SlideShare uma empresa Scribd logo
1Tec. Responsáveis: Fabrício Juliano
CREA- AP 03106742-39
E Adams David SRT-MA 46223.004766/11-19
Mar/2014
Prevenção de Acidente com Serra
Circular manual
Índice
Ambiente de
trabalho
Instalação
Operação
Manutenção
Controle dos
riscos
2Tec. Responsáveis: Fabrício Juliano
CREA- AP 03106742-39
E Adams David SRT-MA 46223.004766/11-19
ConceitoConceito
““ Cremos que todo homem tem
dentro de si a responsabilidade
incontestável de afastar-se dos
caminhos inseguros.””
Prevenção de Acidente com Serra
Circular manual
Mar/2014
3Tec. Responsáveis: Fabrício Juliano
CREA- AP 03106742-39
E Adams David SRT-MA 46223.004766/11-19
 Existem vários tipos
e marcas de Serras, porém, todas requerem
basicamente os mesmos cuidados.
Prevenção de Acidente com Serra
Circular manual
Elas são de fácil operação,
apropriadas para cortes de
madeiras, aglomerados,
compensados e revestidos.
Estas ferramentas possuem dupla
isolação mas, mesmo assim,
requerem basicamente os
seguintes cuidados:
4Tec. Responsáveis: Fabrício Juliano
CREA- AP 03106742-39
E Adams David SRT-MA 46223.004766/11-19
fev./2014
ANEXOS
5Tec. Responsáveis: Fabrício Juliano
CREA- AP 03106742-39
E Adams David SRT-MA 46223.004766/11-19
Dados técnicos
1. Interruptor/gatilho de segurança;
2. Estrutura da ferramenta;
3. Botão trava do eixo de rotação;
4. Botão de segurança auxiliar
(funciona em conjunto com o
gatilho);
5. Empunhadura;
6. Empunhadura auxiliar de apoio;
7. Base guia em alumínio;
8. Ajuste de ângulo de trabalho;
9. Ajuste da profundidade de corte;
10. Flanges para encaixe do disco;
11. Chave hexagonal para parafuso
do eixo principal;
12. Guia paralelo de metal para
medição da largura de corte;
13. Guarda de proteção fixo;
14. Guarda de proteção móvel;
15. Cordão elétrico;
16. Plugue elétrico.
Prevenção de Acidente com Serra
Circular manual
Mar/2014
6Tec. Responsáveis: Fabrício Juliano
CREA- AP 03106742-39
E Adams David SRT-MA 46223.004766/11-19
Normas de
Referencias NR-
18.07.02 / NR-12
Manual do usuário
Tramontina Master A) MANTENHA A ÁREA DE TRABALHO LIMPA, ORGANIZADA E
BEM ILUMINADA. DESORDEM OU ÁREAS DE TRABALHO
POUCO ILUMINADAS PODEM GERAR ACIDENTES.
B) NÃO TRABALHE COM FERRAMENTAS ELÉTRICAS EM
AMBIENTES COM RISCO DE EXPLOSÃO, ONDE SE
ENCONTRAM LÍQUIDOS, GASES OU PÓS INFLAMÁVEIS.
QUANDO EM TRABALHO, FERRAMENTAS ELÉTRICAS GERAM
FAÍSCAS QUE PODEM INFLAMAR PÓS OU VAPORES.
C) MANTENHA CRIANÇAS E OUTRAS PESSOAS AFASTADAS
DAS FERRAMENTAS ELÉTRICAS DURANTE A UTILIZAÇÃO.
CASO OCORRA UMA DISTRAÇÃO DO OPERADOR, É POSSÍVEL
QUE ELE PERCA O CONTROLE SOBRE A FERRAMENTA E ESSA
VENHA A FERIR ALGUÉM QUE ESTEJA POR PERTO.
Prevenção de Acidente com Serra
Circular
AMBIENTE DE TRABALHO
Mar/2014
7Tec. Responsáveis: Fabrício Juliano
CREA- AP 03106742-39
E Adams David SRT-MA 46223.004766/11-19
D) MANTENHA O APARELHO AFASTADO DE CHUVA OU UMIDADE.
INFILTRAÇÃO DE ÁGUA NUMA FERRAMENTA ELÉTRICA AUMENTA O
RISCO DE CHOQUE ELÉTRICO.
E) NÃO UTILIZE O CABO DA FERRAMENTA PARA TRANSPORTAR,
PENDURAR OU DESCONECTAR O PLUGUE DA TOMADA.
MANTENHA O CABO AFASTADO DE CALOR, ÓLEO, ÁREAS
CORTANTES OU PARTES DO APARELHO EM MOVIMENTO. CABOS
DANIFICADOS AUMENTAM O RISCO DE CHOQUE ELÉTRICO.
F) AO TRABALHAR COM A FERRAMENTA ELÉTRICA AO AR LIVRE,
UTILIZE CABOS DE EXTENSÃO APROPRIADOS. A UTILIZAÇÃO
DESSES CABOS REDUZ O RISCO DE CHOQUE ELÉTRICO.
G) AO UTILIZAR FERRAMENTAS ELÉTRICAS EM AMBIENTES
ÚMIDOS, USE UM DISJUNTOR JUNTO AO CIRCUITO ELÉTRICO. A
UTILIZAÇÃO DE DISJUNTORES EVITA CHOQUES ELÉTRICOS QUANDO
O CABO VIER A SOFRER UMA SOBRECARGA.
Prevenção de Acidente com Serra
Circular
Mar/2014
Normas de
Referencias NR-
18.07.02 / NR 12
Manual do usuário
Tramontina Master
AMBIENTE DE TRABALHO
8Tec. Responsáveis: Fabrício Juliano
CREA- AP 03106742-39
E Adams David SRT-MA 46223.004766/11-19
CONFORME A NR 18 (18-07-0) “A
EXECUÇÃO E MANUTENÇÃO DAS
INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DEVEM
SER REALIZADAS POR
TRABALHADOR QUALIFICADO
E A SUPERVISÃO POR PROFISSIONAL
LEGALMENTE HABILITADO”.
Normas de
Referencias NR-
18.07.02 /NR 12
Manual do usuário
Tramontina Master
INSTALAÇÃO OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO
Prevenção de Acidente com Serra
Circular
Mar/2014
9Tec. Responsáveis: Fabrício Juliano
CREA- AP 03106742-39
E Adams David SRT-MA 46223.004766/11-19
Normas de
Referencias NR-
18.07.02 / NR 12
Manual do usuário
Tramontina Master
Prevenção de Acidente com Serra
Circular
Mar/2014
. ASSEGURE-SE DE QUE A VOLTAGEM DA REDE É A MESMA DO EQUIPAMENTO.
A LIGAÇÃO ELÉTRICA DEVE SER FEITA POR INTERMÉDIO DE CONJUNTO
TOMADA
/ PLUG MACHO
· O CABO DE LIGAÇÃO E POSSÍVEIS EXTENSÕES DEVERÃO SER COMPOSTOS
POR
CABOS DE CONDUÇÃO ELÉTRICA COM PROTEÇÃO MECÂNICA, DO TIPO PP.
· CUIDADO COM AS EXTENSÕES
· O CABO DE LIGAÇÃO DEVERÁ SER INTEIRIÇO, SEM EMENDAS, DE MODO A
NÃO HAVER CORRENTES DE FUGA.
· O CIRCUITO DE ALIMENTAÇÃO DEVERÁ SER PROTEGIDO POR INTERRUPTOR
DE CORRENTE DE FUGA DO TIPO “DR”.
· VERIFIQUE SE A CHAVE P/ TROCA E APERTO DA LÂMINA DE SERRA, QUE
ACOMPANHA A FERRAMENTA, CORRESPONDE AO DIÂMETRO CORRETO.
· VERIFIQUE SE A GUIA RETA DE CORTE ESTÁ EM PERFEITO ESTADO. PARA SUA
SEGURANÇA E EXATIDÃO NO TRABALHO A MESMA NÃO PODERÁ ESTAR
EMPENADA.
INSTALAÇÃO OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO
10Tec. Responsáveis: Fabrício Juliano
CREA- AP 03106742-39
E Adams David SRT-MA 46223.004766/11-19
Normas de
Referencias NR-
18.07.02
Manual do usuário
Tramontina Master
Prevenção de Acidente com Serra
Circular
Mar/2014
CONTROLE DE RISCOS
¨ VERIFIQUE SE A SERRA ESTÁ COM SEUS RESPECTIVOS
ACESSÓRIOS.
¨ PARA SUA MAIOR SEGURANÇA UTILIZE LUVAS, ÓCULOS DE
SEGURANÇA E PROTETOR AURICULAR.
¨ VERIFIQUE SE A LÂMINA DE SERRA ESTÁ CORRETAMENTE
FIXADA NO EIXO.
¨ VERIFIQUE SE A LÂMINA DE SERRA É COMPATÍVEL COM A
ROTAÇÃO (RPM) DA FERRAMENTA E SE ESTÁ COM TODOS OS
DENTES EM ORDEM.
¨ VERIFIQUE SE A LÂMINA DE SERRA É ADEQUADA AO MATERIAL
À SER SERRADO.
11Tec. Responsáveis: Fabrício Juliano
CREA- AP 03106742-39
E Adams David SRT-MA 46223.004766/11-19
Normas de
Referencias NR-
18.07.02
Manual do usuário
Tramontina Master
Prevenção de Acidente com Serra
Circular
Mar/2014
¨ VERIFIQUE SE A LÂMINA DE SERRA É ADEQUADA AO MATERIAL
À SER SERRADO.
¨ SOMENTE COLOQUE OU RETIRE A LÂMINA DE SERRA NA
FERRAMENTA COM O USO DA CHAVE APROPRIADA.
¨ VERIFIQUE A REGULAGEM DE ALTURA PARA AJUSTAR A
CAPACIDADE DE CORTE.
¨ AO EXECUTAR A TAREFA DE SERRAR, NÃO FAÇA USO NEM DE
FORÇA NEM DE PESO EXCESSIVOS NA SERRA.
¨ NUNCA RETIRE A COIFA DE PROTEÇÃO DO DISCO DE CORTE.
¨ CUIDADOS DEVEM SER TOMADOS COM A POSIÇÃO DOS DEDOS
DO OPERADOR, NUNCA DEIXANDO-OS EM POSIÇÃO DE RISCO.
CONTROLE DE RISCOS
12Tec. Responsáveis: Fabrício Juliano
CREA- AP 03106742-39
E Adams David SRT-MA 46223.004766/11-19
ANEXOS
NORMAS DE REFERÊNCIA: PRO.SSO.016
Gerenciamento de Perigos, Riscos e Controles
REGULAMENTADORA Nº 1717 & 18& 18 APROVADA
PELA PORTARIA 3.214/78
DESVÍOS:
Sobre esforço
Postura inadequada
Falta de bancada
Local desorganizado
RISCOS:
Queda de equipamento em
manipulação
Corte de membros
Queda do mesmo nível
Doença ocupacional
relacionada ao trabalho
:
Mar/2014
13Tec. Responsáveis: Fabrício Juliano
CREA- AP 03106742-39
E Adams David SRT-MA 46223.004766/11-19
ANEXOS
Mar/2014

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Treinamento Esmerilhadeira
Treinamento EsmerilhadeiraTreinamento Esmerilhadeira
Treinamento Esmerilhadeira
Ane Costa
 
Operador de motosserra
Operador de motosserraOperador de motosserra
Operador de motosserra
Chico Lobato
 
nr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptx
nr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptxnr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptx
nr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptx
IvoneSobrinho1
 
APR Solda e Corte (1).doc
APR Solda e Corte (1).docAPR Solda e Corte (1).doc
APR Solda e Corte (1).doc
Eliane Damião Alves
 
Trabalho com roçadeira costal
Trabalho com roçadeira costalTrabalho com roçadeira costal
Trabalho com roçadeira costal
Paulo H Bueno
 
Motoserras
MotoserrasMotoserras
Motoserras
allisontstcg
 
Manual serra-circular-de-bancada
Manual serra-circular-de-bancadaManual serra-circular-de-bancada
Manual serra-circular-de-bancada
S Oliveira TsT
 
Segurança lixadeira
Segurança lixadeiraSegurança lixadeira
Segurança lixadeira
Taube Ale
 
NR18-Treinamento-Integracao.pptx
NR18-Treinamento-Integracao.pptxNR18-Treinamento-Integracao.pptx
NR18-Treinamento-Integracao.pptx
Leomir Borghardt
 
Nr 12
Nr 12Nr 12
Treinamento nr34 trabalho a quente novo
Treinamento nr34 trabalho a quente novoTreinamento nr34 trabalho a quente novo
Treinamento nr34 trabalho a quente novo
Marciel Bernardes
 
Treinamento NR 12
Treinamento NR 12Treinamento NR 12
Treinamento NR 12
Mauro Sergio Vales de Souza
 
Treinamento Trabalho em Altura - Atualizado 2023
Treinamento Trabalho em Altura - Atualizado 2023Treinamento Trabalho em Altura - Atualizado 2023
Treinamento Trabalho em Altura - Atualizado 2023
José Valfrido
 
Treinamento para operador de motosserra.
Treinamento para operador de motosserra.Treinamento para operador de motosserra.
Treinamento para operador de motosserra.
JOCÁSSIA SOARES
 
Analise preliminar-de-risco-soldas
Analise preliminar-de-risco-soldasAnalise preliminar-de-risco-soldas
Analise preliminar-de-risco-soldas
Jose Fernandes
 
ROÇADEIRA COSTAL.ppt
ROÇADEIRA COSTAL.pptROÇADEIRA COSTAL.ppt
ROÇADEIRA COSTAL.ppt
AdautoVicente1
 
Apresentação0 ferramentas manuais
Apresentação0 ferramentas manuaisApresentação0 ferramentas manuais
Apresentação0 ferramentas manuais
Wellen Bastos
 
Treinamento lixadeira
Treinamento lixadeiraTreinamento lixadeira
Treinamento lixadeira
VagnoAlvesmonteiro
 
Apr solda
Apr soldaApr solda
Ordem de-servico
Ordem de-servicoOrdem de-servico
Ordem de-servico
Wíndila Santana
 

Mais procurados (20)

Treinamento Esmerilhadeira
Treinamento EsmerilhadeiraTreinamento Esmerilhadeira
Treinamento Esmerilhadeira
 
Operador de motosserra
Operador de motosserraOperador de motosserra
Operador de motosserra
 
nr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptx
nr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptxnr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptx
nr12-trein-procedimento-martelete-eletrico.pptx
 
APR Solda e Corte (1).doc
APR Solda e Corte (1).docAPR Solda e Corte (1).doc
APR Solda e Corte (1).doc
 
Trabalho com roçadeira costal
Trabalho com roçadeira costalTrabalho com roçadeira costal
Trabalho com roçadeira costal
 
Motoserras
MotoserrasMotoserras
Motoserras
 
Manual serra-circular-de-bancada
Manual serra-circular-de-bancadaManual serra-circular-de-bancada
Manual serra-circular-de-bancada
 
Segurança lixadeira
Segurança lixadeiraSegurança lixadeira
Segurança lixadeira
 
NR18-Treinamento-Integracao.pptx
NR18-Treinamento-Integracao.pptxNR18-Treinamento-Integracao.pptx
NR18-Treinamento-Integracao.pptx
 
Nr 12
Nr 12Nr 12
Nr 12
 
Treinamento nr34 trabalho a quente novo
Treinamento nr34 trabalho a quente novoTreinamento nr34 trabalho a quente novo
Treinamento nr34 trabalho a quente novo
 
Treinamento NR 12
Treinamento NR 12Treinamento NR 12
Treinamento NR 12
 
Treinamento Trabalho em Altura - Atualizado 2023
Treinamento Trabalho em Altura - Atualizado 2023Treinamento Trabalho em Altura - Atualizado 2023
Treinamento Trabalho em Altura - Atualizado 2023
 
Treinamento para operador de motosserra.
Treinamento para operador de motosserra.Treinamento para operador de motosserra.
Treinamento para operador de motosserra.
 
Analise preliminar-de-risco-soldas
Analise preliminar-de-risco-soldasAnalise preliminar-de-risco-soldas
Analise preliminar-de-risco-soldas
 
ROÇADEIRA COSTAL.ppt
ROÇADEIRA COSTAL.pptROÇADEIRA COSTAL.ppt
ROÇADEIRA COSTAL.ppt
 
Apresentação0 ferramentas manuais
Apresentação0 ferramentas manuaisApresentação0 ferramentas manuais
Apresentação0 ferramentas manuais
 
Treinamento lixadeira
Treinamento lixadeiraTreinamento lixadeira
Treinamento lixadeira
 
Apr solda
Apr soldaApr solda
Apr solda
 
Ordem de-servico
Ordem de-servicoOrdem de-servico
Ordem de-servico
 

Semelhante a Procedimento de segurança na operação de serra circular

DWE4557 Instruction Manual.pdf
DWE4557 Instruction Manual.pdfDWE4557 Instruction Manual.pdf
DWE4557 Instruction Manual.pdf
AlvaroPolo8
 
dwe4120.pdf
dwe4120.pdfdwe4120.pdf
dwe4120.pdf
GalaxyS72
 
(9) NR10 - SEP - Equipamentos e Ferramentas de Trabalho.pptx
(9) NR10 - SEP - Equipamentos e Ferramentas de Trabalho.pptx(9) NR10 - SEP - Equipamentos e Ferramentas de Trabalho.pptx
(9) NR10 - SEP - Equipamentos e Ferramentas de Trabalho.pptx
EngenheiroBenevides
 
Treinamento trabalho a quente petrobras
Treinamento trabalho a quente   petrobrasTreinamento trabalho a quente   petrobras
Treinamento trabalho a quente petrobras
Orlando Mendes
 
Manual Lavadora Karcher K 3390 K3390 K 3.390 BR
Manual Lavadora Karcher K 3390 K3390 K 3.390 BRManual Lavadora Karcher K 3390 K3390 K 3.390 BR
Manual Lavadora Karcher K 3390 K3390 K 3.390 BR
Nome Sobrenome
 
TREINAMENTO OPERACIONAL PARA OPERADOR DE SERRA DE BANCADA
TREINAMENTO OPERACIONAL PARA OPERADOR DE SERRA DE BANCADATREINAMENTO OPERACIONAL PARA OPERADOR DE SERRA DE BANCADA
TREINAMENTO OPERACIONAL PARA OPERADOR DE SERRA DE BANCADA
rafael987369
 
treinamento de NR-12 - Voltado para Construção civil.pptx
treinamento de NR-12 - Voltado para Construção civil.pptxtreinamento de NR-12 - Voltado para Construção civil.pptx
treinamento de NR-12 - Voltado para Construção civil.pptx
IsacPintoCampeche
 
CAPACITAÇÃO NR12.pdf
CAPACITAÇÃO NR12.pdfCAPACITAÇÃO NR12.pdf
CAPACITAÇÃO NR12.pdf
Sinésio Silgueiro
 
MODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRAS
MODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRASMODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRAS
MODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRAS
Mateus Borges
 
Esmerilhadeira angular 950w chimas
Esmerilhadeira angular 950w chimasEsmerilhadeira angular 950w chimas
Esmerilhadeira angular 950w chimas
Chimas Indústria e Comércio
 
FT-031 MARTILLO DEMOLEDOR DEWALT (2).pdf
FT-031 MARTILLO DEMOLEDOR DEWALT   (2).pdfFT-031 MARTILLO DEMOLEDOR DEWALT   (2).pdf
FT-031 MARTILLO DEMOLEDOR DEWALT (2).pdf
info278171
 
FT-031 MARTILLO DEMOLEDOR DEWALT (1).pdf
FT-031 MARTILLO DEMOLEDOR DEWALT   (1).pdfFT-031 MARTILLO DEMOLEDOR DEWALT   (1).pdf
FT-031 MARTILLO DEMOLEDOR DEWALT (1).pdf
info278171
 
NR18 - Treinamento Serra Marmore.pptx
NR18 - Treinamento Serra Marmore.pptxNR18 - Treinamento Serra Marmore.pptx
NR18 - Treinamento Serra Marmore.pptx
CezarTST1
 
treinamentonr12modelo-170103182720.pdf
treinamentonr12modelo-170103182720.pdftreinamentonr12modelo-170103182720.pdf
treinamentonr12modelo-170103182720.pdf
LeandroSantos439837
 
treinamento nr 12 modelo - 170103182720.pdf
treinamento nr 12 modelo - 170103182720.pdftreinamento nr 12 modelo - 170103182720.pdf
treinamento nr 12 modelo - 170103182720.pdf
tstnhs1
 
Manual maxxi cut-60-380v-v4 (1)
Manual maxxi cut-60-380v-v4 (1)Manual maxxi cut-60-380v-v4 (1)
Manual maxxi cut-60-380v-v4 (1)
Rogerio Alves Resende
 
POLICORTE.pptx treinamento de policorte.
POLICORTE.pptx treinamento de policorte.POLICORTE.pptx treinamento de policorte.
POLICORTE.pptx treinamento de policorte.
YgorRodrigues11
 
Esmerilhadeira angular 2000w Ingco - Chimas
Esmerilhadeira angular 2000w Ingco - ChimasEsmerilhadeira angular 2000w Ingco - Chimas
Esmerilhadeira angular 2000w Ingco - Chimas
Chimas Indústria e Comércio
 
atornillador impacto DCF887.pdf
atornillador impacto DCF887.pdfatornillador impacto DCF887.pdf
atornillador impacto DCF887.pdf
PCIvn
 
Aar rev03 0607
Aar rev03 0607Aar rev03 0607
Aar rev03 0607
Angelos Zavalis
 

Semelhante a Procedimento de segurança na operação de serra circular (20)

DWE4557 Instruction Manual.pdf
DWE4557 Instruction Manual.pdfDWE4557 Instruction Manual.pdf
DWE4557 Instruction Manual.pdf
 
dwe4120.pdf
dwe4120.pdfdwe4120.pdf
dwe4120.pdf
 
(9) NR10 - SEP - Equipamentos e Ferramentas de Trabalho.pptx
(9) NR10 - SEP - Equipamentos e Ferramentas de Trabalho.pptx(9) NR10 - SEP - Equipamentos e Ferramentas de Trabalho.pptx
(9) NR10 - SEP - Equipamentos e Ferramentas de Trabalho.pptx
 
Treinamento trabalho a quente petrobras
Treinamento trabalho a quente   petrobrasTreinamento trabalho a quente   petrobras
Treinamento trabalho a quente petrobras
 
Manual Lavadora Karcher K 3390 K3390 K 3.390 BR
Manual Lavadora Karcher K 3390 K3390 K 3.390 BRManual Lavadora Karcher K 3390 K3390 K 3.390 BR
Manual Lavadora Karcher K 3390 K3390 K 3.390 BR
 
TREINAMENTO OPERACIONAL PARA OPERADOR DE SERRA DE BANCADA
TREINAMENTO OPERACIONAL PARA OPERADOR DE SERRA DE BANCADATREINAMENTO OPERACIONAL PARA OPERADOR DE SERRA DE BANCADA
TREINAMENTO OPERACIONAL PARA OPERADOR DE SERRA DE BANCADA
 
treinamento de NR-12 - Voltado para Construção civil.pptx
treinamento de NR-12 - Voltado para Construção civil.pptxtreinamento de NR-12 - Voltado para Construção civil.pptx
treinamento de NR-12 - Voltado para Construção civil.pptx
 
CAPACITAÇÃO NR12.pdf
CAPACITAÇÃO NR12.pdfCAPACITAÇÃO NR12.pdf
CAPACITAÇÃO NR12.pdf
 
MODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRAS
MODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRASMODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRAS
MODELO DE TREINAMENTO NR12 VOLTADO A FRENTES DE SERVIÇO EM OBRAS
 
Esmerilhadeira angular 950w chimas
Esmerilhadeira angular 950w chimasEsmerilhadeira angular 950w chimas
Esmerilhadeira angular 950w chimas
 
FT-031 MARTILLO DEMOLEDOR DEWALT (2).pdf
FT-031 MARTILLO DEMOLEDOR DEWALT   (2).pdfFT-031 MARTILLO DEMOLEDOR DEWALT   (2).pdf
FT-031 MARTILLO DEMOLEDOR DEWALT (2).pdf
 
FT-031 MARTILLO DEMOLEDOR DEWALT (1).pdf
FT-031 MARTILLO DEMOLEDOR DEWALT   (1).pdfFT-031 MARTILLO DEMOLEDOR DEWALT   (1).pdf
FT-031 MARTILLO DEMOLEDOR DEWALT (1).pdf
 
NR18 - Treinamento Serra Marmore.pptx
NR18 - Treinamento Serra Marmore.pptxNR18 - Treinamento Serra Marmore.pptx
NR18 - Treinamento Serra Marmore.pptx
 
treinamentonr12modelo-170103182720.pdf
treinamentonr12modelo-170103182720.pdftreinamentonr12modelo-170103182720.pdf
treinamentonr12modelo-170103182720.pdf
 
treinamento nr 12 modelo - 170103182720.pdf
treinamento nr 12 modelo - 170103182720.pdftreinamento nr 12 modelo - 170103182720.pdf
treinamento nr 12 modelo - 170103182720.pdf
 
Manual maxxi cut-60-380v-v4 (1)
Manual maxxi cut-60-380v-v4 (1)Manual maxxi cut-60-380v-v4 (1)
Manual maxxi cut-60-380v-v4 (1)
 
POLICORTE.pptx treinamento de policorte.
POLICORTE.pptx treinamento de policorte.POLICORTE.pptx treinamento de policorte.
POLICORTE.pptx treinamento de policorte.
 
Esmerilhadeira angular 2000w Ingco - Chimas
Esmerilhadeira angular 2000w Ingco - ChimasEsmerilhadeira angular 2000w Ingco - Chimas
Esmerilhadeira angular 2000w Ingco - Chimas
 
atornillador impacto DCF887.pdf
atornillador impacto DCF887.pdfatornillador impacto DCF887.pdf
atornillador impacto DCF887.pdf
 
Aar rev03 0607
Aar rev03 0607Aar rev03 0607
Aar rev03 0607
 

Último

Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Falcão Brasil
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
portaladministradores
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Falcão Brasil
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
ArapiracaNoticiasFat
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdfSistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
Manuais Formação
 

Último (20)

Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdfSistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
 

Procedimento de segurança na operação de serra circular

  • 1. 1Tec. Responsáveis: Fabrício Juliano CREA- AP 03106742-39 E Adams David SRT-MA 46223.004766/11-19 Mar/2014 Prevenção de Acidente com Serra Circular manual Índice Ambiente de trabalho Instalação Operação Manutenção Controle dos riscos
  • 2. 2Tec. Responsáveis: Fabrício Juliano CREA- AP 03106742-39 E Adams David SRT-MA 46223.004766/11-19 ConceitoConceito ““ Cremos que todo homem tem dentro de si a responsabilidade incontestável de afastar-se dos caminhos inseguros.”” Prevenção de Acidente com Serra Circular manual Mar/2014
  • 3. 3Tec. Responsáveis: Fabrício Juliano CREA- AP 03106742-39 E Adams David SRT-MA 46223.004766/11-19  Existem vários tipos e marcas de Serras, porém, todas requerem basicamente os mesmos cuidados. Prevenção de Acidente com Serra Circular manual Elas são de fácil operação, apropriadas para cortes de madeiras, aglomerados, compensados e revestidos. Estas ferramentas possuem dupla isolação mas, mesmo assim, requerem basicamente os seguintes cuidados:
  • 4. 4Tec. Responsáveis: Fabrício Juliano CREA- AP 03106742-39 E Adams David SRT-MA 46223.004766/11-19 fev./2014 ANEXOS
  • 5. 5Tec. Responsáveis: Fabrício Juliano CREA- AP 03106742-39 E Adams David SRT-MA 46223.004766/11-19 Dados técnicos 1. Interruptor/gatilho de segurança; 2. Estrutura da ferramenta; 3. Botão trava do eixo de rotação; 4. Botão de segurança auxiliar (funciona em conjunto com o gatilho); 5. Empunhadura; 6. Empunhadura auxiliar de apoio; 7. Base guia em alumínio; 8. Ajuste de ângulo de trabalho; 9. Ajuste da profundidade de corte; 10. Flanges para encaixe do disco; 11. Chave hexagonal para parafuso do eixo principal; 12. Guia paralelo de metal para medição da largura de corte; 13. Guarda de proteção fixo; 14. Guarda de proteção móvel; 15. Cordão elétrico; 16. Plugue elétrico. Prevenção de Acidente com Serra Circular manual Mar/2014
  • 6. 6Tec. Responsáveis: Fabrício Juliano CREA- AP 03106742-39 E Adams David SRT-MA 46223.004766/11-19 Normas de Referencias NR- 18.07.02 / NR-12 Manual do usuário Tramontina Master A) MANTENHA A ÁREA DE TRABALHO LIMPA, ORGANIZADA E BEM ILUMINADA. DESORDEM OU ÁREAS DE TRABALHO POUCO ILUMINADAS PODEM GERAR ACIDENTES. B) NÃO TRABALHE COM FERRAMENTAS ELÉTRICAS EM AMBIENTES COM RISCO DE EXPLOSÃO, ONDE SE ENCONTRAM LÍQUIDOS, GASES OU PÓS INFLAMÁVEIS. QUANDO EM TRABALHO, FERRAMENTAS ELÉTRICAS GERAM FAÍSCAS QUE PODEM INFLAMAR PÓS OU VAPORES. C) MANTENHA CRIANÇAS E OUTRAS PESSOAS AFASTADAS DAS FERRAMENTAS ELÉTRICAS DURANTE A UTILIZAÇÃO. CASO OCORRA UMA DISTRAÇÃO DO OPERADOR, É POSSÍVEL QUE ELE PERCA O CONTROLE SOBRE A FERRAMENTA E ESSA VENHA A FERIR ALGUÉM QUE ESTEJA POR PERTO. Prevenção de Acidente com Serra Circular AMBIENTE DE TRABALHO Mar/2014
  • 7. 7Tec. Responsáveis: Fabrício Juliano CREA- AP 03106742-39 E Adams David SRT-MA 46223.004766/11-19 D) MANTENHA O APARELHO AFASTADO DE CHUVA OU UMIDADE. INFILTRAÇÃO DE ÁGUA NUMA FERRAMENTA ELÉTRICA AUMENTA O RISCO DE CHOQUE ELÉTRICO. E) NÃO UTILIZE O CABO DA FERRAMENTA PARA TRANSPORTAR, PENDURAR OU DESCONECTAR O PLUGUE DA TOMADA. MANTENHA O CABO AFASTADO DE CALOR, ÓLEO, ÁREAS CORTANTES OU PARTES DO APARELHO EM MOVIMENTO. CABOS DANIFICADOS AUMENTAM O RISCO DE CHOQUE ELÉTRICO. F) AO TRABALHAR COM A FERRAMENTA ELÉTRICA AO AR LIVRE, UTILIZE CABOS DE EXTENSÃO APROPRIADOS. A UTILIZAÇÃO DESSES CABOS REDUZ O RISCO DE CHOQUE ELÉTRICO. G) AO UTILIZAR FERRAMENTAS ELÉTRICAS EM AMBIENTES ÚMIDOS, USE UM DISJUNTOR JUNTO AO CIRCUITO ELÉTRICO. A UTILIZAÇÃO DE DISJUNTORES EVITA CHOQUES ELÉTRICOS QUANDO O CABO VIER A SOFRER UMA SOBRECARGA. Prevenção de Acidente com Serra Circular Mar/2014 Normas de Referencias NR- 18.07.02 / NR 12 Manual do usuário Tramontina Master AMBIENTE DE TRABALHO
  • 8. 8Tec. Responsáveis: Fabrício Juliano CREA- AP 03106742-39 E Adams David SRT-MA 46223.004766/11-19 CONFORME A NR 18 (18-07-0) “A EXECUÇÃO E MANUTENÇÃO DAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DEVEM SER REALIZADAS POR TRABALHADOR QUALIFICADO E A SUPERVISÃO POR PROFISSIONAL LEGALMENTE HABILITADO”. Normas de Referencias NR- 18.07.02 /NR 12 Manual do usuário Tramontina Master INSTALAÇÃO OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO Prevenção de Acidente com Serra Circular Mar/2014
  • 9. 9Tec. Responsáveis: Fabrício Juliano CREA- AP 03106742-39 E Adams David SRT-MA 46223.004766/11-19 Normas de Referencias NR- 18.07.02 / NR 12 Manual do usuário Tramontina Master Prevenção de Acidente com Serra Circular Mar/2014 . ASSEGURE-SE DE QUE A VOLTAGEM DA REDE É A MESMA DO EQUIPAMENTO. A LIGAÇÃO ELÉTRICA DEVE SER FEITA POR INTERMÉDIO DE CONJUNTO TOMADA / PLUG MACHO · O CABO DE LIGAÇÃO E POSSÍVEIS EXTENSÕES DEVERÃO SER COMPOSTOS POR CABOS DE CONDUÇÃO ELÉTRICA COM PROTEÇÃO MECÂNICA, DO TIPO PP. · CUIDADO COM AS EXTENSÕES · O CABO DE LIGAÇÃO DEVERÁ SER INTEIRIÇO, SEM EMENDAS, DE MODO A NÃO HAVER CORRENTES DE FUGA. · O CIRCUITO DE ALIMENTAÇÃO DEVERÁ SER PROTEGIDO POR INTERRUPTOR DE CORRENTE DE FUGA DO TIPO “DR”. · VERIFIQUE SE A CHAVE P/ TROCA E APERTO DA LÂMINA DE SERRA, QUE ACOMPANHA A FERRAMENTA, CORRESPONDE AO DIÂMETRO CORRETO. · VERIFIQUE SE A GUIA RETA DE CORTE ESTÁ EM PERFEITO ESTADO. PARA SUA SEGURANÇA E EXATIDÃO NO TRABALHO A MESMA NÃO PODERÁ ESTAR EMPENADA. INSTALAÇÃO OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO
  • 10. 10Tec. Responsáveis: Fabrício Juliano CREA- AP 03106742-39 E Adams David SRT-MA 46223.004766/11-19 Normas de Referencias NR- 18.07.02 Manual do usuário Tramontina Master Prevenção de Acidente com Serra Circular Mar/2014 CONTROLE DE RISCOS ¨ VERIFIQUE SE A SERRA ESTÁ COM SEUS RESPECTIVOS ACESSÓRIOS. ¨ PARA SUA MAIOR SEGURANÇA UTILIZE LUVAS, ÓCULOS DE SEGURANÇA E PROTETOR AURICULAR. ¨ VERIFIQUE SE A LÂMINA DE SERRA ESTÁ CORRETAMENTE FIXADA NO EIXO. ¨ VERIFIQUE SE A LÂMINA DE SERRA É COMPATÍVEL COM A ROTAÇÃO (RPM) DA FERRAMENTA E SE ESTÁ COM TODOS OS DENTES EM ORDEM. ¨ VERIFIQUE SE A LÂMINA DE SERRA É ADEQUADA AO MATERIAL À SER SERRADO.
  • 11. 11Tec. Responsáveis: Fabrício Juliano CREA- AP 03106742-39 E Adams David SRT-MA 46223.004766/11-19 Normas de Referencias NR- 18.07.02 Manual do usuário Tramontina Master Prevenção de Acidente com Serra Circular Mar/2014 ¨ VERIFIQUE SE A LÂMINA DE SERRA É ADEQUADA AO MATERIAL À SER SERRADO. ¨ SOMENTE COLOQUE OU RETIRE A LÂMINA DE SERRA NA FERRAMENTA COM O USO DA CHAVE APROPRIADA. ¨ VERIFIQUE A REGULAGEM DE ALTURA PARA AJUSTAR A CAPACIDADE DE CORTE. ¨ AO EXECUTAR A TAREFA DE SERRAR, NÃO FAÇA USO NEM DE FORÇA NEM DE PESO EXCESSIVOS NA SERRA. ¨ NUNCA RETIRE A COIFA DE PROTEÇÃO DO DISCO DE CORTE. ¨ CUIDADOS DEVEM SER TOMADOS COM A POSIÇÃO DOS DEDOS DO OPERADOR, NUNCA DEIXANDO-OS EM POSIÇÃO DE RISCO. CONTROLE DE RISCOS
  • 12. 12Tec. Responsáveis: Fabrício Juliano CREA- AP 03106742-39 E Adams David SRT-MA 46223.004766/11-19 ANEXOS NORMAS DE REFERÊNCIA: PRO.SSO.016 Gerenciamento de Perigos, Riscos e Controles REGULAMENTADORA Nº 1717 & 18& 18 APROVADA PELA PORTARIA 3.214/78 DESVÍOS: Sobre esforço Postura inadequada Falta de bancada Local desorganizado RISCOS: Queda de equipamento em manipulação Corte de membros Queda do mesmo nível Doença ocupacional relacionada ao trabalho : Mar/2014
  • 13. 13Tec. Responsáveis: Fabrício Juliano CREA- AP 03106742-39 E Adams David SRT-MA 46223.004766/11-19 ANEXOS Mar/2014