SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 17
Desde tempos imemoráveis o
homem guardou em armários, gavetas
(...) os dados importantes relativos às
suas diversas actividades.
Assim nasceram as primeiras bases
de dados...
Uma base de dados é uma
entidade na qual é possível armazenar
dados de maneira estruturada e com a
menor redundância possível. Estes
dados devem poder ser utilizados por
programas, por utilizadores diferentes.
Assim, a noção básica de
dados é acoplada geralmente a uma
rede, a fim de poder pôr conjuntamente
estas informações, daí o nome base.
 Pouco espaço físico ocupado.
 Resposta rápida aos pedidos de informação
 Eliminação da redundância de utilização.
 Acesso múltiplo.
 Flexibilidade.
 Facilidade e rapidez de manipulação da informação armazenada.
 Melhor gestão da informação.
 Menor deterioração do suporte utilizado (micro-chip, magnético, óptico).
 Mais verdade na combinação dos dados, mais informação.
Têm o comum facto de procurarem representar a realidade através de registos.
Estes registos equivalem aos registos utilizado em programação contendo
informação estruturada com formato de campos.
Dentro deste agrupamento de modelos de base de dados incluem-se ,
tradicionalmente, 3 modelos:
Modelo hierárquico
Modelo de rede
Modelo relacional
No início dos tempos, o homem comunicava através de
gestos, sinais gravados em pedras e sinais de fumaça. Era uma
comunicação eficiente, porém, demorada, que demorava
certo tempo para se obter a resposta esperada.
Gravuras
Com a evolução humana, obtivemos duas das maiores
heranças que nossos ancestrais poderiam ter nos deixado: a
capacidade de se comunicar através da escrita e da fala. A
partir desta evolução, o homem aprimorou sua comunicação
e estreitou seus relacionamentos, conseguindo desta
maneira, expressar sentimentos de maneira mais “humana”.
Se comunicar com um parente distante passou a ser possível
através de cartas, em seguida através do telegrafo e
posteriormente através do telefone. Junto com essa evolução do
processo de comunicação veio também a agilidade e as
distâncias passaram a encurtar.
Mas como o processo de evolução é contínuo, a evolução
nos trouxe também a internet e o e-mail. Ferramentas
fantásticas que encurtou ainda mais as distâncias e agilizou a
comunicação entre as pessoas, não importando se estão
separadas por milhares de quilómetros ou até mesmo por
oceanos.
O e-mail
Errar
Trabalhar
Educar
Viver
Na administração pública local
• Os computadores contribuíram para a desburocratização de
documentos , melhorando assim o bem-estar e a qualidade de vida
do cidadão.
Na educação
• Permitem uma compreensão profunda do mundo em que vivemos
enriquecendo o conhecimento.
Nas empresas
• Os computadores gerem grandes complexos e efectuam cálculos
em segundos que demorariam muitos anos para os humanos.
Nos meios de transporte
• Os sistemas tecnológicos disponíveis auxiliam os humanos
facilitando o seu trabalho.
A nível dos satélites
• Através da tecnologia da rede de satélites podemos detectar
catástrofes, como tornados, evacuando pessoas dessas áreas e
salvando vidas.
No dia-a-dia
• Actualmente, quando queremos falar com alguém, recorremos
sempre aos meios de comunicação.
No trabalho
• O computador promove não só a globalização, mas também a
criação de novos empregos e empresas, bem como novas formas
de trabalho, organização, negociação e pagamento.
Usado por indivíduos e famílias
• A maioria das famílias, tem em casa um computador, e a maior
parte de indivíduos já trabalha nestes. Eles são muito úteis no
âmbito de pesquisa, trabalhos, lazer e comunicação (Internet).
Na informação
• As tecnologias da informação ajudam a humanizar a sociedade,
reforçando o reconhecimento do valor do indivíduo.
• A Internet é a tecnologia mais útil e
utilizada hoje em dia. As comunicações
via Internet, podem transportar
trabalhos com informação pessoal a
um vasto número de pessoas e a custo
reduzido. Podemos afirmar que o uso
da Internet contribui para o
desenvolvimento da sociedade, da
informação, e também melhoria da
vida dos cidadãos.
• A Internet melhora as comunicações
e o acesso à informação. Actualmente
este meio de comunicação é utilizado
em casa, trabalho, para realizar
trabalhos ou simplesmente lazer.
Tudo o que é evolução é bom, mostra que
estamos sempre em contínua procura de uma
vida melhor. Mas o mundo esta perdendo o
essencial da vida, estamos ficando dependentes
de máquinas que nos controlam e nos fazem
esquecer os verdadeiros sentimentos.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Computador
http://www.ogerente.com.br/novo/colunas_ler.php?canal=6
&canallocal=27&canalsub2=86&id=2140
http://www.prof2000.pt/users/jadsr01/comp-edu.htm
Trabalho realizado por:
Aurélio Fernandes
Paulina Jesus
Data: 26-04-2010

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

CLC 5
CLC 5CLC 5
CLC 5
 
Ng4, 5, 6, 7
Ng4, 5, 6, 7Ng4, 5, 6, 7
Ng4, 5, 6, 7
 
STC 6
STC 6STC 6
STC 6
 
Telemoveis
TelemoveisTelemoveis
Telemoveis
 
Reflexão - CP5
Reflexão - CP5Reflexão - CP5
Reflexão - CP5
 
Urbanismo E Mobilidade Dr1
Urbanismo E Mobilidade Dr1Urbanismo E Mobilidade Dr1
Urbanismo E Mobilidade Dr1
 
Mobilidades Locais e Globais
Mobilidades Locais e GlobaisMobilidades Locais e Globais
Mobilidades Locais e Globais
 
C.L.C. 5 - Reflexão crítica sobre o computador
C.L.C. 5 - Reflexão crítica sobre o computadorC.L.C. 5 - Reflexão crítica sobre o computador
C.L.C. 5 - Reflexão crítica sobre o computador
 
Processos Identitários
Processos IdentitáriosProcessos Identitários
Processos Identitários
 
As Tics no mercado de trabalho
As Tics no mercado de trabalhoAs Tics no mercado de trabalho
As Tics no mercado de trabalho
 
Reflexão - CLC7
Reflexão - CLC7 Reflexão - CLC7
Reflexão - CLC7
 
As TIC e o seu impacto
As TIC e o seu impactoAs TIC e o seu impacto
As TIC e o seu impacto
 
STC - NG3 - DR1
STC - NG3 - DR1STC - NG3 - DR1
STC - NG3 - DR1
 
Stc 6 reflexão_silvia_fernandes
Stc 6 reflexão_silvia_fernandesStc 6 reflexão_silvia_fernandes
Stc 6 reflexão_silvia_fernandes
 
CLC Urbanismo e Mobilidade DR 4 Migrações
CLC Urbanismo e Mobilidade DR 4 MigraçõesCLC Urbanismo e Mobilidade DR 4 Migrações
CLC Urbanismo e Mobilidade DR 4 Migrações
 
Reflexão - CP4
Reflexão - CP4Reflexão - CP4
Reflexão - CP4
 
Os mass media géneros
Os mass media génerosOs mass media géneros
Os mass media géneros
 
Clc 1. equipamentos
Clc 1. equipamentosClc 1. equipamentos
Clc 1. equipamentos
 
Power point stc
Power point stcPower point stc
Power point stc
 
Fluxos Migratorios Clc 6
Fluxos Migratorios Clc 6Fluxos Migratorios Clc 6
Fluxos Migratorios Clc 6
 

Destaque

Ng5 Dr3 Marco
Ng5 Dr3 MarcoNg5 Dr3 Marco
Ng5 Dr3 Marco
mega
 
STC NG5 DR2 José João
STC NG5 DR2 José JoãoSTC NG5 DR2 José João
STC NG5 DR2 José João
Alberto Casaca
 
Vantagens E Desvantagens Do Computador
Vantagens E Desvantagens Do ComputadorVantagens E Desvantagens Do Computador
Vantagens E Desvantagens Do Computador
djscon
 
ética e deontologia profissional
ética e deontologia profissionalética e deontologia profissional
ética e deontologia profissional
Sérgio Rocha
 
Novas tecnologias clc5
Novas tecnologias clc5Novas tecnologias clc5
Novas tecnologias clc5
mariajose1965
 
Ficha De Trabalho Dr2 CFE Marco
Ficha De Trabalho Dr2  CFE MarcoFicha De Trabalho Dr2  CFE Marco
Ficha De Trabalho Dr2 CFE Marco
mega
 
Reflexão 2011 Marco
Reflexão 2011 MarcoReflexão 2011 Marco
Reflexão 2011 Marco
mega
 
Clc 5 – cultura, comunicação e media 1
Clc 5 – cultura, comunicação e media 1Clc 5 – cultura, comunicação e media 1
Clc 5 – cultura, comunicação e media 1
suzymusa
 
Vantagens e desvantagens do uso da informática
Vantagens e desvantagens do uso da informáticaVantagens e desvantagens do uso da informática
Vantagens e desvantagens do uso da informática
umburaconaparede
 
CLC - As tecnologias de informação e comunicação no nosso
CLC - As tecnologias de informação  e comunicação no nossoCLC - As tecnologias de informação  e comunicação no nosso
CLC - As tecnologias de informação e comunicação no nosso
Carlos Cebola
 

Destaque (20)

Ng5 Dr3 Marco
Ng5 Dr3 MarcoNg5 Dr3 Marco
Ng5 Dr3 Marco
 
Novas tecnologias no contexto profissional blog
Novas tecnologias no contexto profissional   blogNovas tecnologias no contexto profissional   blog
Novas tecnologias no contexto profissional blog
 
STC NG5 DR2 José João
STC NG5 DR2 José JoãoSTC NG5 DR2 José João
STC NG5 DR2 José João
 
Vantagens E Desvantagens Do Computador
Vantagens E Desvantagens Do ComputadorVantagens E Desvantagens Do Computador
Vantagens E Desvantagens Do Computador
 
ética e deontologia profissional
ética e deontologia profissionalética e deontologia profissional
ética e deontologia profissional
 
Novas tecnologias clc5
Novas tecnologias clc5Novas tecnologias clc5
Novas tecnologias clc5
 
Ficha De Trabalho Dr2 CFE Marco
Ficha De Trabalho Dr2  CFE MarcoFicha De Trabalho Dr2  CFE Marco
Ficha De Trabalho Dr2 CFE Marco
 
Reflexão 2011 Marco
Reflexão 2011 MarcoReflexão 2011 Marco
Reflexão 2011 Marco
 
CLC NG2 DR2
CLC NG2 DR2CLC NG2 DR2
CLC NG2 DR2
 
Modulo Clc 5
Modulo Clc 5Modulo Clc 5
Modulo Clc 5
 
STC NG5 DR2 Elia
STC NG5 DR2 EliaSTC NG5 DR2 Elia
STC NG5 DR2 Elia
 
Clc 5
Clc 5Clc 5
Clc 5
 
Ficha 1 ng2 dr1
Ficha 1 ng2 dr1Ficha 1 ng2 dr1
Ficha 1 ng2 dr1
 
Ng 2 dr1
Ng 2 dr1Ng 2 dr1
Ng 2 dr1
 
Clc 5 – cultura, comunicação e media 1
Clc 5 – cultura, comunicação e media 1Clc 5 – cultura, comunicação e media 1
Clc 5 – cultura, comunicação e media 1
 
Vantagens e desvantagens do uso da informática
Vantagens e desvantagens do uso da informáticaVantagens e desvantagens do uso da informática
Vantagens e desvantagens do uso da informática
 
Dr2 Serralheiro Civil
Dr2 Serralheiro CivilDr2 Serralheiro Civil
Dr2 Serralheiro Civil
 
STC NG5 DR2 Benvinda
STC NG5 DR2 BenvindaSTC NG5 DR2 Benvinda
STC NG5 DR2 Benvinda
 
CLC - As tecnologias de informação e comunicação no nosso
CLC - As tecnologias de informação  e comunicação no nossoCLC - As tecnologias de informação  e comunicação no nosso
CLC - As tecnologias de informação e comunicação no nosso
 
Clc 5 ciberespaço1_finale
Clc 5 ciberespaço1_finaleClc 5 ciberespaço1_finale
Clc 5 ciberespaço1_finale
 

Semelhante a Trabalho de clc ng5 dr2

Seminário de informática(2)
Seminário de informática(2)Seminário de informática(2)
Seminário de informática(2)
lizzmarcella
 
Comunicação educacional na era da multimédia
Comunicação educacional na era da multimédiaComunicação educacional na era da multimédia
Comunicação educacional na era da multimédia
analucia1900
 
Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
 Ficha tic-dr4-hélio.doc--1 Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
heliocosta
 
Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
 Ficha tic-dr4-hélio.doc--1 Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
heliocosta
 
Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
 Ficha tic-dr4-hélio.doc--1 Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
heliocosta
 
Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
 Ficha tic-dr4-hélio.doc--1 Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
heliocosta
 
Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
 Ficha tic-dr4-hélio.doc--1 Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
heliocosta
 
Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
 Ficha tic-dr4-hélio.doc--1 Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
heliocosta
 
Tics Na EducaçãO
Tics Na EducaçãOTics Na EducaçãO
Tics Na EducaçãO
43714
 
Tics Na EducaçãO
Tics Na EducaçãOTics Na EducaçãO
Tics Na EducaçãO
43714
 
Informatica no mundo atual
Informatica no mundo atualInformatica no mundo atual
Informatica no mundo atual
jmchavesouza
 
Ficha tic-dr4
Ficha tic-dr4Ficha tic-dr4
Ficha tic-dr4
karlnf
 
História da internet
História da internetHistória da internet
História da internet
Bugui94
 

Semelhante a Trabalho de clc ng5 dr2 (20)

Sistemas De Informações
Sistemas De InformaçõesSistemas De Informações
Sistemas De Informações
 
Seminário de informática(2)
Seminário de informática(2)Seminário de informática(2)
Seminário de informática(2)
 
Sociedade na era big data, dados demais filtros de menos
Sociedade na era big data, dados demais filtros de menosSociedade na era big data, dados demais filtros de menos
Sociedade na era big data, dados demais filtros de menos
 
Comunicação educacional na era da multimédia
Comunicação educacional na era da multimédiaComunicação educacional na era da multimédia
Comunicação educacional na era da multimédia
 
Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
 Ficha tic-dr4-hélio.doc--1 Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
 
Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
 Ficha tic-dr4-hélio.doc--1 Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
 
Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
 Ficha tic-dr4-hélio.doc--1 Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
 
Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
 Ficha tic-dr4-hélio.doc--1 Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
 
Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
 Ficha tic-dr4-hélio.doc--1 Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
 
Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
 Ficha tic-dr4-hélio.doc--1 Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
Ficha tic-dr4-hélio.doc--1
 
Sessão_5_Documento Eletrónico_OMA_GTI.pdf
Sessão_5_Documento Eletrónico_OMA_GTI.pdfSessão_5_Documento Eletrónico_OMA_GTI.pdf
Sessão_5_Documento Eletrónico_OMA_GTI.pdf
 
Tics Na EducaçãO
Tics Na EducaçãOTics Na EducaçãO
Tics Na EducaçãO
 
Tics Na EducaçãO
Tics Na EducaçãOTics Na EducaçãO
Tics Na EducaçãO
 
Informatica no mundo atual
Informatica no mundo atualInformatica no mundo atual
Informatica no mundo atual
 
As novas relações de trabalho na gestão de profissionais contratados na modal...
As novas relações de trabalho na gestão de profissionais contratados na modal...As novas relações de trabalho na gestão de profissionais contratados na modal...
As novas relações de trabalho na gestão de profissionais contratados na modal...
 
Texto novas tecnologias e o reencantamento do mundo - josé manuel moran
Texto   novas tecnologias e o reencantamento do mundo - josé manuel moranTexto   novas tecnologias e o reencantamento do mundo - josé manuel moran
Texto novas tecnologias e o reencantamento do mundo - josé manuel moran
 
Texto 5 novas tecnologias e o reencantamento do mundo - josé manuel moran
Texto 5   novas tecnologias e o reencantamento do mundo - josé manuel moranTexto 5   novas tecnologias e o reencantamento do mundo - josé manuel moran
Texto 5 novas tecnologias e o reencantamento do mundo - josé manuel moran
 
Ficha tic-dr4
Ficha tic-dr4Ficha tic-dr4
Ficha tic-dr4
 
História da internet
História da internetHistória da internet
História da internet
 
Tic4
Tic4Tic4
Tic4
 

Mais de estreitoformaefas (20)

Power point camara de lobos
Power point camara de lobosPower point camara de lobos
Power point camara de lobos
 
Ng6 dr4
Ng6 dr4 Ng6 dr4
Ng6 dr4
 
Ng2 dr3-angelina-carla-micaela coregido
Ng2 dr3-angelina-carla-micaela coregidoNg2 dr3-angelina-carla-micaela coregido
Ng2 dr3-angelina-carla-micaela coregido
 
Inglês ng..
Inglês ng..Inglês ng..
Inglês ng..
 
Cp dr3-micaela-angelina-carla
Cp dr3-micaela-angelina-carlaCp dr3-micaela-angelina-carla
Cp dr3-micaela-angelina-carla
 
Cp ng8 dr2_micaela-carla-angelina_coregido
Cp ng8 dr2_micaela-carla-angelina_coregidoCp ng8 dr2_micaela-carla-angelina_coregido
Cp ng8 dr2_micaela-carla-angelina_coregido
 
Cp ng3 dr4_emanuel-mikaela_coregido
Cp ng3 dr4_emanuel-mikaela_coregidoCp ng3 dr4_emanuel-mikaela_coregido
Cp ng3 dr4_emanuel-mikaela_coregido
 
Clc ng2 dr4_carla, marcelino, micaela [
Clc ng2 dr4_carla, marcelino, micaela [Clc ng2 dr4_carla, marcelino, micaela [
Clc ng2 dr4_carla, marcelino, micaela [
 
Clc ng1 dr4_angelina_carla_micaela]
Clc ng1 dr4_angelina_carla_micaela]Clc ng1 dr4_angelina_carla_micaela]
Clc ng1 dr4_angelina_carla_micaela]
 
Apresenta..
Apresenta..Apresenta..
Apresenta..
 
Stc ng6 d..
Stc ng6 d..Stc ng6 d..
Stc ng6 d..
 
CP DR3
CP DR3CP DR3
CP DR3
 
CP DR3
CP DR3CP DR3
CP DR3
 
S. valentine's
S. valentine'sS. valentine's
S. valentine's
 
Trb de ingles
Trb de inglesTrb de ingles
Trb de ingles
 
Jardim da serra
Jardim da serraJardim da serra
Jardim da serra
 
Trb de stc
Trb de stcTrb de stc
Trb de stc
 
Trb de cp
Trb de cpTrb de cp
Trb de cp
 
Paises ingles[1]
Paises  ingles[1]Paises  ingles[1]
Paises ingles[1]
 
Trabalho clc hab ng6 dr1 c
Trabalho clc hab ng6 dr1 cTrabalho clc hab ng6 dr1 c
Trabalho clc hab ng6 dr1 c
 

Último

1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
profbrunogeo95
 

Último (20)

As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 

Trabalho de clc ng5 dr2

  • 1.
  • 2. Desde tempos imemoráveis o homem guardou em armários, gavetas (...) os dados importantes relativos às suas diversas actividades. Assim nasceram as primeiras bases de dados...
  • 3. Uma base de dados é uma entidade na qual é possível armazenar dados de maneira estruturada e com a menor redundância possível. Estes dados devem poder ser utilizados por programas, por utilizadores diferentes. Assim, a noção básica de dados é acoplada geralmente a uma rede, a fim de poder pôr conjuntamente estas informações, daí o nome base.
  • 4.  Pouco espaço físico ocupado.  Resposta rápida aos pedidos de informação  Eliminação da redundância de utilização.  Acesso múltiplo.  Flexibilidade.  Facilidade e rapidez de manipulação da informação armazenada.  Melhor gestão da informação.  Menor deterioração do suporte utilizado (micro-chip, magnético, óptico).  Mais verdade na combinação dos dados, mais informação.
  • 5. Têm o comum facto de procurarem representar a realidade através de registos. Estes registos equivalem aos registos utilizado em programação contendo informação estruturada com formato de campos. Dentro deste agrupamento de modelos de base de dados incluem-se , tradicionalmente, 3 modelos: Modelo hierárquico Modelo de rede Modelo relacional
  • 6.
  • 7. No início dos tempos, o homem comunicava através de gestos, sinais gravados em pedras e sinais de fumaça. Era uma comunicação eficiente, porém, demorada, que demorava certo tempo para se obter a resposta esperada. Gravuras
  • 8. Com a evolução humana, obtivemos duas das maiores heranças que nossos ancestrais poderiam ter nos deixado: a capacidade de se comunicar através da escrita e da fala. A partir desta evolução, o homem aprimorou sua comunicação e estreitou seus relacionamentos, conseguindo desta maneira, expressar sentimentos de maneira mais “humana”.
  • 9. Se comunicar com um parente distante passou a ser possível através de cartas, em seguida através do telegrafo e posteriormente através do telefone. Junto com essa evolução do processo de comunicação veio também a agilidade e as distâncias passaram a encurtar.
  • 10. Mas como o processo de evolução é contínuo, a evolução nos trouxe também a internet e o e-mail. Ferramentas fantásticas que encurtou ainda mais as distâncias e agilizou a comunicação entre as pessoas, não importando se estão separadas por milhares de quilómetros ou até mesmo por oceanos. O e-mail
  • 11.
  • 13. Na administração pública local • Os computadores contribuíram para a desburocratização de documentos , melhorando assim o bem-estar e a qualidade de vida do cidadão. Na educação • Permitem uma compreensão profunda do mundo em que vivemos enriquecendo o conhecimento. Nas empresas • Os computadores gerem grandes complexos e efectuam cálculos em segundos que demorariam muitos anos para os humanos. Nos meios de transporte • Os sistemas tecnológicos disponíveis auxiliam os humanos facilitando o seu trabalho.
  • 14. A nível dos satélites • Através da tecnologia da rede de satélites podemos detectar catástrofes, como tornados, evacuando pessoas dessas áreas e salvando vidas. No dia-a-dia • Actualmente, quando queremos falar com alguém, recorremos sempre aos meios de comunicação. No trabalho • O computador promove não só a globalização, mas também a criação de novos empregos e empresas, bem como novas formas de trabalho, organização, negociação e pagamento. Usado por indivíduos e famílias • A maioria das famílias, tem em casa um computador, e a maior parte de indivíduos já trabalha nestes. Eles são muito úteis no âmbito de pesquisa, trabalhos, lazer e comunicação (Internet). Na informação • As tecnologias da informação ajudam a humanizar a sociedade, reforçando o reconhecimento do valor do indivíduo.
  • 15. • A Internet é a tecnologia mais útil e utilizada hoje em dia. As comunicações via Internet, podem transportar trabalhos com informação pessoal a um vasto número de pessoas e a custo reduzido. Podemos afirmar que o uso da Internet contribui para o desenvolvimento da sociedade, da informação, e também melhoria da vida dos cidadãos. • A Internet melhora as comunicações e o acesso à informação. Actualmente este meio de comunicação é utilizado em casa, trabalho, para realizar trabalhos ou simplesmente lazer.
  • 16. Tudo o que é evolução é bom, mostra que estamos sempre em contínua procura de uma vida melhor. Mas o mundo esta perdendo o essencial da vida, estamos ficando dependentes de máquinas que nos controlam e nos fazem esquecer os verdadeiros sentimentos.