SlideShare uma empresa Scribd logo
II Ciclo de Palestras “Conheça  a SAA” Programa de Educação Corporativa- PEC Instituto Agronômico Hamilton Humberto Ramos Diretor Geral 30/06/2011
Gerar e transferir ciência e tecnologia para o negócio agrícola, com o intuito de otimizar os sistemas de produção vegetal e o desenvolvimento sócio-econômico com qualidade ambiental. Missão do IAC
Fundado em 1887  470 projetos em desenvolvimento Mais de 900 variedades desenvolvidas de 66 espécies agrícolas  180 pesquisadores -  80% doutores e 16% mestres 342 servidores de apoio Curso de Pós-graduação em Agricultura Tropical e Subtropical – mestrado e doutorado – 290 dissertações/teses defendidas – 84 alunos em 2011 O IAC
INSTITUTO AGRONÔMICO Assistência Técnica Assistência de Ação Regional Curso de Pós-Graduação Centro de Administração da Pesquisa Centro de Comunicação e Transf. do Conhecimento Centro Experimental Central Comitê Editorial Centros Avançados de Pesquisa Tecnol. do Agronegócio Centros de Análise e Pesquisa Tecnol. do Agronegócio Centros de Pesquisa e Desenvolvimento *7 Unidades Laboratoriais de Referência
Café Cana  Citros Frutas Engenharia e Automação Agrícola Horticultura  Grãos e Fibras Solos e Recursos Ambientais Fitossanidade  Recursos Genéticos Vegetais  Ecofisiologia e Biofísica (climatologia e irrigação) Centros de Pesquisa
Unidades IAC
BB  Agroenergia I  Culturas Bioenergéticas Cana-de-açúcar Cultivares com  elevada produtividade  e concentração de sacarose Ideal para atender diferentes condições edafoclimáticas do Centro Sul do Brasil e possibilidade de colheita mecânica crua Doze variedades lançadas nos últimos anos, sendo  cinco adaptadas ao cerrado Destaque para as cultivares IACSP 95-3028 colhida no início da safra (momento crítico para acúmulo de sacarose) - >  é 7,5% superior que as variedades atuais
  Mandioca  -  Estudos avançados para  uso com matéria-prima para a produção de etanol e energia térmica (queima de resíduos da colheita) Mamona  – Cultivar IAC 2028 superou em 15,8% em rendimento de óleo a IAC Guarani – uma das mais plantadas no País. Por ter porte baixo viabiliza a colheita mecânica Pinhão manso  -    Estudo  e exploração da variabilidade genética pré-existente dentro da espécie  J.curcas  pela seleção e clonagem  ex vitro  e  in vitro   e geração de variabilidade genética através de hibridações entre  J. curcas  e outras espécies do gênero  Jatropha  Agroenergia Culturas Bioenergéticas
Produtos Inovadores Cafés especiais – novos aromas e sabores Fato  -  95% da plantas de café arábica em produção no Brasil  são cultivares IAC Lançamento 2011  - 3 novas cultivares IAC de café tipo arábica com alta produtividade e qualidade de bebida excelente Lançamento 2011  - 2 variedades (Tupi RN IAC 1669-13 e Obatã Amarelo IAC 4739 - >  resistentes a ferrugem, reduzindo em 10% a aplicação de defensivos Café descafeinado  – em processo de melhoramento para aumento de produtividade
Produtos Inovadores Grãos que atendem a nichos de mercado e a alimentação diária do brasileiro Fato -  Feijão carioca  – 70% dos plantios no País Feijão  – IAC Formoso  ->  resistente   às três principais doenças do feijão,  reduz em 30% a aplicação de defensivos ,  alta produtividade aliada a estabilidade de produção,  menor tempo de cozimento  dos grãos e  alto valor protéico , três safras anuais (leste paulista)  e ideal para colheita mecânica. Cultivares de feijão lançadas em 2007 IAC Harmonia, IAC Colorido (rajado),  IAC Jaraguá (mulato),  IAC Galante (rosinha) e IAC Diplomata (preto) IAC Galante
Milho   -  híbridos IAC 3330 e IAC 8390 melhor custo-benefício que os similares comerciais -> ideal para a safrinha (dispensa custo com proteção preventiva) Arroz  –  Agulhinha:  IAC 203 e IAC 204 apresentam mais  de 70% de rendimento em teste industrial , sendo para cultivo em terras altas e condições de sequeiro  (resistente ao brusone) Aveia  – IAC 8 produz 6 a 8 ton de grãos/hectare -  o dobro apresentado pela IAC 7 que é muito procurada pela indústria  (muita fibra solúvel e betaglucano). Variedade cultivada no PR, MG e SP Produtos Inovadores Grãos que atendem a nichos de mercado e a alimentação diária do brasileiro
Produtos Inovadores Amendoim  – IAC 503 e IAC 505 produção de grãos de maior tamanho, com maior durabilidade e alto teor de ácido graxo oleico (mais de 70%, enquanto as tradicionais não chegam a 50%) Girassol  –  IAC Iarama  apresenta porte baixo  e ciclo curto, boa uniformidade no plantio o que facilita a colheita mecânica. Destaca-se por  produzir a mesma quantidade de óleo que as outras variedades, mas em tempo mais curto Algodão  – IAC 24 apresenta resistência múltipla às doenças mais destrutivas que ocorrem em nosso meio. Apresenta porcentagem de fibra em nível próximo ao de algumas cultivares estrangeiras utilizadas no País
Produtos Inovadores Culturas Hortícolas Quiabo  - seis seleções desenvolvidas no IAC,  sendo três delas de frutos quinados  (novidade no mercado) Mandioca  –  de cor amarela possui maior  teor de  caroteno e vitamina A
Floricultura     Antúrio  - três novas cultivares de Antúrio - ‘Júpiter’- IAC 17237, ‘Netuno’ - IAC 16770 e ‘Rubi’- IAC 14019, mais resistentes que aquelas já existentes; portanto, com menor exigência de defensivos e adubo IAC Astral
Produtos Inovadores Seringueira Fato:  São Paulo é o maior produtor de borracha natural do País graças ás pesquisas do IAC Registradas 22 cultivares IAC  de seringueiras no RNC/MAPA  Todas com vigor e potencial de produção  de borracha superiores aos mais plantados  no Estado de São Paulo .
Produtos Inovadores Fruticultura “ Tropicalização” da fruticultura  – cultivo dos chamados frutos de caroço (pêssego e nectarina) em regiões de clima quente Pêssego IAC Douradão Nêspera IAC Néctar de Cristal Nectarina IAC Aurojima  Ameixa IAC Gema de Ouro
Uva –  caracterização da coleção com mais  de 360 variedades de uvas para vinho  e derivados e uvas de mesa Abacaxi –  lançamento do IAC Fantástico ->  resistente a  fusariose, sabor doce e  com poucos espinhos na coroa (facilidade para colheita)   Produtos Inovadores   Fruticultura
Produtos Inovadores     Citricultura Citros sem sementes  - parceria  IAC/CENA - USP resultam em laranja sem semente, por meio do uso de radiação Técnica está sendo também aplicada em tangerinas Laranjas transgênicas resistentes  às pragas dos citros Laranja vermelha (rica em licopeno)
Óleo de café  Óleo  de cítricos Óleo de plantas medicinais, aromáticas e condimentares Óleo para indústria cosmética  Produtos Inovadores Óleos Fixos e Essenciais
Produção Sustentável Sistemas de produção visando maior produtividade e renda para o produtor Eficiência do uso e preservação de recursos naturais na agricultura (solo, água e biodiversidade)   Pacotes tecnológicos adequados as diferentes regiões de SP e Brasil Alternativas tecnológicas para pequenas propriedades
Área de Bioenergia  (FAPES – BIOEN  e Microsoft) Área de Genômica (INCT – Citros) Modernização de infra-estrutura - FINEP e FAPESP Pacotes tecnológicos envolvendo a Cadeia do Café  Consórcio Nacional de Pesquisa  Auxílios a projetos de pesquisa em todas as áreas de atuação do IAC: CAPES, FINEP, CNPq, FAPESP e Iniciativa Privada Conquistas e Avanços
  Ações Contínuas de Interesse da Sociedade  CIIAGRO INFOSECA Quarentenário  Herbário Programa “Aplique Bem” Quepia
Ações Contínuas de Interesse da Sociedade  Rede de Laboratórios de Análise de Solos (Programa de Qualidade) Laboratórios de Referência (Clinica Fitopatológica de Citros, EPI, Solos)
Formação de recursos humanos (Pós Graduação, estágios e cursos de capacitação) Publicações IAC (revistas técnicas e científicas, boletins técnicos, livros, informativos) Dias de Campo e eventos técnicos: 72 eventos (público de 19.500 pessoas em 2010) Serviço Fale conosco: 120 atendimentos técnicos mensais Divulgação na mídia: 729 inserções na imprensa em 2010 Produção e transferência de borbulhas, mudas e sementes melhoradas Transferência de Tecnologia
Bancos de Germoplasma IAC 1)  Algodão (IAC-AL)  2)  Amendoim (IAC-AMEN)  3)  Arroz (IAC-ARROZ)  4)  Batata (IAC-BA)  5)  Cacau (IAC-CACAU)  6)  Café (IAC-CAFÉ)  7)  Cana-de-açúcar (IAC-CANA)  8)  Caqui (IAC-CAQUI)  9)  Cereais de Inverno (IAC-CEDIV) 10)  Citros (IAC-CITROS) 11)  Cucurbitáceas (IAC-CUCURBITA)  12)  Feijão (IAC-FEIJÃO)  13)  Fibrosas Diversas (IAC-FID)  14)  Frutas Pomoídeas (IAC-POMO)  15)  Fungos Micorrízicos (IAC-FUMI)  16)  Herbáceas Ornamentais (IAC-HEO)  17)  Leguminosas Diversas (IAC-LEG)  18)  Mamona (IAC-MAM)  19)  Mandioca (IAC-MAND)  20)  Maracujá (IAC-MAR)  21)  Milho (IAC-MILHO)  22)  Milho-Pipoca e Sorgo (IAC-MIPSG)  23)  Nozes e Castanhas (IAC-NOZ)  24)  Palmitos e Pupunha (IAC-PUPALM)  25)  Plantas Aromáticas e Medicinais (IAC-MED)  26)  Frutíferas Prunoídeas (IAC-PRU)  27)  Quiabo e Morango (IAC-QUIM)  28)  Rhizobium e Rhizobactérias (IAC-RHIZ)  29)  Seringueira (IAC-SER)  30)  Soja (IAC-SOJA)  31)  Grão de Bico (IAC-GRABI)  32)  Solanáceas (IAC-SOLAN)  33)  Uva (IAC-VIT)  34)  Zingiberales (IAC-ZING)  35) Coleção Entomológica (IAC-C)  36)  Abacate e Manga (IAC-ABAMA)  37)  Abacaxi (IAC-AXI) 38)  Anonáceas, Banana e Goiaba (IAC-NONA)  39)  Árvores e Arbustos (IAC-ARV)  40)  Palmeiras Ornamentais (IAC-ORNPALM)  41) Herbário IAC (IAC-HERBÁRIO)  42) Herbário Micológico (IAC-M)  43)  Hortaliças diversas (IAC-HOD)  44)  Cebola (IAC-CEB) 45)  Adzuki e Mungo (IAC-ADMUN)  46)  Bambu ( IAC-BAMBU)  47)  Girassol e Gergelim ( IAC-GIRGE)  48)  Tuberosas diversas ( IAC-TUBER)
 
 
CONCLUSÕES
OBRIGADO www.iac.sp.gov.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Fazuoli - Variedades de cafe arabica para regiao do cerrado mineiro patrocinio
Fazuoli - Variedades de cafe arabica para regiao do cerrado mineiro patrocinioFazuoli - Variedades de cafe arabica para regiao do cerrado mineiro patrocinio
Fazuoli - Variedades de cafe arabica para regiao do cerrado mineiro patrocinio
Revista Cafeicultura
 
O Potencial dos Cultivos de Oliveiras no Brasil
O Potencial dos Cultivos de Oliveiras no BrasilO Potencial dos Cultivos de Oliveiras no Brasil
O Potencial dos Cultivos de Oliveiras no Brasil
Victor Rafael Barra
 
Gustavo Hiroshi Sera - Seleção de progênies de café arábica com resistência à...
Gustavo Hiroshi Sera - Seleção de progênies de café arábica com resistência à...Gustavo Hiroshi Sera - Seleção de progênies de café arábica com resistência à...
Gustavo Hiroshi Sera - Seleção de progênies de café arábica com resistência à...
Revista Cafeicultura
 
Documento 156
Documento 156Documento 156
Documento 156
MARCO ANTONIO DOMINGOS
 
Luiz fazuoli contribuições das cultivares bahia
Luiz fazuoli contribuições das cultivares  bahiaLuiz fazuoli contribuições das cultivares  bahia
Luiz fazuoli contribuições das cultivares bahia
Revista Cafeicultura
 
Produção de Mandioca
Produção de MandiocaProdução de Mandioca
Produção de Mandioca
Ítalo Arrais
 
Ecofisiologia da cana
Ecofisiologia da canaEcofisiologia da cana
Ecofisiologia da cana
Jose Carlos Caldeira Junior
 
ABC Criação de abelhas
ABC Criação de abelhasABC Criação de abelhas
ABC Criação de abelhas
Lenildo Araujo
 
Intercâmbio e Quarentena de Frutíferas
Intercâmbio e Quarentena de FrutíferasIntercâmbio e Quarentena de Frutíferas
Intercâmbio e Quarentena de Frutíferas
Renato Ferraz de Arruda Veiga
 
Produção Uruguai - azeite Colinas de Garzón - Expoazeite 2011
Produção Uruguai -  azeite Colinas de Garzón - Expoazeite 2011Produção Uruguai -  azeite Colinas de Garzón - Expoazeite 2011
Produção Uruguai - azeite Colinas de Garzón - Expoazeite 2011
Agricultura Sao Paulo
 
Uvas
UvasUvas
Bt 196 final
Bt 196 finalBt 196 final
Bt 196 final
Evaldo Alves Xavier
 
Mandioca
MandiocaMandioca
Mandioca
Fabiano França
 
Aula de Cafés Especiais do CCCMG - 2016 (Professores Francisco Lentini Neto e...
Aula de Cafés Especiais do CCCMG - 2016 (Professores Francisco Lentini Neto e...Aula de Cafés Especiais do CCCMG - 2016 (Professores Francisco Lentini Neto e...
Aula de Cafés Especiais do CCCMG - 2016 (Professores Francisco Lentini Neto e...
Luiz Valeriano
 
Palestra - análise de solo ÊNFASE EM MORANGO E BANANEIRA
Palestra - análise de solo ÊNFASE EM MORANGO E BANANEIRAPalestra - análise de solo ÊNFASE EM MORANGO E BANANEIRA
Palestra - análise de solo ÊNFASE EM MORANGO E BANANEIRA
CETEP, FTC, FASA..
 
Colheita e Comercialização de Sorgo e Milheto
Colheita e Comercialização de Sorgo e MilhetoColheita e Comercialização de Sorgo e Milheto
Colheita e Comercialização de Sorgo e Milheto
Geagra UFG
 
Análise de café verde descascado
Análise de café verde descascadoAnálise de café verde descascado
Análise de café verde descascado
Gilson Marcomini
 
Controle alternativo de pragas e doenças nas plantas
Controle alternativo de pragas e doenças nas  plantasControle alternativo de pragas e doenças nas  plantas
Controle alternativo de pragas e doenças nas plantas
João Siqueira da Mata
 
Manual combate broca-do-café na Região do Cerrado Mineiro
Manual combate broca-do-café na Região do Cerrado MineiroManual combate broca-do-café na Região do Cerrado Mineiro
Manual combate broca-do-café na Região do Cerrado Mineiro
Revista Cafeicultura
 

Mais procurados (19)

Fazuoli - Variedades de cafe arabica para regiao do cerrado mineiro patrocinio
Fazuoli - Variedades de cafe arabica para regiao do cerrado mineiro patrocinioFazuoli - Variedades de cafe arabica para regiao do cerrado mineiro patrocinio
Fazuoli - Variedades de cafe arabica para regiao do cerrado mineiro patrocinio
 
O Potencial dos Cultivos de Oliveiras no Brasil
O Potencial dos Cultivos de Oliveiras no BrasilO Potencial dos Cultivos de Oliveiras no Brasil
O Potencial dos Cultivos de Oliveiras no Brasil
 
Gustavo Hiroshi Sera - Seleção de progênies de café arábica com resistência à...
Gustavo Hiroshi Sera - Seleção de progênies de café arábica com resistência à...Gustavo Hiroshi Sera - Seleção de progênies de café arábica com resistência à...
Gustavo Hiroshi Sera - Seleção de progênies de café arábica com resistência à...
 
Documento 156
Documento 156Documento 156
Documento 156
 
Luiz fazuoli contribuições das cultivares bahia
Luiz fazuoli contribuições das cultivares  bahiaLuiz fazuoli contribuições das cultivares  bahia
Luiz fazuoli contribuições das cultivares bahia
 
Produção de Mandioca
Produção de MandiocaProdução de Mandioca
Produção de Mandioca
 
Ecofisiologia da cana
Ecofisiologia da canaEcofisiologia da cana
Ecofisiologia da cana
 
ABC Criação de abelhas
ABC Criação de abelhasABC Criação de abelhas
ABC Criação de abelhas
 
Intercâmbio e Quarentena de Frutíferas
Intercâmbio e Quarentena de FrutíferasIntercâmbio e Quarentena de Frutíferas
Intercâmbio e Quarentena de Frutíferas
 
Produção Uruguai - azeite Colinas de Garzón - Expoazeite 2011
Produção Uruguai -  azeite Colinas de Garzón - Expoazeite 2011Produção Uruguai -  azeite Colinas de Garzón - Expoazeite 2011
Produção Uruguai - azeite Colinas de Garzón - Expoazeite 2011
 
Uvas
UvasUvas
Uvas
 
Bt 196 final
Bt 196 finalBt 196 final
Bt 196 final
 
Mandioca
MandiocaMandioca
Mandioca
 
Aula de Cafés Especiais do CCCMG - 2016 (Professores Francisco Lentini Neto e...
Aula de Cafés Especiais do CCCMG - 2016 (Professores Francisco Lentini Neto e...Aula de Cafés Especiais do CCCMG - 2016 (Professores Francisco Lentini Neto e...
Aula de Cafés Especiais do CCCMG - 2016 (Professores Francisco Lentini Neto e...
 
Palestra - análise de solo ÊNFASE EM MORANGO E BANANEIRA
Palestra - análise de solo ÊNFASE EM MORANGO E BANANEIRAPalestra - análise de solo ÊNFASE EM MORANGO E BANANEIRA
Palestra - análise de solo ÊNFASE EM MORANGO E BANANEIRA
 
Colheita e Comercialização de Sorgo e Milheto
Colheita e Comercialização de Sorgo e MilhetoColheita e Comercialização de Sorgo e Milheto
Colheita e Comercialização de Sorgo e Milheto
 
Análise de café verde descascado
Análise de café verde descascadoAnálise de café verde descascado
Análise de café verde descascado
 
Controle alternativo de pragas e doenças nas plantas
Controle alternativo de pragas e doenças nas  plantasControle alternativo de pragas e doenças nas  plantas
Controle alternativo de pragas e doenças nas plantas
 
Manual combate broca-do-café na Região do Cerrado Mineiro
Manual combate broca-do-café na Região do Cerrado MineiroManual combate broca-do-café na Região do Cerrado Mineiro
Manual combate broca-do-café na Região do Cerrado Mineiro
 

Semelhante a PEC SAA IAC

Teresinha Salva IAC - AGROCAFÉ
Teresinha Salva IAC - AGROCAFÉTeresinha Salva IAC - AGROCAFÉ
Teresinha Salva IAC - AGROCAFÉ
Revista Cafeicultura
 
As Contribuições do Instituto AgronôMico De Campinas Para O Desenvolvimento D...
As Contribuições do Instituto AgronôMico De Campinas Para O Desenvolvimento D...As Contribuições do Instituto AgronôMico De Campinas Para O Desenvolvimento D...
As Contribuições do Instituto AgronôMico De Campinas Para O Desenvolvimento D...
Revista Cafeicultura
 
AS CONTRIBUIÇÕES DO INSTITUTO AGRONÔMICO DE CAMPINAS PARA O DESENVOLVIMENT...
AS  CONTRIBUIÇÕES  DO  INSTITUTO AGRONÔMICO DE CAMPINAS PARA O DESENVOLVIMENT...AS  CONTRIBUIÇÕES  DO  INSTITUTO AGRONÔMICO DE CAMPINAS PARA O DESENVOLVIMENT...
AS CONTRIBUIÇÕES DO INSTITUTO AGRONÔMICO DE CAMPINAS PARA O DESENVOLVIMENT...
Revista Cafeicultura
 
sistema multiplicacao_cana_com_mudas_pre_brotadas
sistema multiplicacao_cana_com_mudas_pre_brotadassistema multiplicacao_cana_com_mudas_pre_brotadas
sistema multiplicacao_cana_com_mudas_pre_brotadas
Wilson Sérgio Carvalho
 
Amendoim com menos colesterol é inovação do IAC
Amendoim com menos colesterol é inovação do IACAmendoim com menos colesterol é inovação do IAC
Amendoim com menos colesterol é inovação do IAC
Agricultura Sao Paulo
 
8 00 ConsóRcio E Cafeicutura Familiar, PoçOs De Caldas 2009.Ppt
8 00 ConsóRcio E Cafeicutura Familiar, PoçOs De Caldas 2009.Ppt8 00 ConsóRcio E Cafeicutura Familiar, PoçOs De Caldas 2009.Ppt
8 00 ConsóRcio E Cafeicutura Familiar, PoçOs De Caldas 2009.Ppt
Sergio Pereira
 
Institucional APTA
Institucional APTAInstitucional APTA
Institucional APTA
Agricultura Sao Paulo
 
Do laboratório para a panela
Do laboratório para a panelaDo laboratório para a panela
Do laboratório para a panela
Agricultura Sao Paulo
 
Cadeia produtiva do caju: diagnóstico e reflexões para o desenvolvimento
Cadeia produtiva do caju: diagnóstico e reflexões para o desenvolvimentoCadeia produtiva do caju: diagnóstico e reflexões para o desenvolvimento
Cadeia produtiva do caju: diagnóstico e reflexões para o desenvolvimento
Pedro Felizardo Adeodato de Paula Pessoa
 
Ladislau Martin
Ladislau MartinLadislau Martin
José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...
José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...
José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...
PIFOZ
 
José guilherme tollstadius leal
José guilherme tollstadius lealJosé guilherme tollstadius leal
José guilherme tollstadius leal
Boas Práticas Agrícolas
 
O cultivo da batata no Brasil
O cultivo da batata no BrasilO cultivo da batata no Brasil
O cultivo da batata no Brasil
Agricultura Sao Paulo
 
Tecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.ppt
Tecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.pptTecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.ppt
Tecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.ppt
jeffersonbarros39
 
Tecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.ppt
Tecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.pptTecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.ppt
Tecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.ppt
MichellinePoncianoSi
 
Abacaxizeiro IAC Fantástico
Abacaxizeiro IAC FantásticoAbacaxizeiro IAC Fantástico
Abacaxizeiro IAC Fantástico
Agricultura Sao Paulo
 
32489-Texto do Artigo-129487-1-10-20200327.pdf
32489-Texto do Artigo-129487-1-10-20200327.pdf32489-Texto do Artigo-129487-1-10-20200327.pdf
32489-Texto do Artigo-129487-1-10-20200327.pdf
MarcioSitoe1
 
Rosilene moura
Rosilene mouraRosilene moura
Rosilene Moura - “Histórico E Situação Atual Da Produção Integrada Da Cadeia ...
Rosilene Moura - “Histórico E Situação Atual Da Produção Integrada Da Cadeia ...Rosilene Moura - “Histórico E Situação Atual Da Produção Integrada Da Cadeia ...
Rosilene Moura - “Histórico E Situação Atual Da Produção Integrada Da Cadeia ...
PIFOZ
 
Armando Iapar - AGROCAFÉ 2010
Armando Iapar - AGROCAFÉ 2010Armando Iapar - AGROCAFÉ 2010
Armando Iapar - AGROCAFÉ 2010
Revista Cafeicultura
 

Semelhante a PEC SAA IAC (20)

Teresinha Salva IAC - AGROCAFÉ
Teresinha Salva IAC - AGROCAFÉTeresinha Salva IAC - AGROCAFÉ
Teresinha Salva IAC - AGROCAFÉ
 
As Contribuições do Instituto AgronôMico De Campinas Para O Desenvolvimento D...
As Contribuições do Instituto AgronôMico De Campinas Para O Desenvolvimento D...As Contribuições do Instituto AgronôMico De Campinas Para O Desenvolvimento D...
As Contribuições do Instituto AgronôMico De Campinas Para O Desenvolvimento D...
 
AS CONTRIBUIÇÕES DO INSTITUTO AGRONÔMICO DE CAMPINAS PARA O DESENVOLVIMENT...
AS  CONTRIBUIÇÕES  DO  INSTITUTO AGRONÔMICO DE CAMPINAS PARA O DESENVOLVIMENT...AS  CONTRIBUIÇÕES  DO  INSTITUTO AGRONÔMICO DE CAMPINAS PARA O DESENVOLVIMENT...
AS CONTRIBUIÇÕES DO INSTITUTO AGRONÔMICO DE CAMPINAS PARA O DESENVOLVIMENT...
 
sistema multiplicacao_cana_com_mudas_pre_brotadas
sistema multiplicacao_cana_com_mudas_pre_brotadassistema multiplicacao_cana_com_mudas_pre_brotadas
sistema multiplicacao_cana_com_mudas_pre_brotadas
 
Amendoim com menos colesterol é inovação do IAC
Amendoim com menos colesterol é inovação do IACAmendoim com menos colesterol é inovação do IAC
Amendoim com menos colesterol é inovação do IAC
 
8 00 ConsóRcio E Cafeicutura Familiar, PoçOs De Caldas 2009.Ppt
8 00 ConsóRcio E Cafeicutura Familiar, PoçOs De Caldas 2009.Ppt8 00 ConsóRcio E Cafeicutura Familiar, PoçOs De Caldas 2009.Ppt
8 00 ConsóRcio E Cafeicutura Familiar, PoçOs De Caldas 2009.Ppt
 
Institucional APTA
Institucional APTAInstitucional APTA
Institucional APTA
 
Do laboratório para a panela
Do laboratório para a panelaDo laboratório para a panela
Do laboratório para a panela
 
Cadeia produtiva do caju: diagnóstico e reflexões para o desenvolvimento
Cadeia produtiva do caju: diagnóstico e reflexões para o desenvolvimentoCadeia produtiva do caju: diagnóstico e reflexões para o desenvolvimento
Cadeia produtiva do caju: diagnóstico e reflexões para o desenvolvimento
 
Ladislau Martin
Ladislau MartinLadislau Martin
Ladislau Martin
 
José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...
José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...
José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...
 
José guilherme tollstadius leal
José guilherme tollstadius lealJosé guilherme tollstadius leal
José guilherme tollstadius leal
 
O cultivo da batata no Brasil
O cultivo da batata no BrasilO cultivo da batata no Brasil
O cultivo da batata no Brasil
 
Tecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.ppt
Tecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.pptTecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.ppt
Tecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.ppt
 
Tecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.ppt
Tecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.pptTecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.ppt
Tecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.ppt
 
Abacaxizeiro IAC Fantástico
Abacaxizeiro IAC FantásticoAbacaxizeiro IAC Fantástico
Abacaxizeiro IAC Fantástico
 
32489-Texto do Artigo-129487-1-10-20200327.pdf
32489-Texto do Artigo-129487-1-10-20200327.pdf32489-Texto do Artigo-129487-1-10-20200327.pdf
32489-Texto do Artigo-129487-1-10-20200327.pdf
 
Rosilene moura
Rosilene mouraRosilene moura
Rosilene moura
 
Rosilene Moura - “Histórico E Situação Atual Da Produção Integrada Da Cadeia ...
Rosilene Moura - “Histórico E Situação Atual Da Produção Integrada Da Cadeia ...Rosilene Moura - “Histórico E Situação Atual Da Produção Integrada Da Cadeia ...
Rosilene Moura - “Histórico E Situação Atual Da Produção Integrada Da Cadeia ...
 
Armando Iapar - AGROCAFÉ 2010
Armando Iapar - AGROCAFÉ 2010Armando Iapar - AGROCAFÉ 2010
Armando Iapar - AGROCAFÉ 2010
 

Mais de pecsaa

Apresentação apta regional saa sp
Apresentação apta regional saa spApresentação apta regional saa sp
Apresentação apta regional saa sp
pecsaa
 
Apresentacao secretaria Ital
Apresentacao secretaria ItalApresentacao secretaria Ital
Apresentacao secretaria Ital
pecsaa
 
Palestra ib batista
Palestra ib   batistaPalestra ib   batista
Palestra ib batista
pecsaa
 
Palestra ib
Palestra ibPalestra ib
Palestra ib
pecsaa
 
PEC - Palestra IP
PEC - Palestra IPPEC - Palestra IP
PEC - Palestra IP
pecsaa
 
Apresentação secr saa 26 05 2011
Apresentação secr saa  26 05 2011Apresentação secr saa  26 05 2011
Apresentação secr saa 26 05 2011
pecsaa
 
PEC - Ciclo de palestras 2011 - IEA
PEC - Ciclo de palestras 2011 - IEAPEC - Ciclo de palestras 2011 - IEA
PEC - Ciclo de palestras 2011 - IEA
pecsaa
 

Mais de pecsaa (7)

Apresentação apta regional saa sp
Apresentação apta regional saa spApresentação apta regional saa sp
Apresentação apta regional saa sp
 
Apresentacao secretaria Ital
Apresentacao secretaria ItalApresentacao secretaria Ital
Apresentacao secretaria Ital
 
Palestra ib batista
Palestra ib   batistaPalestra ib   batista
Palestra ib batista
 
Palestra ib
Palestra ibPalestra ib
Palestra ib
 
PEC - Palestra IP
PEC - Palestra IPPEC - Palestra IP
PEC - Palestra IP
 
Apresentação secr saa 26 05 2011
Apresentação secr saa  26 05 2011Apresentação secr saa  26 05 2011
Apresentação secr saa 26 05 2011
 
PEC - Ciclo de palestras 2011 - IEA
PEC - Ciclo de palestras 2011 - IEAPEC - Ciclo de palestras 2011 - IEA
PEC - Ciclo de palestras 2011 - IEA
 

Último

Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoedaRevolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Renan Batista Bitcoin
 
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdfVeronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Dantas
 
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdfGUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
AlfeuBuriti1
 
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMETRESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
rihabkorbi24
 
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
Paulo Emerson Pereira
 
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
InsttLcioEvangelista
 
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCCEstudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Paulo Emerson Pereira
 

Último (7)

Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoedaRevolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
 
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdfVeronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
 
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdfGUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
 
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMETRESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
 
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
 
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
 
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCCEstudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
 

PEC SAA IAC

  • 1. II Ciclo de Palestras “Conheça a SAA” Programa de Educação Corporativa- PEC Instituto Agronômico Hamilton Humberto Ramos Diretor Geral 30/06/2011
  • 2. Gerar e transferir ciência e tecnologia para o negócio agrícola, com o intuito de otimizar os sistemas de produção vegetal e o desenvolvimento sócio-econômico com qualidade ambiental. Missão do IAC
  • 3. Fundado em 1887 470 projetos em desenvolvimento Mais de 900 variedades desenvolvidas de 66 espécies agrícolas 180 pesquisadores - 80% doutores e 16% mestres 342 servidores de apoio Curso de Pós-graduação em Agricultura Tropical e Subtropical – mestrado e doutorado – 290 dissertações/teses defendidas – 84 alunos em 2011 O IAC
  • 4. INSTITUTO AGRONÔMICO Assistência Técnica Assistência de Ação Regional Curso de Pós-Graduação Centro de Administração da Pesquisa Centro de Comunicação e Transf. do Conhecimento Centro Experimental Central Comitê Editorial Centros Avançados de Pesquisa Tecnol. do Agronegócio Centros de Análise e Pesquisa Tecnol. do Agronegócio Centros de Pesquisa e Desenvolvimento *7 Unidades Laboratoriais de Referência
  • 5. Café Cana Citros Frutas Engenharia e Automação Agrícola Horticultura Grãos e Fibras Solos e Recursos Ambientais Fitossanidade Recursos Genéticos Vegetais Ecofisiologia e Biofísica (climatologia e irrigação) Centros de Pesquisa
  • 7. BB Agroenergia I Culturas Bioenergéticas Cana-de-açúcar Cultivares com elevada produtividade e concentração de sacarose Ideal para atender diferentes condições edafoclimáticas do Centro Sul do Brasil e possibilidade de colheita mecânica crua Doze variedades lançadas nos últimos anos, sendo cinco adaptadas ao cerrado Destaque para as cultivares IACSP 95-3028 colhida no início da safra (momento crítico para acúmulo de sacarose) - > é 7,5% superior que as variedades atuais
  • 8. Mandioca - Estudos avançados para uso com matéria-prima para a produção de etanol e energia térmica (queima de resíduos da colheita) Mamona – Cultivar IAC 2028 superou em 15,8% em rendimento de óleo a IAC Guarani – uma das mais plantadas no País. Por ter porte baixo viabiliza a colheita mecânica Pinhão manso -   Estudo e exploração da variabilidade genética pré-existente dentro da espécie J.curcas pela seleção e clonagem ex vitro e in vitro e geração de variabilidade genética através de hibridações entre J. curcas e outras espécies do gênero Jatropha Agroenergia Culturas Bioenergéticas
  • 9. Produtos Inovadores Cafés especiais – novos aromas e sabores Fato - 95% da plantas de café arábica em produção no Brasil são cultivares IAC Lançamento 2011 - 3 novas cultivares IAC de café tipo arábica com alta produtividade e qualidade de bebida excelente Lançamento 2011 - 2 variedades (Tupi RN IAC 1669-13 e Obatã Amarelo IAC 4739 - > resistentes a ferrugem, reduzindo em 10% a aplicação de defensivos Café descafeinado – em processo de melhoramento para aumento de produtividade
  • 10. Produtos Inovadores Grãos que atendem a nichos de mercado e a alimentação diária do brasileiro Fato - Feijão carioca – 70% dos plantios no País Feijão – IAC Formoso -> resistente às três principais doenças do feijão, reduz em 30% a aplicação de defensivos , alta produtividade aliada a estabilidade de produção, menor tempo de cozimento dos grãos e alto valor protéico , três safras anuais (leste paulista) e ideal para colheita mecânica. Cultivares de feijão lançadas em 2007 IAC Harmonia, IAC Colorido (rajado), IAC Jaraguá (mulato), IAC Galante (rosinha) e IAC Diplomata (preto) IAC Galante
  • 11. Milho - híbridos IAC 3330 e IAC 8390 melhor custo-benefício que os similares comerciais -> ideal para a safrinha (dispensa custo com proteção preventiva) Arroz – Agulhinha: IAC 203 e IAC 204 apresentam mais de 70% de rendimento em teste industrial , sendo para cultivo em terras altas e condições de sequeiro (resistente ao brusone) Aveia – IAC 8 produz 6 a 8 ton de grãos/hectare - o dobro apresentado pela IAC 7 que é muito procurada pela indústria (muita fibra solúvel e betaglucano). Variedade cultivada no PR, MG e SP Produtos Inovadores Grãos que atendem a nichos de mercado e a alimentação diária do brasileiro
  • 12. Produtos Inovadores Amendoim – IAC 503 e IAC 505 produção de grãos de maior tamanho, com maior durabilidade e alto teor de ácido graxo oleico (mais de 70%, enquanto as tradicionais não chegam a 50%) Girassol – IAC Iarama apresenta porte baixo e ciclo curto, boa uniformidade no plantio o que facilita a colheita mecânica. Destaca-se por produzir a mesma quantidade de óleo que as outras variedades, mas em tempo mais curto Algodão – IAC 24 apresenta resistência múltipla às doenças mais destrutivas que ocorrem em nosso meio. Apresenta porcentagem de fibra em nível próximo ao de algumas cultivares estrangeiras utilizadas no País
  • 13. Produtos Inovadores Culturas Hortícolas Quiabo - seis seleções desenvolvidas no IAC, sendo três delas de frutos quinados (novidade no mercado) Mandioca – de cor amarela possui maior teor de caroteno e vitamina A
  • 14. Floricultura Antúrio - três novas cultivares de Antúrio - ‘Júpiter’- IAC 17237, ‘Netuno’ - IAC 16770 e ‘Rubi’- IAC 14019, mais resistentes que aquelas já existentes; portanto, com menor exigência de defensivos e adubo IAC Astral
  • 15. Produtos Inovadores Seringueira Fato: São Paulo é o maior produtor de borracha natural do País graças ás pesquisas do IAC Registradas 22 cultivares IAC de seringueiras no RNC/MAPA Todas com vigor e potencial de produção de borracha superiores aos mais plantados no Estado de São Paulo .
  • 16. Produtos Inovadores Fruticultura “ Tropicalização” da fruticultura – cultivo dos chamados frutos de caroço (pêssego e nectarina) em regiões de clima quente Pêssego IAC Douradão Nêspera IAC Néctar de Cristal Nectarina IAC Aurojima Ameixa IAC Gema de Ouro
  • 17. Uva – caracterização da coleção com mais de 360 variedades de uvas para vinho e derivados e uvas de mesa Abacaxi – lançamento do IAC Fantástico -> resistente a fusariose, sabor doce e com poucos espinhos na coroa (facilidade para colheita) Produtos Inovadores Fruticultura
  • 18. Produtos Inovadores Citricultura Citros sem sementes - parceria IAC/CENA - USP resultam em laranja sem semente, por meio do uso de radiação Técnica está sendo também aplicada em tangerinas Laranjas transgênicas resistentes às pragas dos citros Laranja vermelha (rica em licopeno)
  • 19. Óleo de café Óleo de cítricos Óleo de plantas medicinais, aromáticas e condimentares Óleo para indústria cosmética Produtos Inovadores Óleos Fixos e Essenciais
  • 20. Produção Sustentável Sistemas de produção visando maior produtividade e renda para o produtor Eficiência do uso e preservação de recursos naturais na agricultura (solo, água e biodiversidade)   Pacotes tecnológicos adequados as diferentes regiões de SP e Brasil Alternativas tecnológicas para pequenas propriedades
  • 21. Área de Bioenergia (FAPES – BIOEN e Microsoft) Área de Genômica (INCT – Citros) Modernização de infra-estrutura - FINEP e FAPESP Pacotes tecnológicos envolvendo a Cadeia do Café Consórcio Nacional de Pesquisa Auxílios a projetos de pesquisa em todas as áreas de atuação do IAC: CAPES, FINEP, CNPq, FAPESP e Iniciativa Privada Conquistas e Avanços
  • 22.   Ações Contínuas de Interesse da Sociedade CIIAGRO INFOSECA Quarentenário Herbário Programa “Aplique Bem” Quepia
  • 23. Ações Contínuas de Interesse da Sociedade Rede de Laboratórios de Análise de Solos (Programa de Qualidade) Laboratórios de Referência (Clinica Fitopatológica de Citros, EPI, Solos)
  • 24. Formação de recursos humanos (Pós Graduação, estágios e cursos de capacitação) Publicações IAC (revistas técnicas e científicas, boletins técnicos, livros, informativos) Dias de Campo e eventos técnicos: 72 eventos (público de 19.500 pessoas em 2010) Serviço Fale conosco: 120 atendimentos técnicos mensais Divulgação na mídia: 729 inserções na imprensa em 2010 Produção e transferência de borbulhas, mudas e sementes melhoradas Transferência de Tecnologia
  • 25. Bancos de Germoplasma IAC 1) Algodão (IAC-AL) 2) Amendoim (IAC-AMEN) 3) Arroz (IAC-ARROZ) 4) Batata (IAC-BA) 5) Cacau (IAC-CACAU) 6) Café (IAC-CAFÉ) 7) Cana-de-açúcar (IAC-CANA) 8) Caqui (IAC-CAQUI) 9) Cereais de Inverno (IAC-CEDIV) 10) Citros (IAC-CITROS) 11) Cucurbitáceas (IAC-CUCURBITA) 12) Feijão (IAC-FEIJÃO) 13) Fibrosas Diversas (IAC-FID) 14) Frutas Pomoídeas (IAC-POMO) 15) Fungos Micorrízicos (IAC-FUMI) 16) Herbáceas Ornamentais (IAC-HEO) 17) Leguminosas Diversas (IAC-LEG) 18) Mamona (IAC-MAM) 19) Mandioca (IAC-MAND) 20) Maracujá (IAC-MAR) 21) Milho (IAC-MILHO) 22) Milho-Pipoca e Sorgo (IAC-MIPSG) 23) Nozes e Castanhas (IAC-NOZ) 24) Palmitos e Pupunha (IAC-PUPALM) 25) Plantas Aromáticas e Medicinais (IAC-MED) 26) Frutíferas Prunoídeas (IAC-PRU) 27) Quiabo e Morango (IAC-QUIM) 28) Rhizobium e Rhizobactérias (IAC-RHIZ) 29) Seringueira (IAC-SER) 30) Soja (IAC-SOJA) 31) Grão de Bico (IAC-GRABI) 32) Solanáceas (IAC-SOLAN) 33) Uva (IAC-VIT) 34) Zingiberales (IAC-ZING) 35) Coleção Entomológica (IAC-C) 36) Abacate e Manga (IAC-ABAMA) 37) Abacaxi (IAC-AXI) 38) Anonáceas, Banana e Goiaba (IAC-NONA) 39) Árvores e Arbustos (IAC-ARV) 40) Palmeiras Ornamentais (IAC-ORNPALM) 41) Herbário IAC (IAC-HERBÁRIO) 42) Herbário Micológico (IAC-M) 43) Hortaliças diversas (IAC-HOD) 44) Cebola (IAC-CEB) 45) Adzuki e Mungo (IAC-ADMUN) 46) Bambu ( IAC-BAMBU) 47) Girassol e Gergelim ( IAC-GIRGE) 48) Tuberosas diversas ( IAC-TUBER)
  • 26.  
  • 27.