SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 48
Baixar para ler offline
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Não mais URSS, mas ainda e sempre a “Mãe Rússia”...
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Ferrovia Transiberiana – a maior do mundo, com cerca de 8.000 km
A gigantesca Rússia estende-se por dois continentes, Europa e Ásia.
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
A gigantesca Rússia estende-se por dois continentes, Europa e Ásia.
TRATA-SE DO MAIOR PAÍS EM EXTENSÃO TERRITORIAL.
Ferrovia Transiberiana – a maior do mundo, com cerca de 8.000 km
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Por que no interior do continente a variação de temperatura ao longo
do dia é diferente da região litorânea?
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
A gigantesca Rússia estende-se por dois continentes, Europa e Ásia.
Mapa físico – Federação Russa
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
A gigantesca Rússia estende-se por dois continentes, Europa e Ásia.
Mapa físico – Federação Russa
Planície da
Sibéria
Planalto
Central
Siberiano
-Parte Norte ESCUDOS CRISTALINOS (Pré-Cambriano)
-Parte Central/Sul  BACIAS SEDIMENTARES e Cadeias montanhosas recentes.
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
O extremo norte da Rússia, em torno do Círculo Polar Ártico, é
constituído por uma extensa faixa de terras constantemente congeladas.
Tundra Siberiana em pleno verão.
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
O extremo norte da Rússia, em torno do Círculo Polar Ártico, é
constituído por uma extensa faixa de terras constantemente congeladas.
Tundra Siberiana em pleno verão.
A vegetação é constituída pela tundra – musgos e liquens que somente se
desenvolvem no pequeno período de degelo, que dura menos de 3 meses.
O INVERNO DURA ATÉ 9
MESES.
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Ao sul da Tundra estende-se a Taiga.
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Ao sul da Tundra estende-se a Taiga.
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Ao sul da Tundra estende-se a Taiga.
Taiga devastada. Região intensamente explorada para obtenção de madeira.
Com verões amenos e invernos rigorosos, essa região abriga uma grande quantidade
de espécies animais, inclusive de grande porte (urso, lobo e alce).
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
As zonas centrais são ocupadas pela estepe (formação parecida com os
campos, pampas brasileiro).
A maior parte da estepe foi devastada para dar lugar a grandes
plantações de trigo, centeio, milho, girassol, etc.
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Sob a estepe encontra-se o solo negro conhecido como
tchernozion, certamente a principal riqueza da Rússia.
É a zona mais fértil do
país, seu verdadeiro
celeiro.
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Esse solo é muito fértil também porque nessa região um grande lençol subterrâneo de água
transfere da rocha para ele uma grande quantidade de sais minerais.
A grande quantidade de material orgânico que morre durante o duro inverno e se
decompõe sob forte atividade microbiana no verão quente e úmido há milhares de
anos deu origem ao solo escuro chamado de tchernozion.
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
A situação de crise econômica e a participação na Primeira Guerra
Mundial (1914-1918), com grande número de mortos entre os soldados
(em geral filhos de camponeses, que precisavam de mais braços para
superar a falta de alimentos), favoreceram o surgimento dos sovietes.
*SOVIETES: conselhos populares (assembleias ou comunidades de operários, camponeses e até
soldados) que surgiram pela primeira vez na Rússia em 1905.
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
A situação de crise econômica e a participação na Primeira Guerra
Mundial (1914-1918), com grande número de mortos entre os soldados
(em geral filhos de camponeses, que precisavam de mais braços para
superar a falta de alimentos), favoreceram o surgimento dos sovietes.
A palavra bolchevique significa “maioria” no idioma russo.
Essa palavra passou a ser usada, no começo do século XX,
para designar os integrantes mais radicais do POSDR (Partido
Operário Social-Democrata Russo). Esse partido foi fundado
em 1898 e se opunha ao regime czarista de Nicolau II na
Rússia.
Ideias defendidas no contexto da Revolução Russa:
Os bolcheviques eram favoráveis a uma mudança radical na
Rússia, com a queda do czarismo
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
O líder dos bolcheviques – Vladimir Ilitch Ulianov, mais conhecido como
Lenin, pregava que todo o poder deveria ser exercido pelos sovietes.
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
De 1917 a 1991, o governo da União Soviética, centralizado em Moscou,
foi dono dos recursos naturais, das fábricas e das fazendas do país.
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
De 1917 a 1991, o governo da União Soviética, centralizado em Moscou,
foi dono dos recursos naturais, das fábricas e das fazendas do país.
Na URSS as atividades econômicas eram planejadas. A indústria pesada,
por exemplo foi implantada próximo às fontes de energia e às reservas
de matéria-prima, formando parques industriais com diversos tipos de
industrias complementares entre si.
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
complexas cadeias produtivas:a do aço, do alumínio, etc...
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
complexas cadeias produtivas:a do aço, do alumínio, etc...
Por Exemplo :
As indústrias siderúrgicas utilizam as abundantes reservas de carvão
mineral, ferro e manganês para produzir aço. Nas industrias
metalúrgicas , instaladas nos arredores, essas matérias-primas semi
processadas, como lâminas de aço ou vigas, são utilizadas na fabricação
de bens de consumo.
Nas áreas produtoras de linho da Belarus, foram construídas indústrias
têxteis, nas áreas produtoras de uva de Moldova, a produção de vinho
foi incentivada.
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Durante os 70 anos de regime soviético, desenvolvimento foi sinônimo
de novas fábricas , novos prédios, mais empregos e, acima de tudo,
aumento da produção de armamentos e bens manufaturados da
industria pesada (aquela que produz maquinários e matérias-primas
semi processadas para outras industrias).
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Enquanto isso, os outros países industrializados desenvolveram novos
materiais para substituir o aço e novas formas de gestão de empresas,
dispensando mão-de-obra e barateando seus custos.
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Somente em um setor a União Soviética conseguia competir
industrialmente com os EUA:
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Somente em um setor a União Soviética conseguia competir
industrialmente com os EUA:
A PRODUÇÃO DE ARMAS
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Outro setor privilegiado pela URSS foi o aeroespacial, nesse caso
também para concorrer com os EUA. A corrida espacial, como ficou
conhecida, consistiu no desenvolvimento de tecnologias aeroespaciais,
como foguetes, satélites e o envio de missões tripuladas ao espaço
sideral.
em 1957, a URSS lançou o foguete Sputnik com um cão
dentro, o primeiro ser vivo a entrar em órbita; em 1969,
Neil Armstrong, um americano, foi o primeiro homem a
pisar na Lua
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Outro setor privilegiado pela URSS foi o aeroespacial, nesse caso
também para concorrer com os EUA. A corrida espacial, como ficou
conhecida, consistiu no desenvolvimento de tecnologias aeroespaciais,
como foguetes, satélites e o envio de missões tripuladas ao espaço
sideral.
Esse poderio bélico custou muito caro para a União Soviética. Não era
mais possível sustentar o desenvolvimento bélico à custa de problemas
sociais cada vez maiores.
em 1957, a URSS lançou o foguete Sputnik com um cão
dentro, o primeiro ser vivo a entrar em órbita; em 1969,
Neil Armstrong, um americano, foi o primeiro homem a
pisar na Lua
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Na década de 80, a economia soviética apresentava problemas, as
exportações caíam, o desemprego atingia 10 milhões de pessoas, a
produção de petróleo e a safra de grãos haviam parado de crescer e a
oferta de bens de consumo básico (alimentos, calçados, roupas) não era
suficiente para atender à população. As filas para abastecimento faziam
parte do cotidiano do país.
filas enormes às portas dos
estabelecimentos comerciais, mesmo de
produtos elementares de primeira
necessidade (na fotografia acima trata-se de
um local para pegar leite)
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Soviéticos em fila para comprar sapatos em Moscou, em 1987. As enormes filas e as prateleiras
vazias fizeram parte do cotidiano da população na época da transição para o socialismo.
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Com o fim da URSS, o padrão de vida de uma grande parte dos antigos países
membros foi muito prejudicado. Com salários inferiores a U$ 100 por mês, os
trabalhadores não conseguiam sequer satisfazer suas necessidades alimentares
básicas.
No Tadjiquistão e no Turcomenistão o nível de pobreza chegou a atingir 62% da
população e ainda é muito alto na Rússia (20%).
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Com o fim da URSS, o padrão de vida de uma grande parte dos antigos países
membros foi muito prejudicado. Com salários inferiores a U$ 100 por mês, os
trabalhadores não conseguiam sequer satisfazer suas necessidades alimentares
básicas.
No Tadjiquistão e no Turcomenistão o nível de pobreza chegou a atingir 62% da
população e ainda é muito alto na Rússia (20%).
Crianças abandonadas em estação de metrô de
Moscou.
Muitos países da CEI-principalmente a Rússia-
experimentam um drama que nunca ocorreu no
período da URSS.
O desmantelamento das famílias deixou inúmeras
crianças vivendo nas ruas das principais cidades.
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Para tentar solucionar a crise, o governo
soviético procurou desenvolver um
programa de reformas econômicas no país
denominado PERESTROIKA
(reestruturação).
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Para tentar solucionar a crise, o governo
soviético procurou desenvolver um
programa de reformas econômicas no país
denominado PERESTROIKA
(reestruturação).
Por meio desse programa, buscou-se dar
uma nova direção às atividades
econômicas, voltando-as para a produção
de bens de consumo e alimentos.
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Tais medidas vieram tarde demais...Outros setores da economia não
acompanharam o ritmo de crescimento tecnológico dos demais países
industrializados do mundo, a baixa produtividade imperava no setor
industrial.
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Mas, apesar disso, é inegável que os feitos da revolução socialista foram
enormes.
Foram realizados pesados investimentos em educação:atualmente,
quase toda a população é alfabetizada, 96% completou o curso
secundário e há um número impressionante de cientistas. Os
matemáticos e físicos são tão competentes que passaram a ser
cobiçados por universidades e centros de pesquisa de diversos países do
mundo.
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
“Não há fábrica, usina, fazenda, sindicato, clube ou qualquer outra
organização que não conte com sua biblioteca e não disponha de uma
pequena livraria própria. Estas estão colocadas na entrada das fábricas
e, como assisti inúmeras vezes, à saída do trabalho, pude observar que
sempre grande parte dos operários parava diante delas e adquiria
algumas obras.”
1934, o então jovem Caio Prado Júnior escreveu o livro URSS, um mundo novo
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
A Rússia é um dos países que registra um processo de envelhecimento
populacional (redução da taxa de natalidade e aumento da expectativa
de vida)
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
A Rússia é um dos países que registra um processo de envelhecimento
populacional (redução da taxa de natalidade e aumento da expectativa
de vida)
Esse fenômeno poderá
ocasionar em um futuro
próximo, problemas
socioeconômicos ao país.
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
-População muito heterogênea (anexação de diversos povos e nações ao
seu território resultou em uma grande diversidade étnica)
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
-População muito heterogênea (anexação de diversos povos e nações ao
seu território resultou em uma grande diversidade étnica)
No território predominam os russos,
seguidos de ucranianos, bielorrussos,
uzbeques, cazaques, turcomenos,
azerbaijanos, etc...
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Imposição da cultura russa aos povos dominados e em muitos casos,
anulando-os etnicamente.
Esse processo é considerado um dos principais motivos dos conflitos
separatistas.
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Um dos acontecimentos que se destacam na atualidade é o caso da
Crimeia.
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
O DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO RECENTE DA FEDERAÇÃO RUSSA
A exploração petrolífera nos Montes Urais transformou o país em um
dos maiores produtores mundial de petróleo
(ali também estão localizadas reservas de carvão mineral, cobre, ferro,
bauxita e manganês).
A Sibéria Ocidental também possui um combinat importante, no qual foi
organizada a cadeia produtiva do aço, do alumínio e de produtos
petroquímicos.
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação Diversidade Cultural Rússia.
Apresentação Diversidade Cultural Rússia.Apresentação Diversidade Cultural Rússia.
Apresentação Diversidade Cultural Rússia.
Russpartners
 
Rússia e Comunidade dos Estados Independentes -CEI
Rússia e Comunidade dos Estados Independentes -CEIRússia e Comunidade dos Estados Independentes -CEI
Rússia e Comunidade dos Estados Independentes -CEI
Portal do Vestibulando
 
Cei comunidade dos estados independentes
Cei comunidade dos estados independentesCei comunidade dos estados independentes
Cei comunidade dos estados independentes
Fernanda Lopes
 

Mais procurados (19)

áSia setentrional
áSia setentrionaláSia setentrional
áSia setentrional
 
Crise da ucrânia 2013 2014
Crise da ucrânia 2013 2014Crise da ucrânia 2013 2014
Crise da ucrânia 2013 2014
 
Federação Russa
Federação RussaFederação Russa
Federação Russa
 
Russia
RussiaRussia
Russia
 
Apresentação Diversidade Cultural Rússia.
Apresentação Diversidade Cultural Rússia.Apresentação Diversidade Cultural Rússia.
Apresentação Diversidade Cultural Rússia.
 
Rússia e Comunidade dos Estados Independentes -CEI
Rússia e Comunidade dos Estados Independentes -CEIRússia e Comunidade dos Estados Independentes -CEI
Rússia e Comunidade dos Estados Independentes -CEI
 
Rússia
RússiaRússia
Rússia
 
Rússia
RússiaRússia
Rússia
 
Russia
RussiaRussia
Russia
 
Geo h e_9ano_cap7_pronto
Geo h e_9ano_cap7_prontoGeo h e_9ano_cap7_pronto
Geo h e_9ano_cap7_pronto
 
A rússia e a cei
A rússia e a ceiA rússia e a cei
A rússia e a cei
 
Cap 13 mundo ex socialista
Cap 13 mundo ex socialistaCap 13 mundo ex socialista
Cap 13 mundo ex socialista
 
Cei conflitos territoriais e de nacionalidades
Cei conflitos territoriais e de nacionalidadesCei conflitos territoriais e de nacionalidades
Cei conflitos territoriais e de nacionalidades
 
Cei comunidade dos estados independentes
Cei comunidade dos estados independentesCei comunidade dos estados independentes
Cei comunidade dos estados independentes
 
Cei aspectos gerais
Cei aspectos geraisCei aspectos gerais
Cei aspectos gerais
 
URSS e CEI
URSS e CEIURSS e CEI
URSS e CEI
 
Russia
RussiaRussia
Russia
 
Aula 13 cei
Aula 13   ceiAula 13   cei
Aula 13 cei
 
Conflito Entre Rússia e Ucrânia
Conflito Entre Rússia e UcrâniaConflito Entre Rússia e Ucrânia
Conflito Entre Rússia e Ucrânia
 

Semelhante a Rússia país

Atualidades nova bipolaridade
Atualidades nova bipolaridadeAtualidades nova bipolaridade
Atualidades nova bipolaridade
Fernanda Lopes
 
áSia setentrional (rússia)
áSia setentrional (rússia)áSia setentrional (rússia)
áSia setentrional (rússia)
Luiz Mesquita
 
Anglo saxônica 13 colonias
Anglo saxônica 13 coloniasAnglo saxônica 13 colonias
Anglo saxônica 13 colonias
Fernanda Lopes
 
Anglo saxônica 13 colonias
Anglo saxônica 13 coloniasAnglo saxônica 13 colonias
Anglo saxônica 13 colonias
Fernanda Lopes
 
Jb news informativo nr. 0166
Jb news   informativo nr. 0166Jb news   informativo nr. 0166
Jb news informativo nr. 0166
JB News
 
A questão energética brasileira
A questão energética brasileiraA questão energética brasileira
A questão energética brasileira
Fernanda Lopes
 
Questões ambientais buraco ozônio e poluição das águas
Questões ambientais buraco ozônio e poluição das águasQuestões ambientais buraco ozônio e poluição das águas
Questões ambientais buraco ozônio e poluição das águas
Fernanda Lopes
 
Jb news informativo nr. 0174
Jb news   informativo nr. 0174Jb news   informativo nr. 0174
Jb news informativo nr. 0174
JB News
 

Semelhante a Rússia país (20)

Atualidades nova bipolaridade
Atualidades nova bipolaridadeAtualidades nova bipolaridade
Atualidades nova bipolaridade
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
Fim da velha ordem 2
Fim da velha ordem 2Fim da velha ordem 2
Fim da velha ordem 2
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 
Queda do comunismo
Queda do comunismoQueda do comunismo
Queda do comunismo
 
áSia setentrional (rússia)
áSia setentrional (rússia)áSia setentrional (rússia)
áSia setentrional (rússia)
 
Apostila de História - UFSC 2017 [amostra]
Apostila de História - UFSC 2017 [amostra]Apostila de História - UFSC 2017 [amostra]
Apostila de História - UFSC 2017 [amostra]
 
Anglo saxônica 13 colonias
Anglo saxônica 13 coloniasAnglo saxônica 13 colonias
Anglo saxônica 13 colonias
 
Anglo saxônica 13 colonias
Anglo saxônica 13 coloniasAnglo saxônica 13 colonias
Anglo saxônica 13 colonias
 
Breve histórico da pedologia
Breve histórico da pedologiaBreve histórico da pedologia
Breve histórico da pedologia
 
Temas enem 2012
Temas enem 2012Temas enem 2012
Temas enem 2012
 
Os nefilins
Os nefilinsOs nefilins
Os nefilins
 
Jb news informativo nr. 0166
Jb news   informativo nr. 0166Jb news   informativo nr. 0166
Jb news informativo nr. 0166
 
2 cap3 mercosul
2 cap3 mercosul2 cap3 mercosul
2 cap3 mercosul
 
A questão energética brasileira
A questão energética brasileiraA questão energética brasileira
A questão energética brasileira
 
Questões ambientais buraco ozônio e poluição das águas
Questões ambientais buraco ozônio e poluição das águasQuestões ambientais buraco ozônio e poluição das águas
Questões ambientais buraco ozônio e poluição das águas
 
Questões ambientais buraco ozônio e poluição das águas
Questões ambientais buraco ozônio e poluição das águasQuestões ambientais buraco ozônio e poluição das águas
Questões ambientais buraco ozônio e poluição das águas
 
Jb news informativo nr. 0174
Jb news   informativo nr. 0174Jb news   informativo nr. 0174
Jb news informativo nr. 0174
 
áSia oriente medio e meridonal
áSia oriente medio e meridonaláSia oriente medio e meridonal
áSia oriente medio e meridonal
 

Mais de Fernanda Lopes

Cap 14 c regiões geoeconômicas_centro sul
Cap 14 c regiões geoeconômicas_centro sulCap 14 c regiões geoeconômicas_centro sul
Cap 14 c regiões geoeconômicas_centro sul
Fernanda Lopes
 

Mais de Fernanda Lopes (20)

Cap 1 primeiro ano aula 2-principais conceitos-2020
Cap 1 primeiro ano aula 2-principais conceitos-2020Cap 1 primeiro ano aula 2-principais conceitos-2020
Cap 1 primeiro ano aula 2-principais conceitos-2020
 
Cap 1 da europa para o mundo
Cap 1 da europa para o mundoCap 1 da europa para o mundo
Cap 1 da europa para o mundo
 
Mariana tragédia
Mariana tragédiaMariana tragédia
Mariana tragédia
 
Piores acidentes nucleares da história
Piores acidentes nucleares da históriaPiores acidentes nucleares da história
Piores acidentes nucleares da história
 
Fontes de energia
Fontes de energiaFontes de energia
Fontes de energia
 
China conteúdo
China conteúdoChina conteúdo
China conteúdo
 
Blocos econômicos primeiro ano
Blocos econômicos  primeiro anoBlocos econômicos  primeiro ano
Blocos econômicos primeiro ano
 
Questão palestina
Questão palestinaQuestão palestina
Questão palestina
 
Conflitos mundiais 2
Conflitos mundiais 2Conflitos mundiais 2
Conflitos mundiais 2
 
Cap 14 conflitos mundiais 1
Cap 14 conflitos mundiais 1Cap 14 conflitos mundiais 1
Cap 14 conflitos mundiais 1
 
Cap 14 c regiões geoeconômicas_centro sul
Cap 14 c regiões geoeconômicas_centro sulCap 14 c regiões geoeconômicas_centro sul
Cap 14 c regiões geoeconômicas_centro sul
 
Cap 14 b regiões geoeconômicas_ne
Cap 14 b regiões geoeconômicas_neCap 14 b regiões geoeconômicas_ne
Cap 14 b regiões geoeconômicas_ne
 
Cap 14 regiões geoeconômicas amazônia
Cap 14 regiões geoeconômicas amazôniaCap 14 regiões geoeconômicas amazônia
Cap 14 regiões geoeconômicas amazônia
 
Cap 13 b a região concentrada
Cap 13 b a região concentradaCap 13 b a região concentrada
Cap 13 b a região concentrada
 
Cap 12 desenvolvimento mundiallll
Cap 12 desenvolvimento mundiallllCap 12 desenvolvimento mundiallll
Cap 12 desenvolvimento mundiallll
 
Cap 12 organização politico administrativa do brasilll
Cap 12 organização politico administrativa do brasilllCap 12 organização politico administrativa do brasilll
Cap 12 organização politico administrativa do brasilll
 
Questões ambientais
Questões ambientaisQuestões ambientais
Questões ambientais
 
Segunda guerra mundial face comentários
Segunda guerra mundial  face comentáriosSegunda guerra mundial  face comentários
Segunda guerra mundial face comentários
 
As duas europas
As duas europasAs duas europas
As duas europas
 
Cap 9 vegetação do brasil
Cap 9 vegetação do brasilCap 9 vegetação do brasil
Cap 9 vegetação do brasil
 

Último

AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
ssuserbb4ac2
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
VALMIRARIBEIRO1
 

Último (20)

"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptxTIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 

Rússia país

  • 1. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Não mais URSS, mas ainda e sempre a “Mãe Rússia”...
  • 2. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Ferrovia Transiberiana – a maior do mundo, com cerca de 8.000 km A gigantesca Rússia estende-se por dois continentes, Europa e Ásia.
  • 3. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia A gigantesca Rússia estende-se por dois continentes, Europa e Ásia. TRATA-SE DO MAIOR PAÍS EM EXTENSÃO TERRITORIAL. Ferrovia Transiberiana – a maior do mundo, com cerca de 8.000 km
  • 4. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Por que no interior do continente a variação de temperatura ao longo do dia é diferente da região litorânea?
  • 5. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia A gigantesca Rússia estende-se por dois continentes, Europa e Ásia. Mapa físico – Federação Russa
  • 6. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia A gigantesca Rússia estende-se por dois continentes, Europa e Ásia. Mapa físico – Federação Russa Planície da Sibéria Planalto Central Siberiano -Parte Norte ESCUDOS CRISTALINOS (Pré-Cambriano) -Parte Central/Sul  BACIAS SEDIMENTARES e Cadeias montanhosas recentes.
  • 7. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia O extremo norte da Rússia, em torno do Círculo Polar Ártico, é constituído por uma extensa faixa de terras constantemente congeladas. Tundra Siberiana em pleno verão.
  • 8. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia O extremo norte da Rússia, em torno do Círculo Polar Ártico, é constituído por uma extensa faixa de terras constantemente congeladas. Tundra Siberiana em pleno verão. A vegetação é constituída pela tundra – musgos e liquens que somente se desenvolvem no pequeno período de degelo, que dura menos de 3 meses. O INVERNO DURA ATÉ 9 MESES.
  • 9. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Ao sul da Tundra estende-se a Taiga.
  • 10. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Ao sul da Tundra estende-se a Taiga.
  • 11. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Ao sul da Tundra estende-se a Taiga. Taiga devastada. Região intensamente explorada para obtenção de madeira. Com verões amenos e invernos rigorosos, essa região abriga uma grande quantidade de espécies animais, inclusive de grande porte (urso, lobo e alce).
  • 12. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia As zonas centrais são ocupadas pela estepe (formação parecida com os campos, pampas brasileiro). A maior parte da estepe foi devastada para dar lugar a grandes plantações de trigo, centeio, milho, girassol, etc.
  • 13. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Sob a estepe encontra-se o solo negro conhecido como tchernozion, certamente a principal riqueza da Rússia. É a zona mais fértil do país, seu verdadeiro celeiro.
  • 14. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Esse solo é muito fértil também porque nessa região um grande lençol subterrâneo de água transfere da rocha para ele uma grande quantidade de sais minerais. A grande quantidade de material orgânico que morre durante o duro inverno e se decompõe sob forte atividade microbiana no verão quente e úmido há milhares de anos deu origem ao solo escuro chamado de tchernozion.
  • 15. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia A situação de crise econômica e a participação na Primeira Guerra Mundial (1914-1918), com grande número de mortos entre os soldados (em geral filhos de camponeses, que precisavam de mais braços para superar a falta de alimentos), favoreceram o surgimento dos sovietes. *SOVIETES: conselhos populares (assembleias ou comunidades de operários, camponeses e até soldados) que surgiram pela primeira vez na Rússia em 1905.
  • 16. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia A situação de crise econômica e a participação na Primeira Guerra Mundial (1914-1918), com grande número de mortos entre os soldados (em geral filhos de camponeses, que precisavam de mais braços para superar a falta de alimentos), favoreceram o surgimento dos sovietes. A palavra bolchevique significa “maioria” no idioma russo. Essa palavra passou a ser usada, no começo do século XX, para designar os integrantes mais radicais do POSDR (Partido Operário Social-Democrata Russo). Esse partido foi fundado em 1898 e se opunha ao regime czarista de Nicolau II na Rússia. Ideias defendidas no contexto da Revolução Russa: Os bolcheviques eram favoráveis a uma mudança radical na Rússia, com a queda do czarismo
  • 17. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia O líder dos bolcheviques – Vladimir Ilitch Ulianov, mais conhecido como Lenin, pregava que todo o poder deveria ser exercido pelos sovietes.
  • 18. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia De 1917 a 1991, o governo da União Soviética, centralizado em Moscou, foi dono dos recursos naturais, das fábricas e das fazendas do país.
  • 19. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia De 1917 a 1991, o governo da União Soviética, centralizado em Moscou, foi dono dos recursos naturais, das fábricas e das fazendas do país. Na URSS as atividades econômicas eram planejadas. A indústria pesada, por exemplo foi implantada próximo às fontes de energia e às reservas de matéria-prima, formando parques industriais com diversos tipos de industrias complementares entre si.
  • 20. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia complexas cadeias produtivas:a do aço, do alumínio, etc...
  • 21. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia complexas cadeias produtivas:a do aço, do alumínio, etc... Por Exemplo : As indústrias siderúrgicas utilizam as abundantes reservas de carvão mineral, ferro e manganês para produzir aço. Nas industrias metalúrgicas , instaladas nos arredores, essas matérias-primas semi processadas, como lâminas de aço ou vigas, são utilizadas na fabricação de bens de consumo. Nas áreas produtoras de linho da Belarus, foram construídas indústrias têxteis, nas áreas produtoras de uva de Moldova, a produção de vinho foi incentivada.
  • 22. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Durante os 70 anos de regime soviético, desenvolvimento foi sinônimo de novas fábricas , novos prédios, mais empregos e, acima de tudo, aumento da produção de armamentos e bens manufaturados da industria pesada (aquela que produz maquinários e matérias-primas semi processadas para outras industrias).
  • 23. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Enquanto isso, os outros países industrializados desenvolveram novos materiais para substituir o aço e novas formas de gestão de empresas, dispensando mão-de-obra e barateando seus custos.
  • 24. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Somente em um setor a União Soviética conseguia competir industrialmente com os EUA:
  • 25. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Somente em um setor a União Soviética conseguia competir industrialmente com os EUA: A PRODUÇÃO DE ARMAS
  • 26. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 27. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Outro setor privilegiado pela URSS foi o aeroespacial, nesse caso também para concorrer com os EUA. A corrida espacial, como ficou conhecida, consistiu no desenvolvimento de tecnologias aeroespaciais, como foguetes, satélites e o envio de missões tripuladas ao espaço sideral. em 1957, a URSS lançou o foguete Sputnik com um cão dentro, o primeiro ser vivo a entrar em órbita; em 1969, Neil Armstrong, um americano, foi o primeiro homem a pisar na Lua
  • 28. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Outro setor privilegiado pela URSS foi o aeroespacial, nesse caso também para concorrer com os EUA. A corrida espacial, como ficou conhecida, consistiu no desenvolvimento de tecnologias aeroespaciais, como foguetes, satélites e o envio de missões tripuladas ao espaço sideral. Esse poderio bélico custou muito caro para a União Soviética. Não era mais possível sustentar o desenvolvimento bélico à custa de problemas sociais cada vez maiores. em 1957, a URSS lançou o foguete Sputnik com um cão dentro, o primeiro ser vivo a entrar em órbita; em 1969, Neil Armstrong, um americano, foi o primeiro homem a pisar na Lua
  • 29. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Na década de 80, a economia soviética apresentava problemas, as exportações caíam, o desemprego atingia 10 milhões de pessoas, a produção de petróleo e a safra de grãos haviam parado de crescer e a oferta de bens de consumo básico (alimentos, calçados, roupas) não era suficiente para atender à população. As filas para abastecimento faziam parte do cotidiano do país. filas enormes às portas dos estabelecimentos comerciais, mesmo de produtos elementares de primeira necessidade (na fotografia acima trata-se de um local para pegar leite)
  • 30. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Soviéticos em fila para comprar sapatos em Moscou, em 1987. As enormes filas e as prateleiras vazias fizeram parte do cotidiano da população na época da transição para o socialismo.
  • 31. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Com o fim da URSS, o padrão de vida de uma grande parte dos antigos países membros foi muito prejudicado. Com salários inferiores a U$ 100 por mês, os trabalhadores não conseguiam sequer satisfazer suas necessidades alimentares básicas. No Tadjiquistão e no Turcomenistão o nível de pobreza chegou a atingir 62% da população e ainda é muito alto na Rússia (20%).
  • 32. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Com o fim da URSS, o padrão de vida de uma grande parte dos antigos países membros foi muito prejudicado. Com salários inferiores a U$ 100 por mês, os trabalhadores não conseguiam sequer satisfazer suas necessidades alimentares básicas. No Tadjiquistão e no Turcomenistão o nível de pobreza chegou a atingir 62% da população e ainda é muito alto na Rússia (20%). Crianças abandonadas em estação de metrô de Moscou. Muitos países da CEI-principalmente a Rússia- experimentam um drama que nunca ocorreu no período da URSS. O desmantelamento das famílias deixou inúmeras crianças vivendo nas ruas das principais cidades.
  • 33. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Para tentar solucionar a crise, o governo soviético procurou desenvolver um programa de reformas econômicas no país denominado PERESTROIKA (reestruturação).
  • 34. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Para tentar solucionar a crise, o governo soviético procurou desenvolver um programa de reformas econômicas no país denominado PERESTROIKA (reestruturação). Por meio desse programa, buscou-se dar uma nova direção às atividades econômicas, voltando-as para a produção de bens de consumo e alimentos.
  • 35. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Tais medidas vieram tarde demais...Outros setores da economia não acompanharam o ritmo de crescimento tecnológico dos demais países industrializados do mundo, a baixa produtividade imperava no setor industrial.
  • 36. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Mas, apesar disso, é inegável que os feitos da revolução socialista foram enormes. Foram realizados pesados investimentos em educação:atualmente, quase toda a população é alfabetizada, 96% completou o curso secundário e há um número impressionante de cientistas. Os matemáticos e físicos são tão competentes que passaram a ser cobiçados por universidades e centros de pesquisa de diversos países do mundo.
  • 37. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia “Não há fábrica, usina, fazenda, sindicato, clube ou qualquer outra organização que não conte com sua biblioteca e não disponha de uma pequena livraria própria. Estas estão colocadas na entrada das fábricas e, como assisti inúmeras vezes, à saída do trabalho, pude observar que sempre grande parte dos operários parava diante delas e adquiria algumas obras.” 1934, o então jovem Caio Prado Júnior escreveu o livro URSS, um mundo novo
  • 38. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 39. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 40. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia A Rússia é um dos países que registra um processo de envelhecimento populacional (redução da taxa de natalidade e aumento da expectativa de vida)
  • 41. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia A Rússia é um dos países que registra um processo de envelhecimento populacional (redução da taxa de natalidade e aumento da expectativa de vida) Esse fenômeno poderá ocasionar em um futuro próximo, problemas socioeconômicos ao país.
  • 42. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia -População muito heterogênea (anexação de diversos povos e nações ao seu território resultou em uma grande diversidade étnica)
  • 43. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia -População muito heterogênea (anexação de diversos povos e nações ao seu território resultou em uma grande diversidade étnica) No território predominam os russos, seguidos de ucranianos, bielorrussos, uzbeques, cazaques, turcomenos, azerbaijanos, etc...
  • 44. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Imposição da cultura russa aos povos dominados e em muitos casos, anulando-os etnicamente. Esse processo é considerado um dos principais motivos dos conflitos separatistas.
  • 45. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia Um dos acontecimentos que se destacam na atualidade é o caso da Crimeia.
  • 46. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia O DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO RECENTE DA FEDERAÇÃO RUSSA A exploração petrolífera nos Montes Urais transformou o país em um dos maiores produtores mundial de petróleo (ali também estão localizadas reservas de carvão mineral, cobre, ferro, bauxita e manganês). A Sibéria Ocidental também possui um combinat importante, no qual foi organizada a cadeia produtiva do aço, do alumínio e de produtos petroquímicos.
  • 47. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia
  • 48. Apresentação elaborada pela Professora FERNANDA BRUM LOPES - Geografia