SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
Baixar para ler offline
Informação a serviço das políticas culturais
Relatório de Gestão
2013-20161
Vinculado à Secretaria Municipal da Cultura de Porto Alegre, o Observatório tem como
missão ser um centro de referência para a promoção da cultura e das artes como fatores de
desenvolvimento, através da produção e difusão da informação.
Na presente gestão, ao completar seis anos de atividades (foi lançado em 18/11/2010),
o Observatório da Cultura consolida-se como referência nacional para a reflexão e debate
sobre o papel estratégico da informação na gestão das políticas públicas de cultura.
Atestam-no diversos convites recebidos para relatar nossas experiências em eventos em
outros municípios e estados; bem como a recepção alcançada, para além das fronteiras do
Município, dos artigos, pesquisas (como Usos do tempo livre e práticas culturais) e demais
conteúdos que compartilhamos regularmente pela Internet.
No âmbito do Município, o Observatório tem se destacado pela liderança no diálogo
com a sociedade, na elaboração do Plano Municipal de Cultura (iniciado em 2012); na
atuação junto ao Conselho Municipal de Cultura, decisiva para a reorganização deste
através de novas eleições; e na organização das duas últimas Conferências Municipais de
Cultura (2013-2015). Além disso, o Observatório representa a Secretaria Municipal de
Cultura junto a entidades como o Comitê de Economia Criativa (liderado pelo InovaPoA), o
Grupo de Trabalho do Sistema de Informações Municipais (coordenado pelo ObservaPoA) e
o GT do Anuário Estatístico (junto à SMPEO).
Resta ainda por concretizar, no plano interno, a inscrição do Observatório no próximo
Plano Plurinanual (2018-2021), que permita assegurar recursos mínimos para sua
continuidade nas próximas gestões.
1
Até 30/6.
2
Pesquisa Usos do Tempo Livre e Práticas
Culturais dos Porto-alegrenses
Contemplado em 2012 por Edital do Fundo de Apoio à
Cultura (FAC-RS), com um prêmio de R$ 50 mil (que
cobriu parte do custo total), o projeto viabilizou uma
pesquisa de campo para diagnóstico da demanda e
acesso a produtos e serviços culturais, mediante
entrevista a domicílio com 1.220 pessoas de 14 anos
ou mais. Os dados obtidos irão subsidiar a formulação
das políticas culturais do Município, e a repetição da
pesquisa permitirá monitorar seus resultados a médio
e longo prazo. Sob a coordenação do Observatório, foi
formado Grupo de Trabalho com representante do
IFCH-UFRGS, Prof Caleb Faria Alves; a socióloga da
SMC Fátima Ávila, e a socióloga Mariana Aydos,
contratada especialmente para o projeto. O GT
estudou textos e pesquisas similares e convidou especialistas de diversas áreas culturais a
colaborarem na formulação do questionário. A pesquisa resultou numa publicação com os
resultados básicos (ver “produtos”). A base de dados deverá ser publicada ainda em 2016
no DataPoA, bem como novas interpretações e cruzamentos ainda estão sendo feitos pelo
Observatório.
0
2
4
6
8
10
12
14
16
Milhares
janeiro a junho
Observatório da Cultura - Acessos mensais ao Blog
2013-2016
acessos 2013
acessos 2014
acessos 2015
acessos 2016
Blog do Observatório2
O blog do Observatório, criado em 2010, seguiu sendo, em conjunto com a página no
Facebook, a principal ferramenta de comunicação com o público, oferecendo uma seleção
de conteúdos de interesse para profissionais, estudantes e demais agentes culturais, como
oportunidades de apoio a projetos, cursos e seminários e a repercussão sobre fatos ou
temas relevantes em política cultural. Entre janeiro de 2013 e junho de 2016, registrou-se
média mensal de 1808 visitantes, superando a marca de 60 acessos diários. Considerando
os seis primeiros meses do ano, verifica-se um progressivo aumento da visitação em 2016,
em relação aos dois anos anteriores. (O ano de 2013 teve um número muito superior de
acessos devido a um ataque de spam.)
2
http://culturadesenvolvimentopoa.blogspot.com
3
Plano Municipal de Cultura / Conferências Municipais de Cultura
Desde 2012, o Observatório participa da
construção do Plano Municipal de Cultura
(PMC), em conjunto com o Conselho Municipal
de Cultura (CMC) e outros setores da SMC. O
trabalho incluiu a coordenação do GT
executivo; pesquisas sobre a cultura da
cidade; histórico da SMC; planos de outras
capitais; além da síntese e organização das
propostas de oito conferências de cultura
(1995-2011), matéria prima do PMC. Atuamos
na organização da 9ª Conferência Municipal de
Cultura (foto), dedicada à revisão do PMC, na
elaboração do regimento, coordenação de plenárias, e supervisão das Pré-Conferências.
Criamos a plataforma virtual (adaptada do MinC, ver “produtos”) para consulta pública do
Plano, recebendo contribuições da sociedade. A plataforma também permitiu a inscrição
remota e hospeda até hoje a documentação produzida no evento e posteriormente. O
coordenador do Observatório foi também delegado do Município à Conferência Estadual de
Cultura, realizada em Lajeado em 2013.
Aprovada pelo Conselho Municipal de Cultura
e entregue ao Prefeito em 18 de outubro de
2013, o PMC foi aprovado em 2015 pela
Câmara, sob a forma da Lei 11.911.
Posteriormente, o Observatório elaborou
proposta para um conjunto de netas que,
submetido à X Conferência, foi por esta
aprovado, em dezembro de 2015. Atualmente,
o Plano de Metas encontra-se em revisão pela
SMC para ser em breve enviado ao GP, para
elaboração de Projeto de Lei.
Conselho Municipal de Cultura
Atendendo à intenção do Secretário Roque
Jacoby de promover alterações urgente na
estrutura e funcionamento do Conselho
Municipal de Cultura, o Observatório realizou
estudo, comparando as características do
nosso CMC com os conselhos de cultura de
outras capitais brasileiras e com os demais
conselhos de Porto Alegre. O documento foi
compartilhado em reunião com o Vice-
Prefeito, com o gabinete da SMGL,
coordenação do OP e distribuído aos
membros do CMC, e a seguir disponibilizado
no blog do Observatório. Posteriormente, foi transformado em artigo e apresentado em
evento científico nacional (ver “produtos”).
Coube ainda ao Observatório coordenar a eleição para novo mandato do Conselho,
iniciada com publicação dos editais, no segundo semestre de 2014, culminando com a
nomeação, em junho de 2015, e a posse dos novos membros (foto), em setembro de 2015.
O processo ocorreu dentro da mais estrita legalidade, com acompanhamento do Ministério
Público do RS e Ministério Público de Contas, órgãos aos quais foram prestadas todas as
informações solicitadas.
4
Economia Criativa
No dia 9 de outubro de 2013, o Prefeito assinou Decreto instituindo o Comitê Municipal
de Economia Criativa, incorporando universidades e entidades empresariais, além do
Poder Legislativo e diversas pastas da Administração, com o objetivo de “promover a
geração de emprego e renda, abertura de novos mercados e estimular a diversidade
cultural, inclusão social e o desenvolvimento humano.” O Observatório da Cultura colaborou
com este projeto desde sua gestação e, em 2013, redigiu uma Nota Técnica (ver
“produtos”), com o objetivo de
informar o debate interno na
Administração Municipal sobre o
tema. A iniciativa alinha-se aos
objetivos propostos pelo Observatório
da Cultura desde sua criação, entre
os quais os de oferecer informação
útil para a tomada de decisões em
política cultural e apoiar o
empreendedorismo na cultura, como
estratégias para o desenvolvimento
local. Atualmente, o coordenador do
Observatório representa a SMC neste
Comitê.
Novos indicadores para a SMC.
Com base na pesquisa sobre os indicadores culturais da SMC, realizada em 2012 (ver
“produtos”), estimulamos discussão entre líderes de ação para o aperfeiçoamento dos atuais
indicadores, propondo a criação de três novos. Para os dois últimos, sugerimos a
contratação de consultoria especializada (não concretizada, por falta de recursos) com o
propósito de elaborar a metodologia para a coleta de dados, que envolveriam entrevistas
com uma amostra do público, em determinados eventos ou espaços, ao longo do ano):
% de ocupação das salas de espetáculos. A partir de um levantamento feito pela
Coordenação de Artes Cênicas, que apontou taxa de lotação média abaixo de 40% nas
salas de teatro municipais, foi implantado esse indicador, cujo aumento deve ser
buscado, atingindo-se um público maior com os mesmos custos fixos de manutenção
dos espaços, otimizando o uso dos recursos.
Satisfação de público. No caso dos espaços administrados pelo Município, entrevistas
com usuários sobre a programação, segurança, limpeza, atendimento, entre outros
aspectos, permitirão planejar ações para qualificar estes espaços e em consequência
elevar o nível de satisfação.
% de "novos" usuários, isto é, pessoas que nunca ou raramente frequentaram nossos
espaços ou eventos culturais. Este indicador chama a atenção para o fato de que a
maioria da população não frequenta espaços ou atividades culturais, população cuja
inclusão é prioritária para o poder público, a partir da compreensão da cultura como um
direito.
5
Lançamento do Sistema de Informação Cultural
Terceira e última etapa do projeto financiado
com recursos de CGLU-AECID-Barcelona
Solidaria, o Portal foi lançado em 25/3/2013,
no Mercado Público, durante a Semana de
Porto Alegre, com a presença do então
coordenador do Sistema Nacional de
Informações e Indicadores Culturais (SNIIC),
Evaristo Nunes. Projeto pioneiro para o
mapeamento colaborativo de produtos e
serviços culturais pela Internet, o projeto foi
descontinuado por diversas razões, entre elas
a falta de recursos para manutenção do
sistema (serviço não fornecido pela Procempa, por razões técnicas) e a disponibilização,
pelo MinC, de forma gratuita, do software livre Mapas da Cultura, que se tornou modelo para
o setor, já em uso por algumas capitais e estados.
A primeira sede e o incêndio no Mercado Público
O primeiro ano da atual gestão foi marcado pelo incêndio do Mercado público, em 6 de julho
de 2013, que destruiu totalmente o Memorial, sede
do Observatório e da Livraria Ilhota. O prejuízo
incluiu cinco computadores, impressora, geladeira,
microondas, móveis, além de documentos públicos
(entre os quais material relativo às conferências de
cultura) e uma biblioteca pessoal do coordenador,
com mais de duzentos livros sobre política e gestão
cultural. Desde então, o Observatório passou a
funcionar no sótão da Casa Torelly. Parte da
biblioteca foi recuperada mediante doações de
editoras universitárias e outras entidades em
benefício do Observatório.
Livraria Ilhota
O incêndio destruiu as instalações e o estoque da Livraria llhota, reinaugurada em 2010,
quando do lançamento do Observatório. Desde então, a SMC não possui ponto de venda
para seus produtos. Os últimos registros de vendas totalizaram R$ 3.348 nos quatro
primeiros meses de 2013, projetando uma
arrecadação anual superior a R$ 10 mil.
Memorial do Mercado
Desde o incêndio, o Memorial permanece
interditado. Até então, nos cinco primeiros meses de
2013, recebeu 7.192 visitantes ou cerca de 1.200
por mês, número expressivo se considerado em
relação aos demais espaços de memória local. (O
Museu de Porto Alegre, por exemplo, recebeu em
média 1.939 visitantes mensais, em 2013.) Quase
dois terços (64,1%) dos visitantes foi de não-
residentes no Município, sendo 17,9% provenientes da Região Metropolitana; 15,7% do
interior do Estado; 25,3% de outros estados e 5,2% do exterior.
6
Produtos
 Plano Municipal de Cultura. (Pesquisa, sistematização e redação)
http://pmcportoalegre.com.br.
 Notas para um política de Economia Criativa
em Porto Alegre. 2013.
http://pt.slideshare.net/alvarosanti9/notas-para-uma-
poltica-para-a-ec.
Documento técnico preparado com o objetivo de informar
o debate interno na Administração Municipal sobre o
tema da Economia Criativa (EC) ou Indústrias Culturais e
Criativas (ICC).
 Indicadores
culturais e o Novo
Modelo de Gestão
da Prefeitura de Porto Alegre. In CALABRE, Lia. (org.)
Políticas culturais: Informações, territórios e economia
criativa. São Paulo, Itaú Cultural; Rio de Janeiro, Fundação
Casa de Rui Barbosa, 2013. pp.70-85.
http://culturadesenvolvimentopoa.blogspot.com.br/2013/09/artigo-
indicadores-culturais-e-o-novo.html
O estudo analisa os indicadores em uso e a inserção da cultura
no Novo Modelo de Gestão, adotado pela Administração
Municipal em 2005, constituindo uma etapa inicial de um
processo que tem como objetivo final a proposição de um
sistema próprio de indicadores culturais e o fortalecimento de
uma cultura interna de avaliação.
 Sistema de Informação
Cultural (SiC-PoA) Terceira e
última etapa do projeto financiado
com recursos de CGLU-AECID-
Barcelona Solidaria, resultou no
site pioneiro para mapeamento
colaborativo de produtos e
serviços culturais pela Internet.
 Base de dados “Espaços
Culturais”. Subproduto do Sic-
PoA, essa base de dados contem 388 espaços culturais do município, georreferenciados
e classificados por regiões. Publicado no site DataPoA.

7
 Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre: uma proposta de reformulação. In:
Anais do II Encontro Brasileiro de Pesquisa em Cultura. Niterói RJ, 2014.
http://culturadesenvolvimentopoa.blogspot.com.br/2014/11/observatorio-presente-no-ii-ebpc.html
Com o objetivo de fundamentar uma proposta
de reformulação do Conselho Municipal de
Cultura de Porto Alegre, a pesquisa comparou
aspectos deste órgão com outros conselhos
de cultura no país e com os demais conselhos
do Município; além de considerar normas
atinentes ao recém-criado Sistema Nacional
de Cultura (SNC), cuja implantação deve ser
negociada e compatibilizada, no âmbito local,
com as demandas da sociedade e a
institucionalidade pública preexistente.
 Gasto público em cultura dos municípios
gaúchos, segundo o percentual do orçamento
aplicado na Função cultura. Período 2002-2011.
http://culturadesenvolvimentopoa.blogspot.com.br/20
15/01/gasto-publico-em-cultura-dos-municipios.html.
Documento técnico, elaborado com base em
dados do Tesouro Nacional.
 Lei de Incentivo à Cultura. Anteprojeto de Lei
Complementar. 2015.
Institui o Programa Municipal de Apoio e Incentivo
à Cultura – “MAIS CULTURA”, o Protocolo de
Incentivo Fiscal à Cultura de Porto Alegre e o Selo de Certificação Compromisso Mais Cultura
Porto Alegre – Prefeitura de Porto Alegre; revoga a Lei Complementar 283/1992, e dá outras
providências.
 Evolução dos orçamentos públicos de cultura no Brasil do Século XXI. In: Anais do
VI Seminário Internacional de Políticas Culturais. Rio de Janeiro, 2015.
http://culturadigital.br/politicaculturalcasaderuibarbosa/publicacoes/anais-do-vi-seminario-
internacional-de-politicas-culturais
O estudo analisa séries históricas de dados da
contabilidade pública do Brasil, do início deste
século, sobre os gastos na Função Cultura, em
termos globais e por esfera de governo (União,
estados e municípios). São comparados dados das
UFs e capitais, inclusive para a Subfunção
Patrimônio Histórico, Artístico e Arqueológico.
 Usos do tempo livre e práticas culturais
dos porto-alegrenses. [Relatório de
pesquisa] Por Álvaro Santi, Fátima Ávila,
Caleb Faria Alves e Mariana Aydos.
Prefeitura de Porto Alegre (Observatório da
Cultura), 2015. http://culturadesenvolvimentopoa.blogspot.com.br/2015/08/usos-do-tempo-livre-
e-praticas.html
Apresentação dos dados da pesquisa de campo, que entrevistou a domicílio 1.220 pessoas
com 14 anos ou mais, residentes em Porto Alegre, sobre seus hábitos de lazer e consumo
cultural, em dezembro de 2014.
8
 Observatório da Cultura de Porto Alegre: primeiros passos,
reflexões e perspectivas. In: Democracia nas Cidades e as
Grandes Transformações Urbanas: Artigos apresentados na XII
Conferência do Observatório Internacional de Democracia
Participativa. Porto Alegre, ObservaPoA/SMGL, 2015.
http://lproweb.procempa.com.br/pmpa/prefpoa/observatorio/usu_doc/livr
ooidp-final-versao_de_trabalho_formato_impressao2-20150928.pdf
Descreve as primeiras ações do Observatório da Cultura desde sua
instalação, em 2010; as razões que levaram à sua criação; e as
perspectivas futuras. Entre as ações realizadas até então,
destacavam-se aquelas apoiadas pelo Programa Barcelona Solidária
e Cooperação Espanhola (AECID), como o projeto de Sistema de
Informação Cultural (SiC-PoA); o Seminário Internacional Cultura e Desenvolvimento Local, em
parceria com a UFRGS; e o Curso de Extensão em Gestão e Política Cultural, ministrado na
modalidade à distância pela Unisinos.
 Metas do Plano Municipal de Cultura.
Documento de trabalho, apresentado e aprovado pela X Conferência Municipal de Cultura, em
dezembro de 2015, com vistas à elaboração de Projeto de Lei do Executivo. Em tramitação no
Processo Administrativo 1.001727.16.8.
 Cultura 21 Indicadores.
Documento interno, para diagnóstico das políticas culturais da SMC tendo como referência o
documento Cultura 21 Ações3, da organização Cidades e Governos Locais Unidos (CGLU).
Tradução e adaptação do texto original em espanhol.
 Perfil do Público das Artes em
Porto Alegre. Artigo enviado ao XII
Encontro de Estudos
Multidisciplinares em Cultura
(Enecult), Salvador BA, 2016.
O artigo apresenta e analisa alguns
resultados da pesquisa Usos do Tempo
Livre e Práticas Culturais dos Porto-
Alegrenses, realizada pelo Observatório da
Cultura da Prefeitura de Porto Alegre, entre
novembro e dezembro de 2014, referentes
à frequência de atividades culturais
externas, tais como a assistência a espetáculos de música, dança, teatro, exposições e filmes,
segundo variáveis como idade, sexo, cor ou raça, escolaridade, renda, trabalho, profissão e
estado civil.
 Proposta de alterações ao Regimento Interno do Conselho Municipal de Cultura.
Documento a ser apresentado ao Plenário do CMC, para posterior alteração ao Decreto
12.403/99 (atual regimento).
 Desafios da política cultural na atualidade e o papel dos observatórios. (artigo em
preparo).
A ser publicado em livro, organizado pela Fundação Casa de Rui Barbosa e Observatório Itaú
Cultural, vinculado ao VII Seminário de Políticas Culturais.
 Direito à Cultura e o papel da informação nas políticas públicas (apresentação em
preparo).
A ser apresentada no II encontro Missioneiro de Estudos Interdisciplinares em Cultura (São
Luiz Gonzaga, agosto 2016).
3
http://www.agenda21culture.net/index.php/pt/newa21c-pt/new-a21c-pt
9
Participação em eventos (como palestrante/convidado):4
Seminário Economia Criativa e a Cultura no RS.
Instituto NT, Porto Alegre, 7/5/2013. Painel
“Potencialidades da Economia Criativa no Brasil, RS e
POA”, na companhia de Cláudia Leitão, Titular da
Secretaria de Economia Criativa / Ministério da Cultura
e Denise Viana Pereira, Diretora de Economia da
Cultura SEDAC-RS, com mediação do professor
Leandro Valiati.
Cultura em Debate. Centro Cultural 25 de Julho,
9/5/2013. A convite do Centro Cultural 25 de
Julho, participamos do debate “Gestão Cultural e
sustentabilidade: uma utopia?”, dentro do ciclo de
discussões Cultura em debate, com a presença
do Prof. Luiz A. Capra Filho e mediação do Prof.
Dênis Gérson Simões.
Seminário Fumproarte: continuidade ou ruptura? Câmara de
Vereadores, 10-11/10/2013. Com o propósito de rediscutir o
inovador modelo de financiamento à cultura, criado pela Prefeitura
de Porto Alegre há 20 anos, fomos convidados a fazer a mediação
das mesas em que estiveram presentes os convidados, ocasião em
que fizemos um breve histórico do fundo. Posteriormente,
encaminhamos à Gerência do Fumproarte sugestões para o seu
aperfeiçoamento.
Colóquio Observatórios da Cultura. Unilasalle,
Canoas, 29/10/2013. Fomos chamados a relatar a
experiência do Observatório de Porto Alegre, juntamente
com representantes de Portugal, Canadá e França. A
ocasião foi oportuna para a troca de experiências e o
aprendizado com essas instituições, todas com décadas
de existência e consistente produção de pesquisas e
dados.
Seminário A cultura como direito social. Painel “A
gestão cultural no Município. Centro Cultural CEEE
Érico Veríssimo. 14/5/2014.
4
Todas as participações em eventos fora de Porto Alegre foram custeadas pelas entidades promotoras (quando
a convite) ou pelo participante, sem ônus para o Município.
10
IV Seminário
Observatórios,
Metodologias e
Impactos: Territórios
e Políticas Públicas.
Unisinos, São
Leopoldo RS, 29-
30/9/2014.5
II Encontro Brasileiro de
Pesquisa em Cultura.
Niterói RJ, 15-17/10/2014.
Apresentação do
trabalho/artigo “Conselho
Municipal de Cultura: uma
proposta de
reformulação.”
VI Seminário Internacional de
Políticas Culturais. Rio de
Janeiro RJ, 26-29/5/2015.
Apresentação do trabalho
“Evolução dos orçamentos
públicos de cultura no Brasil do
Século XXI”.6
Palestra na Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da UFRGS sobre pesquisa Usos do
Tempo Livre e Práticas Culturais. A convite da Profa. Nilda Jacks. 17/6/2015
Seminário Números da
Cultura. Participação no
painel A cultura e sua
economia, com
representantes do MinC,
IBGE e BNDEs. Rio de
Janeiro RJ, Oi Futuro
Ipanema, 30/9/2015.7
Forum Nacional de Sistemas de
Informações Culturais. João
Pessoa PB, 20- 22/10/2015. Painel
1: Apresentações de experiências
sistemas de informação; Painel 2:
Organizando Informações
Culturais8.
Palestra no curso de Graduação em Políticas Públicas da UFRGS – Disciplina de Cultura e
Políticas Públicas. A convite do Professor Caleb Faria Alves. 11/11/2015.
I Seminário de Informações e
Indicadores Culturais do Grande ABC.
São Caetano do Sul SP, 14/4/2016.
Palestra sobre a pesquisa Usos do
Tempo Livre e Práticas Culturais. Centro
de Pesquisa e Formação do SESC. São
Paulo SP, 18/4/2016.
5
Gravação em vídeo disponível em https://www.youtube.com/watch?v=9TwMFeza4lk
6 Gravação em vídeo disponível em https://www.youtube.com/watch?v=NSUgbXNBT98
7
Gravação em vídeo disponível em https://www.youtube.com/watch?v=78LZbumbMqs
8
Gravação em vídeo disponível em http://sniic.cultura.gov.br/2015/10/21/ao-vivo-painel-organizando-
informacoes-culturais
11
VII Seminário Internacional
de Políticas Culturais.
Fundação Casa de Rui
Barbosa e Itaú Cultural. Mesa
“Observatórios Culturais:
ações e perspectivas”. Rio de
Janeiro RJ, 17 a 20/5/2016.9
2º Encontro Missioneiro de
Estudos Interdisciplinares
em Cultura (Emicult). URI
São Luiz Gonzaga RS. 25-26
de agosto de 2016.
Participação como membro da Comissão Técnico-Científica
V Seminário Observatórios,
Metodologias e Impactos:
Dados e Participação. São
Leopoldo RS (Unisinos) 28-29 set.
2015.
9
Gravação em vídeo disponível em
https://www.youtube.com/watch?v=URKbTIkapIY&index=4&list=PLaMooh6fwqcqv_X9IHF2wQ2C6iy5VV-i_
12
Participação como ouvinte:
Conferência Internacional de Gestão da Cultura e
das Artes (AIMAC). Universidad de los Andes, Bogotá,
26-29/6/2013. Realização da Associação Internacional
de Gestão das Artes e Cultura (AIMAC). Na ocasião,
também visitamos o
Observatório de Culturas de
Bogota, pioneiro e um dos
mais atuantes na América Latina.
Encontro
Internacional
Públicos da
Cultura. SESC Vila
Mariana, São Paulo SP, 12-14/11/2013.
Resumos das palestras e reflexões que elas nos
despertaram foram compartilhados no blog.
6a. Cúpula Mundial de Artes e Cultura (6th World Summit on Arts and Culture) Santiago do Chile,
janeiro de 2014. Encontro bienal promovido pela
Federação Internacional de Agências Culturais e
Conselhos de Artes (IFACCA), pela primeira vez
realizado na América Latina.
Curso Economia da Cultura, Gestão e
Desenvolvimento / Conexões Criativas. Evento de
lançamento do Observatório de Economia Criativa
(OBEC) da UFRGS. 11-14/8/2014.
I Encontro de Conselhos Municipais de Políticas Culturais do RS. 2014.
Realização do Conselho Estadual de Cultura Ulbra Canoas RS, 26/11/2014.
Seminário Latino-Americano de Informações e
Indicadores Culturais. Realização do Ministério
da Cultura. Brasília DF, 15-16/12/2015.
III Seminário Porto Alegre em Análise:
Desenvolvimento Humano. Observa PoA. Fundação de Economia e
Estatística-RS. 27/3/2015.
Cultura Amanhã:
Encontro de secretários de cultura das capitais.
Colaboração na redação da Carta de Porto Alegre.
5-7/11/2014.
Seminário Conexões Criativas 2 / Workshop
Indicadores para Desenvolvimento de
informação qualificada sobre Economia Criativa. Observatório de
Economia Criativa (OBEC) / Centro de Estudos de Governo (CEGOV)
UFRGS. 16-19/11/2015.
IV Seminário Porto Alegre em Análise: Condições de vida de Porto
Alegre. ObservaPoA. Centro Cultural CEEE Érico Veríssimo,
19/4/2016.
Porto Alegre, 30 de junho de 2016.
Equipe do Observatório da Cultura
Jornalista Marcel Goulart (até jun/2014)
Estagiárias: Camila Justi Coan (até 2014) e Giovana Smialowski (abr.2015/abr.2016)
Ismael Silva Corrêa de Oliveira - Assist. Administrativo SMC (até dez/2013)
Coordenador: Álvaro Santi - Assist. Técnico SMC

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Metas Plano Nacional de Cultura Final
Metas Plano Nacional de Cultura FinalMetas Plano Nacional de Cultura Final
Metas Plano Nacional de Cultura Final
Catia Elousia Araujo
 
Plano municipal de cultura (Versão do FMCT entregue ao conselho)
Plano municipal de cultura (Versão do FMCT entregue ao conselho)Plano municipal de cultura (Versão do FMCT entregue ao conselho)
Plano municipal de cultura (Versão do FMCT entregue ao conselho)
Fórum De Cultura
 
Metas do Plano Nacional de Cultura (2ª Ed.)
Metas do Plano Nacional de Cultura (2ª Ed.)Metas do Plano Nacional de Cultura (2ª Ed.)
Metas do Plano Nacional de Cultura (2ª Ed.)
Revista Garimpo Cultural
 
Workshop formatação de projetos culturais rs
Workshop formatação de projetos culturais rsWorkshop formatação de projetos culturais rs
Workshop formatação de projetos culturais rs
albertosilveira
 

Mais procurados (19)

Relatório de Atividades OCPA - 2013
Relatório de Atividades OCPA - 2013Relatório de Atividades OCPA - 2013
Relatório de Atividades OCPA - 2013
 
Apresentacao pec encontros municipais serrana
Apresentacao pec encontros municipais serranaApresentacao pec encontros municipais serrana
Apresentacao pec encontros municipais serrana
 
Metas Plano Nacional de Cultura Final
Metas Plano Nacional de Cultura FinalMetas Plano Nacional de Cultura Final
Metas Plano Nacional de Cultura Final
 
Plano municipal de cultura (Versão do FMCT entregue ao conselho)
Plano municipal de cultura (Versão do FMCT entregue ao conselho)Plano municipal de cultura (Versão do FMCT entregue ao conselho)
Plano municipal de cultura (Versão do FMCT entregue ao conselho)
 
Plano municipal - CULTURA- social - 2012
Plano municipal - CULTURA- social  - 2012Plano municipal - CULTURA- social  - 2012
Plano municipal - CULTURA- social - 2012
 
Metas do Plano Nacional de Cultura (2ª Ed.)
Metas do Plano Nacional de Cultura (2ª Ed.)Metas do Plano Nacional de Cultura (2ª Ed.)
Metas do Plano Nacional de Cultura (2ª Ed.)
 
Política cultural no Brasil - 2002/2006
Política cultural no Brasil - 2002/2006Política cultural no Brasil - 2002/2006
Política cultural no Brasil - 2002/2006
 
Plano Municipal de Cultura Nova Iguaçu
Plano Municipal de Cultura Nova IguaçuPlano Municipal de Cultura Nova Iguaçu
Plano Municipal de Cultura Nova Iguaçu
 
Workshop formatação de projetos culturais rs
Workshop formatação de projetos culturais rsWorkshop formatação de projetos culturais rs
Workshop formatação de projetos culturais rs
 
Apresentação3
Apresentação3Apresentação3
Apresentação3
 
Documento pmc
Documento pmcDocumento pmc
Documento pmc
 
Revista do MinC - Cultura Viva 10 Anos
Revista do MinC - Cultura Viva 10 AnosRevista do MinC - Cultura Viva 10 Anos
Revista do MinC - Cultura Viva 10 Anos
 
Apresentação mt
Apresentação mtApresentação mt
Apresentação mt
 
Apresentação do Sistema Municipal de Cultura de Nova Iguaçu
Apresentação do Sistema Municipal de Cultura de Nova IguaçuApresentação do Sistema Municipal de Cultura de Nova Iguaçu
Apresentação do Sistema Municipal de Cultura de Nova Iguaçu
 
Oficina 1 (14/03/2012) - PLHIS/UFABC
Oficina 1 (14/03/2012) - PLHIS/UFABCOficina 1 (14/03/2012) - PLHIS/UFABC
Oficina 1 (14/03/2012) - PLHIS/UFABC
 
2ª Conferência Regional LGBT do Oeste Metropolitano de São Paulo
2ª Conferência Regional LGBT do Oeste Metropolitano de São Paulo2ª Conferência Regional LGBT do Oeste Metropolitano de São Paulo
2ª Conferência Regional LGBT do Oeste Metropolitano de São Paulo
 
Setorial de cultural proposta para plano de cultura
Setorial de cultural   proposta para plano de culturaSetorial de cultural   proposta para plano de cultura
Setorial de cultural proposta para plano de cultura
 
16 Fevereiro2009
16 Fevereiro200916 Fevereiro2009
16 Fevereiro2009
 
III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...
III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...
III Conferência Municipal de Lésbicas,Gays,Bissexuais,Travestis e Transexuais...
 

Semelhante a Relatório 2013-2016

Anais – trabalhos completos
Anais – trabalhos completosAnais – trabalhos completos
Anais – trabalhos completos
Encontro
 
ARTICULAR_presentation ago16
ARTICULAR_presentation ago16ARTICULAR_presentation ago16
ARTICULAR_presentation ago16
Laura Guimar
 
Compacto plano municipal de cultura (Somente os Programas)
Compacto plano municipal de cultura (Somente os Programas)Compacto plano municipal de cultura (Somente os Programas)
Compacto plano municipal de cultura (Somente os Programas)
Fórum De Cultura
 

Semelhante a Relatório 2013-2016 (20)

Como fazer um plano de cultura
Como fazer um plano de culturaComo fazer um plano de cultura
Como fazer um plano de cultura
 
Mapas Culturais
Mapas CulturaisMapas Culturais
Mapas Culturais
 
Painel Mapas Culturais: Uma Experiência de Análise de Dados
Painel Mapas Culturais: Uma Experiência de Análise de DadosPainel Mapas Culturais: Uma Experiência de Análise de Dados
Painel Mapas Culturais: Uma Experiência de Análise de Dados
 
Anais – trabalhos completos
Anais – trabalhos completosAnais – trabalhos completos
Anais – trabalhos completos
 
Anais trabalhos completos
Anais   trabalhos completosAnais   trabalhos completos
Anais trabalhos completos
 
Plano Municipal de Cultura de Porto Alegre
Plano Municipal de Cultura de Porto AlegrePlano Municipal de Cultura de Porto Alegre
Plano Municipal de Cultura de Porto Alegre
 
Plano Setorial de Museus - IBRAM
Plano Setorial de Museus - IBRAMPlano Setorial de Museus - IBRAM
Plano Setorial de Museus - IBRAM
 
3º Conferência Nacional de Cultura
3º Conferência Nacional de Cultura3º Conferência Nacional de Cultura
3º Conferência Nacional de Cultura
 
Texto base 3 ª Conferencia Nacional de Cultura
Texto base 3 ª Conferencia Nacional de CulturaTexto base 3 ª Conferencia Nacional de Cultura
Texto base 3 ª Conferencia Nacional de Cultura
 
Texto base 3 ª cnc
Texto base 3 ª cncTexto base 3 ª cnc
Texto base 3 ª cnc
 
Texto base iiicnc2013
Texto base iiicnc2013Texto base iiicnc2013
Texto base iiicnc2013
 
Metas do Plano Nacional de Cultura
Metas do Plano Nacional de CulturaMetas do Plano Nacional de Cultura
Metas do Plano Nacional de Cultura
 
São Gonçalo RJ Principais Ações MinC 2017
São Gonçalo RJ Principais Ações MinC 2017São Gonçalo RJ Principais Ações MinC 2017
São Gonçalo RJ Principais Ações MinC 2017
 
ARTICULAR_presentation ago16
ARTICULAR_presentation ago16ARTICULAR_presentation ago16
ARTICULAR_presentation ago16
 
Seminario Permanente em Petropolis 07/07
Seminario Permanente em Petropolis 07/07Seminario Permanente em Petropolis 07/07
Seminario Permanente em Petropolis 07/07
 
Projeto 10 Doc
Projeto 10 DocProjeto 10 Doc
Projeto 10 Doc
 
Planos de Ação para Cidades Históricas
Planos de Ação para Cidades HistóricasPlanos de Ação para Cidades Históricas
Planos de Ação para Cidades Históricas
 
Diário Oficial Quarta-feira, 7 de Novembro de 2012
Diário Oficial Quarta-feira, 7 de Novembro de 2012Diário Oficial Quarta-feira, 7 de Novembro de 2012
Diário Oficial Quarta-feira, 7 de Novembro de 2012
 
Plano Municipal de Cultura
Plano Municipal de CulturaPlano Municipal de Cultura
Plano Municipal de Cultura
 
Compacto plano municipal de cultura (Somente os Programas)
Compacto plano municipal de cultura (Somente os Programas)Compacto plano municipal de cultura (Somente os Programas)
Compacto plano municipal de cultura (Somente os Programas)
 

Mais de Alvaro Santi

Santi,A.PartiturasdaBMPANotíciadeumAcervoHistórico.pdf
Santi,A.PartiturasdaBMPANotíciadeumAcervoHistórico.pdfSanti,A.PartiturasdaBMPANotíciadeumAcervoHistórico.pdf
Santi,A.PartiturasdaBMPANotíciadeumAcervoHistórico.pdf
Alvaro Santi
 

Mais de Alvaro Santi (20)

O Conselho Estadual de Cultura e o Incentivo à Cultura no RS: relato de expe...
O Conselho Estadual de Cultura e o Incentivo à Cultura no RS:  relato de expe...O Conselho Estadual de Cultura e o Incentivo à Cultura no RS:  relato de expe...
O Conselho Estadual de Cultura e o Incentivo à Cultura no RS: relato de expe...
 
Santi,A.PartiturasdaBMPANotíciadeumAcervoHistórico.pdf
Santi,A.PartiturasdaBMPANotíciadeumAcervoHistórico.pdfSanti,A.PartiturasdaBMPANotíciadeumAcervoHistórico.pdf
Santi,A.PartiturasdaBMPANotíciadeumAcervoHistórico.pdf
 
Uma introdução à história da Banda Municipal de Porto Alegre (1912-1931)
Uma introdução à história da Banda Municipal de Porto Alegre (1912-1931)Uma introdução à história da Banda Municipal de Porto Alegre (1912-1931)
Uma introdução à história da Banda Municipal de Porto Alegre (1912-1931)
 
Relatorio observatorio 2017 2018
Relatorio observatorio 2017 2018Relatorio observatorio 2017 2018
Relatorio observatorio 2017 2018
 
Fumproarte 15 anos
Fumproarte 15 anosFumproarte 15 anos
Fumproarte 15 anos
 
Organizações da Sociedade Civil na cultura: avanços na transparência e avalia...
Organizações da Sociedade Civil na cultura: avanços na transparência e avalia...Organizações da Sociedade Civil na cultura: avanços na transparência e avalia...
Organizações da Sociedade Civil na cultura: avanços na transparência e avalia...
 
Metas do Plano Municipal de Cultura
Metas do Plano Municipal de CulturaMetas do Plano Municipal de Cultura
Metas do Plano Municipal de Cultura
 
Carnaval 2006 2017
Carnaval 2006 2017Carnaval 2006 2017
Carnaval 2006 2017
 
Fumproarte: 15 anos de um modelo brasileiro de fomento à cultura
Fumproarte: 15 anos de um modelo brasileiro de fomento à culturaFumproarte: 15 anos de um modelo brasileiro de fomento à cultura
Fumproarte: 15 anos de um modelo brasileiro de fomento à cultura
 
Indicadores culturais e o novo modelo de gestão da Prefeitura de Porto Alegre
Indicadores culturais e o novo modelo de gestão da Prefeitura de Porto AlegreIndicadores culturais e o novo modelo de gestão da Prefeitura de Porto Alegre
Indicadores culturais e o novo modelo de gestão da Prefeitura de Porto Alegre
 
Pesquisa tempo livre v. 17092015
Pesquisa tempo livre v. 17092015Pesquisa tempo livre v. 17092015
Pesquisa tempo livre v. 17092015
 
Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre 2015-7
Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre 2015-7Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre 2015-7
Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre 2015-7
 
Evolução dos orçamentos públicos da cultura no Brasil do Século XXI (Slides)
Evolução dos orçamentos públicos da cultura no Brasil do Século XXI (Slides)Evolução dos orçamentos públicos da cultura no Brasil do Século XXI (Slides)
Evolução dos orçamentos públicos da cultura no Brasil do Século XXI (Slides)
 
Cultura: Ranking dos municípios gaúchos
Cultura: Ranking dos municípios gaúchosCultura: Ranking dos municípios gaúchos
Cultura: Ranking dos municípios gaúchos
 
Apresentação dos foruns regionais de cultura
Apresentação dos foruns regionais de culturaApresentação dos foruns regionais de cultura
Apresentação dos foruns regionais de cultura
 
Apresentação proposta de alterações ao Conselho e Sistema Municipal de Cultura
Apresentação proposta de alterações ao Conselho e Sistema Municipal de CulturaApresentação proposta de alterações ao Conselho e Sistema Municipal de Cultura
Apresentação proposta de alterações ao Conselho e Sistema Municipal de Cultura
 
Lei Complementar 399/97 com alterações propostas
Lei Complementar 399/97 com alterações propostasLei Complementar 399/97 com alterações propostas
Lei Complementar 399/97 com alterações propostas
 
Minuta de Projeto de Lei Complementar
Minuta de Projeto de Lei ComplementarMinuta de Projeto de Lei Complementar
Minuta de Projeto de Lei Complementar
 
OBSERVATORIO CULTURAL DE PORTO ALEGRE Antecedentes y primeros pasos
OBSERVATORIO CULTURAL DE PORTO ALEGRE Antecedentes y primeros pasosOBSERVATORIO CULTURAL DE PORTO ALEGRE Antecedentes y primeros pasos
OBSERVATORIO CULTURAL DE PORTO ALEGRE Antecedentes y primeros pasos
 
FUMPROARTE 15 Years: Trajectory and Challenges of a Brazilian Fund to Support...
FUMPROARTE 15 Years: Trajectory and Challenges of a Brazilian Fund to Support...FUMPROARTE 15 Years: Trajectory and Challenges of a Brazilian Fund to Support...
FUMPROARTE 15 Years: Trajectory and Challenges of a Brazilian Fund to Support...
 

Relatório 2013-2016

  • 1. Informação a serviço das políticas culturais Relatório de Gestão 2013-20161 Vinculado à Secretaria Municipal da Cultura de Porto Alegre, o Observatório tem como missão ser um centro de referência para a promoção da cultura e das artes como fatores de desenvolvimento, através da produção e difusão da informação. Na presente gestão, ao completar seis anos de atividades (foi lançado em 18/11/2010), o Observatório da Cultura consolida-se como referência nacional para a reflexão e debate sobre o papel estratégico da informação na gestão das políticas públicas de cultura. Atestam-no diversos convites recebidos para relatar nossas experiências em eventos em outros municípios e estados; bem como a recepção alcançada, para além das fronteiras do Município, dos artigos, pesquisas (como Usos do tempo livre e práticas culturais) e demais conteúdos que compartilhamos regularmente pela Internet. No âmbito do Município, o Observatório tem se destacado pela liderança no diálogo com a sociedade, na elaboração do Plano Municipal de Cultura (iniciado em 2012); na atuação junto ao Conselho Municipal de Cultura, decisiva para a reorganização deste através de novas eleições; e na organização das duas últimas Conferências Municipais de Cultura (2013-2015). Além disso, o Observatório representa a Secretaria Municipal de Cultura junto a entidades como o Comitê de Economia Criativa (liderado pelo InovaPoA), o Grupo de Trabalho do Sistema de Informações Municipais (coordenado pelo ObservaPoA) e o GT do Anuário Estatístico (junto à SMPEO). Resta ainda por concretizar, no plano interno, a inscrição do Observatório no próximo Plano Plurinanual (2018-2021), que permita assegurar recursos mínimos para sua continuidade nas próximas gestões. 1 Até 30/6.
  • 2. 2 Pesquisa Usos do Tempo Livre e Práticas Culturais dos Porto-alegrenses Contemplado em 2012 por Edital do Fundo de Apoio à Cultura (FAC-RS), com um prêmio de R$ 50 mil (que cobriu parte do custo total), o projeto viabilizou uma pesquisa de campo para diagnóstico da demanda e acesso a produtos e serviços culturais, mediante entrevista a domicílio com 1.220 pessoas de 14 anos ou mais. Os dados obtidos irão subsidiar a formulação das políticas culturais do Município, e a repetição da pesquisa permitirá monitorar seus resultados a médio e longo prazo. Sob a coordenação do Observatório, foi formado Grupo de Trabalho com representante do IFCH-UFRGS, Prof Caleb Faria Alves; a socióloga da SMC Fátima Ávila, e a socióloga Mariana Aydos, contratada especialmente para o projeto. O GT estudou textos e pesquisas similares e convidou especialistas de diversas áreas culturais a colaborarem na formulação do questionário. A pesquisa resultou numa publicação com os resultados básicos (ver “produtos”). A base de dados deverá ser publicada ainda em 2016 no DataPoA, bem como novas interpretações e cruzamentos ainda estão sendo feitos pelo Observatório. 0 2 4 6 8 10 12 14 16 Milhares janeiro a junho Observatório da Cultura - Acessos mensais ao Blog 2013-2016 acessos 2013 acessos 2014 acessos 2015 acessos 2016 Blog do Observatório2 O blog do Observatório, criado em 2010, seguiu sendo, em conjunto com a página no Facebook, a principal ferramenta de comunicação com o público, oferecendo uma seleção de conteúdos de interesse para profissionais, estudantes e demais agentes culturais, como oportunidades de apoio a projetos, cursos e seminários e a repercussão sobre fatos ou temas relevantes em política cultural. Entre janeiro de 2013 e junho de 2016, registrou-se média mensal de 1808 visitantes, superando a marca de 60 acessos diários. Considerando os seis primeiros meses do ano, verifica-se um progressivo aumento da visitação em 2016, em relação aos dois anos anteriores. (O ano de 2013 teve um número muito superior de acessos devido a um ataque de spam.) 2 http://culturadesenvolvimentopoa.blogspot.com
  • 3. 3 Plano Municipal de Cultura / Conferências Municipais de Cultura Desde 2012, o Observatório participa da construção do Plano Municipal de Cultura (PMC), em conjunto com o Conselho Municipal de Cultura (CMC) e outros setores da SMC. O trabalho incluiu a coordenação do GT executivo; pesquisas sobre a cultura da cidade; histórico da SMC; planos de outras capitais; além da síntese e organização das propostas de oito conferências de cultura (1995-2011), matéria prima do PMC. Atuamos na organização da 9ª Conferência Municipal de Cultura (foto), dedicada à revisão do PMC, na elaboração do regimento, coordenação de plenárias, e supervisão das Pré-Conferências. Criamos a plataforma virtual (adaptada do MinC, ver “produtos”) para consulta pública do Plano, recebendo contribuições da sociedade. A plataforma também permitiu a inscrição remota e hospeda até hoje a documentação produzida no evento e posteriormente. O coordenador do Observatório foi também delegado do Município à Conferência Estadual de Cultura, realizada em Lajeado em 2013. Aprovada pelo Conselho Municipal de Cultura e entregue ao Prefeito em 18 de outubro de 2013, o PMC foi aprovado em 2015 pela Câmara, sob a forma da Lei 11.911. Posteriormente, o Observatório elaborou proposta para um conjunto de netas que, submetido à X Conferência, foi por esta aprovado, em dezembro de 2015. Atualmente, o Plano de Metas encontra-se em revisão pela SMC para ser em breve enviado ao GP, para elaboração de Projeto de Lei. Conselho Municipal de Cultura Atendendo à intenção do Secretário Roque Jacoby de promover alterações urgente na estrutura e funcionamento do Conselho Municipal de Cultura, o Observatório realizou estudo, comparando as características do nosso CMC com os conselhos de cultura de outras capitais brasileiras e com os demais conselhos de Porto Alegre. O documento foi compartilhado em reunião com o Vice- Prefeito, com o gabinete da SMGL, coordenação do OP e distribuído aos membros do CMC, e a seguir disponibilizado no blog do Observatório. Posteriormente, foi transformado em artigo e apresentado em evento científico nacional (ver “produtos”). Coube ainda ao Observatório coordenar a eleição para novo mandato do Conselho, iniciada com publicação dos editais, no segundo semestre de 2014, culminando com a nomeação, em junho de 2015, e a posse dos novos membros (foto), em setembro de 2015. O processo ocorreu dentro da mais estrita legalidade, com acompanhamento do Ministério Público do RS e Ministério Público de Contas, órgãos aos quais foram prestadas todas as informações solicitadas.
  • 4. 4 Economia Criativa No dia 9 de outubro de 2013, o Prefeito assinou Decreto instituindo o Comitê Municipal de Economia Criativa, incorporando universidades e entidades empresariais, além do Poder Legislativo e diversas pastas da Administração, com o objetivo de “promover a geração de emprego e renda, abertura de novos mercados e estimular a diversidade cultural, inclusão social e o desenvolvimento humano.” O Observatório da Cultura colaborou com este projeto desde sua gestação e, em 2013, redigiu uma Nota Técnica (ver “produtos”), com o objetivo de informar o debate interno na Administração Municipal sobre o tema. A iniciativa alinha-se aos objetivos propostos pelo Observatório da Cultura desde sua criação, entre os quais os de oferecer informação útil para a tomada de decisões em política cultural e apoiar o empreendedorismo na cultura, como estratégias para o desenvolvimento local. Atualmente, o coordenador do Observatório representa a SMC neste Comitê. Novos indicadores para a SMC. Com base na pesquisa sobre os indicadores culturais da SMC, realizada em 2012 (ver “produtos”), estimulamos discussão entre líderes de ação para o aperfeiçoamento dos atuais indicadores, propondo a criação de três novos. Para os dois últimos, sugerimos a contratação de consultoria especializada (não concretizada, por falta de recursos) com o propósito de elaborar a metodologia para a coleta de dados, que envolveriam entrevistas com uma amostra do público, em determinados eventos ou espaços, ao longo do ano): % de ocupação das salas de espetáculos. A partir de um levantamento feito pela Coordenação de Artes Cênicas, que apontou taxa de lotação média abaixo de 40% nas salas de teatro municipais, foi implantado esse indicador, cujo aumento deve ser buscado, atingindo-se um público maior com os mesmos custos fixos de manutenção dos espaços, otimizando o uso dos recursos. Satisfação de público. No caso dos espaços administrados pelo Município, entrevistas com usuários sobre a programação, segurança, limpeza, atendimento, entre outros aspectos, permitirão planejar ações para qualificar estes espaços e em consequência elevar o nível de satisfação. % de "novos" usuários, isto é, pessoas que nunca ou raramente frequentaram nossos espaços ou eventos culturais. Este indicador chama a atenção para o fato de que a maioria da população não frequenta espaços ou atividades culturais, população cuja inclusão é prioritária para o poder público, a partir da compreensão da cultura como um direito.
  • 5. 5 Lançamento do Sistema de Informação Cultural Terceira e última etapa do projeto financiado com recursos de CGLU-AECID-Barcelona Solidaria, o Portal foi lançado em 25/3/2013, no Mercado Público, durante a Semana de Porto Alegre, com a presença do então coordenador do Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC), Evaristo Nunes. Projeto pioneiro para o mapeamento colaborativo de produtos e serviços culturais pela Internet, o projeto foi descontinuado por diversas razões, entre elas a falta de recursos para manutenção do sistema (serviço não fornecido pela Procempa, por razões técnicas) e a disponibilização, pelo MinC, de forma gratuita, do software livre Mapas da Cultura, que se tornou modelo para o setor, já em uso por algumas capitais e estados. A primeira sede e o incêndio no Mercado Público O primeiro ano da atual gestão foi marcado pelo incêndio do Mercado público, em 6 de julho de 2013, que destruiu totalmente o Memorial, sede do Observatório e da Livraria Ilhota. O prejuízo incluiu cinco computadores, impressora, geladeira, microondas, móveis, além de documentos públicos (entre os quais material relativo às conferências de cultura) e uma biblioteca pessoal do coordenador, com mais de duzentos livros sobre política e gestão cultural. Desde então, o Observatório passou a funcionar no sótão da Casa Torelly. Parte da biblioteca foi recuperada mediante doações de editoras universitárias e outras entidades em benefício do Observatório. Livraria Ilhota O incêndio destruiu as instalações e o estoque da Livraria llhota, reinaugurada em 2010, quando do lançamento do Observatório. Desde então, a SMC não possui ponto de venda para seus produtos. Os últimos registros de vendas totalizaram R$ 3.348 nos quatro primeiros meses de 2013, projetando uma arrecadação anual superior a R$ 10 mil. Memorial do Mercado Desde o incêndio, o Memorial permanece interditado. Até então, nos cinco primeiros meses de 2013, recebeu 7.192 visitantes ou cerca de 1.200 por mês, número expressivo se considerado em relação aos demais espaços de memória local. (O Museu de Porto Alegre, por exemplo, recebeu em média 1.939 visitantes mensais, em 2013.) Quase dois terços (64,1%) dos visitantes foi de não- residentes no Município, sendo 17,9% provenientes da Região Metropolitana; 15,7% do interior do Estado; 25,3% de outros estados e 5,2% do exterior.
  • 6. 6 Produtos  Plano Municipal de Cultura. (Pesquisa, sistematização e redação) http://pmcportoalegre.com.br.  Notas para um política de Economia Criativa em Porto Alegre. 2013. http://pt.slideshare.net/alvarosanti9/notas-para-uma- poltica-para-a-ec. Documento técnico preparado com o objetivo de informar o debate interno na Administração Municipal sobre o tema da Economia Criativa (EC) ou Indústrias Culturais e Criativas (ICC).  Indicadores culturais e o Novo Modelo de Gestão da Prefeitura de Porto Alegre. In CALABRE, Lia. (org.) Políticas culturais: Informações, territórios e economia criativa. São Paulo, Itaú Cultural; Rio de Janeiro, Fundação Casa de Rui Barbosa, 2013. pp.70-85. http://culturadesenvolvimentopoa.blogspot.com.br/2013/09/artigo- indicadores-culturais-e-o-novo.html O estudo analisa os indicadores em uso e a inserção da cultura no Novo Modelo de Gestão, adotado pela Administração Municipal em 2005, constituindo uma etapa inicial de um processo que tem como objetivo final a proposição de um sistema próprio de indicadores culturais e o fortalecimento de uma cultura interna de avaliação.  Sistema de Informação Cultural (SiC-PoA) Terceira e última etapa do projeto financiado com recursos de CGLU-AECID- Barcelona Solidaria, resultou no site pioneiro para mapeamento colaborativo de produtos e serviços culturais pela Internet.  Base de dados “Espaços Culturais”. Subproduto do Sic- PoA, essa base de dados contem 388 espaços culturais do município, georreferenciados e classificados por regiões. Publicado no site DataPoA. 
  • 7. 7  Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre: uma proposta de reformulação. In: Anais do II Encontro Brasileiro de Pesquisa em Cultura. Niterói RJ, 2014. http://culturadesenvolvimentopoa.blogspot.com.br/2014/11/observatorio-presente-no-ii-ebpc.html Com o objetivo de fundamentar uma proposta de reformulação do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre, a pesquisa comparou aspectos deste órgão com outros conselhos de cultura no país e com os demais conselhos do Município; além de considerar normas atinentes ao recém-criado Sistema Nacional de Cultura (SNC), cuja implantação deve ser negociada e compatibilizada, no âmbito local, com as demandas da sociedade e a institucionalidade pública preexistente.  Gasto público em cultura dos municípios gaúchos, segundo o percentual do orçamento aplicado na Função cultura. Período 2002-2011. http://culturadesenvolvimentopoa.blogspot.com.br/20 15/01/gasto-publico-em-cultura-dos-municipios.html. Documento técnico, elaborado com base em dados do Tesouro Nacional.  Lei de Incentivo à Cultura. Anteprojeto de Lei Complementar. 2015. Institui o Programa Municipal de Apoio e Incentivo à Cultura – “MAIS CULTURA”, o Protocolo de Incentivo Fiscal à Cultura de Porto Alegre e o Selo de Certificação Compromisso Mais Cultura Porto Alegre – Prefeitura de Porto Alegre; revoga a Lei Complementar 283/1992, e dá outras providências.  Evolução dos orçamentos públicos de cultura no Brasil do Século XXI. In: Anais do VI Seminário Internacional de Políticas Culturais. Rio de Janeiro, 2015. http://culturadigital.br/politicaculturalcasaderuibarbosa/publicacoes/anais-do-vi-seminario- internacional-de-politicas-culturais O estudo analisa séries históricas de dados da contabilidade pública do Brasil, do início deste século, sobre os gastos na Função Cultura, em termos globais e por esfera de governo (União, estados e municípios). São comparados dados das UFs e capitais, inclusive para a Subfunção Patrimônio Histórico, Artístico e Arqueológico.  Usos do tempo livre e práticas culturais dos porto-alegrenses. [Relatório de pesquisa] Por Álvaro Santi, Fátima Ávila, Caleb Faria Alves e Mariana Aydos. Prefeitura de Porto Alegre (Observatório da Cultura), 2015. http://culturadesenvolvimentopoa.blogspot.com.br/2015/08/usos-do-tempo-livre- e-praticas.html Apresentação dos dados da pesquisa de campo, que entrevistou a domicílio 1.220 pessoas com 14 anos ou mais, residentes em Porto Alegre, sobre seus hábitos de lazer e consumo cultural, em dezembro de 2014.
  • 8. 8  Observatório da Cultura de Porto Alegre: primeiros passos, reflexões e perspectivas. In: Democracia nas Cidades e as Grandes Transformações Urbanas: Artigos apresentados na XII Conferência do Observatório Internacional de Democracia Participativa. Porto Alegre, ObservaPoA/SMGL, 2015. http://lproweb.procempa.com.br/pmpa/prefpoa/observatorio/usu_doc/livr ooidp-final-versao_de_trabalho_formato_impressao2-20150928.pdf Descreve as primeiras ações do Observatório da Cultura desde sua instalação, em 2010; as razões que levaram à sua criação; e as perspectivas futuras. Entre as ações realizadas até então, destacavam-se aquelas apoiadas pelo Programa Barcelona Solidária e Cooperação Espanhola (AECID), como o projeto de Sistema de Informação Cultural (SiC-PoA); o Seminário Internacional Cultura e Desenvolvimento Local, em parceria com a UFRGS; e o Curso de Extensão em Gestão e Política Cultural, ministrado na modalidade à distância pela Unisinos.  Metas do Plano Municipal de Cultura. Documento de trabalho, apresentado e aprovado pela X Conferência Municipal de Cultura, em dezembro de 2015, com vistas à elaboração de Projeto de Lei do Executivo. Em tramitação no Processo Administrativo 1.001727.16.8.  Cultura 21 Indicadores. Documento interno, para diagnóstico das políticas culturais da SMC tendo como referência o documento Cultura 21 Ações3, da organização Cidades e Governos Locais Unidos (CGLU). Tradução e adaptação do texto original em espanhol.  Perfil do Público das Artes em Porto Alegre. Artigo enviado ao XII Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura (Enecult), Salvador BA, 2016. O artigo apresenta e analisa alguns resultados da pesquisa Usos do Tempo Livre e Práticas Culturais dos Porto- Alegrenses, realizada pelo Observatório da Cultura da Prefeitura de Porto Alegre, entre novembro e dezembro de 2014, referentes à frequência de atividades culturais externas, tais como a assistência a espetáculos de música, dança, teatro, exposições e filmes, segundo variáveis como idade, sexo, cor ou raça, escolaridade, renda, trabalho, profissão e estado civil.  Proposta de alterações ao Regimento Interno do Conselho Municipal de Cultura. Documento a ser apresentado ao Plenário do CMC, para posterior alteração ao Decreto 12.403/99 (atual regimento).  Desafios da política cultural na atualidade e o papel dos observatórios. (artigo em preparo). A ser publicado em livro, organizado pela Fundação Casa de Rui Barbosa e Observatório Itaú Cultural, vinculado ao VII Seminário de Políticas Culturais.  Direito à Cultura e o papel da informação nas políticas públicas (apresentação em preparo). A ser apresentada no II encontro Missioneiro de Estudos Interdisciplinares em Cultura (São Luiz Gonzaga, agosto 2016). 3 http://www.agenda21culture.net/index.php/pt/newa21c-pt/new-a21c-pt
  • 9. 9 Participação em eventos (como palestrante/convidado):4 Seminário Economia Criativa e a Cultura no RS. Instituto NT, Porto Alegre, 7/5/2013. Painel “Potencialidades da Economia Criativa no Brasil, RS e POA”, na companhia de Cláudia Leitão, Titular da Secretaria de Economia Criativa / Ministério da Cultura e Denise Viana Pereira, Diretora de Economia da Cultura SEDAC-RS, com mediação do professor Leandro Valiati. Cultura em Debate. Centro Cultural 25 de Julho, 9/5/2013. A convite do Centro Cultural 25 de Julho, participamos do debate “Gestão Cultural e sustentabilidade: uma utopia?”, dentro do ciclo de discussões Cultura em debate, com a presença do Prof. Luiz A. Capra Filho e mediação do Prof. Dênis Gérson Simões. Seminário Fumproarte: continuidade ou ruptura? Câmara de Vereadores, 10-11/10/2013. Com o propósito de rediscutir o inovador modelo de financiamento à cultura, criado pela Prefeitura de Porto Alegre há 20 anos, fomos convidados a fazer a mediação das mesas em que estiveram presentes os convidados, ocasião em que fizemos um breve histórico do fundo. Posteriormente, encaminhamos à Gerência do Fumproarte sugestões para o seu aperfeiçoamento. Colóquio Observatórios da Cultura. Unilasalle, Canoas, 29/10/2013. Fomos chamados a relatar a experiência do Observatório de Porto Alegre, juntamente com representantes de Portugal, Canadá e França. A ocasião foi oportuna para a troca de experiências e o aprendizado com essas instituições, todas com décadas de existência e consistente produção de pesquisas e dados. Seminário A cultura como direito social. Painel “A gestão cultural no Município. Centro Cultural CEEE Érico Veríssimo. 14/5/2014. 4 Todas as participações em eventos fora de Porto Alegre foram custeadas pelas entidades promotoras (quando a convite) ou pelo participante, sem ônus para o Município.
  • 10. 10 IV Seminário Observatórios, Metodologias e Impactos: Territórios e Políticas Públicas. Unisinos, São Leopoldo RS, 29- 30/9/2014.5 II Encontro Brasileiro de Pesquisa em Cultura. Niterói RJ, 15-17/10/2014. Apresentação do trabalho/artigo “Conselho Municipal de Cultura: uma proposta de reformulação.” VI Seminário Internacional de Políticas Culturais. Rio de Janeiro RJ, 26-29/5/2015. Apresentação do trabalho “Evolução dos orçamentos públicos de cultura no Brasil do Século XXI”.6 Palestra na Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da UFRGS sobre pesquisa Usos do Tempo Livre e Práticas Culturais. A convite da Profa. Nilda Jacks. 17/6/2015 Seminário Números da Cultura. Participação no painel A cultura e sua economia, com representantes do MinC, IBGE e BNDEs. Rio de Janeiro RJ, Oi Futuro Ipanema, 30/9/2015.7 Forum Nacional de Sistemas de Informações Culturais. João Pessoa PB, 20- 22/10/2015. Painel 1: Apresentações de experiências sistemas de informação; Painel 2: Organizando Informações Culturais8. Palestra no curso de Graduação em Políticas Públicas da UFRGS – Disciplina de Cultura e Políticas Públicas. A convite do Professor Caleb Faria Alves. 11/11/2015. I Seminário de Informações e Indicadores Culturais do Grande ABC. São Caetano do Sul SP, 14/4/2016. Palestra sobre a pesquisa Usos do Tempo Livre e Práticas Culturais. Centro de Pesquisa e Formação do SESC. São Paulo SP, 18/4/2016. 5 Gravação em vídeo disponível em https://www.youtube.com/watch?v=9TwMFeza4lk 6 Gravação em vídeo disponível em https://www.youtube.com/watch?v=NSUgbXNBT98 7 Gravação em vídeo disponível em https://www.youtube.com/watch?v=78LZbumbMqs 8 Gravação em vídeo disponível em http://sniic.cultura.gov.br/2015/10/21/ao-vivo-painel-organizando- informacoes-culturais
  • 11. 11 VII Seminário Internacional de Políticas Culturais. Fundação Casa de Rui Barbosa e Itaú Cultural. Mesa “Observatórios Culturais: ações e perspectivas”. Rio de Janeiro RJ, 17 a 20/5/2016.9 2º Encontro Missioneiro de Estudos Interdisciplinares em Cultura (Emicult). URI São Luiz Gonzaga RS. 25-26 de agosto de 2016. Participação como membro da Comissão Técnico-Científica V Seminário Observatórios, Metodologias e Impactos: Dados e Participação. São Leopoldo RS (Unisinos) 28-29 set. 2015. 9 Gravação em vídeo disponível em https://www.youtube.com/watch?v=URKbTIkapIY&index=4&list=PLaMooh6fwqcqv_X9IHF2wQ2C6iy5VV-i_
  • 12. 12 Participação como ouvinte: Conferência Internacional de Gestão da Cultura e das Artes (AIMAC). Universidad de los Andes, Bogotá, 26-29/6/2013. Realização da Associação Internacional de Gestão das Artes e Cultura (AIMAC). Na ocasião, também visitamos o Observatório de Culturas de Bogota, pioneiro e um dos mais atuantes na América Latina. Encontro Internacional Públicos da Cultura. SESC Vila Mariana, São Paulo SP, 12-14/11/2013. Resumos das palestras e reflexões que elas nos despertaram foram compartilhados no blog. 6a. Cúpula Mundial de Artes e Cultura (6th World Summit on Arts and Culture) Santiago do Chile, janeiro de 2014. Encontro bienal promovido pela Federação Internacional de Agências Culturais e Conselhos de Artes (IFACCA), pela primeira vez realizado na América Latina. Curso Economia da Cultura, Gestão e Desenvolvimento / Conexões Criativas. Evento de lançamento do Observatório de Economia Criativa (OBEC) da UFRGS. 11-14/8/2014. I Encontro de Conselhos Municipais de Políticas Culturais do RS. 2014. Realização do Conselho Estadual de Cultura Ulbra Canoas RS, 26/11/2014. Seminário Latino-Americano de Informações e Indicadores Culturais. Realização do Ministério da Cultura. Brasília DF, 15-16/12/2015. III Seminário Porto Alegre em Análise: Desenvolvimento Humano. Observa PoA. Fundação de Economia e Estatística-RS. 27/3/2015. Cultura Amanhã: Encontro de secretários de cultura das capitais. Colaboração na redação da Carta de Porto Alegre. 5-7/11/2014. Seminário Conexões Criativas 2 / Workshop Indicadores para Desenvolvimento de informação qualificada sobre Economia Criativa. Observatório de Economia Criativa (OBEC) / Centro de Estudos de Governo (CEGOV) UFRGS. 16-19/11/2015. IV Seminário Porto Alegre em Análise: Condições de vida de Porto Alegre. ObservaPoA. Centro Cultural CEEE Érico Veríssimo, 19/4/2016. Porto Alegre, 30 de junho de 2016. Equipe do Observatório da Cultura Jornalista Marcel Goulart (até jun/2014) Estagiárias: Camila Justi Coan (até 2014) e Giovana Smialowski (abr.2015/abr.2016) Ismael Silva Corrêa de Oliveira - Assist. Administrativo SMC (até dez/2013) Coordenador: Álvaro Santi - Assist. Técnico SMC