SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 26
Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos do Estreito Câmara de Lobos Ano Lectivo 2009/2010 CIDADANIA E PROFISSIONALIDADE NG2: Complexidade e Mudança DR3: Associativismo e Movimentos Colectivos  05 de Julho de 2010
Introdução Com este trabalho pretendemos conhecer duas instituições presentes na nossa Região Autónoma da Madeira, dando assim a conhecer um pouco do seu trabalho na comunidade madeirense. Este ano verificamos o quanto o país foi solidário para como a Madeira.  Também pretendemos incentivar os nossos colegas, formadores e a nós próprias para o voluntariado.
Diocesana do Funchal
Cáritas Diocesana do Funchal! É uma instituição que tem como objectivo a promoção e exercício da acção social, tem como missão exercer a caridade cristã, não de forma individual mas de forma organizada, apoiando aqueles que mais precisam. Também dando apoio jurídica no foro eclesiástico e civil.
Nada é nosso -> Tudo vem da comunidade Nada damos -> É Cristo que dá
Serviços Prestados… Distribuição de Vestuário e Outros Bens; Secretariado; Serviço de Gestão de Projectos; Serviço de Atendimento.
A Cáritas Sobrevive dos donativos provenientes… Da comunidade cristã; De todas as pessoas de boa vontade; De empresas ou entidades particulares; De acordos de cooperação com o Estado;
Quer Ajudar??? Conta nº 1626371377 	NIB nº 003800011626371377113  	do
A Cáritas Diocesana do Funchal … Emite recibo ou declaração dos donativos entregues para efeitos de benefícios ou isenções fiscais, de acordo com a legislação em vigor.
Ser Voluntário… “Ser voluntário na Cáritas é ter espírito de doação, estar pronto a dar e a receber, é mais que filantropia, é querer olhar o outro com os olhos com que Cristo olha todos aqueles que sofrem, é dar o seu tempo, para enriquecer o tempo e a vida do irmão que sofre.” Presidente da Caritas Portuguesa
Existem dois tipos de voluntariado: Voluntariado permanente - Aquele que assume o compromisso de prestar serviço voluntário, de forma permanente, oferecendo por exemplo uma tarde por semana para prestar um serviço (ex. atendimento social, atendimento no armazém, etc.). a este voluntariado é dada uma formação adequada à área de serviço que irá prestar.
Existem dois tipos de voluntariado: Voluntariado pontual: Aquele que não podendo participar de forma permanente se oferece para participar em actividades pontuais (Recolhas de Alimentos, Peditórios, Feiras, etc.).
Contactos! Cáritas Diocesana de Funchal Morada: Calçada do Pico,59		9000-206 - Funchal    Telefone: 291743331      Fax: 291745714      E-mail: caritasfunchal@netmadeira.com
Quem são? O Centro da Mãe é uma Instituição Particular de Solidariedade sem fins lucrativos.  Foi formado em Junho de 1999 com o objectivo de construir um lar para acolher mulheres grávidas e jovens mães em situação de risco, com os seus filhos, não existindo actualmente na Madeira qualquer lar para este fim.
Centro de Mãe… Rege-se pelos princípios do respeito pela vida humana e tem como objectivos principais a realização pessoal e integração sócio-familiar das grávidas e jovens mães em risco e garantir o direito à vida, bem-estar e educação dos seus filhos.
Centro de Mãe… A maioria das mães que chegam ao Centro, são encaminhadas por uma Assistente Social ou outros Técnicos, são atendidas pela Assistente Social e pela Psicóloga do Centro, para uma avaliação da sua situação.
Na Madeira… Encontram-se inscritas 480 mulheres, sendo que 147 delas se inscreveram em 2007 verificando, um aumento significativo de mães em risco na R.A.M..
Que Apoio Dão?? Todas as mulheres são atendidos individualmente, sendo “cada caso um caso”, variando os apoios prestados consoante a avaliação das necessidades e a nossa capacidade de resposta existindo uma grande procura no apoio ao nível de papas, leite e fraldas.
Como Ajudar?  Pode apoiar o Centro da Mãe tornando-se sócio ou contribuindo com donativos materiais ou monetários. “Ajude, o seu contributo é muito importante para nós!”
Donativos Monetários… Banco: Montepio Titular: Centro da Mãe - Associação de Solidariedade Social  NIB: 0036 0040 99100435615 47 IBAN: PT500036 0040 99100435615 47 BIC: MPIOPTPL
Donativos Monetários… Banco: BPI Titular: Centro da Mãe - Associação de Solidariedade Social  NIB: 0010 0000 44478260001 39 IBAN: PT500010 0000 44478260001 39 BIC: BBPIPTPL
Ser voluntario  Tenho que agir sem você me pedir Tenho que analisar seu olhar Faltam tantos para sua vida completar Não existem sorrisos no seu lar As crianças só choram Desconhecem a felicidade em cantar e brincar De já, serei unitário, porém voluntário Amanhã com certeza estes números Em milhões e milhões de pessoas podem-se multiplicar Ajuda séria, por favor: queiram copiar Toda ação é valiosa; brinquedos, cortes de cabelos, humor, Um abraço com fervor, a paz do afago: o calor O pão para alimentar e nutrir nossos irmãos Banhos, frios ou quentes, dependendo da estação Devastar por inteiro o que obstrui o pulsar verdadeiro Do seu coração. Francisco Epifânio Ferreira
Conclusão! Com este trabalho ficamos a conhecer melhor duas das instituições existentes na nossa região. Verificamos que há cada vez mais pessoas a recorrer as instituições de caridade, derivado a actual conjuntura económica do país e do mundo. Actualmente os pedindo de ajuda são desde a alimentação, vestuário, alojamento, serviços jurídicos, entre outros.  Não queríamos deixar passar, esta oportunidade para salientar a importância das instituições na intempérie do passado dia 20 de Fevereiro de 2010, onde tiveram e continuam a ter um papel importante na reconstrução   da nossa ilha. Com ajuda da população madeirense que revelou muita solidariedade e entre-ajuda.
Web-Grafia Imagens do Google; http://www.centrodamae.pt/associacao/historial.html http://www.caritas.pt/funchal/default1.asp?caritaid=14
Trabalho Elaborado Por:Angelina AndradeCarla ReisMicaela Vieira

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Transformando Sonho em Realidade!
Transformando Sonho em Realidade!Transformando Sonho em Realidade!
Transformando Sonho em Realidade!Lan House Evolution
 
Reunião nº 27 – Trabalho e Companheirismo – dia 2-01-2013
Reunião nº 27 – Trabalho e Companheirismo – dia 2-01-2013Reunião nº 27 – Trabalho e Companheirismo – dia 2-01-2013
Reunião nº 27 – Trabalho e Companheirismo – dia 2-01-2013Rotary Clube Vizela
 
Boletim rotário ano 1 nº 4
Boletim rotário ano 1   nº 4Boletim rotário ano 1   nº 4
Boletim rotário ano 1 nº 4RCITAPECERICA8219
 
Catálogo agenda local de voluntariado marco-abril
Catálogo   agenda local de voluntariado marco-abrilCatálogo   agenda local de voluntariado marco-abril
Catálogo agenda local de voluntariado marco-abrilJosé Ferreira
 
Portfólio Casa Lumen São Francisco
Portfólio Casa Lumen São FranciscoPortfólio Casa Lumen São Francisco
Portfólio Casa Lumen São FranciscoLia Girão
 
Boletim Informativo Nº 3 Junho/Julho
Boletim Informativo Nº 3 Junho/Julho Boletim Informativo Nº 3 Junho/Julho
Boletim Informativo Nº 3 Junho/Julho Biel Ferreira
 
Vida para todos anderson 2 anderson 15 tp
Vida para todos anderson 2 anderson 15 tpVida para todos anderson 2 anderson 15 tp
Vida para todos anderson 2 anderson 15 tpalemisturini
 
Apresentação da instituição
Apresentação da instituiçãoApresentação da instituição
Apresentação da instituiçãoComunidades Vivas
 
Boletim rotário ano 1 nº 3
Boletim rotário ano 1 nº 3Boletim rotário ano 1 nº 3
Boletim rotário ano 1 nº 3RCITAPECERICA8219
 
Projeto design de estande
Projeto design de estandeProjeto design de estande
Projeto design de estandekarennalima
 
CRAS um lugar de (re)fazer história.
CRAS  um lugar de (re)fazer história.CRAS  um lugar de (re)fazer história.
CRAS um lugar de (re)fazer história.Rosane Domingues
 
Resposta Social - ATL
Resposta Social - ATLResposta Social - ATL
Resposta Social - ATLJoanaMartins7
 
Reunião nº 37 – Reunião Inter Clubes – SERVITA’13 dia 11 03-2013
Reunião nº 37 – Reunião Inter Clubes – SERVITA’13 dia 11 03-2013Reunião nº 37 – Reunião Inter Clubes – SERVITA’13 dia 11 03-2013
Reunião nº 37 – Reunião Inter Clubes – SERVITA’13 dia 11 03-2013Rotary Clube Vizela
 

Mais procurados (19)

Edição nº 27_do_primeira_pauta,_o_jornal_laboratório_do_ielusc,_joinville
Edição nº 27_do_primeira_pauta,_o_jornal_laboratório_do_ielusc,_joinvilleEdição nº 27_do_primeira_pauta,_o_jornal_laboratório_do_ielusc,_joinville
Edição nº 27_do_primeira_pauta,_o_jornal_laboratório_do_ielusc,_joinville
 
Jornal digital 4496 qui 04-09-14
Jornal digital 4496 qui 04-09-14Jornal digital 4496 qui 04-09-14
Jornal digital 4496 qui 04-09-14
 
Transformando Sonho em Realidade!
Transformando Sonho em Realidade!Transformando Sonho em Realidade!
Transformando Sonho em Realidade!
 
Reunião nº 27 – Trabalho e Companheirismo – dia 2-01-2013
Reunião nº 27 – Trabalho e Companheirismo – dia 2-01-2013Reunião nº 27 – Trabalho e Companheirismo – dia 2-01-2013
Reunião nº 27 – Trabalho e Companheirismo – dia 2-01-2013
 
Boletim rotário ano 1 nº 4
Boletim rotário ano 1   nº 4Boletim rotário ano 1   nº 4
Boletim rotário ano 1 nº 4
 
Catálogo agenda local de voluntariado marco-abril
Catálogo   agenda local de voluntariado marco-abrilCatálogo   agenda local de voluntariado marco-abril
Catálogo agenda local de voluntariado marco-abril
 
Portfólio Casa Lumen São Francisco
Portfólio Casa Lumen São FranciscoPortfólio Casa Lumen São Francisco
Portfólio Casa Lumen São Francisco
 
Boletim Informativo Nº 3 Junho/Julho
Boletim Informativo Nº 3 Junho/Julho Boletim Informativo Nº 3 Junho/Julho
Boletim Informativo Nº 3 Junho/Julho
 
Vida para todos anderson 2 anderson 15 tp
Vida para todos anderson 2 anderson 15 tpVida para todos anderson 2 anderson 15 tp
Vida para todos anderson 2 anderson 15 tp
 
Apresentação da instituição
Apresentação da instituiçãoApresentação da instituição
Apresentação da instituição
 
Boletim rotário ano 1 nº 3
Boletim rotário ano 1 nº 3Boletim rotário ano 1 nº 3
Boletim rotário ano 1 nº 3
 
Evora solidária
Evora solidáriaEvora solidária
Evora solidária
 
Jornal digital 4781_sex_23102015
Jornal digital 4781_sex_23102015Jornal digital 4781_sex_23102015
Jornal digital 4781_sex_23102015
 
Projeto design de estande
Projeto design de estandeProjeto design de estande
Projeto design de estande
 
CRAS um lugar de (re)fazer história.
CRAS  um lugar de (re)fazer história.CRAS  um lugar de (re)fazer história.
CRAS um lugar de (re)fazer história.
 
Carta ao povo
Carta ao povoCarta ao povo
Carta ao povo
 
Jornal Familia CJ
Jornal Familia CJJornal Familia CJ
Jornal Familia CJ
 
Resposta Social - ATL
Resposta Social - ATLResposta Social - ATL
Resposta Social - ATL
 
Reunião nº 37 – Reunião Inter Clubes – SERVITA’13 dia 11 03-2013
Reunião nº 37 – Reunião Inter Clubes – SERVITA’13 dia 11 03-2013Reunião nº 37 – Reunião Inter Clubes – SERVITA’13 dia 11 03-2013
Reunião nº 37 – Reunião Inter Clubes – SERVITA’13 dia 11 03-2013
 

Destaque

CP_2
CP_2CP_2
CP_2J P
 
Ng2 dr3 (stc)
Ng2   dr3 (stc)Ng2   dr3 (stc)
Ng2 dr3 (stc)Maria
 
Descodificacao - Cidadania & Profissionalidade
Descodificacao - Cidadania & ProfissionalidadeDescodificacao - Cidadania & Profissionalidade
Descodificacao - Cidadania & ProfissionalidadeJ P
 
Aula 9 política pública ambiental
Aula 9   política pública ambientalAula 9   política pública ambiental
Aula 9 política pública ambientalAlex Santiago Nina
 
Aula 7 gestão ambiental empresarial
Aula 7   gestão ambiental empresarialAula 7   gestão ambiental empresarial
Aula 7 gestão ambiental empresarialAlex Santiago Nina
 
Associativismo
AssociativismoAssociativismo
Associativismopaulacocas
 
Associativismo Aula I IFGoiano Campus Ceres
Associativismo Aula I IFGoiano Campus CeresAssociativismo Aula I IFGoiano Campus Ceres
Associativismo Aula I IFGoiano Campus Ceresescola_associativismo
 
SessãO De Cp Stc Uc4
SessãO De Cp Stc Uc4SessãO De Cp Stc Uc4
SessãO De Cp Stc Uc4Pedro Félix
 
Dr1 val. étic.e cultu.
Dr1 val. étic.e cultu.Dr1 val. étic.e cultu.
Dr1 val. étic.e cultu.ruigalvao
 
SERVIÇOS AMBIENTAIS E A VALORAÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS - Albano Araújo
SERVIÇOS AMBIENTAIS E A VALORAÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS - Albano Araújo SERVIÇOS AMBIENTAIS E A VALORAÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS - Albano Araújo
SERVIÇOS AMBIENTAIS E A VALORAÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS - Albano Araújo forumsustentar
 
Reflexao Dr3 CP Convicção e Firmeza Ética
Reflexao Dr3 CP Convicção e Firmeza ÉticaReflexao Dr3 CP Convicção e Firmeza Ética
Reflexao Dr3 CP Convicção e Firmeza Éticamega
 
Recursos naturais
Recursos naturaisRecursos naturais
Recursos naturaisstcnsaidjv
 
Apostila de associativismo e cooperativismo
Apostila de associativismo e cooperativismoApostila de associativismo e cooperativismo
Apostila de associativismo e cooperativismoLuiz Oliveira
 
Refexão Dr1-Dr2-Dr3-Dr4
Refexão Dr1-Dr2-Dr3-Dr4Refexão Dr1-Dr2-Dr3-Dr4
Refexão Dr1-Dr2-Dr3-Dr4mega
 
Clc ng2 dr4_carla, marcelino, micaela [
Clc ng2 dr4_carla, marcelino, micaela [Clc ng2 dr4_carla, marcelino, micaela [
Clc ng2 dr4_carla, marcelino, micaela [estreitoformaefas
 
CLC - Resíduos e Reciclagem
CLC - Resíduos e ReciclagemCLC - Resíduos e Reciclagem
CLC - Resíduos e Reciclagemcattonia
 

Destaque (20)

CP_2
CP_2CP_2
CP_2
 
Ng2 dr3 (stc)
Ng2   dr3 (stc)Ng2   dr3 (stc)
Ng2 dr3 (stc)
 
Descodificacao - Cidadania & Profissionalidade
Descodificacao - Cidadania & ProfissionalidadeDescodificacao - Cidadania & Profissionalidade
Descodificacao - Cidadania & Profissionalidade
 
Aula 9 política pública ambiental
Aula 9   política pública ambientalAula 9   política pública ambiental
Aula 9 política pública ambiental
 
Aula 7 gestão ambiental empresarial
Aula 7   gestão ambiental empresarialAula 7   gestão ambiental empresarial
Aula 7 gestão ambiental empresarial
 
Associativismo
AssociativismoAssociativismo
Associativismo
 
Ficha formativa N1
Ficha formativa N1Ficha formativa N1
Ficha formativa N1
 
Associativismo Aula I IFGoiano Campus Ceres
Associativismo Aula I IFGoiano Campus CeresAssociativismo Aula I IFGoiano Campus Ceres
Associativismo Aula I IFGoiano Campus Ceres
 
Associativismo
AssociativismoAssociativismo
Associativismo
 
SessãO De Cp Stc Uc4
SessãO De Cp Stc Uc4SessãO De Cp Stc Uc4
SessãO De Cp Stc Uc4
 
Dr1 val. étic.e cultu.
Dr1 val. étic.e cultu.Dr1 val. étic.e cultu.
Dr1 val. étic.e cultu.
 
Associativismo
AssociativismoAssociativismo
Associativismo
 
SERVIÇOS AMBIENTAIS E A VALORAÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS - Albano Araújo
SERVIÇOS AMBIENTAIS E A VALORAÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS - Albano Araújo SERVIÇOS AMBIENTAIS E A VALORAÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS - Albano Araújo
SERVIÇOS AMBIENTAIS E A VALORAÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS - Albano Araújo
 
Reflexao Dr3 CP Convicção e Firmeza Ética
Reflexao Dr3 CP Convicção e Firmeza ÉticaReflexao Dr3 CP Convicção e Firmeza Ética
Reflexao Dr3 CP Convicção e Firmeza Ética
 
Recursos naturais
Recursos naturaisRecursos naturais
Recursos naturais
 
Apostila de associativismo e cooperativismo
Apostila de associativismo e cooperativismoApostila de associativismo e cooperativismo
Apostila de associativismo e cooperativismo
 
CLC NG2 DR2
CLC NG2 DR2CLC NG2 DR2
CLC NG2 DR2
 
Refexão Dr1-Dr2-Dr3-Dr4
Refexão Dr1-Dr2-Dr3-Dr4Refexão Dr1-Dr2-Dr3-Dr4
Refexão Dr1-Dr2-Dr3-Dr4
 
Clc ng2 dr4_carla, marcelino, micaela [
Clc ng2 dr4_carla, marcelino, micaela [Clc ng2 dr4_carla, marcelino, micaela [
Clc ng2 dr4_carla, marcelino, micaela [
 
CLC - Resíduos e Reciclagem
CLC - Resíduos e ReciclagemCLC - Resíduos e Reciclagem
CLC - Resíduos e Reciclagem
 

Semelhante a Ng2 dr3-angelina-carla-micaela coregido

O Voluntariado =D
O Voluntariado =DO Voluntariado =D
O Voluntariado =DAdhara340
 
Instituição cordão da amizade
Instituição cordão da amizade Instituição cordão da amizade
Instituição cordão da amizade karolkrater
 
Voluntariado.ppt2[1]
Voluntariado.ppt2[1]Voluntariado.ppt2[1]
Voluntariado.ppt2[1]katia--07
 
Voluntariado.ppt2[1]
Voluntariado.ppt2[1]Voluntariado.ppt2[1]
Voluntariado.ppt2[1]katia--07
 
Voluntariado
VoluntariadoVoluntariado
Voluntariadokatia--07
 
Associação projeto paz e união vislumbrando o exercício da cidadania em cidad...
Associação projeto paz e união vislumbrando o exercício da cidadania em cidad...Associação projeto paz e união vislumbrando o exercício da cidadania em cidad...
Associação projeto paz e união vislumbrando o exercício da cidadania em cidad...FCVSA
 
Entrevista a miguel pereira e ana poupino jornal o compromisso s.-sebastião
Entrevista a miguel pereira e ana poupino  jornal o compromisso s.-sebastiãoEntrevista a miguel pereira e ana poupino  jornal o compromisso s.-sebastião
Entrevista a miguel pereira e ana poupino jornal o compromisso s.-sebastiãobolukakuazua
 
Entrevista a miguel pereira e ana poupino jornal o compromisso s.-sebastião
Entrevista a miguel pereira e ana poupino  jornal o compromisso s.-sebastiãoEntrevista a miguel pereira e ana poupino  jornal o compromisso s.-sebastião
Entrevista a miguel pereira e ana poupino jornal o compromisso s.-sebastiãobolukakuazua
 
Entrevista a miguel pereira e ana poupino jornal o compromisso s.-sebastião
Entrevista a miguel pereira e ana poupino  jornal o compromisso s.-sebastiãoEntrevista a miguel pereira e ana poupino  jornal o compromisso s.-sebastião
Entrevista a miguel pereira e ana poupino jornal o compromisso s.-sebastiãobolukakuazua
 
Solidariedade
SolidariedadeSolidariedade
Solidariedadeblog9e
 
Ajuda humanitária na atualidade
Ajuda humanitária na atualidadeAjuda humanitária na atualidade
Ajuda humanitária na atualidadefranciscaf
 
Boletim Informativo Março/Abril 2015
Boletim Informativo Março/Abril 2015Boletim Informativo Março/Abril 2015
Boletim Informativo Março/Abril 2015Biel Ferreira
 

Semelhante a Ng2 dr3-angelina-carla-micaela coregido (20)

Tema de vida
Tema de vidaTema de vida
Tema de vida
 
O Voluntariado =D
O Voluntariado =DO Voluntariado =D
O Voluntariado =D
 
Instituição cordão da amizade
Instituição cordão da amizade Instituição cordão da amizade
Instituição cordão da amizade
 
Trabakho de geo
Trabakho de geoTrabakho de geo
Trabakho de geo
 
Voluntariado.ppt2[1]
Voluntariado.ppt2[1]Voluntariado.ppt2[1]
Voluntariado.ppt2[1]
 
Voluntariado.ppt2[1]
Voluntariado.ppt2[1]Voluntariado.ppt2[1]
Voluntariado.ppt2[1]
 
Voluntariado
VoluntariadoVoluntariado
Voluntariado
 
Associação projeto paz e união vislumbrando o exercício da cidadania em cidad...
Associação projeto paz e união vislumbrando o exercício da cidadania em cidad...Associação projeto paz e união vislumbrando o exercício da cidadania em cidad...
Associação projeto paz e união vislumbrando o exercício da cidadania em cidad...
 
Trabalho Comunitário Canas
Trabalho Comunitário CanasTrabalho Comunitário Canas
Trabalho Comunitário Canas
 
Entrevista a miguel pereira e ana poupino jornal o compromisso s.-sebastião
Entrevista a miguel pereira e ana poupino  jornal o compromisso s.-sebastiãoEntrevista a miguel pereira e ana poupino  jornal o compromisso s.-sebastião
Entrevista a miguel pereira e ana poupino jornal o compromisso s.-sebastião
 
Entrevista a miguel pereira e ana poupino jornal o compromisso s.-sebastião
Entrevista a miguel pereira e ana poupino  jornal o compromisso s.-sebastiãoEntrevista a miguel pereira e ana poupino  jornal o compromisso s.-sebastião
Entrevista a miguel pereira e ana poupino jornal o compromisso s.-sebastião
 
Entrevista a miguel pereira e ana poupino jornal o compromisso s.-sebastião
Entrevista a miguel pereira e ana poupino  jornal o compromisso s.-sebastiãoEntrevista a miguel pereira e ana poupino  jornal o compromisso s.-sebastião
Entrevista a miguel pereira e ana poupino jornal o compromisso s.-sebastião
 
Solidariedade
SolidariedadeSolidariedade
Solidariedade
 
Manual do Voluntário
Manual do VoluntárioManual do Voluntário
Manual do Voluntário
 
Solidariedade
Solidariedade Solidariedade
Solidariedade
 
Projetos com Voz 2014
Projetos com Voz 2014Projetos com Voz 2014
Projetos com Voz 2014
 
Missão Para Nações
Missão Para NaçõesMissão Para Nações
Missão Para Nações
 
Ajuda humanitária na atualidade
Ajuda humanitária na atualidadeAjuda humanitária na atualidade
Ajuda humanitária na atualidade
 
Boletim Informativo Março/Abril 2015
Boletim Informativo Março/Abril 2015Boletim Informativo Março/Abril 2015
Boletim Informativo Março/Abril 2015
 
Informativo Voluntário
Informativo VoluntárioInformativo Voluntário
Informativo Voluntário
 

Mais de estreitoformaefas (20)

Power point camara de lobos
Power point camara de lobosPower point camara de lobos
Power point camara de lobos
 
Ng6 dr4
Ng6 dr4 Ng6 dr4
Ng6 dr4
 
Inglês ng..
Inglês ng..Inglês ng..
Inglês ng..
 
Cp dr3-micaela-angelina-carla
Cp dr3-micaela-angelina-carlaCp dr3-micaela-angelina-carla
Cp dr3-micaela-angelina-carla
 
Cp ng8 dr2_micaela-carla-angelina_coregido
Cp ng8 dr2_micaela-carla-angelina_coregidoCp ng8 dr2_micaela-carla-angelina_coregido
Cp ng8 dr2_micaela-carla-angelina_coregido
 
Cp ng3 dr4_emanuel-mikaela_coregido
Cp ng3 dr4_emanuel-mikaela_coregidoCp ng3 dr4_emanuel-mikaela_coregido
Cp ng3 dr4_emanuel-mikaela_coregido
 
Clc ng1 dr4_angelina_carla_micaela]
Clc ng1 dr4_angelina_carla_micaela]Clc ng1 dr4_angelina_carla_micaela]
Clc ng1 dr4_angelina_carla_micaela]
 
Apresenta..
Apresenta..Apresenta..
Apresenta..
 
Stc ng6 d..
Stc ng6 d..Stc ng6 d..
Stc ng6 d..
 
CP DR3
CP DR3CP DR3
CP DR3
 
CP DR3
CP DR3CP DR3
CP DR3
 
S. valentine's
S. valentine'sS. valentine's
S. valentine's
 
Trb de ingles
Trb de inglesTrb de ingles
Trb de ingles
 
Jardim da serra
Jardim da serraJardim da serra
Jardim da serra
 
Trb de stc
Trb de stcTrb de stc
Trb de stc
 
Trb de cp
Trb de cpTrb de cp
Trb de cp
 
Paises ingles[1]
Paises  ingles[1]Paises  ingles[1]
Paises ingles[1]
 
Trabalho clc hab ng6 dr1 c
Trabalho clc hab ng6 dr1 cTrabalho clc hab ng6 dr1 c
Trabalho clc hab ng6 dr1 c
 
Trabalho de clc ng5 dr2
Trabalho de clc ng5 dr2Trabalho de clc ng5 dr2
Trabalho de clc ng5 dr2
 
Trb de cp power point
Trb de cp power pointTrb de cp power point
Trb de cp power point
 

Último

O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdfAntonio Barros
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitlerhabiwo1978
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaIlda Bicacro
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteIpdaWellington
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024azulassessoria9
 

Último (20)

O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
 

Ng2 dr3-angelina-carla-micaela coregido

  • 1. Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos do Estreito Câmara de Lobos Ano Lectivo 2009/2010 CIDADANIA E PROFISSIONALIDADE NG2: Complexidade e Mudança DR3: Associativismo e Movimentos Colectivos 05 de Julho de 2010
  • 2. Introdução Com este trabalho pretendemos conhecer duas instituições presentes na nossa Região Autónoma da Madeira, dando assim a conhecer um pouco do seu trabalho na comunidade madeirense. Este ano verificamos o quanto o país foi solidário para como a Madeira. Também pretendemos incentivar os nossos colegas, formadores e a nós próprias para o voluntariado.
  • 4. Cáritas Diocesana do Funchal! É uma instituição que tem como objectivo a promoção e exercício da acção social, tem como missão exercer a caridade cristã, não de forma individual mas de forma organizada, apoiando aqueles que mais precisam. Também dando apoio jurídica no foro eclesiástico e civil.
  • 5. Nada é nosso -> Tudo vem da comunidade Nada damos -> É Cristo que dá
  • 6. Serviços Prestados… Distribuição de Vestuário e Outros Bens; Secretariado; Serviço de Gestão de Projectos; Serviço de Atendimento.
  • 7. A Cáritas Sobrevive dos donativos provenientes… Da comunidade cristã; De todas as pessoas de boa vontade; De empresas ou entidades particulares; De acordos de cooperação com o Estado;
  • 8. Quer Ajudar??? Conta nº 1626371377 NIB nº 003800011626371377113 do
  • 9. A Cáritas Diocesana do Funchal … Emite recibo ou declaração dos donativos entregues para efeitos de benefícios ou isenções fiscais, de acordo com a legislação em vigor.
  • 10. Ser Voluntário… “Ser voluntário na Cáritas é ter espírito de doação, estar pronto a dar e a receber, é mais que filantropia, é querer olhar o outro com os olhos com que Cristo olha todos aqueles que sofrem, é dar o seu tempo, para enriquecer o tempo e a vida do irmão que sofre.” Presidente da Caritas Portuguesa
  • 11. Existem dois tipos de voluntariado: Voluntariado permanente - Aquele que assume o compromisso de prestar serviço voluntário, de forma permanente, oferecendo por exemplo uma tarde por semana para prestar um serviço (ex. atendimento social, atendimento no armazém, etc.). a este voluntariado é dada uma formação adequada à área de serviço que irá prestar.
  • 12. Existem dois tipos de voluntariado: Voluntariado pontual: Aquele que não podendo participar de forma permanente se oferece para participar em actividades pontuais (Recolhas de Alimentos, Peditórios, Feiras, etc.).
  • 13. Contactos! Cáritas Diocesana de Funchal Morada: Calçada do Pico,59 9000-206 - Funchal   Telefone: 291743331     Fax: 291745714     E-mail: caritasfunchal@netmadeira.com
  • 14.
  • 15. Quem são? O Centro da Mãe é uma Instituição Particular de Solidariedade sem fins lucrativos. Foi formado em Junho de 1999 com o objectivo de construir um lar para acolher mulheres grávidas e jovens mães em situação de risco, com os seus filhos, não existindo actualmente na Madeira qualquer lar para este fim.
  • 16. Centro de Mãe… Rege-se pelos princípios do respeito pela vida humana e tem como objectivos principais a realização pessoal e integração sócio-familiar das grávidas e jovens mães em risco e garantir o direito à vida, bem-estar e educação dos seus filhos.
  • 17. Centro de Mãe… A maioria das mães que chegam ao Centro, são encaminhadas por uma Assistente Social ou outros Técnicos, são atendidas pela Assistente Social e pela Psicóloga do Centro, para uma avaliação da sua situação.
  • 18. Na Madeira… Encontram-se inscritas 480 mulheres, sendo que 147 delas se inscreveram em 2007 verificando, um aumento significativo de mães em risco na R.A.M..
  • 19. Que Apoio Dão?? Todas as mulheres são atendidos individualmente, sendo “cada caso um caso”, variando os apoios prestados consoante a avaliação das necessidades e a nossa capacidade de resposta existindo uma grande procura no apoio ao nível de papas, leite e fraldas.
  • 20. Como Ajudar? Pode apoiar o Centro da Mãe tornando-se sócio ou contribuindo com donativos materiais ou monetários. “Ajude, o seu contributo é muito importante para nós!”
  • 21. Donativos Monetários… Banco: Montepio Titular: Centro da Mãe - Associação de Solidariedade Social NIB: 0036 0040 99100435615 47 IBAN: PT500036 0040 99100435615 47 BIC: MPIOPTPL
  • 22. Donativos Monetários… Banco: BPI Titular: Centro da Mãe - Associação de Solidariedade Social NIB: 0010 0000 44478260001 39 IBAN: PT500010 0000 44478260001 39 BIC: BBPIPTPL
  • 23. Ser voluntario Tenho que agir sem você me pedir Tenho que analisar seu olhar Faltam tantos para sua vida completar Não existem sorrisos no seu lar As crianças só choram Desconhecem a felicidade em cantar e brincar De já, serei unitário, porém voluntário Amanhã com certeza estes números Em milhões e milhões de pessoas podem-se multiplicar Ajuda séria, por favor: queiram copiar Toda ação é valiosa; brinquedos, cortes de cabelos, humor, Um abraço com fervor, a paz do afago: o calor O pão para alimentar e nutrir nossos irmãos Banhos, frios ou quentes, dependendo da estação Devastar por inteiro o que obstrui o pulsar verdadeiro Do seu coração. Francisco Epifânio Ferreira
  • 24. Conclusão! Com este trabalho ficamos a conhecer melhor duas das instituições existentes na nossa região. Verificamos que há cada vez mais pessoas a recorrer as instituições de caridade, derivado a actual conjuntura económica do país e do mundo. Actualmente os pedindo de ajuda são desde a alimentação, vestuário, alojamento, serviços jurídicos, entre outros. Não queríamos deixar passar, esta oportunidade para salientar a importância das instituições na intempérie do passado dia 20 de Fevereiro de 2010, onde tiveram e continuam a ter um papel importante na reconstrução da nossa ilha. Com ajuda da população madeirense que revelou muita solidariedade e entre-ajuda.
  • 25. Web-Grafia Imagens do Google; http://www.centrodamae.pt/associacao/historial.html http://www.caritas.pt/funchal/default1.asp?caritaid=14
  • 26. Trabalho Elaborado Por:Angelina AndradeCarla ReisMicaela Vieira