Crescendo na vida

202 visualizações

Publicada em

Lições biblicas para novos convertidos.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
202
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Crescendo na vida

  1. 1. Palavra ministrada pelo Pr Josias Moura no culto de Santa Ceia da Igreja Betel Brasileiro Geisel. Crescendo na vida cristã Salmos 92:12-15 12 O justo florescerá como a palmeira, crescerá como o cedro f no Líbano. 13 Plantados na Casa do Senhor, florescerão nos átrios do nosso Deus. 14 Na velhice darão ainda frutos, serão cheios de seiva e de verdor, 15 para anunciar que o Senhor é reto. Ele é a minha rocha, e nele não há injustiça. INTRODUÇÃO O Pr. Rick Warren, declara uma frase em um de seus livros: “Onde há saúde, há, em última análise, crescimento”. De fato, quando nossa vida espiritual vai bem, nossa tendência é crescer. Toda pessoa normal tem que crescer, desenvolver-se na medida em que o tempo vai passando, e se isso não acontecer é porque há alguma anomalia. Na vida espiritual não é diferente, o crente nascido de novo precisa crescer. Quem não cresce esta numa condição espiritual errada. Os irmãos sabem que nós temos o desejo de ver nossa igreja crescer mais em número, porém este crescimento vem quando nós crescemos na vida cristã. I) HÁ UMA NECESSIDADE DE CRESCIMENTO Há uma necessidade de crescermos porque esta é uma ordem de Deus: “…desejai ardentemente, como crianças recém-nascidas, o genuíno leite espiritual, para que, por ele,vos seja dado crescimento para salvação” (1 PE 2:2). Aqui, Paulo esta dizendo que só há crescimento para quem se alimenta. Nossa fé crescerá automaticamente à medida que crescer nosso entendimento da Palavra de Deus (Rm 10.17). Se nossa fé não está crescendo, é porque nosso conhecimento da Palavra do Senhor não está crescendo. Não há crescimento nem progresso espiritual sem aumento da fé. A melhor resolução que pode tomar neste dia é que, você fará crescer o seu conhecimento da Palavra de Deus. Dedique-se, pois, ao estudo da Palavra! Automaticamente, a sua fé crescerá. Logo, você crescerá e progredirá espiritualmente. II) HÁ ALIMENTO APROPRIADO PARA QUE POSSAMOS CRESCER No reino de Deus existem alimentos que são apropriados para que possamos ter crescimento. Vejamos dois tipos destes alimentos: 1. O alimento para o bebê: “desejai ardentemente, como crianças recém-nascidas, o genuíno leite espiritual, para que, por ele, vos seja dado crescimento para salvação” (1 Ped. 2:2). O leite espiritual é o conhecimento básico que um novo convertido necessita ter das escrituras. O leite espiritual é o que nós chamamos de discipulado. Através do discipulado o cristão compreende quais são os passos iniciais que deve dar em sua caminhada com Cristo. Quando um novo convertido não se alimenta do “genuíno leite espiritual” mais tarde pode se tornar um crente inconstante e sem firmeza na fé.
  2. 2. Portanto, recomendo aos nossos irmãos mais novos na fé que procurem crescer do modo certo, que é através do conhecimento da palavra de Deus. E esta palavra que te sustentará nas horas mais difíceis da sua caminhada. A vida que Deus nos oferece é completa. Nela há milagres, através dela podemos buscar os dons do Espírito. Porem nela, não pode faltar o “genuíno leite espiritual”. 2. O Alimento sólido. Acerca dele Paulo diz: “Mas o alimento sólido é para os adultos, para aqueles que, pela prática, têm as suas faculdades exercitadas para discernir não somente o bem, mas também o mal.” – (HB 5:14). Quando estamos a mais tempo na caminhada com Cristo, necessitamos do alimento sólido. Paulo diz que o “o alimento sólido é para os adultos”. Mas quando um cristão é considerado como adulto? Vejamos as suas qualidades: • Evitar agir com inconstância. • Compreende o valor da instrução e do conhecimento da doutrina bíblica para sua vida. • Procura ajudar os mais novos na fé a crescerem. • Age com discernimento espiritual, evitando reações carnais. • Tem um vocabulário ou uma forma de conversar que edifica a outros. • Tem espírito de equipe, procura servir ao Senhor e seus irmãos. • O cristão adulto já tem uma certa experiência, ele não se abala com as imaturidades de outros. • Ele não vive julgando as fraquezas dos outros, procura ajudá-los. • Compreende o valor da oração, do estudo da palavra e de uma vida cheia do Espírito. III) EM QUE ÁREAS NECESSITAMOS CRESCER: Jesus é um exemplo de um homem que crescia. Veja o que diz Lucas 2:52: “E crescia Jesus em sabedoria, estatura e graça, diante de Deus e dos homens.” – (LC 2:52). Assim como Jesus, nós precisamos crescer: a) PRECISAMOS CRESCER NA CONSTANCIA. Precisamos crescer na constância da frequência aos cultos, ou participação mais ativa na realização da obra de Deus, numa vida de relacionamento por meio de oração. Será que temos sido constantes? Será que terminamos o que Deus coloca em nossas mãos? Há muitas pessoas que são inconstantes porque não aprenderam a ficar firmes nas tribulações. Quando passo por tribulações, eu apenas confio, e sempre Deus tem me tornado cada vez mais forte. Sempre me sinto cada vez com mais força ao passar por dificuldades. Há uma letra de uma música do grupo Logos que fala da importância da constância: Quem tem posto a mão no arado, não pode, mais olhar pra trás! Pois, quem no arado, Poe a mão, trabalho certo e perto, tem serviço e profissão. …Quem em cristo Põe a vida não pode, mais olhar pra trás. Pois, quem ao mestre deu a mão, trabalho certo e perto, tem serviço e profissão. Prega a palavra ensina ao teu redor. Mostra em tua vida. b) PRECISAMOS CRESCER NA COMUNHÃO E NO AMOR.
  3. 3. As santas ceias realizadas na Igreja primitiva, eram verdadeiros encontros de amor e comunhão. Em I Cor. 11, Paulo relembra aos irmãos que estavam em conflito na Igreja de Corinto, que o propósito da ceia, nada mais era, do que leva-los ao exercício da comunhão e renovação do amor de Cristo. Irmãos o reino se resume na palavra amor. É por causa do amor que fomos salvos, é por causa do amor que somos perdoados, restaurados, e protegidos pela graça de Deus. E se somos assim, tão amados por Deus, amemos também uns aos outros. c) PRECISAMOS CRESCER NA EVIDENCIA DOS FRUTOS. “Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade.” – (Gl. 5:22) “O ladrão vem somente para roubar, matar e destruir; Eu vim para quetenham vida e a tenham em abundância.” – (Jo. 10:10) Precisamos dos frutos do Espírito, porque eles atuam em nosso caráter dando-nos domínio sobre os impulsos do pecado. CONCLUSÃO Depois de plantada a semente do bambu chinês, não se vê nada por aproximadamente 5 anos, exceto um lento desabrochar de um diminuto broto. Durante 5 anos, todo o crescimento é subterrâneo, invisível a olho nu, mas… uma maciça e fibrosa estrutura de raiz que se estende vertical e horizontalmente pela terra está sendo construída. Então, no final do 5º ano, o bambu chinês cresce até atingir a altura de 25 metros. Sabe porque o bambu chinês não cai. Porque passou 04 anos aprofundando raízes antes de tornar uma planta de 25 metros de altura. Só após 05 anos é que o bambu chinês cresce tanto a ponto de ficarmos impressionados com sua grande altura. Tem gente que quer crescer sem raízes. Quem crescer sem raízes pode cair a qualquer momento. Quem cresce sem o conhecimento da palavra, sem oração, sem comunhão e relacionamento com Deus a qualquer momento pode levar uma queda. Então meu irmão, aprofunde raízes, para que seu crescimento seja tão extraordinário como o do bambu chinês. Pr Josias Moura Sobre estes anúncios

×