SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 24
Nutrição
É a ciência que investiga e controla a relação do homem com o alimento para preservar a saúde humana.
Nutrição
 O nutricionista planeja, administra e coordena programas de alimentação e
nutrição em empresas, escolas, hospitais, hotéis, restaurantes comerciais,
spas e asilos, entre outros locais. Define o cardápio das refeições, sugerindo
pratos que supram as necessidades nutricionais de clientes, pacientes ou
hóspedes. Orienta e prescreve dietas individuais ou de grupo, para diabéticos,
hipertensos, obesos, pacientes de doenças renais, hepáticas ou qualquer
outra cujo tratamento exija acompanhamento alimentar específico. Para
garantir a qualidade do que vai ser consumido, seleciona os fornecedores,
controla matérias-primas e supervisiona a preparação dos alimentos.
Pirâmide alimentar
Os guias alimentares mais conhecidos são as pirâmides alimentares que são
esquemas gráficos que distribuem os vários tipos de alimentos e as
proporções que devem ser ingeridas nas refeições.
Pirâmide alimentar
Carboidratos
 Os alimentos ricos em carboidratos são principalmente os pães, os cereais, o
arroz e as massas, por exemplo.
 Esses alimentos fornecem energia de forma muito eficiente para o organismo,
por isso são muito importantes para uma alimentação saudável. Porem se for
consumido em excesso, eles se transformam em gordura, que é armazenada
no corpo.
 Apesar de as frutas terem carboidratos, elas não devem ser excluídas da
alimentação porque são ricas em vitaminas e minerais que são fundamentais
para fortalecer o organismo evitando doenças como anemia, por exemplo.
Algumas frutas ricas em carboidratos são banana, figo, caqui, uva e cereja.
Pirâmide alimentar
Proteínas
 Os alimentos mais ricos em proteína são de origem animal como carne, peixe,
ovo, leite, queijo e iogurtes, e os de origem vegetal como ervilhas e soja,
sendo que as proteínas de origem animal são mais completas do que os de
origem vegetal.
 A alimentação rica em proteína ajuda a ganhar massa muscular e a queimar
gordura, mas o consumo dos alimentos ricos em proteína de origem vegetal é
muito importante para quem é vegetariano porque estes alimentos garantem
o crescimento dos tecidos, cabelos e unhas.
Pirâmide alimentar
Lipídeos
 As gorduras ou lipídeos são nutrientes responsáveis por inúmeras funções
importantes para o organismo. Além de sua função energética, liberam maior
quantidade de calorias por grama. Fornecem moléculas fundamentais para o
organismo e ácidos graxos essenciais, necessitando serem introduzidos pela
alimentação. Incrementam o paladar dos alimentos e protegem contra
variações de temperatura e a perda excessiva de água por transpiração. As
gorduras são também excelentes veículos de vitaminas lipossolúveis.
Pirâmide alimentar
Vitaminas, minerais e antioxidantes
 As vitaminas e minerais são encontrados naturalmente nos alimentos e atuam na
produção de energia e em uma série de reações metabólicas que envolvem
proteínas, carboidratos e lipídeos.
 Teoricamente uma alimentação equilibrada e planejada, onde estejam presentes,
diariamente, as porções adequadas de todos os Grupos alimentares, é suficiente
para atender aos requerimentos de vitaminas e minerais dos indivíduos sedentários
e praticantes de atividades físicas moderadas. Entretanto, sabe-se que a prática
de atividade física leva ao aumento do consumo de oxigênio e,
consequentemente, da produção de radicais livres, sendo assim é importante
atentar para que alimentos fontes de antioxidantes estejam presentes na
alimentação diária e assim promovam o fortalecimento das defesas imunológicas e
retardem o envelhecimento precoce.
Pirâmide alimentar
Hidratação
 A ingestão de água e/ou água de coco, antes, durante e após as atividades é
necessária para o bom desempenho físico, manutenção dos líquidos corporais
e temperatura corporal.
 Somente elas são suficientes para repor a perda hídrica e de minerais em
atividades leves e moderadas (caminhada, musculação, ginástica,
hidroginástica, dança).
 A ingestão de bebidas isotônicas para a reposição rápida de água e sais
minerais é indicada para atletas profissionais que tem um treinamento
intenso e frequente. O uso de carboidratos em gel ou soluções com algum tipo
de carboidrato simples diluído seguem o mesmo critério.
Exercício e controle de peso
A quantidade de gordura que ultrapassa 25% do peso corporal para os
homens e 32% para as mulheres determina o início da obesidade.
Exercício e controle de peso
 Antigamente, as crianças e adultos que estivessem com excesso de peso ou
que apresentassem o início de obesidade eram vistas como sadias,
aparentemente, sem problemas de saúde. Porém, a obesidade foi se
ampliando cada vez mais, vista hoje como o maior problema de saúde pública
no Brasil e no mundo.
Exercício e controle de peso
 Há vários problemas prolongados da obesidade, entre eles temos os problemas
cardiovasculares, como insuficiência cardíaca congestiva, coração ampliado,
alteração na estrutura e função do ventrículo direito do coração como
resultado de um distúrbio respiratório, varizes, embolia pulmonar; problemas
respiratórios, como dispneia, apneia obstrutiva do sono, síndrome de
hipoventilação, asma; problemas endócrinos, como Síndrome do Ovário
Policístico, irregularidade menstrual, hipercotisolismo, infertilidade;
problemas gastrointestinais, como doença do refluxo gastroesofágico, doença
hepática gordurosa, colelitíase, hérnia, câncer colorretal; problemas
metabólicos, como dislipidemia, diabetes mellitus 2, resistência à insulina;
problemas de pele, como dermatites por sudorese, micoses, linfodemas e
celulite, estrias; e problemas psicológicos, como depressão, autoestima
baixa, transtorno dismórfico corporal, estigmatização social, entre outros.
Exercício e controle de peso
 O exercício é uma parte extremamente importante para a administração do
peso. Pela redução dos estoques de glicogênio, o exercício aeróbico promove
o uso de gordura como combustível. Outros efeitos colaterais positivos
incluem a melhora do fortalecimento da integridade cardiovascular e
aumento da sensibilidade à insulina. Possivelmente as contribuições mais
valiosas do exercício são o alivio às tensões, o sentido de autocontrole e
melhora na sensação de bem estar.
Alunas: 2° A
Alexandra dos Santos Dadalt 02; Andressa Marina de Bortoli 08; Eduarda Cortina
12; Oksana dos Santos Dadalt 27;
Exercício e controle de peso
 A atividade física ajuda a controlar o peso ao utilizar as calorias em excesso
que de outra forma seriam armazenadas como gordura. Equilibrar as calorias
ingeridas com as que são utilizadas através da atividade física contribui para
atingir e manter um peso saudável. A prática pode incluir exercícios
estruturados como caminhar, correr, ou praticar esportes.
Benefícios da atividade física para a saúde
 Reduz o risco e controla doenças crônicas como diabetes, pressão alta,
colesterol, doenças cardíacas, osteoporose, artrite e alguns tipos de câncer;
 Melhora o equilíbrio e a flexibilidade;
 Previne a depressão;
 Melhora o humor e sensação de bem estar;

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Alimentação saudável e equilibrada
Alimentação saudável e equilibradaAlimentação saudável e equilibrada
Alimentação saudável e equilibrada
 
Micronutrientes
MicronutrientesMicronutrientes
Micronutrientes
 
Alimentação e qualidade de vida
Alimentação e qualidade de vidaAlimentação e qualidade de vida
Alimentação e qualidade de vida
 
Nutrição aplicada à enfermagem (1)
Nutrição aplicada à enfermagem (1)Nutrição aplicada à enfermagem (1)
Nutrição aplicada à enfermagem (1)
 
A1 introdução à nutrição
A1 introdução à nutriçãoA1 introdução à nutrição
A1 introdução à nutrição
 
Sistema Muscular
Sistema MuscularSistema Muscular
Sistema Muscular
 
Power Point Nutrição
Power Point NutriçãoPower Point Nutrição
Power Point Nutrição
 
Fisiologia do sistema digestório
Fisiologia do sistema digestórioFisiologia do sistema digestório
Fisiologia do sistema digestório
 
Alimentação saudável
Alimentação saudávelAlimentação saudável
Alimentação saudável
 
Aula 09 sistema digestório - anatomia e fisiologia
Aula 09   sistema digestório - anatomia e fisiologiaAula 09   sistema digestório - anatomia e fisiologia
Aula 09 sistema digestório - anatomia e fisiologia
 
Nutriçao
NutriçaoNutriçao
Nutriçao
 
Aula 03 hábitos alimentares
Aula 03   hábitos alimentaresAula 03   hábitos alimentares
Aula 03 hábitos alimentares
 
Tipos de dietas
Tipos de dietasTipos de dietas
Tipos de dietas
 
Alimentação Saudável
Alimentação SaudávelAlimentação Saudável
Alimentação Saudável
 
Alimentação saudável
Alimentação saudávelAlimentação saudável
Alimentação saudável
 
Alimentação e nutrição
Alimentação e nutriçãoAlimentação e nutrição
Alimentação e nutrição
 
Aula 2 - Bioenergetica - Fisiologia do exercício
Aula 2   - Bioenergetica - Fisiologia do exercícioAula 2   - Bioenergetica - Fisiologia do exercício
Aula 2 - Bioenergetica - Fisiologia do exercício
 
Macronutrientes
MacronutrientesMacronutrientes
Macronutrientes
 
Slides sobre alimentação
Slides sobre alimentaçãoSlides sobre alimentação
Slides sobre alimentação
 
O Sistema Digestório
O Sistema DigestórioO Sistema Digestório
O Sistema Digestório
 

Semelhante a Nutrição

Alimentação e qualidade de vida
Alimentação e qualidade de vidaAlimentação e qualidade de vida
Alimentação e qualidade de vidaphtizzo
 
Alimentação e qualidade de vida
Alimentação e qualidade de vidaAlimentação e qualidade de vida
Alimentação e qualidade de vidaEdvaldo S. Júnior
 
NutriçãO E Capacidades FíSicas 2003
NutriçãO E Capacidades FíSicas 2003NutriçãO E Capacidades FíSicas 2003
NutriçãO E Capacidades FíSicas 2003EmidioFilipe
 
AULA NUTRIÇÃO EM ENFERMAGEM.2024 PROF GABRIELLA
AULA NUTRIÇÃO EM ENFERMAGEM.2024 PROF GABRIELLAAULA NUTRIÇÃO EM ENFERMAGEM.2024 PROF GABRIELLA
AULA NUTRIÇÃO EM ENFERMAGEM.2024 PROF GABRIELLAgabriella462340
 
Power point alimentação e cozinha saudáveis
Power point alimentação e cozinha saudáveisPower point alimentação e cozinha saudáveis
Power point alimentação e cozinha saudáveislurdesmon
 
Os efeitos negativos do consumo alimentar
Os efeitos negativos do consumo alimentarOs efeitos negativos do consumo alimentar
Os efeitos negativos do consumo alimentarTiago Teixeira
 
Equilíbrio do organismo- Distúrbios Alimentares
Equilíbrio do organismo- Distúrbios AlimentaresEquilíbrio do organismo- Distúrbios Alimentares
Equilíbrio do organismo- Distúrbios AlimentaresMelissa Matos
 

Semelhante a Nutrição (20)

Alimentação8ano
Alimentação8anoAlimentação8ano
Alimentação8ano
 
Alimentação e qualidade de vida
Alimentação e qualidade de vidaAlimentação e qualidade de vida
Alimentação e qualidade de vida
 
Alimentação8ano
Alimentação8anoAlimentação8ano
Alimentação8ano
 
Alimentação8ano
Alimentação8anoAlimentação8ano
Alimentação8ano
 
Alimentação8ano
Alimentação8anoAlimentação8ano
Alimentação8ano
 
Alimentação8ano
Alimentação8anoAlimentação8ano
Alimentação8ano
 
Alimentação8ano
Alimentação8anoAlimentação8ano
Alimentação8ano
 
Alimentação e qualidade de vida
Alimentação e qualidade de vidaAlimentação e qualidade de vida
Alimentação e qualidade de vida
 
Alimentação
AlimentaçãoAlimentação
Alimentação
 
AlimentaçãO
AlimentaçãOAlimentaçãO
AlimentaçãO
 
Cartilha Saúde Alimentação
Cartilha Saúde AlimentaçãoCartilha Saúde Alimentação
Cartilha Saúde Alimentação
 
Alimentação
AlimentaçãoAlimentação
Alimentação
 
NutriçãO E Capacidades FíSicas 2003
NutriçãO E Capacidades FíSicas 2003NutriçãO E Capacidades FíSicas 2003
NutriçãO E Capacidades FíSicas 2003
 
Crescer sudavel
Crescer sudavelCrescer sudavel
Crescer sudavel
 
AULA NUTRIÇÃO EM ENFERMAGEM.2024 PROF GABRIELLA
AULA NUTRIÇÃO EM ENFERMAGEM.2024 PROF GABRIELLAAULA NUTRIÇÃO EM ENFERMAGEM.2024 PROF GABRIELLA
AULA NUTRIÇÃO EM ENFERMAGEM.2024 PROF GABRIELLA
 
Guia alimentacao-saudavel
Guia alimentacao-saudavelGuia alimentacao-saudavel
Guia alimentacao-saudavel
 
Obesidade
ObesidadeObesidade
Obesidade
 
Power point alimentação e cozinha saudáveis
Power point alimentação e cozinha saudáveisPower point alimentação e cozinha saudáveis
Power point alimentação e cozinha saudáveis
 
Os efeitos negativos do consumo alimentar
Os efeitos negativos do consumo alimentarOs efeitos negativos do consumo alimentar
Os efeitos negativos do consumo alimentar
 
Equilíbrio do organismo- Distúrbios Alimentares
Equilíbrio do organismo- Distúrbios AlimentaresEquilíbrio do organismo- Distúrbios Alimentares
Equilíbrio do organismo- Distúrbios Alimentares
 

Nutrição

  • 1. Nutrição É a ciência que investiga e controla a relação do homem com o alimento para preservar a saúde humana.
  • 2. Nutrição  O nutricionista planeja, administra e coordena programas de alimentação e nutrição em empresas, escolas, hospitais, hotéis, restaurantes comerciais, spas e asilos, entre outros locais. Define o cardápio das refeições, sugerindo pratos que supram as necessidades nutricionais de clientes, pacientes ou hóspedes. Orienta e prescreve dietas individuais ou de grupo, para diabéticos, hipertensos, obesos, pacientes de doenças renais, hepáticas ou qualquer outra cujo tratamento exija acompanhamento alimentar específico. Para garantir a qualidade do que vai ser consumido, seleciona os fornecedores, controla matérias-primas e supervisiona a preparação dos alimentos.
  • 3. Pirâmide alimentar Os guias alimentares mais conhecidos são as pirâmides alimentares que são esquemas gráficos que distribuem os vários tipos de alimentos e as proporções que devem ser ingeridas nas refeições.
  • 4. Pirâmide alimentar Carboidratos  Os alimentos ricos em carboidratos são principalmente os pães, os cereais, o arroz e as massas, por exemplo.  Esses alimentos fornecem energia de forma muito eficiente para o organismo, por isso são muito importantes para uma alimentação saudável. Porem se for consumido em excesso, eles se transformam em gordura, que é armazenada no corpo.  Apesar de as frutas terem carboidratos, elas não devem ser excluídas da alimentação porque são ricas em vitaminas e minerais que são fundamentais para fortalecer o organismo evitando doenças como anemia, por exemplo. Algumas frutas ricas em carboidratos são banana, figo, caqui, uva e cereja.
  • 5.
  • 6. Pirâmide alimentar Proteínas  Os alimentos mais ricos em proteína são de origem animal como carne, peixe, ovo, leite, queijo e iogurtes, e os de origem vegetal como ervilhas e soja, sendo que as proteínas de origem animal são mais completas do que os de origem vegetal.  A alimentação rica em proteína ajuda a ganhar massa muscular e a queimar gordura, mas o consumo dos alimentos ricos em proteína de origem vegetal é muito importante para quem é vegetariano porque estes alimentos garantem o crescimento dos tecidos, cabelos e unhas.
  • 7.
  • 8. Pirâmide alimentar Lipídeos  As gorduras ou lipídeos são nutrientes responsáveis por inúmeras funções importantes para o organismo. Além de sua função energética, liberam maior quantidade de calorias por grama. Fornecem moléculas fundamentais para o organismo e ácidos graxos essenciais, necessitando serem introduzidos pela alimentação. Incrementam o paladar dos alimentos e protegem contra variações de temperatura e a perda excessiva de água por transpiração. As gorduras são também excelentes veículos de vitaminas lipossolúveis.
  • 9.
  • 10. Pirâmide alimentar Vitaminas, minerais e antioxidantes  As vitaminas e minerais são encontrados naturalmente nos alimentos e atuam na produção de energia e em uma série de reações metabólicas que envolvem proteínas, carboidratos e lipídeos.  Teoricamente uma alimentação equilibrada e planejada, onde estejam presentes, diariamente, as porções adequadas de todos os Grupos alimentares, é suficiente para atender aos requerimentos de vitaminas e minerais dos indivíduos sedentários e praticantes de atividades físicas moderadas. Entretanto, sabe-se que a prática de atividade física leva ao aumento do consumo de oxigênio e, consequentemente, da produção de radicais livres, sendo assim é importante atentar para que alimentos fontes de antioxidantes estejam presentes na alimentação diária e assim promovam o fortalecimento das defesas imunológicas e retardem o envelhecimento precoce.
  • 11.
  • 12. Pirâmide alimentar Hidratação  A ingestão de água e/ou água de coco, antes, durante e após as atividades é necessária para o bom desempenho físico, manutenção dos líquidos corporais e temperatura corporal.  Somente elas são suficientes para repor a perda hídrica e de minerais em atividades leves e moderadas (caminhada, musculação, ginástica, hidroginástica, dança).  A ingestão de bebidas isotônicas para a reposição rápida de água e sais minerais é indicada para atletas profissionais que tem um treinamento intenso e frequente. O uso de carboidratos em gel ou soluções com algum tipo de carboidrato simples diluído seguem o mesmo critério.
  • 13.
  • 14. Exercício e controle de peso A quantidade de gordura que ultrapassa 25% do peso corporal para os homens e 32% para as mulheres determina o início da obesidade.
  • 15.
  • 16. Exercício e controle de peso  Antigamente, as crianças e adultos que estivessem com excesso de peso ou que apresentassem o início de obesidade eram vistas como sadias, aparentemente, sem problemas de saúde. Porém, a obesidade foi se ampliando cada vez mais, vista hoje como o maior problema de saúde pública no Brasil e no mundo.
  • 17. Exercício e controle de peso  Há vários problemas prolongados da obesidade, entre eles temos os problemas cardiovasculares, como insuficiência cardíaca congestiva, coração ampliado, alteração na estrutura e função do ventrículo direito do coração como resultado de um distúrbio respiratório, varizes, embolia pulmonar; problemas respiratórios, como dispneia, apneia obstrutiva do sono, síndrome de hipoventilação, asma; problemas endócrinos, como Síndrome do Ovário Policístico, irregularidade menstrual, hipercotisolismo, infertilidade; problemas gastrointestinais, como doença do refluxo gastroesofágico, doença hepática gordurosa, colelitíase, hérnia, câncer colorretal; problemas metabólicos, como dislipidemia, diabetes mellitus 2, resistência à insulina; problemas de pele, como dermatites por sudorese, micoses, linfodemas e celulite, estrias; e problemas psicológicos, como depressão, autoestima baixa, transtorno dismórfico corporal, estigmatização social, entre outros.
  • 18.
  • 19. Exercício e controle de peso  O exercício é uma parte extremamente importante para a administração do peso. Pela redução dos estoques de glicogênio, o exercício aeróbico promove o uso de gordura como combustível. Outros efeitos colaterais positivos incluem a melhora do fortalecimento da integridade cardiovascular e aumento da sensibilidade à insulina. Possivelmente as contribuições mais valiosas do exercício são o alivio às tensões, o sentido de autocontrole e melhora na sensação de bem estar.
  • 20.
  • 21. Alunas: 2° A Alexandra dos Santos Dadalt 02; Andressa Marina de Bortoli 08; Eduarda Cortina 12; Oksana dos Santos Dadalt 27;
  • 22. Exercício e controle de peso  A atividade física ajuda a controlar o peso ao utilizar as calorias em excesso que de outra forma seriam armazenadas como gordura. Equilibrar as calorias ingeridas com as que são utilizadas através da atividade física contribui para atingir e manter um peso saudável. A prática pode incluir exercícios estruturados como caminhar, correr, ou praticar esportes.
  • 23.
  • 24. Benefícios da atividade física para a saúde  Reduz o risco e controla doenças crônicas como diabetes, pressão alta, colesterol, doenças cardíacas, osteoporose, artrite e alguns tipos de câncer;  Melhora o equilíbrio e a flexibilidade;  Previne a depressão;  Melhora o humor e sensação de bem estar;