SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
População e Povoamento
Indicadores demográficos nos países desenvolvidos e em desenvolvimento
O que são Países desenvolvidos (PD) e Países em
desenvolvimento (PED)?
População e Povoamento
Países desenvolvidos: países que registam,
regra geral, um considerável crescimento
económico e uma elevada qualidade de vida,
bem como uma importante influência política à
escala mundial.
Países em desenvolvimento: países que
apresentam um elevado crescimento
populacional, uma estrutura económica
vulnerável, elevadas taxas de analfabetismo,
entre outros aspetos.
Onde se localizam?
População e Povoamento
Países desenvolvidos e países em desenvolvimento.
Fonte: CADTM – Comité para a abolição das dívidas ilegítimas, http://www.cadtm.org/ (consultado em dezembro de 2021).
População e Povoamento
Países desenvolvidos
Menores taxas de natalidade:
• desenvolvimento e a prática corrente do planeamento familiar;
• generalização da utilização de métodos contracetivos (tal como a pílula e o preservativo);
• aumento das despesas com os filhos, em áreas como a educação, a saúde e a alimentação;
• melhoria do nível de vida da população e maior preocupação em possuir e manter um maior conforto e qualidade
de vida;
• decréscimo do número de casamentos e aumento do número de divórcios;
• aumento da idade média do casamento e da idade da mãe ao nascimento do primeiro filho, devido, em parte, ao
prolongamento dos estudos, à maior aposta na carreira profissional e à precariedade crescente do emprego;
• maior participação das mulheres no mercado de trabalho ao longo dos anos e desigual repartição das tarefas
domésticas e familiares entre homens e mulheres, o que dificulta a conciliação da vida profissional com a vida
familiar;
• dificuldades na aquisição de habitação, sobretudo nas cidades.
Como variam os indicadores demográficos nestes países?
A taxa de natalidade (TN):
População e Povoamento
Países em desenvolvimento
Maiores taxas de natalidade:
• fraca divulgação do planeamento familiar;
• escassa utilização de métodos contracetivos, em virtude, em alguns casos, da oposição da religião
ao controlo da natalidade e das elevadas taxas de analfabetismo;
• facto de os filhos serem considerados uma fonte de rendimento e de prestígio social;
• facto de a mulher desempenhar apenas as funções de mãe e de dona de casa;
• existência de poligamia (situação em que um indivíduo tem mais do que um cônjuge ao mesmo
tempo);
• elevadas taxas de nupcialidade;
• ocorrência do casamento em idades muito jovens.
A taxa de mortalidade (TM):
População e Povoamento
Países desenvolvidos
Decréscimo até meados da década de 2000
• melhoria do nível de vida da população, que se refletiu na melhoria das condições
alimentares, de habitabilidade e sanitárias;
• desenvolvimento da medicina preventiva, curativa e de precisão;
• intensificação dos cuidados primários de saúde e melhoria da assistência médica;
• melhoria das condições de trabalho, como a redução do número de horas diárias de
trabalho e as melhores condições de segurança;
• melhoria do nível de instrução da população, que permitiu, por exemplo, maior
conhecimento sobre as doenças e o desenvolvimento de estilos de vida mais saudáveis.
Ligeiro aumento a partir de meados da década de 2000
• envelhecimento da população, em virtude das reduzidas taxas de natalidade e de
fecundidade e do aumento da esperança da vida à nascença.
População e Povoamento
Países em desenvolvimento
A cooperação internacional, assente na ajuda internacional dos países desenvolvidos e de organizações não governamentais (ONG), teve
repercussões:
– na saúde, ao nível da medicina preventiva e curativa, com o envio de médicos e paramédicos, bem como de vacinas contra a cólera,
febre-amarela, malária, entre outras doenças;
– na alimentação, devido a progressos registados na agricultura;
– na educação, devido à construção de escolas e ao envio de técnicos e professores;
– na melhoria das condições de habitabilidade e de higiene.
Contudo, ainda existem alguns países com elevadas TM, sobretudo os menos avançados, localizados maioritariamente nos continentes africano
e asiático, devido a fatores como:
– carência alimentar, de que resultam situações de fome e subnutrição;
– existência de conflitos armados frequentes;
– forte prevalência de HIV/SIDA e de outras doenças infetocontagiosas;
– falta de condições de higiene;
– falta de cuidados médicos e de acesso a medicamentos.
População e Povoamento
A taxa de mortalidade infantil (TMI): é expressa pelo número de mortes de crianças com
menos de um ano em cada 1000 que nascem a cada ano.
Países desenvolvidos
Nos PD, a diminuição da TMI deve-se à:
• melhoria da assistência médica materno-infantil (cuidados prestados, vacinação, etc.), antes, durante e
após o parto;
• crescente procura das mães por serviços associados à maternidade;
• melhoria das condições sanitárias;
• melhoria da alimentação das mães e crianças;
• melhoria das redes e meios de transporte;
• estabilidade política e social.
População e Povoamento
Países em desenvolvimento
Nos PED, a TMI é ainda bastante elevada e superior à registada nos PD, devido a:
• falta de assistência médica materno-infantil, ou seja, durante a gravidez, no parto e nos primeiros meses
de vida da criança;
• falta de condições de habitabilidade;
• falta de condições higiénico-sanitárias;
• fome e subnutrição;
• forte incidência de doenças tropicais (Ex.: malária, febre-amarela);
• guerras e conflitos armados.
Põe em prática o que aprendeste
População e Povoamento
Responde à seguinte questão:
Refere dois fatores que influenciam os valores da Taxa
de Mortalidade Infantil (TMI) na atualidade?
A falta de assistência médica materno-infantil e a falta
de condições de habitabilidade, por exemplo.
Põe em prática o que aprendeste
População e Povoamento
Responde à seguinte questão:
Refere três razões que justifiquem a menor Taxa de
Natalidade nos Países Devolvidos.
1. dificuldades na aquisição de habitação, sobretudo nas cidades.
generalização da utilização de métodos contracetivos (tal como a
pílula e o preservativo);
2. aumento das despesas com os filhos, em áreas como a educação, a
saúde e a alimentação;
3. dificuldades na aquisição de habitação, sobretudo nas cidades.
Põe em prática o que aprendeste
População e Povoamento
Responde à seguinte questão:
Refere as razões que justifiquem a maior Taxa de
Mortalidade Infantil nos Países em Desenvolvimento.
• falta de assistência médica materno-infantil, ou seja, durante a
gravidez, no parto e nos primeiros meses de vida da criança;
• falta de condições de habitabilidade;
• falta de condições higiénico-sanitárias;
• fome e subnutrição;
• forte incidência de doenças tropicais (Ex.: malária, febre-amarela);
• guerras e conflitos armados.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a População_(desenvolvidos_em_desenvolvimento).pptx

3 contrastes desenvolvimento
3 contrastes desenvolvimento3 contrastes desenvolvimento
3 contrastes desenvolvimentoLiliana Mafalda
 
Ficha de estudo para o teste de geografia 8º ano
Ficha de estudo para o teste de geografia 8º anoFicha de estudo para o teste de geografia 8º ano
Ficha de estudo para o teste de geografia 8º anoanacristinaccc
 
Indicadores do estado de saude de uma população
Indicadores do estado de saude de uma populaçãoIndicadores do estado de saude de uma população
Indicadores do estado de saude de uma populaçãoCarla Brites
 
Comportamentos DemográFicos
Comportamentos DemográFicosComportamentos DemográFicos
Comportamentos DemográFicosPaula Tomaz
 
Contrastes De Desenvolvimento Factores Internos
Contrastes De Desenvolvimento Factores InternosContrastes De Desenvolvimento Factores Internos
Contrastes De Desenvolvimento Factores InternosPedui
 
População e povoamento
População e povoamentoPopulação e povoamento
População e povoamentoFilomenaMorais3
 
geom8_populacao.pptx
geom8_populacao.pptxgeom8_populacao.pptx
geom8_populacao.pptxAcimamdia
 
resumos - Contrastes de Desenvolvimento1.pdf
resumos - Contrastes de Desenvolvimento1.pdfresumos - Contrastes de Desenvolvimento1.pdf
resumos - Contrastes de Desenvolvimento1.pdfCarla Silva
 
Indicadores do Estado de Saúde da População
Indicadores do Estado de Saúde da PopulaçãoIndicadores do Estado de Saúde da População
Indicadores do Estado de Saúde da PopulaçãoMarcos Cruz
 
Crescimento demográfico e Sustentabilidade- Bg 12ºano
Crescimento demográfico e Sustentabilidade- Bg 12ºanoCrescimento demográfico e Sustentabilidade- Bg 12ºano
Crescimento demográfico e Sustentabilidade- Bg 12ºanoDiogo Alves
 
02_CN9_indicadores_estado_saúde_tc_20112012
02_CN9_indicadores_estado_saúde_tc_2011201202_CN9_indicadores_estado_saúde_tc_20112012
02_CN9_indicadores_estado_saúde_tc_20112012Teresa Monteiro
 
Gravidez e Maternidade Adolescente
Gravidez e Maternidade AdolescenteGravidez e Maternidade Adolescente
Gravidez e Maternidade AdolescenteValéria Teixeira
 
Gravidez na adolescência programa nacional de telessaúde 10 junho 2009 v2
Gravidez na adolescência programa nacional de telessaúde 10 junho 2009 v2Gravidez na adolescência programa nacional de telessaúde 10 junho 2009 v2
Gravidez na adolescência programa nacional de telessaúde 10 junho 2009 v2Vitória S
 
Evolução da populaçãp
Evolução da populaçãpEvolução da populaçãp
Evolução da populaçãpLuz Campos
 

Semelhante a População_(desenvolvidos_em_desenvolvimento).pptx (20)

Geografia8ano
Geografia8anoGeografia8ano
Geografia8ano
 
3 contrastes desenvolvimento
3 contrastes desenvolvimento3 contrastes desenvolvimento
3 contrastes desenvolvimento
 
Ficha de estudo para o teste de geografia 8º ano
Ficha de estudo para o teste de geografia 8º anoFicha de estudo para o teste de geografia 8º ano
Ficha de estudo para o teste de geografia 8º ano
 
Indicadores do estado de saude de uma população
Indicadores do estado de saude de uma populaçãoIndicadores do estado de saude de uma população
Indicadores do estado de saude de uma população
 
Comportamentos DemográFicos
Comportamentos DemográFicosComportamentos DemográFicos
Comportamentos DemográFicos
 
Matéria lecionada
Matéria lecionadaMatéria lecionada
Matéria lecionada
 
Contrastes De Desenvolvimento Factores Internos
Contrastes De Desenvolvimento Factores InternosContrastes De Desenvolvimento Factores Internos
Contrastes De Desenvolvimento Factores Internos
 
População e povoamento
População e povoamentoPopulação e povoamento
População e povoamento
 
geom8_populacao.pptx
geom8_populacao.pptxgeom8_populacao.pptx
geom8_populacao.pptx
 
resumos - Contrastes de Desenvolvimento1.pdf
resumos - Contrastes de Desenvolvimento1.pdfresumos - Contrastes de Desenvolvimento1.pdf
resumos - Contrastes de Desenvolvimento1.pdf
 
Indicadores do Estado de Saúde da População
Indicadores do Estado de Saúde da PopulaçãoIndicadores do Estado de Saúde da População
Indicadores do Estado de Saúde da População
 
Aula 15
Aula 15Aula 15
Aula 15
 
Crescimento demográfico e Sustentabilidade- Bg 12ºano
Crescimento demográfico e Sustentabilidade- Bg 12ºanoCrescimento demográfico e Sustentabilidade- Bg 12ºano
Crescimento demográfico e Sustentabilidade- Bg 12ºano
 
02_CN9_indicadores_estado_saúde_tc_20112012
02_CN9_indicadores_estado_saúde_tc_2011201202_CN9_indicadores_estado_saúde_tc_20112012
02_CN9_indicadores_estado_saúde_tc_20112012
 
Gravidez e Maternidade Adolescente
Gravidez e Maternidade AdolescenteGravidez e Maternidade Adolescente
Gravidez e Maternidade Adolescente
 
Joana9.4
Joana9.4Joana9.4
Joana9.4
 
Contrastes Sociais 1
Contrastes Sociais 1Contrastes Sociais 1
Contrastes Sociais 1
 
Fatores de saude de uma populacao
Fatores de saude de uma populacaoFatores de saude de uma populacao
Fatores de saude de uma populacao
 
Gravidez na adolescência programa nacional de telessaúde 10 junho 2009 v2
Gravidez na adolescência programa nacional de telessaúde 10 junho 2009 v2Gravidez na adolescência programa nacional de telessaúde 10 junho 2009 v2
Gravidez na adolescência programa nacional de telessaúde 10 junho 2009 v2
 
Evolução da populaçãp
Evolução da populaçãpEvolução da populaçãp
Evolução da populaçãp
 

Mais de Escola E.B.2,3 de Jovim Gondomar

-Problemas-estruturais-da-agricultura-portuguesa-11-º.pdf
-Problemas-estruturais-da-agricultura-portuguesa-11-º.pdf-Problemas-estruturais-da-agricultura-portuguesa-11-º.pdf
-Problemas-estruturais-da-agricultura-portuguesa-11-º.pdfEscola E.B.2,3 de Jovim Gondomar
 
1.1-A POPULAÇÃO EVOLUÇÃO E DIFERENÇAS REGIONAIS (parte 1).pdf
1.1-A POPULAÇÃO EVOLUÇÃO E DIFERENÇAS REGIONAIS (parte 1).pdf1.1-A POPULAÇÃO EVOLUÇÃO E DIFERENÇAS REGIONAIS (parte 1).pdf
1.1-A POPULAÇÃO EVOLUÇÃO E DIFERENÇAS REGIONAIS (parte 1).pdfEscola E.B.2,3 de Jovim Gondomar
 
um-mundo-policentrico-antecedentes-geopoliticos-e-geoestrategicos-papel-da-on...
um-mundo-policentrico-antecedentes-geopoliticos-e-geoestrategicos-papel-da-on...um-mundo-policentrico-antecedentes-geopoliticos-e-geoestrategicos-papel-da-on...
um-mundo-policentrico-antecedentes-geopoliticos-e-geoestrategicos-papel-da-on...Escola E.B.2,3 de Jovim Gondomar
 

Mais de Escola E.B.2,3 de Jovim Gondomar (20)

Politica-Agricola-Comum-11-º.pdf
Politica-Agricola-Comum-11-º.pdfPolitica-Agricola-Comum-11-º.pdf
Politica-Agricola-Comum-11-º.pdf
 
-Problemas-estruturais-da-agricultura-portuguesa-11-º.pdf
-Problemas-estruturais-da-agricultura-portuguesa-11-º.pdf-Problemas-estruturais-da-agricultura-portuguesa-11-º.pdf
-Problemas-estruturais-da-agricultura-portuguesa-11-º.pdf
 
-A-circulacao-geral-da-atmosfera-10-º.pdf
-A-circulacao-geral-da-atmosfera-10-º.pdf-A-circulacao-geral-da-atmosfera-10-º.pdf
-A-circulacao-geral-da-atmosfera-10-º.pdf
 
1.1-A POPULAÇÃO EVOLUÇÃO E DIFERENÇAS REGIONAIS (parte 1).pdf
1.1-A POPULAÇÃO EVOLUÇÃO E DIFERENÇAS REGIONAIS (parte 1).pdf1.1-A POPULAÇÃO EVOLUÇÃO E DIFERENÇAS REGIONAIS (parte 1).pdf
1.1-A POPULAÇÃO EVOLUÇÃO E DIFERENÇAS REGIONAIS (parte 1).pdf
 
um-mundo-policentrico-antecedentes-geopoliticos-e-geoestrategicos-papel-da-on...
um-mundo-policentrico-antecedentes-geopoliticos-e-geoestrategicos-papel-da-on...um-mundo-policentrico-antecedentes-geopoliticos-e-geoestrategicos-papel-da-on...
um-mundo-policentrico-antecedentes-geopoliticos-e-geoestrategicos-papel-da-on...
 
Indicadores de Desenvolvimento.pdf
Indicadores de Desenvolvimento.pdfIndicadores de Desenvolvimento.pdf
Indicadores de Desenvolvimento.pdf
 
5_obstaculos_desenvolvimento.ppt
5_obstaculos_desenvolvimento.ppt5_obstaculos_desenvolvimento.ppt
5_obstaculos_desenvolvimento.ppt
 
A degrad. Term Troca_Com. Justo_Globalização.pdf
A degrad. Term Troca_Com. Justo_Globalização.pdfA degrad. Term Troca_Com. Justo_Globalização.pdf
A degrad. Term Troca_Com. Justo_Globalização.pdf
 
6-ficha-de-trabalho-geografia-9-ano.pdf
6-ficha-de-trabalho-geografia-9-ano.pdf6-ficha-de-trabalho-geografia-9-ano.pdf
6-ficha-de-trabalho-geografia-9-ano.pdf
 
Agricultura_Tradicional_Moderna.pptx
Agricultura_Tradicional_Moderna.pptxAgricultura_Tradicional_Moderna.pptx
Agricultura_Tradicional_Moderna.pptx
 
2_Est Ag_Alent_Alg.pdf
2_Est Ag_Alent_Alg.pdf2_Est Ag_Alent_Alg.pdf
2_Est Ag_Alent_Alg.pdf
 
Politico paises-imprimir
Politico paises-imprimirPolitico paises-imprimir
Politico paises-imprimir
 
Metas curriculares geog_eb
Metas curriculares geog_ebMetas curriculares geog_eb
Metas curriculares geog_eb
 
Atmosfera
AtmosferaAtmosfera
Atmosfera
 
Apresentacao1 pes fatima-cafe_
Apresentacao1 pes fatima-cafe_Apresentacao1 pes fatima-cafe_
Apresentacao1 pes fatima-cafe_
 
Externato das escravas do sagrado coração de jesus
Externato das escravas do sagrado coração de jesusExternato das escravas do sagrado coração de jesus
Externato das escravas do sagrado coração de jesus
 
2 aradiaçãosolareaatmosfera
2 aradiaçãosolareaatmosfera2 aradiaçãosolareaatmosfera
2 aradiaçãosolareaatmosfera
 
2.o teste 7.o_a_n.o_2
2.o teste 7.o_a_n.o_22.o teste 7.o_a_n.o_2
2.o teste 7.o_a_n.o_2
 
4 variaçãodiurnaeanualdaradiaçãosolar
4 variaçãodiurnaeanualdaradiaçãosolar4 variaçãodiurnaeanualdaradiaçãosolar
4 variaçãodiurnaeanualdaradiaçãosolar
 
2 aradiaçãosolareaatmosfera
2 aradiaçãosolareaatmosfera2 aradiaçãosolareaatmosfera
2 aradiaçãosolareaatmosfera
 

Último

Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSPedroMatos469278
 
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOSINTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOSPedro Luis Moraes
 
Questões sobre o Mito da Caverna de Platão
Questões sobre o Mito da Caverna de PlatãoQuestões sobre o Mito da Caverna de Platão
Questões sobre o Mito da Caverna de PlatãoCelimaraTiski
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMary Alvarenga
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxKeslleyAFerreira
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfManuais Formação
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!Centro Jacques Delors
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptxnelsontobontrujillo
 
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdfVIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdfbragamoysesaline
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024azulassessoria9
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...Eró Cunha
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfAndersonW5
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Centro Jacques Delors
 
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºanoCATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºanomarla71199
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Pauloririg29454
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfAnaAugustaLagesZuqui
 
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)Centro Jacques Delors
 

Último (20)

Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOSINTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
 
Questões sobre o Mito da Caverna de Platão
Questões sobre o Mito da Caverna de PlatãoQuestões sobre o Mito da Caverna de Platão
Questões sobre o Mito da Caverna de Platão
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdfVIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
VIDA E OBRA , PRINCIPAIS ESTUDOS ARISTOTELES.pdf
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºanoCATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
 

População_(desenvolvidos_em_desenvolvimento).pptx

  • 1. População e Povoamento Indicadores demográficos nos países desenvolvidos e em desenvolvimento
  • 2. O que são Países desenvolvidos (PD) e Países em desenvolvimento (PED)? População e Povoamento Países desenvolvidos: países que registam, regra geral, um considerável crescimento económico e uma elevada qualidade de vida, bem como uma importante influência política à escala mundial. Países em desenvolvimento: países que apresentam um elevado crescimento populacional, uma estrutura económica vulnerável, elevadas taxas de analfabetismo, entre outros aspetos.
  • 3. Onde se localizam? População e Povoamento Países desenvolvidos e países em desenvolvimento. Fonte: CADTM – Comité para a abolição das dívidas ilegítimas, http://www.cadtm.org/ (consultado em dezembro de 2021).
  • 4. População e Povoamento Países desenvolvidos Menores taxas de natalidade: • desenvolvimento e a prática corrente do planeamento familiar; • generalização da utilização de métodos contracetivos (tal como a pílula e o preservativo); • aumento das despesas com os filhos, em áreas como a educação, a saúde e a alimentação; • melhoria do nível de vida da população e maior preocupação em possuir e manter um maior conforto e qualidade de vida; • decréscimo do número de casamentos e aumento do número de divórcios; • aumento da idade média do casamento e da idade da mãe ao nascimento do primeiro filho, devido, em parte, ao prolongamento dos estudos, à maior aposta na carreira profissional e à precariedade crescente do emprego; • maior participação das mulheres no mercado de trabalho ao longo dos anos e desigual repartição das tarefas domésticas e familiares entre homens e mulheres, o que dificulta a conciliação da vida profissional com a vida familiar; • dificuldades na aquisição de habitação, sobretudo nas cidades. Como variam os indicadores demográficos nestes países? A taxa de natalidade (TN):
  • 5. População e Povoamento Países em desenvolvimento Maiores taxas de natalidade: • fraca divulgação do planeamento familiar; • escassa utilização de métodos contracetivos, em virtude, em alguns casos, da oposição da religião ao controlo da natalidade e das elevadas taxas de analfabetismo; • facto de os filhos serem considerados uma fonte de rendimento e de prestígio social; • facto de a mulher desempenhar apenas as funções de mãe e de dona de casa; • existência de poligamia (situação em que um indivíduo tem mais do que um cônjuge ao mesmo tempo); • elevadas taxas de nupcialidade; • ocorrência do casamento em idades muito jovens.
  • 6. A taxa de mortalidade (TM): População e Povoamento Países desenvolvidos Decréscimo até meados da década de 2000 • melhoria do nível de vida da população, que se refletiu na melhoria das condições alimentares, de habitabilidade e sanitárias; • desenvolvimento da medicina preventiva, curativa e de precisão; • intensificação dos cuidados primários de saúde e melhoria da assistência médica; • melhoria das condições de trabalho, como a redução do número de horas diárias de trabalho e as melhores condições de segurança; • melhoria do nível de instrução da população, que permitiu, por exemplo, maior conhecimento sobre as doenças e o desenvolvimento de estilos de vida mais saudáveis. Ligeiro aumento a partir de meados da década de 2000 • envelhecimento da população, em virtude das reduzidas taxas de natalidade e de fecundidade e do aumento da esperança da vida à nascença.
  • 7. População e Povoamento Países em desenvolvimento A cooperação internacional, assente na ajuda internacional dos países desenvolvidos e de organizações não governamentais (ONG), teve repercussões: – na saúde, ao nível da medicina preventiva e curativa, com o envio de médicos e paramédicos, bem como de vacinas contra a cólera, febre-amarela, malária, entre outras doenças; – na alimentação, devido a progressos registados na agricultura; – na educação, devido à construção de escolas e ao envio de técnicos e professores; – na melhoria das condições de habitabilidade e de higiene. Contudo, ainda existem alguns países com elevadas TM, sobretudo os menos avançados, localizados maioritariamente nos continentes africano e asiático, devido a fatores como: – carência alimentar, de que resultam situações de fome e subnutrição; – existência de conflitos armados frequentes; – forte prevalência de HIV/SIDA e de outras doenças infetocontagiosas; – falta de condições de higiene; – falta de cuidados médicos e de acesso a medicamentos.
  • 8. População e Povoamento A taxa de mortalidade infantil (TMI): é expressa pelo número de mortes de crianças com menos de um ano em cada 1000 que nascem a cada ano. Países desenvolvidos Nos PD, a diminuição da TMI deve-se à: • melhoria da assistência médica materno-infantil (cuidados prestados, vacinação, etc.), antes, durante e após o parto; • crescente procura das mães por serviços associados à maternidade; • melhoria das condições sanitárias; • melhoria da alimentação das mães e crianças; • melhoria das redes e meios de transporte; • estabilidade política e social.
  • 9. População e Povoamento Países em desenvolvimento Nos PED, a TMI é ainda bastante elevada e superior à registada nos PD, devido a: • falta de assistência médica materno-infantil, ou seja, durante a gravidez, no parto e nos primeiros meses de vida da criança; • falta de condições de habitabilidade; • falta de condições higiénico-sanitárias; • fome e subnutrição; • forte incidência de doenças tropicais (Ex.: malária, febre-amarela); • guerras e conflitos armados.
  • 10. Põe em prática o que aprendeste População e Povoamento Responde à seguinte questão: Refere dois fatores que influenciam os valores da Taxa de Mortalidade Infantil (TMI) na atualidade? A falta de assistência médica materno-infantil e a falta de condições de habitabilidade, por exemplo.
  • 11. Põe em prática o que aprendeste População e Povoamento Responde à seguinte questão: Refere três razões que justifiquem a menor Taxa de Natalidade nos Países Devolvidos. 1. dificuldades na aquisição de habitação, sobretudo nas cidades. generalização da utilização de métodos contracetivos (tal como a pílula e o preservativo); 2. aumento das despesas com os filhos, em áreas como a educação, a saúde e a alimentação; 3. dificuldades na aquisição de habitação, sobretudo nas cidades.
  • 12. Põe em prática o que aprendeste População e Povoamento Responde à seguinte questão: Refere as razões que justifiquem a maior Taxa de Mortalidade Infantil nos Países em Desenvolvimento. • falta de assistência médica materno-infantil, ou seja, durante a gravidez, no parto e nos primeiros meses de vida da criança; • falta de condições de habitabilidade; • falta de condições higiénico-sanitárias; • fome e subnutrição; • forte incidência de doenças tropicais (Ex.: malária, febre-amarela); • guerras e conflitos armados.

Notas do Editor

  1. Colocada como imagem de fundo a imagem de fundo das páginas 8 e 9 do manual, conforme sugerido.
  2. Colocar imagem?