SlideShare uma empresa Scribd logo
Separação Magnética
                         Peneiração
                        Decantação

                        Dissolução Fracionada
       Heterogéneas
                        Filtração

                        Sublimação
MISTURAS
                        Decantação
                                          Simples
           Homogéneas    Destilação
                                          Fracionada
                        Cristalização
Filtração


Filtração é um
processo mecânico
que serve para
separar sólidos de
líquidos.
Filtração a vacúo

Esse processo é utilizado para acelerar filtrações mais demoradas. Consiste
em usar a pressão para forçar a fase líquida da mistura a passar mais
rapidamente pelo papel filtro.
Decantação

  A decantação é o processo no qual as fases se separam devido a uma
  diferença de densidades.


                                               Água e óleo
Ex.: Água barrenta
Decantação

Para acelerar a decantação usa-se a centrifugação. Consiste em girar a
mistura a uma grande velocidade, a parte mais densa deposita-se no fundo
do recipiente e a parte menos densa concentra-se na parte superior.
Dissolução Fracionada

Baseia-se na diferença de solubilidade dos sólidos em um determinado líquido.
Ex: sal e areia. Inicialmente adiciona-se água à mistura, a água dissolve o sal,
em seguida filtra-se a mistura, a areia fica retida no filtro enquanto a solução de
água com sal passa por ele e a água pode ser eliminada por evaporação,
restando o sal pronto para ser utilizado novamente.
Separação Magnética


Separa misturas do tipo sólido-sólido nas quais um dos componentes tem
propriedades magnéticas e é atraído por um ímã. Ex: Ferro e areia.
Sublimação

A sublimação é aplicável quando apenas um dos componentes da mistura
é sublimável. É como se purifica o iodo.
Destilação Simples

Funciona quando, no aquecimento de uma mistura homogênea de um líquido
+ um sólido, apenas o líquido vaporiza. Assim, os vapores atingem a região
fria (condensador), ocorrendo a passagem para o estado líquido. O líquido
purificado é recolhido recebendo o nome de destilado e restará o sólido no
balão de vidro. Ex: água e sal de cozinha.
Destilação Fracionada

A destilação fracionada é o aprimoramento da destilação simples,
normalmente empregada nas refinarias para separar os componentes do
petróleo.
Cristalização


É um processo físico que serve para separar e purificar sólidos. A água do
mar, por exemplo, contém vários sais. Em uma salina, com a evaporação
lenta da água, o sal comum cristaliza-se antes dos outros sais e, assim, é
separado.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Transformações químicas da matéria
Transformações químicas da matériaTransformações químicas da matéria
Transformações químicas da matéria
Layanne Caetano
 
Reprodução Assexuada
Reprodução AssexuadaReprodução Assexuada
Reprodução Assexuada
Catir
 
Transmissão de calor
Transmissão de calorTransmissão de calor
Transmissão de calor
Arthur Carlos de Oliveira
 
Processo de separação de misturas.
Processo de separação de misturas.Processo de separação de misturas.
Processo de separação de misturas.
Polo UAB de Alagoinhas
 
Separação de misturas
Separação de misturasSeparação de misturas
Separação de misturas
Bio Sem Limites
 
Métodos de separação de misturas
Métodos de separação de misturasMétodos de separação de misturas
Métodos de separação de misturas
Karol Maia
 
Ppt rochas.
Ppt rochas.Ppt rochas.
Ppt rochas.
ZigFraGz
 
Separação de misturas
Separação de misturasSeparação de misturas
Separação de misturas
Isadora Girio
 
11 evolucionismo
11  evolucionismo11  evolucionismo
11 evolucionismo
margaridabt
 
Tranformações fisicas e quimicas
Tranformações fisicas e quimicasTranformações fisicas e quimicas
Tranformações fisicas e quimicas
Isadora Girio
 
Processos de separação misturas (1) quimica gabi
Processos de separação misturas (1) quimica gabiProcessos de separação misturas (1) quimica gabi
Processos de separação misturas (1) quimica gabi
prenoiteaprovado
 
Ondas 9° ano cec
Ondas 9° ano cecOndas 9° ano cec
Ondas 9° ano cec
Sergio Madureira
 
Processos de separação de misturas
Processos de separação de misturasProcessos de separação de misturas
Processos de separação de misturas
Rafael Vieira de Araújo
 
X - ROCHAS SEDIMENTARES
X - ROCHAS SEDIMENTARESX - ROCHAS SEDIMENTARES
X - ROCHAS SEDIMENTARES
Sandra Nascimento
 
3. separação de misturas
3. separação de misturas3. separação de misturas
3. separação de misturas
Rebeca Vale
 
Tabela Periódica - 9º ano
Tabela Periódica - 9º anoTabela Periódica - 9º ano
Tabela Periódica - 9º ano
7 de Setembro
 
Misturas 6º ano
Misturas 6º anoMisturas 6º ano
Misturas 6º ano
Cinthia Arelari
 
Química trabalho sobre separação de misturas
Química  trabalho sobre separação de misturasQuímica  trabalho sobre separação de misturas
Química trabalho sobre separação de misturas
ytamara_g22
 
Obtenção de matéria seres heterotróficos
Obtenção de matéria   seres heterotróficosObtenção de matéria   seres heterotróficos
Obtenção de matéria seres heterotróficos
Isabel Lopes
 
9º ano - 1ºbimestre - Fenômenos físicos e químicos
9º ano - 1ºbimestre - Fenômenos físicos e químicos9º ano - 1ºbimestre - Fenômenos físicos e químicos
9º ano - 1ºbimestre - Fenômenos físicos e químicos
Carolina Suisso
 

Mais procurados (20)

Transformações químicas da matéria
Transformações químicas da matériaTransformações químicas da matéria
Transformações químicas da matéria
 
Reprodução Assexuada
Reprodução AssexuadaReprodução Assexuada
Reprodução Assexuada
 
Transmissão de calor
Transmissão de calorTransmissão de calor
Transmissão de calor
 
Processo de separação de misturas.
Processo de separação de misturas.Processo de separação de misturas.
Processo de separação de misturas.
 
Separação de misturas
Separação de misturasSeparação de misturas
Separação de misturas
 
Métodos de separação de misturas
Métodos de separação de misturasMétodos de separação de misturas
Métodos de separação de misturas
 
Ppt rochas.
Ppt rochas.Ppt rochas.
Ppt rochas.
 
Separação de misturas
Separação de misturasSeparação de misturas
Separação de misturas
 
11 evolucionismo
11  evolucionismo11  evolucionismo
11 evolucionismo
 
Tranformações fisicas e quimicas
Tranformações fisicas e quimicasTranformações fisicas e quimicas
Tranformações fisicas e quimicas
 
Processos de separação misturas (1) quimica gabi
Processos de separação misturas (1) quimica gabiProcessos de separação misturas (1) quimica gabi
Processos de separação misturas (1) quimica gabi
 
Ondas 9° ano cec
Ondas 9° ano cecOndas 9° ano cec
Ondas 9° ano cec
 
Processos de separação de misturas
Processos de separação de misturasProcessos de separação de misturas
Processos de separação de misturas
 
X - ROCHAS SEDIMENTARES
X - ROCHAS SEDIMENTARESX - ROCHAS SEDIMENTARES
X - ROCHAS SEDIMENTARES
 
3. separação de misturas
3. separação de misturas3. separação de misturas
3. separação de misturas
 
Tabela Periódica - 9º ano
Tabela Periódica - 9º anoTabela Periódica - 9º ano
Tabela Periódica - 9º ano
 
Misturas 6º ano
Misturas 6º anoMisturas 6º ano
Misturas 6º ano
 
Química trabalho sobre separação de misturas
Química  trabalho sobre separação de misturasQuímica  trabalho sobre separação de misturas
Química trabalho sobre separação de misturas
 
Obtenção de matéria seres heterotróficos
Obtenção de matéria   seres heterotróficosObtenção de matéria   seres heterotróficos
Obtenção de matéria seres heterotróficos
 
9º ano - 1ºbimestre - Fenômenos físicos e químicos
9º ano - 1ºbimestre - Fenômenos físicos e químicos9º ano - 1ºbimestre - Fenômenos físicos e químicos
9º ano - 1ºbimestre - Fenômenos físicos e químicos
 

Semelhante a Tecnicas separação misturas

Tecnicas separação misturas
Tecnicas separação misturasTecnicas separação misturas
Tecnicas separação misturas
cbaratinha
 
Separação de Misturas
Separação de MisturasSeparação de Misturas
Separação de Misturas
lilliancosta
 
Separação de Misturas
Separação de MisturasSeparação de Misturas
Separação de Misturas
Escola Modelo de Iguatu
 
Separação de Misturas
Separação de MisturasSeparação de Misturas
Separação de Misturas
IsabellyViana
 
1º ano separação de misturas 2013 - coc franca
1º ano   separação de misturas 2013 - coc franca1º ano   separação de misturas 2013 - coc franca
1º ano separação de misturas 2013 - coc franca
José Marcelo Cangemi
 
SEPARAÇÃO DE MISTURAS.pdf
SEPARAÇÃO DE MISTURAS.pdfSEPARAÇÃO DE MISTURAS.pdf
SEPARAÇÃO DE MISTURAS.pdf
EMEBNossaSenhoradoPe
 
Separação de misturas
Separação de misturasSeparação de misturas
Separação de misturas
charleslucas
 
Quimica Inorganica
Quimica InorganicaQuimica Inorganica
Quimica Inorganica
rafaelasilva227
 
Apresentação Separação de Misturas
Apresentação  Separação de MisturasApresentação  Separação de Misturas
Apresentação Separação de Misturas
MariaDahiana
 
Pp quimica 10 08_12
Pp quimica 10 08_12Pp quimica 10 08_12
Pp quimica 10 08_12
samuelrgrg
 
AULA 2 - SEPARAÇÃO DE MISTURAS - 7º ANO.pptx
AULA 2 - SEPARAÇÃO DE MISTURAS - 7º ANO.pptxAULA 2 - SEPARAÇÃO DE MISTURAS - 7º ANO.pptx
AULA 2 - SEPARAÇÃO DE MISTURAS - 7º ANO.pptx
Sabrina Martins
 
Apresentação mistura s
Apresentação mistura sApresentação mistura s
Apresentação mistura s
Marla Förster
 
Apresentação mistura
Apresentação misturaApresentação mistura
Apresentação mistura
marlaforster
 
2016 química - separação de misturas (3)
2016   química - separação de misturas (3)2016   química - separação de misturas (3)
2016 química - separação de misturas (3)
cezaoo
 
Técnicas de Separação de Componentes de Misturas
Técnicas de Separação de Componentes de MisturasTécnicas de Separação de Componentes de Misturas
Técnicas de Separação de Componentes de Misturas
crisnetocosta
 
Separação misturas
Separação misturasSeparação misturas
Separação misturas
crisnetocosta
 
Separação de misturas
Separação de misturasSeparação de misturas
Separação de misturas
Carlos Brito
 
Separação de misturas
Separação de misturasSeparação de misturas
Separação de misturas
LEANDRA2
 
Separação de misturas 2012
Separação de misturas 2012   Separação de misturas 2012
Separação de misturas 2012
José Marcelo Cangemi
 
aula 1 separação de misturas.pptx
aula 1 separação de misturas.pptxaula 1 separação de misturas.pptx
aula 1 separação de misturas.pptx
AlanaBrito11
 

Semelhante a Tecnicas separação misturas (20)

Tecnicas separação misturas
Tecnicas separação misturasTecnicas separação misturas
Tecnicas separação misturas
 
Separação de Misturas
Separação de MisturasSeparação de Misturas
Separação de Misturas
 
Separação de Misturas
Separação de MisturasSeparação de Misturas
Separação de Misturas
 
Separação de Misturas
Separação de MisturasSeparação de Misturas
Separação de Misturas
 
1º ano separação de misturas 2013 - coc franca
1º ano   separação de misturas 2013 - coc franca1º ano   separação de misturas 2013 - coc franca
1º ano separação de misturas 2013 - coc franca
 
SEPARAÇÃO DE MISTURAS.pdf
SEPARAÇÃO DE MISTURAS.pdfSEPARAÇÃO DE MISTURAS.pdf
SEPARAÇÃO DE MISTURAS.pdf
 
Separação de misturas
Separação de misturasSeparação de misturas
Separação de misturas
 
Quimica Inorganica
Quimica InorganicaQuimica Inorganica
Quimica Inorganica
 
Apresentação Separação de Misturas
Apresentação  Separação de MisturasApresentação  Separação de Misturas
Apresentação Separação de Misturas
 
Pp quimica 10 08_12
Pp quimica 10 08_12Pp quimica 10 08_12
Pp quimica 10 08_12
 
AULA 2 - SEPARAÇÃO DE MISTURAS - 7º ANO.pptx
AULA 2 - SEPARAÇÃO DE MISTURAS - 7º ANO.pptxAULA 2 - SEPARAÇÃO DE MISTURAS - 7º ANO.pptx
AULA 2 - SEPARAÇÃO DE MISTURAS - 7º ANO.pptx
 
Apresentação mistura s
Apresentação mistura sApresentação mistura s
Apresentação mistura s
 
Apresentação mistura
Apresentação misturaApresentação mistura
Apresentação mistura
 
2016 química - separação de misturas (3)
2016   química - separação de misturas (3)2016   química - separação de misturas (3)
2016 química - separação de misturas (3)
 
Técnicas de Separação de Componentes de Misturas
Técnicas de Separação de Componentes de MisturasTécnicas de Separação de Componentes de Misturas
Técnicas de Separação de Componentes de Misturas
 
Separação misturas
Separação misturasSeparação misturas
Separação misturas
 
Separação de misturas
Separação de misturasSeparação de misturas
Separação de misturas
 
Separação de misturas
Separação de misturasSeparação de misturas
Separação de misturas
 
Separação de misturas 2012
Separação de misturas 2012   Separação de misturas 2012
Separação de misturas 2012
 
aula 1 separação de misturas.pptx
aula 1 separação de misturas.pptxaula 1 separação de misturas.pptx
aula 1 separação de misturas.pptx
 

Último

Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
soaresdesouzaamanda8
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
Suzy De Abreu Santana
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 

Último (20)

Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 

Tecnicas separação misturas

  • 1.
  • 2. Separação Magnética Peneiração Decantação Dissolução Fracionada Heterogéneas Filtração Sublimação MISTURAS Decantação Simples Homogéneas Destilação Fracionada Cristalização
  • 3. Filtração Filtração é um processo mecânico que serve para separar sólidos de líquidos.
  • 4. Filtração a vacúo Esse processo é utilizado para acelerar filtrações mais demoradas. Consiste em usar a pressão para forçar a fase líquida da mistura a passar mais rapidamente pelo papel filtro.
  • 5. Decantação A decantação é o processo no qual as fases se separam devido a uma diferença de densidades. Água e óleo Ex.: Água barrenta
  • 6. Decantação Para acelerar a decantação usa-se a centrifugação. Consiste em girar a mistura a uma grande velocidade, a parte mais densa deposita-se no fundo do recipiente e a parte menos densa concentra-se na parte superior.
  • 7. Dissolução Fracionada Baseia-se na diferença de solubilidade dos sólidos em um determinado líquido. Ex: sal e areia. Inicialmente adiciona-se água à mistura, a água dissolve o sal, em seguida filtra-se a mistura, a areia fica retida no filtro enquanto a solução de água com sal passa por ele e a água pode ser eliminada por evaporação, restando o sal pronto para ser utilizado novamente.
  • 8. Separação Magnética Separa misturas do tipo sólido-sólido nas quais um dos componentes tem propriedades magnéticas e é atraído por um ímã. Ex: Ferro e areia.
  • 9. Sublimação A sublimação é aplicável quando apenas um dos componentes da mistura é sublimável. É como se purifica o iodo.
  • 10. Destilação Simples Funciona quando, no aquecimento de uma mistura homogênea de um líquido + um sólido, apenas o líquido vaporiza. Assim, os vapores atingem a região fria (condensador), ocorrendo a passagem para o estado líquido. O líquido purificado é recolhido recebendo o nome de destilado e restará o sólido no balão de vidro. Ex: água e sal de cozinha.
  • 11. Destilação Fracionada A destilação fracionada é o aprimoramento da destilação simples, normalmente empregada nas refinarias para separar os componentes do petróleo.
  • 12. Cristalização É um processo físico que serve para separar e purificar sólidos. A água do mar, por exemplo, contém vários sais. Em uma salina, com a evaporação lenta da água, o sal comum cristaliza-se antes dos outros sais e, assim, é separado.