SlideShare uma empresa Scribd logo
Resumos para o Teste Uma ajuda no estudo!
Resumo – 1.º Teste Enquadramento Tema C  – Do Portugal do Século XVIII à Consolidação da Sociedade Liberal 1.º Subtema  – Império e monarquia absoluta no Século XVIII Manual até à página 35 e resumos do caderno!
O Brasil e D. João V Do Açúcar ao Ouro…
O Brasil e D. João V Do Açúcar ao Ouro… O Brasil como colónia portuguesa começou a dar bons resultados principalmente produzindo cana-de-açúcar. Enriqueceram os “Senhores dos Engenhos” com a produção de açucar. Emigraram de Portugal muitos colonos para explorar as riquezas do Brasil. Foram também levados muitos escravos de África para o Brasil para trabalharem nos engenhos. Os Jesuítas deram assistência social e religiosa aos escravos. No princípio do Século XVIII os Bandeirantes descobriram, no Brasil, minas de ouro e diamantes. Foi no reinado de D. João V que chegaram as remessas de ouro, sendo que ao rei pertencia 1/5 em impostos de todo o ouro que chegava.
D. João V e o Absolutismo
D. João V e o Absolutismo No Reinado de D. João V chegavam do Brasil remessas de Ouro e Diamantes enriquecendo o Reino de Portugal. D. João V foi um rei Absolutista: isto é, concentrava em si todos os poderes. Não reunia as Cortes. A  sociedade estava dividida em grupos sociais privilegiados (Clero e Nobreza) e não privilegiados (Burguesia e Povo). A Corte de D. João V dedicava-se ao Luxo e às Festas. O Clero controlada o Tribunal da Inquisição e julgava os crimes religiosos em cerimónias públicas, por exemplo, os Auto-de-Fé. No reinado de D. João V foram construídos vários monumentos, como por exemplo, o Palácio/Convento de Mafra.
A Monarquia Absoluta de D. José I
A Monarquia Absoluta de D. José I Quando D. José I subiu ao trono Portugal estava numa grave crise económica, recebia menos Ouro e as importações aumentavam. A nobreza e o clero tinham muito poder. D. José I nomeou o Marquês de Pombal para seu ministro. Em 1755 deu-se o terramoto que destruiu Lisboa. O Marquês de Pombal organizou a reconstrução de Lisboa refazendo a baixa de Lisboa, com ruas largas e perpendiculares e construindo a Praça do Comércio. No reinado de D. José I foram feitas reformas económicas (reforço da indústria e do comércio) e reformas sociais (mais poder para a Burguesia e menos poder para a Nobreza e o Clero). Ainda no reinado de D. José foram feitas reformas no ensino com a criação das “Escolas Menores” e a reforma da Universidade de Coimbra.
Da Revolução Francesa ao Império de Napoleão
Da Revolução Francesa ao Império de Napoleão Em 1789, em França, deu-se a Revolução Francesa que tinha como ideais os princípios da “Liberdade, Igualdade e Fraternidade”. O objectivo dos revolucionários era acabar com o poder absoluto do Rei e com os pesados impostos e obrigações que a Nobreza exigia. Com receio do impacto da Revolução Francesa nos seus países, muitos monarcas e nações declaram guerra a Franca. Em 1804, Napoleão Bonaparte tornou-se Imperador e conseguiu dominar grande parte da Europa. A Inglaterra resistiu e opôs-se a estas conquistas e domínio francês de Napoleão. Em 1806, Napoleão decretou o fecho de todos os portos comerciais aos navios ingleses. A isto se chamou o Bloqueio Continental. Portugal era aliado dos Ingleses e não aderiu ao Bloqueio Continental.
As Invasões Francesas
As Invasões Francesas Portugal não aderiu ao Bloqueio Continental e por isso a França invadiu Portugal. A primeira invasão francesa foi comandada por Junot que facilmente chegou com as suas tropas a Lisboa. A família real fugiu para o Brasil levando muita gente da Corte portuguesa. Os Ingleses ajudaram Portugal na luta contra as tropas francesas e em 1808 foi assinada a Convenção de Sintra que forçava os franceses a abandonar Portugal. Em 1809 Soult, a mando de Napoleão, volta a tentar invadir Portugal e falha. Foi a chamada 2.ª Invasão Francesa. Em 1810 Massena tenta também invadir novamente Portugal e é travado nas Linhas de Torres Vedras forçando o abandono definitivo das suas tropas na invasão a Portugal em 1811.
Bom estudo!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ficha formativa 1820 e o liberalismo correcao
Ficha formativa 1820 e o liberalismo correcaoFicha formativa 1820 e o liberalismo correcao
Ficha formativa 1820 e o liberalismo correcao
Ana Barreiros
 
Power Point De HistóRia
Power Point De HistóRiaPower Point De HistóRia
Power Point De HistóRia
guestde15028
 
História do brasil, invasões holandesas e francesa
História do brasil, invasões holandesas e francesaHistória do brasil, invasões holandesas e francesa
História do brasil, invasões holandesas e francesa
Ócio do Ofício
 
O império colonial português no século XVIII
O império colonial português no século XVIIIO império colonial português no século XVIII
O império colonial português no século XVIII
anabelasilvasobral
 
União ibérica
União ibéricaUnião ibérica
União ibérica
Pedro Henrique
 
O ouro do brasil
O ouro do brasilO ouro do brasil
O ouro do brasil
Raimundo Alves de Araújo
 
Portugal sec xviii
Portugal sec xviiiPortugal sec xviii
Portugal sec xviii
anabraga
 
Independência do Brasil
Independência do BrasilIndependência do Brasil
Independência do Brasil
Aulas de História
 
Brasiil: invasões estrangeiras (francesas e holandesas) 2020
Brasiil: invasões estrangeiras (francesas e holandesas) 2020Brasiil: invasões estrangeiras (francesas e holandesas) 2020
Brasiil: invasões estrangeiras (francesas e holandesas) 2020
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
A transferência da Corte para o Brasil 1808
A transferência da Corte para o Brasil 1808A transferência da Corte para o Brasil 1808
A transferência da Corte para o Brasil 1808
ProfessoresColeguium
 
Trabalho de história.power point carolina-11ºf
Trabalho de história.power point carolina-11ºfTrabalho de história.power point carolina-11ºf
Trabalho de história.power point carolina-11ºf
Carla Teixeira
 
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
Isabela Espíndola
 
A vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasilA vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasil
historiando
 
Brasil invasões estrangeiras - francesas e holandesas
Brasil invasões estrangeiras - francesas e holandesasBrasil invasões estrangeiras - francesas e holandesas
Brasil invasões estrangeiras - francesas e holandesas
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
União ibérica & restauração
União ibérica & restauraçãoUnião ibérica & restauração
União ibérica & restauração
Rainha Maga
 
Brasil fuga da corte
Brasil fuga da corteBrasil fuga da corte
Brasil fuga da corte
Douglas Barraqui
 
Unidade zero da união ibérica à restauração e o nascer do 2º império
Unidade zero da união ibérica à restauração e o nascer do 2º impérioUnidade zero da união ibérica à restauração e o nascer do 2º império
Unidade zero da união ibérica à restauração e o nascer do 2º império
Anabela Sobral
 
Atividades de independencia do brasil 2013
Atividades de independencia do brasil 2013Atividades de independencia do brasil 2013
Atividades de independencia do brasil 2013
Atividades Diversas Cláudia
 
6º tema i - da união ibérica a d. josé i
6º   tema i - da união ibérica a d. josé i6º   tema i - da união ibérica a d. josé i
6º tema i - da união ibérica a d. josé i
liedson
 
A vinda da família real para o brasil
A vinda da família real para o brasilA vinda da família real para o brasil
A vinda da família real para o brasil
Tílio Jr Marigo
 

Mais procurados (20)

Ficha formativa 1820 e o liberalismo correcao
Ficha formativa 1820 e o liberalismo correcaoFicha formativa 1820 e o liberalismo correcao
Ficha formativa 1820 e o liberalismo correcao
 
Power Point De HistóRia
Power Point De HistóRiaPower Point De HistóRia
Power Point De HistóRia
 
História do brasil, invasões holandesas e francesa
História do brasil, invasões holandesas e francesaHistória do brasil, invasões holandesas e francesa
História do brasil, invasões holandesas e francesa
 
O império colonial português no século XVIII
O império colonial português no século XVIIIO império colonial português no século XVIII
O império colonial português no século XVIII
 
União ibérica
União ibéricaUnião ibérica
União ibérica
 
O ouro do brasil
O ouro do brasilO ouro do brasil
O ouro do brasil
 
Portugal sec xviii
Portugal sec xviiiPortugal sec xviii
Portugal sec xviii
 
Independência do Brasil
Independência do BrasilIndependência do Brasil
Independência do Brasil
 
Brasiil: invasões estrangeiras (francesas e holandesas) 2020
Brasiil: invasões estrangeiras (francesas e holandesas) 2020Brasiil: invasões estrangeiras (francesas e holandesas) 2020
Brasiil: invasões estrangeiras (francesas e holandesas) 2020
 
A transferência da Corte para o Brasil 1808
A transferência da Corte para o Brasil 1808A transferência da Corte para o Brasil 1808
A transferência da Corte para o Brasil 1808
 
Trabalho de história.power point carolina-11ºf
Trabalho de história.power point carolina-11ºfTrabalho de história.power point carolina-11ºf
Trabalho de história.power point carolina-11ºf
 
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
 
A vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasilA vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasil
 
Brasil invasões estrangeiras - francesas e holandesas
Brasil invasões estrangeiras - francesas e holandesasBrasil invasões estrangeiras - francesas e holandesas
Brasil invasões estrangeiras - francesas e holandesas
 
União ibérica & restauração
União ibérica & restauraçãoUnião ibérica & restauração
União ibérica & restauração
 
Brasil fuga da corte
Brasil fuga da corteBrasil fuga da corte
Brasil fuga da corte
 
Unidade zero da união ibérica à restauração e o nascer do 2º império
Unidade zero da união ibérica à restauração e o nascer do 2º impérioUnidade zero da união ibérica à restauração e o nascer do 2º império
Unidade zero da união ibérica à restauração e o nascer do 2º império
 
Atividades de independencia do brasil 2013
Atividades de independencia do brasil 2013Atividades de independencia do brasil 2013
Atividades de independencia do brasil 2013
 
6º tema i - da união ibérica a d. josé i
6º   tema i - da união ibérica a d. josé i6º   tema i - da união ibérica a d. josé i
6º tema i - da união ibérica a d. josé i
 
A vinda da família real para o brasil
A vinda da família real para o brasilA vinda da família real para o brasil
A vinda da família real para o brasil
 

Destaque

Ficha de avaliação - HGP - 6ºAno - O Império Português no Século XVIII/ D. Jo...
Ficha de avaliação - HGP - 6ºAno - O Império Português no Século XVIII/ D. Jo...Ficha de avaliação - HGP - 6ºAno - O Império Português no Século XVIII/ D. Jo...
Ficha de avaliação - HGP - 6ºAno - O Império Português no Século XVIII/ D. Jo...
maria.antonia
 
A.1 teste diagnóstico império e monarquia absoluta no século xviii (2)
A.1 teste diagnóstico   império e monarquia absoluta no século xviii (2)A.1 teste diagnóstico   império e monarquia absoluta no século xviii (2)
A.1 teste diagnóstico império e monarquia absoluta no século xviii (2)
Miguel Gonçalves
 
A primeira guerra mundial
A primeira guerra mundialA primeira guerra mundial
A primeira guerra mundial
José Gomes
 
O Absolutismo
O AbsolutismoO Absolutismo
O Absolutismo
guest22c5e7
 
O despotismo pombalino
O despotismo pombalinoO despotismo pombalino
O despotismo pombalino
borgia
 
As Invasões Francesas
As Invasões FrancesasAs Invasões Francesas
As Invasões Francesas
jdlimaaear
 
Império português no século XVIII
Império português no século XVIIIImpério português no século XVIII
Império português no século XVIII
cruchinho
 
Friso CronolóGico
Friso CronolóGicoFriso CronolóGico
Friso CronolóGico
Susana Fartura
 
1820 e o Triunfo Dos Liberais
1820 e o Triunfo Dos Liberais1820 e o Triunfo Dos Liberais
1820 e o Triunfo Dos Liberais
Sandra Sousa
 

Destaque (9)

Ficha de avaliação - HGP - 6ºAno - O Império Português no Século XVIII/ D. Jo...
Ficha de avaliação - HGP - 6ºAno - O Império Português no Século XVIII/ D. Jo...Ficha de avaliação - HGP - 6ºAno - O Império Português no Século XVIII/ D. Jo...
Ficha de avaliação - HGP - 6ºAno - O Império Português no Século XVIII/ D. Jo...
 
A.1 teste diagnóstico império e monarquia absoluta no século xviii (2)
A.1 teste diagnóstico   império e monarquia absoluta no século xviii (2)A.1 teste diagnóstico   império e monarquia absoluta no século xviii (2)
A.1 teste diagnóstico império e monarquia absoluta no século xviii (2)
 
A primeira guerra mundial
A primeira guerra mundialA primeira guerra mundial
A primeira guerra mundial
 
O Absolutismo
O AbsolutismoO Absolutismo
O Absolutismo
 
O despotismo pombalino
O despotismo pombalinoO despotismo pombalino
O despotismo pombalino
 
As Invasões Francesas
As Invasões FrancesasAs Invasões Francesas
As Invasões Francesas
 
Império português no século XVIII
Império português no século XVIIIImpério português no século XVIII
Império português no século XVIII
 
Friso CronolóGico
Friso CronolóGicoFriso CronolóGico
Friso CronolóGico
 
1820 e o Triunfo Dos Liberais
1820 e o Triunfo Dos Liberais1820 e o Triunfo Dos Liberais
1820 e o Triunfo Dos Liberais
 

Semelhante a Resumos Para O Teste

O império colonial português do séc
O império colonial português do sécO império colonial português do séc
O império colonial português do séc
Silvia Lino
 
A vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasilA vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasil
historiando
 
A vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasilA vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasil
Nelia Salles Nantes
 
Resumos para o 1.º Teste
Resumos para o 1.º TesteResumos para o 1.º Teste
Resumos para o 1.º Teste
jdlimaaear
 
A transferência da corte para o brasil 1808
A transferência da corte para o brasil 1808A transferência da corte para o brasil 1808
A transferência da corte para o brasil 1808
ProfessoresColeguium
 
Família real no brasil
Família real no brasilFamília real no brasil
Família real no brasil
harlissoncarvalho
 
A vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasilA vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasil
historiando
 
HISTÓRIA: De Colônia à sede do Império Português
HISTÓRIA: De Colônia à sede do Império PortuguêsHISTÓRIA: De Colônia à sede do Império Português
HISTÓRIA: De Colônia à sede do Império Português
BlogSJuniinho
 
F1 o império português e a concorrência internacional
F1 o império português e a concorrência internacionalF1 o império português e a concorrência internacional
F1 o império português e a concorrência internacional
Vítor Santos
 
A vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasilA vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasil
Nelia Salles Nantes
 
A vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasilA vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasil
Nelia Salles Nantes
 
História do brasil
História do brasilHistória do brasil
História do brasil
sueli ramos
 
história(2).pdf
história(2).pdfhistória(2).pdf
história(2).pdf
AnaBeatriz125525
 
A vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasilA vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasil
Nelia Salles Nantes
 
A Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.ppt
A Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.pptA Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.ppt
A Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.ppt
carloshistoriador
 
A Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.ppt
A Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.pptA Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.ppt
A Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.ppt
carloshistoriador
 
Power Point De HistóRia 2
Power Point De HistóRia 2Power Point De HistóRia 2
Power Point De HistóRia 2
guestde15028
 
Power Point De HistóRia 3
Power Point De HistóRia 3Power Point De HistóRia 3
Power Point De HistóRia 3
guestde15028
 
C:\Fakepath\Historia 2
C:\Fakepath\Historia 2C:\Fakepath\Historia 2
C:\Fakepath\Historia 2
8ºC
 
Vinda Da Familia Real Para O Brasil
Vinda Da Familia Real Para O BrasilVinda Da Familia Real Para O Brasil
Vinda Da Familia Real Para O Brasil
henrique.jay
 

Semelhante a Resumos Para O Teste (20)

O império colonial português do séc
O império colonial português do sécO império colonial português do séc
O império colonial português do séc
 
A vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasilA vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasil
 
A vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasilA vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasil
 
Resumos para o 1.º Teste
Resumos para o 1.º TesteResumos para o 1.º Teste
Resumos para o 1.º Teste
 
A transferência da corte para o brasil 1808
A transferência da corte para o brasil 1808A transferência da corte para o brasil 1808
A transferência da corte para o brasil 1808
 
Família real no brasil
Família real no brasilFamília real no brasil
Família real no brasil
 
A vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasilA vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasil
 
HISTÓRIA: De Colônia à sede do Império Português
HISTÓRIA: De Colônia à sede do Império PortuguêsHISTÓRIA: De Colônia à sede do Império Português
HISTÓRIA: De Colônia à sede do Império Português
 
F1 o império português e a concorrência internacional
F1 o império português e a concorrência internacionalF1 o império português e a concorrência internacional
F1 o império português e a concorrência internacional
 
A vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasilA vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasil
 
A vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasilA vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasil
 
História do brasil
História do brasilHistória do brasil
História do brasil
 
história(2).pdf
história(2).pdfhistória(2).pdf
história(2).pdf
 
A vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasilA vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasil
 
A Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.ppt
A Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.pptA Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.ppt
A Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.ppt
 
A Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.ppt
A Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.pptA Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.ppt
A Corte portuguesa no Brasil o Reino Unido.ppt
 
Power Point De HistóRia 2
Power Point De HistóRia 2Power Point De HistóRia 2
Power Point De HistóRia 2
 
Power Point De HistóRia 3
Power Point De HistóRia 3Power Point De HistóRia 3
Power Point De HistóRia 3
 
C:\Fakepath\Historia 2
C:\Fakepath\Historia 2C:\Fakepath\Historia 2
C:\Fakepath\Historia 2
 
Vinda Da Familia Real Para O Brasil
Vinda Da Familia Real Para O BrasilVinda Da Familia Real Para O Brasil
Vinda Da Familia Real Para O Brasil
 

Mais de jdlimaaear

Uma História, um Ponto
Uma História, um PontoUma História, um Ponto
Uma História, um Ponto
jdlimaaear
 
Social web e knowledge web
Social web e knowledge webSocial web e knowledge web
Social web e knowledge web
jdlimaaear
 
Apresentação1 jl (1)
Apresentação1 jl (1)Apresentação1 jl (1)
Apresentação1 jl (1)
jdlimaaear
 
Estado novo
Estado novoEstado novo
Estado novo
jdlimaaear
 
Estado novo
Estado novoEstado novo
Estado novo
jdlimaaear
 
Do Golpe Militar Ao Estado Novo
Do Golpe Militar Ao Estado NovoDo Golpe Militar Ao Estado Novo
Do Golpe Militar Ao Estado Novo
jdlimaaear
 
Revises
RevisesRevises
Revises
jdlimaaear
 
Apresentação – grupo 25 a
Apresentação – grupo 25 aApresentação – grupo 25 a
Apresentação – grupo 25 a
jdlimaaear
 
Maquetes, batalhas e outros trabalhos
Maquetes, batalhas e outros trabalhosMaquetes, batalhas e outros trabalhos
Maquetes, batalhas e outros trabalhos
jdlimaaear
 
Maquete, fichas avaliação
Maquete, fichas avaliaçãoMaquete, fichas avaliação
Maquete, fichas avaliação
jdlimaaear
 
Reconstruir a história do tempo
Reconstruir a história do tempoReconstruir a história do tempo
Reconstruir a história do tempo
jdlimaaear
 
Casa das histórias
Casa das históriasCasa das histórias
Casa das histórias
jdlimaaear
 
RevisõEs
RevisõEsRevisõEs
RevisõEs
jdlimaaear
 
Think Apresentação
Think ApresentaçãoThink Apresentação
Think Apresentação
jdlimaaear
 
Das Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim Da
Das Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim DaDas Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim Da
Das Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim Da
jdlimaaear
 
Apresentação Final Makt10
Apresentação Final Makt10Apresentação Final Makt10
Apresentação Final Makt10
jdlimaaear
 
A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910
A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910
A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910
jdlimaaear
 
Da Vida Nas Cidades
Da Vida Nas CidadesDa Vida Nas Cidades
Da Vida Nas Cidades
jdlimaaear
 
Makt10 SessãO 2
Makt10   SessãO 2Makt10   SessãO 2
Makt10 SessãO 2
jdlimaaear
 

Mais de jdlimaaear (20)

Uma História, um Ponto
Uma História, um PontoUma História, um Ponto
Uma História, um Ponto
 
Social web e knowledge web
Social web e knowledge webSocial web e knowledge web
Social web e knowledge web
 
Apresentação1 jl (1)
Apresentação1 jl (1)Apresentação1 jl (1)
Apresentação1 jl (1)
 
Estado novo
Estado novoEstado novo
Estado novo
 
Estado novo
Estado novoEstado novo
Estado novo
 
Do Golpe Militar Ao Estado Novo
Do Golpe Militar Ao Estado NovoDo Golpe Militar Ao Estado Novo
Do Golpe Militar Ao Estado Novo
 
Cartaz Europa
Cartaz EuropaCartaz Europa
Cartaz Europa
 
Revises
RevisesRevises
Revises
 
Apresentação – grupo 25 a
Apresentação – grupo 25 aApresentação – grupo 25 a
Apresentação – grupo 25 a
 
Maquetes, batalhas e outros trabalhos
Maquetes, batalhas e outros trabalhosMaquetes, batalhas e outros trabalhos
Maquetes, batalhas e outros trabalhos
 
Maquete, fichas avaliação
Maquete, fichas avaliaçãoMaquete, fichas avaliação
Maquete, fichas avaliação
 
Reconstruir a história do tempo
Reconstruir a história do tempoReconstruir a história do tempo
Reconstruir a história do tempo
 
Casa das histórias
Casa das históriasCasa das histórias
Casa das histórias
 
RevisõEs
RevisõEsRevisõEs
RevisõEs
 
Think Apresentação
Think ApresentaçãoThink Apresentação
Think Apresentação
 
Das Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim Da
Das Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim DaDas Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim Da
Das Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim Da
 
Apresentação Final Makt10
Apresentação Final Makt10Apresentação Final Makt10
Apresentação Final Makt10
 
A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910
A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910
A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910
 
Da Vida Nas Cidades
Da Vida Nas CidadesDa Vida Nas Cidades
Da Vida Nas Cidades
 
Makt10 SessãO 2
Makt10   SessãO 2Makt10   SessãO 2
Makt10 SessãO 2
 

Resumos Para O Teste

  • 1. Resumos para o Teste Uma ajuda no estudo!
  • 2. Resumo – 1.º Teste Enquadramento Tema C – Do Portugal do Século XVIII à Consolidação da Sociedade Liberal 1.º Subtema – Império e monarquia absoluta no Século XVIII Manual até à página 35 e resumos do caderno!
  • 3. O Brasil e D. João V Do Açúcar ao Ouro…
  • 4. O Brasil e D. João V Do Açúcar ao Ouro… O Brasil como colónia portuguesa começou a dar bons resultados principalmente produzindo cana-de-açúcar. Enriqueceram os “Senhores dos Engenhos” com a produção de açucar. Emigraram de Portugal muitos colonos para explorar as riquezas do Brasil. Foram também levados muitos escravos de África para o Brasil para trabalharem nos engenhos. Os Jesuítas deram assistência social e religiosa aos escravos. No princípio do Século XVIII os Bandeirantes descobriram, no Brasil, minas de ouro e diamantes. Foi no reinado de D. João V que chegaram as remessas de ouro, sendo que ao rei pertencia 1/5 em impostos de todo o ouro que chegava.
  • 5. D. João V e o Absolutismo
  • 6. D. João V e o Absolutismo No Reinado de D. João V chegavam do Brasil remessas de Ouro e Diamantes enriquecendo o Reino de Portugal. D. João V foi um rei Absolutista: isto é, concentrava em si todos os poderes. Não reunia as Cortes. A sociedade estava dividida em grupos sociais privilegiados (Clero e Nobreza) e não privilegiados (Burguesia e Povo). A Corte de D. João V dedicava-se ao Luxo e às Festas. O Clero controlada o Tribunal da Inquisição e julgava os crimes religiosos em cerimónias públicas, por exemplo, os Auto-de-Fé. No reinado de D. João V foram construídos vários monumentos, como por exemplo, o Palácio/Convento de Mafra.
  • 7. A Monarquia Absoluta de D. José I
  • 8. A Monarquia Absoluta de D. José I Quando D. José I subiu ao trono Portugal estava numa grave crise económica, recebia menos Ouro e as importações aumentavam. A nobreza e o clero tinham muito poder. D. José I nomeou o Marquês de Pombal para seu ministro. Em 1755 deu-se o terramoto que destruiu Lisboa. O Marquês de Pombal organizou a reconstrução de Lisboa refazendo a baixa de Lisboa, com ruas largas e perpendiculares e construindo a Praça do Comércio. No reinado de D. José I foram feitas reformas económicas (reforço da indústria e do comércio) e reformas sociais (mais poder para a Burguesia e menos poder para a Nobreza e o Clero). Ainda no reinado de D. José foram feitas reformas no ensino com a criação das “Escolas Menores” e a reforma da Universidade de Coimbra.
  • 9. Da Revolução Francesa ao Império de Napoleão
  • 10. Da Revolução Francesa ao Império de Napoleão Em 1789, em França, deu-se a Revolução Francesa que tinha como ideais os princípios da “Liberdade, Igualdade e Fraternidade”. O objectivo dos revolucionários era acabar com o poder absoluto do Rei e com os pesados impostos e obrigações que a Nobreza exigia. Com receio do impacto da Revolução Francesa nos seus países, muitos monarcas e nações declaram guerra a Franca. Em 1804, Napoleão Bonaparte tornou-se Imperador e conseguiu dominar grande parte da Europa. A Inglaterra resistiu e opôs-se a estas conquistas e domínio francês de Napoleão. Em 1806, Napoleão decretou o fecho de todos os portos comerciais aos navios ingleses. A isto se chamou o Bloqueio Continental. Portugal era aliado dos Ingleses e não aderiu ao Bloqueio Continental.
  • 12. As Invasões Francesas Portugal não aderiu ao Bloqueio Continental e por isso a França invadiu Portugal. A primeira invasão francesa foi comandada por Junot que facilmente chegou com as suas tropas a Lisboa. A família real fugiu para o Brasil levando muita gente da Corte portuguesa. Os Ingleses ajudaram Portugal na luta contra as tropas francesas e em 1808 foi assinada a Convenção de Sintra que forçava os franceses a abandonar Portugal. Em 1809 Soult, a mando de Napoleão, volta a tentar invadir Portugal e falha. Foi a chamada 2.ª Invasão Francesa. Em 1810 Massena tenta também invadir novamente Portugal e é travado nas Linhas de Torres Vedras forçando o abandono definitivo das suas tropas na invasão a Portugal em 1811.