SlideShare uma empresa Scribd logo
NR-33 ESPAÇO
CONFINADO
NR 33 – Segurança e Saúde nos Trabalhos
em Espaços Confinados
NR-33 ESPAÇO CONFINADO
MA ÇÃO
ESPAÇOS CONFINADOS
NR 33 – Segurança e Saúde nos
Trabalhos em
Espaços Confinados
MA ÇÃO
ESPAÇO CONFINADO É QUALQUER ÁREA OU
AMBIENTE NÃO PROJETADO PARA OCUPAÇÃO
HUMANA CONTÍNUA;
 POSSUI MEIOS LIMITADOS DE ENTRADA E SAÍDA;
A VENTILAÇÃO EXISTENTE É INSUFICIENTE
PARA REMOVER CONTAMINANTES OU ONDE
POSSA EXISTIR A DEFICIÊNCIA OU
ENRIQUECIMENTO DE OXIGÊNIO
MA ÇÃO
 Caracterizar bem o que possa ser considerado “espaço confinado” em
nossas instalações (ou de terceiros que iremos atuar);
Afixar avisos de prevenção e instalar barreiras de proteção;
 Proibir a entrada sem autorização de qualquer trabalhador nos
espaços confinados;
Desenvolver e fazer uso dos procedimentos escritos para a execução
de trabalhos nos trabalhos confinados;
Reavaliar os espaços confinados sempre que as condições sofram
qualquer alteração;
 No caso de terceirizarmos as atividades, repassar para nossa
subcontratada as regras de trabalho,
MA ÇÃO
 Fornecer ao trabalhador todas as condições de segurança,
além dos EPI’s adequados ao tipo de trabalho. Convém lembrar,
que nos espaços confinados as condições de trabalho sempre
apresentam maior risco;
Recordar que ao fazer uso de lixadeira, esmerilhadeira, etc.., na
remoção de resíduos de naturezas diversas, se pode dar origem a uma
atmosfera de risco;
Nunca levar materiais como solventes (por exemplo) para espaço
confinado;
 Tomar os cuidados necessários para a liberação de gases e
vapores dos espaços confinados. Eles podem estar contaminados.
MA ÇÃO
ONDE É ENCONTRADO O ESPAÇO
CONFINADO?
INDÚSTRIA DE PAPEL E CELULOSE.
INDÚSTRIA GRÁFICA.
INDÚSTRIAALIMENTÍCIA.
INDÚSTRIA DABORRACHA,
DO COURO E TÊXTIL.
INDÚSTRIA NAVAL E OPERAÇÕES MARITIMAS.
INDÚSTRIAS QUÍMICAS E PETROQUÍMICAS.
Tanques de armazenamento
Tubulações
SERVIÇOS DE GÁS.
 SERVIÇOS DE ÁGUAS E ESGOTO.
 SERVIÇOS DE ELETRICIDADE.
 SERVIÇOS DE TELEFONIA.
 CONSTRUÇÃO CIVIL.
 BENEFICIAMENTO DE MINÉRIOS.
 SIDERÚRGICAS E METALÚRGICAS.
 AGRICULTURA.
SILOS
 AGRO-INDÚSTRIA.
Galerias
Biodigestor
ONDE É ENCONTRADO O
ESPAÇO CONFINADO?
Engolfamento / envolvimento –
NBR 14787.
É a captura de uma pessoa por líquidos
ou sólidos finamente divididos que
possam ser aspirados causando a
morte por enchimento ou obstrução do
sistema respiratório, ou que possa
exercer força suficiente no corpo para
causar morte por estrangulamento,
constrição ou esmagamento.
O QUE É
ENGOLFAMENTO?
TIPOS DE TRABALHOS EM ESPAÇOS
CONFINADOS:
 OPERAÇÕES DE SALVAMENTO E
 RESGATE.
 MANUTENÇÃO, REPAROS,
LIMPEZA
 OU INSPEÇÃO DE
EQUIPAMENTOS,
 DUTOS E/OU RESERVATÓRIOS.
 OBRAS DA CONSTRUÇÃO CIVIL.
Antes de começar as
atividades, é
importante que se
consulte aAPR do
trabalho e se faça
uma analise local
RISCOS QUANDO SE TRABALHA EM ESPAÇOS
CONFINADOS:
 FALTAOU EXCESSO DE OXIGÊNIO.
 INCÊNDIO OU EXPLOSÃO, PELA PRESENÇA
DE VAPORES E GASES INFLAMÁVEIS.
 INTOXICAÇÕES POR SUBSTÂNCIAS QUÍMICAS.
 INFECÇÕES POR AGENTES BIOLÓGICOS.
 AFOGAMENTOS.
 SOTERRAMENTOS.
 QUEDAS.
 CHOQUES ELÉTRICOS.
TODOS ESTES RISCOS PODEM
LEVAR A MORTES OU DOENÇAS.
PREPARATIVOS PARA A ENTRADA EM UM ESPAÇO
CONFINADO
Retire do espaço confinado tudo que não for necessário aos trabalhos e que possa
representar riscos. Procure eliminar da área os resíduos perigosos;
Caso seja necessário o estabelecimento de um sistema de ventilação no espaço confinado,
que as providências sejam tomadas de forma antecipada, assim, as condições do ambiente
estarão favoráveis à realização dos trabalhos, mesmo antes da entrada de seus executantes. O
ar interno deve ser monitorado, como forma de acompanhamento das medidas de segurança;
Elabore, implante e agilize um eficaz programa de treinamento com o objetivo de preparar uma
equipe de apoio ao grupo de trabalhadores com experiência em tividades nos espaços confinados.
O programa de treinamento também inclui a formação de equipe visando as situações de
emergências.
Garantir o cumprimento das medidas preventivas/controle definidas em Procedimentos
operacionais, APR´s, PT´s , PET e outros relacionados aos trabalhos.
QUANDO VOCÊ PODE ENTRAR EM UM ESPAÇO
CONFINADO?
 SOMENTE QUANDO HOUVER A: LIBERAÇÃO DO
TRABALHO ATRAVÉS DA – LT
 ESSA LIBERAÇÃO DE TRABALHO - LT
É EXIGIDA POR LEI E É EXECUTADA PELO
EXECUTANTE LÍDER DA ATIVIDADE.
 O SERVIÇO A SER EXECUTADO DEVE SEMPRE
SER ACOMPANHADO POR UM VIGIA.
A EMPRESA DEVE
PROVIDENCIAR:
 TREINAMENTO A TODOS OSTRABALHADORES.
 INSPEÇÃO PRÉVIA NO LOCAL
ELABORAÇÃO DA APR –
ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO.
A EMPRESA DEVE
PROVIDENCIAR:
LIBERAÇÃO DE TRABALHO LT
próxmo
A EMPRESA DEVE PROVIDENCIAR:
SUPERVISOR DE ENTRADA E
VIGIA.
SINALIZAÇÃO E ISOLAMENTO
DA ÁREA.
A EMPRESA DEVE
PROVIDENCIAR:
EQUIPAMENTOS MEDIDORES DE OXIGÊNIO, GASES E
VAPORES TÓXICOS E INFLAMÁVEIS (QUE SÃO
MENSURADOS PELA EQUIPE DE SEGURANÇA DA
CONTRATANTE SUZANO).
EQUIPAMENTOS DE VENTILAÇÃO.
A EMPRESA DEVE
PROVIDENCIAR:
EQUIPAMENTOS DE
COMUNICAÇÃO E ILUMINAÇÃO.
EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO
INDIVIDUAL.
EQUIPAMENTOS
DE RESGATE.
Evite usar barba,
elas impedem a
fixação da sua
máscara!
ATENÇÃO!
Em ambientes com a
presença de
hidrocarbonetos, usar
equipamentos a prova
de explosão
DIREITOS DO TRABALHADOR –
ENTRADA SEGURA
ENTRAR EM ESPAÇO
CONFINADO SOMENTE APÓS
O SUPERVISOR DE ENTRADA
REALIZAR TODOS OS
TESTES E ADOTAR AS
MEDIDAS DE CONTROLE
NECESSÁRIAS.
próximo
DIREITOS DO TRABALHADOR –
ENTRADA SEGURA
33.5 Disposições Gerais
 33.5.1
O empregador deve garantir que os
trabalhadores possam interromper
suas atividades e abandonar o local
de trabalho, sempre que suspeitarem
da existência de risco grave e iminente
para a sua segurança e saúde ou a de
terceiros.
próximo
DIREITOS DO TRABALHADOR -
TREINAMENTO
CONHECER OS PROCEDIMENTOS E
EQUIPAMENTOS DE RESGATE
E PRIMEIROS SOCORROS.
CONHECER O
TRABALHO A SER
EXECUTADO.
CONHECER OS
PROCEDIMENTOS
E EQUIPAMENTOS
DE SEGURANÇA
PARA EXECUTAR
O TRABALHO
CONHECER OS RISCOS DO TRABALHO A SER EXECUTADO.
DEVERES DO
TRABALHADOR:
 PARTICIPAR DOS TREINAMENTOS E
SEGUIR AS INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA.
 USAR OS EQUIPAMENTOS
DE PROTEÇÃO
FORNECIDOS.
 COMUNICAR RISCOS.
 EXAMES MÉDICOS.
MEDIDAS DE SEGURANÇA
 O TRABALHADOR DEVE ENTRAR NO
ESPAÇO CONFINADO COM UMACÓPIA
DA PERMISSÃO DE ENTRADA E
TRABALHO.
FOLHA DE PERMISSÃO DE
ENTRADA
 A LIBERAÇÃO DE TRABALHO – LT
CONTÉM PROCEDIMENTOS ESCRITOS
DE SEGURANÇA E EMERGÊNCIA.
 VERIFICAR SE AS MEDIDAS
DE SEGURANÇA FORAM
IMPLANTADAS E SE A
LIBERAÇÃO DE TRABALHO -
LT ESTÁ ASSINADA PELO
SUPERVISOR DE ENTRADA.
SINALIZAÇÃO E ISOLAMENTO DA ÁREA
33.3.3 Medidas administrativas:
c) Manter sinalização permanente junto à
entrada do espaço confinado, conforme o
Anexo I da presente norma;
A sinalização é importante para a
informação e alerta quanto aos riscos em
Espaços Confinados.
 O isolamento é necessário para evitar
que algumas pessoas não autorizadas
se aproximem do espaço confinado
próximo
MEDIDAS DE SEGURANÇA
SUPERVISOR DE ENTRADA
O SUPERVISOR DE ENTRADA DEVE:
a) emitir a LIBERAÇÃO DE TRABALHO – LT
antes do início das atividades;
b)executar os testes, conferir os equipamentos
e os procedimentos contidos na LIBERAÇÃO
DE TRABALHO - LT;
c)assegurar que os serviços de emergência e
salvamento estejam disponíveis e que os meios
para acioná-los estejam operantes;
d)cancelar os procedimentos de entrada
quando necessário e encerrar a LIBERAÇÃQO
DE TRABALHO - LT - após o término dos
serviços.
MEDIDAS DE SEGURANÇA
DESLIGAMENTO DE ENERGIA, TRAVA E SINALIZAÇÃO
O SUPERVISOR DE ENTRADA DEVE:
 DESLIGARAENERGIAELÉTRICA, TRANCAR COM
CHAVE OU CADEADO E SINALIZAR QUADROS ELÉTRICOS
PARA EVITAR MOVIMENTAÇÃO ACIDENTALDE MÁQUINAS
OU CHOQUES ELÉTRICOS QUANDO O TRABALHADOR
AUTORIZADO ESTIVER NO INTERIOR DO ESPAÇO
CONFINADO.
MEDIDAS DE SEGURANÇA
FUNÇÕES DO VIGIA
a) Manter continuamente a contagem precisa do número de trabalhadores
autorizados no espaço confinado e assegurar que todos saiam ao término
da atividade;
b) Permanecer fora do espaço confinado, junto à entrada, em contato
permanente com os trabalhadores autorizados;
c) Adotar os procedimentos de emergência, acionando a equipe de
salvamento, pública ou privada, quando necessário;
d) Operar os movimentadores de pessoas; e
e) Ordenar o abandono do espaço confinado sempre que reconhecer
algum sinal de alarme, perigo, sintoma, queixa, condição proibida,
acidente, situação não prevista ou quando não puder desempenhar
efetivamente suas tarefas, nem ser substituído por outro Vigia.
MEDIDAS DE SEGURANÇA
TESTES DOAR
 OS TESTES DO AR INTERNO SÃO MEDIÇÕES
PARA VERIFICAÇÃO DOS NÍVEIS DE OXIGÊNIO,
GASES E VAPORES TÓXICOS E INFLAMÁVEIS.
 ANTES QUE O TRABALHADOR ENTRE EM UM
ESPAÇO CONFINADO, O SUPERVISOR DE
ENTRADA DEVE REALIZAR TESTES INICIAIS DO
AR INTERNO.
 DURANTE AS MEDIÇÕES, O SUPERVISOR DE
ENTRADA DEVE ESTAR FORA DO ESPAÇO
CONFINADO.
MEDIDAS DE SEGURANÇA
TESTES DO AR
 AS MEDIÇÕES SÃO NECESSÁRIAS PARA QUE NÃO OCORRAM ACIDENTES
POR ASFIXIA, INTOXICAÇÃO, INCÊNDIO OUEXPLOSÃO.
próximo
MEDIDAS DE SEGURANÇA
VENTILAÇÃO X OXIGENAÇÃO
NÃO INSUFLAR
ESPAÇOS CONFINADOS
COM
OXIGÊNIO
O USO DE OXIGÊNIO PARA VENTILAÇÃO DE LOCAL CONFINADO AUMENTA O
RISCO DE INCÊNDIO E EXPLOSÃO.
MEDIDAS DE SEGURANÇA
VENTILAÇÃO
DURANTE TODO O TRABALHO
NO ESPAÇO CONFINADO
DEVE SER UTILIZADA
VENTILAÇÃO ADEQUADA
PARA GARANTIR A
RENOVAÇÃO CONTÍNUA DO AR
QUANDO OBSERVADA A NECESSIDADE
PELOS LIDERES DAATIVIDADE E OU
EXECUTANTES.
próximo
MEDIDAS DE SEGURANÇA
 O TRABALHADOR
DEVE SER
TREINADO
QUANTO AO USO
ADEQUADO DO
EPI.
EPI
 OS EQUIPAMENTOS
DE PROTEÇÃO
INDIVIDUAL – EPI’s
DEVEM SER
FORNECIDOS
GRATUITAMENTE.
 DEVEM SER
UTILIZADOS EPIs
ADEQUADOS PARA
CADA SITUAÇÃO DE
RISCO EXISTENTE.
MEDIDAS DE SEGURANÇA
OBJETOS PROIBIDOS
33.3.2.4 Adotar medidas para eliminar ou controlar os riscos de incêndio ou explosão em
trabalhos a quente, tais como solda, aquecimento, esmerilhamento, corte ou outros que
liberem chama aberta, faíscas ou calor.
MEDIDAS DE SEGURANÇA
EQUIPAMENTOS ESPECIAIS
 DEVEM SER FORNECIDOS EQUIPAMENTOS ESPECIAIS PARA
TRABALHOS
EM ESPAÇOS CONFINADOS, TAIS COMO:
 LANTERNAS.
RÁDIOS DE
COMUNICAÇÃO.
DETECTORES DE GASES,
À PROVA DE EXPLOSÃO.
MEDIDAS DE SEGURANÇA
MEDIDAS DE EMERGÊNCIA E
RESGATE
 OS EMPREENDIMENTOS DEVEM
ELABORAR E IMPLANTAR
PROCEDIMENTOS DE EMERGÊNCIA E
RESGATE ADEQUADOS AO ESPAÇO
CONFINADO.
 OS EMPREENDIMENTOS DEVEM
FORNECER EQUIPAMENTOS E
ACESSÓRIOS QUE POSSIBILITEM
MEIOS SEGUROS DE RESGATE.
 OS TRABALHADORES DEVEM SER
TREINADOS PARA SITUAÇÕES DE
EMERGÊNCIA E RESGATE.
SITUAÇÃO DE TREINAMENTO COM SIMULAÇÃO DE
OPERAÇÃO DE SALVAMENTO E RESGATE.
LEMBRE-SE SEMPRE
 GARANTA SUAVIDA E A DE SEUS
COMPANHEIROS CONHECENDO E
EXIGINDO TRABALHOS SEGUROS
EM ESPAÇOS CONFINADOS.
 VOLTAR PARA CASA COM SAÚDE
É UM DIREITO DE TODOS OS
TRABALHADORES.
Fotos de Resgate em Espaços
Confinados:
Fotos de Resgate em
Espaços Confinados:
Os slides em anexo mostram uma equipe realizando tarefas em um espaço
confinado.
Notem nos slides a colocação dos EPIs, a atenção mostrada pelo
observador, o uso de iluminação dentro do espaço confinado, a
identificação do risco, o método de resgate utilizado, etc.
Eu fico imaginando se uma permissão foi emitida...
Colocação do EPI
Atenção mostrada
pelo observador
Uso de iluminação dentro do
espaço confinado
Identificação do Risco
Riscos encontrados
EPI sendo
usado
Método de
Resgate
Um trabalho bem feito
Equipe deixando o
local do trabalho
“ENCARE A PREVENÇÃO COMO PARTE DO
TRABALHO. USE-A SEMPRE SEGUINDO AS
INFORMAÇÕES AQUI TRANSMITIDAS”.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

TREINAMENTO DA CIPA OFICIAL.pptx
TREINAMENTO DA CIPA OFICIAL.pptxTREINAMENTO DA CIPA OFICIAL.pptx
TREINAMENTO DA CIPA OFICIAL.pptx
jonharce
 
Treinamento NR 12
Treinamento NR 12Treinamento NR 12
Treinamento NR 12
Mauro Sergio Vales de Souza
 
Nr 12
Nr 12Nr 12
NR 18 - Condições de Meio Ambiente e Trabalho na Industria da Construção
NR 18 - Condições de Meio Ambiente e Trabalho na Industria da ConstruçãoNR 18 - Condições de Meio Ambiente e Trabalho na Industria da Construção
NR 18 - Condições de Meio Ambiente e Trabalho na Industria da Construção
Willian Machado Moro dos Santos
 
Treinamento em Altura NR - 35.ppt
Treinamento em Altura NR - 35.pptTreinamento em Altura NR - 35.ppt
Treinamento em Altura NR - 35.ppt
EmersonluizNeves1
 
Nr 35 protemar
Nr 35 protemarNr 35 protemar
Nr 35 protemar
PopiWeirich1
 
NR - 35 Trabalho em altura
NR - 35 Trabalho em altura NR - 35 Trabalho em altura
NR - 35 Trabalho em altura
EVALDO JUNIO SILVA DA GAMA
 
Trabalho em altura nr 35
Trabalho em altura nr 35Trabalho em altura nr 35
Trabalho em altura nr 35
Joziane Pimentel
 
Apresentação NR33 ESPAÇO CONFINADO
Apresentação NR33 ESPAÇO CONFINADOApresentação NR33 ESPAÇO CONFINADO
Apresentação NR33 ESPAÇO CONFINADO
Robson Peixoto
 
NR 35
NR 35NR 35
NR 35
Gil Mendes
 
NR05 - Cipa 20h -2023.pptx
NR05 - Cipa 20h -2023.pptxNR05 - Cipa 20h -2023.pptx
NR05 - Cipa 20h -2023.pptx
AndreLuis202744
 
Trabalho em altura treinamento
Trabalho em altura treinamentoTrabalho em altura treinamento
Trabalho em altura treinamento
Rodrigo Cezar Silva
 
Nr33
Nr33Nr33
Treinamento para operador de empilhadeira
Treinamento para operador de empilhadeiraTreinamento para operador de empilhadeira
Treinamento para operador de empilhadeira
Márcio Roberto de Mattos
 
NR 18
NR 18NR 18
NR 18
NewAge16
 
Avaliação nr33
Avaliação nr33Avaliação nr33
Avaliação nr33
Brasilio da Silva
 
Treinamento NR 33 Completa - 21 de Julho 2022.pptx
Treinamento NR 33 Completa - 21 de Julho 2022.pptxTreinamento NR 33 Completa - 21 de Julho 2022.pptx
Treinamento NR 33 Completa - 21 de Julho 2022.pptx
AdelmaSiles
 
TRABALHO EM ALTURA - Treinamento (SENAI).ppt
TRABALHO EM ALTURA - Treinamento (SENAI).pptTRABALHO EM ALTURA - Treinamento (SENAI).ppt
TRABALHO EM ALTURA - Treinamento (SENAI).ppt
PalomaRibeirodeOlive
 
Treinamento NR-12- 2023.pptx
Treinamento NR-12- 2023.pptxTreinamento NR-12- 2023.pptx
Treinamento NR-12- 2023.pptx
Antonio Bezerra
 
Trabalho em altura nr 35
Trabalho em altura   nr 35Trabalho em altura   nr 35
Trabalho em altura nr 35
Joaogc
 

Mais procurados (20)

TREINAMENTO DA CIPA OFICIAL.pptx
TREINAMENTO DA CIPA OFICIAL.pptxTREINAMENTO DA CIPA OFICIAL.pptx
TREINAMENTO DA CIPA OFICIAL.pptx
 
Treinamento NR 12
Treinamento NR 12Treinamento NR 12
Treinamento NR 12
 
Nr 12
Nr 12Nr 12
Nr 12
 
NR 18 - Condições de Meio Ambiente e Trabalho na Industria da Construção
NR 18 - Condições de Meio Ambiente e Trabalho na Industria da ConstruçãoNR 18 - Condições de Meio Ambiente e Trabalho na Industria da Construção
NR 18 - Condições de Meio Ambiente e Trabalho na Industria da Construção
 
Treinamento em Altura NR - 35.ppt
Treinamento em Altura NR - 35.pptTreinamento em Altura NR - 35.ppt
Treinamento em Altura NR - 35.ppt
 
Nr 35 protemar
Nr 35 protemarNr 35 protemar
Nr 35 protemar
 
NR - 35 Trabalho em altura
NR - 35 Trabalho em altura NR - 35 Trabalho em altura
NR - 35 Trabalho em altura
 
Trabalho em altura nr 35
Trabalho em altura nr 35Trabalho em altura nr 35
Trabalho em altura nr 35
 
Apresentação NR33 ESPAÇO CONFINADO
Apresentação NR33 ESPAÇO CONFINADOApresentação NR33 ESPAÇO CONFINADO
Apresentação NR33 ESPAÇO CONFINADO
 
NR 35
NR 35NR 35
NR 35
 
NR05 - Cipa 20h -2023.pptx
NR05 - Cipa 20h -2023.pptxNR05 - Cipa 20h -2023.pptx
NR05 - Cipa 20h -2023.pptx
 
Trabalho em altura treinamento
Trabalho em altura treinamentoTrabalho em altura treinamento
Trabalho em altura treinamento
 
Nr33
Nr33Nr33
Nr33
 
Treinamento para operador de empilhadeira
Treinamento para operador de empilhadeiraTreinamento para operador de empilhadeira
Treinamento para operador de empilhadeira
 
NR 18
NR 18NR 18
NR 18
 
Avaliação nr33
Avaliação nr33Avaliação nr33
Avaliação nr33
 
Treinamento NR 33 Completa - 21 de Julho 2022.pptx
Treinamento NR 33 Completa - 21 de Julho 2022.pptxTreinamento NR 33 Completa - 21 de Julho 2022.pptx
Treinamento NR 33 Completa - 21 de Julho 2022.pptx
 
TRABALHO EM ALTURA - Treinamento (SENAI).ppt
TRABALHO EM ALTURA - Treinamento (SENAI).pptTRABALHO EM ALTURA - Treinamento (SENAI).ppt
TRABALHO EM ALTURA - Treinamento (SENAI).ppt
 
Treinamento NR-12- 2023.pptx
Treinamento NR-12- 2023.pptxTreinamento NR-12- 2023.pptx
Treinamento NR-12- 2023.pptx
 
Trabalho em altura nr 35
Trabalho em altura   nr 35Trabalho em altura   nr 35
Trabalho em altura nr 35
 

Semelhante a TREINAMENTO NR-33 ESPACO CONFINADO.pptx

Espaço confinado aps segurança
Espaço confinado aps segurançaEspaço confinado aps segurança
Espaço confinado aps segurança
Cleber Adriano da Silva
 
Livreto fundacentro
Livreto fundacentroLivreto fundacentro
Livreto fundacentro
Adriano Mascarello
 
Treinamento da Norma Regulamentadora 33.pdf
Treinamento da Norma Regulamentadora 33.pdfTreinamento da Norma Regulamentadora 33.pdf
Treinamento da Norma Regulamentadora 33.pdf
Jefferson489134
 
NR 33 EM POWER POINT PARA BAIXAR GRATUITO, EXPLICATIVO E BASTANTE EFICIETE, D...
NR 33 EM POWER POINT PARA BAIXAR GRATUITO, EXPLICATIVO E BASTANTE EFICIETE, D...NR 33 EM POWER POINT PARA BAIXAR GRATUITO, EXPLICATIVO E BASTANTE EFICIETE, D...
NR 33 EM POWER POINT PARA BAIXAR GRATUITO, EXPLICATIVO E BASTANTE EFICIETE, D...
SeguranaTARKAT
 
Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33
Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33
Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33
prevencaonline
 
EspacosConfinadosLivretoTrabalhadorNR33[1].ppt
EspacosConfinadosLivretoTrabalhadorNR33[1].pptEspacosConfinadosLivretoTrabalhadorNR33[1].ppt
EspacosConfinadosLivretoTrabalhadorNR33[1].ppt
Gabrielcarvalhodasil
 
1-EspacosConfinados LivretoTrabalhadorNR33 - Copia.ppt
1-EspacosConfinados LivretoTrabalhadorNR33 - Copia.ppt1-EspacosConfinados LivretoTrabalhadorNR33 - Copia.ppt
1-EspacosConfinados LivretoTrabalhadorNR33 - Copia.ppt
FelipeErig
 
Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33
Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33
Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33
William Breternitz
 
Espacos confinados Livreto NR33
Espacos confinados Livreto NR33Espacos confinados Livreto NR33
Espacos confinados Livreto NR33
prevencaonline
 
Treinamento de Espaço Confinado_Trabalhadores e Vigias NR 33.ppt
Treinamento de Espaço Confinado_Trabalhadores e Vigias NR 33.pptTreinamento de Espaço Confinado_Trabalhadores e Vigias NR 33.ppt
Treinamento de Espaço Confinado_Trabalhadores e Vigias NR 33.ppt
José Valfrido
 
Espacosconfinadoslivretotrabalhador nr33
Espacosconfinadoslivretotrabalhador nr33Espacosconfinadoslivretotrabalhador nr33
Espacosconfinadoslivretotrabalhador nr33
SARAJAQUELINEAIRESCA
 
Espaco confinado- NR33 -guia-trabalhador
Espaco confinado- NR33 -guia-trabalhadorEspaco confinado- NR33 -guia-trabalhador
Espaco confinado- NR33 -guia-trabalhador
Sergio Roberto Silva
 
Espaco confinado-nr33-guia-trabalhador
Espaco confinado-nr33-guia-trabalhadorEspaco confinado-nr33-guia-trabalhador
Espaco confinado-nr33-guia-trabalhador
Renato Cardoso
 
Apresentação espaço confinado fev2010 completa
Apresentação  espaço confinado fev2010 completaApresentação  espaço confinado fev2010 completa
Apresentação espaço confinado fev2010 completa
Gliceu Grossi
 
APOSTILA NR-33.pdf
APOSTILA NR-33.pdfAPOSTILA NR-33.pdf
APOSTILA NR-33.pdf
ssuser22319e
 
Apresentação do PowerPoint NR 33.pdf
Apresentação do PowerPoint NR 33.pdfApresentação do PowerPoint NR 33.pdf
Apresentação do PowerPoint NR 33.pdf
ELTONARAUJORAMOS2
 
NR 33 Espaços Confinados Trabalhador vigia
NR 33 Espaços Confinados Trabalhador vigia NR 33 Espaços Confinados Trabalhador vigia
NR 33 Espaços Confinados Trabalhador vigia
Ana Paula Santos de Jesus Souza
 
espacosconfinadostrabalhadorvigianr331-131108160648-phpapp02.pdf
espacosconfinadostrabalhadorvigianr331-131108160648-phpapp02.pdfespacosconfinadostrabalhadorvigianr331-131108160648-phpapp02.pdf
espacosconfinadostrabalhadorvigianr331-131108160648-phpapp02.pdf
AndreLavor1
 
NR Nº 33 - Seguraça e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados - Treinamento...
NR Nº 33 - Seguraça e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados - Treinamento...NR Nº 33 - Seguraça e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados - Treinamento...
NR Nº 33 - Seguraça e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados - Treinamento...
ssuser22319e
 
05 aulas espaço confinado
05 aulas espaço confinado05 aulas espaço confinado
05 aulas espaço confinado
Homero Alves de Lima
 

Semelhante a TREINAMENTO NR-33 ESPACO CONFINADO.pptx (20)

Espaço confinado aps segurança
Espaço confinado aps segurançaEspaço confinado aps segurança
Espaço confinado aps segurança
 
Livreto fundacentro
Livreto fundacentroLivreto fundacentro
Livreto fundacentro
 
Treinamento da Norma Regulamentadora 33.pdf
Treinamento da Norma Regulamentadora 33.pdfTreinamento da Norma Regulamentadora 33.pdf
Treinamento da Norma Regulamentadora 33.pdf
 
NR 33 EM POWER POINT PARA BAIXAR GRATUITO, EXPLICATIVO E BASTANTE EFICIETE, D...
NR 33 EM POWER POINT PARA BAIXAR GRATUITO, EXPLICATIVO E BASTANTE EFICIETE, D...NR 33 EM POWER POINT PARA BAIXAR GRATUITO, EXPLICATIVO E BASTANTE EFICIETE, D...
NR 33 EM POWER POINT PARA BAIXAR GRATUITO, EXPLICATIVO E BASTANTE EFICIETE, D...
 
Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33
Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33
Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33
 
EspacosConfinadosLivretoTrabalhadorNR33[1].ppt
EspacosConfinadosLivretoTrabalhadorNR33[1].pptEspacosConfinadosLivretoTrabalhadorNR33[1].ppt
EspacosConfinadosLivretoTrabalhadorNR33[1].ppt
 
1-EspacosConfinados LivretoTrabalhadorNR33 - Copia.ppt
1-EspacosConfinados LivretoTrabalhadorNR33 - Copia.ppt1-EspacosConfinados LivretoTrabalhadorNR33 - Copia.ppt
1-EspacosConfinados LivretoTrabalhadorNR33 - Copia.ppt
 
Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33
Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33
Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33
 
Espacos confinados Livreto NR33
Espacos confinados Livreto NR33Espacos confinados Livreto NR33
Espacos confinados Livreto NR33
 
Treinamento de Espaço Confinado_Trabalhadores e Vigias NR 33.ppt
Treinamento de Espaço Confinado_Trabalhadores e Vigias NR 33.pptTreinamento de Espaço Confinado_Trabalhadores e Vigias NR 33.ppt
Treinamento de Espaço Confinado_Trabalhadores e Vigias NR 33.ppt
 
Espacosconfinadoslivretotrabalhador nr33
Espacosconfinadoslivretotrabalhador nr33Espacosconfinadoslivretotrabalhador nr33
Espacosconfinadoslivretotrabalhador nr33
 
Espaco confinado- NR33 -guia-trabalhador
Espaco confinado- NR33 -guia-trabalhadorEspaco confinado- NR33 -guia-trabalhador
Espaco confinado- NR33 -guia-trabalhador
 
Espaco confinado-nr33-guia-trabalhador
Espaco confinado-nr33-guia-trabalhadorEspaco confinado-nr33-guia-trabalhador
Espaco confinado-nr33-guia-trabalhador
 
Apresentação espaço confinado fev2010 completa
Apresentação  espaço confinado fev2010 completaApresentação  espaço confinado fev2010 completa
Apresentação espaço confinado fev2010 completa
 
APOSTILA NR-33.pdf
APOSTILA NR-33.pdfAPOSTILA NR-33.pdf
APOSTILA NR-33.pdf
 
Apresentação do PowerPoint NR 33.pdf
Apresentação do PowerPoint NR 33.pdfApresentação do PowerPoint NR 33.pdf
Apresentação do PowerPoint NR 33.pdf
 
NR 33 Espaços Confinados Trabalhador vigia
NR 33 Espaços Confinados Trabalhador vigia NR 33 Espaços Confinados Trabalhador vigia
NR 33 Espaços Confinados Trabalhador vigia
 
espacosconfinadostrabalhadorvigianr331-131108160648-phpapp02.pdf
espacosconfinadostrabalhadorvigianr331-131108160648-phpapp02.pdfespacosconfinadostrabalhadorvigianr331-131108160648-phpapp02.pdf
espacosconfinadostrabalhadorvigianr331-131108160648-phpapp02.pdf
 
NR Nº 33 - Seguraça e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados - Treinamento...
NR Nº 33 - Seguraça e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados - Treinamento...NR Nº 33 - Seguraça e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados - Treinamento...
NR Nº 33 - Seguraça e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados - Treinamento...
 
05 aulas espaço confinado
05 aulas espaço confinado05 aulas espaço confinado
05 aulas espaço confinado
 

TREINAMENTO NR-33 ESPACO CONFINADO.pptx

  • 2. NR 33 – Segurança e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados NR-33 ESPAÇO CONFINADO
  • 3. MA ÇÃO ESPAÇOS CONFINADOS NR 33 – Segurança e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados
  • 4. MA ÇÃO ESPAÇO CONFINADO É QUALQUER ÁREA OU AMBIENTE NÃO PROJETADO PARA OCUPAÇÃO HUMANA CONTÍNUA;  POSSUI MEIOS LIMITADOS DE ENTRADA E SAÍDA; A VENTILAÇÃO EXISTENTE É INSUFICIENTE PARA REMOVER CONTAMINANTES OU ONDE POSSA EXISTIR A DEFICIÊNCIA OU ENRIQUECIMENTO DE OXIGÊNIO
  • 5. MA ÇÃO  Caracterizar bem o que possa ser considerado “espaço confinado” em nossas instalações (ou de terceiros que iremos atuar); Afixar avisos de prevenção e instalar barreiras de proteção;  Proibir a entrada sem autorização de qualquer trabalhador nos espaços confinados; Desenvolver e fazer uso dos procedimentos escritos para a execução de trabalhos nos trabalhos confinados; Reavaliar os espaços confinados sempre que as condições sofram qualquer alteração;  No caso de terceirizarmos as atividades, repassar para nossa subcontratada as regras de trabalho,
  • 6. MA ÇÃO  Fornecer ao trabalhador todas as condições de segurança, além dos EPI’s adequados ao tipo de trabalho. Convém lembrar, que nos espaços confinados as condições de trabalho sempre apresentam maior risco; Recordar que ao fazer uso de lixadeira, esmerilhadeira, etc.., na remoção de resíduos de naturezas diversas, se pode dar origem a uma atmosfera de risco; Nunca levar materiais como solventes (por exemplo) para espaço confinado;  Tomar os cuidados necessários para a liberação de gases e vapores dos espaços confinados. Eles podem estar contaminados.
  • 7. MA ÇÃO ONDE É ENCONTRADO O ESPAÇO CONFINADO? INDÚSTRIA DE PAPEL E CELULOSE. INDÚSTRIA GRÁFICA. INDÚSTRIAALIMENTÍCIA. INDÚSTRIA DABORRACHA, DO COURO E TÊXTIL. INDÚSTRIA NAVAL E OPERAÇÕES MARITIMAS. INDÚSTRIAS QUÍMICAS E PETROQUÍMICAS. Tanques de armazenamento Tubulações
  • 8. SERVIÇOS DE GÁS.  SERVIÇOS DE ÁGUAS E ESGOTO.  SERVIÇOS DE ELETRICIDADE.  SERVIÇOS DE TELEFONIA.  CONSTRUÇÃO CIVIL.  BENEFICIAMENTO DE MINÉRIOS.  SIDERÚRGICAS E METALÚRGICAS.  AGRICULTURA. SILOS  AGRO-INDÚSTRIA. Galerias Biodigestor ONDE É ENCONTRADO O ESPAÇO CONFINADO?
  • 9. Engolfamento / envolvimento – NBR 14787. É a captura de uma pessoa por líquidos ou sólidos finamente divididos que possam ser aspirados causando a morte por enchimento ou obstrução do sistema respiratório, ou que possa exercer força suficiente no corpo para causar morte por estrangulamento, constrição ou esmagamento. O QUE É ENGOLFAMENTO?
  • 10. TIPOS DE TRABALHOS EM ESPAÇOS CONFINADOS:  OPERAÇÕES DE SALVAMENTO E  RESGATE.  MANUTENÇÃO, REPAROS, LIMPEZA  OU INSPEÇÃO DE EQUIPAMENTOS,  DUTOS E/OU RESERVATÓRIOS.  OBRAS DA CONSTRUÇÃO CIVIL. Antes de começar as atividades, é importante que se consulte aAPR do trabalho e se faça uma analise local
  • 11. RISCOS QUANDO SE TRABALHA EM ESPAÇOS CONFINADOS:  FALTAOU EXCESSO DE OXIGÊNIO.  INCÊNDIO OU EXPLOSÃO, PELA PRESENÇA DE VAPORES E GASES INFLAMÁVEIS.  INTOXICAÇÕES POR SUBSTÂNCIAS QUÍMICAS.  INFECÇÕES POR AGENTES BIOLÓGICOS.  AFOGAMENTOS.  SOTERRAMENTOS.  QUEDAS.  CHOQUES ELÉTRICOS. TODOS ESTES RISCOS PODEM LEVAR A MORTES OU DOENÇAS.
  • 12. PREPARATIVOS PARA A ENTRADA EM UM ESPAÇO CONFINADO Retire do espaço confinado tudo que não for necessário aos trabalhos e que possa representar riscos. Procure eliminar da área os resíduos perigosos; Caso seja necessário o estabelecimento de um sistema de ventilação no espaço confinado, que as providências sejam tomadas de forma antecipada, assim, as condições do ambiente estarão favoráveis à realização dos trabalhos, mesmo antes da entrada de seus executantes. O ar interno deve ser monitorado, como forma de acompanhamento das medidas de segurança; Elabore, implante e agilize um eficaz programa de treinamento com o objetivo de preparar uma equipe de apoio ao grupo de trabalhadores com experiência em tividades nos espaços confinados. O programa de treinamento também inclui a formação de equipe visando as situações de emergências. Garantir o cumprimento das medidas preventivas/controle definidas em Procedimentos operacionais, APR´s, PT´s , PET e outros relacionados aos trabalhos.
  • 13. QUANDO VOCÊ PODE ENTRAR EM UM ESPAÇO CONFINADO?  SOMENTE QUANDO HOUVER A: LIBERAÇÃO DO TRABALHO ATRAVÉS DA – LT  ESSA LIBERAÇÃO DE TRABALHO - LT É EXIGIDA POR LEI E É EXECUTADA PELO EXECUTANTE LÍDER DA ATIVIDADE.  O SERVIÇO A SER EXECUTADO DEVE SEMPRE SER ACOMPANHADO POR UM VIGIA.
  • 14. A EMPRESA DEVE PROVIDENCIAR:  TREINAMENTO A TODOS OSTRABALHADORES.  INSPEÇÃO PRÉVIA NO LOCAL ELABORAÇÃO DA APR – ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO.
  • 16. A EMPRESA DEVE PROVIDENCIAR: SUPERVISOR DE ENTRADA E VIGIA. SINALIZAÇÃO E ISOLAMENTO DA ÁREA.
  • 17. A EMPRESA DEVE PROVIDENCIAR: EQUIPAMENTOS MEDIDORES DE OXIGÊNIO, GASES E VAPORES TÓXICOS E INFLAMÁVEIS (QUE SÃO MENSURADOS PELA EQUIPE DE SEGURANÇA DA CONTRATANTE SUZANO). EQUIPAMENTOS DE VENTILAÇÃO.
  • 18. A EMPRESA DEVE PROVIDENCIAR: EQUIPAMENTOS DE COMUNICAÇÃO E ILUMINAÇÃO. EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL. EQUIPAMENTOS DE RESGATE. Evite usar barba, elas impedem a fixação da sua máscara! ATENÇÃO! Em ambientes com a presença de hidrocarbonetos, usar equipamentos a prova de explosão
  • 19. DIREITOS DO TRABALHADOR – ENTRADA SEGURA ENTRAR EM ESPAÇO CONFINADO SOMENTE APÓS O SUPERVISOR DE ENTRADA REALIZAR TODOS OS TESTES E ADOTAR AS MEDIDAS DE CONTROLE NECESSÁRIAS. próximo
  • 20. DIREITOS DO TRABALHADOR – ENTRADA SEGURA 33.5 Disposições Gerais  33.5.1 O empregador deve garantir que os trabalhadores possam interromper suas atividades e abandonar o local de trabalho, sempre que suspeitarem da existência de risco grave e iminente para a sua segurança e saúde ou a de terceiros. próximo
  • 21. DIREITOS DO TRABALHADOR - TREINAMENTO CONHECER OS PROCEDIMENTOS E EQUIPAMENTOS DE RESGATE E PRIMEIROS SOCORROS. CONHECER O TRABALHO A SER EXECUTADO. CONHECER OS PROCEDIMENTOS E EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA PARA EXECUTAR O TRABALHO CONHECER OS RISCOS DO TRABALHO A SER EXECUTADO.
  • 22. DEVERES DO TRABALHADOR:  PARTICIPAR DOS TREINAMENTOS E SEGUIR AS INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA.  USAR OS EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO FORNECIDOS.  COMUNICAR RISCOS.  EXAMES MÉDICOS.
  • 23. MEDIDAS DE SEGURANÇA  O TRABALHADOR DEVE ENTRAR NO ESPAÇO CONFINADO COM UMACÓPIA DA PERMISSÃO DE ENTRADA E TRABALHO. FOLHA DE PERMISSÃO DE ENTRADA  A LIBERAÇÃO DE TRABALHO – LT CONTÉM PROCEDIMENTOS ESCRITOS DE SEGURANÇA E EMERGÊNCIA.  VERIFICAR SE AS MEDIDAS DE SEGURANÇA FORAM IMPLANTADAS E SE A LIBERAÇÃO DE TRABALHO - LT ESTÁ ASSINADA PELO SUPERVISOR DE ENTRADA.
  • 24. SINALIZAÇÃO E ISOLAMENTO DA ÁREA 33.3.3 Medidas administrativas: c) Manter sinalização permanente junto à entrada do espaço confinado, conforme o Anexo I da presente norma; A sinalização é importante para a informação e alerta quanto aos riscos em Espaços Confinados.  O isolamento é necessário para evitar que algumas pessoas não autorizadas se aproximem do espaço confinado próximo MEDIDAS DE SEGURANÇA
  • 25. SUPERVISOR DE ENTRADA O SUPERVISOR DE ENTRADA DEVE: a) emitir a LIBERAÇÃO DE TRABALHO – LT antes do início das atividades; b)executar os testes, conferir os equipamentos e os procedimentos contidos na LIBERAÇÃO DE TRABALHO - LT; c)assegurar que os serviços de emergência e salvamento estejam disponíveis e que os meios para acioná-los estejam operantes; d)cancelar os procedimentos de entrada quando necessário e encerrar a LIBERAÇÃQO DE TRABALHO - LT - após o término dos serviços. MEDIDAS DE SEGURANÇA
  • 26. DESLIGAMENTO DE ENERGIA, TRAVA E SINALIZAÇÃO O SUPERVISOR DE ENTRADA DEVE:  DESLIGARAENERGIAELÉTRICA, TRANCAR COM CHAVE OU CADEADO E SINALIZAR QUADROS ELÉTRICOS PARA EVITAR MOVIMENTAÇÃO ACIDENTALDE MÁQUINAS OU CHOQUES ELÉTRICOS QUANDO O TRABALHADOR AUTORIZADO ESTIVER NO INTERIOR DO ESPAÇO CONFINADO. MEDIDAS DE SEGURANÇA
  • 27. FUNÇÕES DO VIGIA a) Manter continuamente a contagem precisa do número de trabalhadores autorizados no espaço confinado e assegurar que todos saiam ao término da atividade; b) Permanecer fora do espaço confinado, junto à entrada, em contato permanente com os trabalhadores autorizados; c) Adotar os procedimentos de emergência, acionando a equipe de salvamento, pública ou privada, quando necessário; d) Operar os movimentadores de pessoas; e e) Ordenar o abandono do espaço confinado sempre que reconhecer algum sinal de alarme, perigo, sintoma, queixa, condição proibida, acidente, situação não prevista ou quando não puder desempenhar efetivamente suas tarefas, nem ser substituído por outro Vigia. MEDIDAS DE SEGURANÇA
  • 28. TESTES DOAR  OS TESTES DO AR INTERNO SÃO MEDIÇÕES PARA VERIFICAÇÃO DOS NÍVEIS DE OXIGÊNIO, GASES E VAPORES TÓXICOS E INFLAMÁVEIS.  ANTES QUE O TRABALHADOR ENTRE EM UM ESPAÇO CONFINADO, O SUPERVISOR DE ENTRADA DEVE REALIZAR TESTES INICIAIS DO AR INTERNO.  DURANTE AS MEDIÇÕES, O SUPERVISOR DE ENTRADA DEVE ESTAR FORA DO ESPAÇO CONFINADO. MEDIDAS DE SEGURANÇA
  • 29. TESTES DO AR  AS MEDIÇÕES SÃO NECESSÁRIAS PARA QUE NÃO OCORRAM ACIDENTES POR ASFIXIA, INTOXICAÇÃO, INCÊNDIO OUEXPLOSÃO. próximo MEDIDAS DE SEGURANÇA
  • 30. VENTILAÇÃO X OXIGENAÇÃO NÃO INSUFLAR ESPAÇOS CONFINADOS COM OXIGÊNIO O USO DE OXIGÊNIO PARA VENTILAÇÃO DE LOCAL CONFINADO AUMENTA O RISCO DE INCÊNDIO E EXPLOSÃO. MEDIDAS DE SEGURANÇA
  • 31. VENTILAÇÃO DURANTE TODO O TRABALHO NO ESPAÇO CONFINADO DEVE SER UTILIZADA VENTILAÇÃO ADEQUADA PARA GARANTIR A RENOVAÇÃO CONTÍNUA DO AR QUANDO OBSERVADA A NECESSIDADE PELOS LIDERES DAATIVIDADE E OU EXECUTANTES. próximo MEDIDAS DE SEGURANÇA
  • 32.  O TRABALHADOR DEVE SER TREINADO QUANTO AO USO ADEQUADO DO EPI. EPI  OS EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL – EPI’s DEVEM SER FORNECIDOS GRATUITAMENTE.  DEVEM SER UTILIZADOS EPIs ADEQUADOS PARA CADA SITUAÇÃO DE RISCO EXISTENTE. MEDIDAS DE SEGURANÇA
  • 33. OBJETOS PROIBIDOS 33.3.2.4 Adotar medidas para eliminar ou controlar os riscos de incêndio ou explosão em trabalhos a quente, tais como solda, aquecimento, esmerilhamento, corte ou outros que liberem chama aberta, faíscas ou calor. MEDIDAS DE SEGURANÇA
  • 34. EQUIPAMENTOS ESPECIAIS  DEVEM SER FORNECIDOS EQUIPAMENTOS ESPECIAIS PARA TRABALHOS EM ESPAÇOS CONFINADOS, TAIS COMO:  LANTERNAS. RÁDIOS DE COMUNICAÇÃO. DETECTORES DE GASES, À PROVA DE EXPLOSÃO. MEDIDAS DE SEGURANÇA
  • 35. MEDIDAS DE EMERGÊNCIA E RESGATE  OS EMPREENDIMENTOS DEVEM ELABORAR E IMPLANTAR PROCEDIMENTOS DE EMERGÊNCIA E RESGATE ADEQUADOS AO ESPAÇO CONFINADO.  OS EMPREENDIMENTOS DEVEM FORNECER EQUIPAMENTOS E ACESSÓRIOS QUE POSSIBILITEM MEIOS SEGUROS DE RESGATE.  OS TRABALHADORES DEVEM SER TREINADOS PARA SITUAÇÕES DE EMERGÊNCIA E RESGATE. SITUAÇÃO DE TREINAMENTO COM SIMULAÇÃO DE OPERAÇÃO DE SALVAMENTO E RESGATE.
  • 36. LEMBRE-SE SEMPRE  GARANTA SUAVIDA E A DE SEUS COMPANHEIROS CONHECENDO E EXIGINDO TRABALHOS SEGUROS EM ESPAÇOS CONFINADOS.  VOLTAR PARA CASA COM SAÚDE É UM DIREITO DE TODOS OS TRABALHADORES.
  • 37. Fotos de Resgate em Espaços Confinados:
  • 38. Fotos de Resgate em Espaços Confinados:
  • 39. Os slides em anexo mostram uma equipe realizando tarefas em um espaço confinado. Notem nos slides a colocação dos EPIs, a atenção mostrada pelo observador, o uso de iluminação dentro do espaço confinado, a identificação do risco, o método de resgate utilizado, etc. Eu fico imaginando se uma permissão foi emitida...
  • 42. Uso de iluminação dentro do espaço confinado
  • 48. Equipe deixando o local do trabalho
  • 49. “ENCARE A PREVENÇÃO COMO PARTE DO TRABALHO. USE-A SEMPRE SEGUINDO AS INFORMAÇÕES AQUI TRANSMITIDAS”.