SlideShare uma empresa Scribd logo
Espaço Confinado Clínica Viver Assessoria e Serviços Ltda . Fevereiro 2010
Definição de Espaço Confinado É qualquer área ou ambiente  não  projetado para  ocupação  humana  contínua; Que possua meios  limitados  de  entrada  e  saída; A  ventilação  existente é  insuficiente  para remover contaminantes ou onde  possa existir  a  deficiência  ou  enriquecimento  de  oxigênio .
Normas Aplicáveis NBR 14.787 – Espaço confinado - Prevenção de acidentes, procedimentos e medidas de proteção; NBR 14.606 – Postos de serviço – Entrada em espaço confinado NR-33 – Segurança e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados, aprovada pela Portaria SIT n.º 202, 22 de dezembro de 2006.
Objetivos da NR-33 Estabelecer requisitos mínimos para: identificação de espaços confinados e o reconhecimento; Avaliação, monitoramento e controle dos riscos existentes; Garantir permanentemente a segurança e saúde dos trabalhadores que interagem nestes espaços ;
Onde Encontramos Espaço Confinado Indústrias; Serviços nas áreas de: Gás; Água e esgotos; Eletricidade; Telefonia; Construção civil; Agricultura; Agroindústria.
Exemplos de Espaço Confinado
Tipos de Trabalhos em Espaço Confinado Obras da construção civil; Operações de salvamento e resgate; Manutenção e reparos diversos; Limpeza ou inspeções em equipamentos e reservatórios.
Falta ou excesso de oxigênio; Incêndio ou explosões ocasionados por vapores ou gases; Intoxicações por substâncias químicas; Infecções por agentes biológicos; Afogamentos; Soterramentos; Quedas; Choques elétricos. Principais Riscos
Como Evitar Acidentes em Espaço Confinado? Certifique-se que a empresa: Segue a NBR 14.787  –“ESPAÇOS CONFINADOS –PREVENÇÃO DE ACIDENTES, PROCEDIMENTOS E MEDIDAS DE PROTEÇÃO” Atende a NR 33  - Segurança e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados;
Responsabilidades do Empregador (NR-33) Indicar formalmente o responsável técnico; Identificar os espaços confinados existentes; Identificar os riscos específicos de cada espaço confinado; implementar a gestão em segurança e saúde no trabalho em espaços confinados: Medidas técnicas de prevenção; Medidas administrativas; Medidas pessoais; Medidas de salvamento e emergência.
Responsabilidades do Empregador (NR-33) Garantir a capacitação continuada dos trabalhadores; Garantir que o acesso ao espaço confinado somente ocorra após a emissão da Permissão de Entrada e Trabalho - PET; Fornecer às empresas contratadas informações sobre os riscos nas áreas onde desenvolverão desenvolver suas atividades; acompanhar a implementação das medidas de segurança e saúde dos trabalhadores das empresas contratadas; Interromper todo trabalho em caso de suspeição de condição de risco grave e iminente abandonando imediatamente o local; garantir informações atualizadas sobre os riscos e medidas de controle antes de cada acesso.
Responsabilidades do Trabalhador (NR-33) Colaborar com a empresa no cumprimento da NR-33; Utilizar adequadamente os meios e equipamentos fornecidos pela empresa; comunicar ao Vigia e ao Supervisor de Entrada as situações de risco; cumprir os procedimentos e orientações recebidos nos treinamentos com relação aos espaços confinados.
Medidas Técnicas de Prevenção (NR-33) Identificar, isolar e sinalizar os espaços confinados; Antecipar e reconhecer os riscos; Proceder a avaliação e controle dos riscos; Promover a implantação de travas, bloqueios, alívios, lacre e etiquetagem; Implementar medidas para eliminação ou controle dos riscos atmosféricos; Verificar a segurança do local antes da entrada por meio de avaliações da atmosfera;
Medidas Administrativas (NR-33) Manter cadastro atualizado, inclusive com os riscos; Definir as medidas adequadas aos riscos; Manter sinalização permanente junto a entrada; Implementar procedimentos de trabalho; Adaptar a PET as peculiaridades da empresa; Adotar sistema de controle que permita a rastreabilidade da PET; Encerar a PET após finalização, pausa ou interrupção dos trabalhos; Manter arquivos da PET e procedimento por, no mínimo, 05 anos;
Medidas Administrativas (NR-33) Assegurar acesso somente com acompanhamento e permissão da supervisão; Garantir aos trabalhos as informações referente aos riscos e medidas de controle; Emitir PET para cada entrada; Observação do disposto nas normas NBR 14.606 e NBR 14.787; Revisão anual dos procedimentos e PET, ou sempre que houver alterações, com participação da CIPA.
Medidas Pessoais (NR-33) Submeter o trabalhador a exames médicos específicos com emissão do ASO; Capacitar os trabalhadores quanto direitos, deveres, riscos e controles; Determinar o número de trabalhadores envolvidos conforme a análise de riscos; Vedar a realização de trabalhos individuais ou isolados; Impedir a realização de outras tarefas ao vigia que não seja monitorar e proteger os trabalhadores; Garantir todos os equipamentos relacionados na PET; Para atmosfera IPVS é obrigatório o uso de máscara autônoma com pressão positiva ou respirador de linha de ar comprimido com cilindro de escape.
Quando Entrar em Espaço Confinado Somente quando for emitida autorização na Folha de Permissão de Entrada: Exigida por lei e executada pelo supervisor. Os serviços devem ser executados sempre acompanhado por um vigia.
Funções do Vigia (NR-33) Controlar o número de trabalhadores autorizados no espaço, assegurando a saída de todos ao final da atividade; Permanecer fora do espaço, ao lado da entrada e em contato permanente com os trabalhadores; Adotar os procedimentos de emergência, acionando a equipe de salvamento quando necessário; Operar os movimentadores de pessoas; Ordenar o abandono do espaço confinado quando: Reconhecer algum sinal de alarme, perigo, sintoma, queixa, condição proibida, acidente, situação não prevista Quando não puder desempenhar efetivamente suas tarefas, nem ser substituído por outro Vigia.
Funções do Supervisor (NR-33) Emitir a PET antes da entrada; Conforme descrito na PET: Executar os testes; Conferir os equipamentos; Conferir os procedimentos; Assegurar a disponibilização dos serviços de emergência e salvamento; Garantir a operacionalidade dos meios de acionamento dos serviços; Cancelar os procedimentos de entrada, quando necessário; Encerrar a PET após o final dos serviços. O supervisor de entrada pode desempenhar a função de vigia.
Providências por Parte da Empresa Treinamento a todos os trabalhadores; Inspeção prévia nos locais; Exames médicos; Folha de permissão de entrada.
Providências por Parte da Empresa Sinalização e isolamento da área; Supervisor de entrada e vigia; Equipamentos medidores de oxigênio, gases e vapores tóxicos e inflamáveis; Equipamentos de ventilação;
Providências por Parte da Empresa Equipamentos de: Proteção individual; Comunicação e iluminação; Resgate.
Entrada Segura Entrar em espaço confinado somente após o supervisor de entrada realizar todos os testes e adotar as medidas de controle necessárias; Não entrar caso as condições de trabalho não seja seguras. (Item 9.6.3 da NR-9).
Treinamento Conhecer os trabalhos a serem executados; Conhecer os riscos do trabalho a ser executado; Conhecer os procedimentos e equipamentos de segurança para executar o trabalho;
Treinamento Conhecer os procedimentos e equipamentos de resgate e primeiros socorros; Receber todos os equipamentos de segurança necessários para a execução dos trabalhos.
Treinamento Capacitação prévia; Realização periódica, no máxima a cada 12 meses; Apresentar: Definições; Reconhecimento, avaliação e controle de risco; Funcionamento dos equipamento utilizados; Procedimento e utilização da PET; Noções de resgate e primeiros socorros.
Deveres do Trabalhador Submeter-se aos exames médicos prescritos; Participar dos treinamentos e seguir as informações de segurança; Usar os equipamentos de proteção individual fornecidos; Comunicar os riscos.
Folha de Permissão de Entrada Deve conter: procedimentos escritos de segurança e emergência; Verificação de implantação das medidas de segurança; Assinatura do supervisor de entrada responsável. O trabalhador deve ter consigo uma cópia da permissão de entrada durante a execução dos trabalhos.
Sinalização e Isolamento da Área Sinalização: Informação e alerta quanto aos riscos em espaço confinado. Isolamento: Evitar a aproximação de pessoas não autorizadas
Supervisor de Entrada Verificar os risco de acidente; Realizar as medições atmosféricas; Providenciar e manter os equipamentos de segurança e resgate necessários; Responsável pela emissão e conteúdo da Folha de Permissão de Entrada; Desligar energia elétrica, trancar e sinalizar
Vigia Manter contato permanente com a equipe de trabalho; Acionar o serviço de resgate e primeiros socorros, quando necessário.
Teste do Ar Verificação dos níveis de oxigênio, gases e vapores tóxicos e inflamáveis; Supervisor de Entrada deve realizar testes iniciais antes da entrada da equipe; O supervisor deve manter-se fora do espaço confinado durante as medições; Necessária para prevenção de acidentes por asfixia, intoxicação, incêndio ou explosão.
Ventilação Não ventilar com oxigênio: Aumento dos risco de incêndio e explosão. Ventilação adequada durante todo o tempo de trabalho; Garantir a renovação contínua do ar interno.
Equipamentos de Proteção Individual Fornecidos gratuitamente pelo empregador; Adequados a cada situação de risco existente; Treinar o trabalhador quanto ao uso adequado.
Objetos Proibidos Cigarros; Telefone celular; Velas; Fósforos; Isqueiros; Objetos que produzam calor, chama ou faísca e que sejam necessários a execução dos trabalhos devem ser listados na Folha de Permissão de Entrada.
Equipamentos Especiais Lanternas; Rádios de comunicação; Detectores de gases, a prova de explosão.
Medidas de Emergência e Resgate Elaborar e implementar procedimentos de emergência; Adequados a cada tipo de espaço confinado existente; Equipamentos e acessórios para meios seguros de resgate; Treinar os trabalhadores quanto aos procedimentos; Realização treinamento com simulação de situação de emergência anualmente.
PET – Itens Conforme ANEXO II (NR-33) Nome da empresa; Local e número do espaço confinado; Data e horário de emissão e término dos trabalhos; Trabalhos a serem realizados; Trabalhadores autorizados a entrarem no espaço; Nome do Vigia e do Supervisor; Equipe de resgate.
PET – Itens Conforme ANEXO II (NR-33) Isolamento da área; Teste inicial da atmosfera: Horário do teste; Oxigênio (%); Inflamáveis (% LIE); Gases e Vapores tóxicos (ppm); Poeiras, fumos, névoas tóxicas (mg/m³); Nome legível e assinatura do supervisor dos testes.
PET – Itens Conforme ANEXO II (NR-33) Bloqueios, travamentos e etiquetagem; Purga e ou lavagem; ventilação / exaustão: Tipo, equipamento e tempo; Teste após ventilação e isolamento: Horário do teste; Oxigênio (%) [>19,5% ou <23%]; Inflamáveis (% LIE) [10%]; Gases e Vapores tóxicos (ppm); Poeiras, fumos, névoas tóxicas (mg/m³); Nome legível e assinatura do supervisor dos testes.
PET – Itens Conforme ANEXO II (NR-33) Iluminação; Procedimentos de comunicação; Procedimentos de resgate; Procedimentos e proteção de movimentação vertical; Treinamento dos trabalhadores atualizado;
PET – Itens Conforme ANEXO II (NR-33) Equipamentos: Monitoramento de gases anti explosão; Lanternas; Roupas de proteção; Extintores de incêndio; Capacetes, botas e luvas; Proteção respiratória autônomo ou ar mandado com cilindro de escape; Cinturão e linha de vida para os trabalhadores; Cinturão e linha de vida para equipe de resgate;
PET – Itens Conforme ANEXO II (NR-33) Equipamentos: Escada; Movimentação vertical / suportes externos; Comunicação eletrônica para área potencialmente explosiva; Proteção respiratória autônomo ou ar mandado com cilindro de escape para equipe de resgate; Comunicação eletrônica para área potencialmente explosiva para equipe de resgate;
PET – Itens Conforme ANEXO II (NR-33) Permissão de trabalhos a quente; Telefones e contatos: Ambulância; Bombeiros; Segurança.
Glossário ANEXO III (NR-33) Permissão de trabalhos a quente; autorização escrita do empregador, ou seu representante legal, para permitir operações capazes de fornecer uma fonte de ignição. ; Área Classificada: É toda área onde existe a presença de gases combustíveis, onde são classificadas em grupos I e II, sendo o grupo II dividido em sub-grupo IIA, IIB e IIC e também em Zonas 01 e 02; Condição IPVS qualquer condição que cause uma ameaça imediata à vida ou que pode causar efeitos adversos irreversíveis à saúde ou que interfira com a habilidade dos indivíduos para escapar de um espaço confinado sem ajuda ;
Lembre-se A segurança é uma responsabilidade de todos. Conheça e exija procedimentos de trabalho seguro; Garanta sua vida e de seus companheiros; Voltar para casa com saúde é um direito de todos.
Dúvidas ?
Obrigado!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

NR 18-Integração_SC.pptx
NR 18-Integração_SC.pptxNR 18-Integração_SC.pptx
NR 18-Integração_SC.pptx
Leomir Borghardt
 
Trabalho em altura nr 35
Trabalho em altura nr 35Trabalho em altura nr 35
Trabalho em altura nr 35
Joziane Pimentel
 
NR18-Treinamento-Integracao.pptx
NR18-Treinamento-Integracao.pptxNR18-Treinamento-Integracao.pptx
NR18-Treinamento-Integracao.pptx
Leomir Borghardt
 
Power+point+nr+35
Power+point+nr+35Power+point+nr+35
Power+point+nr+35
Gil Mendes
 
Trabalho em altura nr 35 (treinamento)
Trabalho em altura   nr 35 (treinamento)Trabalho em altura   nr 35 (treinamento)
Trabalho em altura nr 35 (treinamento)
Bruno Monteiro
 
Nr – 33 Segurança e Saúde no Trabalho Em espaços Confinados
Nr – 33 Segurança e Saúde no Trabalho Em espaços ConfinadosNr – 33 Segurança e Saúde no Trabalho Em espaços Confinados
Nr – 33 Segurança e Saúde no Trabalho Em espaços Confinados
Tarcizio Cavalcante
 
Primeiros socorros e resgate espaço confinado
Primeiros socorros e resgate espaço confinadoPrimeiros socorros e resgate espaço confinado
Primeiros socorros e resgate espaço confinado
Tito Batalha
 
Trabalho em Espaços Confinados Portaria 3.214/78 - NR-33 / NBR 14.787
Trabalho em Espaços Confinados Portaria 3.214/78 - NR-33 / NBR 14.787Trabalho em Espaços Confinados Portaria 3.214/78 - NR-33 / NBR 14.787
Trabalho em Espaços Confinados Portaria 3.214/78 - NR-33 / NBR 14.787
Alfredo Brito
 
TREINAMENTO NR-33 ESPACO CONFINADO.pptx
TREINAMENTO NR-33 ESPACO CONFINADO.pptxTREINAMENTO NR-33 ESPACO CONFINADO.pptx
TREINAMENTO NR-33 ESPACO CONFINADO.pptx
JoyceMarina2
 
NR - 35 Trabalho em altura
NR - 35 Trabalho em altura NR - 35 Trabalho em altura
NR - 35 Trabalho em altura
EVALDO JUNIO SILVA DA GAMA
 
Treinamento NR 18 .pptx
Treinamento NR 18  .pptxTreinamento NR 18  .pptx
Treinamento NR 18 .pptx
MarceloRodriguesdaLu2
 
Apresentação NR 35 - Trabalho em altura lino
 Apresentação NR 35 - Trabalho em altura   lino Apresentação NR 35 - Trabalho em altura   lino
Apresentação NR 35 - Trabalho em altura lino
lino1250
 
Nr.33 Segurança nos Serviços em Espaços confinados/Transparncia
Nr.33 Segurança nos Serviços em Espaços confinados/TransparnciaNr.33 Segurança nos Serviços em Espaços confinados/Transparncia
Nr.33 Segurança nos Serviços em Espaços confinados/Transparncia
Ana Paula Santos de Jesus Souza
 
TREINAMENTO DE EPI NR 06
TREINAMENTO DE EPI NR 06TREINAMENTO DE EPI NR 06
TREINAMENTO DE EPI NR 06
Fabio Sousa
 
Nr 18 Segurança na Industria da Construção
Nr 18 Segurança na Industria da Construção Nr 18 Segurança na Industria da Construção
Nr 18 Segurança na Industria da Construção
Ana Paula Santos de Jesus Souza
 
Treinamento nr34 trabalho a quente novo
Treinamento nr34 trabalho a quente novoTreinamento nr34 trabalho a quente novo
Treinamento nr34 trabalho a quente novo
Marciel Bernardes
 
NR 22
NR 22NR 22
NR-33 - Espaço Confinado - Modulo II
NR-33 - Espaço Confinado - Modulo IINR-33 - Espaço Confinado - Modulo II
NR-33 - Espaço Confinado - Modulo II
emanueltstegeon
 
Ebook nr 33 trabalhos em espaços confinados
Ebook nr 33 trabalhos em espaços confinados Ebook nr 33 trabalhos em espaços confinados
Ebook nr 33 trabalhos em espaços confinados
Robson Peixoto
 
Treinamento nr 35 trabalho em altura 2017
Treinamento nr 35 trabalho em altura 2017Treinamento nr 35 trabalho em altura 2017
Treinamento nr 35 trabalho em altura 2017
Guilherme Saad
 

Mais procurados (20)

NR 18-Integração_SC.pptx
NR 18-Integração_SC.pptxNR 18-Integração_SC.pptx
NR 18-Integração_SC.pptx
 
Trabalho em altura nr 35
Trabalho em altura nr 35Trabalho em altura nr 35
Trabalho em altura nr 35
 
NR18-Treinamento-Integracao.pptx
NR18-Treinamento-Integracao.pptxNR18-Treinamento-Integracao.pptx
NR18-Treinamento-Integracao.pptx
 
Power+point+nr+35
Power+point+nr+35Power+point+nr+35
Power+point+nr+35
 
Trabalho em altura nr 35 (treinamento)
Trabalho em altura   nr 35 (treinamento)Trabalho em altura   nr 35 (treinamento)
Trabalho em altura nr 35 (treinamento)
 
Nr – 33 Segurança e Saúde no Trabalho Em espaços Confinados
Nr – 33 Segurança e Saúde no Trabalho Em espaços ConfinadosNr – 33 Segurança e Saúde no Trabalho Em espaços Confinados
Nr – 33 Segurança e Saúde no Trabalho Em espaços Confinados
 
Primeiros socorros e resgate espaço confinado
Primeiros socorros e resgate espaço confinadoPrimeiros socorros e resgate espaço confinado
Primeiros socorros e resgate espaço confinado
 
Trabalho em Espaços Confinados Portaria 3.214/78 - NR-33 / NBR 14.787
Trabalho em Espaços Confinados Portaria 3.214/78 - NR-33 / NBR 14.787Trabalho em Espaços Confinados Portaria 3.214/78 - NR-33 / NBR 14.787
Trabalho em Espaços Confinados Portaria 3.214/78 - NR-33 / NBR 14.787
 
TREINAMENTO NR-33 ESPACO CONFINADO.pptx
TREINAMENTO NR-33 ESPACO CONFINADO.pptxTREINAMENTO NR-33 ESPACO CONFINADO.pptx
TREINAMENTO NR-33 ESPACO CONFINADO.pptx
 
NR - 35 Trabalho em altura
NR - 35 Trabalho em altura NR - 35 Trabalho em altura
NR - 35 Trabalho em altura
 
Treinamento NR 18 .pptx
Treinamento NR 18  .pptxTreinamento NR 18  .pptx
Treinamento NR 18 .pptx
 
Apresentação NR 35 - Trabalho em altura lino
 Apresentação NR 35 - Trabalho em altura   lino Apresentação NR 35 - Trabalho em altura   lino
Apresentação NR 35 - Trabalho em altura lino
 
Nr.33 Segurança nos Serviços em Espaços confinados/Transparncia
Nr.33 Segurança nos Serviços em Espaços confinados/TransparnciaNr.33 Segurança nos Serviços em Espaços confinados/Transparncia
Nr.33 Segurança nos Serviços em Espaços confinados/Transparncia
 
TREINAMENTO DE EPI NR 06
TREINAMENTO DE EPI NR 06TREINAMENTO DE EPI NR 06
TREINAMENTO DE EPI NR 06
 
Nr 18 Segurança na Industria da Construção
Nr 18 Segurança na Industria da Construção Nr 18 Segurança na Industria da Construção
Nr 18 Segurança na Industria da Construção
 
Treinamento nr34 trabalho a quente novo
Treinamento nr34 trabalho a quente novoTreinamento nr34 trabalho a quente novo
Treinamento nr34 trabalho a quente novo
 
NR 22
NR 22NR 22
NR 22
 
NR-33 - Espaço Confinado - Modulo II
NR-33 - Espaço Confinado - Modulo IINR-33 - Espaço Confinado - Modulo II
NR-33 - Espaço Confinado - Modulo II
 
Ebook nr 33 trabalhos em espaços confinados
Ebook nr 33 trabalhos em espaços confinados Ebook nr 33 trabalhos em espaços confinados
Ebook nr 33 trabalhos em espaços confinados
 
Treinamento nr 35 trabalho em altura 2017
Treinamento nr 35 trabalho em altura 2017Treinamento nr 35 trabalho em altura 2017
Treinamento nr 35 trabalho em altura 2017
 

Destaque

Apostila de espaços confinados
Apostila de espaços confinadosApostila de espaços confinados
Apostila de espaços confinados
Francisco Assis Silva Junior
 
Apostila espaço confinado
Apostila  espaço confinadoApostila  espaço confinado
Apostila espaço confinado
Fernanda Vicentinni
 
Trabalho em Altura (NR-35) + Anexos I e II
Trabalho em Altura (NR-35) + Anexos I e IITrabalho em Altura (NR-35) + Anexos I e II
Trabalho em Altura (NR-35) + Anexos I e II
Claudio Cesar Pontes ن
 
Nr 33
Nr   33Nr   33
Resgate em espaços confinados
Resgate em espaços confinadosResgate em espaços confinados
Resgate em espaços confinados
Robson Peixoto
 
Nbr 14787 espaço confinado, prevencao de acidentes, procedimentos e medidas d...
Nbr 14787 espaço confinado, prevencao de acidentes, procedimentos e medidas d...Nbr 14787 espaço confinado, prevencao de acidentes, procedimentos e medidas d...
Nbr 14787 espaço confinado, prevencao de acidentes, procedimentos e medidas d...
Ane Costa
 
Prevenção e combate á incendio
Prevenção e combate á incendioPrevenção e combate á incendio
Prevenção e combate á incendio
Rafaela Lopes Lobo
 
Espacos confinados Livreto NR33
Espacos confinados Livreto NR33Espacos confinados Livreto NR33
Espacos confinados Livreto NR33
prevencaonline
 
Nr 33 32 33
Nr 33 32 33Nr 33 32 33
Nr 33 32 33
Val Bittencourt
 
Definição capacitação NR 33
Definição capacitação NR 33Definição capacitação NR 33
Definição capacitação NR 33
Angélica Poncio
 
Espaço confinado
Espaço confinado Espaço confinado
Espaço confinado
EVALDO JUNIO SILVA DA GAMA
 
Certificado treinamento espaço confinado (1) jamil
Certificado treinamento espaço confinado (1) jamilCertificado treinamento espaço confinado (1) jamil
Certificado treinamento espaço confinado (1) jamil
Ana Rodrigues Nascimento
 
Modelo de PTE (Permissão para trabalho especial)
Modelo de PTE (Permissão para trabalho especial)Modelo de PTE (Permissão para trabalho especial)
Modelo de PTE (Permissão para trabalho especial)
Ane Costa
 
eSocial – Novo Layout e desafios na implantação
eSocial – Novo Layout e desafios na implantaçãoeSocial – Novo Layout e desafios na implantação
eSocial – Novo Layout e desafios na implantação
Edgar Gonçalves
 
Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33
Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33
Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33
prevencaonline
 
Apostila espa-o_confinado.pdf
Apostila  espa-o_confinado.pdfApostila  espa-o_confinado.pdf
Apostila espa-o_confinado.pdf
Anderson Bhering Tst
 
Nr33 manual mtb
Nr33 manual mtbNr33 manual mtb
Nr33 manual mtb
Thiago Ramalho
 
Jc serviços médicos
Jc  serviços médicosJc  serviços médicos
Jc serviços médicos
xismaia82
 
Pt espacoconfinado (1)
Pt espacoconfinado (1)Pt espacoconfinado (1)
Pt espacoconfinado (1)
Marcio Wrobel
 
Apresentação Evento eSocial
Apresentação Evento eSocialApresentação Evento eSocial
Apresentação Evento eSocial
esocialmetadados
 

Destaque (20)

Apostila de espaços confinados
Apostila de espaços confinadosApostila de espaços confinados
Apostila de espaços confinados
 
Apostila espaço confinado
Apostila  espaço confinadoApostila  espaço confinado
Apostila espaço confinado
 
Trabalho em Altura (NR-35) + Anexos I e II
Trabalho em Altura (NR-35) + Anexos I e IITrabalho em Altura (NR-35) + Anexos I e II
Trabalho em Altura (NR-35) + Anexos I e II
 
Nr 33
Nr   33Nr   33
Nr 33
 
Resgate em espaços confinados
Resgate em espaços confinadosResgate em espaços confinados
Resgate em espaços confinados
 
Nbr 14787 espaço confinado, prevencao de acidentes, procedimentos e medidas d...
Nbr 14787 espaço confinado, prevencao de acidentes, procedimentos e medidas d...Nbr 14787 espaço confinado, prevencao de acidentes, procedimentos e medidas d...
Nbr 14787 espaço confinado, prevencao de acidentes, procedimentos e medidas d...
 
Prevenção e combate á incendio
Prevenção e combate á incendioPrevenção e combate á incendio
Prevenção e combate á incendio
 
Espacos confinados Livreto NR33
Espacos confinados Livreto NR33Espacos confinados Livreto NR33
Espacos confinados Livreto NR33
 
Nr 33 32 33
Nr 33 32 33Nr 33 32 33
Nr 33 32 33
 
Definição capacitação NR 33
Definição capacitação NR 33Definição capacitação NR 33
Definição capacitação NR 33
 
Espaço confinado
Espaço confinado Espaço confinado
Espaço confinado
 
Certificado treinamento espaço confinado (1) jamil
Certificado treinamento espaço confinado (1) jamilCertificado treinamento espaço confinado (1) jamil
Certificado treinamento espaço confinado (1) jamil
 
Modelo de PTE (Permissão para trabalho especial)
Modelo de PTE (Permissão para trabalho especial)Modelo de PTE (Permissão para trabalho especial)
Modelo de PTE (Permissão para trabalho especial)
 
eSocial – Novo Layout e desafios na implantação
eSocial – Novo Layout e desafios na implantaçãoeSocial – Novo Layout e desafios na implantação
eSocial – Novo Layout e desafios na implantação
 
Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33
Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33
Espacos confinadoslivretotrabalhadornr33
 
Apostila espa-o_confinado.pdf
Apostila  espa-o_confinado.pdfApostila  espa-o_confinado.pdf
Apostila espa-o_confinado.pdf
 
Nr33 manual mtb
Nr33 manual mtbNr33 manual mtb
Nr33 manual mtb
 
Jc serviços médicos
Jc  serviços médicosJc  serviços médicos
Jc serviços médicos
 
Pt espacoconfinado (1)
Pt espacoconfinado (1)Pt espacoconfinado (1)
Pt espacoconfinado (1)
 
Apresentação Evento eSocial
Apresentação Evento eSocialApresentação Evento eSocial
Apresentação Evento eSocial
 

Semelhante a Apresentação espaço confinado fev2010 completa

Treinamento de Espaço Confinado_Trabalhadores e Vigias NR 33.ppt
Treinamento de Espaço Confinado_Trabalhadores e Vigias NR 33.pptTreinamento de Espaço Confinado_Trabalhadores e Vigias NR 33.ppt
Treinamento de Espaço Confinado_Trabalhadores e Vigias NR 33.ppt
José Valfrido
 
Espaço Confinado NR 33 - Reciclagem ok.pptx
Espaço Confinado NR 33 - Reciclagem ok.pptxEspaço Confinado NR 33 - Reciclagem ok.pptx
Espaço Confinado NR 33 - Reciclagem ok.pptx
CelsoJungton2
 
NR Nº 33 - Seguraça e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados - Treinamento...
NR Nº 33 - Seguraça e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados - Treinamento...NR Nº 33 - Seguraça e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados - Treinamento...
NR Nº 33 - Seguraça e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados - Treinamento...
ssuser22319e
 
Treinamento da Norma Regulamentadora 33.pdf
Treinamento da Norma Regulamentadora 33.pdfTreinamento da Norma Regulamentadora 33.pdf
Treinamento da Norma Regulamentadora 33.pdf
Jefferson489134
 
NR 33 EM POWER POINT PARA BAIXAR GRATUITO, EXPLICATIVO E BASTANTE EFICIETE, D...
NR 33 EM POWER POINT PARA BAIXAR GRATUITO, EXPLICATIVO E BASTANTE EFICIETE, D...NR 33 EM POWER POINT PARA BAIXAR GRATUITO, EXPLICATIVO E BASTANTE EFICIETE, D...
NR 33 EM POWER POINT PARA BAIXAR GRATUITO, EXPLICATIVO E BASTANTE EFICIETE, D...
SeguranaTARKAT
 
espacosconfinadostrabalhadorvigianr331-131108160648-phpapp02.pdf
espacosconfinadostrabalhadorvigianr331-131108160648-phpapp02.pdfespacosconfinadostrabalhadorvigianr331-131108160648-phpapp02.pdf
espacosconfinadostrabalhadorvigianr331-131108160648-phpapp02.pdf
AndreLavor1
 
Treinamento atual
Treinamento atual Treinamento atual
Treinamento atual
EveraldoOliveira24
 
TREINAMENTO DE ESPAÇO CONFINADO NR33 FLAVIA.pptx
TREINAMENTO DE ESPAÇO CONFINADO NR33 FLAVIA.pptxTREINAMENTO DE ESPAÇO CONFINADO NR33 FLAVIA.pptx
TREINAMENTO DE ESPAÇO CONFINADO NR33 FLAVIA.pptx
Luiz611106
 
treinamento-NR-33.pptx
treinamento-NR-33.pptxtreinamento-NR-33.pptx
treinamento-NR-33.pptx
LeopoldoMontarroyosM
 
Apresentaçao-NR-33.pdf
Apresentaçao-NR-33.pdfApresentaçao-NR-33.pdf
Apresentaçao-NR-33.pdf
ssuser22319e
 
Espaco confinado1
Espaco confinado1Espaco confinado1
Espaco confinado1
Luiz Ironilton
 
Apostila nr 33 - espaço confinado
Apostila   nr 33 - espaço confinadoApostila   nr 33 - espaço confinado
Apostila nr 33 - espaço confinado
WilliamsNascimento3
 
Treinamento de espaço confinado trabalhadores e vigias nr 33
Treinamento de espaço confinado trabalhadores e vigias nr 33Treinamento de espaço confinado trabalhadores e vigias nr 33
Treinamento de espaço confinado trabalhadores e vigias nr 33
Clesio Mazurek Moreira
 
Pet
PetPet
TREINAMENTO DE ESPAÇO CONFINADO NR33.pptx
TREINAMENTO DE ESPAÇO CONFINADO NR33.pptxTREINAMENTO DE ESPAÇO CONFINADO NR33.pptx
TREINAMENTO DE ESPAÇO CONFINADO NR33.pptx
DiogoEmanuelBatistaD2
 
TREINAMENTO Nº 3.pptx
TREINAMENTO Nº 3.pptxTREINAMENTO Nº 3.pptx
TREINAMENTO Nº 3.pptx
MiltonQuintinoRios1
 
Espaço confinado aps segurança
Espaço confinado aps segurançaEspaço confinado aps segurança
Espaço confinado aps segurança
Cleber Adriano da Silva
 
Nr 33
Nr 33Nr 33
Nr 33
Nr 33Nr 33
Nr 33
ricardo193
 
Nr 33
Nr 33Nr 33
Nr 33
stoc3214
 

Semelhante a Apresentação espaço confinado fev2010 completa (20)

Treinamento de Espaço Confinado_Trabalhadores e Vigias NR 33.ppt
Treinamento de Espaço Confinado_Trabalhadores e Vigias NR 33.pptTreinamento de Espaço Confinado_Trabalhadores e Vigias NR 33.ppt
Treinamento de Espaço Confinado_Trabalhadores e Vigias NR 33.ppt
 
Espaço Confinado NR 33 - Reciclagem ok.pptx
Espaço Confinado NR 33 - Reciclagem ok.pptxEspaço Confinado NR 33 - Reciclagem ok.pptx
Espaço Confinado NR 33 - Reciclagem ok.pptx
 
NR Nº 33 - Seguraça e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados - Treinamento...
NR Nº 33 - Seguraça e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados - Treinamento...NR Nº 33 - Seguraça e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados - Treinamento...
NR Nº 33 - Seguraça e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados - Treinamento...
 
Treinamento da Norma Regulamentadora 33.pdf
Treinamento da Norma Regulamentadora 33.pdfTreinamento da Norma Regulamentadora 33.pdf
Treinamento da Norma Regulamentadora 33.pdf
 
NR 33 EM POWER POINT PARA BAIXAR GRATUITO, EXPLICATIVO E BASTANTE EFICIETE, D...
NR 33 EM POWER POINT PARA BAIXAR GRATUITO, EXPLICATIVO E BASTANTE EFICIETE, D...NR 33 EM POWER POINT PARA BAIXAR GRATUITO, EXPLICATIVO E BASTANTE EFICIETE, D...
NR 33 EM POWER POINT PARA BAIXAR GRATUITO, EXPLICATIVO E BASTANTE EFICIETE, D...
 
espacosconfinadostrabalhadorvigianr331-131108160648-phpapp02.pdf
espacosconfinadostrabalhadorvigianr331-131108160648-phpapp02.pdfespacosconfinadostrabalhadorvigianr331-131108160648-phpapp02.pdf
espacosconfinadostrabalhadorvigianr331-131108160648-phpapp02.pdf
 
Treinamento atual
Treinamento atual Treinamento atual
Treinamento atual
 
TREINAMENTO DE ESPAÇO CONFINADO NR33 FLAVIA.pptx
TREINAMENTO DE ESPAÇO CONFINADO NR33 FLAVIA.pptxTREINAMENTO DE ESPAÇO CONFINADO NR33 FLAVIA.pptx
TREINAMENTO DE ESPAÇO CONFINADO NR33 FLAVIA.pptx
 
treinamento-NR-33.pptx
treinamento-NR-33.pptxtreinamento-NR-33.pptx
treinamento-NR-33.pptx
 
Apresentaçao-NR-33.pdf
Apresentaçao-NR-33.pdfApresentaçao-NR-33.pdf
Apresentaçao-NR-33.pdf
 
Espaco confinado1
Espaco confinado1Espaco confinado1
Espaco confinado1
 
Apostila nr 33 - espaço confinado
Apostila   nr 33 - espaço confinadoApostila   nr 33 - espaço confinado
Apostila nr 33 - espaço confinado
 
Treinamento de espaço confinado trabalhadores e vigias nr 33
Treinamento de espaço confinado trabalhadores e vigias nr 33Treinamento de espaço confinado trabalhadores e vigias nr 33
Treinamento de espaço confinado trabalhadores e vigias nr 33
 
Pet
PetPet
Pet
 
TREINAMENTO DE ESPAÇO CONFINADO NR33.pptx
TREINAMENTO DE ESPAÇO CONFINADO NR33.pptxTREINAMENTO DE ESPAÇO CONFINADO NR33.pptx
TREINAMENTO DE ESPAÇO CONFINADO NR33.pptx
 
TREINAMENTO Nº 3.pptx
TREINAMENTO Nº 3.pptxTREINAMENTO Nº 3.pptx
TREINAMENTO Nº 3.pptx
 
Espaço confinado aps segurança
Espaço confinado aps segurançaEspaço confinado aps segurança
Espaço confinado aps segurança
 
Nr 33
Nr 33Nr 33
Nr 33
 
Nr 33
Nr 33Nr 33
Nr 33
 
Nr 33
Nr 33Nr 33
Nr 33
 

Mais de Gliceu Grossi

Piratininga matriz
Piratininga   matrizPiratininga   matriz
Piratininga matriz
Gliceu Grossi
 
Internet abandono matriz
Internet abandono matrizInternet abandono matriz
Internet abandono matriz
Gliceu Grossi
 
Anhanguera26 out pptrem2010_pptapoio
Anhanguera26 out pptrem2010_pptapoioAnhanguera26 out pptrem2010_pptapoio
Anhanguera26 out pptrem2010_pptapoio
Gliceu Grossi
 
Roteiro psocorros
Roteiro   psocorrosRoteiro   psocorros
Roteiro psocorros
Gliceu Grossi
 
Manual do participante 2011
Manual do participante 2011Manual do participante 2011
Manual do participante 2011
Gliceu Grossi
 
Treinamento resumo incendio
Treinamento resumo incendioTreinamento resumo incendio
Treinamento resumo incendio
Gliceu Grossi
 
Mp maubertec 2010
Mp maubertec 2010Mp maubertec 2010
Mp maubertec 2010
Gliceu Grossi
 

Mais de Gliceu Grossi (7)

Piratininga matriz
Piratininga   matrizPiratininga   matriz
Piratininga matriz
 
Internet abandono matriz
Internet abandono matrizInternet abandono matriz
Internet abandono matriz
 
Anhanguera26 out pptrem2010_pptapoio
Anhanguera26 out pptrem2010_pptapoioAnhanguera26 out pptrem2010_pptapoio
Anhanguera26 out pptrem2010_pptapoio
 
Roteiro psocorros
Roteiro   psocorrosRoteiro   psocorros
Roteiro psocorros
 
Manual do participante 2011
Manual do participante 2011Manual do participante 2011
Manual do participante 2011
 
Treinamento resumo incendio
Treinamento resumo incendioTreinamento resumo incendio
Treinamento resumo incendio
 
Mp maubertec 2010
Mp maubertec 2010Mp maubertec 2010
Mp maubertec 2010
 

Último

Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Miguel Delamontagne
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 

Último (20)

Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 

Apresentação espaço confinado fev2010 completa

  • 1. Espaço Confinado Clínica Viver Assessoria e Serviços Ltda . Fevereiro 2010
  • 2. Definição de Espaço Confinado É qualquer área ou ambiente não projetado para ocupação humana contínua; Que possua meios limitados de entrada e saída; A ventilação existente é insuficiente para remover contaminantes ou onde possa existir a deficiência ou enriquecimento de oxigênio .
  • 3. Normas Aplicáveis NBR 14.787 – Espaço confinado - Prevenção de acidentes, procedimentos e medidas de proteção; NBR 14.606 – Postos de serviço – Entrada em espaço confinado NR-33 – Segurança e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados, aprovada pela Portaria SIT n.º 202, 22 de dezembro de 2006.
  • 4. Objetivos da NR-33 Estabelecer requisitos mínimos para: identificação de espaços confinados e o reconhecimento; Avaliação, monitoramento e controle dos riscos existentes; Garantir permanentemente a segurança e saúde dos trabalhadores que interagem nestes espaços ;
  • 5. Onde Encontramos Espaço Confinado Indústrias; Serviços nas áreas de: Gás; Água e esgotos; Eletricidade; Telefonia; Construção civil; Agricultura; Agroindústria.
  • 7. Tipos de Trabalhos em Espaço Confinado Obras da construção civil; Operações de salvamento e resgate; Manutenção e reparos diversos; Limpeza ou inspeções em equipamentos e reservatórios.
  • 8. Falta ou excesso de oxigênio; Incêndio ou explosões ocasionados por vapores ou gases; Intoxicações por substâncias químicas; Infecções por agentes biológicos; Afogamentos; Soterramentos; Quedas; Choques elétricos. Principais Riscos
  • 9. Como Evitar Acidentes em Espaço Confinado? Certifique-se que a empresa: Segue a NBR 14.787 –“ESPAÇOS CONFINADOS –PREVENÇÃO DE ACIDENTES, PROCEDIMENTOS E MEDIDAS DE PROTEÇÃO” Atende a NR 33 - Segurança e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados;
  • 10. Responsabilidades do Empregador (NR-33) Indicar formalmente o responsável técnico; Identificar os espaços confinados existentes; Identificar os riscos específicos de cada espaço confinado; implementar a gestão em segurança e saúde no trabalho em espaços confinados: Medidas técnicas de prevenção; Medidas administrativas; Medidas pessoais; Medidas de salvamento e emergência.
  • 11. Responsabilidades do Empregador (NR-33) Garantir a capacitação continuada dos trabalhadores; Garantir que o acesso ao espaço confinado somente ocorra após a emissão da Permissão de Entrada e Trabalho - PET; Fornecer às empresas contratadas informações sobre os riscos nas áreas onde desenvolverão desenvolver suas atividades; acompanhar a implementação das medidas de segurança e saúde dos trabalhadores das empresas contratadas; Interromper todo trabalho em caso de suspeição de condição de risco grave e iminente abandonando imediatamente o local; garantir informações atualizadas sobre os riscos e medidas de controle antes de cada acesso.
  • 12. Responsabilidades do Trabalhador (NR-33) Colaborar com a empresa no cumprimento da NR-33; Utilizar adequadamente os meios e equipamentos fornecidos pela empresa; comunicar ao Vigia e ao Supervisor de Entrada as situações de risco; cumprir os procedimentos e orientações recebidos nos treinamentos com relação aos espaços confinados.
  • 13. Medidas Técnicas de Prevenção (NR-33) Identificar, isolar e sinalizar os espaços confinados; Antecipar e reconhecer os riscos; Proceder a avaliação e controle dos riscos; Promover a implantação de travas, bloqueios, alívios, lacre e etiquetagem; Implementar medidas para eliminação ou controle dos riscos atmosféricos; Verificar a segurança do local antes da entrada por meio de avaliações da atmosfera;
  • 14. Medidas Administrativas (NR-33) Manter cadastro atualizado, inclusive com os riscos; Definir as medidas adequadas aos riscos; Manter sinalização permanente junto a entrada; Implementar procedimentos de trabalho; Adaptar a PET as peculiaridades da empresa; Adotar sistema de controle que permita a rastreabilidade da PET; Encerar a PET após finalização, pausa ou interrupção dos trabalhos; Manter arquivos da PET e procedimento por, no mínimo, 05 anos;
  • 15. Medidas Administrativas (NR-33) Assegurar acesso somente com acompanhamento e permissão da supervisão; Garantir aos trabalhos as informações referente aos riscos e medidas de controle; Emitir PET para cada entrada; Observação do disposto nas normas NBR 14.606 e NBR 14.787; Revisão anual dos procedimentos e PET, ou sempre que houver alterações, com participação da CIPA.
  • 16. Medidas Pessoais (NR-33) Submeter o trabalhador a exames médicos específicos com emissão do ASO; Capacitar os trabalhadores quanto direitos, deveres, riscos e controles; Determinar o número de trabalhadores envolvidos conforme a análise de riscos; Vedar a realização de trabalhos individuais ou isolados; Impedir a realização de outras tarefas ao vigia que não seja monitorar e proteger os trabalhadores; Garantir todos os equipamentos relacionados na PET; Para atmosfera IPVS é obrigatório o uso de máscara autônoma com pressão positiva ou respirador de linha de ar comprimido com cilindro de escape.
  • 17. Quando Entrar em Espaço Confinado Somente quando for emitida autorização na Folha de Permissão de Entrada: Exigida por lei e executada pelo supervisor. Os serviços devem ser executados sempre acompanhado por um vigia.
  • 18. Funções do Vigia (NR-33) Controlar o número de trabalhadores autorizados no espaço, assegurando a saída de todos ao final da atividade; Permanecer fora do espaço, ao lado da entrada e em contato permanente com os trabalhadores; Adotar os procedimentos de emergência, acionando a equipe de salvamento quando necessário; Operar os movimentadores de pessoas; Ordenar o abandono do espaço confinado quando: Reconhecer algum sinal de alarme, perigo, sintoma, queixa, condição proibida, acidente, situação não prevista Quando não puder desempenhar efetivamente suas tarefas, nem ser substituído por outro Vigia.
  • 19. Funções do Supervisor (NR-33) Emitir a PET antes da entrada; Conforme descrito na PET: Executar os testes; Conferir os equipamentos; Conferir os procedimentos; Assegurar a disponibilização dos serviços de emergência e salvamento; Garantir a operacionalidade dos meios de acionamento dos serviços; Cancelar os procedimentos de entrada, quando necessário; Encerrar a PET após o final dos serviços. O supervisor de entrada pode desempenhar a função de vigia.
  • 20. Providências por Parte da Empresa Treinamento a todos os trabalhadores; Inspeção prévia nos locais; Exames médicos; Folha de permissão de entrada.
  • 21. Providências por Parte da Empresa Sinalização e isolamento da área; Supervisor de entrada e vigia; Equipamentos medidores de oxigênio, gases e vapores tóxicos e inflamáveis; Equipamentos de ventilação;
  • 22. Providências por Parte da Empresa Equipamentos de: Proteção individual; Comunicação e iluminação; Resgate.
  • 23. Entrada Segura Entrar em espaço confinado somente após o supervisor de entrada realizar todos os testes e adotar as medidas de controle necessárias; Não entrar caso as condições de trabalho não seja seguras. (Item 9.6.3 da NR-9).
  • 24. Treinamento Conhecer os trabalhos a serem executados; Conhecer os riscos do trabalho a ser executado; Conhecer os procedimentos e equipamentos de segurança para executar o trabalho;
  • 25. Treinamento Conhecer os procedimentos e equipamentos de resgate e primeiros socorros; Receber todos os equipamentos de segurança necessários para a execução dos trabalhos.
  • 26. Treinamento Capacitação prévia; Realização periódica, no máxima a cada 12 meses; Apresentar: Definições; Reconhecimento, avaliação e controle de risco; Funcionamento dos equipamento utilizados; Procedimento e utilização da PET; Noções de resgate e primeiros socorros.
  • 27. Deveres do Trabalhador Submeter-se aos exames médicos prescritos; Participar dos treinamentos e seguir as informações de segurança; Usar os equipamentos de proteção individual fornecidos; Comunicar os riscos.
  • 28. Folha de Permissão de Entrada Deve conter: procedimentos escritos de segurança e emergência; Verificação de implantação das medidas de segurança; Assinatura do supervisor de entrada responsável. O trabalhador deve ter consigo uma cópia da permissão de entrada durante a execução dos trabalhos.
  • 29. Sinalização e Isolamento da Área Sinalização: Informação e alerta quanto aos riscos em espaço confinado. Isolamento: Evitar a aproximação de pessoas não autorizadas
  • 30. Supervisor de Entrada Verificar os risco de acidente; Realizar as medições atmosféricas; Providenciar e manter os equipamentos de segurança e resgate necessários; Responsável pela emissão e conteúdo da Folha de Permissão de Entrada; Desligar energia elétrica, trancar e sinalizar
  • 31. Vigia Manter contato permanente com a equipe de trabalho; Acionar o serviço de resgate e primeiros socorros, quando necessário.
  • 32. Teste do Ar Verificação dos níveis de oxigênio, gases e vapores tóxicos e inflamáveis; Supervisor de Entrada deve realizar testes iniciais antes da entrada da equipe; O supervisor deve manter-se fora do espaço confinado durante as medições; Necessária para prevenção de acidentes por asfixia, intoxicação, incêndio ou explosão.
  • 33. Ventilação Não ventilar com oxigênio: Aumento dos risco de incêndio e explosão. Ventilação adequada durante todo o tempo de trabalho; Garantir a renovação contínua do ar interno.
  • 34. Equipamentos de Proteção Individual Fornecidos gratuitamente pelo empregador; Adequados a cada situação de risco existente; Treinar o trabalhador quanto ao uso adequado.
  • 35. Objetos Proibidos Cigarros; Telefone celular; Velas; Fósforos; Isqueiros; Objetos que produzam calor, chama ou faísca e que sejam necessários a execução dos trabalhos devem ser listados na Folha de Permissão de Entrada.
  • 36. Equipamentos Especiais Lanternas; Rádios de comunicação; Detectores de gases, a prova de explosão.
  • 37. Medidas de Emergência e Resgate Elaborar e implementar procedimentos de emergência; Adequados a cada tipo de espaço confinado existente; Equipamentos e acessórios para meios seguros de resgate; Treinar os trabalhadores quanto aos procedimentos; Realização treinamento com simulação de situação de emergência anualmente.
  • 38. PET – Itens Conforme ANEXO II (NR-33) Nome da empresa; Local e número do espaço confinado; Data e horário de emissão e término dos trabalhos; Trabalhos a serem realizados; Trabalhadores autorizados a entrarem no espaço; Nome do Vigia e do Supervisor; Equipe de resgate.
  • 39. PET – Itens Conforme ANEXO II (NR-33) Isolamento da área; Teste inicial da atmosfera: Horário do teste; Oxigênio (%); Inflamáveis (% LIE); Gases e Vapores tóxicos (ppm); Poeiras, fumos, névoas tóxicas (mg/m³); Nome legível e assinatura do supervisor dos testes.
  • 40. PET – Itens Conforme ANEXO II (NR-33) Bloqueios, travamentos e etiquetagem; Purga e ou lavagem; ventilação / exaustão: Tipo, equipamento e tempo; Teste após ventilação e isolamento: Horário do teste; Oxigênio (%) [>19,5% ou <23%]; Inflamáveis (% LIE) [10%]; Gases e Vapores tóxicos (ppm); Poeiras, fumos, névoas tóxicas (mg/m³); Nome legível e assinatura do supervisor dos testes.
  • 41. PET – Itens Conforme ANEXO II (NR-33) Iluminação; Procedimentos de comunicação; Procedimentos de resgate; Procedimentos e proteção de movimentação vertical; Treinamento dos trabalhadores atualizado;
  • 42. PET – Itens Conforme ANEXO II (NR-33) Equipamentos: Monitoramento de gases anti explosão; Lanternas; Roupas de proteção; Extintores de incêndio; Capacetes, botas e luvas; Proteção respiratória autônomo ou ar mandado com cilindro de escape; Cinturão e linha de vida para os trabalhadores; Cinturão e linha de vida para equipe de resgate;
  • 43. PET – Itens Conforme ANEXO II (NR-33) Equipamentos: Escada; Movimentação vertical / suportes externos; Comunicação eletrônica para área potencialmente explosiva; Proteção respiratória autônomo ou ar mandado com cilindro de escape para equipe de resgate; Comunicação eletrônica para área potencialmente explosiva para equipe de resgate;
  • 44. PET – Itens Conforme ANEXO II (NR-33) Permissão de trabalhos a quente; Telefones e contatos: Ambulância; Bombeiros; Segurança.
  • 45. Glossário ANEXO III (NR-33) Permissão de trabalhos a quente; autorização escrita do empregador, ou seu representante legal, para permitir operações capazes de fornecer uma fonte de ignição. ; Área Classificada: É toda área onde existe a presença de gases combustíveis, onde são classificadas em grupos I e II, sendo o grupo II dividido em sub-grupo IIA, IIB e IIC e também em Zonas 01 e 02; Condição IPVS qualquer condição que cause uma ameaça imediata à vida ou que pode causar efeitos adversos irreversíveis à saúde ou que interfira com a habilidade dos indivíduos para escapar de um espaço confinado sem ajuda ;
  • 46. Lembre-se A segurança é uma responsabilidade de todos. Conheça e exija procedimentos de trabalho seguro; Garanta sua vida e de seus companheiros; Voltar para casa com saúde é um direito de todos.