SlideShare uma empresa Scribd logo
E Comunicação Os telemóveis
OS TELEMÓVEIS ,[object Object]
O USO DOS TELEMÓVEIS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
O USO DOS TELEMÓVEIS ,[object Object],[object Object]
O uso dos telemóveis ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
A práticas Sociais   ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Evoluções futuras no uso dos telemóveis e as suas consequências. ,[object Object],[object Object]
Diferentes formas do uso da língua e respectivos símbolos e códigos nas tecnologias de informação e comunicação. ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Usando as várias linguagens dos meios  tecnológicos com os telemóveis. Estas são formas coloquiais, certo, mas é justamente para representar estas formas que as Línguas-de-Telemóvel foram e estão a ser inventadas, como escrita alternativa.  A palavra-chave aqui é “alternativa”. O Português-de-Telemóvel representa um tipo de escrita para um tipo de oralidade. Também aqui não se trata da “Língua”, trata-se de uma forma específica dela com área de uso delimitada. Cada registo de língua tem a sua gíria própria e as suas regras gramaticais, factos bem documentados tanto para a oralidade como para a escrita. Novos códigos de escrita como este estão a ser alvo de interesse e investigação científica, gerados pelo que possam vir a revelar-nos sobre intuições de seres humanos alfabetizados à cerca de formas escritas de línguas.
Os componentes principais de um telemóvel. ,[object Object]
Os componentes principais do telemóvel GSM ,[object Object]
O TELEMÓVEL  ,[object Object],[object Object],[object Object]
O TELEMÓVEL 3G ,[object Object]
PRESENÇA DE ONDAS ELECTROMAGNÉTICAS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Características gerias das ondas electromagnéticas velocidade, frequência e amplitude.   ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Características gerias das ondas electromagnéticas velocidade, frequência e amplitude ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Características gerias das ondas electromagnéticas velocidade, frequência e amplitude . ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
CARACTERÍSTICAS DAS PRINCIPAIS RADIAÇÕES ,[object Object],[object Object],Ondas de Rádio
[object Object],[object Object],[object Object],Raios X Os raios X são também bastante utilizados no tratamento de doenças como o câncer. Têm ainda outras aplicações: na pesquisa da estrutura da  matéria, em Química, em Mineralogia e outros ramos.
Raios Gama ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Os raios g podem causar graves danos às células, de modo que os cientistas que trabalham em laboratório de radiação devem desenvolver métodos especiais de detecção e protecção contra doses excessivas desses raios.
TRABALHO REALIZADO POR: Ana Marques e Rui Ferreira 13 de Maio 2009

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A Evolução Do Telefone
A Evolução Do TelefoneA Evolução Do Telefone
A Evolução Do Telefone
Turma Efa S2
 
EvoluçãO Do TelemóVel
EvoluçãO Do TelemóVelEvoluçãO Do TelemóVel
EvoluçãO Do TelemóVel
Cidadania e Profissionalidade
 
Telemoveis
TelemoveisTelemoveis
Telemoveis
Ricardo Simoes
 
História do Telemóvel
História do TelemóvelHistória do Telemóvel
História do Telemóvel
Supremu
 
A história do telefone
A história do telefoneA história do telefone
A história do telefone
Vera Carvalho
 
Utilização do telemóvel
Utilização do telemóvelUtilização do telemóvel
Utilização do telemóvel
efa1
 
Trabalho sobre os Telemoveis
Trabalho sobre os TelemoveisTrabalho sobre os Telemoveis
Trabalho sobre os Telemoveis
cef1
 
Reflexão da dr4 do clc 5
Reflexão da dr4 do clc 5Reflexão da dr4 do clc 5
Reflexão da dr4 do clc 5
joaokota
 
CLC_6_TRABALHOS APRESENTADOS
CLC_6_TRABALHOS APRESENTADOSCLC_6_TRABALHOS APRESENTADOS
CLC_6_TRABALHOS APRESENTADOS
SILVIA G. FERNANDES
 
Ficha 1 ng6 dr1
Ficha 1 ng6 dr1Ficha 1 ng6 dr1
Ficha 1 ng6 dr1
Luis Pedro
 
Televisão portuguesa
Televisão portuguesaTelevisão portuguesa
Televisão portuguesa
efaescacilhastejo
 
Utilização das tic no âmbito profissional2
Utilização das tic no âmbito profissional2Utilização das tic no âmbito profissional2
Utilização das tic no âmbito profissional2
José Guimarães
 
Mass Media
Mass MediaMass Media
Mass Media
carla.carlos
 
Os mass media géneros
Os mass media génerosOs mass media géneros
Os mass media géneros
Helena Coutinho
 
O telefone
O telefoneO telefone
O telefone
Pedro Maciel
 
S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2
S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2
S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2
I.Braz Slideshares
 
STC Tecnologia Marco Dr2
STC Tecnologia Marco Dr2STC Tecnologia Marco Dr2
STC Tecnologia Marco Dr2
mega
 
Funcionam..
Funcionam..Funcionam..
Funcionam..
Ricardo Farias
 
O TelemóVel E A Sua EvoluçãO
O TelemóVel E A Sua EvoluçãOO TelemóVel E A Sua EvoluçãO
O TelemóVel E A Sua EvoluçãO
pipinha84
 
S.T.C. 7 - Todos diferentes/Todos iguais
S.T.C. 7 - Todos diferentes/Todos iguaisS.T.C. 7 - Todos diferentes/Todos iguais
S.T.C. 7 - Todos diferentes/Todos iguais
I.Braz Slideshares
 

Mais procurados (20)

A Evolução Do Telefone
A Evolução Do TelefoneA Evolução Do Telefone
A Evolução Do Telefone
 
EvoluçãO Do TelemóVel
EvoluçãO Do TelemóVelEvoluçãO Do TelemóVel
EvoluçãO Do TelemóVel
 
Telemoveis
TelemoveisTelemoveis
Telemoveis
 
História do Telemóvel
História do TelemóvelHistória do Telemóvel
História do Telemóvel
 
A história do telefone
A história do telefoneA história do telefone
A história do telefone
 
Utilização do telemóvel
Utilização do telemóvelUtilização do telemóvel
Utilização do telemóvel
 
Trabalho sobre os Telemoveis
Trabalho sobre os TelemoveisTrabalho sobre os Telemoveis
Trabalho sobre os Telemoveis
 
Reflexão da dr4 do clc 5
Reflexão da dr4 do clc 5Reflexão da dr4 do clc 5
Reflexão da dr4 do clc 5
 
CLC_6_TRABALHOS APRESENTADOS
CLC_6_TRABALHOS APRESENTADOSCLC_6_TRABALHOS APRESENTADOS
CLC_6_TRABALHOS APRESENTADOS
 
Ficha 1 ng6 dr1
Ficha 1 ng6 dr1Ficha 1 ng6 dr1
Ficha 1 ng6 dr1
 
Televisão portuguesa
Televisão portuguesaTelevisão portuguesa
Televisão portuguesa
 
Utilização das tic no âmbito profissional2
Utilização das tic no âmbito profissional2Utilização das tic no âmbito profissional2
Utilização das tic no âmbito profissional2
 
Mass Media
Mass MediaMass Media
Mass Media
 
Os mass media géneros
Os mass media génerosOs mass media géneros
Os mass media géneros
 
O telefone
O telefoneO telefone
O telefone
 
S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2
S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2
S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2
 
STC Tecnologia Marco Dr2
STC Tecnologia Marco Dr2STC Tecnologia Marco Dr2
STC Tecnologia Marco Dr2
 
Funcionam..
Funcionam..Funcionam..
Funcionam..
 
O TelemóVel E A Sua EvoluçãO
O TelemóVel E A Sua EvoluçãOO TelemóVel E A Sua EvoluçãO
O TelemóVel E A Sua EvoluçãO
 
S.T.C. 7 - Todos diferentes/Todos iguais
S.T.C. 7 - Todos diferentes/Todos iguaisS.T.C. 7 - Todos diferentes/Todos iguais
S.T.C. 7 - Todos diferentes/Todos iguais
 

Semelhante a Telemoveis

Dr1 hugo torres
Dr1 hugo torresDr1 hugo torres
Dr1 hugo torres
IEFP-Porto
 
Telemoveis
TelemoveisTelemoveis
Telemoveis
colefas
 
Comunicações rádio
Comunicações rádioComunicações rádio
Comunicações rádio
Raquel Silva
 
O TelemóVel E A Sua EvoluçãO
O TelemóVel E A Sua EvoluçãOO TelemóVel E A Sua EvoluçãO
O TelemóVel E A Sua EvoluçãO
pipinha84
 
Novas tecnologias clc5
Novas tecnologias clc5Novas tecnologias clc5
Novas tecnologias clc5
mariajose1965
 
E V O L UÇ A O D O S T E L E M O V E I S
E V O L UÇ A O  D O S  T E L E M O V E I SE V O L UÇ A O  D O S  T E L E M O V E I S
E V O L UÇ A O D O S T E L E M O V E I S
Cidadania e Profissionalidade
 
De Antonio Meucci e Graham Bell à Tecnologia 3G - Telefone, Uma Evolução da C...
De Antonio Meucci e Graham Bell à Tecnologia 3G - Telefone, Uma Evolução da C...De Antonio Meucci e Graham Bell à Tecnologia 3G - Telefone, Uma Evolução da C...
De Antonio Meucci e Graham Bell à Tecnologia 3G - Telefone, Uma Evolução da C...
Atitude Digital
 
Arquitetura celular arm
Arquitetura celular armArquitetura celular arm
Arquitetura celular arm
Carlos Magno
 
A revolução dos telemóveis
A revolução dos telemóveisA revolução dos telemóveis
A revolução dos telemóveis
albetizacardoso
 
Tic1
Tic1Tic1
EvoluçãO Do TelemóVel
EvoluçãO Do TelemóVelEvoluçãO Do TelemóVel
EvoluçãO Do TelemóVel
Cidadania e Profissionalidade
 
EvoluçãO Do TelemóVel
EvoluçãO Do TelemóVelEvoluçãO Do TelemóVel
EvoluçãO Do TelemóVel
Cidadania e Profissionalidade
 
Evolução Do Telemóvel
Evolução Do  TelemóvelEvolução Do  Telemóvel
Evolução Do Telemóvel
Cidadania e Profissionalidade
 
Telecomunicações
TelecomunicaçõesTelecomunicações
Telecomunicações
Sofia Pais
 
Stc actividade 3 comunicações rádio
Stc actividade 3 comunicações rádioStc actividade 3 comunicações rádio
Stc actividade 3 comunicações rádio
Jose Simoes
 
Arquitetura de Celulares
Arquitetura de CelularesArquitetura de Celulares
Arquitetura de Celulares
Murilknot
 
Silvia. Isabel.TelemóVel
Silvia. Isabel.TelemóVelSilvia. Isabel.TelemóVel
Silvia. Isabel.TelemóVel
guesteec9b07
 
Telefonia Móvel
Telefonia MóvelTelefonia Móvel
Telefonia Móvel
Mauricio Volkweis Astiazara
 
Tecnologia 1 g, 2g e 3g
Tecnologia 1 g, 2g e 3gTecnologia 1 g, 2g e 3g
Tecnologia 1 g, 2g e 3g
Bárbara Pessata
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
heliocosta
 

Semelhante a Telemoveis (20)

Dr1 hugo torres
Dr1 hugo torresDr1 hugo torres
Dr1 hugo torres
 
Telemoveis
TelemoveisTelemoveis
Telemoveis
 
Comunicações rádio
Comunicações rádioComunicações rádio
Comunicações rádio
 
O TelemóVel E A Sua EvoluçãO
O TelemóVel E A Sua EvoluçãOO TelemóVel E A Sua EvoluçãO
O TelemóVel E A Sua EvoluçãO
 
Novas tecnologias clc5
Novas tecnologias clc5Novas tecnologias clc5
Novas tecnologias clc5
 
E V O L UÇ A O D O S T E L E M O V E I S
E V O L UÇ A O  D O S  T E L E M O V E I SE V O L UÇ A O  D O S  T E L E M O V E I S
E V O L UÇ A O D O S T E L E M O V E I S
 
De Antonio Meucci e Graham Bell à Tecnologia 3G - Telefone, Uma Evolução da C...
De Antonio Meucci e Graham Bell à Tecnologia 3G - Telefone, Uma Evolução da C...De Antonio Meucci e Graham Bell à Tecnologia 3G - Telefone, Uma Evolução da C...
De Antonio Meucci e Graham Bell à Tecnologia 3G - Telefone, Uma Evolução da C...
 
Arquitetura celular arm
Arquitetura celular armArquitetura celular arm
Arquitetura celular arm
 
A revolução dos telemóveis
A revolução dos telemóveisA revolução dos telemóveis
A revolução dos telemóveis
 
Tic1
Tic1Tic1
Tic1
 
EvoluçãO Do TelemóVel
EvoluçãO Do TelemóVelEvoluçãO Do TelemóVel
EvoluçãO Do TelemóVel
 
EvoluçãO Do TelemóVel
EvoluçãO Do TelemóVelEvoluçãO Do TelemóVel
EvoluçãO Do TelemóVel
 
Evolução Do Telemóvel
Evolução Do  TelemóvelEvolução Do  Telemóvel
Evolução Do Telemóvel
 
Telecomunicações
TelecomunicaçõesTelecomunicações
Telecomunicações
 
Stc actividade 3 comunicações rádio
Stc actividade 3 comunicações rádioStc actividade 3 comunicações rádio
Stc actividade 3 comunicações rádio
 
Arquitetura de Celulares
Arquitetura de CelularesArquitetura de Celulares
Arquitetura de Celulares
 
Silvia. Isabel.TelemóVel
Silvia. Isabel.TelemóVelSilvia. Isabel.TelemóVel
Silvia. Isabel.TelemóVel
 
Telefonia Móvel
Telefonia MóvelTelefonia Móvel
Telefonia Móvel
 
Tecnologia 1 g, 2g e 3g
Tecnologia 1 g, 2g e 3gTecnologia 1 g, 2g e 3g
Tecnologia 1 g, 2g e 3g
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 

Mais de stordehistoria

Computador Vanessa
Computador VanessaComputador Vanessa
Computador Vanessa
stordehistoria
 
Parque Nacional
Parque NacionalParque Nacional
Parque Nacional
stordehistoria
 
O Computador Stc,Clc
O Computador Stc,ClcO Computador Stc,Clc
O Computador Stc,Clc
stordehistoria
 
Os computadores
Os computadoresOs computadores
Os computadores
stordehistoria
 
O Computador
O ComputadorO Computador
O Computador
stordehistoria
 
Evolução dos Computadores
Evolução dos ComputadoresEvolução dos Computadores
Evolução dos Computadores
stordehistoria
 

Mais de stordehistoria (6)

Computador Vanessa
Computador VanessaComputador Vanessa
Computador Vanessa
 
Parque Nacional
Parque NacionalParque Nacional
Parque Nacional
 
O Computador Stc,Clc
O Computador Stc,ClcO Computador Stc,Clc
O Computador Stc,Clc
 
Os computadores
Os computadoresOs computadores
Os computadores
 
O Computador
O ComputadorO Computador
O Computador
 
Evolução dos Computadores
Evolução dos ComputadoresEvolução dos Computadores
Evolução dos Computadores
 

Último

Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
AdrianoMontagna1
 
Química orgânica e as funções organicas.pptx
Química orgânica e as funções organicas.pptxQuímica orgânica e as funções organicas.pptx
Química orgânica e as funções organicas.pptx
KeilianeOliveira3
 
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Luana Neres
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Mary Alvarenga
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
Biologia - Jogos da memória genetico.pdf
Biologia - Jogos da memória genetico.pdfBiologia - Jogos da memória genetico.pdf
Biologia - Jogos da memória genetico.pdf
Ana Da Silva Ponce
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
CarinaSoto12
 
Memorial do convento slides- português 2023
Memorial do convento slides- português 2023Memorial do convento slides- português 2023
Memorial do convento slides- português 2023
MatildeBrites
 
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptxAula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
kdn15710
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
JulianeMelo17
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptxFato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
MariaFatima425285
 
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docxPROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
Escola Municipal Jesus Cristo
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 

Último (20)

Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
 
Química orgânica e as funções organicas.pptx
Química orgânica e as funções organicas.pptxQuímica orgânica e as funções organicas.pptx
Química orgânica e as funções organicas.pptx
 
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
Biologia - Jogos da memória genetico.pdf
Biologia - Jogos da memória genetico.pdfBiologia - Jogos da memória genetico.pdf
Biologia - Jogos da memória genetico.pdf
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
 
Memorial do convento slides- português 2023
Memorial do convento slides- português 2023Memorial do convento slides- português 2023
Memorial do convento slides- português 2023
 
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptxAula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptxFato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
 
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docxPROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 

Telemoveis

  • 1. E Comunicação Os telemóveis
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9. Usando as várias linguagens dos meios tecnológicos com os telemóveis. Estas são formas coloquiais, certo, mas é justamente para representar estas formas que as Línguas-de-Telemóvel foram e estão a ser inventadas, como escrita alternativa. A palavra-chave aqui é “alternativa”. O Português-de-Telemóvel representa um tipo de escrita para um tipo de oralidade. Também aqui não se trata da “Língua”, trata-se de uma forma específica dela com área de uso delimitada. Cada registo de língua tem a sua gíria própria e as suas regras gramaticais, factos bem documentados tanto para a oralidade como para a escrita. Novos códigos de escrita como este estão a ser alvo de interesse e investigação científica, gerados pelo que possam vir a revelar-nos sobre intuições de seres humanos alfabetizados à cerca de formas escritas de línguas.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 21. TRABALHO REALIZADO POR: Ana Marques e Rui Ferreira 13 de Maio 2009