SlideShare uma empresa Scribd logo
INSTITUTO BIOLÓGICO Secretaria de Agricultura e Abastecimento 09/06/2011 Antonio Batista Filho Diretor Geral [email_address]
Lei nº 2.243 – cria o Biológico 26 de dezembro de 1927  sob a Lei nº 2.243, era criado o Instituto Biológico de Defesa Agrícola e Animal.  Em 1937, passou a denominar-se  Instituto Biológico   “ Commissão de Estudo e Debellação da Praga Cafeeira”
Missão  Institucional "Desenvolver e transferir conhecimento científico e tecnológico para o negócio agrícola nas áreas de  sanidade animal  e  vegetal , suas  relações com o meio ambiente , visando a melhoria da qualidade de vida da população "
Organograma Diretoria Geral Assistência Técnica Cons. Técnico Científico Assistência de Ação Regional Comitê  Editorial URL Imunobiológicos Proteção Ambiental Sanidade Animal Sanidade Vegetal Experimental Sanidade Avícola Comunicação Administração Biotério URL Diagnóstico Animal URL Fitossanidade URL  Diagnósdtico Vegetal UPD Bastos MIBIO URL Pragas Urbanas
Orçamento 2010 – 30,5 milhões de reais 242  funcionários 114 pesquisadores (72 Doutores e 30 Mestres) 33 Laboratórios 254 projetos Biológico em números
Áreas de atuação Sanidade Animal Sanidade Vegetal Sustentabilidade ambiental focada na sanidade do agroecossistema
Estudo  de doenças e pragas que impactam os mercados agropecuários;  Diagnóstico sanitário e fitossanitário para o trânsito nacional e internacional;  Suporte a Programas Sanitários e Codex Alimentarius do Brasil; Sanidade em Agricultura Familiar; Sustentabilidade e Alimento seguro; Qualidade de Produtos e Processos;  Estudo da Biodiversidade;  Treinamento e capacitação de atores do ambiente da sanidade do agronegócio Programa de pós graduação Principais Ações
Ações Estratégicas PROGRAMA NACIONAL  Controle e Erradicação da brucelose e da tuberculose. Controle da raiva dos herbívoros e outras encefalites Erradicação da febre aftosa  Sanidade Suídea Sanidade Avícola Controle do cancro cítrico Controle e Erradicação de Moscas das Frutas Monitoramento da Sigatoka Negra Monitoramento de Agrotóxicos em Hortifruti Monitoramento da ferrugem da cana-de-açúcar Laboratórios credenciados Pelo MAPA
Suinocultura saudável - Melhoria das condições sócio-econômicas dos suinocultores Monitoramento de agrotóxicos em solo, sedimento e água para avaliação das boas práticas agronômicas no cultivo de banana no Vale do Ribeira em São Paulo Avaliação dos impactos sociais, econômicos e ambientais do controle químico da fauna sinantrópica no Município de São Paulo- desenvolvimento de propostas para redução desses impactos: Determinação da condição sanitária dos rebanhos de caprinos  e ovinos do Estado de São Paulo Programas oficiais Políticas Públicas
Impacto das Ações do  Instituto Biológico
Diagnóstico DIAGNÓSTICO DE DOENÇAS DE ANIMAIS DIAGNÓSTICO FITOSSANITÁRIO AVALIAÇÕES DE IMPACTO AMBIENTAL ANÁLISES DE RESÍDUOS DE PESTICIDAS Ano Total de Análises Média diária 2009 2008 168.289 224.296 467 615 2007 143.747 394
Maior Centro de Diagnóstico Fitossanitário do País (exames credenciados pelo MAPA - jan. 2009) Sanidade Animal e Vegetal – mais de 350 tipos de exames Referência para diagnóstico em várias áreas do conhecimento Referência para o diagnóstico
Redução do volume de aplicação de água na cultura de feijão (2 milhões ha); Economia de 1 bilhão de litros de água, suficientes para o abastecimento de 5 milhões de pessoas/dia; Redução do custo de pulverização em 50%;  Redução da contaminação ambiental em 10% - evita desperdício de defensivo. TECNOLOGIA DE APLICAÇÃO
Pesquisas para produção de bioinseticidas Novos insumos estratégicos
Fungo  Metarhizium anisopliae  x   Cigarrinha da cana-de-açúcar Cana-de-açúcar – safra 2006-2007 250.000 ha tratados em São Paulo 3 kg fungo/ha – 750 toneladas Custos:  fungo –  R$ 30,00/ha –  R$ 7,5 milhões químico - R$ 120,00/ha – R$ 30 milhões Economia: R$ 22,5 milhões/safra Aproximadamente 200 toneladas de defensivo químico deixaram de ser utilizados. Novos insumos estratégicos
Novos Insumos Estratégicos   Neoseiulus californicus  ( ácaro predador)  x  Tetranychus urticae  (ácaro rajado)  Ácaro rajado: linhagem descoberta em cultura comercial de morango em Atibaia/SP. Redução de    90% da população de ácaros fitófagos. Custo do predador: R$ 300,00/ha. Custo de 20 aplicações de inseticida químico: R$ 2.400,00.
Aumentar a capacidade de produção e o portfólio de insumos Novos Insumos Estratégicos
Imunobiológicos   DOSES Produ ç ão 1.322.730 Comercializa ç ão 1.738.310 Consumo Interno 21.520 Doa ç ão 16.840
Comercialização de Imunobiológicos  (em doses) 1.025.130 350.400 326.140 1.701.670 DISTRIBUIÇÃO DE IMUNOBIOLÓGICOS (em doses)
Exportação de  Imunobiológicos EXPORTAÇÃO DE IMUNOBIOLÓGICOS (em doses) Em novembro de 2010, o Instituto Biológico fez sua primeira exportação brasileira de antígeno acidificado tamponado (AAT) -  36.640 doses – Peru . Em dezembro de 2010, foram exportadas  6.500 doses  de Tuberculina PPD Bovina –  Venezuela .
Diagnóstico molecular Aprimorar a investigação científica Otimizar o diagnóstico sanitário
INSTITUTO BIOLÓGICO Promoção de Eventos
CFO/CFC  - Certificado Fiotossanitário de Origem CICAM – Congresso de Iniciação Científica  RAIB – Reunião Anual do Instituto Biológico RIFIB – Reunião Itinerante de Fitossanidade do IB 1º Fórum da Qualidade em Instituições de Pesquisa  Promoção de eventos
Promoção de eventos Curso IB/MAPA – 73 participantes
PROSAF (Programa de Sanidade em Agricultura Familiar)  Municípios atendidos:  Amparo, Atibaia, Águas de Lindóia , Bragança Paulista , Mogi das Cruzes, Monte Alegre do Sul ,Socorro, Piracaia.  Promoção de eventos – PROSAF
PLANETA INSETO –  46.081  visitantes Promoção de eventos – Planeta Inseto
Promoção de eventos – Planeta Inseto Instituto Renato Archer/ Campinas 1.000 visitantes Colégio Santa Maria/Recife 5.000 visitantes
INSTITUTO BIOLÓGICO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE
Sistema de Gestão da Qualidade
Sistema de Gestão da Qualidade Certificado NBR ISO/IEC 17025:2005.  E scopo “Ensaios Químicos em Alimentos e Bebidas” (análise de resíduos de pesticidas).
INSTITUTO BIOLÓGICO PÓS-GRADUAÇÃO
Pós-graduação SANIDADE, SEGURANÇA ALIMENTAR E AMBIENTAL  NO AGRONEGÓCIO I - SANIDADE ANIMAL, SEGURANÇA ALIMENTAR E O AMBIENTE 1. GESTÃO SANITÁRIA E AMBIENTAL NA PRODUÇÃO ANIMAL 2. QUALIDADE DE PRODUTOS E PROCESSOS NA PRODUÇÃO ANIMAL II - SANIDADE VEGETAL, SEGURANÇA ALIMENTAR E O AMBIENTE 1. BIODIVERSIDADE: CARACTERIZAÇÃO, INTERAÇÕES ECOLÓGICAS EM AGROECOSSISTEMAS 2. AGROTÓXICOS E RESÍDUOS AGRÍCOLAS: ECOLOGIA E QUALIDADE DOS ALIMENTOS 3. MANEJO INTEGRADO DE PRAGAS E DOENÇAS EM AMBIENTES RURAIS E URBANOS
INSTITUTO BIOLÓGICO Você sabia que o Instituto Biológico ... ?
VOCÊ SABIA QUE O  INSTITUTO BIOLÓGICO... Tem o maior número e diversidade de exames credenciados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para análises de pragas e doenças de plantas É uma das duas únicas Instituições brasileiras credenciadas para detecção de pragas quarentenárias É referência nacional para diagnóstico da Sigatoka Negra, importante doença da bananeira É referência nacional para diagnóstico da ferrugem alaranjada da cana-de-açúcar,  Puccinia kuehnii Possui o único laboratório no Brasil certificado para controle de qualidade de agentes de controle biológico de natureza fúngica Possui a maior diversidade em exames para diagnóstico de doenças animais no Brasil. É o segundo laboratório do Brasil e o único no Estado de São Paulo que possui 15 escopos credenciados, referentes a 11 doenças (laringotraqueíte infecciosa das aves, salmoneloses aviárias, micoplasmoses aviárias, febre aftosa, estomatite vesicular, língua azul, brucelose suídea, peste suína clássica, doença de Aujeszky, sarna suína e AIE)
VOCÊ SABIA QUE O  INSTITUTO BIOLÓGICO... Possui um dos três laboratórios no Brasil credenciados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para sorologia de Febre Aftosa, sendo o único no Estado de São Paulo Possui o único laboratório do Brasil credenciado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para sorologia de Língua Azul e Estomatite Vesicular Possui um dos dois laboratórios brasileiros que produzem imunobiológicos que são utilizados para o diagnóstico da brucelose e tuberculose animal. Possui o único laboratório público da administração direta certificado pelo Inmetro para análise de resíduos de agrotóxicos em alimentos e bebidas Possui um dos dois laboratórios credenciados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para diagnóstico da laringotraqueite, importante doença das aves Atende a 90% das Centrais de Inseminação Artificial do Brasil, quanto aos exames referentes a doenças da reprodução animal
VOCÊ SABIA QUE O  INSTITUTO BIOLÓGICO... Possui a única Unidade Laboratorial de Referência em Pragas Urbanas no Brasil  Possui o único laboratório no Estado de São Paulo credenciado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para a pesquisa de anticorpo anti-Brucella; pesquisa de anticorpo para o vírus da Peste Suína Clássica (PSC); pesquisa de anticorpo para o vírus da Doença de Aujeszky(DA) e para pesquisa de ectoparasitas causadores de sarna Tem cadastrado junto ao Ministério do Meio Ambiente, como fiéis depositárias, 7 coleções biológicas Possui o maior herbário urediniológico da América Latina É depositário da mais importante coleção de Coccoidea do Brasil  Mantêm uma das maiores coleções do mundo de fitobactérias, provenientes de áreas tropicais É depositário da maior coleção de microrganismos entomopatogênicos do Estado de São Paulo Possui, no Brasil, a maior coleção de bactérias na área animal
Instituto Biológico

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Alternativas de controle cultural e biologico
Alternativas de controle cultural e biologicoAlternativas de controle cultural e biologico
Alternativas de controle cultural e biologico
Geagra UFG
 
Manejo de Pragas do Girassol
Manejo de Pragas do GirassolManejo de Pragas do Girassol
Manejo de Pragas do Girassol
Geagra UFG
 
Controle biológico
Controle biológicoControle biológico
Controle biológico
Agropec Consultoria
 
Controle Biológico
Controle BiológicoControle Biológico
Controle Biológico
João Felix
 
Apostila MIP (Manejo Integrado de Pragas)
Apostila MIP (Manejo Integrado de Pragas)Apostila MIP (Manejo Integrado de Pragas)
Apostila MIP (Manejo Integrado de Pragas)
Luciano Marques
 
Controle biologico de_pragas
Controle biologico de_pragasControle biologico de_pragas
Controle biologico de_pragas
Alexandre Panerai
 
Entomologia aplicada controle microbiano de pragas 2016
Entomologia aplicada controle microbiano de pragas 2016Entomologia aplicada controle microbiano de pragas 2016
Entomologia aplicada controle microbiano de pragas 2016
Juliana Queiroz
 
Controle biológico pela ação de microrganismos
Controle biológico pela ação de microrganismosControle biológico pela ação de microrganismos
Controle biológico pela ação de microrganismos
Faculdade Guaraí - FAG
 
Manejo Integrado de Doenças de Plantas
Manejo Integrado de Doenças de PlantasManejo Integrado de Doenças de Plantas
Manejo Integrado de Doenças de Plantas
AgriculturaSustentavel
 
Controle Biológico de Moscas-das-Frutas
Controle Biológico de Moscas-das-FrutasControle Biológico de Moscas-das-Frutas
Controle Biológico de Moscas-das-Frutas
PNMF
 
Biossegurança embrapa 2012_fernando
Biossegurança embrapa 2012_fernandoBiossegurança embrapa 2012_fernando
Biossegurança embrapa 2012_fernando
Sofia Iba
 
Entomologia Agrícola - Heteroptera
Entomologia Agrícola - HeteropteraEntomologia Agrícola - Heteroptera
Entomologia Agrícola - Heteroptera
Faculdade Guaraí - FAG
 
Quarentena de Recursos Genéticos
Quarentena de Recursos GenéticosQuarentena de Recursos Genéticos
Quarentena de Recursos Genéticos
RENATO FERRAZ DE ARRUDA VEIGA
 
Diversidade e potencial biotecnolgico de microrganismos endofticos isolados p...
Diversidade e potencial biotecnolgico de microrganismos endofticos isolados p...Diversidade e potencial biotecnolgico de microrganismos endofticos isolados p...
Diversidade e potencial biotecnolgico de microrganismos endofticos isolados p...
Miriam Obem
 
Situação e Perspectivas do Controle de Qualidade Sanitária de Sementes no Bra...
Situação e Perspectivas do Controle de Qualidade Sanitária de Sementes no Bra...Situação e Perspectivas do Controle de Qualidade Sanitária de Sementes no Bra...
Situação e Perspectivas do Controle de Qualidade Sanitária de Sementes no Bra...
AgriculturaSustentavel
 
Manejo de Doenças no Sorgo e Milheto
Manejo de Doenças no Sorgo e Milheto  Manejo de Doenças no Sorgo e Milheto
Manejo de Doenças no Sorgo e Milheto
Geagra UFG
 
Relatório - Controle de pragas que estão atacando as laranjeiras
Relatório - Controle de pragas que estão atacando as laranjeirasRelatório - Controle de pragas que estão atacando as laranjeiras
Relatório - Controle de pragas que estão atacando as laranjeiras
Fagner Aquino
 
Melhoramento Genético e Biotecnologias de Milho
Melhoramento Genético e Biotecnologias de MilhoMelhoramento Genético e Biotecnologias de Milho
Melhoramento Genético e Biotecnologias de Milho
Geagra UFG
 

Mais procurados (18)

Alternativas de controle cultural e biologico
Alternativas de controle cultural e biologicoAlternativas de controle cultural e biologico
Alternativas de controle cultural e biologico
 
Manejo de Pragas do Girassol
Manejo de Pragas do GirassolManejo de Pragas do Girassol
Manejo de Pragas do Girassol
 
Controle biológico
Controle biológicoControle biológico
Controle biológico
 
Controle Biológico
Controle BiológicoControle Biológico
Controle Biológico
 
Apostila MIP (Manejo Integrado de Pragas)
Apostila MIP (Manejo Integrado de Pragas)Apostila MIP (Manejo Integrado de Pragas)
Apostila MIP (Manejo Integrado de Pragas)
 
Controle biologico de_pragas
Controle biologico de_pragasControle biologico de_pragas
Controle biologico de_pragas
 
Entomologia aplicada controle microbiano de pragas 2016
Entomologia aplicada controle microbiano de pragas 2016Entomologia aplicada controle microbiano de pragas 2016
Entomologia aplicada controle microbiano de pragas 2016
 
Controle biológico pela ação de microrganismos
Controle biológico pela ação de microrganismosControle biológico pela ação de microrganismos
Controle biológico pela ação de microrganismos
 
Manejo Integrado de Doenças de Plantas
Manejo Integrado de Doenças de PlantasManejo Integrado de Doenças de Plantas
Manejo Integrado de Doenças de Plantas
 
Controle Biológico de Moscas-das-Frutas
Controle Biológico de Moscas-das-FrutasControle Biológico de Moscas-das-Frutas
Controle Biológico de Moscas-das-Frutas
 
Biossegurança embrapa 2012_fernando
Biossegurança embrapa 2012_fernandoBiossegurança embrapa 2012_fernando
Biossegurança embrapa 2012_fernando
 
Entomologia Agrícola - Heteroptera
Entomologia Agrícola - HeteropteraEntomologia Agrícola - Heteroptera
Entomologia Agrícola - Heteroptera
 
Quarentena de Recursos Genéticos
Quarentena de Recursos GenéticosQuarentena de Recursos Genéticos
Quarentena de Recursos Genéticos
 
Diversidade e potencial biotecnolgico de microrganismos endofticos isolados p...
Diversidade e potencial biotecnolgico de microrganismos endofticos isolados p...Diversidade e potencial biotecnolgico de microrganismos endofticos isolados p...
Diversidade e potencial biotecnolgico de microrganismos endofticos isolados p...
 
Situação e Perspectivas do Controle de Qualidade Sanitária de Sementes no Bra...
Situação e Perspectivas do Controle de Qualidade Sanitária de Sementes no Bra...Situação e Perspectivas do Controle de Qualidade Sanitária de Sementes no Bra...
Situação e Perspectivas do Controle de Qualidade Sanitária de Sementes no Bra...
 
Manejo de Doenças no Sorgo e Milheto
Manejo de Doenças no Sorgo e Milheto  Manejo de Doenças no Sorgo e Milheto
Manejo de Doenças no Sorgo e Milheto
 
Relatório - Controle de pragas que estão atacando as laranjeiras
Relatório - Controle de pragas que estão atacando as laranjeirasRelatório - Controle de pragas que estão atacando as laranjeiras
Relatório - Controle de pragas que estão atacando as laranjeiras
 
Melhoramento Genético e Biotecnologias de Milho
Melhoramento Genético e Biotecnologias de MilhoMelhoramento Genético e Biotecnologias de Milho
Melhoramento Genético e Biotecnologias de Milho
 

Destaque

Lpv 245-ppt-00-introducción
Lpv 245-ppt-00-introducciónLpv 245-ppt-00-introducción
Lpv 245-ppt-00-introducción
juxc0413
 
Fingicidas
FingicidasFingicidas
Biologia e controle de carrapatos e ácaros
Biologia e controle de carrapatos e ácarosBiologia e controle de carrapatos e ácaros
Biologia e controle de carrapatos e ácaros
Astral Saúde Ambiental - Líder no controle de pragas
 
Acaros
AcarosAcaros
Parasitologia - ACAROS
Parasitologia - ACAROSParasitologia - ACAROS
Parasitologia - ACAROS
Linique Logan
 
01 aula sistema de qualidade
01 aula sistema de qualidade01 aula sistema de qualidade
01 aula sistema de qualidade
Homero Alves de Lima
 
Fitopatologia
FitopatologiaFitopatologia
Fitopatologia
guest99650f
 
Acaros
AcarosAcaros

Destaque (8)

Lpv 245-ppt-00-introducción
Lpv 245-ppt-00-introducciónLpv 245-ppt-00-introducción
Lpv 245-ppt-00-introducción
 
Fingicidas
FingicidasFingicidas
Fingicidas
 
Biologia e controle de carrapatos e ácaros
Biologia e controle de carrapatos e ácarosBiologia e controle de carrapatos e ácaros
Biologia e controle de carrapatos e ácaros
 
Acaros
AcarosAcaros
Acaros
 
Parasitologia - ACAROS
Parasitologia - ACAROSParasitologia - ACAROS
Parasitologia - ACAROS
 
01 aula sistema de qualidade
01 aula sistema de qualidade01 aula sistema de qualidade
01 aula sistema de qualidade
 
Fitopatologia
FitopatologiaFitopatologia
Fitopatologia
 
Acaros
AcarosAcaros
Acaros
 

Semelhante a Palestra ib

Instituto Biológico inaugura laboratório com segurança nível 3
Instituto Biológico inaugura laboratório com segurança nível 3Instituto Biológico inaugura laboratório com segurança nível 3
Instituto Biológico inaugura laboratório com segurança nível 3
Agricultura Sao Paulo
 
1ªCircular 3 Cnhb 1 Cnpab Aph Apez
1ªCircular 3 Cnhb 1 Cnpab Aph Apez1ªCircular 3 Cnhb 1 Cnpab Aph Apez
1ªCircular 3 Cnhb 1 Cnpab Aph Apez
crisqueda
 
Instituto Biológico: 90 anos de bons serviços ao agronegócio
Instituto Biológico: 90 anos de bons serviços ao agronegócioInstituto Biológico: 90 anos de bons serviços ao agronegócio
Instituto Biológico: 90 anos de bons serviços ao agronegócio
Agricultura Sao Paulo
 
Relatorio de estagio supervisionado 1 - controle biologio
Relatorio de estagio supervisionado 1 - controle biologioRelatorio de estagio supervisionado 1 - controle biologio
Relatorio de estagio supervisionado 1 - controle biologio
luancamargodesouza
 
Programa de agroindustrializacao da agric familiar
Programa de agroindustrializacao da agric familiarPrograma de agroindustrializacao da agric familiar
Programa de agroindustrializacao da agric familiar
Resende Rocha
 
Palestra de Marcelo de Franco no VII Siminove - Ouro Preto
Palestra de Marcelo de Franco no VII Siminove - Ouro PretoPalestra de Marcelo de Franco no VII Siminove - Ouro Preto
Palestra de Marcelo de Franco no VII Siminove - Ouro Preto
Sistema Mineiro de Inovação
 
Biofilmes
BiofilmesBiofilmes
Biofilmes
BiofilmesBiofilmes
Manual-do-PNCEBT-Original.pdf
Manual-do-PNCEBT-Original.pdfManual-do-PNCEBT-Original.pdf
Manual-do-PNCEBT-Original.pdf
Alexandrefelau1
 
Os Desafios Socioambientais para o Agro Sustentável
Os Desafios Socioambientais para o Agro SustentávelOs Desafios Socioambientais para o Agro Sustentável
Os Desafios Socioambientais para o Agro Sustentável
AgriculturaSustentavel
 
01 defensivos alternativos
01 defensivos alternativos01 defensivos alternativos
01 defensivos alternativos
Andre Moraes Costa
 
InformaPET
InformaPET   InformaPET
Thales Fermandes - Como as políticas agrícolas podem promover a qualidade e ...
Thales Fermandes - Como as políticas agrícolas podem promover a qualidade e  ...Thales Fermandes - Como as políticas agrícolas podem promover a qualidade e  ...
Thales Fermandes - Como as políticas agrícolas podem promover a qualidade e ...
Oxya Agro e Biociências
 
Do recorde produção 1.1.15
Do recorde produção 1.1.15Do recorde produção 1.1.15
Do recorde produção 1.1.15
Agricultura Sao Paulo
 
Clinica Veterinaria são paulo zona sul
Clinica Veterinaria são paulo zona sulClinica Veterinaria são paulo zona sul
Clinica Veterinaria são paulo zona sul
murcial870
 
Abrasco agrotoxico
Abrasco agrotoxicoAbrasco agrotoxico
Abrasco agrotoxico
Lidiane Martins
 
Dossi abrasco agt e saúde
Dossi abrasco agt e saúde Dossi abrasco agt e saúde
Dossi abrasco agt e saúde
Eliege Fante
 
Dossie agt (3)
Dossie agt (3)Dossie agt (3)
Dossie agt (3)
folhasdeoliva
 
Cartilha sobre Trichoderma
Cartilha sobre TrichodermaCartilha sobre Trichoderma
Cartilha sobre Trichoderma
BMP2015
 
José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...
José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...
José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...
PIFOZ
 

Semelhante a Palestra ib (20)

Instituto Biológico inaugura laboratório com segurança nível 3
Instituto Biológico inaugura laboratório com segurança nível 3Instituto Biológico inaugura laboratório com segurança nível 3
Instituto Biológico inaugura laboratório com segurança nível 3
 
1ªCircular 3 Cnhb 1 Cnpab Aph Apez
1ªCircular 3 Cnhb 1 Cnpab Aph Apez1ªCircular 3 Cnhb 1 Cnpab Aph Apez
1ªCircular 3 Cnhb 1 Cnpab Aph Apez
 
Instituto Biológico: 90 anos de bons serviços ao agronegócio
Instituto Biológico: 90 anos de bons serviços ao agronegócioInstituto Biológico: 90 anos de bons serviços ao agronegócio
Instituto Biológico: 90 anos de bons serviços ao agronegócio
 
Relatorio de estagio supervisionado 1 - controle biologio
Relatorio de estagio supervisionado 1 - controle biologioRelatorio de estagio supervisionado 1 - controle biologio
Relatorio de estagio supervisionado 1 - controle biologio
 
Programa de agroindustrializacao da agric familiar
Programa de agroindustrializacao da agric familiarPrograma de agroindustrializacao da agric familiar
Programa de agroindustrializacao da agric familiar
 
Palestra de Marcelo de Franco no VII Siminove - Ouro Preto
Palestra de Marcelo de Franco no VII Siminove - Ouro PretoPalestra de Marcelo de Franco no VII Siminove - Ouro Preto
Palestra de Marcelo de Franco no VII Siminove - Ouro Preto
 
Biofilmes
BiofilmesBiofilmes
Biofilmes
 
Biofilmes
BiofilmesBiofilmes
Biofilmes
 
Manual-do-PNCEBT-Original.pdf
Manual-do-PNCEBT-Original.pdfManual-do-PNCEBT-Original.pdf
Manual-do-PNCEBT-Original.pdf
 
Os Desafios Socioambientais para o Agro Sustentável
Os Desafios Socioambientais para o Agro SustentávelOs Desafios Socioambientais para o Agro Sustentável
Os Desafios Socioambientais para o Agro Sustentável
 
01 defensivos alternativos
01 defensivos alternativos01 defensivos alternativos
01 defensivos alternativos
 
InformaPET
InformaPET   InformaPET
InformaPET
 
Thales Fermandes - Como as políticas agrícolas podem promover a qualidade e ...
Thales Fermandes - Como as políticas agrícolas podem promover a qualidade e  ...Thales Fermandes - Como as políticas agrícolas podem promover a qualidade e  ...
Thales Fermandes - Como as políticas agrícolas podem promover a qualidade e ...
 
Do recorde produção 1.1.15
Do recorde produção 1.1.15Do recorde produção 1.1.15
Do recorde produção 1.1.15
 
Clinica Veterinaria são paulo zona sul
Clinica Veterinaria são paulo zona sulClinica Veterinaria são paulo zona sul
Clinica Veterinaria são paulo zona sul
 
Abrasco agrotoxico
Abrasco agrotoxicoAbrasco agrotoxico
Abrasco agrotoxico
 
Dossi abrasco agt e saúde
Dossi abrasco agt e saúde Dossi abrasco agt e saúde
Dossi abrasco agt e saúde
 
Dossie agt (3)
Dossie agt (3)Dossie agt (3)
Dossie agt (3)
 
Cartilha sobre Trichoderma
Cartilha sobre TrichodermaCartilha sobre Trichoderma
Cartilha sobre Trichoderma
 
José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...
José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...
José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...
 

Mais de pecsaa

Apresentação apta regional saa sp
Apresentação apta regional saa spApresentação apta regional saa sp
Apresentação apta regional saa sp
pecsaa
 
PEC SAA IAC
PEC SAA IACPEC SAA IAC
PEC SAA IAC
pecsaa
 
Apresentacao secretaria Ital
Apresentacao secretaria ItalApresentacao secretaria Ital
Apresentacao secretaria Ital
pecsaa
 
Palestra ib batista
Palestra ib   batistaPalestra ib   batista
Palestra ib batista
pecsaa
 
PEC - Palestra IP
PEC - Palestra IPPEC - Palestra IP
PEC - Palestra IP
pecsaa
 
Apresentação secr saa 26 05 2011
Apresentação secr saa  26 05 2011Apresentação secr saa  26 05 2011
Apresentação secr saa 26 05 2011
pecsaa
 
PEC - Ciclo de palestras 2011 - IEA
PEC - Ciclo de palestras 2011 - IEAPEC - Ciclo de palestras 2011 - IEA
PEC - Ciclo de palestras 2011 - IEA
pecsaa
 

Mais de pecsaa (7)

Apresentação apta regional saa sp
Apresentação apta regional saa spApresentação apta regional saa sp
Apresentação apta regional saa sp
 
PEC SAA IAC
PEC SAA IACPEC SAA IAC
PEC SAA IAC
 
Apresentacao secretaria Ital
Apresentacao secretaria ItalApresentacao secretaria Ital
Apresentacao secretaria Ital
 
Palestra ib batista
Palestra ib   batistaPalestra ib   batista
Palestra ib batista
 
PEC - Palestra IP
PEC - Palestra IPPEC - Palestra IP
PEC - Palestra IP
 
Apresentação secr saa 26 05 2011
Apresentação secr saa  26 05 2011Apresentação secr saa  26 05 2011
Apresentação secr saa 26 05 2011
 
PEC - Ciclo de palestras 2011 - IEA
PEC - Ciclo de palestras 2011 - IEAPEC - Ciclo de palestras 2011 - IEA
PEC - Ciclo de palestras 2011 - IEA
 

Último

Introduction to EFFECTUATION concepts and applications
Introduction to EFFECTUATION concepts and applicationsIntroduction to EFFECTUATION concepts and applications
Introduction to EFFECTUATION concepts and applications
João de Paula Ribeiro Neto
 
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCCEstudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Paulo Emerson Pereira
 
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
Paulo Emerson Pereira
 
Foi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Foi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxFoi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Foi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
lindalva da cruz
 
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
InsttLcioEvangelista
 
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMETRESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
rihabkorbi24
 

Último (6)

Introduction to EFFECTUATION concepts and applications
Introduction to EFFECTUATION concepts and applicationsIntroduction to EFFECTUATION concepts and applications
Introduction to EFFECTUATION concepts and applications
 
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCCEstudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
 
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
 
Foi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Foi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxFoi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Foi por amor.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
 
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
 
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMETRESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
 

Palestra ib

  • 1. INSTITUTO BIOLÓGICO Secretaria de Agricultura e Abastecimento 09/06/2011 Antonio Batista Filho Diretor Geral [email_address]
  • 2. Lei nº 2.243 – cria o Biológico 26 de dezembro de 1927 sob a Lei nº 2.243, era criado o Instituto Biológico de Defesa Agrícola e Animal. Em 1937, passou a denominar-se Instituto Biológico “ Commissão de Estudo e Debellação da Praga Cafeeira”
  • 3. Missão Institucional "Desenvolver e transferir conhecimento científico e tecnológico para o negócio agrícola nas áreas de sanidade animal e vegetal , suas relações com o meio ambiente , visando a melhoria da qualidade de vida da população "
  • 4. Organograma Diretoria Geral Assistência Técnica Cons. Técnico Científico Assistência de Ação Regional Comitê Editorial URL Imunobiológicos Proteção Ambiental Sanidade Animal Sanidade Vegetal Experimental Sanidade Avícola Comunicação Administração Biotério URL Diagnóstico Animal URL Fitossanidade URL Diagnósdtico Vegetal UPD Bastos MIBIO URL Pragas Urbanas
  • 5. Orçamento 2010 – 30,5 milhões de reais 242 funcionários 114 pesquisadores (72 Doutores e 30 Mestres) 33 Laboratórios 254 projetos Biológico em números
  • 6. Áreas de atuação Sanidade Animal Sanidade Vegetal Sustentabilidade ambiental focada na sanidade do agroecossistema
  • 7. Estudo de doenças e pragas que impactam os mercados agropecuários; Diagnóstico sanitário e fitossanitário para o trânsito nacional e internacional; Suporte a Programas Sanitários e Codex Alimentarius do Brasil; Sanidade em Agricultura Familiar; Sustentabilidade e Alimento seguro; Qualidade de Produtos e Processos; Estudo da Biodiversidade; Treinamento e capacitação de atores do ambiente da sanidade do agronegócio Programa de pós graduação Principais Ações
  • 8. Ações Estratégicas PROGRAMA NACIONAL Controle e Erradicação da brucelose e da tuberculose. Controle da raiva dos herbívoros e outras encefalites Erradicação da febre aftosa Sanidade Suídea Sanidade Avícola Controle do cancro cítrico Controle e Erradicação de Moscas das Frutas Monitoramento da Sigatoka Negra Monitoramento de Agrotóxicos em Hortifruti Monitoramento da ferrugem da cana-de-açúcar Laboratórios credenciados Pelo MAPA
  • 9. Suinocultura saudável - Melhoria das condições sócio-econômicas dos suinocultores Monitoramento de agrotóxicos em solo, sedimento e água para avaliação das boas práticas agronômicas no cultivo de banana no Vale do Ribeira em São Paulo Avaliação dos impactos sociais, econômicos e ambientais do controle químico da fauna sinantrópica no Município de São Paulo- desenvolvimento de propostas para redução desses impactos: Determinação da condição sanitária dos rebanhos de caprinos e ovinos do Estado de São Paulo Programas oficiais Políticas Públicas
  • 10. Impacto das Ações do Instituto Biológico
  • 11. Diagnóstico DIAGNÓSTICO DE DOENÇAS DE ANIMAIS DIAGNÓSTICO FITOSSANITÁRIO AVALIAÇÕES DE IMPACTO AMBIENTAL ANÁLISES DE RESÍDUOS DE PESTICIDAS Ano Total de Análises Média diária 2009 2008 168.289 224.296 467 615 2007 143.747 394
  • 12. Maior Centro de Diagnóstico Fitossanitário do País (exames credenciados pelo MAPA - jan. 2009) Sanidade Animal e Vegetal – mais de 350 tipos de exames Referência para diagnóstico em várias áreas do conhecimento Referência para o diagnóstico
  • 13. Redução do volume de aplicação de água na cultura de feijão (2 milhões ha); Economia de 1 bilhão de litros de água, suficientes para o abastecimento de 5 milhões de pessoas/dia; Redução do custo de pulverização em 50%; Redução da contaminação ambiental em 10% - evita desperdício de defensivo. TECNOLOGIA DE APLICAÇÃO
  • 14. Pesquisas para produção de bioinseticidas Novos insumos estratégicos
  • 15. Fungo Metarhizium anisopliae x Cigarrinha da cana-de-açúcar Cana-de-açúcar – safra 2006-2007 250.000 ha tratados em São Paulo 3 kg fungo/ha – 750 toneladas Custos: fungo – R$ 30,00/ha – R$ 7,5 milhões químico - R$ 120,00/ha – R$ 30 milhões Economia: R$ 22,5 milhões/safra Aproximadamente 200 toneladas de defensivo químico deixaram de ser utilizados. Novos insumos estratégicos
  • 16. Novos Insumos Estratégicos Neoseiulus californicus ( ácaro predador) x Tetranychus urticae (ácaro rajado) Ácaro rajado: linhagem descoberta em cultura comercial de morango em Atibaia/SP. Redução de  90% da população de ácaros fitófagos. Custo do predador: R$ 300,00/ha. Custo de 20 aplicações de inseticida químico: R$ 2.400,00.
  • 17. Aumentar a capacidade de produção e o portfólio de insumos Novos Insumos Estratégicos
  • 18. Imunobiológicos   DOSES Produ ç ão 1.322.730 Comercializa ç ão 1.738.310 Consumo Interno 21.520 Doa ç ão 16.840
  • 19. Comercialização de Imunobiológicos (em doses) 1.025.130 350.400 326.140 1.701.670 DISTRIBUIÇÃO DE IMUNOBIOLÓGICOS (em doses)
  • 20. Exportação de Imunobiológicos EXPORTAÇÃO DE IMUNOBIOLÓGICOS (em doses) Em novembro de 2010, o Instituto Biológico fez sua primeira exportação brasileira de antígeno acidificado tamponado (AAT) - 36.640 doses – Peru . Em dezembro de 2010, foram exportadas 6.500 doses de Tuberculina PPD Bovina – Venezuela .
  • 21. Diagnóstico molecular Aprimorar a investigação científica Otimizar o diagnóstico sanitário
  • 23. CFO/CFC - Certificado Fiotossanitário de Origem CICAM – Congresso de Iniciação Científica RAIB – Reunião Anual do Instituto Biológico RIFIB – Reunião Itinerante de Fitossanidade do IB 1º Fórum da Qualidade em Instituições de Pesquisa Promoção de eventos
  • 24. Promoção de eventos Curso IB/MAPA – 73 participantes
  • 25. PROSAF (Programa de Sanidade em Agricultura Familiar) Municípios atendidos: Amparo, Atibaia, Águas de Lindóia , Bragança Paulista , Mogi das Cruzes, Monte Alegre do Sul ,Socorro, Piracaia. Promoção de eventos – PROSAF
  • 26. PLANETA INSETO – 46.081 visitantes Promoção de eventos – Planeta Inseto
  • 27. Promoção de eventos – Planeta Inseto Instituto Renato Archer/ Campinas 1.000 visitantes Colégio Santa Maria/Recife 5.000 visitantes
  • 28. INSTITUTO BIOLÓGICO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE
  • 29. Sistema de Gestão da Qualidade
  • 30. Sistema de Gestão da Qualidade Certificado NBR ISO/IEC 17025:2005. E scopo “Ensaios Químicos em Alimentos e Bebidas” (análise de resíduos de pesticidas).
  • 32. Pós-graduação SANIDADE, SEGURANÇA ALIMENTAR E AMBIENTAL NO AGRONEGÓCIO I - SANIDADE ANIMAL, SEGURANÇA ALIMENTAR E O AMBIENTE 1. GESTÃO SANITÁRIA E AMBIENTAL NA PRODUÇÃO ANIMAL 2. QUALIDADE DE PRODUTOS E PROCESSOS NA PRODUÇÃO ANIMAL II - SANIDADE VEGETAL, SEGURANÇA ALIMENTAR E O AMBIENTE 1. BIODIVERSIDADE: CARACTERIZAÇÃO, INTERAÇÕES ECOLÓGICAS EM AGROECOSSISTEMAS 2. AGROTÓXICOS E RESÍDUOS AGRÍCOLAS: ECOLOGIA E QUALIDADE DOS ALIMENTOS 3. MANEJO INTEGRADO DE PRAGAS E DOENÇAS EM AMBIENTES RURAIS E URBANOS
  • 33. INSTITUTO BIOLÓGICO Você sabia que o Instituto Biológico ... ?
  • 34. VOCÊ SABIA QUE O INSTITUTO BIOLÓGICO... Tem o maior número e diversidade de exames credenciados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para análises de pragas e doenças de plantas É uma das duas únicas Instituições brasileiras credenciadas para detecção de pragas quarentenárias É referência nacional para diagnóstico da Sigatoka Negra, importante doença da bananeira É referência nacional para diagnóstico da ferrugem alaranjada da cana-de-açúcar, Puccinia kuehnii Possui o único laboratório no Brasil certificado para controle de qualidade de agentes de controle biológico de natureza fúngica Possui a maior diversidade em exames para diagnóstico de doenças animais no Brasil. É o segundo laboratório do Brasil e o único no Estado de São Paulo que possui 15 escopos credenciados, referentes a 11 doenças (laringotraqueíte infecciosa das aves, salmoneloses aviárias, micoplasmoses aviárias, febre aftosa, estomatite vesicular, língua azul, brucelose suídea, peste suína clássica, doença de Aujeszky, sarna suína e AIE)
  • 35. VOCÊ SABIA QUE O INSTITUTO BIOLÓGICO... Possui um dos três laboratórios no Brasil credenciados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para sorologia de Febre Aftosa, sendo o único no Estado de São Paulo Possui o único laboratório do Brasil credenciado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para sorologia de Língua Azul e Estomatite Vesicular Possui um dos dois laboratórios brasileiros que produzem imunobiológicos que são utilizados para o diagnóstico da brucelose e tuberculose animal. Possui o único laboratório público da administração direta certificado pelo Inmetro para análise de resíduos de agrotóxicos em alimentos e bebidas Possui um dos dois laboratórios credenciados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para diagnóstico da laringotraqueite, importante doença das aves Atende a 90% das Centrais de Inseminação Artificial do Brasil, quanto aos exames referentes a doenças da reprodução animal
  • 36. VOCÊ SABIA QUE O INSTITUTO BIOLÓGICO... Possui a única Unidade Laboratorial de Referência em Pragas Urbanas no Brasil Possui o único laboratório no Estado de São Paulo credenciado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para a pesquisa de anticorpo anti-Brucella; pesquisa de anticorpo para o vírus da Peste Suína Clássica (PSC); pesquisa de anticorpo para o vírus da Doença de Aujeszky(DA) e para pesquisa de ectoparasitas causadores de sarna Tem cadastrado junto ao Ministério do Meio Ambiente, como fiéis depositárias, 7 coleções biológicas Possui o maior herbário urediniológico da América Latina É depositário da mais importante coleção de Coccoidea do Brasil Mantêm uma das maiores coleções do mundo de fitobactérias, provenientes de áreas tropicais É depositário da maior coleção de microrganismos entomopatogênicos do Estado de São Paulo Possui, no Brasil, a maior coleção de bactérias na área animal