliana ramires
Quase sessenta juliana ramiresNilce Bravo
 
Tu tens o controlo?
Tu tens o controlo?Tu tens o controlo?
Tu tens o controlo?Alex e Bea
 

Semelhante a A Tribuna 04.08.13 (continuação) (20)

Revista bem estar-acreditar 20130623
Revista bem estar-acreditar 20130623Revista bem estar-acreditar 20130623
Revista bem estar-acreditar 20130623
 
Revista Maioridade
Revista MaioridadeRevista Maioridade
Revista Maioridade
 
Revista bem estar-14-09-14
Revista bem estar-14-09-14Revista bem estar-14-09-14
Revista bem estar-14-09-14
 
5 passos para encontrar um trabalho gratificante
5 passos para encontrar um trabalho gratificante5 passos para encontrar um trabalho gratificante
5 passos para encontrar um trabalho gratificante
 
Hora da mudança coach marroniebookgratis
Hora da mudança coach marroniebookgratisHora da mudança coach marroniebookgratis
Hora da mudança coach marroniebookgratis
 
Revista bem estar-20130818
Revista bem estar-20130818 Revista bem estar-20130818
Revista bem estar-20130818
 
Treinamento trab melhor e mais _feliz
Treinamento trab melhor e mais _felizTreinamento trab melhor e mais _feliz
Treinamento trab melhor e mais _feliz
 
Ebook a flor da pele
Ebook a flor da peleEbook a flor da pele
Ebook a flor da pele
 
Artigo 5
Artigo 5Artigo 5
Artigo 5
 
O poder dos inquietos chris guillebeau
O poder dos inquietos   chris guillebeauO poder dos inquietos   chris guillebeau
O poder dos inquietos chris guillebeau
 
Reportagem Joyce Moysés
Reportagem Joyce MoysésReportagem Joyce Moysés
Reportagem Joyce Moysés
 
Schiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 4 - Estigma – Como as pesso...
Schiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 4 - Estigma – Como as pesso...Schiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 4 - Estigma – Como as pesso...
Schiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 4 - Estigma – Como as pesso...
 
Bate Papo sobre a busca da Felicidade
Bate Papo sobre a busca da FelicidadeBate Papo sobre a busca da Felicidade
Bate Papo sobre a busca da Felicidade
 
466 an 12_março_2014.okok
466 an 12_março_2014.okok466 an 12_março_2014.okok
466 an 12_março_2014.okok
 
Manual da vida plena mariacristinalopes.com
Manual da vida plena mariacristinalopes.comManual da vida plena mariacristinalopes.com
Manual da vida plena mariacristinalopes.com
 
Trabalho de seminario_integrado_2019_(finalizado)01[1]
Trabalho de seminario_integrado_2019_(finalizado)01[1]Trabalho de seminario_integrado_2019_(finalizado)01[1]
Trabalho de seminario_integrado_2019_(finalizado)01[1]
 
10 passos para mudar a sua prosperidade agora
10 passos para mudar a sua prosperidade agora10 passos para mudar a sua prosperidade agora
10 passos para mudar a sua prosperidade agora
 
Quase Sessenta Juliana Ramires
Quase Sessenta   Juliana RamiresQuase Sessenta   Juliana Ramires
Quase Sessenta Juliana Ramires
 
Quase sessenta juliana ramires
Quase sessenta   juliana ramiresQuase sessenta   juliana ramires
Quase sessenta juliana ramires
 
Tu tens o controlo?
Tu tens o controlo?Tu tens o controlo?
Tu tens o controlo?
 

Mais de Fábio Nogueira, PhD

Ubuntu - Nós fazem(os) nossa comunidade
Ubuntu - Nós fazem(os) nossa comunidadeUbuntu - Nós fazem(os) nossa comunidade
Ubuntu - Nós fazem(os) nossa comunidadeFábio Nogueira, PhD
 
Aprenda a ser menos ansioso seguindo sete dicas inusitadas - A Gazeta 01.04
Aprenda a ser menos ansioso seguindo sete dicas inusitadas - A Gazeta 01.04Aprenda a ser menos ansioso seguindo sete dicas inusitadas - A Gazeta 01.04
Aprenda a ser menos ansioso seguindo sete dicas inusitadas - A Gazeta 01.04Fábio Nogueira, PhD
 
5 dicas para educar os filhos respeitando a privacidade - A Gazeta 21.06
5 dicas para educar os filhos respeitando a privacidade - A Gazeta 21.065 dicas para educar os filhos respeitando a privacidade - A Gazeta 21.06
5 dicas para educar os filhos respeitando a privacidade - A Gazeta 21.06Fábio Nogueira, PhD
 
Perder peso e amizades virtuais - A Gazeta 26.04
Perder peso e amizades virtuais - A Gazeta 26.04Perder peso e amizades virtuais - A Gazeta 26.04
Perder peso e amizades virtuais - A Gazeta 26.04Fábio Nogueira, PhD
 
Aspectos históricos, teóricos e terapêuticos da Gestalt-Terapia
Aspectos históricos, teóricos e terapêuticos da Gestalt-TerapiaAspectos históricos, teóricos e terapêuticos da Gestalt-Terapia
Aspectos históricos, teóricos e terapêuticos da Gestalt-TerapiaFábio Nogueira, PhD
 
Small Talk - My mormon host family and I
Small Talk - My mormon host family and ISmall Talk - My mormon host family and I
Small Talk - My mormon host family and IFábio Nogueira, PhD
 
Novas perspectivas para sua carreira (WS - UVV)
Novas perspectivas para sua carreira (WS - UVV)Novas perspectivas para sua carreira (WS - UVV)
Novas perspectivas para sua carreira (WS - UVV)Fábio Nogueira, PhD
 
New perspectrives for your career - the world is liquid
New perspectrives for your career - the world is liquidNew perspectrives for your career - the world is liquid
New perspectrives for your career - the world is liquidFábio Nogueira, PhD
 
Empreendedorismo 11 - Plano Operacional
Empreendedorismo 11 - Plano OperacionalEmpreendedorismo 11 - Plano Operacional
Empreendedorismo 11 - Plano OperacionalFábio Nogueira, PhD
 
Empreendedorismo 15 - Montando minha apresentação de pitch
Empreendedorismo 15 - Montando minha apresentação de pitchEmpreendedorismo 15 - Montando minha apresentação de pitch
Empreendedorismo 15 - Montando minha apresentação de pitchFábio Nogueira, PhD
 
Empreendedorismo 4 - Montando o primeiro negócio
Empreendedorismo 4 - Montando o primeiro negócioEmpreendedorismo 4 - Montando o primeiro negócio
Empreendedorismo 4 - Montando o primeiro negócioFábio Nogueira, PhD
 
PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL _ Aula 6 - Teorias Fenomenológicas
PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL _ Aula 6 - Teorias FenomenológicasPSICOLOGIA ORGANIZACIONAL _ Aula 6 - Teorias Fenomenológicas
PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL _ Aula 6 - Teorias FenomenológicasFábio Nogueira, PhD
 
PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL _ Aula 9 - Percepção e Atitude
PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL _ Aula 9 - Percepção e AtitudePSICOLOGIA ORGANIZACIONAL _ Aula 9 - Percepção e Atitude
PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL _ Aula 9 - Percepção e AtitudeFábio Nogueira, PhD
 
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula TE - Briefing Evento
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula TE - Briefing EventoCOMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula TE - Briefing Evento
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula TE - Briefing EventoFábio Nogueira, PhD
 
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 5 - TICs e a Comunicação
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 5 - TICs e a ComunicaçãoCOMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 5 - TICs e a Comunicação
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 5 - TICs e a ComunicaçãoFábio Nogueira, PhD
 
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 4 - Endomarketing
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 4 - EndomarketingCOMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 4 - Endomarketing
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 4 - EndomarketingFábio Nogueira, PhD
 
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 3 - Comunicando
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 3 - ComunicandoCOMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 3 - Comunicando
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 3 - ComunicandoFábio Nogueira, PhD
 

Mais de Fábio Nogueira, PhD (20)

Ubuntu - Nós fazem(os) nossa comunidade
Ubuntu - Nós fazem(os) nossa comunidadeUbuntu - Nós fazem(os) nossa comunidade
Ubuntu - Nós fazem(os) nossa comunidade
 
Aprenda a ser menos ansioso seguindo sete dicas inusitadas - A Gazeta 01.04
Aprenda a ser menos ansioso seguindo sete dicas inusitadas - A Gazeta 01.04Aprenda a ser menos ansioso seguindo sete dicas inusitadas - A Gazeta 01.04
Aprenda a ser menos ansioso seguindo sete dicas inusitadas - A Gazeta 01.04
 
5 dicas para educar os filhos respeitando a privacidade - A Gazeta 21.06
5 dicas para educar os filhos respeitando a privacidade - A Gazeta 21.065 dicas para educar os filhos respeitando a privacidade - A Gazeta 21.06
5 dicas para educar os filhos respeitando a privacidade - A Gazeta 21.06
 
Perder peso e amizades virtuais - A Gazeta 26.04
Perder peso e amizades virtuais - A Gazeta 26.04Perder peso e amizades virtuais - A Gazeta 26.04
Perder peso e amizades virtuais - A Gazeta 26.04
 
Estudo de Caso - AB Inbev 2014
Estudo de Caso - AB Inbev 2014Estudo de Caso - AB Inbev 2014
Estudo de Caso - AB Inbev 2014
 
Aspectos históricos, teóricos e terapêuticos da Gestalt-Terapia
Aspectos históricos, teóricos e terapêuticos da Gestalt-TerapiaAspectos históricos, teóricos e terapêuticos da Gestalt-Terapia
Aspectos históricos, teóricos e terapêuticos da Gestalt-Terapia
 
Small Talk - My mormon host family and I
Small Talk - My mormon host family and ISmall Talk - My mormon host family and I
Small Talk - My mormon host family and I
 
Palestra UP (versão video)
Palestra UP (versão video)Palestra UP (versão video)
Palestra UP (versão video)
 
Novas perspectivas para sua carreira (WS - UVV)
Novas perspectivas para sua carreira (WS - UVV)Novas perspectivas para sua carreira (WS - UVV)
Novas perspectivas para sua carreira (WS - UVV)
 
New perspectrives for your career - the world is liquid
New perspectrives for your career - the world is liquidNew perspectrives for your career - the world is liquid
New perspectrives for your career - the world is liquid
 
Empreendedorismo 11 - Plano Operacional
Empreendedorismo 11 - Plano OperacionalEmpreendedorismo 11 - Plano Operacional
Empreendedorismo 11 - Plano Operacional
 
Empreendedorismo 8 - Marketing
Empreendedorismo 8 - MarketingEmpreendedorismo 8 - Marketing
Empreendedorismo 8 - Marketing
 
Empreendedorismo 15 - Montando minha apresentação de pitch
Empreendedorismo 15 - Montando minha apresentação de pitchEmpreendedorismo 15 - Montando minha apresentação de pitch
Empreendedorismo 15 - Montando minha apresentação de pitch
 
Empreendedorismo 4 - Montando o primeiro negócio
Empreendedorismo 4 - Montando o primeiro negócioEmpreendedorismo 4 - Montando o primeiro negócio
Empreendedorismo 4 - Montando o primeiro negócio
 
PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL _ Aula 6 - Teorias Fenomenológicas
PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL _ Aula 6 - Teorias FenomenológicasPSICOLOGIA ORGANIZACIONAL _ Aula 6 - Teorias Fenomenológicas
PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL _ Aula 6 - Teorias Fenomenológicas
 
PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL _ Aula 9 - Percepção e Atitude
PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL _ Aula 9 - Percepção e AtitudePSICOLOGIA ORGANIZACIONAL _ Aula 9 - Percepção e Atitude
PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL _ Aula 9 - Percepção e Atitude
 
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula TE - Briefing Evento
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula TE - Briefing EventoCOMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula TE - Briefing Evento
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula TE - Briefing Evento
 
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 5 - TICs e a Comunicação
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 5 - TICs e a ComunicaçãoCOMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 5 - TICs e a Comunicação
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 5 - TICs e a Comunicação
 
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 4 - Endomarketing
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 4 - EndomarketingCOMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 4 - Endomarketing
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 4 - Endomarketing
 
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 3 - Comunicando
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 3 - ComunicandoCOMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 3 - Comunicando
COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL _ Aula 3 - Comunicando
 

A Tribuna 04.08.13 (continuação)

  • 1. 2 ATRIBUNA VITÓRIA, ES, DOMINGO, 04 DE AGOSTO DE 2013 AT2 1Ao pensar que os 30 anos estão chegando, você imediatamente: A. Sente arrepio e sensação ruim. B. Pensa que faz parte da vida e que poderá viver coisas novas. C.Pensanasnovaspossibilidadesque a vida trará. 2Nestes primeiros 30 anos, você: A. Setravoumuitoeviveupoucoo que desejava ter vivido. B. Sepermitiuvivercoisasinteressan- tes e perdeu algumas oportunidades. C. Viveu com intensidade e emoção o que apareceu para ser vivido. 3A maturidade para você é: A. Um tormento. B. Um desafio e uma oportunidade. C. Uma nova fase da vida. 4Sobre a sua vida até aqui: A. Há pouco o que falar. B. Muitas coisas estão consolidadas, mas ainda há muito o que ser feito. C. Muito foi vivido e experienciado. 5Para você, viver é: A. Vitalidade e juventude. B. Aprender e ser feliz. C. Experiência e profundidade. 6O sexo para você representa: A. Uma maneira de ter prazer. B. Uma forma boa de estar com outro. C.Umaformadeserelacionaremocio- nalmente com o outro. 7Hoje o seu lema de vida é: A. Viva o hoje porque o amanhã é sombrio. B. Viver é aprender a ser feliz. C. O tempo é o senhor da razão. COMPORTAMENTO Sociedadenãoprepara parapassagemdotempo NOGUEIRA diz que, aos poucos, as mulheres se adaptam A maioria das mulheres ainda enfrenta a chegada dos 30 anos com dificuldade. Se- gundo o psicólogo Adriano Jar- dim, não há uma preparação na sociedade para a passagem do tempo. Há uma valorização da ju- ventude e a idade é sentida mais como declínio do que ganhos e aprendizagem. “Claro, existe já um efeito do tempo no corpo e na disposição fí- sica. Isso pode ser sentido como muito angustiante, especialmente para mulheres que utilizavam muitoaseduçãoeoesplendorfísi- cocomoformadeserelacionarso- cialmente. Mas é também uma oportunidade de fazer reflexões profundas e redimensionar a au- toimagem, buscando uma recons- trução total de sentidos”, explica Adriano Jardim. O psicólogo e professor Fábio Nogueira observa que, hoje, os questionamentos essenciais da vi- da cotidiana se estendem para além da adolescência e/ou che- gamantesdaterceiraidade.“Algu- mas pessoas ficam perdidas com essa indefinição entre ser jovem e ser velho. Mas acho que, aos pou- cos, vamos encontrando nosso jei- TESTE Vocêsesente pronta? FOTOS: DIVULGAÇÃO A PROFESSORA Renata Domingos, 32, investe em si mesma e também em imóveis e plano de previdência privada Psicólogos avaliam que a chegada dos 30 anos causa medo porque as pessoas ficam perdidas com indefinição entre ser jovem e velho todetocaravidaebuscarmosafe- licidade”, opina. HOMENS Se as mulheres vivem um mo- mento de reflexão e de defini- ção sobre a vida aos 30 anos, entre os homens isso aconte- ce um pouco mais tarde. “A crise masculina tende a ocorrer aos 40 anos e é re- pleta de reflexões sobre o declínio físico, a menor disposição e a perda de vi- gor e competitividade. O homem teme a perda de virilidade e pode entrar em crise facilmente por isso. Mas, mais uma vez, a época pode ser bas- tante oportuna para crescimento pessoal”, pontua Adriano. IMPORTANTE SABER 1COMO SE APAIXONAR SEM PERDER SUA IDENTIDADE Amulherdeveaprenderanãosejo- gar de cabeça em relacionamento que comprometa a sua personalidade. 2O QUE PENSA SOBRE TER FILHOS Vale perguntar a si mesma se o fato de não ter filhos causaria arrependi- mento em algum momento. 3COMO SE DEMITIR DE UM EMPRE- GO, TERMINAR COM UM HOMEM E CONFRONTAR UM AMIGO SEM ESTRA- GAR A AMIZADE Certas atitudes podem ser tomadas sem causar um estrago tão grande. 4QUANDO PRECISA SE ESFORÇAR MAIS E QUANDO DEVE DESISTIR É preciso perceber quando desistir e mudar o rumo e quando trabalhar dobrado para atingir certo objetivo. 5COMO BEIJAR DE UM JEITO QUE DEIXECLAROOQUEGOSTARIAOU NÃO QUE ACONTECESSE DEPOIS Cada beijo tem seu significado. 6OS NOMES DO MINISTRO DA FA- ZENDA, DAS SUAS BISAVÓS E DA MELHOR COSTUREIRA DA CIDADE Informações básicas são importan- tes para qualquer mulher. 7 COMO MORAR SOZINHA, MESMO QUE NÃO GOSTE Pode ser fundamental para a inde- pendência da mulher. 8AONDE IR QUANDO SUA ALMA PRECISA DE CONFORTO Ter um refúgio ou uma atividade que distraia. 9Q U E V O C Ê NÃO PODE MUDAR O COM- PRIMENTO DE SUAS PERNAS, A LARGURA DE SEUS QUADRIS, OU A PERSONALI- DADE DOS PAIS Há certas coisas na vida que as mulheres sim- plesmentetêmdeaceitar. 10QUE SUA INFÂNCIA PODE NÃO TER SIDO PERFEITA, MAS JÁ TERMINOU É fundamental fazer as pazes com passado e ser grata a ele. 11O QUE VOCÊ FARIA OU NÃO POR DINHEIRO E POR AMOR Falsidade, manipulação e traba- lhar no que não gosta são exemplos do que não se deve fazer por dinhei- ro. E por amor, não vale dar as costas à família e amigos, nem sacrificar a felicidade. 12QUE NINGUÉM CONSEGUE ES- CAPAR IMPUNE SE FUMAR, BE- BER, USAR DROGAS OU NÃO PASSAR FIO DENTAL POR MUITO TEMPO Atençãoaoslimites,elessãoimpor- tantíssimos. 13EM QUEM PODE E NÃO PODE CONFIAR, E POR QUE NÃO DEVE LEVAR ISSO PARA O LADO PESSOAL Duas dicas: nunca confiar nos ins- tintos quando a irritação aparecer e sempre falar a verdade. 14NÃO SE DESCULPAR POR ALGO QUE NÃO É SUA CULPA Guardarmea-culpaparaquandofor realmente necessário. 15POR QUE DIZEM QUE A VIDA CO- MEÇA AOS 30! É aos 30 anos que as mulheres se veem obrigadas a refletir. Investindonofuturo Quando estava prestes a completar 30anos,aprofessoraRenataDomingos, 32,traçouumametaemsuavida.Iriatra- balhar bastante até os 35 anos. E assim é hoje. Ela atua praticamente em três turnose,comopartedoinvestimentoem si mesma, se matriculou em um douto- radoemEducaçãonoexterior,maisexa- tamentenaArgentina.“Queroinvestirao máximo na minha profissão”, diz. Outrainiciativaparagarantirofuturoé a construção de uma casa em parceria com a irmã. “Além dessa casa, penso em construir uma outra até os 35 anos. Te- nhoconsciênciadequenãodáparaviver de aposentadoria do INSS e a melhor formadegarantirumafontederendaé com imóveis ou com previdência pri- vada,queétambémoquejáfaço”. RESULTADO: Fonte: Psicólogo Adriano Jardim. MaioriaA IMATURA E INSEGURA. Você está experimentando a passagem do tempocomoalgosofridoenegativo. Procure repensar sua relação emo- cional com o tempo e aceite-se, in- dependente da idade. MaioriaB EM TRANSIÇÃO. Você oscila entre a insegurança e a segurança na sua relação com o tempo. Procure pen- sar mais em si e aceitar a passagem do tempo como algo positivo. MaioriaC MADURA E PREPARADA. Você sente o tempo como aliado e está pronta paravivernaplenitudeasexperiên- cia que a idade lhe traz.