SlideShare uma empresa Scribd logo
“O Espírito do Senhor está sobre
mim, porque ele me ungiu para pregar
  as boas-novas aos pobres. Ele me
enviou para proclamar liberdade aos
  presos e recuperação da vista aos
  cegos, para libertar os oprimidos e
proclamar o ano da graça do Senhor”
                 [NVI]

             (Lc 4.18-19)
A igreja segundo Jesus
Já sabemos que igreja não são paredes nem tijolos.
Por isso, é impossível separarmos a saúde da igreja
   local de seus membros. Também, é impossível
divorciarmos a vida cristã de um membro de igreja
             de seu crescimento espiritual.
QUANDO A IGREJA NÃO
          CRESCE?
 Talvez o maior problema que enfrentamos na falta
     de crescimento nas igrejas, seja a falta de
“crescimento espiritual consistente” e de “progresso
    no discipulado”. Cristão que confessam fé e
    arrependimento, mas que não têm crescido.

Essa situação se manifesta em duas variedades: Há
 aquela estagnação temporária ou rotina espiritual
 enfadonha que todo cristão experimenta e tem de
vencer, de quando em quando. Mas isso é normal e
        não deve ser causa de muito alarde.
MAS HÁ UMA VARIEDADE
         CRÔNICA
Essa é uma situação mais grave do que uma rotina
                   enfadonha.
  São membros de igreja que se não saírem dessa
    situação, podem acreditar que não há mais
           crescimento a ser desfrutado.
   São membros de igreja que se não saírem dessa
situação, podem acreditar que seguir a Cristo é algo
  superficial e vazio. O orgulho pode estar dizendo:
    “Cheguei à plenitude espiritual e não há mais
              crescimento a ser atingido”.
O QUE É NORMAL PARA O
           CRISTÃO?
       AVANÇO NO COHECIMENTO DE CRISTO;

         AVANÇO NA SEMELHANÇA COM ELE;

         AVANÇO NA MATURIDADE ESPIRITUAL

“Pondo de partes os princípios elementares da doutrina
  de Cristo, deixemo-nos levar para o que é perfeito”
                        (Hb 6.1)
O QUE PRECISAMOS?

  Manter a humildade no que diz respeito ao
crescimento espiritual. Paulo nos dá seu próprio
                   exemplo:



                  Fp 3.12-14
PROBLEMAS EM NOSSAS
OPINIÕES SOBRE CRESCIMENTO


 Jesus nos ajuda pelo menos a identificar duas
   atitudes que obstruem o crescimento e o
         discipulado bíblico. Leiamos!


                 Lc 18.9-14
ARMADILHA DO DESEMPENHO

Nos esportes são registradas as estatísticas do
          desempenho do jogador

        Porcentagens de ataque;
          Porcentagens de gols;
 Porcentagens de roubadas de bolas;
   Porcentagens de assistências, etc.
ARMADILHA DO DESEMPENHO

   Nossa ideia de crescimento espiritual pode ser
influenciada por uma “mentalidade de estatística”.


   O FARISEU INFORMOU TUDO QUE FIZERA
       Jejuar duas vezes por semana;
   Dar o dízimo de tudo que ele recebia.
TAMBÉM PODEMOS FAZER
          ISSO

Podemos cair na armadilha da estatística
achando que o crescimento espiritual e o
  discipulado se assemelham ao bom
        desempenho e sucesso.
  Quando isso acontece, nosso senso de
crescimento e valor se torna erroneamente
    vinculado as nossas “estatísticas”.
JULGAMENTO PELOS PADRÕES
        ERRADOS


 A tendência de julgarmos nosso bem-estar
por comparar-nos a nós mesmos com outros
     é outro grande engano quanto ao
        crescimento na vida cristã.
O FARISEU

Ele se vangloriava, diante de Deus. Dizia ele:

  Que não era como os demais homens;
           Que não era roubador;
      Que não era injusto ou adúltero;
    Nem ainda como “este publicano”.
CONSEQUÊNCIA DISSO

É melhor que nos humilhemos e confiemos
   na graça de Deus do que sofrermos a
  oposição de Deus por causa de nosso
                 orgulho.
                Tg 4.6
                1Pe 5.5

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A importância da integridade na ação pastoral
A importância da integridade na ação pastoralA importância da integridade na ação pastoral
A importância da integridade na ação pastoral
Márcio Batista
 
Vivendo uma vida santa - A Igreja do Arrebatamento - Lições Bíblicas dos Jovens
Vivendo uma vida santa - A Igreja do Arrebatamento - Lições Bíblicas dos JovensVivendo uma vida santa - A Igreja do Arrebatamento - Lições Bíblicas dos Jovens
Vivendo uma vida santa - A Igreja do Arrebatamento - Lições Bíblicas dos Jovens
Francelia Carvalho Oliveira
 
Ética Cristã - Os Princípios da Ética Cristã
Ética Cristã - Os Princípios da Ética CristãÉtica Cristã - Os Princípios da Ética Cristã
Ética Cristã - Os Princípios da Ética Cristã
Francelia Carvalho Oliveira
 
Marcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa MaduraMarcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa Madura
guestc5d870
 
Que igreja somos nós?
Que igreja somos nós?Que igreja somos nós?
Que igreja somos nós?
Daladier Lima
 
Pastoreando uma igreja ferida - Parte 1
Pastoreando uma igreja ferida - Parte 1Pastoreando uma igreja ferida - Parte 1
Pastoreando uma igreja ferida - Parte 1
mredil
 
Maturidade Espiritual com DMZeca
Maturidade Espiritual com DMZecaMaturidade Espiritual com DMZeca
Maturidade Espiritual com DMZeca
DM Zeca
 
Maturidade e crescimento espiritual
Maturidade e crescimento espiritualMaturidade e crescimento espiritual
Maturidade e crescimento espiritual
mgno42
 
Desenvolvimento natural da igreja princípios
Desenvolvimento natural da igreja   princípiosDesenvolvimento natural da igreja   princípios
Desenvolvimento natural da igreja princípios
Marcus D. Ziemann
 
Ensino 04 a preparação do ministro
Ensino 04   a preparação do ministroEnsino 04   a preparação do ministro
Ensino 04 a preparação do ministro
Ministério Paraná
 
Estudo 3 (Maturidade)
Estudo 3 (Maturidade)Estudo 3 (Maturidade)
Estudo 3 (Maturidade)
Daniel Junior
 
Aula de 17 02-2013
Aula de 17 02-2013Aula de 17 02-2013
Aula de 17 02-2013
Marcelo Maia
 
00 por que eu preciso da força do discipulado
00 por que eu preciso da força do discipulado00 por que eu preciso da força do discipulado
00 por que eu preciso da força do discipulado
Estevan Proença Aluno Senac Tito Tec. Negociação 2009
 
3º trimestre 2015 adolescentes lição 13
3º trimestre 2015 adolescentes lição 133º trimestre 2015 adolescentes lição 13
3º trimestre 2015 adolescentes lição 13
Joel de Oliveira
 
Evangelizando adolescentes p linda (1)
Evangelizando adolescentes p linda (1)Evangelizando adolescentes p linda (1)
Evangelizando adolescentes p linda (1)
Fer Mariano
 
As Cinco Solas dos Reformadores
As Cinco Solas dos ReformadoresAs Cinco Solas dos Reformadores
As Cinco Solas dos Reformadores
Vitor Germano
 
Lição 8 - igreja - agente transformador da sociedade
Lição 8 - igreja - agente transformador da sociedadeLição 8 - igreja - agente transformador da sociedade
Lição 8 - igreja - agente transformador da sociedade
Ailton da Silva
 
Você é uma pessoa alegre
Você é uma pessoa alegreVocê é uma pessoa alegre
Você é uma pessoa alegre
Eid Marques
 
Estudo 6 (Equilíbrio)
Estudo 6 (Equilíbrio)Estudo 6 (Equilíbrio)
Estudo 6 (Equilíbrio)
Daniel Junior
 
Responsabilidade e herança - Parte 4
Responsabilidade e herança - Parte 4Responsabilidade e herança - Parte 4
Responsabilidade e herança - Parte 4
mredil
 

Mais procurados (20)

A importância da integridade na ação pastoral
A importância da integridade na ação pastoralA importância da integridade na ação pastoral
A importância da integridade na ação pastoral
 
Vivendo uma vida santa - A Igreja do Arrebatamento - Lições Bíblicas dos Jovens
Vivendo uma vida santa - A Igreja do Arrebatamento - Lições Bíblicas dos JovensVivendo uma vida santa - A Igreja do Arrebatamento - Lições Bíblicas dos Jovens
Vivendo uma vida santa - A Igreja do Arrebatamento - Lições Bíblicas dos Jovens
 
Ética Cristã - Os Princípios da Ética Cristã
Ética Cristã - Os Princípios da Ética CristãÉtica Cristã - Os Princípios da Ética Cristã
Ética Cristã - Os Princípios da Ética Cristã
 
Marcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa MaduraMarcas De Uma Pessoa Madura
Marcas De Uma Pessoa Madura
 
Que igreja somos nós?
Que igreja somos nós?Que igreja somos nós?
Que igreja somos nós?
 
Pastoreando uma igreja ferida - Parte 1
Pastoreando uma igreja ferida - Parte 1Pastoreando uma igreja ferida - Parte 1
Pastoreando uma igreja ferida - Parte 1
 
Maturidade Espiritual com DMZeca
Maturidade Espiritual com DMZecaMaturidade Espiritual com DMZeca
Maturidade Espiritual com DMZeca
 
Maturidade e crescimento espiritual
Maturidade e crescimento espiritualMaturidade e crescimento espiritual
Maturidade e crescimento espiritual
 
Desenvolvimento natural da igreja princípios
Desenvolvimento natural da igreja   princípiosDesenvolvimento natural da igreja   princípios
Desenvolvimento natural da igreja princípios
 
Ensino 04 a preparação do ministro
Ensino 04   a preparação do ministroEnsino 04   a preparação do ministro
Ensino 04 a preparação do ministro
 
Estudo 3 (Maturidade)
Estudo 3 (Maturidade)Estudo 3 (Maturidade)
Estudo 3 (Maturidade)
 
Aula de 17 02-2013
Aula de 17 02-2013Aula de 17 02-2013
Aula de 17 02-2013
 
00 por que eu preciso da força do discipulado
00 por que eu preciso da força do discipulado00 por que eu preciso da força do discipulado
00 por que eu preciso da força do discipulado
 
3º trimestre 2015 adolescentes lição 13
3º trimestre 2015 adolescentes lição 133º trimestre 2015 adolescentes lição 13
3º trimestre 2015 adolescentes lição 13
 
Evangelizando adolescentes p linda (1)
Evangelizando adolescentes p linda (1)Evangelizando adolescentes p linda (1)
Evangelizando adolescentes p linda (1)
 
As Cinco Solas dos Reformadores
As Cinco Solas dos ReformadoresAs Cinco Solas dos Reformadores
As Cinco Solas dos Reformadores
 
Lição 8 - igreja - agente transformador da sociedade
Lição 8 - igreja - agente transformador da sociedadeLição 8 - igreja - agente transformador da sociedade
Lição 8 - igreja - agente transformador da sociedade
 
Você é uma pessoa alegre
Você é uma pessoa alegreVocê é uma pessoa alegre
Você é uma pessoa alegre
 
Estudo 6 (Equilíbrio)
Estudo 6 (Equilíbrio)Estudo 6 (Equilíbrio)
Estudo 6 (Equilíbrio)
 
Responsabilidade e herança - Parte 4
Responsabilidade e herança - Parte 4Responsabilidade e herança - Parte 4
Responsabilidade e herança - Parte 4
 

Destaque

Para Que Lado Parte 1
Para Que Lado   Parte 1Para Que Lado   Parte 1
Para Que Lado Parte 1
pastorvanderlei
 
109 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_mateus_parte_2
109 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_mateus_parte_2109 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_mateus_parte_2
109 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_mateus_parte_2
Robson Tavares Fernandes
 
Tem um entendimento claro da membresia - 2º domingo - manhã
Tem um entendimento claro da membresia - 2º domingo - manhãTem um entendimento claro da membresia - 2º domingo - manhã
Tem um entendimento claro da membresia - 2º domingo - manhã
Anderson Serra Rocha
 
DEFINA SEUS ALVOS CORRETAMENTE
DEFINA SEUS ALVOS CORRETAMENTEDEFINA SEUS ALVOS CORRETAMENTE
DEFINA SEUS ALVOS CORRETAMENTE
Idpb São Jose I
 
Plano da salvação todos
Plano da salvação todosPlano da salvação todos
Plano da salvação todos
Estudos Bíblicos
 
O evangelho do reino de deus aula 02
O evangelho do reino de deus   aula 02O evangelho do reino de deus   aula 02
O evangelho do reino de deus aula 02
Alípio Vallim
 
Compromisso com deus
Compromisso com deusCompromisso com deus
Compromisso com deus
Antonio Rodrigues
 
108 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_mateus_parte_1
108 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_mateus_parte_1108 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_mateus_parte_1
108 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_mateus_parte_1
Robson Tavares Fernandes
 
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
Leonam dos Santos
 
O Novo Testamento I
O Novo Testamento IO Novo Testamento I
O Novo Testamento I
Luis Henrique Chagas Leite
 
Buscai primeiro o reino de deus
Buscai primeiro o reino de deusBuscai primeiro o reino de deus
Buscai primeiro o reino de deus
IMQ
 
Buscai Primeiro O Reino De Deus
Buscai Primeiro O Reino De DeusBuscai Primeiro O Reino De Deus
Buscai Primeiro O Reino De Deus
luiscandido
 
1º aula de os evangelhos
1º   aula de os evangelhos1º   aula de os evangelhos
1º aula de os evangelhos
Jefferson Evangelista
 
SERVIÇO - Viva para Servir
SERVIÇO - Viva para ServirSERVIÇO - Viva para Servir
SERVIÇO - Viva para Servir
IBMemorialJC
 
Compromisso de ser igreja
Compromisso de ser igrejaCompromisso de ser igreja
Compromisso de ser igreja
Sidinei Kauer
 
Servir Ou Servir Se
Servir Ou Servir SeServir Ou Servir Se
Servir Ou Servir Se
Renato Villas Boas
 
6 coisas sobre motivações(atitudes) para servir a Deus
6 coisas sobre motivações(atitudes) para servir a Deus6 coisas sobre motivações(atitudes) para servir a Deus
6 coisas sobre motivações(atitudes) para servir a Deus
icmav
 
Novo testamento
Novo testamentoNovo testamento
Novo testamento
António José Fonseca
 
Envolvidos ou comprometidos parte 1
Envolvidos ou comprometidos parte 1Envolvidos ou comprometidos parte 1
Envolvidos ou comprometidos parte 1
map2015
 
Envolvimento x Comprometimento
Envolvimento x ComprometimentoEnvolvimento x Comprometimento
Envolvimento x Comprometimento
Vagner Mello
 

Destaque (20)

Para Que Lado Parte 1
Para Que Lado   Parte 1Para Que Lado   Parte 1
Para Que Lado Parte 1
 
109 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_mateus_parte_2
109 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_mateus_parte_2109 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_mateus_parte_2
109 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_mateus_parte_2
 
Tem um entendimento claro da membresia - 2º domingo - manhã
Tem um entendimento claro da membresia - 2º domingo - manhãTem um entendimento claro da membresia - 2º domingo - manhã
Tem um entendimento claro da membresia - 2º domingo - manhã
 
DEFINA SEUS ALVOS CORRETAMENTE
DEFINA SEUS ALVOS CORRETAMENTEDEFINA SEUS ALVOS CORRETAMENTE
DEFINA SEUS ALVOS CORRETAMENTE
 
Plano da salvação todos
Plano da salvação todosPlano da salvação todos
Plano da salvação todos
 
O evangelho do reino de deus aula 02
O evangelho do reino de deus   aula 02O evangelho do reino de deus   aula 02
O evangelho do reino de deus aula 02
 
Compromisso com deus
Compromisso com deusCompromisso com deus
Compromisso com deus
 
108 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_mateus_parte_1
108 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_mateus_parte_1108 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_mateus_parte_1
108 estudo panoramico-da_biblia-o_evangelho_de_mateus_parte_1
 
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
“VOLTEMOS AO EVANGELHO DO REINO DE DEUS”
 
O Novo Testamento I
O Novo Testamento IO Novo Testamento I
O Novo Testamento I
 
Buscai primeiro o reino de deus
Buscai primeiro o reino de deusBuscai primeiro o reino de deus
Buscai primeiro o reino de deus
 
Buscai Primeiro O Reino De Deus
Buscai Primeiro O Reino De DeusBuscai Primeiro O Reino De Deus
Buscai Primeiro O Reino De Deus
 
1º aula de os evangelhos
1º   aula de os evangelhos1º   aula de os evangelhos
1º aula de os evangelhos
 
SERVIÇO - Viva para Servir
SERVIÇO - Viva para ServirSERVIÇO - Viva para Servir
SERVIÇO - Viva para Servir
 
Compromisso de ser igreja
Compromisso de ser igrejaCompromisso de ser igreja
Compromisso de ser igreja
 
Servir Ou Servir Se
Servir Ou Servir SeServir Ou Servir Se
Servir Ou Servir Se
 
6 coisas sobre motivações(atitudes) para servir a Deus
6 coisas sobre motivações(atitudes) para servir a Deus6 coisas sobre motivações(atitudes) para servir a Deus
6 coisas sobre motivações(atitudes) para servir a Deus
 
Novo testamento
Novo testamentoNovo testamento
Novo testamento
 
Envolvidos ou comprometidos parte 1
Envolvidos ou comprometidos parte 1Envolvidos ou comprometidos parte 1
Envolvidos ou comprometidos parte 1
 
Envolvimento x Comprometimento
Envolvimento x ComprometimentoEnvolvimento x Comprometimento
Envolvimento x Comprometimento
 

Semelhante a é Uma igreja que cresce parte 1 - 3º domingo - manhã

Amadurecimento cristão
Amadurecimento cristãoAmadurecimento cristão
Amadurecimento cristão
Instituto Teológico Gamaliel
 
Crescendo na vida
Crescendo na vidaCrescendo na vida
Crescendo na vida
cibelefernoli
 
Crescer em cristo juniores
Crescer em cristo   junioresCrescer em cristo   juniores
Crescer em cristo juniores
Sandra Fuso
 
EBJ - Encontro 18/03/2012
EBJ - Encontro 18/03/2012EBJ - Encontro 18/03/2012
EBJ - Encontro 18/03/2012
EBJ IPBCP
 
Aula 5- O homem aprovado pela fé – Rev. Lucas Andrade.pptx
Aula 5- O homem aprovado pela fé – Rev. Lucas Andrade.pptxAula 5- O homem aprovado pela fé – Rev. Lucas Andrade.pptx
Aula 5- O homem aprovado pela fé – Rev. Lucas Andrade.pptx
JosMauroPiresCoutinh
 
13 espiritualidade na familia
13   espiritualidade na familia13   espiritualidade na familia
13 espiritualidade na familia
PIB Penha
 
Palestra Igreja Esperança
Palestra Igreja EsperançaPalestra Igreja Esperança
Palestra Igreja Esperança
lcsmbr
 
Amadurecimento cristão
Amadurecimento cristãoAmadurecimento cristão
Amadurecimento cristão
Instituto Teológico Gamaliel
 
Aespiritualidadeeoreino
AespiritualidadeeoreinoAespiritualidadeeoreino
Aespiritualidadeeoreino
Leonardo Marques
 
HOMENS NA OBRA DE DEUS 2 PEDRO 1.3-11.pdf
HOMENS NA OBRA DE DEUS  2 PEDRO 1.3-11.pdfHOMENS NA OBRA DE DEUS  2 PEDRO 1.3-11.pdf
HOMENS NA OBRA DE DEUS 2 PEDRO 1.3-11.pdf
Jorge Teixeira
 
Espiritualidade crista
Espiritualidade cristaEspiritualidade crista
Espiritualidade crista
Paulo Cesar Machado
 
Aula 1 O Homem Aprovado por Deus - Rev. Jovanir Laje.pptx
Aula 1 O Homem Aprovado por Deus - Rev. Jovanir Laje.pptxAula 1 O Homem Aprovado por Deus - Rev. Jovanir Laje.pptx
Aula 1 O Homem Aprovado por Deus - Rev. Jovanir Laje.pptx
JosMauroPiresCoutinh
 
7264327 a-sindrome-de-pilatos-paulo-bueno
7264327 a-sindrome-de-pilatos-paulo-bueno7264327 a-sindrome-de-pilatos-paulo-bueno
7264327 a-sindrome-de-pilatos-paulo-bueno
Maressa Almeida
 
Crescer e amadurecer pub
Crescer e amadurecer pubCrescer e amadurecer pub
Crescer e amadurecer pub
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Santidade e arrebatamento
Santidade e arrebatamentoSantidade e arrebatamento
Santidade e arrebatamento
Netto Pregador
 
Bote fé
Bote féBote fé
Dons espirituais: Descubra seu lugar no Corpo de Cristo
Dons espirituais: Descubra seu lugar no Corpo de CristoDons espirituais: Descubra seu lugar no Corpo de Cristo
Dons espirituais: Descubra seu lugar no Corpo de Cristo
Viva a Igreja
 
Disciplina o crescimento da igreja
Disciplina o crescimento da igrejaDisciplina o crescimento da igreja
Disciplina o crescimento da igreja
Degnaldo Carvalho
 
Disciplina o crescimento da igreja
Disciplina o crescimento da igrejaDisciplina o crescimento da igreja
Disciplina o crescimento da igreja
Degnaldo Carvalho
 
Espiritualidade versus profissionalismo
Espiritualidade versus profissionalismoEspiritualidade versus profissionalismo
Espiritualidade versus profissionalismo
Samuel Lima
 

Semelhante a é Uma igreja que cresce parte 1 - 3º domingo - manhã (20)

Amadurecimento cristão
Amadurecimento cristãoAmadurecimento cristão
Amadurecimento cristão
 
Crescendo na vida
Crescendo na vidaCrescendo na vida
Crescendo na vida
 
Crescer em cristo juniores
Crescer em cristo   junioresCrescer em cristo   juniores
Crescer em cristo juniores
 
EBJ - Encontro 18/03/2012
EBJ - Encontro 18/03/2012EBJ - Encontro 18/03/2012
EBJ - Encontro 18/03/2012
 
Aula 5- O homem aprovado pela fé – Rev. Lucas Andrade.pptx
Aula 5- O homem aprovado pela fé – Rev. Lucas Andrade.pptxAula 5- O homem aprovado pela fé – Rev. Lucas Andrade.pptx
Aula 5- O homem aprovado pela fé – Rev. Lucas Andrade.pptx
 
13 espiritualidade na familia
13   espiritualidade na familia13   espiritualidade na familia
13 espiritualidade na familia
 
Palestra Igreja Esperança
Palestra Igreja EsperançaPalestra Igreja Esperança
Palestra Igreja Esperança
 
Amadurecimento cristão
Amadurecimento cristãoAmadurecimento cristão
Amadurecimento cristão
 
Aespiritualidadeeoreino
AespiritualidadeeoreinoAespiritualidadeeoreino
Aespiritualidadeeoreino
 
HOMENS NA OBRA DE DEUS 2 PEDRO 1.3-11.pdf
HOMENS NA OBRA DE DEUS  2 PEDRO 1.3-11.pdfHOMENS NA OBRA DE DEUS  2 PEDRO 1.3-11.pdf
HOMENS NA OBRA DE DEUS 2 PEDRO 1.3-11.pdf
 
Espiritualidade crista
Espiritualidade cristaEspiritualidade crista
Espiritualidade crista
 
Aula 1 O Homem Aprovado por Deus - Rev. Jovanir Laje.pptx
Aula 1 O Homem Aprovado por Deus - Rev. Jovanir Laje.pptxAula 1 O Homem Aprovado por Deus - Rev. Jovanir Laje.pptx
Aula 1 O Homem Aprovado por Deus - Rev. Jovanir Laje.pptx
 
7264327 a-sindrome-de-pilatos-paulo-bueno
7264327 a-sindrome-de-pilatos-paulo-bueno7264327 a-sindrome-de-pilatos-paulo-bueno
7264327 a-sindrome-de-pilatos-paulo-bueno
 
Crescer e amadurecer pub
Crescer e amadurecer pubCrescer e amadurecer pub
Crescer e amadurecer pub
 
Santidade e arrebatamento
Santidade e arrebatamentoSantidade e arrebatamento
Santidade e arrebatamento
 
Bote fé
Bote féBote fé
Bote fé
 
Dons espirituais: Descubra seu lugar no Corpo de Cristo
Dons espirituais: Descubra seu lugar no Corpo de CristoDons espirituais: Descubra seu lugar no Corpo de Cristo
Dons espirituais: Descubra seu lugar no Corpo de Cristo
 
Disciplina o crescimento da igreja
Disciplina o crescimento da igrejaDisciplina o crescimento da igreja
Disciplina o crescimento da igreja
 
Disciplina o crescimento da igreja
Disciplina o crescimento da igrejaDisciplina o crescimento da igreja
Disciplina o crescimento da igreja
 
Espiritualidade versus profissionalismo
Espiritualidade versus profissionalismoEspiritualidade versus profissionalismo
Espiritualidade versus profissionalismo
 

Mais de Anderson Serra Rocha

Guerreia com oração - 2º meio de semana
Guerreia com oração - 2º meio de semanaGuerreia com oração - 2º meio de semana
Guerreia com oração - 2º meio de semana
Anderson Serra Rocha
 
Tem um entendimento bíblico da evangelização - 1º meio de semana
Tem um entendimento bíblico da evangelização - 1º meio de semanaTem um entendimento bíblico da evangelização - 1º meio de semana
Tem um entendimento bíblico da evangelização - 1º meio de semana
Anderson Serra Rocha
 
Tem um entendimento sadio da conversão - 1º domingo - noite
Tem um entendimento sadio da conversão - 1º domingo - noiteTem um entendimento sadio da conversão - 1º domingo - noite
Tem um entendimento sadio da conversão - 1º domingo - noite
Anderson Serra Rocha
 
Almeja ser saudável - 2º domingo - noite
Almeja ser saudável - 2º domingo - noiteAlmeja ser saudável - 2º domingo - noite
Almeja ser saudável - 2º domingo - noite
Anderson Serra Rocha
 
É consolada por ele - 3º meio de semana
É consolada por ele - 3º meio de semanaÉ consolada por ele - 3º meio de semana
É consolada por ele - 3º meio de semana
Anderson Serra Rocha
 
Tem um entendimento correto das boas novas - 1º domingo - manhã
Tem um entendimento correto das boas novas - 1º domingo - manhãTem um entendimento correto das boas novas - 1º domingo - manhã
Tem um entendimento correto das boas novas - 1º domingo - manhã
Anderson Serra Rocha
 

Mais de Anderson Serra Rocha (6)

Guerreia com oração - 2º meio de semana
Guerreia com oração - 2º meio de semanaGuerreia com oração - 2º meio de semana
Guerreia com oração - 2º meio de semana
 
Tem um entendimento bíblico da evangelização - 1º meio de semana
Tem um entendimento bíblico da evangelização - 1º meio de semanaTem um entendimento bíblico da evangelização - 1º meio de semana
Tem um entendimento bíblico da evangelização - 1º meio de semana
 
Tem um entendimento sadio da conversão - 1º domingo - noite
Tem um entendimento sadio da conversão - 1º domingo - noiteTem um entendimento sadio da conversão - 1º domingo - noite
Tem um entendimento sadio da conversão - 1º domingo - noite
 
Almeja ser saudável - 2º domingo - noite
Almeja ser saudável - 2º domingo - noiteAlmeja ser saudável - 2º domingo - noite
Almeja ser saudável - 2º domingo - noite
 
É consolada por ele - 3º meio de semana
É consolada por ele - 3º meio de semanaÉ consolada por ele - 3º meio de semana
É consolada por ele - 3º meio de semana
 
Tem um entendimento correto das boas novas - 1º domingo - manhã
Tem um entendimento correto das boas novas - 1º domingo - manhãTem um entendimento correto das boas novas - 1º domingo - manhã
Tem um entendimento correto das boas novas - 1º domingo - manhã
 

Último

MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
ESCRIBA DE CRISTO
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
André Ricardo Marcondes
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
AlessandroSanches8
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
ESCRIBA DE CRISTO
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 

Último (16)

MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 

é Uma igreja que cresce parte 1 - 3º domingo - manhã

  • 1.
  • 2. “O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me ungiu para pregar as boas-novas aos pobres. Ele me enviou para proclamar liberdade aos presos e recuperação da vista aos cegos, para libertar os oprimidos e proclamar o ano da graça do Senhor” [NVI] (Lc 4.18-19)
  • 4. Já sabemos que igreja não são paredes nem tijolos. Por isso, é impossível separarmos a saúde da igreja local de seus membros. Também, é impossível divorciarmos a vida cristã de um membro de igreja de seu crescimento espiritual.
  • 5. QUANDO A IGREJA NÃO CRESCE? Talvez o maior problema que enfrentamos na falta de crescimento nas igrejas, seja a falta de “crescimento espiritual consistente” e de “progresso no discipulado”. Cristão que confessam fé e arrependimento, mas que não têm crescido. Essa situação se manifesta em duas variedades: Há aquela estagnação temporária ou rotina espiritual enfadonha que todo cristão experimenta e tem de vencer, de quando em quando. Mas isso é normal e não deve ser causa de muito alarde.
  • 6. MAS HÁ UMA VARIEDADE CRÔNICA Essa é uma situação mais grave do que uma rotina enfadonha. São membros de igreja que se não saírem dessa situação, podem acreditar que não há mais crescimento a ser desfrutado. São membros de igreja que se não saírem dessa situação, podem acreditar que seguir a Cristo é algo superficial e vazio. O orgulho pode estar dizendo: “Cheguei à plenitude espiritual e não há mais crescimento a ser atingido”.
  • 7. O QUE É NORMAL PARA O CRISTÃO? AVANÇO NO COHECIMENTO DE CRISTO; AVANÇO NA SEMELHANÇA COM ELE; AVANÇO NA MATURIDADE ESPIRITUAL “Pondo de partes os princípios elementares da doutrina de Cristo, deixemo-nos levar para o que é perfeito” (Hb 6.1)
  • 8. O QUE PRECISAMOS? Manter a humildade no que diz respeito ao crescimento espiritual. Paulo nos dá seu próprio exemplo: Fp 3.12-14
  • 9. PROBLEMAS EM NOSSAS OPINIÕES SOBRE CRESCIMENTO Jesus nos ajuda pelo menos a identificar duas atitudes que obstruem o crescimento e o discipulado bíblico. Leiamos! Lc 18.9-14
  • 10. ARMADILHA DO DESEMPENHO Nos esportes são registradas as estatísticas do desempenho do jogador Porcentagens de ataque; Porcentagens de gols; Porcentagens de roubadas de bolas; Porcentagens de assistências, etc.
  • 11. ARMADILHA DO DESEMPENHO Nossa ideia de crescimento espiritual pode ser influenciada por uma “mentalidade de estatística”. O FARISEU INFORMOU TUDO QUE FIZERA Jejuar duas vezes por semana; Dar o dízimo de tudo que ele recebia.
  • 12. TAMBÉM PODEMOS FAZER ISSO Podemos cair na armadilha da estatística achando que o crescimento espiritual e o discipulado se assemelham ao bom desempenho e sucesso. Quando isso acontece, nosso senso de crescimento e valor se torna erroneamente vinculado as nossas “estatísticas”.
  • 13. JULGAMENTO PELOS PADRÕES ERRADOS A tendência de julgarmos nosso bem-estar por comparar-nos a nós mesmos com outros é outro grande engano quanto ao crescimento na vida cristã.
  • 14. O FARISEU Ele se vangloriava, diante de Deus. Dizia ele: Que não era como os demais homens; Que não era roubador; Que não era injusto ou adúltero; Nem ainda como “este publicano”.
  • 15. CONSEQUÊNCIA DISSO É melhor que nos humilhemos e confiemos na graça de Deus do que sofrermos a oposição de Deus por causa de nosso orgulho. Tg 4.6 1Pe 5.5