SlideShare uma empresa Scribd logo
O ESPAÇO AGRÁRIOO ESPAÇO AGRÁRIO
MUNDIALMUNDIAL
J. Artur LaraJ. Artur Lara
A atividade agrícola
foi um
divisorde águas
na evolução humana ...
ORIGEM DA AGRICULTURA
 AGRICULTURA PALAVRA DO LATIM QUE SIGNIFICA “CULTIVOS DOS
CAMPOS”, SURGIU HÁ MAIS DE 10.000 ANOS ATRÁS, NA MESOPOTÂMIA.
 OS PRIMEIROS TIPOS DE GRÃOS CULTIVADOS FORAM O TRIGO,
CENTEIO E AVEIA.
 COM O PASSAR DO TEMPO, SURGIRAM NOVAS CULTURAS FRUTAS,
LEGUMES,VERDURAS ETC.
ORIGEM DA AGRICULTURA
 ALGUMAS CULTURAS PASSARAM A FAZER PARTE DA PRÓPRIA CULTURA
DA CIVILIZAÇÃO COMO O MILHO PARA A CIVILIZAÇÃO PRÉ-
COLOMBIANA, O ARROZ PARA OS ORIENTAIS, O TRIGO PARA OS
EUROPEUS.
 AS GRANDES NAVEGAÇÕES DIFUNDIRAM AINDA MAIS ALGUMAS
PLANTAS QUE SERVEM DE ALIMENTOS PARA A SOCIEDADE ATUAL.
SISTEMAS DE PRODUÇÃO DA
AGROPECUÁRIA ATUAL
 EXISTEM VÁRIOS NÍVEIS DE SISTEMA AGROPECUÁRIOS QUE VARIAM DE
UM PARA OUTRO.
 A ADOÇÃO DEPENDE DE DOIS FATORES:
1. CONDIÇÃO FÍSICO-GEOGRÁFICA (TIPO DE SOLO, CONDIÇÕES
CLIMÁTICAS,TOPOGRAFIA ETC)
2. A CULTURA E O NÍVEL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DE UMA
DADA SOCIEDADE E AS TÉCNICAS EMPREGADAS.
A IMPORTÂNCIA DA AGRICULTURA
 Fonte de alimentos – representatividade no meio rural
 Fonte de matérias-primas – suprimento para a indústria
 Mercado de commodities: centros financeiros onde se
realizam transações comerciais envolvendo commodities
 Commodities: matérias-primas agrícolas voltadas para a exportação
– chá, café, soja, minério de ferro etc.
AS PRINCIPAIS ÁREAS
AGRÍCOLAS DO MUNDO
Países subdesenvolvidos
Países desenvolvidos
MAÇÃCafé
MAÇÃ
• A produção agrícola mundial é bastante diversificada, não só
em termos de produtos agrícolas, mas também em relação à
forma de produção.
• Em países desenvolvidos, as técnicas usadas no campo são
altamente modernas, utilizando pouca mão de obra. O setor
agrícola em uma economia desenvolvida emprega menos que
10% dos trabalhadores efetivo.
• Em países subdesenvolvidos, grande parte da produção
agrícola utiliza métodos tradicionais. 
• Em muitos países subdesenvolvidos, alguns setores agrícolas já
foram modernizados - geralmente aqueles voltados à
exportação.  A tecnologia no campo causou desemprego, o
êxodo rural e um empobrecimento drástico dos
trabalhadores. 
ORIGEM DA PECUÁRIA
 Pecuária, termo de origem latina que significa “criação de gado”, é
uma atividade de fundamental importância para a humanidade. Seu
objetivo é a criação de animais para fins econômicos e para o
consumo.
 Além do consumo da carne, o homem também se beneficia de outros
alimentos fornecidos por esses animais, como, por exemplo, o leite.
Esse leite é utilizado na fabricação de queijo, manteiga, iogurte, etc. 
PECUÁRIA EXTENSIVA
PODE CHAMAR-SE DE TRADICIONAL, EM
GERAL OCUPAM MUITAS TERRAS E EMPREGAM
TÉCNICAS E FERRAMENTAS RUDIMENTARES,
UTILIZANDO MUITO O TRABALHO BRAÇAL E
OBTÉM POUCA PRODUTIVIDADE.
PECUÁRIA INTENSIVA
PODE CHAMAR-SE DE MODERNA EM GERAL
UTILIZA-SE MUITA TECNOLOGIA E
MAQUINÁRIO AVANÇADO, QUE ACARRETAM
AUMENTO DA PRODUTIVIDADE.
• A produção pecuária corresponde ao conjunto de técnicas utilizadas e destinadas à
criação e reprodução de animais domésticos com fins econômicos, esses animais são
comercializados e abastecem o mercado consumidor.
• A pecuária integra a agricultura, pois ambas são desenvolvidas em um mesmo lugar
e em determinados momentos uma atividade depende da outra, um exemplo disso
é a ração para bovinos, a produção leiteira que necessita de cana-de-açúcar e capim
cultivados e, às vezes, as fezes dos animais servem como adubos naturais no cultivo
de algumas culturas, como hortas. 
• Especialização produtiva na criação animal:
- Pecuária de corte (criação de bovinos destinados à produção de carne).
- Pecuária de lã (criação de ovinos ou caprinos que fornecem lã).
- Suinocultura (criação de porcos).
- Avicultura (criação de aves).
- Piscicultura (criação de peixes
CONDIÇÕES FÍSICO-GEOGRÁFICAS NA
ATIVIDADE AGRÍCOLA
 EMBORA AS TECNOLOGIAS TENHAM AUMENTADO POSSIBILITANDO O
PLANTIO EM REGIÕES ADVERSAS, AINDA PODEMOS MAPEAR AS
PRINCIPAIS REGIÕES AGRÍCOLAS DO PLANETA.
 O CLIMA E O SOLO INFLUENCIAM DIRETAMENTE NAS ATIVIDADES
AGRÍCOLAS
PRINCIPAISTIPOS DE SOLO PARA A
AGRICULTURA.
 TERRA ROXA – ORIGEM VULCÂNICA, FOI FUNDAMENTAL PARA O
DESENVOLVIMENTO DO CAFÉ, OCORRE NA AMÉRICA DO SUL E NA
ÁFRICA.
 MASSAPÊ – FORMADO POR DECOMPOSIÇÃO DAS ROCHAS CALCÁRIA,
GRANITO E GNAISSE, FUNDAMENTAL PARA O CULTIVO DA CANA-DE-
AÇÚCAR NO NORDESTE DO BRASIL.
PRINCIPAISTIPOS DE SOLO PARA A
AGRICULTURA.
 LOESS – FORMADO POR SEDIMENTOS TRANSPORTADO PELOS VENTOS
(EROSÃO EÓLICA), MUITO FÉRTIL NA CHINA E NO SUDESTE ASIÁTICO.
 TCHERNOZIOM – SOLO RICO EM MATÉRIA ORGÂNICA, DE
COLORAÇÃO NEGRA, MUITO NUTRIENTES, OCORRE NA PARTE
CENTRAL DA ÁSIA.
 PODZOL – FORMAÇÃO ARGILOSA DE COR CINZA, ÁCIDO, DE FÁCIL
ADUBAÇÃO, PORÇÃO LESTE DA EUROPA.
ESPAÇO AGRÁRIO DOS PAÍSES
SUBDESENVOLVIDOS.
 NOS PAÍSES SUBDESENVOLVIDOS AINDA EXISTE UMA GRANDE PARCELA
DA POPULAÇÃOVIVENDO NO CAMPO.
 AGRICULTURA DE SUBSISTÊNCIA – BASEIA-SE NA PRODUÇÃO DE
ALIMENTOS PELAS PRÓPRIAS FAMILIAS E PARA SEU PRÓPRIO SUSTENTO.
VARIANTES DA PRODUÇÃO
 AGRICULTURA ITINERANTE – BASEIA-SE NA QUEIMA DE FORMAÇÕES
VEGETAIS NATIVAS COM O OBJETIVO DE INCORPORAR NOVAS TERRAS
DE CULTIVO.
 AGRICULTURA DE JARDINAGEM – DESENVOLVE-SE PRINCIPALMENTE EM
PAÍSES DO SUL E SUDESTE ASIÁTICOS EM SOLOS INUNDÁVEIS –
MONÇÕES.
VARIANTES DA PRODUÇÃO
 Agricultura de Terraceamento – é praticada nas encostas férteis de morros e
montanhas, baseia-se no uso de curvas de nível – que reduzem a erosão e
favorece a absorção maior da água pelo solo – ásia (himalaia) américa do sul
(andes).
 Agricultura Orgânica: Os produtos orgânicos são cultivados sem o uso de
agrotóxicos, adubos químicos e outras substâncias tóxicas e sintéticas.A ideia é
evitar a contaminação dos alimentos ou do meio ambiente. O resultado desse
processo são produtos mais saudáveis, nutritivos e com mais qualidade de
produção, o que garante a saúde de sua família e a do Planeta.
SISTEMAS
AGRÍCOLAS
PLANTATION
 MONOCULTURA VOLTADA PARA EXPORTAÇÃO QUE UTILIZA MÃO DE
OBRA BARATA – PRATICADA NAS REGIÕES TROPICAIS DA AMÉRICA
LATINA, ÁFRICA E ÁSIA.
 ESTÁ DIRETAMENTE ASSOCIADA A CONCENTRAÇÃO FUNDIÁRIA –
LATIFÚNDIOS.
SISTEMA INTENSIVO
 Na agricultura intensiva, é usado em todas as etapas da produção um grande
número de insumos.
 Esse tipo de sistema agrícola é marcado pela aplicação de técnicas e tecnologias.
Faz parte da agricultura intensiva: a mecanização (tratores, colheitadeiras,
plantadeiras, implementos, etc.) aliada ao uso de insumos, que são aplicados na
preparação do solo, além de sementes selecionadas que são imunes de pragas e
adequadas ao tipo de clima, herbicidas, inseticidas, entre outros.
 Para o desenvolvimento de todas as etapas existe o acompanhamento de um
técnico Esse sistema de produção agrícola é conhecido também como
agricultura moderna ou comercial; seus produtos têm como destino a
exportação. 
SISTEMA EXTENSIVO
 Na agricultura extensiva são usados os elementos dispostos na natureza sem a
inserção de tecnologias, por isso possui uma baixa produtividade.
 A produção depende unicamente da fertilidade natural do solo; por não usar
insumos agrícolas é necessário ocupar grandes áreas de cultivo. A agricultura
extensiva é bastante difundida em diversos países da América Latina, África e
Ásia. Esse sistema agrícola é marcado especialmente pela agricultura itinerante
ou roça tropical. . 
REVOLUÇÃOVERDE
 A Revolução Verde foi uma evolução tecnológica que ocorreu no meio rural a
partir da década de 60
 Foi possível devido ao incremento tecnológico que favoreceu a produção em
grande escala.A intenção primordial no aumento de oferta de alimentos era de
combater a fome, pensava-se que se a produção de alimentos ofertasse um
grande excedente seria possível amenizar a problemática da fome
REVOLUÇÃOVERDE
 A RevoluçãoVerde consistiu no desenvolvimento biotecnológico para gerar uma
variedade maior de cereais, nesse período iniciou também a utilização de
fertilizantes para um melhor rendimento dos vegetais.
 A RevoluçãoVerde não conseguiu eliminar o problema da fome, apesar de ter
diminuído o problema em países Asiáticos.
.
REVOLUÇÃOVERDE
 AS GRANDES COORPORAÇÕES POR MEIO DE CURSOS E PALESTRAS
INCENTIVARAM O USO DE NOVAS TÉCNICAS E PRODUTOS, AO
MESMO TEMPO QUE FORNECIAM GRATUITAMENTE INSUMOS
NECESSÁRIOS PARA O PRIMEIRO CULTIVO.
REVOLUÇÃOVERDE
 A CONTINUIDADE DESSE SISTEMA DE PRODUÇÃO
REQUER UM VOLUME GRANDE DE RECURSO POR
PARTE DOS AGRICULTORES, QUE EM GERAL ERAM
POBRES, E NÃO TINHAM RECURSO PARA ADQUIRIR
INSUMOS E EQUIPAMENTOS NECESSÁRIOS.
 ALÉM DE SE TORNAREM DEPENDENTES DAS
MULTINACIONAIS OS PAÍSES SUBDESENVOLVIDOS
ASSISTIRAM AO AGRAVAMENTO DOS PROBLEMAS
SOCIOAMBIENTAIS ENTRE AS QUAIS DE DESTACAMOS:
REVOLUÇÃOVERDE
COLAPSO NA ECONOMIA DE
SUBSISTÊNCIA, QUE ACARRETOU NA
MAIOR CONCENTRAÇÃO FUNDIÁRIA.
GRANDE DEGRADAÇÃO AMBIENTAL,
RESULTANTE DO MODELO DE
UTILIZAÇÃO DAS TERRAS.
DISCUSSÕES ATUAIS
O campo também viu florescer a polêmica sobre a manipulação genética. De
um lado, seus defensores pregam que os organismos geneticamente
modificados (OGMs) pedem menos agrotóxicos - como a soja Roundup
Ready, da Monsanto - e podem resolver problemas nutricionais - como o
'arroz dourado', que produz vitamina A, cuja deficiência causa cegueira e
deixa o corpo vulnerável a infecções. Do outro lado, críticos pedem mais
precaução e colocam em xeque os critérios que atestam sua segurança para
a saúde e o meio ambiente.
ESPAÇO AGRÁRIO DOS PAÍSES RICOS
(DESENVOLVIDOS)
 QUANDO UMA REGIÃO SE INDUSTRIALIZA SUA ÁREA RURAL SE
MODERNIZA.
 EXISTE UMA MODERNIZAÇÃO NO MAQUINÁRIO (TRATORES,
COLHEITADEIRAS, SEMEADEIRAS) E OS INSUMOS AGRÍCOLAS
(ADUBOS, FERTILIZANTES, RAÇÕES, SEMENTES MELHORADAS
GENETICAMENTE, ETC)
 TAIS INSUMOS E EQUIPAMENTOS POSSIBILITAM UM AUMENTO
SIGNIFICATIVO NA PRODUTIVIDADE.
ESPAÇO AGRÁRIO DOS PAÍSES RICOS
(DESENVOLVIDOS)
 AS ATIVIDADES DO CAMPO ESTÃO RELACIONADAS AS ATIVIDADES
URBANAS.
 SURGE A AGROINDÚSTRIA – CARACTERIZADA PELA SUBORDINAÇÃO DA
AGRICULTURA À INDÚSTRIA, POIS ESSA QUE FORNECE OS INSUMOS
NECESSÁRIOS A AGROPECUÁRIA.
ESPAÇO AGRÁRIO DOS PAÍSES RICOS
(DESENVOLVIDOS)
 ATUALMENTE ESTÁ EM CURSO UMA “SEGUNDA REVOLUÇÃO VERDE”,
DECORRENTE DO DESENVOLVIMENTO DE NOVAS TECNOLOGIAS APLICADAS
AO CAMPO E AINCORPORAÇÃO DE NOVAS ÁREAS, COMO AS REGIÕES
DESÉRTICAS.
 TRANSGÊNICOS – SÃO PLANTAS QUE TIVERAM SUA COMPOSIÇÃO GENÉTICA
MODIFICADA EM LABORATÓRIO.
ESPAÇO AGRÁRIO DOS PAÍSES RICOS
(DESENVOLVIDOS)
 A UTILIZAÇÃO DE SEMENTES GENÉTICA, POSSUI ALGUMAS QUESTÕES
COMO:
 DIFICULDADE DE AQUISIÇÃO DESSAS SEMENTES;
 MONOPOLÓLIO DAS TRANSNACIONAIS QUE CONTROLAM A
BIOTECNOLOGIA;
 DENÚNCIAS QUE OS TRANSGÊNICOS FAZEM MAL À SAÚDE;
 PERDA DA DIVERSIDADE GENÉTICA;
 SUPERPRAGAS DECORRENTES DE MUTAÇÕES GENÉTICAS;
 RISCO DE POLUIÇÃO GENÉTICA (TRANSGÊNICOS + NÃO-TRANSGÊNICOS)
E.U.A - AGRICULTURA
 Os Estados Unidos detêm hoje o índice
de maior produtividade agrícola do
planeta. Apesar de empregarem apenas
3% de sua População Economicamente
Ativa nesse setor, são o maior produtor
e exportador mundial.
 Essa grande produtividade foi, em boa
parte, resultado do estreitamento na
relação entre a agricultura e a indústria,
com a consequente intensificação do
processo de mecanização do setor
agrícola.  
ESPAÇO AGRÁRIO EUROPEU
 A Europa se destaca por ser diversificada na produção agrícola, aproveitando as
técnicas adequadas e modernas em solo geralmente fértil, gerando uma elevada
produtividade. 
 Na Europa os cereais são predominates na produção agricula, como o centeio, aveia e
a cevada, importantes produtos agrícolas das áreas temperadas, dando destaque ao
trigo que é considerado o principal produto. Os países que se destacam no cultivo de
cereais é a Ucrânia, Itália, França,Alemanha e Rússia. 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

IECJ - Cap. 7 - A urbanização brasileira
IECJ - Cap. 7 - A urbanização brasileiraIECJ - Cap. 7 - A urbanização brasileira
IECJ - Cap. 7 - A urbanização brasileira
profrodrigoribeiro
 
Urbanização brasileira
Urbanização brasileiraUrbanização brasileira
Urbanização brasileira
Abner de Paula
 
África
ÁfricaÁfrica
Agropecuária geral e do brasil
Agropecuária   geral e do brasilAgropecuária   geral e do brasil
Agropecuária geral e do brasil
Professor
 
Continente americano
Continente americanoContinente americano
Continente americano
André Luiz Marques
 
Agropecuária Brasileira - Geografia
Agropecuária Brasileira - GeografiaAgropecuária Brasileira - Geografia
Agropecuária Brasileira - Geografia
Bruna M
 
America latina
America latina America latina
America latina
Christie Freitas
 
America 1
America 1America 1
Nordeste
NordesteNordeste
Regionalização da américa
Regionalização da américaRegionalização da américa
Regionalização da américa
Gustavo Silva de Souza
 
Espaço agrário mundial
Espaço agrário mundialEspaço agrário mundial
Espaço agrário mundial
Rayanna Rolim
 
O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)
O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)
O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)
Nefer19
 
A regionalização e as divisões regionais no brasil
A regionalização e as divisões regionais no brasilA regionalização e as divisões regionais no brasil
A regionalização e as divisões regionais no brasil
Professor
 
Caps. 7 e 8 - ÁFrica: aspectos naturais, econômicos e sociais
Caps. 7 e 8 - ÁFrica: aspectos naturais, econômicos e sociaisCaps. 7 e 8 - ÁFrica: aspectos naturais, econômicos e sociais
Caps. 7 e 8 - ÁFrica: aspectos naturais, econômicos e sociais
profacacio
 
Agricultura brasileira
Agricultura brasileiraAgricultura brasileira
Agricultura brasileira
João José Ferreira Tojal
 
Brasil – domínios morfoclimáticos
Brasil – domínios morfoclimáticosBrasil – domínios morfoclimáticos
Brasil – domínios morfoclimáticos
Professor
 
ÁFRICA
ÁFRICAÁFRICA
Agricultura no brasil
Agricultura no brasilAgricultura no brasil
Agricultura no brasil
João José Ferreira Tojal
 
Paisagem
PaisagemPaisagem
Capitalismo e socialismo
Capitalismo e socialismoCapitalismo e socialismo
Capitalismo e socialismo
André Luiz Marques
 

Mais procurados (20)

IECJ - Cap. 7 - A urbanização brasileira
IECJ - Cap. 7 - A urbanização brasileiraIECJ - Cap. 7 - A urbanização brasileira
IECJ - Cap. 7 - A urbanização brasileira
 
Urbanização brasileira
Urbanização brasileiraUrbanização brasileira
Urbanização brasileira
 
África
ÁfricaÁfrica
África
 
Agropecuária geral e do brasil
Agropecuária   geral e do brasilAgropecuária   geral e do brasil
Agropecuária geral e do brasil
 
Continente americano
Continente americanoContinente americano
Continente americano
 
Agropecuária Brasileira - Geografia
Agropecuária Brasileira - GeografiaAgropecuária Brasileira - Geografia
Agropecuária Brasileira - Geografia
 
America latina
America latina America latina
America latina
 
America 1
America 1America 1
America 1
 
Nordeste
NordesteNordeste
Nordeste
 
Regionalização da américa
Regionalização da américaRegionalização da américa
Regionalização da américa
 
Espaço agrário mundial
Espaço agrário mundialEspaço agrário mundial
Espaço agrário mundial
 
O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)
O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)
O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)
 
A regionalização e as divisões regionais no brasil
A regionalização e as divisões regionais no brasilA regionalização e as divisões regionais no brasil
A regionalização e as divisões regionais no brasil
 
Caps. 7 e 8 - ÁFrica: aspectos naturais, econômicos e sociais
Caps. 7 e 8 - ÁFrica: aspectos naturais, econômicos e sociaisCaps. 7 e 8 - ÁFrica: aspectos naturais, econômicos e sociais
Caps. 7 e 8 - ÁFrica: aspectos naturais, econômicos e sociais
 
Agricultura brasileira
Agricultura brasileiraAgricultura brasileira
Agricultura brasileira
 
Brasil – domínios morfoclimáticos
Brasil – domínios morfoclimáticosBrasil – domínios morfoclimáticos
Brasil – domínios morfoclimáticos
 
ÁFRICA
ÁFRICAÁFRICA
ÁFRICA
 
Agricultura no brasil
Agricultura no brasilAgricultura no brasil
Agricultura no brasil
 
Paisagem
PaisagemPaisagem
Paisagem
 
Capitalismo e socialismo
Capitalismo e socialismoCapitalismo e socialismo
Capitalismo e socialismo
 

Destaque

Espaco agrario-mundial
Espaco agrario-mundialEspaco agrario-mundial
Espaco agrario-mundial
rodrigoprofessorgeo
 
Espaço Agrário Brasileiro
Espaço Agrário BrasileiroEspaço Agrário Brasileiro
Espaço Agrário Brasileiro
Mauricio Martins
 
Conceitos básicos da geopolítica
Conceitos básicos da geopolíticaConceitos básicos da geopolítica
Conceitos básicos da geopolítica
Diego Silva
 
Geopolítica global e a conjuntura internacional
Geopolítica global e a conjuntura internacionalGeopolítica global e a conjuntura internacional
Geopolítica global e a conjuntura internacional
je1981
 
07ago2016 timoteo
07ago2016 timoteo07ago2016 timoteo
07ago2016 timoteo
Alcance Vitória
 
Agricultura
AgriculturaAgricultura
Coberturas vegetais do planeta e do brasil
Coberturas vegetais do planeta e do brasilCoberturas vegetais do planeta e do brasil
Coberturas vegetais do planeta e do brasil
João José Ferreira Tojal
 
2º Mb Grupo 05
2º Mb   Grupo 052º Mb   Grupo 05
2º Mb Grupo 05
ProfMario De Mori
 
Da cafeicultura ao Brasil urbano industrial
Da cafeicultura ao Brasil urbano industrialDa cafeicultura ao Brasil urbano industrial
Da cafeicultura ao Brasil urbano industrial
karolpoa
 
MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA (sistemas complementares e sistemas de alimentação)
MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA (sistemas complementares e sistemas de alimentação)MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA (sistemas complementares e sistemas de alimentação)
MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA (sistemas complementares e sistemas de alimentação)
daniellopes889
 
Aula 30-05 - modernização do campo - parte 1
Aula   30-05 - modernização do campo - parte 1Aula   30-05 - modernização do campo - parte 1
Aula 30-05 - modernização do campo - parte 1
LUIS ABREU
 
Escarificadores
EscarificadoresEscarificadores
Escarificadores
Rogério José
 
Etapas do capitalismo a partir da decadência do feudalismo
Etapas do capitalismo a partir da decadência do feudalismoEtapas do capitalismo a partir da decadência do feudalismo
Etapas do capitalismo a partir da decadência do feudalismo
Atividades Diversas Cláudia
 
www.AulasDeGeografiaApoio.com - Geografia - Concentração de Terras
 www.AulasDeGeografiaApoio.com  -  Geografia -  Concentração de Terras www.AulasDeGeografiaApoio.com  -  Geografia -  Concentração de Terras
www.AulasDeGeografiaApoio.com - Geografia - Concentração de Terras
Aulas De Geografia Apoio
 
Slides segmentos depois da porteira
Slides segmentos depois da porteiraSlides segmentos depois da porteira
Slides segmentos depois da porteira
Tiago Franco Medeiro
 
A arte no egito
A arte no egitoA arte no egito
A arte no egito
chicovalmir
 
Revolução Verde
Revolução VerdeRevolução Verde
Revolução Verde
Zeca B.
 
Agricultura mundial e do brasil
Agricultura mundial e do brasilAgricultura mundial e do brasil
Agricultura mundial e do brasil
profleofonseca
 
3.caracteristicas dos tipos_de_agricultura_fil_eminimizer_
3.caracteristicas dos tipos_de_agricultura_fil_eminimizer_3.caracteristicas dos tipos_de_agricultura_fil_eminimizer_
3.caracteristicas dos tipos_de_agricultura_fil_eminimizer_
Gonçalo Simões
 
2 tipos de agricultura
2 tipos de agricultura2 tipos de agricultura
2 tipos de agricultura
Nicolas Albarracin Bohorquez
 

Destaque (20)

Espaco agrario-mundial
Espaco agrario-mundialEspaco agrario-mundial
Espaco agrario-mundial
 
Espaço Agrário Brasileiro
Espaço Agrário BrasileiroEspaço Agrário Brasileiro
Espaço Agrário Brasileiro
 
Conceitos básicos da geopolítica
Conceitos básicos da geopolíticaConceitos básicos da geopolítica
Conceitos básicos da geopolítica
 
Geopolítica global e a conjuntura internacional
Geopolítica global e a conjuntura internacionalGeopolítica global e a conjuntura internacional
Geopolítica global e a conjuntura internacional
 
07ago2016 timoteo
07ago2016 timoteo07ago2016 timoteo
07ago2016 timoteo
 
Agricultura
AgriculturaAgricultura
Agricultura
 
Coberturas vegetais do planeta e do brasil
Coberturas vegetais do planeta e do brasilCoberturas vegetais do planeta e do brasil
Coberturas vegetais do planeta e do brasil
 
2º Mb Grupo 05
2º Mb   Grupo 052º Mb   Grupo 05
2º Mb Grupo 05
 
Da cafeicultura ao Brasil urbano industrial
Da cafeicultura ao Brasil urbano industrialDa cafeicultura ao Brasil urbano industrial
Da cafeicultura ao Brasil urbano industrial
 
MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA (sistemas complementares e sistemas de alimentação)
MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA (sistemas complementares e sistemas de alimentação)MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA (sistemas complementares e sistemas de alimentação)
MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA (sistemas complementares e sistemas de alimentação)
 
Aula 30-05 - modernização do campo - parte 1
Aula   30-05 - modernização do campo - parte 1Aula   30-05 - modernização do campo - parte 1
Aula 30-05 - modernização do campo - parte 1
 
Escarificadores
EscarificadoresEscarificadores
Escarificadores
 
Etapas do capitalismo a partir da decadência do feudalismo
Etapas do capitalismo a partir da decadência do feudalismoEtapas do capitalismo a partir da decadência do feudalismo
Etapas do capitalismo a partir da decadência do feudalismo
 
www.AulasDeGeografiaApoio.com - Geografia - Concentração de Terras
 www.AulasDeGeografiaApoio.com  -  Geografia -  Concentração de Terras www.AulasDeGeografiaApoio.com  -  Geografia -  Concentração de Terras
www.AulasDeGeografiaApoio.com - Geografia - Concentração de Terras
 
Slides segmentos depois da porteira
Slides segmentos depois da porteiraSlides segmentos depois da porteira
Slides segmentos depois da porteira
 
A arte no egito
A arte no egitoA arte no egito
A arte no egito
 
Revolução Verde
Revolução VerdeRevolução Verde
Revolução Verde
 
Agricultura mundial e do brasil
Agricultura mundial e do brasilAgricultura mundial e do brasil
Agricultura mundial e do brasil
 
3.caracteristicas dos tipos_de_agricultura_fil_eminimizer_
3.caracteristicas dos tipos_de_agricultura_fil_eminimizer_3.caracteristicas dos tipos_de_agricultura_fil_eminimizer_
3.caracteristicas dos tipos_de_agricultura_fil_eminimizer_
 
2 tipos de agricultura
2 tipos de agricultura2 tipos de agricultura
2 tipos de agricultura
 

Semelhante a O espaço agrario mundial

Agricultura mundial
Agricultura mundialAgricultura mundial
Agricultura mundial
Professor Eebimt
 
Espaço rural 2011
Espaço rural 2011Espaço rural 2011
Espaço rural 2011
edsonluz
 
O Espaço Agrário e os Sistemas Agrícilas
O Espaço Agrário e os Sistemas AgrícilasO Espaço Agrário e os Sistemas Agrícilas
O Espaço Agrário e os Sistemas Agrícilas
Fábio Luz
 
Agricultura
AgriculturaAgricultura
Agricultura
cristinasantos420
 
Aulas 5 e 6 agricultura e pecuária
Aulas 5 e 6   agricultura e pecuáriaAulas 5 e 6   agricultura e pecuária
Agropecuaria no brasil
Agropecuaria no brasilAgropecuaria no brasil
Agropecuaria no brasil
Fernando Moreira
 
Agricultura no Brasil.
Agricultura no Brasil.Agricultura no Brasil.
Agricultura no Brasil.
Camila Brito
 
Agricultura, Pecuária e Sistemas Agrários
Agricultura, Pecuária e Sistemas AgráriosAgricultura, Pecuária e Sistemas Agrários
Agricultura, Pecuária e Sistemas Agrários
Marcos Mororó
 
Agricultura
AgriculturaAgricultura
Agricultura
cristinasantos420
 
Agricultura
AgriculturaAgricultura
Agricultura
cristinasantos420
 
Agricultura brasileira e mundial/Assuntos Possíveis para Enem!
Agricultura brasileira e mundial/Assuntos Possíveis para Enem!Agricultura brasileira e mundial/Assuntos Possíveis para Enem!
Agricultura brasileira e mundial/Assuntos Possíveis para Enem!
Joemille Leal
 
Tipos de agricultura no mundo
Tipos de agricultura no mundoTipos de agricultura no mundo
Tipos de agricultura no mundo
Mayjö .
 
A agricultura no mundo
A agricultura no mundoA agricultura no mundo
A agricultura no mundo
Thiago Netto
 
Sistema agrcola-150806001548-lva1-app6892
Sistema agrcola-150806001548-lva1-app6892Sistema agrcola-150806001548-lva1-app6892
Sistema agrcola-150806001548-lva1-app6892
Gabrielen Dias
 
Espaco agrario
Espaco agrarioEspaco agrario
Espaco agrario
Péricles Penuel
 
6a série tecnologia - agricultura
6a série   tecnologia - agricultura6a série   tecnologia - agricultura
6a série tecnologia - agricultura
SESI 422 - Americana
 
Introduo agroecologia
Introduo agroecologiaIntroduo agroecologia
Introduo agroecologia
Adalto Silva
 
A economia feudal e sua transformacao - 7-ano
A economia feudal e sua transformacao - 7-anoA economia feudal e sua transformacao - 7-ano
A economia feudal e sua transformacao - 7-ano
Lucas Degiovani
 
Agricultura 2012
Agricultura 2012Agricultura 2012
Agricultura 2012
aroudus
 
Agricultura
AgriculturaAgricultura
Agricultura
Divana Nogueira
 

Semelhante a O espaço agrario mundial (20)

Agricultura mundial
Agricultura mundialAgricultura mundial
Agricultura mundial
 
Espaço rural 2011
Espaço rural 2011Espaço rural 2011
Espaço rural 2011
 
O Espaço Agrário e os Sistemas Agrícilas
O Espaço Agrário e os Sistemas AgrícilasO Espaço Agrário e os Sistemas Agrícilas
O Espaço Agrário e os Sistemas Agrícilas
 
Agricultura
AgriculturaAgricultura
Agricultura
 
Aulas 5 e 6 agricultura e pecuária
Aulas 5 e 6   agricultura e pecuáriaAulas 5 e 6   agricultura e pecuária
Aulas 5 e 6 agricultura e pecuária
 
Agropecuaria no brasil
Agropecuaria no brasilAgropecuaria no brasil
Agropecuaria no brasil
 
Agricultura no Brasil.
Agricultura no Brasil.Agricultura no Brasil.
Agricultura no Brasil.
 
Agricultura, Pecuária e Sistemas Agrários
Agricultura, Pecuária e Sistemas AgráriosAgricultura, Pecuária e Sistemas Agrários
Agricultura, Pecuária e Sistemas Agrários
 
Agricultura
AgriculturaAgricultura
Agricultura
 
Agricultura
AgriculturaAgricultura
Agricultura
 
Agricultura brasileira e mundial/Assuntos Possíveis para Enem!
Agricultura brasileira e mundial/Assuntos Possíveis para Enem!Agricultura brasileira e mundial/Assuntos Possíveis para Enem!
Agricultura brasileira e mundial/Assuntos Possíveis para Enem!
 
Tipos de agricultura no mundo
Tipos de agricultura no mundoTipos de agricultura no mundo
Tipos de agricultura no mundo
 
A agricultura no mundo
A agricultura no mundoA agricultura no mundo
A agricultura no mundo
 
Sistema agrcola-150806001548-lva1-app6892
Sistema agrcola-150806001548-lva1-app6892Sistema agrcola-150806001548-lva1-app6892
Sistema agrcola-150806001548-lva1-app6892
 
Espaco agrario
Espaco agrarioEspaco agrario
Espaco agrario
 
6a série tecnologia - agricultura
6a série   tecnologia - agricultura6a série   tecnologia - agricultura
6a série tecnologia - agricultura
 
Introduo agroecologia
Introduo agroecologiaIntroduo agroecologia
Introduo agroecologia
 
A economia feudal e sua transformacao - 7-ano
A economia feudal e sua transformacao - 7-anoA economia feudal e sua transformacao - 7-ano
A economia feudal e sua transformacao - 7-ano
 
Agricultura 2012
Agricultura 2012Agricultura 2012
Agricultura 2012
 
Agricultura
AgriculturaAgricultura
Agricultura
 

Mais de Artur Lara

Cartografia completa
Cartografia completaCartografia completa
Cartografia completa
Artur Lara
 
Oriente médio e estado islâmico
Oriente médio e estado islâmicoOriente médio e estado islâmico
Oriente médio e estado islâmico
Artur Lara
 
Israel e palestina
Israel e palestinaIsrael e palestina
Israel e palestina
Artur Lara
 
Mundo multipolar - Geopolítica
Mundo multipolar - GeopolíticaMundo multipolar - Geopolítica
Mundo multipolar - Geopolítica
Artur Lara
 
Clima Geral e Brasileiro para Ensino Médio
Clima Geral e Brasileiro para Ensino MédioClima Geral e Brasileiro para Ensino Médio
Clima Geral e Brasileiro para Ensino Médio
Artur Lara
 
Hidrografia geral e do Brasileira
Hidrografia geral e do Brasileira Hidrografia geral e do Brasileira
Hidrografia geral e do Brasileira
Artur Lara
 
Questão agrária no brasil
Questão agrária no brasilQuestão agrária no brasil
Questão agrária no brasil
Artur Lara
 
Estrututa geológica
Estrututa geológicaEstrututa geológica
Estrututa geológica
Artur Lara
 
Brexit
BrexitBrexit
Brexit
Artur Lara
 
Onu
OnuOnu
Exercícios fuso horário
Exercícios fuso horárioExercícios fuso horário
Exercícios fuso horário
Artur Lara
 
Estrutura geológica brasil e do paraná
Estrutura geológica brasil e do paranáEstrutura geológica brasil e do paraná
Estrutura geológica brasil e do paraná
Artur Lara
 
Exercícios coordenadas
Exercícios coordenadasExercícios coordenadas
Exercícios coordenadas
Artur Lara
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
Artur Lara
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
Artur Lara
 
Brics
BricsBrics
Brics
Artur Lara
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
Artur Lara
 
Demografia aplicada ao vestibular - População mundial
Demografia aplicada ao vestibular - População mundialDemografia aplicada ao vestibular - População mundial
Demografia aplicada ao vestibular - População mundial
Artur Lara
 
Urbanização Mundial e Brasileira
Urbanização Mundial e BrasileiraUrbanização Mundial e Brasileira
Urbanização Mundial e Brasileira
Artur Lara
 
Oriente médio - síria e estado islâmico
Oriente médio - síria e estado islâmicoOriente médio - síria e estado islâmico
Oriente médio - síria e estado islâmico
Artur Lara
 

Mais de Artur Lara (20)

Cartografia completa
Cartografia completaCartografia completa
Cartografia completa
 
Oriente médio e estado islâmico
Oriente médio e estado islâmicoOriente médio e estado islâmico
Oriente médio e estado islâmico
 
Israel e palestina
Israel e palestinaIsrael e palestina
Israel e palestina
 
Mundo multipolar - Geopolítica
Mundo multipolar - GeopolíticaMundo multipolar - Geopolítica
Mundo multipolar - Geopolítica
 
Clima Geral e Brasileiro para Ensino Médio
Clima Geral e Brasileiro para Ensino MédioClima Geral e Brasileiro para Ensino Médio
Clima Geral e Brasileiro para Ensino Médio
 
Hidrografia geral e do Brasileira
Hidrografia geral e do Brasileira Hidrografia geral e do Brasileira
Hidrografia geral e do Brasileira
 
Questão agrária no brasil
Questão agrária no brasilQuestão agrária no brasil
Questão agrária no brasil
 
Estrututa geológica
Estrututa geológicaEstrututa geológica
Estrututa geológica
 
Brexit
BrexitBrexit
Brexit
 
Onu
OnuOnu
Onu
 
Exercícios fuso horário
Exercícios fuso horárioExercícios fuso horário
Exercícios fuso horário
 
Estrutura geológica brasil e do paraná
Estrutura geológica brasil e do paranáEstrutura geológica brasil e do paraná
Estrutura geológica brasil e do paraná
 
Exercícios coordenadas
Exercícios coordenadasExercícios coordenadas
Exercícios coordenadas
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
 
Brics
BricsBrics
Brics
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 
Demografia aplicada ao vestibular - População mundial
Demografia aplicada ao vestibular - População mundialDemografia aplicada ao vestibular - População mundial
Demografia aplicada ao vestibular - População mundial
 
Urbanização Mundial e Brasileira
Urbanização Mundial e BrasileiraUrbanização Mundial e Brasileira
Urbanização Mundial e Brasileira
 
Oriente médio - síria e estado islâmico
Oriente médio - síria e estado islâmicoOriente médio - síria e estado islâmico
Oriente médio - síria e estado islâmico
 

Último

Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Mary Alvarenga
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 mateasocialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
ILDISONRAFAELBARBOSA
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
carlaslr1
 
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
IslanderAndrade
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
sthefanydesr
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
Escola Municipal Jesus Cristo
 
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
CarinaSoto12
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 

Último (20)

Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 mateasocialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
 
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
 
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 

O espaço agrario mundial

  • 1. O ESPAÇO AGRÁRIOO ESPAÇO AGRÁRIO MUNDIALMUNDIAL J. Artur LaraJ. Artur Lara
  • 2. A atividade agrícola foi um divisorde águas na evolução humana ...
  • 3. ORIGEM DA AGRICULTURA  AGRICULTURA PALAVRA DO LATIM QUE SIGNIFICA “CULTIVOS DOS CAMPOS”, SURGIU HÁ MAIS DE 10.000 ANOS ATRÁS, NA MESOPOTÂMIA.  OS PRIMEIROS TIPOS DE GRÃOS CULTIVADOS FORAM O TRIGO, CENTEIO E AVEIA.  COM O PASSAR DO TEMPO, SURGIRAM NOVAS CULTURAS FRUTAS, LEGUMES,VERDURAS ETC.
  • 4. ORIGEM DA AGRICULTURA  ALGUMAS CULTURAS PASSARAM A FAZER PARTE DA PRÓPRIA CULTURA DA CIVILIZAÇÃO COMO O MILHO PARA A CIVILIZAÇÃO PRÉ- COLOMBIANA, O ARROZ PARA OS ORIENTAIS, O TRIGO PARA OS EUROPEUS.  AS GRANDES NAVEGAÇÕES DIFUNDIRAM AINDA MAIS ALGUMAS PLANTAS QUE SERVEM DE ALIMENTOS PARA A SOCIEDADE ATUAL.
  • 5. SISTEMAS DE PRODUÇÃO DA AGROPECUÁRIA ATUAL  EXISTEM VÁRIOS NÍVEIS DE SISTEMA AGROPECUÁRIOS QUE VARIAM DE UM PARA OUTRO.  A ADOÇÃO DEPENDE DE DOIS FATORES: 1. CONDIÇÃO FÍSICO-GEOGRÁFICA (TIPO DE SOLO, CONDIÇÕES CLIMÁTICAS,TOPOGRAFIA ETC) 2. A CULTURA E O NÍVEL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DE UMA DADA SOCIEDADE E AS TÉCNICAS EMPREGADAS.
  • 6. A IMPORTÂNCIA DA AGRICULTURA  Fonte de alimentos – representatividade no meio rural  Fonte de matérias-primas – suprimento para a indústria  Mercado de commodities: centros financeiros onde se realizam transações comerciais envolvendo commodities  Commodities: matérias-primas agrícolas voltadas para a exportação – chá, café, soja, minério de ferro etc.
  • 7. AS PRINCIPAIS ÁREAS AGRÍCOLAS DO MUNDO Países subdesenvolvidos Países desenvolvidos MAÇÃCafé MAÇÃ
  • 8. • A produção agrícola mundial é bastante diversificada, não só em termos de produtos agrícolas, mas também em relação à forma de produção. • Em países desenvolvidos, as técnicas usadas no campo são altamente modernas, utilizando pouca mão de obra. O setor agrícola em uma economia desenvolvida emprega menos que 10% dos trabalhadores efetivo. • Em países subdesenvolvidos, grande parte da produção agrícola utiliza métodos tradicionais.  • Em muitos países subdesenvolvidos, alguns setores agrícolas já foram modernizados - geralmente aqueles voltados à exportação.  A tecnologia no campo causou desemprego, o êxodo rural e um empobrecimento drástico dos trabalhadores. 
  • 9. ORIGEM DA PECUÁRIA  Pecuária, termo de origem latina que significa “criação de gado”, é uma atividade de fundamental importância para a humanidade. Seu objetivo é a criação de animais para fins econômicos e para o consumo.  Além do consumo da carne, o homem também se beneficia de outros alimentos fornecidos por esses animais, como, por exemplo, o leite. Esse leite é utilizado na fabricação de queijo, manteiga, iogurte, etc. 
  • 10. PECUÁRIA EXTENSIVA PODE CHAMAR-SE DE TRADICIONAL, EM GERAL OCUPAM MUITAS TERRAS E EMPREGAM TÉCNICAS E FERRAMENTAS RUDIMENTARES, UTILIZANDO MUITO O TRABALHO BRAÇAL E OBTÉM POUCA PRODUTIVIDADE.
  • 11.
  • 12. PECUÁRIA INTENSIVA PODE CHAMAR-SE DE MODERNA EM GERAL UTILIZA-SE MUITA TECNOLOGIA E MAQUINÁRIO AVANÇADO, QUE ACARRETAM AUMENTO DA PRODUTIVIDADE.
  • 13.
  • 14. • A produção pecuária corresponde ao conjunto de técnicas utilizadas e destinadas à criação e reprodução de animais domésticos com fins econômicos, esses animais são comercializados e abastecem o mercado consumidor. • A pecuária integra a agricultura, pois ambas são desenvolvidas em um mesmo lugar e em determinados momentos uma atividade depende da outra, um exemplo disso é a ração para bovinos, a produção leiteira que necessita de cana-de-açúcar e capim cultivados e, às vezes, as fezes dos animais servem como adubos naturais no cultivo de algumas culturas, como hortas.  • Especialização produtiva na criação animal: - Pecuária de corte (criação de bovinos destinados à produção de carne). - Pecuária de lã (criação de ovinos ou caprinos que fornecem lã). - Suinocultura (criação de porcos). - Avicultura (criação de aves). - Piscicultura (criação de peixes
  • 15. CONDIÇÕES FÍSICO-GEOGRÁFICAS NA ATIVIDADE AGRÍCOLA  EMBORA AS TECNOLOGIAS TENHAM AUMENTADO POSSIBILITANDO O PLANTIO EM REGIÕES ADVERSAS, AINDA PODEMOS MAPEAR AS PRINCIPAIS REGIÕES AGRÍCOLAS DO PLANETA.  O CLIMA E O SOLO INFLUENCIAM DIRETAMENTE NAS ATIVIDADES AGRÍCOLAS
  • 16. PRINCIPAISTIPOS DE SOLO PARA A AGRICULTURA.  TERRA ROXA – ORIGEM VULCÂNICA, FOI FUNDAMENTAL PARA O DESENVOLVIMENTO DO CAFÉ, OCORRE NA AMÉRICA DO SUL E NA ÁFRICA.  MASSAPÊ – FORMADO POR DECOMPOSIÇÃO DAS ROCHAS CALCÁRIA, GRANITO E GNAISSE, FUNDAMENTAL PARA O CULTIVO DA CANA-DE- AÇÚCAR NO NORDESTE DO BRASIL.
  • 17. PRINCIPAISTIPOS DE SOLO PARA A AGRICULTURA.  LOESS – FORMADO POR SEDIMENTOS TRANSPORTADO PELOS VENTOS (EROSÃO EÓLICA), MUITO FÉRTIL NA CHINA E NO SUDESTE ASIÁTICO.  TCHERNOZIOM – SOLO RICO EM MATÉRIA ORGÂNICA, DE COLORAÇÃO NEGRA, MUITO NUTRIENTES, OCORRE NA PARTE CENTRAL DA ÁSIA.  PODZOL – FORMAÇÃO ARGILOSA DE COR CINZA, ÁCIDO, DE FÁCIL ADUBAÇÃO, PORÇÃO LESTE DA EUROPA.
  • 18. ESPAÇO AGRÁRIO DOS PAÍSES SUBDESENVOLVIDOS.  NOS PAÍSES SUBDESENVOLVIDOS AINDA EXISTE UMA GRANDE PARCELA DA POPULAÇÃOVIVENDO NO CAMPO.  AGRICULTURA DE SUBSISTÊNCIA – BASEIA-SE NA PRODUÇÃO DE ALIMENTOS PELAS PRÓPRIAS FAMILIAS E PARA SEU PRÓPRIO SUSTENTO.
  • 19.
  • 20. VARIANTES DA PRODUÇÃO  AGRICULTURA ITINERANTE – BASEIA-SE NA QUEIMA DE FORMAÇÕES VEGETAIS NATIVAS COM O OBJETIVO DE INCORPORAR NOVAS TERRAS DE CULTIVO.  AGRICULTURA DE JARDINAGEM – DESENVOLVE-SE PRINCIPALMENTE EM PAÍSES DO SUL E SUDESTE ASIÁTICOS EM SOLOS INUNDÁVEIS – MONÇÕES.
  • 21.
  • 22. VARIANTES DA PRODUÇÃO  Agricultura de Terraceamento – é praticada nas encostas férteis de morros e montanhas, baseia-se no uso de curvas de nível – que reduzem a erosão e favorece a absorção maior da água pelo solo – ásia (himalaia) américa do sul (andes).  Agricultura Orgânica: Os produtos orgânicos são cultivados sem o uso de agrotóxicos, adubos químicos e outras substâncias tóxicas e sintéticas.A ideia é evitar a contaminação dos alimentos ou do meio ambiente. O resultado desse processo são produtos mais saudáveis, nutritivos e com mais qualidade de produção, o que garante a saúde de sua família e a do Planeta.
  • 23.
  • 25. PLANTATION  MONOCULTURA VOLTADA PARA EXPORTAÇÃO QUE UTILIZA MÃO DE OBRA BARATA – PRATICADA NAS REGIÕES TROPICAIS DA AMÉRICA LATINA, ÁFRICA E ÁSIA.  ESTÁ DIRETAMENTE ASSOCIADA A CONCENTRAÇÃO FUNDIÁRIA – LATIFÚNDIOS.
  • 26. SISTEMA INTENSIVO  Na agricultura intensiva, é usado em todas as etapas da produção um grande número de insumos.  Esse tipo de sistema agrícola é marcado pela aplicação de técnicas e tecnologias. Faz parte da agricultura intensiva: a mecanização (tratores, colheitadeiras, plantadeiras, implementos, etc.) aliada ao uso de insumos, que são aplicados na preparação do solo, além de sementes selecionadas que são imunes de pragas e adequadas ao tipo de clima, herbicidas, inseticidas, entre outros.  Para o desenvolvimento de todas as etapas existe o acompanhamento de um técnico Esse sistema de produção agrícola é conhecido também como agricultura moderna ou comercial; seus produtos têm como destino a exportação. 
  • 27.
  • 28. SISTEMA EXTENSIVO  Na agricultura extensiva são usados os elementos dispostos na natureza sem a inserção de tecnologias, por isso possui uma baixa produtividade.  A produção depende unicamente da fertilidade natural do solo; por não usar insumos agrícolas é necessário ocupar grandes áreas de cultivo. A agricultura extensiva é bastante difundida em diversos países da América Latina, África e Ásia. Esse sistema agrícola é marcado especialmente pela agricultura itinerante ou roça tropical. . 
  • 29. REVOLUÇÃOVERDE  A Revolução Verde foi uma evolução tecnológica que ocorreu no meio rural a partir da década de 60  Foi possível devido ao incremento tecnológico que favoreceu a produção em grande escala.A intenção primordial no aumento de oferta de alimentos era de combater a fome, pensava-se que se a produção de alimentos ofertasse um grande excedente seria possível amenizar a problemática da fome
  • 30. REVOLUÇÃOVERDE  A RevoluçãoVerde consistiu no desenvolvimento biotecnológico para gerar uma variedade maior de cereais, nesse período iniciou também a utilização de fertilizantes para um melhor rendimento dos vegetais.  A RevoluçãoVerde não conseguiu eliminar o problema da fome, apesar de ter diminuído o problema em países Asiáticos. .
  • 31. REVOLUÇÃOVERDE  AS GRANDES COORPORAÇÕES POR MEIO DE CURSOS E PALESTRAS INCENTIVARAM O USO DE NOVAS TÉCNICAS E PRODUTOS, AO MESMO TEMPO QUE FORNECIAM GRATUITAMENTE INSUMOS NECESSÁRIOS PARA O PRIMEIRO CULTIVO.
  • 32. REVOLUÇÃOVERDE  A CONTINUIDADE DESSE SISTEMA DE PRODUÇÃO REQUER UM VOLUME GRANDE DE RECURSO POR PARTE DOS AGRICULTORES, QUE EM GERAL ERAM POBRES, E NÃO TINHAM RECURSO PARA ADQUIRIR INSUMOS E EQUIPAMENTOS NECESSÁRIOS.  ALÉM DE SE TORNAREM DEPENDENTES DAS MULTINACIONAIS OS PAÍSES SUBDESENVOLVIDOS ASSISTIRAM AO AGRAVAMENTO DOS PROBLEMAS SOCIOAMBIENTAIS ENTRE AS QUAIS DE DESTACAMOS:
  • 33. REVOLUÇÃOVERDE COLAPSO NA ECONOMIA DE SUBSISTÊNCIA, QUE ACARRETOU NA MAIOR CONCENTRAÇÃO FUNDIÁRIA. GRANDE DEGRADAÇÃO AMBIENTAL, RESULTANTE DO MODELO DE UTILIZAÇÃO DAS TERRAS.
  • 34.
  • 35.
  • 36. DISCUSSÕES ATUAIS O campo também viu florescer a polêmica sobre a manipulação genética. De um lado, seus defensores pregam que os organismos geneticamente modificados (OGMs) pedem menos agrotóxicos - como a soja Roundup Ready, da Monsanto - e podem resolver problemas nutricionais - como o 'arroz dourado', que produz vitamina A, cuja deficiência causa cegueira e deixa o corpo vulnerável a infecções. Do outro lado, críticos pedem mais precaução e colocam em xeque os critérios que atestam sua segurança para a saúde e o meio ambiente.
  • 37. ESPAÇO AGRÁRIO DOS PAÍSES RICOS (DESENVOLVIDOS)  QUANDO UMA REGIÃO SE INDUSTRIALIZA SUA ÁREA RURAL SE MODERNIZA.  EXISTE UMA MODERNIZAÇÃO NO MAQUINÁRIO (TRATORES, COLHEITADEIRAS, SEMEADEIRAS) E OS INSUMOS AGRÍCOLAS (ADUBOS, FERTILIZANTES, RAÇÕES, SEMENTES MELHORADAS GENETICAMENTE, ETC)  TAIS INSUMOS E EQUIPAMENTOS POSSIBILITAM UM AUMENTO SIGNIFICATIVO NA PRODUTIVIDADE.
  • 38. ESPAÇO AGRÁRIO DOS PAÍSES RICOS (DESENVOLVIDOS)  AS ATIVIDADES DO CAMPO ESTÃO RELACIONADAS AS ATIVIDADES URBANAS.  SURGE A AGROINDÚSTRIA – CARACTERIZADA PELA SUBORDINAÇÃO DA AGRICULTURA À INDÚSTRIA, POIS ESSA QUE FORNECE OS INSUMOS NECESSÁRIOS A AGROPECUÁRIA.
  • 39.
  • 40. ESPAÇO AGRÁRIO DOS PAÍSES RICOS (DESENVOLVIDOS)  ATUALMENTE ESTÁ EM CURSO UMA “SEGUNDA REVOLUÇÃO VERDE”, DECORRENTE DO DESENVOLVIMENTO DE NOVAS TECNOLOGIAS APLICADAS AO CAMPO E AINCORPORAÇÃO DE NOVAS ÁREAS, COMO AS REGIÕES DESÉRTICAS.  TRANSGÊNICOS – SÃO PLANTAS QUE TIVERAM SUA COMPOSIÇÃO GENÉTICA MODIFICADA EM LABORATÓRIO.
  • 41. ESPAÇO AGRÁRIO DOS PAÍSES RICOS (DESENVOLVIDOS)  A UTILIZAÇÃO DE SEMENTES GENÉTICA, POSSUI ALGUMAS QUESTÕES COMO:  DIFICULDADE DE AQUISIÇÃO DESSAS SEMENTES;  MONOPOLÓLIO DAS TRANSNACIONAIS QUE CONTROLAM A BIOTECNOLOGIA;  DENÚNCIAS QUE OS TRANSGÊNICOS FAZEM MAL À SAÚDE;  PERDA DA DIVERSIDADE GENÉTICA;  SUPERPRAGAS DECORRENTES DE MUTAÇÕES GENÉTICAS;  RISCO DE POLUIÇÃO GENÉTICA (TRANSGÊNICOS + NÃO-TRANSGÊNICOS)
  • 42. E.U.A - AGRICULTURA  Os Estados Unidos detêm hoje o índice de maior produtividade agrícola do planeta. Apesar de empregarem apenas 3% de sua População Economicamente Ativa nesse setor, são o maior produtor e exportador mundial.  Essa grande produtividade foi, em boa parte, resultado do estreitamento na relação entre a agricultura e a indústria, com a consequente intensificação do processo de mecanização do setor agrícola.  
  • 43. ESPAÇO AGRÁRIO EUROPEU  A Europa se destaca por ser diversificada na produção agrícola, aproveitando as técnicas adequadas e modernas em solo geralmente fértil, gerando uma elevada produtividade.   Na Europa os cereais são predominates na produção agricula, como o centeio, aveia e a cevada, importantes produtos agrícolas das áreas temperadas, dando destaque ao trigo que é considerado o principal produto. Os países que se destacam no cultivo de cereais é a Ucrânia, Itália, França,Alemanha e Rússia.