SlideShare uma empresa Scribd logo
Era Napoleónica
Prof. Vagner Roberto
Arujá, 2015
O jovem guerreiro
• Durante a revolução
francesa, Napoleão já
se destacava como
um estrategista
talentoso.
• Subiu rapidamente
de patente no
exercito francês
Apoio da burguesia (1799)
• Com inúmeros inimigos internos e externos,
os burgueses franceses veem em Napoleão
uma figura capaz de contornar a situação
• Cria-se então o Consulado, onde Napoleão
ganha poderes equivalentes aos de um Rei.
Reformas e coroações
• Cria-se o Banco da França, que reorganiza a
economia.
• Volta das relações amistosas com a Igreja
Católica.
• Revisão e manutenção do Código Civil
• Coroação de Napoleão como Imperador
Conquistas
• Economia estável e focada no
desenvolvimento.
• Continuidade das reformas da Revolução
Francesa, como a Reforma Agrária.
• Valorização da cultura e das artes.
Ação e Reação
• Os bons resultados da França na economia
preocupavam nações vizinhas e rivais.
• Para evitar a pressão externa, a França proíbe
os países europeus de comercializar com a
Inglaterra (Bloqueio Continental)
• Nações são tomadas ou se tornam
protetorados.
Fronte Russo (1812)
• Devido ao descumprimento do Bloqueio
Continental, Napoleão ataca o Império Russo
• Longas distancias, inverno rigoroso e táticas
russas arrasam as tropas francesas
Cárceres e derrota (1814-1821)
• Com menos tropas, Napoleão é capturado na
Batalha de Leipzig
• Fica em cativeiro na ilha de Elba, sendo
resgatado logo.
• Seu retorno não lhe traz a força politica e
militar anterior, perdendo a batalha de
Waterloo
• Ele é preso novamente, agora na Ilha de Santa
Helena, onde morre em 1821
O Legado de Napoleão
• A França centralizou a produção cultural
europeia por mais de um século.
• Historiadores revisaram os eventos e a
representação do passado.
• A guerra muda de formato, surge a guerra
total.
• A ideia de tomar toda a Europa surge como
perspectiva real.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Imperialismo e industrialização - 9º Ano
Imperialismo e industrialização - 9º AnoImperialismo e industrialização - 9º Ano
Imperialismo e industrialização - 9º Ano
Italo Colares
 
Crise do sistema colonial
Crise do sistema colonialCrise do sistema colonial
Crise do sistema colonial
Edenilson Morais
 
Terceiro Ano (1) - Imperialismo e Neocolonialismo
Terceiro Ano (1) - Imperialismo e NeocolonialismoTerceiro Ano (1) - Imperialismo e Neocolonialismo
Terceiro Ano (1) - Imperialismo e Neocolonialismo
Paulo Alexandre
 
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda GuerraPeríodo Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
Douglas Barraqui
 
A queda do império romano
A queda do império romanoA queda do império romano
A queda do império romano
cattonia
 
Brasil Período Joanino
Brasil Período JoaninoBrasil Período Joanino
Brasil Período Joanino
dmflores21
 
Republica velha resumão
Republica velha resumãoRepublica velha resumão
Republica velha resumão
Fabio Santos
 
O brasil na primeira republica
O brasil na primeira republicaO brasil na primeira republica
O brasil na primeira republica
Simone P Baldissera
 
America espanhola
America espanholaAmerica espanhola
America espanhola
joana71
 
Revolução de 1930
Revolução de 1930Revolução de 1930
Revolução de 1930
Laércio Góes
 
As revoluções inglesas
As revoluções inglesasAs revoluções inglesas
As revoluções inglesas
Janaina Flavia Santos Azevedo
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
eiprofessor
 
Absolutismo
AbsolutismoAbsolutismo
Absolutismo
Paulo Alexandre
 
Unificação italia e alemanha
Unificação italia e alemanhaUnificação italia e alemanha
Unificação italia e alemanha
Isabel Aguiar
 
a era vargas (1930-1945)
a era vargas  (1930-1945) a era vargas  (1930-1945)
a era vargas (1930-1945)
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
Segundo Reinado - Crises
Segundo Reinado - CrisesSegundo Reinado - Crises
Segundo Reinado - Crises
carlosbidu
 
As revoluções de 1830 e 1848
As revoluções de 1830 e 1848As revoluções de 1830 e 1848
As revoluções de 1830 e 1848
Wilton Moretto
 
Primeiro reinado
Primeiro reinadoPrimeiro reinado
Primeiro reinado
Marilia Pimentel
 
3º ano era vargas
3º ano   era vargas3º ano   era vargas
3º ano era vargas
Daniel Alves Bronstrup
 
Independência da américa portuguesa
Independência da américa portuguesaIndependência da américa portuguesa
Independência da américa portuguesa
Rodrigo Luiz
 

Mais procurados (20)

Imperialismo e industrialização - 9º Ano
Imperialismo e industrialização - 9º AnoImperialismo e industrialização - 9º Ano
Imperialismo e industrialização - 9º Ano
 
Crise do sistema colonial
Crise do sistema colonialCrise do sistema colonial
Crise do sistema colonial
 
Terceiro Ano (1) - Imperialismo e Neocolonialismo
Terceiro Ano (1) - Imperialismo e NeocolonialismoTerceiro Ano (1) - Imperialismo e Neocolonialismo
Terceiro Ano (1) - Imperialismo e Neocolonialismo
 
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda GuerraPeríodo Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
 
A queda do império romano
A queda do império romanoA queda do império romano
A queda do império romano
 
Brasil Período Joanino
Brasil Período JoaninoBrasil Período Joanino
Brasil Período Joanino
 
Republica velha resumão
Republica velha resumãoRepublica velha resumão
Republica velha resumão
 
O brasil na primeira republica
O brasil na primeira republicaO brasil na primeira republica
O brasil na primeira republica
 
America espanhola
America espanholaAmerica espanhola
America espanhola
 
Revolução de 1930
Revolução de 1930Revolução de 1930
Revolução de 1930
 
As revoluções inglesas
As revoluções inglesasAs revoluções inglesas
As revoluções inglesas
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
Absolutismo
AbsolutismoAbsolutismo
Absolutismo
 
Unificação italia e alemanha
Unificação italia e alemanhaUnificação italia e alemanha
Unificação italia e alemanha
 
a era vargas (1930-1945)
a era vargas  (1930-1945) a era vargas  (1930-1945)
a era vargas (1930-1945)
 
Segundo Reinado - Crises
Segundo Reinado - CrisesSegundo Reinado - Crises
Segundo Reinado - Crises
 
As revoluções de 1830 e 1848
As revoluções de 1830 e 1848As revoluções de 1830 e 1848
As revoluções de 1830 e 1848
 
Primeiro reinado
Primeiro reinadoPrimeiro reinado
Primeiro reinado
 
3º ano era vargas
3º ano   era vargas3º ano   era vargas
3º ano era vargas
 
Independência da américa portuguesa
Independência da américa portuguesaIndependência da américa portuguesa
Independência da américa portuguesa
 

Destaque

Da Revolução Francesa Ao ImpéRio De NapoleãO
Da Revolução Francesa Ao ImpéRio De NapoleãODa Revolução Francesa Ao ImpéRio De NapoleãO
Da Revolução Francesa Ao ImpéRio De NapoleãO
jdlimaaear
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
edna2
 
Ascensão de Napoleão Bonaparte
Ascensão de Napoleão BonaparteAscensão de Napoleão Bonaparte
Ascensão de Napoleão Bonaparte
E.E. Prof. João Magiano Pinto
 
Da Revolução Francesa a Era de Napoleão Bonaparte
Da Revolução Francesa a Era de Napoleão BonaparteDa Revolução Francesa a Era de Napoleão Bonaparte
Da Revolução Francesa a Era de Napoleão Bonaparte
Darlene Celestina
 
Era Napoleônica
Era NapoleônicaEra Napoleônica
Era Napoleônica
Lutero Ramos
 
Slides revolução francesa
Slides revolução francesaSlides revolução francesa
Slides revolução francesa
profalced04
 
Invasões francesas ppt
Invasões francesas   pptInvasões francesas   ppt
Invasões francesas ppt
Álvaro Maurício
 
Invasões Francesas
Invasões FrancesasInvasões Francesas
Invasões Francesas
Edite Bartissol
 
Napoleão Bonaparte
Napoleão BonaparteNapoleão Bonaparte
Napoleão Bonaparte
lubeliaduarte
 
Era napoleonica
Era napoleonicaEra napoleonica
Era napoleonica
Isabel Aguiar
 
Napoleão Bonaparte
Napoleão BonaparteNapoleão Bonaparte
Napoleão Bonaparte
CRIATIVO
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
Alexandre Ribeiro
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
crie_historia8
 
As Invasões Francesas
As Invasões FrancesasAs Invasões Francesas
As Invasões Francesas
jdlimaaear
 
2.16 planeta terra eventos
2.16 planeta terra eventos2.16 planeta terra eventos
2.16 planeta terra eventos
alynecunha10
 
Aula sobre a conclusao de Albert Soboul para a Revolucao Francesa
Aula sobre a conclusao de Albert Soboul para a Revolucao FrancesaAula sobre a conclusao de Albert Soboul para a Revolucao Francesa
Aula sobre a conclusao de Albert Soboul para a Revolucao Francesa
Carlo Romani
 
Costumes Tradições
Costumes TradiçõesCostumes Tradições
Costumes Tradições
teresacorreiasilva
 
Expansionismo Frances
Expansionismo FrancesExpansionismo Frances
Expansionismo Frances
Manuel Quiñones Samaniego
 
Inserção histórica dos eventos
Inserção histórica dos eventosInserção histórica dos eventos
Inserção histórica dos eventos
Paulo Marquêz
 
Invasões napoleónicas historia portugal
Invasões napoleónicas   historia portugalInvasões napoleónicas   historia portugal
Invasões napoleónicas historia portugal
Hugo Miguel Carriço
 

Destaque (20)

Da Revolução Francesa Ao ImpéRio De NapoleãO
Da Revolução Francesa Ao ImpéRio De NapoleãODa Revolução Francesa Ao ImpéRio De NapoleãO
Da Revolução Francesa Ao ImpéRio De NapoleãO
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
 
Ascensão de Napoleão Bonaparte
Ascensão de Napoleão BonaparteAscensão de Napoleão Bonaparte
Ascensão de Napoleão Bonaparte
 
Da Revolução Francesa a Era de Napoleão Bonaparte
Da Revolução Francesa a Era de Napoleão BonaparteDa Revolução Francesa a Era de Napoleão Bonaparte
Da Revolução Francesa a Era de Napoleão Bonaparte
 
Era Napoleônica
Era NapoleônicaEra Napoleônica
Era Napoleônica
 
Slides revolução francesa
Slides revolução francesaSlides revolução francesa
Slides revolução francesa
 
Invasões francesas ppt
Invasões francesas   pptInvasões francesas   ppt
Invasões francesas ppt
 
Invasões Francesas
Invasões FrancesasInvasões Francesas
Invasões Francesas
 
Napoleão Bonaparte
Napoleão BonaparteNapoleão Bonaparte
Napoleão Bonaparte
 
Era napoleonica
Era napoleonicaEra napoleonica
Era napoleonica
 
Napoleão Bonaparte
Napoleão BonaparteNapoleão Bonaparte
Napoleão Bonaparte
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
 
As Invasões Francesas
As Invasões FrancesasAs Invasões Francesas
As Invasões Francesas
 
2.16 planeta terra eventos
2.16 planeta terra eventos2.16 planeta terra eventos
2.16 planeta terra eventos
 
Aula sobre a conclusao de Albert Soboul para a Revolucao Francesa
Aula sobre a conclusao de Albert Soboul para a Revolucao FrancesaAula sobre a conclusao de Albert Soboul para a Revolucao Francesa
Aula sobre a conclusao de Albert Soboul para a Revolucao Francesa
 
Costumes Tradições
Costumes TradiçõesCostumes Tradições
Costumes Tradições
 
Expansionismo Frances
Expansionismo FrancesExpansionismo Frances
Expansionismo Frances
 
Inserção histórica dos eventos
Inserção histórica dos eventosInserção histórica dos eventos
Inserção histórica dos eventos
 
Invasões napoleónicas historia portugal
Invasões napoleónicas   historia portugalInvasões napoleónicas   historia portugal
Invasões napoleónicas historia portugal
 

Semelhante a Era napoleónica

A era napoleônica 2012
A era napoleônica   2012A era napoleônica   2012
A era napoleônica 2012
historiando
 
A era napoleônica 2017
A era napoleônica   2017A era napoleônica   2017
A era napoleônica 2017
Nelia Salles Nantes
 
A era napoleônica 2017
A era napoleônica   2017A era napoleônica   2017
A era napoleônica 2017
Nelia Salles Nantes
 
Periodo napoleonico
Periodo napoleonicoPeriodo napoleonico
Periodo napoleonico
profabiorodrigues
 
Era napoleônica
Era napoleônicaEra napoleônica
Era napoleônica
Adriana Gomes Messias
 
Era napoleônica 8 ano
Era napoleônica 8 anoEra napoleônica 8 ano
Era napoleônica 8 ano
Adriana Gomes Messias
 
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
Isabela Espíndola
 
A era napoleônica
A era napoleônicaA era napoleônica
A era napoleônica
Ueber Vale
 
Absolutismo e mercantilismo
Absolutismo e mercantilismoAbsolutismo e mercantilismo
Absolutismo e mercantilismo
Maria Luiza
 
Napoleão
NapoleãoNapoleão
Napoleão
Dhenis Maciel
 
A era napoleônica 2014
A era napoleônica   2014A era napoleônica   2014
A era napoleônica 2014
Nelia Salles Nantes
 
A era napoleônica 2013
A era napoleônica   2013A era napoleônica   2013
A era napoleônica 2013
historiando
 
Império Napoleônico
Império NapoleônicoImpério Napoleônico
Império Napoleônico
Filipe Carota
 
A era napolionica
A era napolionicaA era napolionica
A era napolionica
Kauanna Rodrigues
 
A era napoleônica
A era napoleônicaA era napoleônica
A era napoleônica
Fatima Freitas
 
ERA NAPOLEÔNICA
ERA NAPOLEÔNICAERA NAPOLEÔNICA
ERA NAPOLEÔNICA
isabelaguiar2010
 
Era napoleônica
Era napoleônicaEra napoleônica
Era napoleônica
Ramiro Bicca
 
Aula Consolidação da Ordem Liberal Intensivo
Aula Consolidação da Ordem Liberal Intensivo Aula Consolidação da Ordem Liberal Intensivo
Aula Consolidação da Ordem Liberal Intensivo
CarlosNazar1
 
Período napoleônico
Período napoleônicoPeríodo napoleônico
Período napoleônico
Fernando Sergio Leão Castilho
 
O período napoleônico
O período napoleônicoO período napoleônico
O período napoleônico
Geovane Lima da Silva
 

Semelhante a Era napoleónica (20)

A era napoleônica 2012
A era napoleônica   2012A era napoleônica   2012
A era napoleônica 2012
 
A era napoleônica 2017
A era napoleônica   2017A era napoleônica   2017
A era napoleônica 2017
 
A era napoleônica 2017
A era napoleônica   2017A era napoleônica   2017
A era napoleônica 2017
 
Periodo napoleonico
Periodo napoleonicoPeriodo napoleonico
Periodo napoleonico
 
Era napoleônica
Era napoleônicaEra napoleônica
Era napoleônica
 
Era napoleônica 8 ano
Era napoleônica 8 anoEra napoleônica 8 ano
Era napoleônica 8 ano
 
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
 
A era napoleônica
A era napoleônicaA era napoleônica
A era napoleônica
 
Absolutismo e mercantilismo
Absolutismo e mercantilismoAbsolutismo e mercantilismo
Absolutismo e mercantilismo
 
Napoleão
NapoleãoNapoleão
Napoleão
 
A era napoleônica 2014
A era napoleônica   2014A era napoleônica   2014
A era napoleônica 2014
 
A era napoleônica 2013
A era napoleônica   2013A era napoleônica   2013
A era napoleônica 2013
 
Império Napoleônico
Império NapoleônicoImpério Napoleônico
Império Napoleônico
 
A era napolionica
A era napolionicaA era napolionica
A era napolionica
 
A era napoleônica
A era napoleônicaA era napoleônica
A era napoleônica
 
ERA NAPOLEÔNICA
ERA NAPOLEÔNICAERA NAPOLEÔNICA
ERA NAPOLEÔNICA
 
Era napoleônica
Era napoleônicaEra napoleônica
Era napoleônica
 
Aula Consolidação da Ordem Liberal Intensivo
Aula Consolidação da Ordem Liberal Intensivo Aula Consolidação da Ordem Liberal Intensivo
Aula Consolidação da Ordem Liberal Intensivo
 
Período napoleônico
Período napoleônicoPeríodo napoleônico
Período napoleônico
 
O período napoleônico
O período napoleônicoO período napoleônico
O período napoleônico
 

Mais de Vagner Roberto

História e representações brinquedos
História e representações brinquedosHistória e representações brinquedos
História e representações brinquedos
Vagner Roberto
 
Período helenístico
Período helenísticoPeríodo helenístico
Período helenístico
Vagner Roberto
 
Regime militar brasileiro
Regime militar brasileiroRegime militar brasileiro
Regime militar brasileiro
Vagner Roberto
 
Esparta e o militarismo grego
Esparta e o militarismo gregoEsparta e o militarismo grego
Esparta e o militarismo grego
Vagner Roberto
 
Civilização grega ii
Civilização grega iiCivilização grega ii
Civilização grega ii
Vagner Roberto
 
Civilização grega i
Civilização grega iCivilização grega i
Civilização grega i
Vagner Roberto
 
Colonização portuguesa
Colonização portuguesaColonização portuguesa
Colonização portuguesa
Vagner Roberto
 
Colonização americana
Colonização americanaColonização americana
Colonização americana
Vagner Roberto
 
Segundo reinado (1840 – 1889)
Segundo reinado (1840 – 1889)Segundo reinado (1840 – 1889)
Segundo reinado (1840 – 1889)
Vagner Roberto
 
Movimentos sociais e politicos da europa no século
Movimentos sociais e politicos da europa no séculoMovimentos sociais e politicos da europa no século
Movimentos sociais e politicos da europa no século
Vagner Roberto
 
Guerra civil americana
Guerra civil americanaGuerra civil americana
Guerra civil americana
Vagner Roberto
 
O fim da guerra fria
O fim da guerra friaO fim da guerra fria
O fim da guerra fria
Vagner Roberto
 
Guerra fria e a cultura
Guerra fria e a culturaGuerra fria e a cultura
Guerra fria e a cultura
Vagner Roberto
 
A corrida espacial
A corrida espacialA corrida espacial
A corrida espacial
Vagner Roberto
 
A corrida armamentista
A corrida armamentistaA corrida armamentista
A corrida armamentista
Vagner Roberto
 
Revolução industrial inglesa
Revolução industrial inglesaRevolução industrial inglesa
Revolução industrial inglesa
Vagner Roberto
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
Vagner Roberto
 
Movimentos sociais e politicos da europa no século
Movimentos sociais e politicos da europa no séculoMovimentos sociais e politicos da europa no século
Movimentos sociais e politicos da europa no século
Vagner Roberto
 
Primeiro período vargas (1930 1945)
Primeiro período vargas (1930  1945)Primeiro período vargas (1930  1945)
Primeiro período vargas (1930 1945)
Vagner Roberto
 
Revolução francesa 8º
Revolução francesa 8ºRevolução francesa 8º
Revolução francesa 8º
Vagner Roberto
 

Mais de Vagner Roberto (20)

História e representações brinquedos
História e representações brinquedosHistória e representações brinquedos
História e representações brinquedos
 
Período helenístico
Período helenísticoPeríodo helenístico
Período helenístico
 
Regime militar brasileiro
Regime militar brasileiroRegime militar brasileiro
Regime militar brasileiro
 
Esparta e o militarismo grego
Esparta e o militarismo gregoEsparta e o militarismo grego
Esparta e o militarismo grego
 
Civilização grega ii
Civilização grega iiCivilização grega ii
Civilização grega ii
 
Civilização grega i
Civilização grega iCivilização grega i
Civilização grega i
 
Colonização portuguesa
Colonização portuguesaColonização portuguesa
Colonização portuguesa
 
Colonização americana
Colonização americanaColonização americana
Colonização americana
 
Segundo reinado (1840 – 1889)
Segundo reinado (1840 – 1889)Segundo reinado (1840 – 1889)
Segundo reinado (1840 – 1889)
 
Movimentos sociais e politicos da europa no século
Movimentos sociais e politicos da europa no séculoMovimentos sociais e politicos da europa no século
Movimentos sociais e politicos da europa no século
 
Guerra civil americana
Guerra civil americanaGuerra civil americana
Guerra civil americana
 
O fim da guerra fria
O fim da guerra friaO fim da guerra fria
O fim da guerra fria
 
Guerra fria e a cultura
Guerra fria e a culturaGuerra fria e a cultura
Guerra fria e a cultura
 
A corrida espacial
A corrida espacialA corrida espacial
A corrida espacial
 
A corrida armamentista
A corrida armamentistaA corrida armamentista
A corrida armamentista
 
Revolução industrial inglesa
Revolução industrial inglesaRevolução industrial inglesa
Revolução industrial inglesa
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
 
Movimentos sociais e politicos da europa no século
Movimentos sociais e politicos da europa no séculoMovimentos sociais e politicos da europa no século
Movimentos sociais e politicos da europa no século
 
Primeiro período vargas (1930 1945)
Primeiro período vargas (1930  1945)Primeiro período vargas (1930  1945)
Primeiro período vargas (1930 1945)
 
Revolução francesa 8º
Revolução francesa 8ºRevolução francesa 8º
Revolução francesa 8º
 

Último

O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 

Último (20)

O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 

Era napoleónica

  • 1. Era Napoleónica Prof. Vagner Roberto Arujá, 2015
  • 2. O jovem guerreiro • Durante a revolução francesa, Napoleão já se destacava como um estrategista talentoso. • Subiu rapidamente de patente no exercito francês
  • 3. Apoio da burguesia (1799) • Com inúmeros inimigos internos e externos, os burgueses franceses veem em Napoleão uma figura capaz de contornar a situação • Cria-se então o Consulado, onde Napoleão ganha poderes equivalentes aos de um Rei.
  • 4.
  • 5. Reformas e coroações • Cria-se o Banco da França, que reorganiza a economia. • Volta das relações amistosas com a Igreja Católica. • Revisão e manutenção do Código Civil • Coroação de Napoleão como Imperador
  • 6.
  • 7. Conquistas • Economia estável e focada no desenvolvimento. • Continuidade das reformas da Revolução Francesa, como a Reforma Agrária. • Valorização da cultura e das artes.
  • 8. Ação e Reação • Os bons resultados da França na economia preocupavam nações vizinhas e rivais. • Para evitar a pressão externa, a França proíbe os países europeus de comercializar com a Inglaterra (Bloqueio Continental) • Nações são tomadas ou se tornam protetorados.
  • 9.
  • 10. Fronte Russo (1812) • Devido ao descumprimento do Bloqueio Continental, Napoleão ataca o Império Russo • Longas distancias, inverno rigoroso e táticas russas arrasam as tropas francesas
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15. Cárceres e derrota (1814-1821) • Com menos tropas, Napoleão é capturado na Batalha de Leipzig • Fica em cativeiro na ilha de Elba, sendo resgatado logo. • Seu retorno não lhe traz a força politica e militar anterior, perdendo a batalha de Waterloo • Ele é preso novamente, agora na Ilha de Santa Helena, onde morre em 1821
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19. O Legado de Napoleão • A França centralizou a produção cultural europeia por mais de um século. • Historiadores revisaram os eventos e a representação do passado. • A guerra muda de formato, surge a guerra total. • A ideia de tomar toda a Europa surge como perspectiva real.