SlideShare uma empresa Scribd logo
Escola Municipal Profº. Wilson
Taveira Rosalino
Professor: Elaine
Alunos: Alessandra, Beatriz,
Camila, Jessica, Jhonatan
Fiqueredo.
Serie: 8º Turma: B
Turno: Matutino
• O Sistema Digestivo é formado pelo tubo
digestivo e suas glândulas anexas, e tem
como função retirar dos alimentos ingeridos
os nutriente necessários para o
desenvolvimento e a manutenção do
organismo. Isto é , o tubo digestivo tem a
função de transformar alimento em nutrientes e
absorvê-lo ,mantendo , ao mesmo tempo, uma
barreira entre o meio interno e o meio externo
do organismo .
O sistema digestório humano é formado por
um longo tubo musculoso, ao qual estão
associados órgãos e glândulas que
participam da digestão. Apresenta as
seguintes regiões: boca, faringe, esôfago,
estômago, intestino delgado, intestino grosso e
ânus. A parede do tubo digestivo, do esôfago ao
intestino, é formada por quatro camadas:
mucosa, submucosa, muscular e adventícia.
Como mostra na imagem
•
A maioria dos mamíferos mastiga o alimento antes
desse atravessar a faringe. Tal ato permite sua
diminuição, umidificação e, em alguns casos, o
contato com enzimas digestivas presentes
na saliva(amilase e ptialina), que são responsáveis
pela transformação de glicogênio e amido em
maltose. Nessa fase da digestão, a língua tem um
importante papel: além de auxiliar na diminuição e
diluição do alimento, permite a captura de sabores,
estimulando a produção de saliva. Os sais presentes
nesta última neutralizam a possível acidez do alimento.
• A faringe, situada no final da cavidade bucal, é
um canal comum aos sistemas digestório e
respiratório: por ela passam o alimento, que
se dirige ao esôfago, e o ar, que se dirige à
laringe.
• O esôfago, canal que liga a faringe ao
estômago, localiza-se entre os pulmões, atrás
do coração, e atravessa o músculo
diafragma, que separa o tórax do abdômen.
O bolo alimentar leva de 5 a 10 segundos para
percorre-lo.
• No estômago, o suco gástrico – rico em ácido
clorídrico, pepsina, lípase e renina – fragmenta e
desnatura proteínas do bolo alimentar, atua sobre
alguns lipídios, favorece a absorção de cálcio e
ferro, e mata bactérias. Este órgão, delimitado pelo
esfíncter da cárdia, entre ele e o esôfago; e pelo
esfíncter pilórico, entre o intestino, permite que o bolo
fique retido ali, sem que ocorram refluxos. Durante,
aproximadamente, três horas, água e sais minerais são
absorvidos nesta cavidade. O restante, agora
denominado “quimo”, segue para o intestino delgado.
•

•

O intestino delgado é um tubo com pouco mais de 6 m de
comprimento por 4cm de diâmetro e pode ser dividido em
três regiões:duodeno (cerca de 25 cm), jejuno (cerca de 5 m)
e íleo (cerca de 1,5 cm).
A porção superior ou duodeno tem a forma de ferradura e
compreende o piloro, esfíncter muscular da parte inferior do
estômago pela qual este esvazia seu conteúdo no intestino.
A digestão do quimo ocorre predominantemente no duodeno e nas
primeiras porções do jejuno. No duodeno atua também o suco
pancreático, produzido pelo pâncreas, que contêm diversas
enzimas digestivas. Outra secreção que atua no duodeno é a bile,
produzida no fígado e armazenada na vesícula biliar. O pH da bile
oscila entre 8,0 e 8,5. Os sais biliares têm ação detergente,
emulsificando ou emulsionando as gorduras (fragmentando suas
gotas em milhares de microgotículas).
O suco pancreático, produzido pelo
pâncreas, contém água, enzimas e grandes
quantidades de bicarbonato de sódio. O pH
do suco pancreático oscila entre 8,5 e 9.
Sua secreção digestiva é responsável pela
hidrólise da maioria das moléculas de alimento,
como carboidratos, proteínas, gorduras e
ácidos nucléicos.
A amilase pancreática fragmenta o amido em
moléculas de maltose; a lípase pancreática
hidrolisa as moléculas de um tipo de gordura –
os triacilgliceróis, originando glicerol e álcool;
as nucleases atuam sobre os ácidos nucléicos,
separando seus nucleotídeos.
O suco pancreático contém ainda o
tripsinogênio e o quimiotripsinogênio,
formas inativas em que são secretadas as
enzimas proteolíticas tripsina e
quimiotripsina. Sendo produzidas na forma
inativa, as proteases não digerem suas
células secretoras. Na luz do duodeno, o
tripsinogênio entra em contato com a
enteroquinase, enzima secretada pelas células
da mucosa intestinal, convertendo-se me
tripsina, que por sua vez contribui para a
conversão do precursor inativo
quimiotripsinogênio em quimiotripsina, enzima
ativa.
• É o local de absorção
de água, tanto a
ingerida quanto a das
secreções digestivas.
Uma pessoa bebe cerca
de 1,5 litros de líquidos
por dia, que se une a 8
ou 9 litros de água das
secreções. Glândulas
da mucosa do intestino
grosso secretam muco,
que lubrifica as fezes,
facilitando seu trânsito
e eliminação pelo ânus.
•

O pâncreas é uma glândula
mista, de mais ou menos 15 cm
de comprimento e de formato
triangular, localizada
transversalmente sobre a
parede posterior do abdome, na
alça formada pelo duodeno, sob
o estômago. O pâncreas é
formado por uma cabeça que se
encaixa no quadro duodenal, de
um corpo e de uma cauda afilada.
A secreção externa dele é dirigida
para o duodeno pelos canais de
Wirsung e de Santorini. O canal
de Wirsung desemboca ao lado
do canal colédoco na ampola de
Vater. O pâncreas comporta dois
órgãos estreitamente imbricados:
pâncreas exócrino e o endócrino.
• É o maior órgão interno, e é ainda um
dos mais importantes. É a mais
volumosa de todas as vísceras, pesa
cerca de 1,5 kg no homem adulto, e na
mulher adulta entre 1,2 e 1,4 kg. Tem
cor arroxeada, superfície lisa e
recoberta por uma cápsula própria.
Está situado no quadrante superior
direito da cavidade abdominal.
A última e menor parte do intestino grosso é o reto,
responsável por acumular as fezes, até que o ânus
as libere, finalizando o processo da digestão.
Durante todo esse processo, o muco é secretado
pela mucosa do intestino para facilitar o percurso das
fezes até sua eliminação. A última e menor parte do
intestino grosso é o reto, responsável por acumular as
fezes, até que o ânus as libere, finalizando o processo
da digestão. Durante todo esse processo, o muco é
secretado pela mucosa do intestino para facilitar o
percurso das fezes até sua eliminação.
O aparelho digestivo ou digestório ou ainda sistema
digestório é o sistema que, nos humanos, é
responsável por obter dos alimentos ingeridos os
nutrientes necessários às diferentes funções do
organismo, como crescimento, energia para
reprodução, locomoção, etc. É composto por um
conjunto de órgãos que têm por função a realização
da digestão. Sistema Digestório é constituído pelo
tubo digestivo e suas glândulas anexas, sua função
é retirar os nutrientes indispensáveis dos alimentos
ingeridos, para o desenvolvimento e manutenção do
organismo.
• http://www.brasilescola.com
• http://www.aticaeducacional.com.br
• http://pt.wikipedia.org/wiki/Aparelho_digestivo
ELABORAÇÃO DO TRABALHO
• ESSE FOI UM TRABALHO ELABORADO
POR OS ALUNOS DO 8 ANO B QUE
SÃO ELES
ALESSANDRA,BEATRIZ,KAMILA,JESSI
CA,JHONATAN FIQUEREDO.COMO O
TEMA DADO SISTEMA DIGESTORIO.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Fisiologia - Sistema Digestorio
Fisiologia - Sistema DigestorioFisiologia - Sistema Digestorio
Fisiologia - Sistema Digestorio
Pedro Miguel
 
Caderno De ExercíCios
Caderno De ExercíCiosCaderno De ExercíCios
Caderno De ExercíCios
luisnisa
 
Sistema digestivo
Sistema digestivoSistema digestivo
Sistema digestivo
Leonardo Alves
 
Aula 08 e 09
Aula 08 e 09Aula 08 e 09
Aula 08 e 09
eeep
 
Sistema digestivo
Sistema digestivoSistema digestivo
Sistema digestivo
Tanara1
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
Rosana Arruda
 
Aula Fisiologia_Sistema Digestório
Aula Fisiologia_Sistema DigestórioAula Fisiologia_Sistema Digestório
Aula Fisiologia_Sistema Digestório
edu.biologia
 
Sistema digestorio
Sistema digestorioSistema digestorio
Sistema digestorio
Prof. Saulo Bezerra
 
SIstema Digestório
SIstema DigestórioSIstema Digestório
SIstema Digestório
Sueli Menezes
 
Fisiologia do sistema digestório
Fisiologia do sistema digestórioFisiologia do sistema digestório
Fisiologia do sistema digestório
LIVROS PSI
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
César Milani
 
Sistema digestório UCSAL
Sistema digestório UCSALSistema digestório UCSAL
Sistema digestório UCSAL
Ana Caroline
 
Resumo digestão dos alimentos
Resumo digestão dos alimentosResumo digestão dos alimentos
Resumo digestão dos alimentos
Cláudia Moura
 
Sistema digestorio
Sistema digestorioSistema digestorio
Sistema digestorio
Estude Mais
 
Como Funciona o processo de digestão dos Alimentos
Como Funciona o processo de digestão dos AlimentosComo Funciona o processo de digestão dos Alimentos
Como Funciona o processo de digestão dos Alimentos
Tookmed
 
Sistema digestorio
Sistema digestorioSistema digestorio
Sistema digestorio
Thainá Carvalho
 
07. sistema digestivo
07. sistema digestivo07. sistema digestivo
07. sistema digestivo
Deolinda Silva
 
Sistema digestório-08-2017
Sistema digestório-08-2017Sistema digestório-08-2017
Sistema digestório-08-2017
José Alexandre de Olim Câmara
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
Carolina Suisso
 
Sistema digestorio
Sistema digestorioSistema digestorio
Sistema digestorio
FERNANDA PAULA BONCOSKI
 

Mais procurados (20)

Fisiologia - Sistema Digestorio
Fisiologia - Sistema DigestorioFisiologia - Sistema Digestorio
Fisiologia - Sistema Digestorio
 
Caderno De ExercíCios
Caderno De ExercíCiosCaderno De ExercíCios
Caderno De ExercíCios
 
Sistema digestivo
Sistema digestivoSistema digestivo
Sistema digestivo
 
Aula 08 e 09
Aula 08 e 09Aula 08 e 09
Aula 08 e 09
 
Sistema digestivo
Sistema digestivoSistema digestivo
Sistema digestivo
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
 
Aula Fisiologia_Sistema Digestório
Aula Fisiologia_Sistema DigestórioAula Fisiologia_Sistema Digestório
Aula Fisiologia_Sistema Digestório
 
Sistema digestorio
Sistema digestorioSistema digestorio
Sistema digestorio
 
SIstema Digestório
SIstema DigestórioSIstema Digestório
SIstema Digestório
 
Fisiologia do sistema digestório
Fisiologia do sistema digestórioFisiologia do sistema digestório
Fisiologia do sistema digestório
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
 
Sistema digestório UCSAL
Sistema digestório UCSALSistema digestório UCSAL
Sistema digestório UCSAL
 
Resumo digestão dos alimentos
Resumo digestão dos alimentosResumo digestão dos alimentos
Resumo digestão dos alimentos
 
Sistema digestorio
Sistema digestorioSistema digestorio
Sistema digestorio
 
Como Funciona o processo de digestão dos Alimentos
Como Funciona o processo de digestão dos AlimentosComo Funciona o processo de digestão dos Alimentos
Como Funciona o processo de digestão dos Alimentos
 
Sistema digestorio
Sistema digestorioSistema digestorio
Sistema digestorio
 
07. sistema digestivo
07. sistema digestivo07. sistema digestivo
07. sistema digestivo
 
Sistema digestório-08-2017
Sistema digestório-08-2017Sistema digestório-08-2017
Sistema digestório-08-2017
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
 
Sistema digestorio
Sistema digestorioSistema digestorio
Sistema digestorio
 

Semelhante a Sistema digestorio alessandra

Aula 2.sistema digestório
Aula 2.sistema digestórioAula 2.sistema digestório
Aula 2.sistema digestório
Alpha Colégio e Vestibulares
 
Aula 2.sistema digestório
Aula 2.sistema digestórioAula 2.sistema digestório
Aula 2.sistema digestório
Alpha Colégio e Vestibulares
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
parambu
 
nutrição parte 2.pdf
nutrição parte 2.pdfnutrição parte 2.pdf
nutrição parte 2.pdf
FabianaAlessandro2
 
Nutrição
NutriçãoNutrição
Nutrição
nathy56
 
Sistema digestório.pdf aula para o oitavo ano
Sistema digestório.pdf aula para o oitavo anoSistema digestório.pdf aula para o oitavo ano
Sistema digestório.pdf aula para o oitavo ano
ThiagoAlmeida458596
 
Seminário fisiologia
Seminário fisiologiaSeminário fisiologia
Seminário fisiologia
Franciele Cristina
 
UFCD - 6567- Noções Gerais sobre Sistema Gastrointestinal, Urinário e Genito-...
UFCD - 6567- Noções Gerais sobre Sistema Gastrointestinal, Urinário e Genito-...UFCD - 6567- Noções Gerais sobre Sistema Gastrointestinal, Urinário e Genito-...
UFCD - 6567- Noções Gerais sobre Sistema Gastrointestinal, Urinário e Genito-...
Nome Sobrenome
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
wagneripo
 
8 ano sistema digestório
8 ano sistema digestório8 ano sistema digestório
8 ano sistema digestório
crisbassanimedeiros
 
FISIOLOGIA E DIGESTÃO HUMANA .pptx
FISIOLOGIA E DIGESTÃO HUMANA .pptxFISIOLOGIA E DIGESTÃO HUMANA .pptx
FISIOLOGIA E DIGESTÃO HUMANA .pptx
RonaldoAlves313237
 
Sistema digestório endocrino e renal
Sistema digestório endocrino e renalSistema digestório endocrino e renal
Sistema digestório endocrino e renal
ENFERMAGEMUNIS
 
Sistema Digestivo
Sistema DigestivoSistema Digestivo
Sitema Digestório aula anatomia humana ok
Sitema Digestório aula anatomia humana okSitema Digestório aula anatomia humana ok
Sitema Digestório aula anatomia humana ok
ThalitaMoraes12
 
Sistema digestório.pptx
Sistema digestório.pptxSistema digestório.pptx
Sistema digestório.pptx
Werner Mendoza Blanco
 
Sistema digestivo
Sistema digestivoSistema digestivo
Sistema digestivo
Ana Luis Simoes Sousa
 
O Sistema Digestório
O Sistema DigestórioO Sistema Digestório
O Sistema Digestório
LdFlor
 
Sistema digestório - Anatomia.
Sistema digestório - Anatomia. Sistema digestório - Anatomia.
Sistema digestório - Anatomia.
MARAILZA LIMA
 
Sistema digestivo[1]
Sistema digestivo[1]Sistema digestivo[1]
Sistema digestivo[1]
Eunice Palma
 
Biologia s. digestivo
Biologia s. digestivoBiologia s. digestivo
Biologia s. digestivo
Alini Maia
 

Semelhante a Sistema digestorio alessandra (20)

Aula 2.sistema digestório
Aula 2.sistema digestórioAula 2.sistema digestório
Aula 2.sistema digestório
 
Aula 2.sistema digestório
Aula 2.sistema digestórioAula 2.sistema digestório
Aula 2.sistema digestório
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
 
nutrição parte 2.pdf
nutrição parte 2.pdfnutrição parte 2.pdf
nutrição parte 2.pdf
 
Nutrição
NutriçãoNutrição
Nutrição
 
Sistema digestório.pdf aula para o oitavo ano
Sistema digestório.pdf aula para o oitavo anoSistema digestório.pdf aula para o oitavo ano
Sistema digestório.pdf aula para o oitavo ano
 
Seminário fisiologia
Seminário fisiologiaSeminário fisiologia
Seminário fisiologia
 
UFCD - 6567- Noções Gerais sobre Sistema Gastrointestinal, Urinário e Genito-...
UFCD - 6567- Noções Gerais sobre Sistema Gastrointestinal, Urinário e Genito-...UFCD - 6567- Noções Gerais sobre Sistema Gastrointestinal, Urinário e Genito-...
UFCD - 6567- Noções Gerais sobre Sistema Gastrointestinal, Urinário e Genito-...
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
 
8 ano sistema digestório
8 ano sistema digestório8 ano sistema digestório
8 ano sistema digestório
 
FISIOLOGIA E DIGESTÃO HUMANA .pptx
FISIOLOGIA E DIGESTÃO HUMANA .pptxFISIOLOGIA E DIGESTÃO HUMANA .pptx
FISIOLOGIA E DIGESTÃO HUMANA .pptx
 
Sistema digestório endocrino e renal
Sistema digestório endocrino e renalSistema digestório endocrino e renal
Sistema digestório endocrino e renal
 
Sistema Digestivo
Sistema DigestivoSistema Digestivo
Sistema Digestivo
 
Sitema Digestório aula anatomia humana ok
Sitema Digestório aula anatomia humana okSitema Digestório aula anatomia humana ok
Sitema Digestório aula anatomia humana ok
 
Sistema digestório.pptx
Sistema digestório.pptxSistema digestório.pptx
Sistema digestório.pptx
 
Sistema digestivo
Sistema digestivoSistema digestivo
Sistema digestivo
 
O Sistema Digestório
O Sistema DigestórioO Sistema Digestório
O Sistema Digestório
 
Sistema digestório - Anatomia.
Sistema digestório - Anatomia. Sistema digestório - Anatomia.
Sistema digestório - Anatomia.
 
Sistema digestivo[1]
Sistema digestivo[1]Sistema digestivo[1]
Sistema digestivo[1]
 
Biologia s. digestivo
Biologia s. digestivoBiologia s. digestivo
Biologia s. digestivo
 

Mais de leilafermino

Webfólio
WebfólioWebfólio
Webfólio
leilafermino
 
Centenário vinicius
Centenário viniciusCentenário vinicius
Centenário vinicius
leilafermino
 
Projeto sala de informática
Projeto sala de informáticaProjeto sala de informática
Projeto sala de informática
leilafermino
 
Atividadematematica
AtividadematematicaAtividadematematica
Atividadematematica
leilafermino
 
Historia
HistoriaHistoria
Historia
leilafermino
 
Drogas prevenção
Drogas prevençãoDrogas prevenção
Drogas prevenção
leilafermino
 
Drogas2 prevenção
Drogas2 prevençãoDrogas2 prevenção
Drogas2 prevenção
leilafermino
 
Bruno alyson , kelson carlos 7°a
Bruno alyson , kelson carlos 7°aBruno alyson , kelson carlos 7°a
Bruno alyson , kelson carlos 7°a
leilafermino
 
Volume do prisma atividade linux
Volume do prisma atividade linuxVolume do prisma atividade linux
Volume do prisma atividade linux
leilafermino
 
7º ano. atividade micróbios.2012
7º ano. atividade micróbios.20127º ano. atividade micróbios.2012
7º ano. atividade micróbios.2012
leilafermino
 
Aula de ingles jogos
Aula de ingles jogosAula de ingles jogos
Aula de ingles jogos
leilafermino
 
7º ano informatica i
7º ano informatica i7º ano informatica i
7º ano informatica i
leilafermino
 
Propostadetrabalhocomosalunos 120930102848-phpapp01
Propostadetrabalhocomosalunos 120930102848-phpapp01Propostadetrabalhocomosalunos 120930102848-phpapp01
Propostadetrabalhocomosalunos 120930102848-phpapp01
leilafermino
 
Pesquisa
PesquisaPesquisa
Pesquisa
leilafermino
 
Aula de informatica 6 ano - 27.08.12
Aula de informatica   6 ano - 27.08.12Aula de informatica   6 ano - 27.08.12
Aula de informatica 6 ano - 27.08.12
leilafermino
 
Operações
OperaçõesOperações
Operações
leilafermino
 
Propostadetrabalhocomosalunos 120930102848-phpapp01
Propostadetrabalhocomosalunos 120930102848-phpapp01Propostadetrabalhocomosalunos 120930102848-phpapp01
Propostadetrabalhocomosalunos 120930102848-phpapp01
leilafermino
 

Mais de leilafermino (20)

Webfólio
WebfólioWebfólio
Webfólio
 
Sacola de leitura
Sacola de leituraSacola de leitura
Sacola de leitura
 
Trânsito
TrânsitoTrânsito
Trânsito
 
Centenário vinicius
Centenário viniciusCentenário vinicius
Centenário vinicius
 
Fotos1
Fotos1Fotos1
Fotos1
 
Projeto sala de informática
Projeto sala de informáticaProjeto sala de informática
Projeto sala de informática
 
Atividadematematica
AtividadematematicaAtividadematematica
Atividadematematica
 
Historia
HistoriaHistoria
Historia
 
Drogas prevenção
Drogas prevençãoDrogas prevenção
Drogas prevenção
 
Drogas2 prevenção
Drogas2 prevençãoDrogas2 prevenção
Drogas2 prevenção
 
Bruno alyson , kelson carlos 7°a
Bruno alyson , kelson carlos 7°aBruno alyson , kelson carlos 7°a
Bruno alyson , kelson carlos 7°a
 
Volume do prisma atividade linux
Volume do prisma atividade linuxVolume do prisma atividade linux
Volume do prisma atividade linux
 
7º ano. atividade micróbios.2012
7º ano. atividade micróbios.20127º ano. atividade micróbios.2012
7º ano. atividade micróbios.2012
 
Aula de ingles jogos
Aula de ingles jogosAula de ingles jogos
Aula de ingles jogos
 
7º ano informatica i
7º ano informatica i7º ano informatica i
7º ano informatica i
 
Propostadetrabalhocomosalunos 120930102848-phpapp01
Propostadetrabalhocomosalunos 120930102848-phpapp01Propostadetrabalhocomosalunos 120930102848-phpapp01
Propostadetrabalhocomosalunos 120930102848-phpapp01
 
Pesquisa
PesquisaPesquisa
Pesquisa
 
Aula de informatica 6 ano - 27.08.12
Aula de informatica   6 ano - 27.08.12Aula de informatica   6 ano - 27.08.12
Aula de informatica 6 ano - 27.08.12
 
Operações
OperaçõesOperações
Operações
 
Propostadetrabalhocomosalunos 120930102848-phpapp01
Propostadetrabalhocomosalunos 120930102848-phpapp01Propostadetrabalhocomosalunos 120930102848-phpapp01
Propostadetrabalhocomosalunos 120930102848-phpapp01
 

Último

Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
PatriciaZanoli
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 

Sistema digestorio alessandra

  • 1. Escola Municipal Profº. Wilson Taveira Rosalino Professor: Elaine Alunos: Alessandra, Beatriz, Camila, Jessica, Jhonatan Fiqueredo. Serie: 8º Turma: B Turno: Matutino
  • 2.
  • 3. • O Sistema Digestivo é formado pelo tubo digestivo e suas glândulas anexas, e tem como função retirar dos alimentos ingeridos os nutriente necessários para o desenvolvimento e a manutenção do organismo. Isto é , o tubo digestivo tem a função de transformar alimento em nutrientes e absorvê-lo ,mantendo , ao mesmo tempo, uma barreira entre o meio interno e o meio externo do organismo .
  • 4. O sistema digestório humano é formado por um longo tubo musculoso, ao qual estão associados órgãos e glândulas que participam da digestão. Apresenta as seguintes regiões: boca, faringe, esôfago, estômago, intestino delgado, intestino grosso e ânus. A parede do tubo digestivo, do esôfago ao intestino, é formada por quatro camadas: mucosa, submucosa, muscular e adventícia.
  • 5. Como mostra na imagem
  • 6. • A maioria dos mamíferos mastiga o alimento antes desse atravessar a faringe. Tal ato permite sua diminuição, umidificação e, em alguns casos, o contato com enzimas digestivas presentes na saliva(amilase e ptialina), que são responsáveis pela transformação de glicogênio e amido em maltose. Nessa fase da digestão, a língua tem um importante papel: além de auxiliar na diminuição e diluição do alimento, permite a captura de sabores, estimulando a produção de saliva. Os sais presentes nesta última neutralizam a possível acidez do alimento.
  • 7. • A faringe, situada no final da cavidade bucal, é um canal comum aos sistemas digestório e respiratório: por ela passam o alimento, que se dirige ao esôfago, e o ar, que se dirige à laringe. • O esôfago, canal que liga a faringe ao estômago, localiza-se entre os pulmões, atrás do coração, e atravessa o músculo diafragma, que separa o tórax do abdômen. O bolo alimentar leva de 5 a 10 segundos para percorre-lo.
  • 8. • No estômago, o suco gástrico – rico em ácido clorídrico, pepsina, lípase e renina – fragmenta e desnatura proteínas do bolo alimentar, atua sobre alguns lipídios, favorece a absorção de cálcio e ferro, e mata bactérias. Este órgão, delimitado pelo esfíncter da cárdia, entre ele e o esôfago; e pelo esfíncter pilórico, entre o intestino, permite que o bolo fique retido ali, sem que ocorram refluxos. Durante, aproximadamente, três horas, água e sais minerais são absorvidos nesta cavidade. O restante, agora denominado “quimo”, segue para o intestino delgado.
  • 9. • • O intestino delgado é um tubo com pouco mais de 6 m de comprimento por 4cm de diâmetro e pode ser dividido em três regiões:duodeno (cerca de 25 cm), jejuno (cerca de 5 m) e íleo (cerca de 1,5 cm). A porção superior ou duodeno tem a forma de ferradura e compreende o piloro, esfíncter muscular da parte inferior do estômago pela qual este esvazia seu conteúdo no intestino. A digestão do quimo ocorre predominantemente no duodeno e nas primeiras porções do jejuno. No duodeno atua também o suco pancreático, produzido pelo pâncreas, que contêm diversas enzimas digestivas. Outra secreção que atua no duodeno é a bile, produzida no fígado e armazenada na vesícula biliar. O pH da bile oscila entre 8,0 e 8,5. Os sais biliares têm ação detergente, emulsificando ou emulsionando as gorduras (fragmentando suas gotas em milhares de microgotículas).
  • 10. O suco pancreático, produzido pelo pâncreas, contém água, enzimas e grandes quantidades de bicarbonato de sódio. O pH do suco pancreático oscila entre 8,5 e 9. Sua secreção digestiva é responsável pela hidrólise da maioria das moléculas de alimento, como carboidratos, proteínas, gorduras e ácidos nucléicos. A amilase pancreática fragmenta o amido em moléculas de maltose; a lípase pancreática hidrolisa as moléculas de um tipo de gordura – os triacilgliceróis, originando glicerol e álcool; as nucleases atuam sobre os ácidos nucléicos, separando seus nucleotídeos.
  • 11. O suco pancreático contém ainda o tripsinogênio e o quimiotripsinogênio, formas inativas em que são secretadas as enzimas proteolíticas tripsina e quimiotripsina. Sendo produzidas na forma inativa, as proteases não digerem suas células secretoras. Na luz do duodeno, o tripsinogênio entra em contato com a enteroquinase, enzima secretada pelas células da mucosa intestinal, convertendo-se me tripsina, que por sua vez contribui para a conversão do precursor inativo quimiotripsinogênio em quimiotripsina, enzima ativa.
  • 12.
  • 13. • É o local de absorção de água, tanto a ingerida quanto a das secreções digestivas. Uma pessoa bebe cerca de 1,5 litros de líquidos por dia, que se une a 8 ou 9 litros de água das secreções. Glândulas da mucosa do intestino grosso secretam muco, que lubrifica as fezes, facilitando seu trânsito e eliminação pelo ânus.
  • 14. • O pâncreas é uma glândula mista, de mais ou menos 15 cm de comprimento e de formato triangular, localizada transversalmente sobre a parede posterior do abdome, na alça formada pelo duodeno, sob o estômago. O pâncreas é formado por uma cabeça que se encaixa no quadro duodenal, de um corpo e de uma cauda afilada. A secreção externa dele é dirigida para o duodeno pelos canais de Wirsung e de Santorini. O canal de Wirsung desemboca ao lado do canal colédoco na ampola de Vater. O pâncreas comporta dois órgãos estreitamente imbricados: pâncreas exócrino e o endócrino.
  • 15. • É o maior órgão interno, e é ainda um dos mais importantes. É a mais volumosa de todas as vísceras, pesa cerca de 1,5 kg no homem adulto, e na mulher adulta entre 1,2 e 1,4 kg. Tem cor arroxeada, superfície lisa e recoberta por uma cápsula própria. Está situado no quadrante superior direito da cavidade abdominal.
  • 16.
  • 17. A última e menor parte do intestino grosso é o reto, responsável por acumular as fezes, até que o ânus as libere, finalizando o processo da digestão. Durante todo esse processo, o muco é secretado pela mucosa do intestino para facilitar o percurso das fezes até sua eliminação. A última e menor parte do intestino grosso é o reto, responsável por acumular as fezes, até que o ânus as libere, finalizando o processo da digestão. Durante todo esse processo, o muco é secretado pela mucosa do intestino para facilitar o percurso das fezes até sua eliminação.
  • 18. O aparelho digestivo ou digestório ou ainda sistema digestório é o sistema que, nos humanos, é responsável por obter dos alimentos ingeridos os nutrientes necessários às diferentes funções do organismo, como crescimento, energia para reprodução, locomoção, etc. É composto por um conjunto de órgãos que têm por função a realização da digestão. Sistema Digestório é constituído pelo tubo digestivo e suas glândulas anexas, sua função é retirar os nutrientes indispensáveis dos alimentos ingeridos, para o desenvolvimento e manutenção do organismo.
  • 19. • http://www.brasilescola.com • http://www.aticaeducacional.com.br • http://pt.wikipedia.org/wiki/Aparelho_digestivo
  • 20. ELABORAÇÃO DO TRABALHO • ESSE FOI UM TRABALHO ELABORADO POR OS ALUNOS DO 8 ANO B QUE SÃO ELES ALESSANDRA,BEATRIZ,KAMILA,JESSI CA,JHONATAN FIQUEREDO.COMO O TEMA DADO SISTEMA DIGESTORIO.