SlideShare uma empresa Scribd logo
Reprodução Humana




Trabalho realizado por : Ana Luísa Ladeira dos Santos

Ano: 6º

Turma: E

Numero: 3
Índice
Índice……………………………………………………………….pág.2
Introdução ……………………………………………………….pág.3
Saúde da grávida……………………………………………...pág.4
Desenvolvimento da sexualidade……………………..pág.6
Transformações das raparigas………………………….pág.7
Transformações dos rapazes……………………………pág.8
Conclusão ………………………………………………....pág.9/10
Bibliografia………………………………………………….pág.11
Introdução
O objetivo deste trabalho é falar sobre os seguintes
temas:
- Saúde da grávida, os cuidados que uma mulher grávida
deve ter até à preparação para o parto, e
- Desenvolvimento da sexualidade que aborda as
transformações que ocorrem no corpo humano a níveis
físicos e psicológicos, durante a adolescência.
A saúde da grávida
Uma grávida, para que o bebe nasça saudável, necessita
de ter os seguintes cuidados:
  •   Deve ir, periodicamente, às consultas médicas e
      realizar ecografias para o médico vigiar a saúde da
      mãe e a saúde do feto.
  •   Deve fazer uma alimentação equilibrada e variada
      rica em fósforo e cálcio, evitando comer doces e
      gorduras.
  •   Deve ter cuidados especiais de higiene. É
      recomendado tomar duche com regularidade. A
      seguir ao banho é aconselhável que aplique um
      creme hidratante ou óleo de amêndoas doces no
      corpo, em especial na zona abdominal.
  •   Deve consultar o dentista. A saúde oral é muito
      importante durante a gravidez, para evitar


      inflamações e infecções.
•   As mulheres grávidas devem praticar exercício




                                      físico adequado para
      ajudar a fortalecer os músculos. Caminhar é um
      ótimo exercício na gravidez. Devem aproveitar para
      passear ao ar livre, numa zona verde ou com ar puro.
      A atividade física melhora a circulação sanguínea e
      diminui alguns incómodos da gravidez, como a
      prisão de ventre e a fadiga. Ajuda a diminuir o stress
      e as tensões físicas e emocionais, dando vantagem
      no trabalho do parto.
Uma grávida deve realizar antes do parto uma vida
normal, mas mais calma e repousada, com descanso e
horas de sono adequadas.
Desenvolvimento da
            sexualidade
O desenvolvimento da sexualidade resume-se numa só
palavra “puberdade”. A puberdade é um conjunto de
transformações que ocorrem no organismo a níveis
físicos e psicológicos. A puberdade inicia-se entre os 9 e
os 15 anos de idade. Nesta altura, as raparigas e os
rapazes são surpreendidos com as alterações que
começam a acontecer em todo o corpo. Na puberdade,
uma pequena glândula situada na base do cérebro,
chamada pituitária ou hipófise, liberta substâncias
químicas na corrente sanguínea, chamadas hormonas. O
estrogénio e a testosterona (hormonas químicas
existentes nas mulheres e nos homens), ambas iniciam
funções na puberdade. Estas substâncias chegam às
glândulas sexuais (ovários, nas raparigas; testículos, nos
rapazes) e fazem-nas começar a funcionar.
As transformações nas
            raparigas

Nas raparigas vão aparecer as seguintes alterações:
  •   Desenvolvimento das glândulas mamárias (seios);

  • Aparecimento de pelos na região publica e nas
    axilas;

  • Rápido e curto crescimento corporal
  •   Surgimento de acne em função de mudanças
      hormonais

  • Crescimento da região da cintura

  • Surgimento da menstruação
As transformações nos
             rapazes

Nos rapazes vão aparecer as seguintes alterações:
  •   Cresce-lhes pelos na cara.
  •   O pénis aumenta de tamanho.
  •   Ganham peso e altura.
  •   A voz esganiça-se ao ficar mais grossa.
  •   Crescem-lhes pelos por todo o corpo, sobretudo na
      púbis e nas axilas.

  • Suam mais que as raparigas.
• Os ombros e o peito alargam.

• Os cabelos e a pele ficam mais oleosos.

• O pénis solta esperma.

• Os pés e as mãos ficam maiores.




              Conclusão
             A saúde da gravida




                   Conclui ao fazer este trabalho que a
grávida não deve fumar, beber bebidas alcoólicas ou
viver sob stress durante o período em que tem outra
vida dentro de si.
Boa alimentação, exercício físico, cuidados com a
saúde e atividades que levem a grávida e o seu bebé a
sentirem-se bem, faz parte de uma atitude positiva.
Afinal, é possível manter a beleza quando estamos em
harmonia e o objetivo final deste período é trazer
bebés saudáveis ao mundo, não é verdade?




Conclusão
      O desenvolvimento da
           sexualidade
As alterações fisiológicas não acontecem a todos os
rapazes e a todas as raparigas ao mesmo tempo. Cada
pessoa tem o seu próprio ritmo e não podemos fazer
nada para acelerar ou atrasar a puberdade.
Contudo, fiquei a saber que a puberdade começa
geralmente por volta dos 9 – 15 anos e está completa
quando termina o processo de desenvolvimento da
capacidade reprodutiva, por volta dos 18 - 19 anos. Neste
tema pude concluir que, todas as pessoas são diferentes,
umas das outras, mas todas passam pelas mesmas fases.




                       Bibliografia
Imagens
http://www.google.ch/search?tbm=isch&hl=pt-
PT&source=hp&biw=1280&bih=929&q=reprodu
%C3%A7%C3%A3o+humana&gbv=2&oq=reprodu%C3%A7ao&aq=1&aqi=g7g-
S3&aql=&gs_sm=3&gs_upl=4805l9286l0l13430l10l10l0l2l2l0l129l639l7.1l8l0&gs_l=img
.3.1.0l7j0i24l3.4805l9286l0l13430l10l10l0l2l2l0l129l639l7j1l8l0.frgbld.

https://www.google.com/search?tbm=isch&hl=pt-
PT&source=hp&biw=1680&bih=955&q=reprodu
%C3%A7%C3%A3o+humana+e+crescimento&gbv=2&oq=repr&aq=6&aqi=g10&aql=&g
s_sm=3&gs_upl=1139l18621l0l25389l4l4l0l0l0l0l296l785l0.2.2l4l0&gs_l=img.3.6.0l10.1
139l18621l0l25389l4l4l0l0l0l0l296l785l0j2j2l4l0.llsin.#hl=pt-
PT&gbv=2&tbm=isch&sa=1&q=saude+da+gravida&oq=saude+da+gravida&aq=f&aqi=g
-
S1&aql=&gs_sm=3&gs_upl=16552l17045l8l17484l2l2l0l0l0l0l108l213l0.2l2l0&gs_l=img
.3..0i24.16552l17045l8l17484l2l2l0l0l0l0l108l213l0j2l2l0.llsin.&bav=on.2,or.r_gc.r_pw.
r_cp.r_qf.,cf.osb&fp=7c7b284ba9e80b92&biw=1680&bih=955

Informação
DELMEGE, SARA, 2011. Só para Raparigas, Parragon, UK

http://www.suapesquisa.com/o_que_e/puberdade.htm

https://www.google.com/search?um=1&hl=pt-
PT&q=sexualidade&bav=on.2,or.r_gc.r_pw.r_cp.r_qf.,cf.osb&biw=1680&bih=955&wra
pid=tlif133270453955121&ie=UTF-8&sa=N&tab=iw&ei=G3VvT_nkLIjT0QX057mNAg#hl
=pt-PT&sclient=psy-
ab&q=wikipedia+sexualidade&oq=wikipedia+sexualidade&aq=f&aqi=&aql=&gs_l=serp
.3...7449l11504l3l12751l12l12l0l0l0l0l245l1765l0j9j2l12l0.llsin.&pbx=1&bav=on.2,or.r_
gc.r_pw.r_cp.r_qf.,cf.osb&fp=a3cddd10badeacef&biw=1680&bih=955

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A puberdade - Enfa. Helena Pinto
A puberdade - Enfa. Helena PintoA puberdade - Enfa. Helena Pinto
A puberdade - Enfa. Helena Pinto
jmabp4
 
Power point sobre gravidez trabalho com o andré
Power point sobre gravidez trabalho com o andréPower point sobre gravidez trabalho com o andré
Power point sobre gravidez trabalho com o andré
5eeugeiocastro
 
E-book EuSaúde - Gestante
E-book EuSaúde - GestanteE-book EuSaúde - Gestante
E-book EuSaúde - Gestante
EuSaúde
 
Apostila curso-de-gestantes
Apostila curso-de-gestantesApostila curso-de-gestantes
Apostila curso-de-gestantes
Márcia Blein
 
Exercicio na gravidez...
Exercicio na gravidez...Exercicio na gravidez...
Exercicio na gravidez...
Ineidjee Costa
 
Folder - Gestação: cuidados do corpo e da mente
Folder - Gestação: cuidados do corpo e da menteFolder - Gestação: cuidados do corpo e da mente
Folder - Gestação: cuidados do corpo e da mente
Camila Esteves
 
Como aumentar os seios naturalmente 3 super dicas
Como aumentar os seios naturalmente   3 super dicasComo aumentar os seios naturalmente   3 super dicas
Como aumentar os seios naturalmente 3 super dicas
Juliana Guima Guima
 
Bebês de risco nutrição
Bebês de risco nutriçãoBebês de risco nutrição
Bebês de risco nutrição
rafaelno
 
Gravidez
GravidezGravidez
Gravidez
adrianasc
 
Desenvolvimento prénatal
Desenvolvimento prénatalDesenvolvimento prénatal
Desenvolvimento prénatal
psicologiaazambuja
 
Puberdade
PuberdadePuberdade
Puberdade
eversonluz
 
Descobrir a Educação Sexual
Descobrir a Educação SexualDescobrir a Educação Sexual
Descobrir a Educação Sexual
Educação para a Saúde
 
De mãe para mãe 2a. ed.: Por uma maternagem empoderada!
De mãe para mãe 2a. ed.: Por uma maternagem empoderada!De mãe para mãe 2a. ed.: Por uma maternagem empoderada!
De mãe para mãe 2a. ed.: Por uma maternagem empoderada!
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Dismenorreia
DismenorreiaDismenorreia
Dismenorreia
Malo Clinic - Ginemed
 
Atividade na gestação
Atividade na gestaçãoAtividade na gestação
Atividade na gestação
Ana Castro
 
A agenda da_gravidez
A agenda da_gravidezA agenda da_gravidez
A agenda da_gravidez
Glaucia
 
Primeiro trimestre de gestação
Primeiro trimestre de gestação  Primeiro trimestre de gestação
Primeiro trimestre de gestação
MayuYamadaa
 
Sinais de Gravidez - Profº Neivaldo Lúcio
Sinais de Gravidez - Profº Neivaldo LúcioSinais de Gravidez - Profº Neivaldo Lúcio
Sinais de Gravidez - Profº Neivaldo Lúcio
neivaldolucio
 
Puberdade e Adolescência
Puberdade e AdolescênciaPuberdade e Adolescência
Puberdade e Adolescência
lucikd
 

Mais procurados (19)

A puberdade - Enfa. Helena Pinto
A puberdade - Enfa. Helena PintoA puberdade - Enfa. Helena Pinto
A puberdade - Enfa. Helena Pinto
 
Power point sobre gravidez trabalho com o andré
Power point sobre gravidez trabalho com o andréPower point sobre gravidez trabalho com o andré
Power point sobre gravidez trabalho com o andré
 
E-book EuSaúde - Gestante
E-book EuSaúde - GestanteE-book EuSaúde - Gestante
E-book EuSaúde - Gestante
 
Apostila curso-de-gestantes
Apostila curso-de-gestantesApostila curso-de-gestantes
Apostila curso-de-gestantes
 
Exercicio na gravidez...
Exercicio na gravidez...Exercicio na gravidez...
Exercicio na gravidez...
 
Folder - Gestação: cuidados do corpo e da mente
Folder - Gestação: cuidados do corpo e da menteFolder - Gestação: cuidados do corpo e da mente
Folder - Gestação: cuidados do corpo e da mente
 
Como aumentar os seios naturalmente 3 super dicas
Como aumentar os seios naturalmente   3 super dicasComo aumentar os seios naturalmente   3 super dicas
Como aumentar os seios naturalmente 3 super dicas
 
Bebês de risco nutrição
Bebês de risco nutriçãoBebês de risco nutrição
Bebês de risco nutrição
 
Gravidez
GravidezGravidez
Gravidez
 
Desenvolvimento prénatal
Desenvolvimento prénatalDesenvolvimento prénatal
Desenvolvimento prénatal
 
Puberdade
PuberdadePuberdade
Puberdade
 
Descobrir a Educação Sexual
Descobrir a Educação SexualDescobrir a Educação Sexual
Descobrir a Educação Sexual
 
De mãe para mãe 2a. ed.: Por uma maternagem empoderada!
De mãe para mãe 2a. ed.: Por uma maternagem empoderada!De mãe para mãe 2a. ed.: Por uma maternagem empoderada!
De mãe para mãe 2a. ed.: Por uma maternagem empoderada!
 
Dismenorreia
DismenorreiaDismenorreia
Dismenorreia
 
Atividade na gestação
Atividade na gestaçãoAtividade na gestação
Atividade na gestação
 
A agenda da_gravidez
A agenda da_gravidezA agenda da_gravidez
A agenda da_gravidez
 
Primeiro trimestre de gestação
Primeiro trimestre de gestação  Primeiro trimestre de gestação
Primeiro trimestre de gestação
 
Sinais de Gravidez - Profº Neivaldo Lúcio
Sinais de Gravidez - Profº Neivaldo LúcioSinais de Gravidez - Profº Neivaldo Lúcio
Sinais de Gravidez - Profº Neivaldo Lúcio
 
Puberdade e Adolescência
Puberdade e AdolescênciaPuberdade e Adolescência
Puberdade e Adolescência
 

Destaque

Origem da vida
Origem da vidaOrigem da vida
Origem da vida
Marta Durão Nunes
 
Reprodução 2013
Reprodução  2013Reprodução  2013
Reprodução 2013
Simone Maia
 
1EM #25 Anatomia genital
1EM #25 Anatomia genital1EM #25 Anatomia genital
1EM #25 Anatomia genital
Professô Kyoshi
 
A1 origem-organização-celular
A1 origem-organização-celularA1 origem-organização-celular
A1 origem-organização-celular
Simone Costa
 
Questionário de crescimento da célula
Questionário de crescimento da célulaQuestionário de crescimento da célula
Questionário de crescimento da célula
Anderson Menger
 
Aula sobre sistema reprodutor feminino e masculino
Aula sobre   sistema reprodutor feminino e masculinoAula sobre   sistema reprodutor feminino e masculino
Aula sobre sistema reprodutor feminino e masculino
Marcionedes De Souza
 
Aparelho Reprodutor Masculino e Feminino
Aparelho Reprodutor Masculino e FemininoAparelho Reprodutor Masculino e Feminino
Aparelho Reprodutor Masculino e Feminino
Mariana Dziekanski
 
O sistema reprodutor Masculino e Feminino
O sistema reprodutor Masculino e FemininoO sistema reprodutor Masculino e Feminino
O sistema reprodutor Masculino e Feminino
Andreane Motta
 

Destaque (8)

Origem da vida
Origem da vidaOrigem da vida
Origem da vida
 
Reprodução 2013
Reprodução  2013Reprodução  2013
Reprodução 2013
 
1EM #25 Anatomia genital
1EM #25 Anatomia genital1EM #25 Anatomia genital
1EM #25 Anatomia genital
 
A1 origem-organização-celular
A1 origem-organização-celularA1 origem-organização-celular
A1 origem-organização-celular
 
Questionário de crescimento da célula
Questionário de crescimento da célulaQuestionário de crescimento da célula
Questionário de crescimento da célula
 
Aula sobre sistema reprodutor feminino e masculino
Aula sobre   sistema reprodutor feminino e masculinoAula sobre   sistema reprodutor feminino e masculino
Aula sobre sistema reprodutor feminino e masculino
 
Aparelho Reprodutor Masculino e Feminino
Aparelho Reprodutor Masculino e FemininoAparelho Reprodutor Masculino e Feminino
Aparelho Reprodutor Masculino e Feminino
 
O sistema reprodutor Masculino e Feminino
O sistema reprodutor Masculino e FemininoO sistema reprodutor Masculino e Feminino
O sistema reprodutor Masculino e Feminino
 

Semelhante a O sistema reprodutor

Educação sexual
Educação sexualEducação sexual
Educação sexual
nandavcs
 
Educação sexual - Puberdade
Educação sexual - Puberdade Educação sexual - Puberdade
Educação sexual - Puberdade
nandavcs
 
Educaosexual 120914163120-phpapp01
Educaosexual 120914163120-phpapp01Educaosexual 120914163120-phpapp01
Educaosexual 120914163120-phpapp01
Jhenne Ferreira
 
01 gestação, amamentação e o recém nascido
01 gestação, amamentação e o recém nascido01 gestação, amamentação e o recém nascido
01 gestação, amamentação e o recém nascido
Praxis Educativa
 
Manualdeorientaoasadedamulher 120613120854-phpapp02
Manualdeorientaoasadedamulher 120613120854-phpapp02Manualdeorientaoasadedamulher 120613120854-phpapp02
Manualdeorientaoasadedamulher 120613120854-phpapp02
Jaqueline Freire
 
Manualdeorientaoasadedamulher 120613120854-phpapp02
Manualdeorientaoasadedamulher 120613120854-phpapp02Manualdeorientaoasadedamulher 120613120854-phpapp02
Manualdeorientaoasadedamulher 120613120854-phpapp02
Jaqueline Freire
 
Ciclo menstrual
Ciclo menstrualCiclo menstrual
Ciclo menstrual
tocha_turma9a
 
CARE - Programa para gestantes
CARE - Programa para gestantesCARE - Programa para gestantes
CARE - Programa para gestantes
ericamacedo
 
Manual da Gestante
Manual da GestanteManual da Gestante
Manual da Gestante
Dr. Benevenuto
 
Reprodução humana e crescimento ppt
Reprodução humana e crescimento pptReprodução humana e crescimento ppt
Reprodução humana e crescimento ppt
5feugeniocastro
 
Loucos e lindos meses
Loucos e lindos mesesLoucos e lindos meses
Loucos e lindos meses
euu3
 
Loucos e lindos meses
Loucos e lindos mesesLoucos e lindos meses
Loucos e lindos meses
figueiredo5
 
Loucos e lindos meses
Loucos e lindos mesesLoucos e lindos meses
Loucos e lindos meses
figueiredo5
 
Word 9 d_6
Word 9 d_6Word 9 d_6
Word 9 d_6
pedrofranciscotic
 
Gravidez
GravidezGravidez
Gravidez
adrianasc
 
51ed9496 8a30-41b4-a858-14ffac14daa0
51ed9496 8a30-41b4-a858-14ffac14daa051ed9496 8a30-41b4-a858-14ffac14daa0
51ed9496 8a30-41b4-a858-14ffac14daa0
nelizamar
 
Saúde da Mulher 3
Saúde da Mulher 3Saúde da Mulher 3
Saúde da Mulher 3
RaphaellaMed1
 
Relação Interpessoal no Centro Cirúrgico: Qual a Importância Para o Bem-Estar...
Relação Interpessoal no Centro Cirúrgico: Qual a Importância Para o Bem-Estar...Relação Interpessoal no Centro Cirúrgico: Qual a Importância Para o Bem-Estar...
Relação Interpessoal no Centro Cirúrgico: Qual a Importância Para o Bem-Estar...
Anestesiador
 
Abordagens Obstétricas
Abordagens ObstétricasAbordagens Obstétricas
Abordagens Obstétricas
Laiz Cristina
 
Guia para Mamães e Bebês
Guia para Mamães e BebêsGuia para Mamães e Bebês
Guia para Mamães e Bebês
Jefferson Oliveira
 

Semelhante a O sistema reprodutor (20)

Educação sexual
Educação sexualEducação sexual
Educação sexual
 
Educação sexual - Puberdade
Educação sexual - Puberdade Educação sexual - Puberdade
Educação sexual - Puberdade
 
Educaosexual 120914163120-phpapp01
Educaosexual 120914163120-phpapp01Educaosexual 120914163120-phpapp01
Educaosexual 120914163120-phpapp01
 
01 gestação, amamentação e o recém nascido
01 gestação, amamentação e o recém nascido01 gestação, amamentação e o recém nascido
01 gestação, amamentação e o recém nascido
 
Manualdeorientaoasadedamulher 120613120854-phpapp02
Manualdeorientaoasadedamulher 120613120854-phpapp02Manualdeorientaoasadedamulher 120613120854-phpapp02
Manualdeorientaoasadedamulher 120613120854-phpapp02
 
Manualdeorientaoasadedamulher 120613120854-phpapp02
Manualdeorientaoasadedamulher 120613120854-phpapp02Manualdeorientaoasadedamulher 120613120854-phpapp02
Manualdeorientaoasadedamulher 120613120854-phpapp02
 
Ciclo menstrual
Ciclo menstrualCiclo menstrual
Ciclo menstrual
 
CARE - Programa para gestantes
CARE - Programa para gestantesCARE - Programa para gestantes
CARE - Programa para gestantes
 
Manual da Gestante
Manual da GestanteManual da Gestante
Manual da Gestante
 
Reprodução humana e crescimento ppt
Reprodução humana e crescimento pptReprodução humana e crescimento ppt
Reprodução humana e crescimento ppt
 
Loucos e lindos meses
Loucos e lindos mesesLoucos e lindos meses
Loucos e lindos meses
 
Loucos e lindos meses
Loucos e lindos mesesLoucos e lindos meses
Loucos e lindos meses
 
Loucos e lindos meses
Loucos e lindos mesesLoucos e lindos meses
Loucos e lindos meses
 
Word 9 d_6
Word 9 d_6Word 9 d_6
Word 9 d_6
 
Gravidez
GravidezGravidez
Gravidez
 
51ed9496 8a30-41b4-a858-14ffac14daa0
51ed9496 8a30-41b4-a858-14ffac14daa051ed9496 8a30-41b4-a858-14ffac14daa0
51ed9496 8a30-41b4-a858-14ffac14daa0
 
Saúde da Mulher 3
Saúde da Mulher 3Saúde da Mulher 3
Saúde da Mulher 3
 
Relação Interpessoal no Centro Cirúrgico: Qual a Importância Para o Bem-Estar...
Relação Interpessoal no Centro Cirúrgico: Qual a Importância Para o Bem-Estar...Relação Interpessoal no Centro Cirúrgico: Qual a Importância Para o Bem-Estar...
Relação Interpessoal no Centro Cirúrgico: Qual a Importância Para o Bem-Estar...
 
Abordagens Obstétricas
Abordagens ObstétricasAbordagens Obstétricas
Abordagens Obstétricas
 
Guia para Mamães e Bebês
Guia para Mamães e BebêsGuia para Mamães e Bebês
Guia para Mamães e Bebês
 

Mais de 5eeugeiocastro

A sida
A sidaA sida
Da fecundação ao nascimento(1)
Da fecundação ao nascimento(1)Da fecundação ao nascimento(1)
Da fecundação ao nascimento(1)
5eeugeiocastro
 
Reprodução humana e crescimento
Reprodução humana e crescimentoReprodução humana e crescimento
Reprodução humana e crescimento
5eeugeiocastro
 
Da fecundação ao nascimento
Da fecundação ao nascimentoDa fecundação ao nascimento
Da fecundação ao nascimento
5eeugeiocastro
 
Da fecundação ao nascimento
Da fecundação ao nascimentoDa fecundação ao nascimento
Da fecundação ao nascimento
5eeugeiocastro
 
Pp rhc
Pp rhcPp rhc
Da fecundação ao nascimento
Da fecundação ao nascimentoDa fecundação ao nascimento
Da fecundação ao nascimento
5eeugeiocastro
 
Da fecundação ao nascimento
Da fecundação ao nascimentoDa fecundação ao nascimento
Da fecundação ao nascimento
5eeugeiocastro
 
A arte de evacuar
A arte de evacuarA arte de evacuar
A arte de evacuar
5eeugeiocastro
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
5eeugeiocastro
 
Obesidade trabalho da sofia s e da beatriz z (2)
Obesidade trabalho da sofia s e da beatriz z (2)Obesidade trabalho da sofia s e da beatriz z (2)
Obesidade trabalho da sofia s e da beatriz z (2)
5eeugeiocastro
 
A obesidade
A obesidadeA obesidade
A obesidade
5eeugeiocastro
 
Obesidade e subnutrição1
Obesidade e subnutrição1Obesidade e subnutrição1
Obesidade e subnutrição1
5eeugeiocastro
 
Obesidade e subnutrição
Obesidade e subnutriçãoObesidade e subnutrição
Obesidade e subnutrição
5eeugeiocastro
 
Obesidade e subnutrição
Obesidade e subnutriçãoObesidade e subnutrição
Obesidade e subnutrição
5eeugeiocastro
 
Apresentação6
Apresentação6Apresentação6
Apresentação6
5eeugeiocastro
 
Obesidade
ObesidadeObesidade
Obesidade
5eeugeiocastro
 
Obesidade
ObesidadeObesidade
Obesidade
5eeugeiocastro
 
Obesidade e subnutriçao
Obesidade e subnutriçaoObesidade e subnutriçao
Obesidade e subnutriçao
5eeugeiocastro
 
Obesidade
ObesidadeObesidade
Obesidade
5eeugeiocastro
 

Mais de 5eeugeiocastro (20)

A sida
A sidaA sida
A sida
 
Da fecundação ao nascimento(1)
Da fecundação ao nascimento(1)Da fecundação ao nascimento(1)
Da fecundação ao nascimento(1)
 
Reprodução humana e crescimento
Reprodução humana e crescimentoReprodução humana e crescimento
Reprodução humana e crescimento
 
Da fecundação ao nascimento
Da fecundação ao nascimentoDa fecundação ao nascimento
Da fecundação ao nascimento
 
Da fecundação ao nascimento
Da fecundação ao nascimentoDa fecundação ao nascimento
Da fecundação ao nascimento
 
Pp rhc
Pp rhcPp rhc
Pp rhc
 
Da fecundação ao nascimento
Da fecundação ao nascimentoDa fecundação ao nascimento
Da fecundação ao nascimento
 
Da fecundação ao nascimento
Da fecundação ao nascimentoDa fecundação ao nascimento
Da fecundação ao nascimento
 
A arte de evacuar
A arte de evacuarA arte de evacuar
A arte de evacuar
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Obesidade trabalho da sofia s e da beatriz z (2)
Obesidade trabalho da sofia s e da beatriz z (2)Obesidade trabalho da sofia s e da beatriz z (2)
Obesidade trabalho da sofia s e da beatriz z (2)
 
A obesidade
A obesidadeA obesidade
A obesidade
 
Obesidade e subnutrição1
Obesidade e subnutrição1Obesidade e subnutrição1
Obesidade e subnutrição1
 
Obesidade e subnutrição
Obesidade e subnutriçãoObesidade e subnutrição
Obesidade e subnutrição
 
Obesidade e subnutrição
Obesidade e subnutriçãoObesidade e subnutrição
Obesidade e subnutrição
 
Apresentação6
Apresentação6Apresentação6
Apresentação6
 
Obesidade
ObesidadeObesidade
Obesidade
 
Obesidade
ObesidadeObesidade
Obesidade
 
Obesidade e subnutriçao
Obesidade e subnutriçaoObesidade e subnutriçao
Obesidade e subnutriçao
 
Obesidade
ObesidadeObesidade
Obesidade
 

O sistema reprodutor

  • 1. Reprodução Humana Trabalho realizado por : Ana Luísa Ladeira dos Santos Ano: 6º Turma: E Numero: 3
  • 2. Índice Índice……………………………………………………………….pág.2 Introdução ……………………………………………………….pág.3 Saúde da grávida……………………………………………...pág.4 Desenvolvimento da sexualidade……………………..pág.6 Transformações das raparigas………………………….pág.7 Transformações dos rapazes……………………………pág.8 Conclusão ………………………………………………....pág.9/10 Bibliografia………………………………………………….pág.11
  • 3. Introdução O objetivo deste trabalho é falar sobre os seguintes temas: - Saúde da grávida, os cuidados que uma mulher grávida deve ter até à preparação para o parto, e - Desenvolvimento da sexualidade que aborda as transformações que ocorrem no corpo humano a níveis físicos e psicológicos, durante a adolescência.
  • 4. A saúde da grávida Uma grávida, para que o bebe nasça saudável, necessita de ter os seguintes cuidados: • Deve ir, periodicamente, às consultas médicas e realizar ecografias para o médico vigiar a saúde da mãe e a saúde do feto. • Deve fazer uma alimentação equilibrada e variada rica em fósforo e cálcio, evitando comer doces e gorduras. • Deve ter cuidados especiais de higiene. É recomendado tomar duche com regularidade. A seguir ao banho é aconselhável que aplique um creme hidratante ou óleo de amêndoas doces no corpo, em especial na zona abdominal. • Deve consultar o dentista. A saúde oral é muito importante durante a gravidez, para evitar inflamações e infecções.
  • 5. As mulheres grávidas devem praticar exercício físico adequado para ajudar a fortalecer os músculos. Caminhar é um ótimo exercício na gravidez. Devem aproveitar para passear ao ar livre, numa zona verde ou com ar puro. A atividade física melhora a circulação sanguínea e diminui alguns incómodos da gravidez, como a prisão de ventre e a fadiga. Ajuda a diminuir o stress e as tensões físicas e emocionais, dando vantagem no trabalho do parto. Uma grávida deve realizar antes do parto uma vida normal, mas mais calma e repousada, com descanso e horas de sono adequadas.
  • 6. Desenvolvimento da sexualidade O desenvolvimento da sexualidade resume-se numa só palavra “puberdade”. A puberdade é um conjunto de transformações que ocorrem no organismo a níveis físicos e psicológicos. A puberdade inicia-se entre os 9 e os 15 anos de idade. Nesta altura, as raparigas e os rapazes são surpreendidos com as alterações que começam a acontecer em todo o corpo. Na puberdade, uma pequena glândula situada na base do cérebro, chamada pituitária ou hipófise, liberta substâncias químicas na corrente sanguínea, chamadas hormonas. O estrogénio e a testosterona (hormonas químicas existentes nas mulheres e nos homens), ambas iniciam funções na puberdade. Estas substâncias chegam às glândulas sexuais (ovários, nas raparigas; testículos, nos rapazes) e fazem-nas começar a funcionar.
  • 7. As transformações nas raparigas Nas raparigas vão aparecer as seguintes alterações: • Desenvolvimento das glândulas mamárias (seios); • Aparecimento de pelos na região publica e nas axilas; • Rápido e curto crescimento corporal • Surgimento de acne em função de mudanças hormonais • Crescimento da região da cintura • Surgimento da menstruação
  • 8. As transformações nos rapazes Nos rapazes vão aparecer as seguintes alterações: • Cresce-lhes pelos na cara. • O pénis aumenta de tamanho. • Ganham peso e altura. • A voz esganiça-se ao ficar mais grossa. • Crescem-lhes pelos por todo o corpo, sobretudo na púbis e nas axilas. • Suam mais que as raparigas.
  • 9. • Os ombros e o peito alargam. • Os cabelos e a pele ficam mais oleosos. • O pénis solta esperma. • Os pés e as mãos ficam maiores. Conclusão A saúde da gravida Conclui ao fazer este trabalho que a grávida não deve fumar, beber bebidas alcoólicas ou viver sob stress durante o período em que tem outra vida dentro de si.
  • 10. Boa alimentação, exercício físico, cuidados com a saúde e atividades que levem a grávida e o seu bebé a sentirem-se bem, faz parte de uma atitude positiva. Afinal, é possível manter a beleza quando estamos em harmonia e o objetivo final deste período é trazer bebés saudáveis ao mundo, não é verdade? Conclusão O desenvolvimento da sexualidade
  • 11. As alterações fisiológicas não acontecem a todos os rapazes e a todas as raparigas ao mesmo tempo. Cada pessoa tem o seu próprio ritmo e não podemos fazer nada para acelerar ou atrasar a puberdade. Contudo, fiquei a saber que a puberdade começa geralmente por volta dos 9 – 15 anos e está completa quando termina o processo de desenvolvimento da capacidade reprodutiva, por volta dos 18 - 19 anos. Neste tema pude concluir que, todas as pessoas são diferentes, umas das outras, mas todas passam pelas mesmas fases. Bibliografia Imagens http://www.google.ch/search?tbm=isch&hl=pt- PT&source=hp&biw=1280&bih=929&q=reprodu %C3%A7%C3%A3o+humana&gbv=2&oq=reprodu%C3%A7ao&aq=1&aqi=g7g-
  • 12. S3&aql=&gs_sm=3&gs_upl=4805l9286l0l13430l10l10l0l2l2l0l129l639l7.1l8l0&gs_l=img .3.1.0l7j0i24l3.4805l9286l0l13430l10l10l0l2l2l0l129l639l7j1l8l0.frgbld. https://www.google.com/search?tbm=isch&hl=pt- PT&source=hp&biw=1680&bih=955&q=reprodu %C3%A7%C3%A3o+humana+e+crescimento&gbv=2&oq=repr&aq=6&aqi=g10&aql=&g s_sm=3&gs_upl=1139l18621l0l25389l4l4l0l0l0l0l296l785l0.2.2l4l0&gs_l=img.3.6.0l10.1 139l18621l0l25389l4l4l0l0l0l0l296l785l0j2j2l4l0.llsin.#hl=pt- PT&gbv=2&tbm=isch&sa=1&q=saude+da+gravida&oq=saude+da+gravida&aq=f&aqi=g - S1&aql=&gs_sm=3&gs_upl=16552l17045l8l17484l2l2l0l0l0l0l108l213l0.2l2l0&gs_l=img .3..0i24.16552l17045l8l17484l2l2l0l0l0l0l108l213l0j2l2l0.llsin.&bav=on.2,or.r_gc.r_pw. r_cp.r_qf.,cf.osb&fp=7c7b284ba9e80b92&biw=1680&bih=955 Informação DELMEGE, SARA, 2011. Só para Raparigas, Parragon, UK http://www.suapesquisa.com/o_que_e/puberdade.htm https://www.google.com/search?um=1&hl=pt- PT&q=sexualidade&bav=on.2,or.r_gc.r_pw.r_cp.r_qf.,cf.osb&biw=1680&bih=955&wra pid=tlif133270453955121&ie=UTF-8&sa=N&tab=iw&ei=G3VvT_nkLIjT0QX057mNAg#hl =pt-PT&sclient=psy- ab&q=wikipedia+sexualidade&oq=wikipedia+sexualidade&aq=f&aqi=&aql=&gs_l=serp .3...7449l11504l3l12751l12l12l0l0l0l0l245l1765l0j9j2l12l0.llsin.&pbx=1&bav=on.2,or.r_ gc.r_pw.r_cp.r_qf.,cf.osb&fp=a3cddd10badeacef&biw=1680&bih=955