SlideShare uma empresa Scribd logo
Performance, mídia e business
intelligence: conceitos e prática
Aula 2
GROWTH E PERFORMANCE
O growth marketing
é uma buzz word? De fato. Mas também é a
evolução de diversos conceitos já existentes. Une
conceitos do marketing, performance, engenharia
e, mais importante, método científico.
COMEÇAR ENTENDENDO
ONDE ESTÃO OS GAPS NA JORNADA
Download do modelo
UMA VERDADEIRA OPERAÇÃO DE PERFORMANCE,
DEPENDE DA INTELIGÊNCIA DE MUITAS FONTES.
UOW…
É MUITA COISA!
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS X GENERALISTAS.
UM DESAFIO PARA NEGÓCIOS E PROFISSIONAIS.
SÃO PROFISSIONAIS CURIOSOS, MÃO NA MASSA E
AUTO DIDATAS.
A DICA É: ESPECIALIZ-SE, MAS SEM DEIXAR OS
CONHECIMENTOS GERAIS DE LADO.
ENTENDENDO QUE FAZER SÓ MARKETING DIGITAL
NÃO ADIANTA MAIS…
A GRANDE SACADA DO GROWTH MARKETING É UNIR
PROCESSOS E METODOLOGIAS DE PRODUTO A
CONCEITOS CRIATIVOS, DE MÍDIA, ETC.
O PROCESSO G.R.O.W.S.
Como aplicar
• GATHER: brainstorm de ideias de teste e experimentos
possíveis; 

• RANK: classificação e priorização das ideias e testes para
aplicação no projeto, campanha, etc; 

• OUTLINE EXPERIMENTS: crie seus experimentos,
determine os próximos passos; 

• WORK WORK WORK: execute seu experimento em uma
janela de 2 a 4 semanas; 

• STUDY: analise o experimento e decida os próximos
passos a partir dele.
Priorização
• Funciona tanto para awareness quanto para aquisição; 

• Qualquer um dos modelos é válido; 

• Não tome como regra absoluta nenhuma priorização, use o
bom senso; 

• Peso de 1 a 5 em casa item
SEO
BUSCAR COMPREENDER OS CANAIS ORGÂNICOS,
TAMBÉM É TAREFA DO PROFISSIONAL DE
PERFORMANCE.
NÃO SE DEIXE DEPENDER 100% DA MÍDIA PAGA!
Fonte
AINDA SOMOS ALTAMENTE ORIENTADOS A
AQUISIÇÃO, MAS O CENÁRIO SE TORNA CADA VEZ
MAIS COMPETITIVO…
“curso de marketing" “apartamento sp” “covid”
O CAMINHO DA MÍDIA PAGA É IMPORTANTE, MAS
NÃO DEVE SER O ÚNICO.
SEO
É SOBRE AUTORIDADE E QUALIDADE DE CONTEÚDO
E NÃO SOBRE “HACKEAR O GOOGLE"
MAS COMO CONVENÇO MEU
CHEFE A INVESTIR EM SEO?
FORECAST
Acesse aqui
Como aplicar
• Copie e cole, no mínimo, dois anos de dados da sua conta de
Analytics no modelo; 

• Selecione o nível de confiança (95% é o padrão); 

• O modelo irá considerar potencial de crescimento baseado nos
dados e também sazonalidades, para fornecer uma previsão de
crescimento/redução; 

• Mais infos do modelo: https://www.distilled.net/seo-forecasting-
tool/
PERSIGA AS MÉTRICAS
QUE IMPORTAM NA BUSCA ORGÂNICA
Tráfego orgânico
Conversões orgânicas
Keyword ranking
Backlinks
Métricas de autoridade
Velocidade da página
Backlinks
Visibilidade
Velocidade da página
Bounce rate Time on site Páginas por visita
Organic CTR New vs returning visitors Crawl erros
Tráfego orgânico
Conversões orgânicas
Keyword ranking
Backlinks
Métricas de autoridade
Velocidade da página
Posições
Visibilidade
Velocidade da página
Bounce rate Time on site Páginas por visita
Organic CTR New vs returning visitors Crawl erros
O BOUNCE É UMA DAS MAIS IMPORTANTES, POIS
ESTÁ DIRETAMENTE RELACIONADO A UM BOM
POSICIONAMENTO NO GOOGLE
MONITORE SEU POSICIONAMENTO
FERRAMENTAS PAGAS E
GRATUÍTAS PARA PLANEJAR E EXECUTAR SEO
MÉTRICAS IMPORTANTES
• Lean Analytics: dica de leitura.
MÉTRICAS ESSENCIAIS
NORTH STAR METRIC
TODAS AS MÉTRICAS DE SUPORTE DEVEM SER AS
QUE LEVARAM AO SUCESSO DA NORTH STAR
METRIC
NA MÍDIA, PRESTE ATENÇÃO EM:
CPC Custo por clique.
Connect Rate
É a razão que se obtém dividindo-se as visitas geradas por determinado
canal pelos cliques gerados.
Time on site Tempo gasto no site por usuários advindos de determinada mídia.
CPM Custo por mil impressões.
CPA Custo por aquisição dos canais.
CPR Custo por reach (alcance).
CPARL Cost per ad recall lift. Métrica advinda do Facebook, para avaliar lembrança
CPVis Custo por visita efetiva (e não clique)
Viewablity
A percentagem de visibilidade da peça para que a impressão seja
contabilizada. 50% da peça deve estar visível por pelo menos 2 segundos.
Cobertura% O percentual de cobertura de determinado público alvo.
Frequência
O número de vezes médio que determinado público alvo será exposto a
uma campanha.
SÃO MÉTRICAS DE NEGÓCIO E NÃO DE VAIDADE.
ESQUEÇA LIKES, COMMENTS E SHARES…
Revenue Generation Lucro. Pode ser avaliado de diversas formas.
CPL | Custo por lead Custo por lead gerado. Avaliação dependerá do canal.
CAC | Custo por aquisição
Custo por aquisição por canal. Não confundir com o CPA, que é um
custo de aquisição de mídia paga.
ARPU | Average revenue per user
Se divide o lucro total pelo número de usuários. Analisar por cohort é
mais interessante, pois te dará visibilidade dos melhores clientes.
Retenção Melhorar a retenção em 5% pode aumentar o lucro em até 95%
Upsell Vendas para clientes atuais.
ARR | Anual Recurring Revenue Lucro médio mensal.
Taxas de conversão
Taxas de conversão gerais de canais de mídia paga, orgânica,
própria, conquistada, etc.
Usuários ativos
Para muitos negócios, é uma métrica importante. Por exemplo: redes
sociais e aplicativos.
Taxas de churn Taxas de abandono.
BUSINESS INTELLIGENCE
EXISTE UMA IMPORTANTE DIFERENÇA PARA SE
COMPREENDER
O BUSINESS ANALYTICS RECOMENDA
O BUSINESS INTELLIGENCE ANALISA
BUSINESS ANALYTICS | FUTURO
BUSINESS INTELLIGENCE | PASSADO E PRESENTE
• O business analytics é estratégico
para os negócios, pois adiciona um
layer de valor que o BI não
consegue; 

• Geralmente, iniciamos pelo BI:
avaliação de métricas passadas,
descrevendo os dados; 

• O business analytics é o próximo
passado e geralmente envolve
modelagens estatísticas e
construção de algoritmos preditos:
recomenda a ação e prevê cenários
com base em modelos matemáticos.

• Além do insight, gera-se o
foresight.
COMEÇANDO A PENSAR COM BASE EM DADOS
1. ESTABELEÇA O PLANO DE MÉTRICAS
Pense nas métricas SMART
Documente
Considere a fase do funil em que você está
trabalhando, quando o olhar estiver voltado a mídia
Visibilidade
Tráfego
Conversão
CPM CPR Cob Alcance Frequência Recall
CPC CPVis Connect Rate Time on site CTR
CPA Taxa de Conversão Volume Potencial
2. ESTABELEÇA ROTINAS
Acompanhamento Diário Acompanhamento Mensal Acompanhamento Semestral
Acompanhamento tático do time
operacional.
Tomada de decisão com
identificação de outliers
Insights de otimização e ajustes
de rota rápidos
Tomadas de decisão de
complexidade baixa.
Deve ser reportado ao nível
gerencial e executivo
Tomada de decisão de
complexidade média
Testes de performance devem ser
reportados aqui
É o momento de quebra de
paradigmas e previsões,
correções de rota complexas.
Análise complexa, indicando
tendências e possíveis outcomes.
Nível de tomada de decisão executiva.
Aprendizados complexos e tomadas
de decisão igualmente complexas.
Sugestão de novos projetos e evolução
da maturidade analítica.
2. UM BOM BANCO DE DADOS É FUNDAMENTAL
1.O primeiro passo é determinar as fontes de dados que alimentarão o banco; 

2.O segundo passo é definir onde seus dados ficarão hospedados; 

3.O terceiro passado é definir nomenclaturas e taxonomias que façam sentido para o negócio: que nível de profundidade e
assertividade de análise você quer ter?; 

4.O quarto passo é construir as frequências de atualização da base
Facebook
Google Ads
DV360
Google
Analytics
Facebook
Google Ads
DV360
Google
Analytics
Conector
Facebook
Google Ads
DV360
Google
Analytics
Conector
Banco
de Dados
Facebook
Google Ads
DV360
Google
Analytics
Conector
Banco
de Dados
Dataviz
2. INFORMAÇÕES
DEMOGRÁFICOS
AQUISIÇÃO
TECNOLÓGICOS
ATIVIDADE
TRANSAÇÃO
DEMOGRÁFICOS
Idade, gênero, grau de
instrução, classe social,
localização.
TGI
IBOPE
IBGE
Base própria
Bureau de dados
SERASA, SPC, Transunion,
etc
TECNOLÓGICOS Canais e dispositivos
TGI
IBOPE
IBGE
Google Analytics
AQUISIÇÃO Canais e Campanhas
Google Analytics
Facebook, Google, etc
Inbound
CRM
ATIVIDADE Interação e engajamento
Mídias sociais
Influenciadores
Eventos do GA
Inbound
TRANSAÇÃO Dados transacionais
Google Analytics
Sistemas legados
Comercial
CRM
2. DATAVIZ
Como escolher o melhor
dataviz? Data Visualization
• Para cada necessidade, existe uma forma de exibição de dados
que atende; 

• O tipo de gráfico adequado para os dados facilita a
compreensão; 

• Os gráficos de pizza, por exemplo, não é adequado para
comparar dados, mas para mostrar participação; 

• Os gráficos de colunas, já são mais adequados para
comparação.
Como criar Dashboards
essenciais?
REQUISITOS PLANEJAMENTO CONFIGURAÇÃO REFINAMENTO
• Quem é a audiência que irá consumidor os
dados?
• Quais são as métricas e KPI`s que deverão ser
considerados?
• Sugestão de utilizar o DM3 como base
Como criar Dashboards
essenciais?
REQUISITOS PLANEJAMENTO CONFIGURAÇÃO REFINAMENTO
• Visualmente, como o dash deve ser
apresentar?
• Níveis de acesso
• Rotinas de atualização
• Aprovação da usabilidade e dataviz
Como criar Dashboards
essenciais?
REQUISITOS PLANEJAMENTO CONFIGURAÇÃO REFINAMENTO
• Conexões e disponibilidade de dados;
• Configuração da interface e interação com
base de dados
Como criar Dashboards
essenciais?
REQUISITOS PLANEJAMENTO CONFIGURAÇÃO REFINAMENTO
• Refinamento always on das visualizações
• Dashboards são vivos! Lembre-se disso
• Devem sempre responder a perguntas de
negócio, nunca perguntas de vaidade.
DASHS
data becomes art
data becomes story
EVOLUINDO ATRIBUIÇÃO
MARKETING MIX VS ATTRIBUTION
REMEMBER
ATÉ A PRÓXIMA! ;-)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Social Media 101- Webinar 2 Portuguese
Social Media 101- Webinar 2 PortugueseSocial Media 101- Webinar 2 Portuguese
Social Media 101- Webinar 2 Portuguese
Optime Consulting
 
10 Métricas para Monitoramento de Mídias Sociais
10 Métricas para Monitoramento de Mídias Sociais10 Métricas para Monitoramento de Mídias Sociais
10 Métricas para Monitoramento de Mídias Sociais
Social Figures
 
Content Trends 2016: Tendências do Marketing de Conteúdo
Content Trends 2016: Tendências do Marketing de ConteúdoContent Trends 2016: Tendências do Marketing de Conteúdo
Content Trends 2016: Tendências do Marketing de Conteúdo
Rock Content
 
[Manual] Como tornar didáticos e dinâmicos seus relatórios de monitoramento e...
[Manual] Como tornar didáticos e dinâmicos seus relatórios de monitoramento e...[Manual] Como tornar didáticos e dinâmicos seus relatórios de monitoramento e...
[Manual] Como tornar didáticos e dinâmicos seus relatórios de monitoramento e...
Júnior Siri
 
Fight Camp 2013 - 8h - Métricas em Mídias Sociais
Fight Camp 2013 - 8h - Métricas em Mídias SociaisFight Camp 2013 - 8h - Métricas em Mídias Sociais
Fight Camp 2013 - 8h - Métricas em Mídias Sociais
Gabriel Ishida
 
Marketing de Conteúdo
Marketing de ConteúdoMarketing de Conteúdo
Marketing de Conteúdo
Mateada
 
Metricas e Monitoramento na Web
Metricas e Monitoramento na WebMetricas e Monitoramento na Web
Metricas e Monitoramento na Web
Kenneth Corrêa
 
Métricas e Monitoramento no Facebook
Métricas e Monitoramento no FacebookMétricas e Monitoramento no Facebook
Métricas e Monitoramento no Facebook
Natalia Traldi Bezerra
 
Ferramenta Monitoramento Buzzer
Ferramenta Monitoramento BuzzerFerramenta Monitoramento Buzzer
Ferramenta Monitoramento Buzzer
camileto
 
Aula 6 - O Email Marketing como Ferramenta de Marketing Digital - Disciplina ...
Aula 6 - O Email Marketing como Ferramenta de Marketing Digital - Disciplina ...Aula 6 - O Email Marketing como Ferramenta de Marketing Digital - Disciplina ...
Aula 6 - O Email Marketing como Ferramenta de Marketing Digital - Disciplina ...
Pedro Cordier
 
Growth hacking e a redefinição do marketing digital - Maratona Digital
Growth hacking e a redefinição do marketing digital - Maratona DigitalGrowth hacking e a redefinição do marketing digital - Maratona Digital
Growth hacking e a redefinição do marketing digital - Maratona Digital
Maratona Digital
 
2011 07-21-niveis-de-maturidade
2011 07-21-niveis-de-maturidade2011 07-21-niveis-de-maturidade
2011 07-21-niveis-de-maturidade
SMC - Scup Methodology Concept
 
Métricas e monitoramento | Maratona Digital
Métricas e monitoramento | Maratona DigitalMétricas e monitoramento | Maratona Digital
Métricas e monitoramento | Maratona Digital
Maratona Digital
 
Métricas e KPIs para Mídias Sociais: Como medir o seu desempenho na prática
Métricas e KPIs para Mídias Sociais: Como medir o seu desempenho na práticaMétricas e KPIs para Mídias Sociais: Como medir o seu desempenho na prática
Métricas e KPIs para Mídias Sociais: Como medir o seu desempenho na prática
Estêvão Soares Custodio
 
Marketing na era Digital
Marketing na era DigitalMarketing na era Digital
Marketing na era Digital
Bruno de Souza
 
Aula 3 - O Marketing de Busca e Suas Ferramentas - Disciplina Planejamento E...
Aula 3 -  O Marketing de Busca e Suas Ferramentas - Disciplina Planejamento E...Aula 3 -  O Marketing de Busca e Suas Ferramentas - Disciplina Planejamento E...
Aula 3 - O Marketing de Busca e Suas Ferramentas - Disciplina Planejamento E...
Pedro Cordier
 
Métricas em Redes Sociais
Métricas em Redes SociaisMétricas em Redes Sociais
Métricas em Redes Sociais
NosdaComunicacao
 
Web Anaytics passo a passo - Maratona Digital
Web Anaytics passo a passo - Maratona Digital Web Anaytics passo a passo - Maratona Digital
Web Anaytics passo a passo - Maratona Digital
Maratona Digital
 
4 passos para PRODUZIR E PUBLICAR conteúdo na web
4 passos para PRODUZIR E PUBLICAR conteúdo na web4 passos para PRODUZIR E PUBLICAR conteúdo na web
4 passos para PRODUZIR E PUBLICAR conteúdo na web
Contentools
 
Métricas - Maratona Digital
Métricas - Maratona DigitalMétricas - Maratona Digital
Métricas - Maratona Digital
Maratona Digital
 

Mais procurados (20)

Social Media 101- Webinar 2 Portuguese
Social Media 101- Webinar 2 PortugueseSocial Media 101- Webinar 2 Portuguese
Social Media 101- Webinar 2 Portuguese
 
10 Métricas para Monitoramento de Mídias Sociais
10 Métricas para Monitoramento de Mídias Sociais10 Métricas para Monitoramento de Mídias Sociais
10 Métricas para Monitoramento de Mídias Sociais
 
Content Trends 2016: Tendências do Marketing de Conteúdo
Content Trends 2016: Tendências do Marketing de ConteúdoContent Trends 2016: Tendências do Marketing de Conteúdo
Content Trends 2016: Tendências do Marketing de Conteúdo
 
[Manual] Como tornar didáticos e dinâmicos seus relatórios de monitoramento e...
[Manual] Como tornar didáticos e dinâmicos seus relatórios de monitoramento e...[Manual] Como tornar didáticos e dinâmicos seus relatórios de monitoramento e...
[Manual] Como tornar didáticos e dinâmicos seus relatórios de monitoramento e...
 
Fight Camp 2013 - 8h - Métricas em Mídias Sociais
Fight Camp 2013 - 8h - Métricas em Mídias SociaisFight Camp 2013 - 8h - Métricas em Mídias Sociais
Fight Camp 2013 - 8h - Métricas em Mídias Sociais
 
Marketing de Conteúdo
Marketing de ConteúdoMarketing de Conteúdo
Marketing de Conteúdo
 
Metricas e Monitoramento na Web
Metricas e Monitoramento na WebMetricas e Monitoramento na Web
Metricas e Monitoramento na Web
 
Métricas e Monitoramento no Facebook
Métricas e Monitoramento no FacebookMétricas e Monitoramento no Facebook
Métricas e Monitoramento no Facebook
 
Ferramenta Monitoramento Buzzer
Ferramenta Monitoramento BuzzerFerramenta Monitoramento Buzzer
Ferramenta Monitoramento Buzzer
 
Aula 6 - O Email Marketing como Ferramenta de Marketing Digital - Disciplina ...
Aula 6 - O Email Marketing como Ferramenta de Marketing Digital - Disciplina ...Aula 6 - O Email Marketing como Ferramenta de Marketing Digital - Disciplina ...
Aula 6 - O Email Marketing como Ferramenta de Marketing Digital - Disciplina ...
 
Growth hacking e a redefinição do marketing digital - Maratona Digital
Growth hacking e a redefinição do marketing digital - Maratona DigitalGrowth hacking e a redefinição do marketing digital - Maratona Digital
Growth hacking e a redefinição do marketing digital - Maratona Digital
 
2011 07-21-niveis-de-maturidade
2011 07-21-niveis-de-maturidade2011 07-21-niveis-de-maturidade
2011 07-21-niveis-de-maturidade
 
Métricas e monitoramento | Maratona Digital
Métricas e monitoramento | Maratona DigitalMétricas e monitoramento | Maratona Digital
Métricas e monitoramento | Maratona Digital
 
Métricas e KPIs para Mídias Sociais: Como medir o seu desempenho na prática
Métricas e KPIs para Mídias Sociais: Como medir o seu desempenho na práticaMétricas e KPIs para Mídias Sociais: Como medir o seu desempenho na prática
Métricas e KPIs para Mídias Sociais: Como medir o seu desempenho na prática
 
Marketing na era Digital
Marketing na era DigitalMarketing na era Digital
Marketing na era Digital
 
Aula 3 - O Marketing de Busca e Suas Ferramentas - Disciplina Planejamento E...
Aula 3 -  O Marketing de Busca e Suas Ferramentas - Disciplina Planejamento E...Aula 3 -  O Marketing de Busca e Suas Ferramentas - Disciplina Planejamento E...
Aula 3 - O Marketing de Busca e Suas Ferramentas - Disciplina Planejamento E...
 
Métricas em Redes Sociais
Métricas em Redes SociaisMétricas em Redes Sociais
Métricas em Redes Sociais
 
Web Anaytics passo a passo - Maratona Digital
Web Anaytics passo a passo - Maratona Digital Web Anaytics passo a passo - Maratona Digital
Web Anaytics passo a passo - Maratona Digital
 
4 passos para PRODUZIR E PUBLICAR conteúdo na web
4 passos para PRODUZIR E PUBLICAR conteúdo na web4 passos para PRODUZIR E PUBLICAR conteúdo na web
4 passos para PRODUZIR E PUBLICAR conteúdo na web
 
Métricas - Maratona Digital
Métricas - Maratona DigitalMétricas - Maratona Digital
Métricas - Maratona Digital
 

Semelhante a Performance, Mídias Digitais e BI - Aula 2

Marketing industrial - Tendências e desafios
Marketing industrial - Tendências e desafiosMarketing industrial - Tendências e desafios
Marketing industrial - Tendências e desafios
Will Sertório
 
Marketing Analytics para Startups
Marketing Analytics para StartupsMarketing Analytics para Startups
Marketing Analytics para Startups
Soneto
 
Web Analytics - Planejamento e Processo
Web Analytics - Planejamento e ProcessoWeb Analytics - Planejamento e Processo
Web Analytics - Planejamento e Processo
Rafael Comin
 
Curso prático de AdWords
Curso prático de AdWordsCurso prático de AdWords
Curso prático de AdWords
Marcio Okabe
 
Oficina de métricas para e-commerce
Oficina de métricas para e-commerceOficina de métricas para e-commerce
Oficina de métricas para e-commerce
Alvaro Vasques
 
Marketing Digital para o Mercado de EPIs
Marketing Digital para o Mercado de EPIsMarketing Digital para o Mercado de EPIs
Marketing Digital para o Mercado de EPIs
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Marketing e empreendedorismo digital
Marketing e empreendedorismo digitalMarketing e empreendedorismo digital
Marketing e empreendedorismo digital
Marcos Basilio
 
Inteligência de Comunicação
Inteligência de ComunicaçãoInteligência de Comunicação
Inteligência de Comunicação
Augusto Pinto
 
Análise de sites e mídia digital eneste
Análise de sites e mídia digital   enesteAnálise de sites e mídia digital   eneste
Análise de sites e mídia digital eneste
André Folli
 
Inbound Marketing - A evolução da comunicação de conteúdo
Inbound Marketing - A evolução da comunicação de conteúdoInbound Marketing - A evolução da comunicação de conteúdo
Inbound Marketing - A evolução da comunicação de conteúdo
Marcus Paulo Barboza
 
Modelos de Atribuição em Publicidade Digital
Modelos de Atribuição em Publicidade DigitalModelos de Atribuição em Publicidade Digital
Modelos de Atribuição em Publicidade Digital
Lucas Modesto
 
Palestra Infnet Mensurando Resultados de Campanhas Digitais - Andrea Garcia
Palestra Infnet Mensurando Resultados de Campanhas Digitais - Andrea GarciaPalestra Infnet Mensurando Resultados de Campanhas Digitais - Andrea Garcia
Palestra Infnet Mensurando Resultados de Campanhas Digitais - Andrea Garcia
Andrea Garcia
 
Gestão de Leads em Marketing Digital B2B
Gestão de Leads em Marketing Digital B2BGestão de Leads em Marketing Digital B2B
Gestão de Leads em Marketing Digital B2B
Resultados Digitais
 
Marketing Digital B2B - Gestão de Leads
Marketing Digital B2B - Gestão de LeadsMarketing Digital B2B - Gestão de Leads
Marketing Digital B2B - Gestão de Leads
Guilherme Lopes
 
Marketing alternativo? Existe muito mais do que só Google...
Marketing alternativo? Existe muito mais do  que só Google...Marketing alternativo? Existe muito mais do  que só Google...
Marketing alternativo? Existe muito mais do que só Google...
JET e-Commerce
 
Otimização de Campanhas Online
Otimização de Campanhas OnlineOtimização de Campanhas Online
Otimização de Campanhas Online
Fred Pacheco
 
Apresentaof5 tiagoturini-090928125456-phpapp01
Apresentaof5 tiagoturini-090928125456-phpapp01Apresentaof5 tiagoturini-090928125456-phpapp01
Apresentaof5 tiagoturini-090928125456-phpapp01
dp6
 
Marketing Online - Muito mais que medir, analisar
Marketing Online - Muito mais que medir, analisarMarketing Online - Muito mais que medir, analisar
Marketing Online - Muito mais que medir, analisar
dp6
 
Aula PUC - Marketing digital x conteúdo
Aula PUC - Marketing digital x conteúdoAula PUC - Marketing digital x conteúdo
Aula PUC - Marketing digital x conteúdo
FilipeCarpes
 
Apresentação RitaLeads - Serviços de marketing e gestão de dados.
Apresentação RitaLeads - Serviços de marketing e gestão de dados.Apresentação RitaLeads - Serviços de marketing e gestão de dados.
Apresentação RitaLeads - Serviços de marketing e gestão de dados.
cadu53
 

Semelhante a Performance, Mídias Digitais e BI - Aula 2 (20)

Marketing industrial - Tendências e desafios
Marketing industrial - Tendências e desafiosMarketing industrial - Tendências e desafios
Marketing industrial - Tendências e desafios
 
Marketing Analytics para Startups
Marketing Analytics para StartupsMarketing Analytics para Startups
Marketing Analytics para Startups
 
Web Analytics - Planejamento e Processo
Web Analytics - Planejamento e ProcessoWeb Analytics - Planejamento e Processo
Web Analytics - Planejamento e Processo
 
Curso prático de AdWords
Curso prático de AdWordsCurso prático de AdWords
Curso prático de AdWords
 
Oficina de métricas para e-commerce
Oficina de métricas para e-commerceOficina de métricas para e-commerce
Oficina de métricas para e-commerce
 
Marketing Digital para o Mercado de EPIs
Marketing Digital para o Mercado de EPIsMarketing Digital para o Mercado de EPIs
Marketing Digital para o Mercado de EPIs
 
Marketing e empreendedorismo digital
Marketing e empreendedorismo digitalMarketing e empreendedorismo digital
Marketing e empreendedorismo digital
 
Inteligência de Comunicação
Inteligência de ComunicaçãoInteligência de Comunicação
Inteligência de Comunicação
 
Análise de sites e mídia digital eneste
Análise de sites e mídia digital   enesteAnálise de sites e mídia digital   eneste
Análise de sites e mídia digital eneste
 
Inbound Marketing - A evolução da comunicação de conteúdo
Inbound Marketing - A evolução da comunicação de conteúdoInbound Marketing - A evolução da comunicação de conteúdo
Inbound Marketing - A evolução da comunicação de conteúdo
 
Modelos de Atribuição em Publicidade Digital
Modelos de Atribuição em Publicidade DigitalModelos de Atribuição em Publicidade Digital
Modelos de Atribuição em Publicidade Digital
 
Palestra Infnet Mensurando Resultados de Campanhas Digitais - Andrea Garcia
Palestra Infnet Mensurando Resultados de Campanhas Digitais - Andrea GarciaPalestra Infnet Mensurando Resultados de Campanhas Digitais - Andrea Garcia
Palestra Infnet Mensurando Resultados de Campanhas Digitais - Andrea Garcia
 
Gestão de Leads em Marketing Digital B2B
Gestão de Leads em Marketing Digital B2BGestão de Leads em Marketing Digital B2B
Gestão de Leads em Marketing Digital B2B
 
Marketing Digital B2B - Gestão de Leads
Marketing Digital B2B - Gestão de LeadsMarketing Digital B2B - Gestão de Leads
Marketing Digital B2B - Gestão de Leads
 
Marketing alternativo? Existe muito mais do que só Google...
Marketing alternativo? Existe muito mais do  que só Google...Marketing alternativo? Existe muito mais do  que só Google...
Marketing alternativo? Existe muito mais do que só Google...
 
Otimização de Campanhas Online
Otimização de Campanhas OnlineOtimização de Campanhas Online
Otimização de Campanhas Online
 
Apresentaof5 tiagoturini-090928125456-phpapp01
Apresentaof5 tiagoturini-090928125456-phpapp01Apresentaof5 tiagoturini-090928125456-phpapp01
Apresentaof5 tiagoturini-090928125456-phpapp01
 
Marketing Online - Muito mais que medir, analisar
Marketing Online - Muito mais que medir, analisarMarketing Online - Muito mais que medir, analisar
Marketing Online - Muito mais que medir, analisar
 
Aula PUC - Marketing digital x conteúdo
Aula PUC - Marketing digital x conteúdoAula PUC - Marketing digital x conteúdo
Aula PUC - Marketing digital x conteúdo
 
Apresentação RitaLeads - Serviços de marketing e gestão de dados.
Apresentação RitaLeads - Serviços de marketing e gestão de dados.Apresentação RitaLeads - Serviços de marketing e gestão de dados.
Apresentação RitaLeads - Serviços de marketing e gestão de dados.
 

Mais de Gustavo Franco

Pequeno Manual dos Novos Papéis do Marketing.pdf
Pequeno Manual dos Novos Papéis do Marketing.pdfPequeno Manual dos Novos Papéis do Marketing.pdf
Pequeno Manual dos Novos Papéis do Marketing.pdf
Gustavo Franco
 
Killer Assets for Social Media
Killer Assets for Social MediaKiller Assets for Social Media
Killer Assets for Social Media
Gustavo Franco
 
Produção de Conteúdo, Mapa de Empatia e Brand Persona
Produção de Conteúdo, Mapa de Empatia e Brand PersonaProdução de Conteúdo, Mapa de Empatia e Brand Persona
Produção de Conteúdo, Mapa de Empatia e Brand Persona
Gustavo Franco
 
Estratégias de Mobile Marketing
Estratégias de Mobile Marketing Estratégias de Mobile Marketing
Estratégias de Mobile Marketing
Gustavo Franco
 
Conteúdo para Mídias Sociais - Algumas Ideias!
Conteúdo para Mídias Sociais - Algumas Ideias!Conteúdo para Mídias Sociais - Algumas Ideias!
Conteúdo para Mídias Sociais - Algumas Ideias!
Gustavo Franco
 
Gerenciamento de crise em mídias sociais
Gerenciamento de crise em mídias sociaisGerenciamento de crise em mídias sociais
Gerenciamento de crise em mídias sociais
Gustavo Franco
 
Instagr.am para marcas
Instagr.am para marcasInstagr.am para marcas
Instagr.am para marcas
Gustavo Franco
 
Planejamento de comunicação e mídia digital
Planejamento de comunicação e mídia digitalPlanejamento de comunicação e mídia digital
Planejamento de comunicação e mídia digital
Gustavo Franco
 

Mais de Gustavo Franco (8)

Pequeno Manual dos Novos Papéis do Marketing.pdf
Pequeno Manual dos Novos Papéis do Marketing.pdfPequeno Manual dos Novos Papéis do Marketing.pdf
Pequeno Manual dos Novos Papéis do Marketing.pdf
 
Killer Assets for Social Media
Killer Assets for Social MediaKiller Assets for Social Media
Killer Assets for Social Media
 
Produção de Conteúdo, Mapa de Empatia e Brand Persona
Produção de Conteúdo, Mapa de Empatia e Brand PersonaProdução de Conteúdo, Mapa de Empatia e Brand Persona
Produção de Conteúdo, Mapa de Empatia e Brand Persona
 
Estratégias de Mobile Marketing
Estratégias de Mobile Marketing Estratégias de Mobile Marketing
Estratégias de Mobile Marketing
 
Conteúdo para Mídias Sociais - Algumas Ideias!
Conteúdo para Mídias Sociais - Algumas Ideias!Conteúdo para Mídias Sociais - Algumas Ideias!
Conteúdo para Mídias Sociais - Algumas Ideias!
 
Gerenciamento de crise em mídias sociais
Gerenciamento de crise em mídias sociaisGerenciamento de crise em mídias sociais
Gerenciamento de crise em mídias sociais
 
Instagr.am para marcas
Instagr.am para marcasInstagr.am para marcas
Instagr.am para marcas
 
Planejamento de comunicação e mídia digital
Planejamento de comunicação e mídia digitalPlanejamento de comunicação e mídia digital
Planejamento de comunicação e mídia digital
 

Performance, Mídias Digitais e BI - Aula 2

  • 1. Performance, mídia e business intelligence: conceitos e prática Aula 2
  • 3. O growth marketing é uma buzz word? De fato. Mas também é a evolução de diversos conceitos já existentes. Une conceitos do marketing, performance, engenharia e, mais importante, método científico.
  • 4. COMEÇAR ENTENDENDO ONDE ESTÃO OS GAPS NA JORNADA
  • 6.
  • 7. UMA VERDADEIRA OPERAÇÃO DE PERFORMANCE, DEPENDE DA INTELIGÊNCIA DE MUITAS FONTES.
  • 8.
  • 10. CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS X GENERALISTAS. UM DESAFIO PARA NEGÓCIOS E PROFISSIONAIS.
  • 11.
  • 12. SÃO PROFISSIONAIS CURIOSOS, MÃO NA MASSA E AUTO DIDATAS.
  • 13. A DICA É: ESPECIALIZ-SE, MAS SEM DEIXAR OS CONHECIMENTOS GERAIS DE LADO.
  • 14. ENTENDENDO QUE FAZER SÓ MARKETING DIGITAL NÃO ADIANTA MAIS…
  • 15.
  • 16. A GRANDE SACADA DO GROWTH MARKETING É UNIR PROCESSOS E METODOLOGIAS DE PRODUTO A CONCEITOS CRIATIVOS, DE MÍDIA, ETC.
  • 18. Como aplicar • GATHER: brainstorm de ideias de teste e experimentos possíveis; • RANK: classificação e priorização das ideias e testes para aplicação no projeto, campanha, etc; • OUTLINE EXPERIMENTS: crie seus experimentos, determine os próximos passos; • WORK WORK WORK: execute seu experimento em uma janela de 2 a 4 semanas; • STUDY: analise o experimento e decida os próximos passos a partir dele.
  • 19. Priorização • Funciona tanto para awareness quanto para aquisição; • Qualquer um dos modelos é válido; • Não tome como regra absoluta nenhuma priorização, use o bom senso; • Peso de 1 a 5 em casa item
  • 20.
  • 21. SEO
  • 22. BUSCAR COMPREENDER OS CANAIS ORGÂNICOS, TAMBÉM É TAREFA DO PROFISSIONAL DE PERFORMANCE.
  • 23. NÃO SE DEIXE DEPENDER 100% DA MÍDIA PAGA!
  • 24. Fonte
  • 25. AINDA SOMOS ALTAMENTE ORIENTADOS A AQUISIÇÃO, MAS O CENÁRIO SE TORNA CADA VEZ MAIS COMPETITIVO…
  • 26. “curso de marketing" “apartamento sp” “covid”
  • 27. O CAMINHO DA MÍDIA PAGA É IMPORTANTE, MAS NÃO DEVE SER O ÚNICO.
  • 28. SEO É SOBRE AUTORIDADE E QUALIDADE DE CONTEÚDO E NÃO SOBRE “HACKEAR O GOOGLE"
  • 29. MAS COMO CONVENÇO MEU CHEFE A INVESTIR EM SEO?
  • 32. Como aplicar • Copie e cole, no mínimo, dois anos de dados da sua conta de Analytics no modelo; • Selecione o nível de confiança (95% é o padrão); • O modelo irá considerar potencial de crescimento baseado nos dados e também sazonalidades, para fornecer uma previsão de crescimento/redução; • Mais infos do modelo: https://www.distilled.net/seo-forecasting- tool/
  • 33. PERSIGA AS MÉTRICAS QUE IMPORTAM NA BUSCA ORGÂNICA
  • 34. Tráfego orgânico Conversões orgânicas Keyword ranking Backlinks Métricas de autoridade Velocidade da página Backlinks Visibilidade Velocidade da página Bounce rate Time on site Páginas por visita Organic CTR New vs returning visitors Crawl erros
  • 35. Tráfego orgânico Conversões orgânicas Keyword ranking Backlinks Métricas de autoridade Velocidade da página Posições Visibilidade Velocidade da página Bounce rate Time on site Páginas por visita Organic CTR New vs returning visitors Crawl erros
  • 36. O BOUNCE É UMA DAS MAIS IMPORTANTES, POIS ESTÁ DIRETAMENTE RELACIONADO A UM BOM POSICIONAMENTO NO GOOGLE
  • 37.
  • 39.
  • 40. FERRAMENTAS PAGAS E GRATUÍTAS PARA PLANEJAR E EXECUTAR SEO
  • 41.
  • 43. • Lean Analytics: dica de leitura.
  • 46.
  • 47.
  • 48.
  • 49. TODAS AS MÉTRICAS DE SUPORTE DEVEM SER AS QUE LEVARAM AO SUCESSO DA NORTH STAR METRIC
  • 50. NA MÍDIA, PRESTE ATENÇÃO EM:
  • 51. CPC Custo por clique. Connect Rate É a razão que se obtém dividindo-se as visitas geradas por determinado canal pelos cliques gerados. Time on site Tempo gasto no site por usuários advindos de determinada mídia. CPM Custo por mil impressões. CPA Custo por aquisição dos canais. CPR Custo por reach (alcance). CPARL Cost per ad recall lift. Métrica advinda do Facebook, para avaliar lembrança CPVis Custo por visita efetiva (e não clique) Viewablity A percentagem de visibilidade da peça para que a impressão seja contabilizada. 50% da peça deve estar visível por pelo menos 2 segundos. Cobertura% O percentual de cobertura de determinado público alvo. Frequência O número de vezes médio que determinado público alvo será exposto a uma campanha.
  • 52. SÃO MÉTRICAS DE NEGÓCIO E NÃO DE VAIDADE. ESQUEÇA LIKES, COMMENTS E SHARES…
  • 53. Revenue Generation Lucro. Pode ser avaliado de diversas formas. CPL | Custo por lead Custo por lead gerado. Avaliação dependerá do canal. CAC | Custo por aquisição Custo por aquisição por canal. Não confundir com o CPA, que é um custo de aquisição de mídia paga. ARPU | Average revenue per user Se divide o lucro total pelo número de usuários. Analisar por cohort é mais interessante, pois te dará visibilidade dos melhores clientes. Retenção Melhorar a retenção em 5% pode aumentar o lucro em até 95% Upsell Vendas para clientes atuais. ARR | Anual Recurring Revenue Lucro médio mensal. Taxas de conversão Taxas de conversão gerais de canais de mídia paga, orgânica, própria, conquistada, etc. Usuários ativos Para muitos negócios, é uma métrica importante. Por exemplo: redes sociais e aplicativos. Taxas de churn Taxas de abandono.
  • 55. EXISTE UMA IMPORTANTE DIFERENÇA PARA SE COMPREENDER
  • 56.
  • 57. O BUSINESS ANALYTICS RECOMENDA O BUSINESS INTELLIGENCE ANALISA
  • 58. BUSINESS ANALYTICS | FUTURO BUSINESS INTELLIGENCE | PASSADO E PRESENTE
  • 59.
  • 60. • O business analytics é estratégico para os negócios, pois adiciona um layer de valor que o BI não consegue; • Geralmente, iniciamos pelo BI: avaliação de métricas passadas, descrevendo os dados; • O business analytics é o próximo passado e geralmente envolve modelagens estatísticas e construção de algoritmos preditos: recomenda a ação e prevê cenários com base em modelos matemáticos. • Além do insight, gera-se o foresight.
  • 61. COMEÇANDO A PENSAR COM BASE EM DADOS
  • 62. 1. ESTABELEÇA O PLANO DE MÉTRICAS
  • 64.
  • 66.
  • 67.
  • 68.
  • 69.
  • 70. Considere a fase do funil em que você está trabalhando, quando o olhar estiver voltado a mídia
  • 71. Visibilidade Tráfego Conversão CPM CPR Cob Alcance Frequência Recall CPC CPVis Connect Rate Time on site CTR CPA Taxa de Conversão Volume Potencial
  • 73. Acompanhamento Diário Acompanhamento Mensal Acompanhamento Semestral Acompanhamento tático do time operacional. Tomada de decisão com identificação de outliers Insights de otimização e ajustes de rota rápidos Tomadas de decisão de complexidade baixa. Deve ser reportado ao nível gerencial e executivo Tomada de decisão de complexidade média Testes de performance devem ser reportados aqui É o momento de quebra de paradigmas e previsões, correções de rota complexas. Análise complexa, indicando tendências e possíveis outcomes. Nível de tomada de decisão executiva. Aprendizados complexos e tomadas de decisão igualmente complexas. Sugestão de novos projetos e evolução da maturidade analítica.
  • 74. 2. UM BOM BANCO DE DADOS É FUNDAMENTAL
  • 75. 1.O primeiro passo é determinar as fontes de dados que alimentarão o banco; 2.O segundo passo é definir onde seus dados ficarão hospedados; 3.O terceiro passado é definir nomenclaturas e taxonomias que façam sentido para o negócio: que nível de profundidade e assertividade de análise você quer ter?; 4.O quarto passo é construir as frequências de atualização da base
  • 82. DEMOGRÁFICOS Idade, gênero, grau de instrução, classe social, localização. TGI IBOPE IBGE Base própria Bureau de dados SERASA, SPC, Transunion, etc
  • 83. TECNOLÓGICOS Canais e dispositivos TGI IBOPE IBGE Google Analytics
  • 84. AQUISIÇÃO Canais e Campanhas Google Analytics Facebook, Google, etc Inbound CRM
  • 85. ATIVIDADE Interação e engajamento Mídias sociais Influenciadores Eventos do GA Inbound
  • 86. TRANSAÇÃO Dados transacionais Google Analytics Sistemas legados Comercial CRM
  • 88. Como escolher o melhor dataviz? Data Visualization • Para cada necessidade, existe uma forma de exibição de dados que atende; • O tipo de gráfico adequado para os dados facilita a compreensão; • Os gráficos de pizza, por exemplo, não é adequado para comparar dados, mas para mostrar participação; • Os gráficos de colunas, já são mais adequados para comparação.
  • 89.
  • 90.
  • 91.
  • 92.
  • 93.
  • 94. Como criar Dashboards essenciais? REQUISITOS PLANEJAMENTO CONFIGURAÇÃO REFINAMENTO • Quem é a audiência que irá consumidor os dados? • Quais são as métricas e KPI`s que deverão ser considerados? • Sugestão de utilizar o DM3 como base
  • 95.
  • 96. Como criar Dashboards essenciais? REQUISITOS PLANEJAMENTO CONFIGURAÇÃO REFINAMENTO • Visualmente, como o dash deve ser apresentar? • Níveis de acesso • Rotinas de atualização • Aprovação da usabilidade e dataviz
  • 97. Como criar Dashboards essenciais? REQUISITOS PLANEJAMENTO CONFIGURAÇÃO REFINAMENTO • Conexões e disponibilidade de dados; • Configuração da interface e interação com base de dados
  • 98. Como criar Dashboards essenciais? REQUISITOS PLANEJAMENTO CONFIGURAÇÃO REFINAMENTO • Refinamento always on das visualizações • Dashboards são vivos! Lembre-se disso • Devem sempre responder a perguntas de negócio, nunca perguntas de vaidade.
  • 99. DASHS
  • 100.
  • 101.
  • 102.
  • 103.
  • 104.
  • 105.
  • 106.
  • 107.
  • 108.
  • 110.
  • 111.
  • 112.
  • 113.
  • 114.
  • 115.
  • 116.
  • 118.
  • 119.
  • 120.
  • 121.
  • 122.
  • 124. MARKETING MIX VS ATTRIBUTION
  • 125.
  • 126.
  • 127.
  • 128.
  • 129.
  • 130.
  • 131.
  • 132.
  • 133.
  • 134.
  • 135.
  • 136.
  • 137.
  • 139.