SlideShare uma empresa Scribd logo
MOVIMENTOS E FORÇAS
MOVIMENTO E REPOUSO

Movimento – Um corpo está em movimento se há alteração
da posição do corpo ao longo do tempo em relação a um
determinado referencial.

Repouso – Um corpo está em repouso quando a posição do
corpo não varia à medida que o tempo decorre e em relação a
um determinado referencial.
Trajectória

Um corpo ao movimentar-se vai ocupando sucessivas posições
no espaço. A linha que une os pontos correspondentes a
essas posições designa-se trajectória.

Pode haver trajectórias diferentes para ir de um local para
outro.
Tipos de Trajectórias


 Curvilínea (circular)         Rectilínea




                         Curvilínea (elíptica)
Órbitas dos planetas
Distância:comprimento total da trajectória.




Quanto maior é o comprimento da trajectória maior
é a distância percorrida.
O João e o Manuel são irmãos. Andam na mesma
 escola e saem de casa à mesma hora.


 Seguem trajectórias
 diferentes, mas no
  entanto, chegam à
   escola ao mesmo
        tempo.

O Manuel moveu-se com
   maior velocidade.
Velocidade Média

 Calcula-se dividindo a distância percorrida pelo tempo
 que se demorou a percorrê-la.




                      A Terra move-se em torno do Sol com
                        velocidade média de 30 km/s. Isto
                       significa que, num segundo, a Terra
                            percorre em média 30 km.
FORÇAS GRAVÍTICAS

 No seu movimento em torno do Sol, os planetas executam
 trajectórias curvilíneas, pelo que que deverá existir uma
 força responsável por este tipo de movimento: Força da
 Gravidade.

        Newton percebeu um dia,
quando estava debaixo de uma macieira e
uma maçã lhe caiu na cabeça, que a força
        que fazia cair a maçã era
         do mesmo tipo da força
     que puxava a Lua para a Terra.
           Newton descobriu,
    portanto, que a força gravítica
   não existe apenas à superfície da Terra:
          existem todo o lado do universo, pelo que se diz universal.
Força da Gravidade: é uma força de atracção cuja
intensidade é tanto maior quanto maiores forem as massas
dos corpos e quanto menor for a distância entre eles.

Tem:
A direcção da linha que une os corpos;
O sentido do corpo atraído para o corpo que exerce a
atracção.
A intensidade das forças gravitacionais é tanto maior
quanto maiores forem os corpos que se atraem e quanto
menor for a distância entre eles.
Fenómeno das Marés

Desde há muitos séculos que se associam os fenómenos
das marés à Lua. No entanto, só no séc. XVII, Newton
explicou correctamente o fenómeno das marés através
da atracção gravitacional da Lua e do Sol sobre as
águas do mar.

Marés: são o fenómeno periódico da subida e da
descida do nível dos mares.
Fenómeno das Marés

As marés devem-se, sobretudo, às forças gravíticas que a
Lua exerce sobre a Terra. Elas exercem-se sobre as partes
sólidas e líquidas, mas é nas líquidas que se nota mais esse
efeito.

Maré Alta: quando o nível das águas alcança o seu máximo e
aí permanece cerca de 8 minutos.

Maré Baixa: quando o nível das águas atinge o nível mínimo.
Fenómeno das Marés

As partes da Terra mais próximas da Lua são mais
atraídas, deformando a Terra.

A atracção da Lua é maior sobre a água que se encontra
mais próximo dela (I).
Fenómeno das Marés: Efeito do Sol

Quando o efeito da atracção do Sol se soma ao da Lua, as
marés atingem níveis mais elevados e mais baixos, ocorrem
as marés vivas; caso contrário, têm-se marés mortas.
Peso e Massa de um corpo

  Na linguagem do dia-a-dia, confunde-se muitas vezes
                     massa e peso!

Dizemos por exemplo: “ O meu peso é 70 kg.”
“Quantos quilogramas pesa este pacote de farinha?”



No entanto, na Física, massa e peso
            são duas grandezas diferentes.
Massa de um corpo

Quantidade de matéria que existe num corpo;
O valor da massa não varia qualquer que seja o local
onde se encontre;
Trata-se de uma grandeza escalar, que fica
perfeitamente definida pelo valor numérico e respectiva
unidade de medida (quilograma, kg, no SI).
Mede-se com balanças.
Massa de um corpo


   “Usei 0,5 kg de farinha na confecção de um bolo. “

Não há dúvidas de que nos estamos a referir ao conceito
                de massa de um corpo!

 Se transportássemos essa farinha para a Lua, o pacote
  manteria as características e a massa seria a mesma.

   Se pesássemos a farinha numa balança de pratos,
 poderíamos comprovar que continuávamos na presença
                de 0,5 kg de farinha.
Peso de um corpo

É uma força que corresponde aproximadamente à força de atracção
gravitacional que os planetas exercem sobre os corpos que neles se
encontram.                                    
É uma grandeza vectorial e representa-se por P
Relação entre a Massa e o Peso de um corpo

       O peso do corpo varia com a massa do planeta.

   Quanto maior for a massa do planeta, maior é o peso do
corpo. E quanto menor for a massa do planeta, menor é o peso
                         do corpo.
Relação entre a Massa e o Peso de um corpo

No mesmo lugar da Terra. O peso de um corpo é tanto
maior quanto maior for a sua massa.

  Se a massa de um corpo B é o dobro da massa de um
 corpo A, então, o peso de B também é o dobro do peso
                         de A.
Movimentos E ForçAs
Variação do Peso com a altitude

O peso é tanto menor quanto maior for a altitude do lugar
   onde se encontra, porque, se a altitude é maior, a
     distância do corpo ao centro da Terra é maior.
Variação do Peso com a latitude

O peso é tanto maior quanto maior for a latitude do lugar
                   onde se encontra.



                               Nas zonas próximas do equador,
                              onde a latitude é menor, a distância
                              ao centro da Terra é maior, logo o
                                          peso é menor.

                              Nas zonas próximas dos pólos, onde
                                a latitude é maior, a distância
                              ao centro da Terra é menor, logo o
                                         peso é maior.
Massa                 Peso

Grandeza escalar       Grandeza vectorial


Exprime-se em kg       Exprime-se em Newton


Mede-se com balanças   Mede-se com dinamómetros


Não varia              Varia com a massa, altitude e
                       latitude

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

9 ano leis de newton
9 ano leis de newton9 ano leis de newton
9 ano leis de newton
crisbassanimedeiros
 
Forças
ForçasForças
Forças
Rita Pereira
 
Reacções químicas 8ºano
Reacções químicas 8ºanoReacções químicas 8ºano
Reacções químicas 8ºano
adelinoqueiroz
 
A Crise do Séc. XIV
A Crise do Séc. XIVA Crise do Séc. XIV
A Crise do Séc. XIV
Carlos Vieira
 
Localização absoluta e relativa
Localização absoluta e relativaLocalização absoluta e relativa
Localização absoluta e relativa
inessalgado
 
Impulsão e lei de arquimedes
Impulsão e lei de arquimedesImpulsão e lei de arquimedes
Impulsão e lei de arquimedes
Casa Ciências
 
Planetas do Sistema Solar
Planetas do Sistema SolarPlanetas do Sistema Solar
Planetas do Sistema Solar
Tânia Reis
 
A gravitação universal de newton
A gravitação universal de newtonA gravitação universal de newton
A gravitação universal de newton
albertaratri
 
A escala de um mapa
A escala de um mapaA escala de um mapa
A escala de um mapa
catygeo
 
Localização Absoluta - 7º D
Localização Absoluta - 7º DLocalização Absoluta - 7º D
Localização Absoluta - 7º D
abarros
 
Provas da existência de Deus segundo Descartes
Provas da existência de Deus segundo DescartesProvas da existência de Deus segundo Descartes
Provas da existência de Deus segundo Descartes
Joana Filipa Rodrigues
 
A localização absoluta
A localização absolutaA localização absoluta
A localização absoluta
Gina Espenica
 
1. localização relativa processos orientação- limites europa
1. localização relativa  processos orientação- limites europa1. localização relativa  processos orientação- limites europa
1. localização relativa processos orientação- limites europa
Fankiko
 
Recursos expressivos
Recursos expressivosRecursos expressivos
Recursos expressivos
Ana Arminda Moreira
 
Leis de newton
Leis de newtonLeis de newton
Leis de newton
Rildo Borges
 
Sistema Solar
Sistema SolarSistema Solar
Sistema Solar
Catir
 
A Expansão marítima
A Expansão marítimaA Expansão marítima
A Expansão marítima
cattonia
 
Movimentos da terra 7ºano
Movimentos da terra 7ºanoMovimentos da terra 7ºano
Movimentos da terra 7ºano
doismilequinze
 
Hume
HumeHume
Descoberta e exploração da costa ocidental africana
Descoberta e exploração da costa ocidental africanaDescoberta e exploração da costa ocidental africana
Descoberta e exploração da costa ocidental africana
Susana Simões
 

Mais procurados (20)

9 ano leis de newton
9 ano leis de newton9 ano leis de newton
9 ano leis de newton
 
Forças
ForçasForças
Forças
 
Reacções químicas 8ºano
Reacções químicas 8ºanoReacções químicas 8ºano
Reacções químicas 8ºano
 
A Crise do Séc. XIV
A Crise do Séc. XIVA Crise do Séc. XIV
A Crise do Séc. XIV
 
Localização absoluta e relativa
Localização absoluta e relativaLocalização absoluta e relativa
Localização absoluta e relativa
 
Impulsão e lei de arquimedes
Impulsão e lei de arquimedesImpulsão e lei de arquimedes
Impulsão e lei de arquimedes
 
Planetas do Sistema Solar
Planetas do Sistema SolarPlanetas do Sistema Solar
Planetas do Sistema Solar
 
A gravitação universal de newton
A gravitação universal de newtonA gravitação universal de newton
A gravitação universal de newton
 
A escala de um mapa
A escala de um mapaA escala de um mapa
A escala de um mapa
 
Localização Absoluta - 7º D
Localização Absoluta - 7º DLocalização Absoluta - 7º D
Localização Absoluta - 7º D
 
Provas da existência de Deus segundo Descartes
Provas da existência de Deus segundo DescartesProvas da existência de Deus segundo Descartes
Provas da existência de Deus segundo Descartes
 
A localização absoluta
A localização absolutaA localização absoluta
A localização absoluta
 
1. localização relativa processos orientação- limites europa
1. localização relativa  processos orientação- limites europa1. localização relativa  processos orientação- limites europa
1. localização relativa processos orientação- limites europa
 
Recursos expressivos
Recursos expressivosRecursos expressivos
Recursos expressivos
 
Leis de newton
Leis de newtonLeis de newton
Leis de newton
 
Sistema Solar
Sistema SolarSistema Solar
Sistema Solar
 
A Expansão marítima
A Expansão marítimaA Expansão marítima
A Expansão marítima
 
Movimentos da terra 7ºano
Movimentos da terra 7ºanoMovimentos da terra 7ºano
Movimentos da terra 7ºano
 
Hume
HumeHume
Hume
 
Descoberta e exploração da costa ocidental africana
Descoberta e exploração da costa ocidental africanaDescoberta e exploração da costa ocidental africana
Descoberta e exploração da costa ocidental africana
 

Destaque

Movimentos e forças
Movimentos e forçasMovimentos e forças
Movimentos e forças
Marta-9C
 
Fisico Quimica - O Universo 7ºano
Fisico Quimica - O Universo 7ºanoFisico Quimica - O Universo 7ºano
Fisico Quimica - O Universo 7ºano
jmamata
 
Físico química 7ºAno
Físico química 7ºAnoFísico química 7ºAno
Físico química 7ºAno
professoramarisa
 
Fisica quimica-9-ano
Fisica quimica-9-anoFisica quimica-9-ano
Fisica quimica-9-ano
Carla Scala
 
Aula 7 - CFQ 7º ano
Aula 7 - CFQ 7º anoAula 7 - CFQ 7º ano
Aula 7 - CFQ 7º ano
André Ferreira Freitas
 
Revisões de CFQ- 7º ano
Revisões de CFQ- 7º anoRevisões de CFQ- 7º ano
Revisões de CFQ- 7º ano
inessalgado
 
Física e Química 7º Ano - Resumo
Física e Química 7º Ano - ResumoFísica e Química 7º Ano - Resumo
Física e Química 7º Ano - Resumo
ricardodavidtt
 
1º teste de física e química
1º teste de física e química1º teste de física e química
1º teste de física e química
antoniopedropinheiro
 
Movimentos da terra
Movimentos da terraMovimentos da terra
Movimentos da terra
dinartegaspar
 
Drogas Ilegais
Drogas IlegaisDrogas Ilegais
Drogas Ilegais
Debora Jesus
 
Trabalho físico química 9º ano
Trabalho físico química 9º anoTrabalho físico química 9º ano
Trabalho físico química 9º ano
anafilipacunha
 
Forças (física) - 9 ano - Resumo teórico
Forças  (física) - 9 ano - Resumo teóricoForças  (física) - 9 ano - Resumo teórico
Forças (física) - 9 ano - Resumo teórico
Ana Tapadinhas
 
7 exercicios
7 exercicios7 exercicios
7 exercicios
Fisica-Quimica
 
Força e movimento e força gravitacional
Força e movimento e força gravitacionalForça e movimento e força gravitacional
Força e movimento e força gravitacional
Luise Moura
 
Exercicios de revisão 7 ano
Exercicios de revisão 7 anoExercicios de revisão 7 ano
Exercicios de revisão 7 ano
alex01166
 
Novo F.Q. 7 - PPT Universo
Novo F.Q. 7 - PPT UniversoNovo F.Q. 7 - PPT Universo
Novo F.Q. 7 - PPT Universo
andygracolas
 
Fisica e Quimica 7º Ano - Materiais
Fisica e Quimica 7º Ano - MateriaisFisica e Quimica 7º Ano - Materiais
Fisica e Quimica 7º Ano - Materiais
anocas_rita
 
Resumo de F.Q
Resumo de F.QResumo de F.Q
Resumo de F.Q
Francisca Santos
 
7o ano ficha porto editora
7o ano ficha porto editora7o ano ficha porto editora
7o ano ficha porto editora
NetCultus
 
O universo, orientação e distâncias do e fora no Sistema Solar
O universo, orientação e distâncias do e fora no Sistema SolarO universo, orientação e distâncias do e fora no Sistema Solar
O universo, orientação e distâncias do e fora no Sistema Solar
Isadora Girio
 

Destaque (20)

Movimentos e forças
Movimentos e forçasMovimentos e forças
Movimentos e forças
 
Fisico Quimica - O Universo 7ºano
Fisico Quimica - O Universo 7ºanoFisico Quimica - O Universo 7ºano
Fisico Quimica - O Universo 7ºano
 
Físico química 7ºAno
Físico química 7ºAnoFísico química 7ºAno
Físico química 7ºAno
 
Fisica quimica-9-ano
Fisica quimica-9-anoFisica quimica-9-ano
Fisica quimica-9-ano
 
Aula 7 - CFQ 7º ano
Aula 7 - CFQ 7º anoAula 7 - CFQ 7º ano
Aula 7 - CFQ 7º ano
 
Revisões de CFQ- 7º ano
Revisões de CFQ- 7º anoRevisões de CFQ- 7º ano
Revisões de CFQ- 7º ano
 
Física e Química 7º Ano - Resumo
Física e Química 7º Ano - ResumoFísica e Química 7º Ano - Resumo
Física e Química 7º Ano - Resumo
 
1º teste de física e química
1º teste de física e química1º teste de física e química
1º teste de física e química
 
Movimentos da terra
Movimentos da terraMovimentos da terra
Movimentos da terra
 
Drogas Ilegais
Drogas IlegaisDrogas Ilegais
Drogas Ilegais
 
Trabalho físico química 9º ano
Trabalho físico química 9º anoTrabalho físico química 9º ano
Trabalho físico química 9º ano
 
Forças (física) - 9 ano - Resumo teórico
Forças  (física) - 9 ano - Resumo teóricoForças  (física) - 9 ano - Resumo teórico
Forças (física) - 9 ano - Resumo teórico
 
7 exercicios
7 exercicios7 exercicios
7 exercicios
 
Força e movimento e força gravitacional
Força e movimento e força gravitacionalForça e movimento e força gravitacional
Força e movimento e força gravitacional
 
Exercicios de revisão 7 ano
Exercicios de revisão 7 anoExercicios de revisão 7 ano
Exercicios de revisão 7 ano
 
Novo F.Q. 7 - PPT Universo
Novo F.Q. 7 - PPT UniversoNovo F.Q. 7 - PPT Universo
Novo F.Q. 7 - PPT Universo
 
Fisica e Quimica 7º Ano - Materiais
Fisica e Quimica 7º Ano - MateriaisFisica e Quimica 7º Ano - Materiais
Fisica e Quimica 7º Ano - Materiais
 
Resumo de F.Q
Resumo de F.QResumo de F.Q
Resumo de F.Q
 
7o ano ficha porto editora
7o ano ficha porto editora7o ano ficha porto editora
7o ano ficha porto editora
 
O universo, orientação e distâncias do e fora no Sistema Solar
O universo, orientação e distâncias do e fora no Sistema SolarO universo, orientação e distâncias do e fora no Sistema Solar
O universo, orientação e distâncias do e fora no Sistema Solar
 

Semelhante a Movimentos E ForçAs

CFQ: Massa vs peso
CFQ: Massa vs pesoCFQ: Massa vs peso
CFQ: Massa vs peso
7F
 
Massa e peso formacao
Massa e peso   formacaoMassa e peso   formacao
Massa e peso formacao
cecilianunes160
 
Peso e massa
Peso e massaPeso e massa
Peso e massa
anocas_rita
 
Aulas educafro movimento
Aulas educafro movimentoAulas educafro movimento
Aulas educafro movimento
educafro
 
A-Gravitacao-Universal-a-forca-misteriosa-que-molda-o-universo.pptx
A-Gravitacao-Universal-a-forca-misteriosa-que-molda-o-universo.pptxA-Gravitacao-Universal-a-forca-misteriosa-que-molda-o-universo.pptx
A-Gravitacao-Universal-a-forca-misteriosa-que-molda-o-universo.pptx
MarceloAugusto717697
 
Fisica aulas educafro movimento
Fisica aulas educafro movimentoFisica aulas educafro movimento
Fisica aulas educafro movimento
educafro
 
Texto f1
Texto f1Texto f1
Texto f1
Tita Santos
 
Mecânica-cinemática 2012
Mecânica-cinemática 2012Mecânica-cinemática 2012
Mecânica-cinemática 2012
Paulo Filho
 
Aulas educafro movimento
Aulas educafro movimentoAulas educafro movimento
Aulas educafro movimento
educafro
 
8a série as leis de newton
8a série   as leis de newton8a série   as leis de newton
8a série as leis de newton
SESI 422 - Americana
 
6anoouniversoeosistemasolar-151031201718-lva1-app6892 (1).pdf
6anoouniversoeosistemasolar-151031201718-lva1-app6892 (1).pdf6anoouniversoeosistemasolar-151031201718-lva1-app6892 (1).pdf
6anoouniversoeosistemasolar-151031201718-lva1-app6892 (1).pdf
valoarnteGritte
 
6 ano o universo e o sistema solar
6 ano o universo e o sistema solar6 ano o universo e o sistema solar
6 ano o universo e o sistema solar
crisbassanimedeiros
 
A física do “muito grande”
A física do “muito grande”A física do “muito grande”
A física do “muito grande”
Vitor Morais
 
As Leis de Newton
As Leis de NewtonAs Leis de Newton
As Leis de Newton
Rodolfo Ferreira de Oliveira
 
Força gravítica (Teste sem correção).pdf
Força gravítica (Teste sem correção).pdfForça gravítica (Teste sem correção).pdf
Força gravítica (Teste sem correção).pdf
Lurdes Dias
 
GRAVITAÇÃO universal de newton para ensino médio.pptx
GRAVITAÇÃO universal de newton para ensino médio.pptxGRAVITAÇÃO universal de newton para ensino médio.pptx
GRAVITAÇÃO universal de newton para ensino médio.pptx
asdf895604
 
Natureza-da-gravidade.pdf_20240531_104627_0000.pdf
Natureza-da-gravidade.pdf_20240531_104627_0000.pdfNatureza-da-gravidade.pdf_20240531_104627_0000.pdf
Natureza-da-gravidade.pdf_20240531_104627_0000.pdf
AlexandroFeitosa3
 
Astronomia e astrof´+¢sica parte 001
Astronomia e astrof´+¢sica parte 001Astronomia e astrof´+¢sica parte 001
Astronomia e astrof´+¢sica parte 001
Thommas Kevin
 
Astronomia - Introdução aos estudos para sextos anos do EF
Astronomia - Introdução aos estudos para sextos anos do EF Astronomia - Introdução aos estudos para sextos anos do EF
Astronomia - Introdução aos estudos para sextos anos do EF
Elizabeth Terra Lasmar
 
Ser geografo
Ser geografoSer geografo
Ser geografo
Pessoal
 

Semelhante a Movimentos E ForçAs (20)

CFQ: Massa vs peso
CFQ: Massa vs pesoCFQ: Massa vs peso
CFQ: Massa vs peso
 
Massa e peso formacao
Massa e peso   formacaoMassa e peso   formacao
Massa e peso formacao
 
Peso e massa
Peso e massaPeso e massa
Peso e massa
 
Aulas educafro movimento
Aulas educafro movimentoAulas educafro movimento
Aulas educafro movimento
 
A-Gravitacao-Universal-a-forca-misteriosa-que-molda-o-universo.pptx
A-Gravitacao-Universal-a-forca-misteriosa-que-molda-o-universo.pptxA-Gravitacao-Universal-a-forca-misteriosa-que-molda-o-universo.pptx
A-Gravitacao-Universal-a-forca-misteriosa-que-molda-o-universo.pptx
 
Fisica aulas educafro movimento
Fisica aulas educafro movimentoFisica aulas educafro movimento
Fisica aulas educafro movimento
 
Texto f1
Texto f1Texto f1
Texto f1
 
Mecânica-cinemática 2012
Mecânica-cinemática 2012Mecânica-cinemática 2012
Mecânica-cinemática 2012
 
Aulas educafro movimento
Aulas educafro movimentoAulas educafro movimento
Aulas educafro movimento
 
8a série as leis de newton
8a série   as leis de newton8a série   as leis de newton
8a série as leis de newton
 
6anoouniversoeosistemasolar-151031201718-lva1-app6892 (1).pdf
6anoouniversoeosistemasolar-151031201718-lva1-app6892 (1).pdf6anoouniversoeosistemasolar-151031201718-lva1-app6892 (1).pdf
6anoouniversoeosistemasolar-151031201718-lva1-app6892 (1).pdf
 
6 ano o universo e o sistema solar
6 ano o universo e o sistema solar6 ano o universo e o sistema solar
6 ano o universo e o sistema solar
 
A física do “muito grande”
A física do “muito grande”A física do “muito grande”
A física do “muito grande”
 
As Leis de Newton
As Leis de NewtonAs Leis de Newton
As Leis de Newton
 
Força gravítica (Teste sem correção).pdf
Força gravítica (Teste sem correção).pdfForça gravítica (Teste sem correção).pdf
Força gravítica (Teste sem correção).pdf
 
GRAVITAÇÃO universal de newton para ensino médio.pptx
GRAVITAÇÃO universal de newton para ensino médio.pptxGRAVITAÇÃO universal de newton para ensino médio.pptx
GRAVITAÇÃO universal de newton para ensino médio.pptx
 
Natureza-da-gravidade.pdf_20240531_104627_0000.pdf
Natureza-da-gravidade.pdf_20240531_104627_0000.pdfNatureza-da-gravidade.pdf_20240531_104627_0000.pdf
Natureza-da-gravidade.pdf_20240531_104627_0000.pdf
 
Astronomia e astrof´+¢sica parte 001
Astronomia e astrof´+¢sica parte 001Astronomia e astrof´+¢sica parte 001
Astronomia e astrof´+¢sica parte 001
 
Astronomia - Introdução aos estudos para sextos anos do EF
Astronomia - Introdução aos estudos para sextos anos do EF Astronomia - Introdução aos estudos para sextos anos do EF
Astronomia - Introdução aos estudos para sextos anos do EF
 
Ser geografo
Ser geografoSer geografo
Ser geografo
 

Mais de João França

The Music
The MusicThe Music
The Music
João França
 
Cultura Romana
Cultura RomanaCultura Romana
Cultura Romana
João França
 
Terra Lua Sol
Terra   Lua  SolTerra   Lua  Sol
Terra Lua Sol
João França
 
Energia Fontes E Formas De Energia
Energia   Fontes E Formas De EnergiaEnergia   Fontes E Formas De Energia
Energia Fontes E Formas De Energia
João França
 
Eclipses
EclipsesEclipses
Eclipses
João França
 
Atenas - Grécia
Atenas - GréciaAtenas - Grécia
Atenas - Grécia
João França
 

Mais de João França (6)

The Music
The MusicThe Music
The Music
 
Cultura Romana
Cultura RomanaCultura Romana
Cultura Romana
 
Terra Lua Sol
Terra   Lua  SolTerra   Lua  Sol
Terra Lua Sol
 
Energia Fontes E Formas De Energia
Energia   Fontes E Formas De EnergiaEnergia   Fontes E Formas De Energia
Energia Fontes E Formas De Energia
 
Eclipses
EclipsesEclipses
Eclipses
 
Atenas - Grécia
Atenas - GréciaAtenas - Grécia
Atenas - Grécia
 

Último

Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdfAdaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
CamilaSouza544051
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
mailabueno45
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
portaladministradores
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdfAdaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 

Movimentos E ForçAs

  • 2. MOVIMENTO E REPOUSO Movimento – Um corpo está em movimento se há alteração da posição do corpo ao longo do tempo em relação a um determinado referencial. Repouso – Um corpo está em repouso quando a posição do corpo não varia à medida que o tempo decorre e em relação a um determinado referencial.
  • 3. Trajectória Um corpo ao movimentar-se vai ocupando sucessivas posições no espaço. A linha que une os pontos correspondentes a essas posições designa-se trajectória. Pode haver trajectórias diferentes para ir de um local para outro.
  • 4. Tipos de Trajectórias Curvilínea (circular) Rectilínea Curvilínea (elíptica)
  • 6. Distância:comprimento total da trajectória. Quanto maior é o comprimento da trajectória maior é a distância percorrida.
  • 7. O João e o Manuel são irmãos. Andam na mesma escola e saem de casa à mesma hora. Seguem trajectórias diferentes, mas no entanto, chegam à escola ao mesmo tempo. O Manuel moveu-se com maior velocidade.
  • 8. Velocidade Média  Calcula-se dividindo a distância percorrida pelo tempo que se demorou a percorrê-la. A Terra move-se em torno do Sol com velocidade média de 30 km/s. Isto significa que, num segundo, a Terra percorre em média 30 km.
  • 9. FORÇAS GRAVÍTICAS No seu movimento em torno do Sol, os planetas executam trajectórias curvilíneas, pelo que que deverá existir uma força responsável por este tipo de movimento: Força da Gravidade. Newton percebeu um dia, quando estava debaixo de uma macieira e uma maçã lhe caiu na cabeça, que a força que fazia cair a maçã era do mesmo tipo da força que puxava a Lua para a Terra. Newton descobriu, portanto, que a força gravítica não existe apenas à superfície da Terra: existem todo o lado do universo, pelo que se diz universal.
  • 10. Força da Gravidade: é uma força de atracção cuja intensidade é tanto maior quanto maiores forem as massas dos corpos e quanto menor for a distância entre eles. Tem: A direcção da linha que une os corpos; O sentido do corpo atraído para o corpo que exerce a atracção.
  • 11. A intensidade das forças gravitacionais é tanto maior quanto maiores forem os corpos que se atraem e quanto menor for a distância entre eles.
  • 12. Fenómeno das Marés Desde há muitos séculos que se associam os fenómenos das marés à Lua. No entanto, só no séc. XVII, Newton explicou correctamente o fenómeno das marés através da atracção gravitacional da Lua e do Sol sobre as águas do mar. Marés: são o fenómeno periódico da subida e da descida do nível dos mares.
  • 13. Fenómeno das Marés As marés devem-se, sobretudo, às forças gravíticas que a Lua exerce sobre a Terra. Elas exercem-se sobre as partes sólidas e líquidas, mas é nas líquidas que se nota mais esse efeito. Maré Alta: quando o nível das águas alcança o seu máximo e aí permanece cerca de 8 minutos. Maré Baixa: quando o nível das águas atinge o nível mínimo.
  • 14. Fenómeno das Marés As partes da Terra mais próximas da Lua são mais atraídas, deformando a Terra. A atracção da Lua é maior sobre a água que se encontra mais próximo dela (I).
  • 15. Fenómeno das Marés: Efeito do Sol Quando o efeito da atracção do Sol se soma ao da Lua, as marés atingem níveis mais elevados e mais baixos, ocorrem as marés vivas; caso contrário, têm-se marés mortas.
  • 16. Peso e Massa de um corpo Na linguagem do dia-a-dia, confunde-se muitas vezes massa e peso! Dizemos por exemplo: “ O meu peso é 70 kg.” “Quantos quilogramas pesa este pacote de farinha?” No entanto, na Física, massa e peso são duas grandezas diferentes.
  • 17. Massa de um corpo Quantidade de matéria que existe num corpo; O valor da massa não varia qualquer que seja o local onde se encontre; Trata-se de uma grandeza escalar, que fica perfeitamente definida pelo valor numérico e respectiva unidade de medida (quilograma, kg, no SI). Mede-se com balanças.
  • 18. Massa de um corpo “Usei 0,5 kg de farinha na confecção de um bolo. “ Não há dúvidas de que nos estamos a referir ao conceito de massa de um corpo! Se transportássemos essa farinha para a Lua, o pacote manteria as características e a massa seria a mesma. Se pesássemos a farinha numa balança de pratos, poderíamos comprovar que continuávamos na presença de 0,5 kg de farinha.
  • 19. Peso de um corpo É uma força que corresponde aproximadamente à força de atracção gravitacional que os planetas exercem sobre os corpos que neles se encontram.  É uma grandeza vectorial e representa-se por P
  • 20. Relação entre a Massa e o Peso de um corpo O peso do corpo varia com a massa do planeta. Quanto maior for a massa do planeta, maior é o peso do corpo. E quanto menor for a massa do planeta, menor é o peso do corpo.
  • 21. Relação entre a Massa e o Peso de um corpo No mesmo lugar da Terra. O peso de um corpo é tanto maior quanto maior for a sua massa. Se a massa de um corpo B é o dobro da massa de um corpo A, então, o peso de B também é o dobro do peso de A.
  • 23. Variação do Peso com a altitude O peso é tanto menor quanto maior for a altitude do lugar onde se encontra, porque, se a altitude é maior, a distância do corpo ao centro da Terra é maior.
  • 24. Variação do Peso com a latitude O peso é tanto maior quanto maior for a latitude do lugar onde se encontra. Nas zonas próximas do equador, onde a latitude é menor, a distância ao centro da Terra é maior, logo o peso é menor. Nas zonas próximas dos pólos, onde a latitude é maior, a distância ao centro da Terra é menor, logo o peso é maior.
  • 25. Massa Peso Grandeza escalar Grandeza vectorial Exprime-se em kg Exprime-se em Newton Mede-se com balanças Mede-se com dinamómetros Não varia Varia com a massa, altitude e latitude