SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 26
REVOLUÇÃO RUSSA
(1917)
ALUNOS:
- Kananda Reis
- Juliana Farias
- Roseane Dantas
- Geisa
- Victoria Fontes
DA RÚSSIA DOS CZARES À RÚSSIA DOS SOVIETES
No início do século XX a Rússia vivia um
período de profunda crise econômica, a
qual foi agravada pela sua participação
na I Guerra Mundial.
CONTEXTO POLÍTICO
Até 1917, a Rússia era governada
por um czar – Nicolau II, este
governava o país de forma
autoritária (monarquia absoluta).
CONTEXTO SOCIAL
• O nível social existiam na Rússia profundas
desigualdades:
• O clero e a nobreza eram os grandes proprietários
das terras.
• Os camponeses, cerca de 80% da população activa,
pagavam pesadas rendas e viviam miseravelmente.
• Os operários cerca de 2% da população,
trabalhavam muitas horas, sem condições e com
salários muito baixos.
CONTEXTO ECONÔMICO
• A nível econômico a Rússia estava
atrasada:
• A agricultura constituía a principal
actividade, mas era ainda muito
rudimentar, com técnicas e utensílios
arcaicos e por isso pouco produtiva.
• A indústria, pouco desenvolvida.
“DOMINGO SANGRENTO”
Em 1905 os operários dirigiram-se ao
Palácio de Inverno do czar , em
Sampetersburgo, pedindo trabalho e
pão (melhores condições de vida).
Foram recebidos a tiro pela guarda
imperial. Esse dia ficou conhecido por
“Domingo Sangrento”.
CONSEQUÊNCIAS DO “DOMINGO SANGRENTO”
• Criação de partidos políticos, entre os
quais o Partido Social Democrata, que
mais tarde se dividiria em: partido
Bolchevique (maioria) e partido
Menchevique (minoria).
• Criação de um parlamento a – Duma.
REVOLUÇÃO MENCHEVIQUES
- FEVEREIRO DE 1917
• Em 1914, a Rússia entrou na I Guerra Mundial,
este fato agravou a miséria da população russa:
• Em muitas cidades foram aumentando as
manifestações dos militares e desempregados
descontentes com a situação precária em que
viviam;
• A Duma criada após o Domingo Sangrento foi
dissolvida. Os partidos políticos, sobretudo o
bolchevique, intensificaram a sua oposição ao
czar.
• Em 27 de Fevereiro de 1917 milhares de
operários com o apoio das forças do czar
revoltaram-se. Era o fim do czarismo e o início de
uma revolução que mudaria o sistema social,
político e económico da Rússia durante um longo
período.
• Foi nomeado um governo provisório (Comité
Executivo Provisório), que pretendia instaurar um
regime parlamentar – burguês, semelhante ao
dos países ocidentais, mas esbarrou com a
oposição dos bolcheviques (camponeses,
operários e soldados) liderados por Lenine, que
havia regressado do exílio.
• Nomeou um governo provisório (Comité Executivo
Provisório), que pretendia instaurar um regime
parlamentar – burguês, semelhante ao dos países
ocidentais, mas esbarrou com a oposição dos
bolcheviques (camponeses, operários e soldados)
liderados por Lenine, que havia regressado do
exílio e dirigiria uma nova revolução.
A REVOLUÇÃO BOLCHEVIQUE
– OUTUBRO DE 1917
• Em 24 de Outubro de 1917 os bolcheviques puseram fim
ao Governo Provisório e instauraram um novo governo
revolucionário – presidido por Lenine
• Lenin pretendia instaurar o marxismo e criar uma
sociedade sem classes, em que os bens de produção
(fábricas, terras…) fossem nacionalizados, ou seja,
estivessem na posse do Estado.
• Defendia a instauração da ditadura do proletariado e a
saída da Rússia da I Guerra Mundial, com esse objetivo
assinou em março de 1918 o tratado de paz com a
Alemanha – Brest Litovsk
AS FASES DA CONSTRUÇÃO DA URSS
• Entre 1917 e 1924 a revolução soviética
(cujo objetivo era a passagem de um
regime capitalista para um regime
socialista) evoluiu em diversas fases:
• Guerra civil (1918/1921)
• - comunismo de guerra
• NEP (1921/1924)
• - nova política econômica
A GUERRA CIVIL
• Lenin quando chegou ao poder pôs em prática
uma série de medidas revolucionárias que
aboliram a propriedade privada, iniciando a
nacionalização da economia:
• Expropriação das grandes propriedades, sem
indemnização;
• Requisição das colheitas agrícolas;
• Nacionalização das empresas com mais de dez
operários;
• Nacionalização da banca e do comércio
externo
RUSSOS BRANCOS X RUSSOS VERMELHOS
Lenin e as suas medidas enfrentaram grande resistência por parte de alguns
grupos sociais em consequência formaram-se 2 grupos opostos na sociedade
russa:
• Os russos brancos , que
defendiam o regresso do
czarismo e eram apoiados
por países como a França,
a Inglaterra, os EUA e o
Japão.
• Os russos vermelhos ,
compostos pelos
bolcheviques (camponeses,
operários, soldados) e que
apoiavam as medidas
impostas por Lenin.
O “ COMUNISMO DE GUERRA”
• Os proprietários das terras, os agricultores e os
industriais opuseram-se às medidas de Lenine,
destruindo as colheitas, a produção e os
equipamentos ou simplesmente não se esforçando
por aumentar a produção.
• Face a esta oposição, à guerra civil e à pressão dos
governos estrangeiros Lenine resolveu radicalizar
as suas posições e pôs em prática um conjunto de
medidas que ficaram conhecidas por “ comunismo
de guerra”
LENIN E O COMUNISMO DE GUERRA
• Criação do partido único (Partido
Comunista Bolchevique), proibindo todos
os outros;
• Instituiu a censura e a polícia política
(tcheca);
• Ordenou a perseguição, tortura e morte
dos adversários políticos.
Estas medidas aumentaram o clima de
terror que se vivia na Rússia. Depois de
dois anos de intensas lutas entre russos
brancos e russos vermelhos, os
bolcheviques venceram, conseguindo o
triunfo da revolução, mas o país estava
devastado por mortes, fomes,
epidemias e revoltas.
A NOVA POLÍTICA ECONÔMICA - NEP
• Face à situação dramática em que a Rússia se encontrava,
Lenin decidiu recuar, estrategicamente, na sua política
optando por um regresso à economia capitalista, durante
um período limitado.
• Lenin entendeu que para desenvolver a produção, era
necessário regressar à liberdade econômica. Neste sentido
tomou algumas medidas que ficaram conhecidas por Nova
Política Econômica– NEP.
NEP – MEDIDAS:
• Foi permitido o comércio interno e a venda direta
dos produtos agrícolas no mercado, com vista a
estimular o aumento da produção;
• a existência de pequenas empresas privadas,
agrícolas e industriais;
• a entrada de capitais e técnicos estrangeiros, a fim
de modernizar a indústria e aumentar a
produtividade.
NEP – CONSEQUÊNCIAS:
• Com a NEP foi possível recuperar
os níveis de produtividade;
• permitiu aos mais desfavorecidos
beneficiarem de melhores
condições de vida,
• politicamente significou um recuo
no comunismo.
A CRIAÇÃO DA URSS
Em 1922 foi criada a URSS – União
das Repúblicas Socialistas Soviéticas,
esta medida pretendia reunir num
mesmo Estado uma diversidade de
povos que compunham a Rússia,
respeitando as suas diferenças.
REFERÊNCIAS:
• http://pt.wikipedia.org/wiki/Revolução_Russa_de_1917
• www.suapesquisa.com/russa/
• www.sohistoria.com.br/ef2/revolucaorussa/
• www.infoescola.com › História
• Livro: História Global (Brasil e Geral) Volume 3- Ensino
Médio - Gilberto Cotrim
REVOLUÇÃO RUSSA (1917)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Revolução de outubro de 1917
Revolução de outubro de 1917Revolução de outubro de 1917
Revolução de outubro de 1917
sofiamcardoso
 
A primeira república portuguesa
A primeira república portuguesaA primeira república portuguesa
A primeira república portuguesa
cattonia
 
Quem foi lênin vladimir illitch-ulianov
Quem foi lênin vladimir illitch-ulianovQuem foi lênin vladimir illitch-ulianov
Quem foi lênin vladimir illitch-ulianov
marcosfm32
 
Aula 05 revolução russa
Aula 05  revolução russaAula 05  revolução russa
Aula 05 revolução russa
Fabiana Tonsis
 
Da Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De Slides
Da Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De SlidesDa Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De Slides
Da Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De Slides
oliviaguerra
 
Aula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º ano
Aula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º anoAula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º ano
Aula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º ano
7 de Setembro
 

Mais procurados (20)

Revolução de outubro de 1917
Revolução de outubro de 1917Revolução de outubro de 1917
Revolução de outubro de 1917
 
A Era Estalinista Na Urss
A Era Estalinista Na UrssA Era Estalinista Na Urss
A Era Estalinista Na Urss
 
A primeira república portuguesa
A primeira república portuguesaA primeira república portuguesa
A primeira república portuguesa
 
1 guerra
1 guerra1 guerra
1 guerra
 
Quem foi lênin vladimir illitch-ulianov
Quem foi lênin vladimir illitch-ulianovQuem foi lênin vladimir illitch-ulianov
Quem foi lênin vladimir illitch-ulianov
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
 
Estaline e a Ditadura do Proletariado
Estaline e a Ditadura do ProletariadoEstaline e a Ditadura do Proletariado
Estaline e a Ditadura do Proletariado
 
3 A revolução russa de 1917 e a implantação do marxismo-leninismo
3 A revolução russa de 1917 e a implantação do marxismo-leninismo3 A revolução russa de 1917 e a implantação do marxismo-leninismo
3 A revolução russa de 1917 e a implantação do marxismo-leninismo
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
 
Aula 05 revolução russa
Aula 05  revolução russaAula 05  revolução russa
Aula 05 revolução russa
 
Da Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De Slides
Da Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De SlidesDa Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De Slides
Da Queda Da Monarquia à ImplantaçãO Da RepúBlica ~ ApresentaçãO De Slides
 
1ª RepúBlica
1ª RepúBlica1ª RepúBlica
1ª RepúBlica
 
Revolucao russa
Revolucao russaRevolucao russa
Revolucao russa
 
Portugal: Da 1ª república à ditadura militar
Portugal: Da 1ª república à ditadura militarPortugal: Da 1ª república à ditadura militar
Portugal: Da 1ª república à ditadura militar
 
1 primeira guerra mundial
1   primeira guerra mundial 1   primeira guerra mundial
1 primeira guerra mundial
 
Crise 1929
Crise 1929Crise 1929
Crise 1929
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
 
Revolução Russa de 1917
Revolução Russa de 1917Revolução Russa de 1917
Revolução Russa de 1917
 
Aula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º ano
Aula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º anoAula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º ano
Aula sobre 1ª Guerra Mundial - 9º ano
 
Ditadura Estalinista
Ditadura EstalinistaDitadura Estalinista
Ditadura Estalinista
 

Destaque

Revolução russa slide
Revolução russa slideRevolução russa slide
Revolução russa slide
Isabel Aguiar
 
PPT - Revolução Russa de 1917
PPT - Revolução Russa de 1917PPT - Revolução Russa de 1917
PPT - Revolução Russa de 1917
josafaslima
 
A RevoluçãO Russa Esquema
A RevoluçãO Russa EsquemaA RevoluçãO Russa Esquema
A RevoluçãO Russa Esquema
guest782599
 
Revolução russa 9º anos e 3º anos
Revolução russa 9º anos e 3º anosRevolução russa 9º anos e 3º anos
Revolução russa 9º anos e 3º anos
Íris Ferreira
 

Destaque (20)

Revolução russa slide
Revolução russa slideRevolução russa slide
Revolução russa slide
 
A revolução russa de 1917
A revolução russa de 1917A revolução russa de 1917
A revolução russa de 1917
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
 
PPT - Revolução Russa de 1917
PPT - Revolução Russa de 1917PPT - Revolução Russa de 1917
PPT - Revolução Russa de 1917
 
A RevoluçãO Russa Esquema
A RevoluçãO Russa EsquemaA RevoluçãO Russa Esquema
A RevoluçãO Russa Esquema
 
Revolução russa 9º anos e 3º anos
Revolução russa 9º anos e 3º anosRevolução russa 9º anos e 3º anos
Revolução russa 9º anos e 3º anos
 
A revolução russa 1917
A revolução russa   1917A revolução russa   1917
A revolução russa 1917
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
 
História - Revolução Russa - www.CentroApoio.com
História - Revolução Russa - www.CentroApoio.comHistória - Revolução Russa - www.CentroApoio.com
História - Revolução Russa - www.CentroApoio.com
 
A revolução russa slides
A revolução russa slidesA revolução russa slides
A revolução russa slides
 
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
 
ABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASIL
ABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASILABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASIL
ABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASIL
 
A SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIAL
A SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIALA SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIAL
A SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIAL
 
O REINADO DE D. PEDRO I
O REINADO DE D. PEDRO IO REINADO DE D. PEDRO I
O REINADO DE D. PEDRO I
 
Rebelioes regenciais blog
Rebelioes regenciais blogRebelioes regenciais blog
Rebelioes regenciais blog
 
A EUROPA NO SÉCULO XIX
A EUROPA NO SÉCULO XIXA EUROPA NO SÉCULO XIX
A EUROPA NO SÉCULO XIX
 
QUESTÕES DE HISTÓRIA - BRASIL IMPÉRIO
QUESTÕES DE HISTÓRIA - BRASIL IMPÉRIOQUESTÕES DE HISTÓRIA - BRASIL IMPÉRIO
QUESTÕES DE HISTÓRIA - BRASIL IMPÉRIO
 
Slide imigração e fim trafico negreiro
Slide imigração e fim trafico negreiro Slide imigração e fim trafico negreiro
Slide imigração e fim trafico negreiro
 
AFRICANOS NO BRASIL
AFRICANOS NO BRASILAFRICANOS NO BRASIL
AFRICANOS NO BRASIL
 
SEGUNDO REINADO 1840-1889
SEGUNDO REINADO 1840-1889SEGUNDO REINADO 1840-1889
SEGUNDO REINADO 1840-1889
 

Semelhante a REVOLUÇÃO RUSSA (1917)

Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
josepinho
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
João Couto
 
Revolução russa de 1917- 8ª série - Profª Ivanoska
Revolução russa de 1917- 8ª série - Profª IvanoskaRevolução russa de 1917- 8ª série - Profª Ivanoska
Revolução russa de 1917- 8ª série - Profª Ivanoska
elaineoliver12
 
Roteiro de Aula - Revolução Russa de 1917
Roteiro de Aula - Revolução Russa de 1917Roteiro de Aula - Revolução Russa de 1917
Roteiro de Aula - Revolução Russa de 1917
josafaslima
 
A Era Estalinista
A Era EstalinistaA Era Estalinista
A Era Estalinista
Rainha Maga
 

Semelhante a REVOLUÇÃO RUSSA (1917) (20)

A revolução soviética
A revolução soviéticaA revolução soviética
A revolução soviética
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
 
Revolução russa de 1917- 8ª série - Profª Ivanoska
Revolução russa de 1917- 8ª série - Profª IvanoskaRevolução russa de 1917- 8ª série - Profª Ivanoska
Revolução russa de 1917- 8ª série - Profª Ivanoska
 
História Geral: revolução russa
História Geral: revolução russaHistória Geral: revolução russa
História Geral: revolução russa
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
 
História da Revolução Russa,,,,,,,,,,,,,,,,,,,
História da Revolução Russa,,,,,,,,,,,,,,,,,,,História da Revolução Russa,,,,,,,,,,,,,,,,,,,
História da Revolução Russa,,,,,,,,,,,,,,,,,,,
 
Revolução Russa - Prof. Altair Aguilar
Revolução Russa - Prof. Altair AguilarRevolução Russa - Prof. Altair Aguilar
Revolução Russa - Prof. Altair Aguilar
 
A.2.4 Ficha Informativa - A Revolução Soviética (1).pdf
A.2.4 Ficha Informativa  - A Revolução Soviética (1).pdfA.2.4 Ficha Informativa  - A Revolução Soviética (1).pdf
A.2.4 Ficha Informativa - A Revolução Soviética (1).pdf
 
2 - A Revolução Russa novo.pptx
2 - A Revolução Russa novo.pptx2 - A Revolução Russa novo.pptx
2 - A Revolução Russa novo.pptx
 
Revolução russa(1917)
Revolução russa(1917)Revolução russa(1917)
Revolução russa(1917)
 
Revolução russa(1917)
Revolução russa(1917)Revolução russa(1917)
Revolução russa(1917)
 
2 revolução russa
2  revolução russa2  revolução russa
2 revolução russa
 
As Revoluções da Rússia.pptx
As Revoluções da Rússia.pptxAs Revoluções da Rússia.pptx
As Revoluções da Rússia.pptx
 
Roteiro de Aula - Revolução Russa de 1917
Roteiro de Aula - Revolução Russa de 1917Roteiro de Aula - Revolução Russa de 1917
Roteiro de Aula - Revolução Russa de 1917
 
A Era Estalinista
A Era EstalinistaA Era Estalinista
A Era Estalinista
 
Revolução soviética
Revolução soviéticaRevolução soviética
Revolução soviética
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
 
A revolução russa
A revolução russaA revolução russa
A revolução russa
 

Último

1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
LeandroLima265595
 

Último (20)

VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdfVIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptxProva nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
 
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da provaESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
Questões sobre o Mito da Caverna de Platão
Questões sobre o Mito da Caverna de PlatãoQuestões sobre o Mito da Caverna de Platão
Questões sobre o Mito da Caverna de Platão
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 
12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptxRENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
 

REVOLUÇÃO RUSSA (1917)

  • 2. ALUNOS: - Kananda Reis - Juliana Farias - Roseane Dantas - Geisa - Victoria Fontes
  • 3. DA RÚSSIA DOS CZARES À RÚSSIA DOS SOVIETES No início do século XX a Rússia vivia um período de profunda crise econômica, a qual foi agravada pela sua participação na I Guerra Mundial.
  • 4. CONTEXTO POLÍTICO Até 1917, a Rússia era governada por um czar – Nicolau II, este governava o país de forma autoritária (monarquia absoluta).
  • 5. CONTEXTO SOCIAL • O nível social existiam na Rússia profundas desigualdades: • O clero e a nobreza eram os grandes proprietários das terras. • Os camponeses, cerca de 80% da população activa, pagavam pesadas rendas e viviam miseravelmente. • Os operários cerca de 2% da população, trabalhavam muitas horas, sem condições e com salários muito baixos.
  • 6. CONTEXTO ECONÔMICO • A nível econômico a Rússia estava atrasada: • A agricultura constituía a principal actividade, mas era ainda muito rudimentar, com técnicas e utensílios arcaicos e por isso pouco produtiva. • A indústria, pouco desenvolvida.
  • 7. “DOMINGO SANGRENTO” Em 1905 os operários dirigiram-se ao Palácio de Inverno do czar , em Sampetersburgo, pedindo trabalho e pão (melhores condições de vida). Foram recebidos a tiro pela guarda imperial. Esse dia ficou conhecido por “Domingo Sangrento”.
  • 8. CONSEQUÊNCIAS DO “DOMINGO SANGRENTO” • Criação de partidos políticos, entre os quais o Partido Social Democrata, que mais tarde se dividiria em: partido Bolchevique (maioria) e partido Menchevique (minoria). • Criação de um parlamento a – Duma.
  • 9. REVOLUÇÃO MENCHEVIQUES - FEVEREIRO DE 1917 • Em 1914, a Rússia entrou na I Guerra Mundial, este fato agravou a miséria da população russa: • Em muitas cidades foram aumentando as manifestações dos militares e desempregados descontentes com a situação precária em que viviam; • A Duma criada após o Domingo Sangrento foi dissolvida. Os partidos políticos, sobretudo o bolchevique, intensificaram a sua oposição ao czar.
  • 10. • Em 27 de Fevereiro de 1917 milhares de operários com o apoio das forças do czar revoltaram-se. Era o fim do czarismo e o início de uma revolução que mudaria o sistema social, político e económico da Rússia durante um longo período. • Foi nomeado um governo provisório (Comité Executivo Provisório), que pretendia instaurar um regime parlamentar – burguês, semelhante ao dos países ocidentais, mas esbarrou com a oposição dos bolcheviques (camponeses, operários e soldados) liderados por Lenine, que havia regressado do exílio.
  • 11. • Nomeou um governo provisório (Comité Executivo Provisório), que pretendia instaurar um regime parlamentar – burguês, semelhante ao dos países ocidentais, mas esbarrou com a oposição dos bolcheviques (camponeses, operários e soldados) liderados por Lenine, que havia regressado do exílio e dirigiria uma nova revolução.
  • 12. A REVOLUÇÃO BOLCHEVIQUE – OUTUBRO DE 1917 • Em 24 de Outubro de 1917 os bolcheviques puseram fim ao Governo Provisório e instauraram um novo governo revolucionário – presidido por Lenine • Lenin pretendia instaurar o marxismo e criar uma sociedade sem classes, em que os bens de produção (fábricas, terras…) fossem nacionalizados, ou seja, estivessem na posse do Estado. • Defendia a instauração da ditadura do proletariado e a saída da Rússia da I Guerra Mundial, com esse objetivo assinou em março de 1918 o tratado de paz com a Alemanha – Brest Litovsk
  • 13. AS FASES DA CONSTRUÇÃO DA URSS • Entre 1917 e 1924 a revolução soviética (cujo objetivo era a passagem de um regime capitalista para um regime socialista) evoluiu em diversas fases: • Guerra civil (1918/1921) • - comunismo de guerra • NEP (1921/1924) • - nova política econômica
  • 14. A GUERRA CIVIL • Lenin quando chegou ao poder pôs em prática uma série de medidas revolucionárias que aboliram a propriedade privada, iniciando a nacionalização da economia: • Expropriação das grandes propriedades, sem indemnização; • Requisição das colheitas agrícolas; • Nacionalização das empresas com mais de dez operários; • Nacionalização da banca e do comércio externo
  • 15. RUSSOS BRANCOS X RUSSOS VERMELHOS Lenin e as suas medidas enfrentaram grande resistência por parte de alguns grupos sociais em consequência formaram-se 2 grupos opostos na sociedade russa: • Os russos brancos , que defendiam o regresso do czarismo e eram apoiados por países como a França, a Inglaterra, os EUA e o Japão. • Os russos vermelhos , compostos pelos bolcheviques (camponeses, operários, soldados) e que apoiavam as medidas impostas por Lenin.
  • 16. O “ COMUNISMO DE GUERRA” • Os proprietários das terras, os agricultores e os industriais opuseram-se às medidas de Lenine, destruindo as colheitas, a produção e os equipamentos ou simplesmente não se esforçando por aumentar a produção. • Face a esta oposição, à guerra civil e à pressão dos governos estrangeiros Lenine resolveu radicalizar as suas posições e pôs em prática um conjunto de medidas que ficaram conhecidas por “ comunismo de guerra”
  • 17. LENIN E O COMUNISMO DE GUERRA • Criação do partido único (Partido Comunista Bolchevique), proibindo todos os outros; • Instituiu a censura e a polícia política (tcheca); • Ordenou a perseguição, tortura e morte dos adversários políticos.
  • 18. Estas medidas aumentaram o clima de terror que se vivia na Rússia. Depois de dois anos de intensas lutas entre russos brancos e russos vermelhos, os bolcheviques venceram, conseguindo o triunfo da revolução, mas o país estava devastado por mortes, fomes, epidemias e revoltas.
  • 19. A NOVA POLÍTICA ECONÔMICA - NEP • Face à situação dramática em que a Rússia se encontrava, Lenin decidiu recuar, estrategicamente, na sua política optando por um regresso à economia capitalista, durante um período limitado. • Lenin entendeu que para desenvolver a produção, era necessário regressar à liberdade econômica. Neste sentido tomou algumas medidas que ficaram conhecidas por Nova Política Econômica– NEP.
  • 20. NEP – MEDIDAS: • Foi permitido o comércio interno e a venda direta dos produtos agrícolas no mercado, com vista a estimular o aumento da produção; • a existência de pequenas empresas privadas, agrícolas e industriais; • a entrada de capitais e técnicos estrangeiros, a fim de modernizar a indústria e aumentar a produtividade.
  • 21. NEP – CONSEQUÊNCIAS: • Com a NEP foi possível recuperar os níveis de produtividade; • permitiu aos mais desfavorecidos beneficiarem de melhores condições de vida, • politicamente significou um recuo no comunismo.
  • 22. A CRIAÇÃO DA URSS Em 1922 foi criada a URSS – União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, esta medida pretendia reunir num mesmo Estado uma diversidade de povos que compunham a Rússia, respeitando as suas diferenças.
  • 23.
  • 24.
  • 25. REFERÊNCIAS: • http://pt.wikipedia.org/wiki/Revolução_Russa_de_1917 • www.suapesquisa.com/russa/ • www.sohistoria.com.br/ef2/revolucaorussa/ • www.infoescola.com › História • Livro: História Global (Brasil e Geral) Volume 3- Ensino Médio - Gilberto Cotrim