SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 17
Proteínas
Biologia
1
O que são Proteínas?
As proteínas são as moléculas orgânicas
mais abundantes e importantes nas células e
perfazem 50% ou mais de seu peso seco.
São encontradas em todas as partes de
todas as células, uma vez que são
fundamentais sob todos os aspectos da
estrutura e função celulares. Existem muitas
espécies diferentes de proteínas, cada uma
especializada para uma função biológica
diversa. 2Proteínas
Biologia
Pertencem à classe dos peptídeos, pois são
formadas por aminoácidos ligados entre si por
ligações peptídicas.
3Proteínas
Biologia
São os constituintes básicos da vida:
tanto que seu nome deriva da palavra grega
"proteios", que significa "em primeiro lugar".
Nos animais, as proteínas correspondem a
cerca de 80% do peso dos músculos
desidratados, cerca de 70% da pele e 90% do
sangue seco. Mesmo nos vegetais as
proteínas estão presentes.
4Proteínas
Biologia
A importância das
proteínas, entretanto, está relacionada com
suas funções no organismo, e não com sua
quantidade.
Todas as enzimas conhecidas, por
exemplo, são proteínas; muitas vezes, as
enzimas existem em porções muito pequenas.
Mesmo assim, estas substâncias
catalisam todas as reações metabólicas e
capacitam aos organismos a construção de5Proteínas
Biologia
Composição
Todas contêm
carbono, hidrogênio, nitrogênio e oxigênio, e
quase todas contêm enxofre. Algumas
proteínas contêm elementos
adicionais, particularmente
fósforo, ferro, zinco e cobre. Seu peso
molecular é extremamente elevado.
Todas as
proteínas, independentemente de sua função
ou espécie de origem, são construídas a partir
de um conjunto básico de vinte
6Proteínas
Biologia
Funções
Elas exercem funções
diversas, como:
• Catalizadores
• Elementos
estruturais e
sistemas contráteis
• Armazenamento
(ferritina)
• Veiculo de
transporte
• Anti-infecciosas
Devido as proteínas
exercerem uma grande
variedade de funções na
célula, estas podem ser
divididas em dois grandes
grupos:
Dinâmicas:
Transporte, defesa, catális
e de reações, controle do
metabolismo e contração.
Estruturais: Proteínas7Proteínas
Biologia
Classificação das Proteínas
• Proteínas Simples - Por hidrólise liberam
apenas aminoácidos.
• Proteínas Conjugadas - Por hidrólise
liberam aminoácidos mais um radical não
peptídico, denominado grupo prostético.
Ex.:
metaloproteínas, hemeproteínas, lipoproteínas
, glicoproteínas, etc.
8Proteínas
Biologia
Organização estrutural das proteínas
As proteínas possuem complexas
estruturas espaciais, que podem ser
organizadas em quatro níveis, crescentes em
complexidade:
1. Estrutura Primária
2. Estrutura Secundária
3. Estrutura Terciária
4. Estrutura Quaternária
9Proteínas
Biologia
1. Estrutura Primária
Dada pela sequência de aminoácidos e
ligações peptídicas da molécula
• É o nível estrutural mais simples e mais
importante, pois dele deriva todo o arranjo
espacial da molécula.
• Sua estrutura é somente a sequência dos
aminoácidos, sem se preocupar com a
orientação espacial da molécula.
10Proteínas
Biologia
2. Estrutura Secundária
• É dada pelo arranjo espacial de
aminoácidos próximos entre si na
sequência primária da proteína.
• Ocorre graças à possibilidade de rotação
das ligações entre os carbonos a dos
aminoácidos e seus grupamentos amina e
carboxila.
11Proteínas
Biologia
3. Estrutura Terciária
• É a forma tridimensional como a proteína
se "enrola".
• Cadeias polipeptídicas muito longas podem
se organizar em domínios, regiões com
estruturas terciárias semi-independentes
ligadas entre si por segmentos lineares da
cadeia polipeptídica.
12Proteínas
Biologia
4. Estrutura Quaternária
• Dada pela distribuição espacial de mais de
uma cadeia polipeptídica no espaço, as
subunidades da molécula.
• As subunidades podem atuar de forma
independente ou cooperativamente no
desempenho da função bioquímica da
proteína.
13Proteínas
Biologia
AMINOÁCIDOS – Características
gerais
• São as unidades fundamentais das
proteínas.
• Todas as proteínas são formadas a partir
da ligação em sequência de apenas 20
aminoácido.
• Existem, além destes 20 aminoácidos
principais, alguns aminoácidos
especiais, que só aparecem em alguns
tipos de proteínas.
14Proteínas
Biologia
Estrutura química geral
Os 20 aminoácidos possuem
características estruturais em comum, tais
como:
• A presença de um carbono central, quase
sempre assimétrico.
• Ligados a este carbono central, um
grupamento carboxila, um grupamento
amina e um átomo de hidrogênio.
15Proteínas
Biologia
Onde são encontradas?
As proteínas são encontradas
principalmente nas carnes, ovos, laticínios e
leguminosas. Como cada alimento possui
particulares tipos de aminoácidos, é
fundamental que o indivíduo tenha uma
alimentação balanceada para que ocorra a
ingestão de diferentes tipos de proteínas.
16Proteínas
Biologia
17Proteínas
Biologia

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Núcleo celular
Núcleo celularNúcleo celular
Núcleo celularMARCIAMP
 
Introdução à biofísica
Introdução à biofísicaIntrodução à biofísica
Introdução à biofísicaCaio Maximino
 
II. 2 Carboidratos, lipídios e proteínas
II. 2 Carboidratos, lipídios e proteínasII. 2 Carboidratos, lipídios e proteínas
II. 2 Carboidratos, lipídios e proteínasRebeca Vale
 
Lipídios
LipídiosLipídios
Lipídiosemanuel
 
Introdução à imunologia
Introdução à imunologiaIntrodução à imunologia
Introdução à imunologiaMessias Miranda
 
Organelas celulares
Organelas celularesOrganelas celulares
Organelas celularesmainamgar
 
Células procariontes e eucariontes
Células procariontes e eucariontesCélulas procariontes e eucariontes
Células procariontes e eucariontesNaiiane Da Motta
 
Aula 2 composição química das células
Aula 2   composição química das célulasAula 2   composição química das células
Aula 2 composição química das célulasEd_Fis_2015
 
Aula 07 núcleo e cromossomos
Aula 07   núcleo e cromossomosAula 07   núcleo e cromossomos
Aula 07 núcleo e cromossomosHamilton Nobrega
 
Composição química da célula
Composição química da célulaComposição química da célula
Composição química da célulaMARCIAMP
 
II. 3 Os ácidos nucléicos
II. 3 Os ácidos nucléicosII. 3 Os ácidos nucléicos
II. 3 Os ácidos nucléicosRebeca Vale
 
Metabolismo celular (completo)
Metabolismo celular (completo)Metabolismo celular (completo)
Metabolismo celular (completo)Adrianne Mendonça
 
Características e níveis de organização
Características e níveis de organizaçãoCaracterísticas e níveis de organização
Características e níveis de organizaçãoPéricles Penuel
 

Mais procurados (20)

Glicólise
GlicóliseGlicólise
Glicólise
 
Núcleo celular
Núcleo celularNúcleo celular
Núcleo celular
 
Componentes quimicos das celulas
Componentes quimicos das celulasComponentes quimicos das celulas
Componentes quimicos das celulas
 
Introdução à biofísica
Introdução à biofísicaIntrodução à biofísica
Introdução à biofísica
 
II. 2 Carboidratos, lipídios e proteínas
II. 2 Carboidratos, lipídios e proteínasII. 2 Carboidratos, lipídios e proteínas
II. 2 Carboidratos, lipídios e proteínas
 
Lipídios
LipídiosLipídios
Lipídios
 
Sais minerais.
Sais minerais.Sais minerais.
Sais minerais.
 
Introdução à imunologia
Introdução à imunologiaIntrodução à imunologia
Introdução à imunologia
 
Organelas celulares
Organelas celularesOrganelas celulares
Organelas celulares
 
Organização celular 2
Organização celular 2Organização celular 2
Organização celular 2
 
Células procariontes e eucariontes
Células procariontes e eucariontesCélulas procariontes e eucariontes
Células procariontes e eucariontes
 
Aula 2 composição química das células
Aula 2   composição química das célulasAula 2   composição química das células
Aula 2 composição química das células
 
Aula 07 núcleo e cromossomos
Aula 07   núcleo e cromossomosAula 07   núcleo e cromossomos
Aula 07 núcleo e cromossomos
 
Composição química da célula
Composição química da célulaComposição química da célula
Composição química da célula
 
Sistema tegumentar
Sistema tegumentarSistema tegumentar
Sistema tegumentar
 
Sistema digestivo
Sistema digestivoSistema digestivo
Sistema digestivo
 
II. 3 Os ácidos nucléicos
II. 3 Os ácidos nucléicosII. 3 Os ácidos nucléicos
II. 3 Os ácidos nucléicos
 
Metabolismo celular (completo)
Metabolismo celular (completo)Metabolismo celular (completo)
Metabolismo celular (completo)
 
Sistema Reprodutor Masculino e Feminino
Sistema Reprodutor Masculino e Feminino Sistema Reprodutor Masculino e Feminino
Sistema Reprodutor Masculino e Feminino
 
Características e níveis de organização
Características e níveis de organizaçãoCaracterísticas e níveis de organização
Características e níveis de organização
 

Semelhante a Funções e estruturas das proteínas

Semelhante a Funções e estruturas das proteínas (6)

Ovo no alcool explicação
Ovo no alcool explicaçãoOvo no alcool explicação
Ovo no alcool explicação
 
Proteínas química orgânica
Proteínas química orgânicaProteínas química orgânica
Proteínas química orgânica
 
Aula Proteínas
Aula ProteínasAula Proteínas
Aula Proteínas
 
Biologia celular
Biologia celularBiologia celular
Biologia celular
 
Biologia celular
Biologia celularBiologia celular
Biologia celular
 
A celula e suas organelas
A celula e suas organelasA celula e suas organelas
A celula e suas organelas
 

Mais de Raquel Hemanuelly

Mais de Raquel Hemanuelly (8)

Leonardo da vinci
Leonardo da vinciLeonardo da vinci
Leonardo da vinci
 
Antigo egito
Antigo egitoAntigo egito
Antigo egito
 
Pintura Corporal - Cultura indígena
Pintura Corporal - Cultura indígena Pintura Corporal - Cultura indígena
Pintura Corporal - Cultura indígena
 
Febre Amarela
Febre AmarelaFebre Amarela
Febre Amarela
 
Cultura indígena
Cultura indígena  Cultura indígena
Cultura indígena
 
Tráfico de pessoas
Tráfico de pessoasTráfico de pessoas
Tráfico de pessoas
 
Atletismo
AtletismoAtletismo
Atletismo
 
Doenças Sexualmente Transmissíveis - Dst
Doenças Sexualmente Transmissíveis - DstDoenças Sexualmente Transmissíveis - Dst
Doenças Sexualmente Transmissíveis - Dst
 

Último

Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniCassio Meira Jr.
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdfJorge Andrade
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfAdrianaCunha84
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxfabiolalopesmartins1
 
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.Susana Stoffel
 

Último (20)

Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
 
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
 

Funções e estruturas das proteínas

  • 2. O que são Proteínas? As proteínas são as moléculas orgânicas mais abundantes e importantes nas células e perfazem 50% ou mais de seu peso seco. São encontradas em todas as partes de todas as células, uma vez que são fundamentais sob todos os aspectos da estrutura e função celulares. Existem muitas espécies diferentes de proteínas, cada uma especializada para uma função biológica diversa. 2Proteínas Biologia
  • 3. Pertencem à classe dos peptídeos, pois são formadas por aminoácidos ligados entre si por ligações peptídicas. 3Proteínas Biologia
  • 4. São os constituintes básicos da vida: tanto que seu nome deriva da palavra grega "proteios", que significa "em primeiro lugar". Nos animais, as proteínas correspondem a cerca de 80% do peso dos músculos desidratados, cerca de 70% da pele e 90% do sangue seco. Mesmo nos vegetais as proteínas estão presentes. 4Proteínas Biologia
  • 5. A importância das proteínas, entretanto, está relacionada com suas funções no organismo, e não com sua quantidade. Todas as enzimas conhecidas, por exemplo, são proteínas; muitas vezes, as enzimas existem em porções muito pequenas. Mesmo assim, estas substâncias catalisam todas as reações metabólicas e capacitam aos organismos a construção de5Proteínas Biologia
  • 6. Composição Todas contêm carbono, hidrogênio, nitrogênio e oxigênio, e quase todas contêm enxofre. Algumas proteínas contêm elementos adicionais, particularmente fósforo, ferro, zinco e cobre. Seu peso molecular é extremamente elevado. Todas as proteínas, independentemente de sua função ou espécie de origem, são construídas a partir de um conjunto básico de vinte 6Proteínas Biologia
  • 7. Funções Elas exercem funções diversas, como: • Catalizadores • Elementos estruturais e sistemas contráteis • Armazenamento (ferritina) • Veiculo de transporte • Anti-infecciosas Devido as proteínas exercerem uma grande variedade de funções na célula, estas podem ser divididas em dois grandes grupos: Dinâmicas: Transporte, defesa, catális e de reações, controle do metabolismo e contração. Estruturais: Proteínas7Proteínas Biologia
  • 8. Classificação das Proteínas • Proteínas Simples - Por hidrólise liberam apenas aminoácidos. • Proteínas Conjugadas - Por hidrólise liberam aminoácidos mais um radical não peptídico, denominado grupo prostético. Ex.: metaloproteínas, hemeproteínas, lipoproteínas , glicoproteínas, etc. 8Proteínas Biologia
  • 9. Organização estrutural das proteínas As proteínas possuem complexas estruturas espaciais, que podem ser organizadas em quatro níveis, crescentes em complexidade: 1. Estrutura Primária 2. Estrutura Secundária 3. Estrutura Terciária 4. Estrutura Quaternária 9Proteínas Biologia
  • 10. 1. Estrutura Primária Dada pela sequência de aminoácidos e ligações peptídicas da molécula • É o nível estrutural mais simples e mais importante, pois dele deriva todo o arranjo espacial da molécula. • Sua estrutura é somente a sequência dos aminoácidos, sem se preocupar com a orientação espacial da molécula. 10Proteínas Biologia
  • 11. 2. Estrutura Secundária • É dada pelo arranjo espacial de aminoácidos próximos entre si na sequência primária da proteína. • Ocorre graças à possibilidade de rotação das ligações entre os carbonos a dos aminoácidos e seus grupamentos amina e carboxila. 11Proteínas Biologia
  • 12. 3. Estrutura Terciária • É a forma tridimensional como a proteína se "enrola". • Cadeias polipeptídicas muito longas podem se organizar em domínios, regiões com estruturas terciárias semi-independentes ligadas entre si por segmentos lineares da cadeia polipeptídica. 12Proteínas Biologia
  • 13. 4. Estrutura Quaternária • Dada pela distribuição espacial de mais de uma cadeia polipeptídica no espaço, as subunidades da molécula. • As subunidades podem atuar de forma independente ou cooperativamente no desempenho da função bioquímica da proteína. 13Proteínas Biologia
  • 14. AMINOÁCIDOS – Características gerais • São as unidades fundamentais das proteínas. • Todas as proteínas são formadas a partir da ligação em sequência de apenas 20 aminoácido. • Existem, além destes 20 aminoácidos principais, alguns aminoácidos especiais, que só aparecem em alguns tipos de proteínas. 14Proteínas Biologia
  • 15. Estrutura química geral Os 20 aminoácidos possuem características estruturais em comum, tais como: • A presença de um carbono central, quase sempre assimétrico. • Ligados a este carbono central, um grupamento carboxila, um grupamento amina e um átomo de hidrogênio. 15Proteínas Biologia
  • 16. Onde são encontradas? As proteínas são encontradas principalmente nas carnes, ovos, laticínios e leguminosas. Como cada alimento possui particulares tipos de aminoácidos, é fundamental que o indivíduo tenha uma alimentação balanceada para que ocorra a ingestão de diferentes tipos de proteínas. 16Proteínas Biologia