SlideShare uma empresa Scribd logo
Ruralidade e Urbanismo Sociedade, Tecnologia e Ciências. Módulo - Stc6 Formanda – Marina Cunha
	Nas zonas rurais existe mais natureza,ar puro, rios,lagoas e montanhas.
Nas zonas urbanas existe poluição sonora,visual e do ar.
	O meio rural é algo do passado das nossas cidades. No campo, prevalece a natureza, o ar puro, logo é um ambiente muito mais saudável para nós. Ao contrário, as cidades têm um gigantesco índice de poluição correspondente ao imenso número de tráfego rodoviário e os resíduos industriais.
	No meio rural, as indústrias funcionam no suporte da agricultura e da produção de gado, as cidades funcionam com indústrias de todo o tipo e espécie, que pudemos descrever como, indústria têxtil, indústria automóvel, indústria informática, e as indústrias que funcionam com a matéria-prima fornecida pelo campo entre outros.
	As residências do campo são geralmente casas construídas em pedra rústica e com área de campo nas suas aproximações, devido a produção de gado ou á agricultura, nas cidades assiste-se a uma acumulação de população quer em prédios como em urbanizações.
	As cidades, presenteiam os seus habitantes como todo o tipo funcionalidades como a nível legal, educativo, transportes públicos, espaços de lazer como por exemplo centros comerciais ou parques naturais, este parque logicamente rodeado de habitações.
Contudo, os habitantes do campo necessitam de se deslocar ás cidades para usufruir destes serviços de marca social.
	Um ponto que se deve assinalar é que no campo, derivado á mentalidade da população, os habitantes do campo conhecem-se uns aos outros pelo reduzido número de habitantes o que origina um ambiente de ajuda uns com os outros.
	Isto é algo que na cidade será completamente impossível visto que é uma roda-viva de pessoas, na cidade os habitantes, criam uma rotina, optam pela cidade para obterem melhor qualidade de vida e melhores oportunidades de emprego, fazendo da sua vida uma verdadeira montanha russa.
	Nada se poderá comparar aos vegetais vindos directamente da horta, recém colhidos, sem agros tóxicos. A maioria da população urbana que tem algum interesse pela agricultura, não tem espaço para plantar os seus vegetais, pois para além da morarem em apartamentos, estes são cada vez mais pequenos.
Profissões relacionadas com a actividade agrícola O vinicultor é o profissional que está encarregue do fabrico de vinho e que sabe de todos os processos para tratar a sua qualidade.
	O agricultor cultiva a terra, quer com métodos rurais quer com mecanismos. 	Horticultor é aquele que trabalha o cultivo das hortas, nomeadamente as hortaliças. 	O floricultor ocupa-se da cultura das plantas com flor por extensão das plantas ornamentais. 	Fruticultor o profissional que se ocupa do cultivo de arvores frutíferas. 	Apicultor, é a pessoa que se dedica à criação de abelhas.
A evolução de um agricultor 	Com o passar do tempo os agricultores evoluíram na sua profissão. Com a adesão às medidas agro-ambientais o agricultor não só produz alimentos mais saudáveis mas também beneficia de  um serviço de assistência técnica prestado pelas organizações de agricultores reconhecidas, recebendo um apoio financeiro como incentivo ao seu modo de produção. Os materiais usados na elaboração do seu trabalho também evoluíram, auxiliando bastante os trabalhadores.
	Os floricultores evoluíram muito devido a 92% floricultores possuírem formação profissional. Em 67% das explorações são familiares ou seja, mais de 50% da mão-de-obra é de origem familiar. Cada exploração tem em média 2,4 trabalhadores permanente.
A agricultura biológica 	Abreviando, a agricultura biológica é um sistema agrícola que procura proporcionar a nós consumidores, alimentos frescos, saborosos e autênticos e ao mesmo tempo respeitar o ciclo de vida natural.
Este tipo de agricultura utiliza somente químicos naturais, cooperando assim para alimentos mais saudáveis que podemos encontrar em inúmeros pontos de venda.
	Enquanto consumidores, devemos exigir sempre o melhor para a nossa saúde e para o nosso ambiente.  	Ao escolhermos alimentos derivados da agricultura biológica estamos a colaborar para a redução da quantidade de agros químicos tóxicos na nossa alimentação e, conjuntamente, para o melhoramento de um modo de produção agrícola mais sustentável.
	Para poder alcançar o seu objectivo, a agricultura biológica baseia-se em objectivos e princípios, assim como práticas comuns desenvolvidas para diminuir o impacto humano sobre o ambiente e certificar que o sistema agrícola funciona da forma mais natural possível.
As práticas tipicamente usadas em agricultura biológica incluem:  Rotação de culturas, como um pré-requisito para o uso eficiente dos recursos locais  Limites muito restritos ao uso de pesticidas e fertilizantes sintéticos, de antibióticos, aditivos alimentares e auxiliares tecnológicos, e outro tipo de produtos  Proibição absoluta do uso de organismos geneticamente modificados  Aproveitamento dos recursos locais, tais como o uso do estrume animal como fertilizante ou alimentar os animais com produtos da própria exploração
Escolha de espécies vegetais e animais resistentes a doenças e adaptadas às condições locais  Criação de animais em liberdade e ao ar livre, fornecendo-lhes alimentos produzidos segundo o modo de produção biológico  Utilização de práticas de produção animal apropriadas a cada espécie
Conclusão Este trabalho foi interessante pois a agricultura é algo que toca a todos. 	É importante ter conhecimentos básicos sobre ruralidade e urbanismo. 	Este é um assunto do qual eu nunca tive curiosidade de pesquisar, mas depois desta pesquisa, sinto que posso abordar estes conteúdos com mais firmeza.
Netgrafia http://bibliotecadigital.ipb.pt/bitstream/10198/784/1/brigantia.pdf  

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Stc6 dr21
Stc6 dr21Stc6 dr21
Stc6 dr21
Pelo Siro
 
Reflexão - STC-6
Reflexão - STC-6Reflexão - STC-6
Reflexão - STC-6
Sizes & Patterns
 
Reflexão - CP4
Reflexão - CP4Reflexão - CP4
Reflexão - CP4
Sizes & Patterns
 
C.L.C. 5 - Telemóveis
C.L.C. 5 - TelemóveisC.L.C. 5 - Telemóveis
C.L.C. 5 - Telemóveis
I.Braz Slideshares
 
6564
65646564
Cidade e campo vantagens e desvantagens
Cidade e campo vantagens e desvantagensCidade e campo vantagens e desvantagens
Cidade e campo vantagens e desvantagens
Ariana Oliveira
 
Reflexão - STC-5
Reflexão - STC-5Reflexão - STC-5
Reflexão - STC-5
Sizes & Patterns
 
S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2
S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2
S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2
I.Braz Slideshares
 
A Agricultura
A AgriculturaA Agricultura
A Agricultura
Diogo Mateus
 
Preservação ambiental
Preservação ambientalPreservação ambiental
Preservação ambiental
Sandra Alves
 
Ng 2 dr1
Ng 2 dr1Ng 2 dr1
Ng 2 dr1
cattonia
 
Clc 6 cultura_de_ urbanismo_e_mobilidade_reflexão_sílvia_fernandes
Clc 6 cultura_de_ urbanismo_e_mobilidade_reflexão_sílvia_fernandesClc 6 cultura_de_ urbanismo_e_mobilidade_reflexão_sílvia_fernandes
Clc 6 cultura_de_ urbanismo_e_mobilidade_reflexão_sílvia_fernandes
SILVIA G. FERNANDES
 
Clc 6 culturas de urbanismo e mobilidad_eppt
Clc 6 culturas de urbanismo e mobilidad_epptClc 6 culturas de urbanismo e mobilidad_eppt
Clc 6 culturas de urbanismo e mobilidad_eppt
SILVIA G. FERNANDES
 
Reflexão - CP1
Reflexão - CP1Reflexão - CP1
Reflexão - CP1
Sizes & Patterns
 
STC 6
STC 6STC 6
Urbanismo E Mobilidade Dr1
Urbanismo E Mobilidade Dr1Urbanismo E Mobilidade Dr1
Urbanismo E Mobilidade Dr1
Manuel Campinho
 
Urbanismo e mobilidade
Urbanismo e mobilidadeUrbanismo e mobilidade
Urbanismo e mobilidade
efaturmag2011
 
GEO - AGRICULTURA
GEO - AGRICULTURAGEO - AGRICULTURA
GEO - AGRICULTURA
Luís Ferreira
 
CLC 6
CLC 6CLC 6
Agricultura e Profissões
Agricultura e ProfissõesAgricultura e Profissões
Agricultura e Profissões
rolando7
 

Mais procurados (20)

Stc6 dr21
Stc6 dr21Stc6 dr21
Stc6 dr21
 
Reflexão - STC-6
Reflexão - STC-6Reflexão - STC-6
Reflexão - STC-6
 
Reflexão - CP4
Reflexão - CP4Reflexão - CP4
Reflexão - CP4
 
C.L.C. 5 - Telemóveis
C.L.C. 5 - TelemóveisC.L.C. 5 - Telemóveis
C.L.C. 5 - Telemóveis
 
6564
65646564
6564
 
Cidade e campo vantagens e desvantagens
Cidade e campo vantagens e desvantagensCidade e campo vantagens e desvantagens
Cidade e campo vantagens e desvantagens
 
Reflexão - STC-5
Reflexão - STC-5Reflexão - STC-5
Reflexão - STC-5
 
S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2
S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2
S.T.C. 7 - Processos e métodos científicos – doc. 2
 
A Agricultura
A AgriculturaA Agricultura
A Agricultura
 
Preservação ambiental
Preservação ambientalPreservação ambiental
Preservação ambiental
 
Ng 2 dr1
Ng 2 dr1Ng 2 dr1
Ng 2 dr1
 
Clc 6 cultura_de_ urbanismo_e_mobilidade_reflexão_sílvia_fernandes
Clc 6 cultura_de_ urbanismo_e_mobilidade_reflexão_sílvia_fernandesClc 6 cultura_de_ urbanismo_e_mobilidade_reflexão_sílvia_fernandes
Clc 6 cultura_de_ urbanismo_e_mobilidade_reflexão_sílvia_fernandes
 
Clc 6 culturas de urbanismo e mobilidad_eppt
Clc 6 culturas de urbanismo e mobilidad_epptClc 6 culturas de urbanismo e mobilidad_eppt
Clc 6 culturas de urbanismo e mobilidad_eppt
 
Reflexão - CP1
Reflexão - CP1Reflexão - CP1
Reflexão - CP1
 
STC 6
STC 6STC 6
STC 6
 
Urbanismo E Mobilidade Dr1
Urbanismo E Mobilidade Dr1Urbanismo E Mobilidade Dr1
Urbanismo E Mobilidade Dr1
 
Urbanismo e mobilidade
Urbanismo e mobilidadeUrbanismo e mobilidade
Urbanismo e mobilidade
 
GEO - AGRICULTURA
GEO - AGRICULTURAGEO - AGRICULTURA
GEO - AGRICULTURA
 
CLC 6
CLC 6CLC 6
CLC 6
 
Agricultura e Profissões
Agricultura e ProfissõesAgricultura e Profissões
Agricultura e Profissões
 

Semelhante a Ruralidade e urbanismo

Apresenta..
Apresenta..Apresenta..
Apresenta..
estreitoformaefas
 
PRÁTICAS AGRÍCOLAS Sustentável
PRÁTICAS AGRÍCOLAS SustentávelPRÁTICAS AGRÍCOLAS Sustentável
PRÁTICAS AGRÍCOLAS Sustentável
ProfDamio
 
Agricultura_Orgânica. Slide turma 03 itep
Agricultura_Orgânica. Slide turma 03 itepAgricultura_Orgânica. Slide turma 03 itep
Agricultura_Orgânica. Slide turma 03 itep
MilenaAlmeida74
 
Agricultura caraterísticas
Agricultura caraterísticasAgricultura caraterísticas
Agricultura caraterísticas
profcarladias
 
Agricultura orgânica
Agricultura orgânicaAgricultura orgânica
Agricultura orgânica
Milena Castro
 
Agriculturaorganica
AgriculturaorganicaAgriculturaorganica
Agriculturaorganica
Ketheley Freire
 
Alimentos biológicos
Alimentos biológicosAlimentos biológicos
Alimentos biológicos
vitaminocas
 
Alimentos Biológicos
Alimentos BiológicosAlimentos Biológicos
Alimentos Biológicos
vitaminocas
 
Projeto Pesquisa TRANSIÇÃO DA AGRICULTURA CONVENCIONAL PARA AGROECOLÓGICA
Projeto  Pesquisa TRANSIÇÃO DA AGRICULTURA CONVENCIONAL PARA AGROECOLÓGICAProjeto  Pesquisa TRANSIÇÃO DA AGRICULTURA CONVENCIONAL PARA AGROECOLÓGICA
Projeto Pesquisa TRANSIÇÃO DA AGRICULTURA CONVENCIONAL PARA AGROECOLÓGICA
Sirleitr
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
Larissa Azevedo Milward
 
Sustentabilidade em Pequena Escala
Sustentabilidade em Pequena EscalaSustentabilidade em Pequena Escala
Sustentabilidade em Pequena Escala
Phelipe Gonçalves
 
Urbanismo e Mobilidades
Urbanismo e MobilidadesUrbanismo e Mobilidades
Urbanismo e Mobilidades
scb.carlos
 
Pp actividade integradora_
Pp actividade integradora_Pp actividade integradora_
Pp actividade integradora_
rolando7
 
Agricultura sustentável
Agricultura sustentávelAgricultura sustentável
Agricultura sustentável
Kelwin Souza
 
Mod I moodle
Mod I moodleMod I moodle
Agricultura Sustentável
Agricultura SustentávelAgricultura Sustentável
Agricultura Sustentável
Michele Pó
 
Cartilha agricultura urbana na pratica baixa resolução
Cartilha agricultura urbana na pratica baixa resoluçãoCartilha agricultura urbana na pratica baixa resolução
Cartilha agricultura urbana na pratica baixa resolução
Alexandre Panerai
 
Cartilha colhendo novo_baixa
Cartilha colhendo novo_baixaCartilha colhendo novo_baixa
Cartilha colhendo novo_baixa
Alexandre Panerai
 
Agricultura biológica
Agricultura biológicaAgricultura biológica
Agricultura biológica
Mayjö .
 
Comercio justo
Comercio justoComercio justo
Comercio justo
LOSTHEMP
 

Semelhante a Ruralidade e urbanismo (20)

Apresenta..
Apresenta..Apresenta..
Apresenta..
 
PRÁTICAS AGRÍCOLAS Sustentável
PRÁTICAS AGRÍCOLAS SustentávelPRÁTICAS AGRÍCOLAS Sustentável
PRÁTICAS AGRÍCOLAS Sustentável
 
Agricultura_Orgânica. Slide turma 03 itep
Agricultura_Orgânica. Slide turma 03 itepAgricultura_Orgânica. Slide turma 03 itep
Agricultura_Orgânica. Slide turma 03 itep
 
Agricultura caraterísticas
Agricultura caraterísticasAgricultura caraterísticas
Agricultura caraterísticas
 
Agricultura orgânica
Agricultura orgânicaAgricultura orgânica
Agricultura orgânica
 
Agriculturaorganica
AgriculturaorganicaAgriculturaorganica
Agriculturaorganica
 
Alimentos biológicos
Alimentos biológicosAlimentos biológicos
Alimentos biológicos
 
Alimentos Biológicos
Alimentos BiológicosAlimentos Biológicos
Alimentos Biológicos
 
Projeto Pesquisa TRANSIÇÃO DA AGRICULTURA CONVENCIONAL PARA AGROECOLÓGICA
Projeto  Pesquisa TRANSIÇÃO DA AGRICULTURA CONVENCIONAL PARA AGROECOLÓGICAProjeto  Pesquisa TRANSIÇÃO DA AGRICULTURA CONVENCIONAL PARA AGROECOLÓGICA
Projeto Pesquisa TRANSIÇÃO DA AGRICULTURA CONVENCIONAL PARA AGROECOLÓGICA
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
 
Sustentabilidade em Pequena Escala
Sustentabilidade em Pequena EscalaSustentabilidade em Pequena Escala
Sustentabilidade em Pequena Escala
 
Urbanismo e Mobilidades
Urbanismo e MobilidadesUrbanismo e Mobilidades
Urbanismo e Mobilidades
 
Pp actividade integradora_
Pp actividade integradora_Pp actividade integradora_
Pp actividade integradora_
 
Agricultura sustentável
Agricultura sustentávelAgricultura sustentável
Agricultura sustentável
 
Mod I moodle
Mod I moodleMod I moodle
Mod I moodle
 
Agricultura Sustentável
Agricultura SustentávelAgricultura Sustentável
Agricultura Sustentável
 
Cartilha agricultura urbana na pratica baixa resolução
Cartilha agricultura urbana na pratica baixa resoluçãoCartilha agricultura urbana na pratica baixa resolução
Cartilha agricultura urbana na pratica baixa resolução
 
Cartilha colhendo novo_baixa
Cartilha colhendo novo_baixaCartilha colhendo novo_baixa
Cartilha colhendo novo_baixa
 
Agricultura biológica
Agricultura biológicaAgricultura biológica
Agricultura biológica
 
Comercio justo
Comercio justoComercio justo
Comercio justo
 

Mais de Marina

Apresentação cd
Apresentação cdApresentação cd
Apresentação cd
Marina
 
Powerpoint para cd ok
Powerpoint para cd okPowerpoint para cd ok
Powerpoint para cd ok
Marina
 
Stocks
StocksStocks
Stocks
Marina
 
Stocks
StocksStocks
Stocks
Marina
 
Power point -_contrato_de_compra_e_venda
Power point -_contrato_de_compra_e_vendaPower point -_contrato_de_compra_e_venda
Power point -_contrato_de_compra_e_venda
Marina
 
Contabilização de operações snc - código de contas
Contabilização de operações   snc - código de contasContabilização de operações   snc - código de contas
Contabilização de operações snc - código de contas
Marina
 
Comissão para a igualdade no trabalho e no emprego
Comissão para a igualdade no trabalho e no empregoComissão para a igualdade no trabalho e no emprego
Comissão para a igualdade no trabalho e no emprego
Marina
 
Doenças sexualmente transmissíveis
Doenças sexualmente transmissíveisDoenças sexualmente transmissíveis
Doenças sexualmente transmissíveis
Marina
 

Mais de Marina (8)

Apresentação cd
Apresentação cdApresentação cd
Apresentação cd
 
Powerpoint para cd ok
Powerpoint para cd okPowerpoint para cd ok
Powerpoint para cd ok
 
Stocks
StocksStocks
Stocks
 
Stocks
StocksStocks
Stocks
 
Power point -_contrato_de_compra_e_venda
Power point -_contrato_de_compra_e_vendaPower point -_contrato_de_compra_e_venda
Power point -_contrato_de_compra_e_venda
 
Contabilização de operações snc - código de contas
Contabilização de operações   snc - código de contasContabilização de operações   snc - código de contas
Contabilização de operações snc - código de contas
 
Comissão para a igualdade no trabalho e no emprego
Comissão para a igualdade no trabalho e no empregoComissão para a igualdade no trabalho e no emprego
Comissão para a igualdade no trabalho e no emprego
 
Doenças sexualmente transmissíveis
Doenças sexualmente transmissíveisDoenças sexualmente transmissíveis
Doenças sexualmente transmissíveis
 

Ruralidade e urbanismo

  • 1. Ruralidade e Urbanismo Sociedade, Tecnologia e Ciências. Módulo - Stc6 Formanda – Marina Cunha
  • 2. Nas zonas rurais existe mais natureza,ar puro, rios,lagoas e montanhas.
  • 3. Nas zonas urbanas existe poluição sonora,visual e do ar.
  • 4. O meio rural é algo do passado das nossas cidades. No campo, prevalece a natureza, o ar puro, logo é um ambiente muito mais saudável para nós. Ao contrário, as cidades têm um gigantesco índice de poluição correspondente ao imenso número de tráfego rodoviário e os resíduos industriais.
  • 5. No meio rural, as indústrias funcionam no suporte da agricultura e da produção de gado, as cidades funcionam com indústrias de todo o tipo e espécie, que pudemos descrever como, indústria têxtil, indústria automóvel, indústria informática, e as indústrias que funcionam com a matéria-prima fornecida pelo campo entre outros.
  • 6. As residências do campo são geralmente casas construídas em pedra rústica e com área de campo nas suas aproximações, devido a produção de gado ou á agricultura, nas cidades assiste-se a uma acumulação de população quer em prédios como em urbanizações.
  • 7. As cidades, presenteiam os seus habitantes como todo o tipo funcionalidades como a nível legal, educativo, transportes públicos, espaços de lazer como por exemplo centros comerciais ou parques naturais, este parque logicamente rodeado de habitações.
  • 8. Contudo, os habitantes do campo necessitam de se deslocar ás cidades para usufruir destes serviços de marca social.
  • 9. Um ponto que se deve assinalar é que no campo, derivado á mentalidade da população, os habitantes do campo conhecem-se uns aos outros pelo reduzido número de habitantes o que origina um ambiente de ajuda uns com os outros.
  • 10. Isto é algo que na cidade será completamente impossível visto que é uma roda-viva de pessoas, na cidade os habitantes, criam uma rotina, optam pela cidade para obterem melhor qualidade de vida e melhores oportunidades de emprego, fazendo da sua vida uma verdadeira montanha russa.
  • 11.
  • 12. Nada se poderá comparar aos vegetais vindos directamente da horta, recém colhidos, sem agros tóxicos. A maioria da população urbana que tem algum interesse pela agricultura, não tem espaço para plantar os seus vegetais, pois para além da morarem em apartamentos, estes são cada vez mais pequenos.
  • 13. Profissões relacionadas com a actividade agrícola O vinicultor é o profissional que está encarregue do fabrico de vinho e que sabe de todos os processos para tratar a sua qualidade.
  • 14. O agricultor cultiva a terra, quer com métodos rurais quer com mecanismos. Horticultor é aquele que trabalha o cultivo das hortas, nomeadamente as hortaliças. O floricultor ocupa-se da cultura das plantas com flor por extensão das plantas ornamentais. Fruticultor o profissional que se ocupa do cultivo de arvores frutíferas. Apicultor, é a pessoa que se dedica à criação de abelhas.
  • 15. A evolução de um agricultor Com o passar do tempo os agricultores evoluíram na sua profissão. Com a adesão às medidas agro-ambientais o agricultor não só produz alimentos mais saudáveis mas também beneficia de um serviço de assistência técnica prestado pelas organizações de agricultores reconhecidas, recebendo um apoio financeiro como incentivo ao seu modo de produção. Os materiais usados na elaboração do seu trabalho também evoluíram, auxiliando bastante os trabalhadores.
  • 16. Os floricultores evoluíram muito devido a 92% floricultores possuírem formação profissional. Em 67% das explorações são familiares ou seja, mais de 50% da mão-de-obra é de origem familiar. Cada exploração tem em média 2,4 trabalhadores permanente.
  • 17. A agricultura biológica Abreviando, a agricultura biológica é um sistema agrícola que procura proporcionar a nós consumidores, alimentos frescos, saborosos e autênticos e ao mesmo tempo respeitar o ciclo de vida natural.
  • 18.
  • 19. Este tipo de agricultura utiliza somente químicos naturais, cooperando assim para alimentos mais saudáveis que podemos encontrar em inúmeros pontos de venda.
  • 20. Enquanto consumidores, devemos exigir sempre o melhor para a nossa saúde e para o nosso ambiente. Ao escolhermos alimentos derivados da agricultura biológica estamos a colaborar para a redução da quantidade de agros químicos tóxicos na nossa alimentação e, conjuntamente, para o melhoramento de um modo de produção agrícola mais sustentável.
  • 21. Para poder alcançar o seu objectivo, a agricultura biológica baseia-se em objectivos e princípios, assim como práticas comuns desenvolvidas para diminuir o impacto humano sobre o ambiente e certificar que o sistema agrícola funciona da forma mais natural possível.
  • 22. As práticas tipicamente usadas em agricultura biológica incluem: Rotação de culturas, como um pré-requisito para o uso eficiente dos recursos locais Limites muito restritos ao uso de pesticidas e fertilizantes sintéticos, de antibióticos, aditivos alimentares e auxiliares tecnológicos, e outro tipo de produtos Proibição absoluta do uso de organismos geneticamente modificados Aproveitamento dos recursos locais, tais como o uso do estrume animal como fertilizante ou alimentar os animais com produtos da própria exploração
  • 23. Escolha de espécies vegetais e animais resistentes a doenças e adaptadas às condições locais Criação de animais em liberdade e ao ar livre, fornecendo-lhes alimentos produzidos segundo o modo de produção biológico Utilização de práticas de produção animal apropriadas a cada espécie
  • 24. Conclusão Este trabalho foi interessante pois a agricultura é algo que toca a todos. É importante ter conhecimentos básicos sobre ruralidade e urbanismo. Este é um assunto do qual eu nunca tive curiosidade de pesquisar, mas depois desta pesquisa, sinto que posso abordar estes conteúdos com mais firmeza.