SlideShare uma empresa Scribd logo
Mediunidade de Materialização e Psicometria Aula ministrada no Departamento de Escolas e Cursos Centro Espírita Obreiros do Senhor 2011 Ceile Bernardo
Mediunidade EFEITOS FISICOS Ocorrem na esfera objetiva. ocorreOcorrem   Sensibilizam diretamente os órgãos dos sentidos dos observadores. EFEITOS INTELECTUAIS São os que ocorrem na esfera subjetiva, não ferindo os  sentidos físicos, (visão, audição, olfato,tato, paladar), senão a racionalidade e o intelecto .
MEDIUNIDADE
FENÔMENOS DE EFEITOS MATERIAIS, FÍSICOS OU OBJETIVOS Ocorrem na esfera objetiva. Sensibilizam diretamente os órgãos dos sentidos dos observador.  Materialização: tornar material, espíritos e objetos do ambiente espiritual. Transfiguração: modificação dos traços fisionômicos do próprio médium; Levitação: quando um ser ou objeto é levantado no ar sem contato físico ou qualquer meio material; ou seja, erguimento de objetos e pessoas, contrariando a lei da gravidade; Transporte: quando sem contato físico ou qualquer meio material, um ser ou objeto é transportado de um local para outro; ou seja, a entrada e saída de objetos de recintos hermeticamente fechados;
FENÔMENOS DE EFEITOS MATERIAIS, FÍSICOS OU OBJETIVOS Voz direta: vozes dos espíritos que soam no ambiente, independente do médium, através de uma garganta ectoplasmática; Escrita direta: palavras, frases, mensagens, escritas sem utilização da mão do médium; Mesas falantes ou tiptologia: sinais por pancadas (raps) formando palavras e frases inteligentes; Sematologia: movimento de objetos sem contato físico, traduzindo uma vontade, um sentimento, etc.
FENÔMENOS DE EFEITOS INTELIGENTES OU SUBJETIVOS Ocorrem na esfera subjetiva, não ferindo os cinco sentidos (visão, audição, tato, olfato, paladar), senão a racionalidade e o intelecto.  Podem se apresentar sob variada forma, tais como:   Intuição: quando o médium capta a realidade do plano espiritual ou o pensamento de espíritos.  Vidência: faculdade de ver os Espíritos, ambientes e coisas do plano espiritual;  Audiência: faculdade de ouvir os espíritos;  Desdobramento: adentrar ambientes do plano espiritual;  Psicometria: faculdade de captar informações nos próprios seres ou objetos;  Psicografia: faculdade de receber a comunicação dos espíritos através da escrita;  Psicofonia: quando o espírito fala através do médium.
- INTUIÇÃO, VIDÊNCIA E AUDIÊNCIA   Intuição, vidência e audiência: tais fenômenos ocorrem quando o espírito do próprio médium, em fase especial ou não de transe, fica num estado de lucidez espiritual, percebendo pelos sentidos espirituais. (ANÍMICA)   - PSICOGRAFIA E PSICOFONIA   Psicografia e psicofonia: tais fenômenos ocorrem por ação direta de uma entidade espiritual sobre o médium ocupando parcial ou totalmente a sua organização psico-física para se comunicar. (MEDIUNICA)   FACULDADE MEDIANÍMICA
Psicometria -Nos Domínios da Mediunidade Objeto mediador
Psicometria     Nos Domínios da Mediunidade    ( André Luiz ) Objeto mediador
Ernesto Bozzano, estudioso profundo do psiquismo humano, filósofo e grande pensador, no livro Enigmas da Psicometria, aborda experiências e análises sobre diversos casos que utilizaram a psicometria como recurso.  Define que a psicometria é uma das modalidades da clarividência e que os objetos servem para fornecer pistas ao psicômetra, sendo que os resultados são alcançados pelas faculdades clarividentes e telepáticas do médium, ultrapassando os limites da matéria e do tempo. Diz, ainda, que os fluidos humanos são absorvidos pelo objeto, tornando-se agentes evocadores das impressões psicométricas. Por isso, quando o objeto pertenceu a mais de uma pessoa pode até causar erros de orientação. Psicometria
MATERIALIZAÇÃO : É O ATO OU EFEITO DE MATERIALIZAR-(SE ) O conhecido professor Hernani Guimarães Andrade, em seu livro  "A Matéria Psi" , faz judiciosas ponderações a respeito deste verbete:  "O vocábulo materialização pode sugerir a idéia de transformação da substância espiritual em substância material".   Isso não parece certo. Na ectoplasmia não ocorre, nem materialização nem desmaterialização. O fenômeno em jogo tem as características da organização morfológica (modelação) de uma determinada substância material (o ectoplasma).  No vocabulário espírita trata-se de um fenômeno de ectoplasmia,quando um ser ou objeto de outra dimensão (espiritual) tornar-se visível e tangível, por condensação de substância sutil (ectoplasma) que se desprende do médium.  A formação (modelação) ectoplasmática dos Espíritos pode ser :           parcial (dedos, mãos, braços, rostos)            ou total (corpo inteiro),  Com substância luminosa ou não.  Sob o aspecto da tangibilidade, as formações ectoplasmáticas podem ser :           do tipo rarefeito, de pouca densidade,            mais denso e opaco com bastante nitidez            e denso com solidez e tangibilidade total.  (Dicionário de Filosofia Espírita - L. Palhano Jr)
EMISSÃO ECTOPLASMA
ECTOPLASMIA O QUE É  QUAIS AS CARACTERÍSTICAS É UMA COMBINAÇÃO DE FLUIDOS OS ESPIRITOS NÃO PRODUZEM ECTOPLASMA TIPOS DE ECTOPLASMA É CONSIDERADO MATÉRIA É UM COMBINADO DE SUBSTANCIAS COMO SE APRESENTA COMO É PRODUZIDO NO SER HUMANO ONDE SE FORMA O ECTOPLASMA
PREPARAÇÃO AMBIENTE : OZONIZAÇÃO   é  indispensável semelhante operação, para que todas as larvas e expressões microscópicas de atividade inferior sejam exterminadas. A relativa ozonização da paisagem interior é necessária como trabalho bactericida. Depois, o instrutor explicou que o ectoplasma, ou força nervosa, que será abundantemente extraído do médium, não pode sofrer, sem prejuízos fatais, a intromissão de certos elementos microbianos.  IONIZAÇÃO :  Alexandre explicou que eles faziam a ionização da atmosfera, combinando recursos para efeitos elétricos e magnéticos.  ION :ATOMO QUE PERDEU OU GANHOU ELETROS MEDIUM:   Auxilio magnético sobre o sistema nervoso vegetativo,para acelerar os processos digestivos,sistema nervoso central,cérebro, limpeza dos centros vitais, e passes específicos para desdobramento.
DUPLO ETÉRICO -  CORPO VITAL
ESPIRITO KATIE KING - WILLAM CROOKES LIVRO FATOS ESPIRITAS
FLORENCE COOK / KATIE KING
Fornecedor do ectoplasma, com o espírito materializado atrás (Irmã Josepha). Do lado direito está Francisco Cândido Xavieir. Esta fotografia foi feita por Nedyr Mendes da Rocha no ano de 1965, em Uberaba, MG, usando uma máquina fotográfica marca Roleiflex e filme Kodacolor de 100 ASA. Como os trabalhos de materialização são feitos no escuro, esta foto foi feita com o auxílio de flash. É interessante notar como o ectoplasma que sai da boca do médium, como se fossem panos, ‘cai’ na direção do chão, mostrando estar sujeito à ação da gravidade. No trabalho de materialização em que esta fotografia foi feita, também participou a médium Otília Diogo. Ela se encontrava sentada dentro da cabine .   ANTONIO ALVES FEITOSA
MATERIALIZAÇÃO DO ESPIRITO IRMÃ JOSEFA Materialização de Uberaba - livro Jorge Rizzini – Otilia Diogo médium - 1963 – revista O Cruzeiro
MATERIALIZAÇÃO EM MOLDES DE PARAFINA
PEIXOTINHO – ESPIRITO IRMÃ ANA
PEIXOTINHO
A  magnífica materialização de Emmanuel (Materialização através de Chico Xavier). Ilustração feita pelo artista Joaquim Alves ( Jô ), da Federação Espírita do Estado de São Paulo-FEESP, que presenciou o fenômeno. Contudo, em sua última materialização disse aos presentes: "— Amigos, a materialização é fenômeno que pode deslumbrar alguns companheiros e até beneficiá-los com a cura física. Todavia, o livro (Os livros, a maior prioridade) é a chuva que fertiliza lavouras imensas, alcançando milhões de almas. Rogo aos amigos a suspensão, a partir desse momento, dessas reuniões". "E a partir daquele dia, Chico —a disciplina em pessoa— nunca mais as realizou, servindo-se de sua faculdade mediúnica de efeitos físicos. O livro, no entanto, como chuva abençoada, continua fertilizando a lavoura do coração humano, trazendo paz, reconforto e esclarecimento a milhões de criaturas"... ILUSTRAÇÃO DA MATERIALIZAÇÃO
ECTOPLASMA VEGETAL –ECTOFITOPLASMA Hernani Guimarães Andrade, no seu livro “Espírito, Perispírito e Alma”, propõe a existência dos seguintes tipos de ectoplasma: 1.ectomineroplasma ,  originário dos materiais minerais; 2.ectofitoplasma ,  quando extraído dos vegetais; 3.ectozooplasma ,  quando produzido pelos animais; 4.ectohumanoplasma ,  quando produzido pelos humanos. Para efeito de simplificação de terminologia,podemos dizer apenas. ectoplasma: - mineral, - vegetal, - animal, - humano.
MEDIUNS DE EFEITOS FISICOS CARMINE MIRABELLI CONAN DAILE ANA PRADO PEIXOTINHO EUSAPIA PALADINO ELIZABETE D’ESPERANCE
PESQUISADORES ALEXANDRE AKASAKOF CHARLES RICHET ERNESTO BOZZANO WILLIAN CROOKES GABRIEL DELANE FREDERICH ZOLLNER CONAN DAILE CESARE LOMBROSO DR. GELEY
Jesus e a Mediunidade de Efeitos Físicos Bodas de Caná Multiplicação de Pães , Peixes Tempestade Serenada Levitação Sobre as Águas Transfiguração do Tabor

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

MANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEAS
MANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEASMANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEAS
MANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEAS
Jorge Luiz dos Santos
 
principios basicos do espiritismo
principios basicos do espiritismoprincipios basicos do espiritismo
principios basicos do espiritismo
cleomarjunior
 
Curso Básico de Espiritismo 13
Curso Básico de Espiritismo 13Curso Básico de Espiritismo 13
Curso Básico de Espiritismo 13
Roseli Lemes
 
2.o fenômeno mediúnico através dos tempos. médiuns precursores
2.o fenômeno mediúnico através dos tempos. médiuns precursores2.o fenômeno mediúnico através dos tempos. médiuns precursores
2.o fenômeno mediúnico através dos tempos. médiuns precursores
jcevadro
 
Obsessão e influenciação espiritual
Obsessão e influenciação espiritualObsessão e influenciação espiritual
Obsessão e influenciação espiritual
grupodepaisceb
 
Estranha moral ESE Cap XXIII
Estranha moral ESE Cap XXIIIEstranha moral ESE Cap XXIII
Estranha moral ESE Cap XXIII
grupodepaisceb
 
Aula 2 - Efeitos Físicos - Parte 2
Aula 2 - Efeitos Físicos - Parte 2Aula 2 - Efeitos Físicos - Parte 2
Aula 2 - Efeitos Físicos - Parte 2
Sergio Lima Dias Junior
 
Fluido Cósmico ou Universal
Fluido Cósmico ou UniversalFluido Cósmico ou Universal
Fluido Cósmico ou Universal
Rivaldo Guedes Corrêa. Jr
 
12ª aula riscos da mediunidade, perda e suspensão da faculdade
12ª aula   riscos da  mediunidade, perda e suspensão da faculdade12ª aula   riscos da  mediunidade, perda e suspensão da faculdade
12ª aula riscos da mediunidade, perda e suspensão da faculdade
Wagner Quadros
 
Capítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e lei
Capítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e leiCapítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e lei
Capítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e lei
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan KardecSonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
marjoriestavismeyer
 
Influência Moral do Médium e do Meio
Influência Moral do Médium e do MeioInfluência Moral do Médium e do Meio
Influência Moral do Médium e do Meio
igmateus
 
Mocidade Espírita Chico Xavier - Transfiguração
Mocidade Espírita Chico Xavier - TransfiguraçãoMocidade Espírita Chico Xavier - Transfiguração
Mocidade Espírita Chico Xavier - Transfiguração
Sergio Lima Dias Junior
 
Mocidade Espírita Chico Xavier - Psicografia
Mocidade Espírita Chico Xavier - PsicografiaMocidade Espírita Chico Xavier - Psicografia
Mocidade Espírita Chico Xavier - Psicografia
Sergio Lima Dias Junior
 
Ag 110330-teoria da presciência-as predições do evangelho
Ag 110330-teoria da presciência-as predições do evangelhoAg 110330-teoria da presciência-as predições do evangelho
Ag 110330-teoria da presciência-as predições do evangelho
Carlos Alberto Freire De Souza
 
Mocidade Espírita Chico Xavier - Tiptologia ou Sematologia
Mocidade Espírita Chico Xavier - Tiptologia ou SematologiaMocidade Espírita Chico Xavier - Tiptologia ou Sematologia
Mocidade Espírita Chico Xavier - Tiptologia ou Sematologia
Sergio Lima Dias Junior
 
Mistificações
MistificaçõesMistificações
Mistificações
igmateus
 
Desencarnação
DesencarnaçãoDesencarnação
Desencarnação
Izabel Cristina Fonseca
 
2.8.1 O sono e os sonhos
2.8.1   O sono e os sonhos2.8.1   O sono e os sonhos
2.8.1 O sono e os sonhos
Marta Gomes
 
Comunicabilidade dos Espíritos
Comunicabilidade dos EspíritosComunicabilidade dos Espíritos
Comunicabilidade dos Espíritos
igmateus
 

Mais procurados (20)

MANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEAS
MANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEASMANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEAS
MANIFESTAÇÕES FÍSICAS ESPONTÂNEAS
 
principios basicos do espiritismo
principios basicos do espiritismoprincipios basicos do espiritismo
principios basicos do espiritismo
 
Curso Básico de Espiritismo 13
Curso Básico de Espiritismo 13Curso Básico de Espiritismo 13
Curso Básico de Espiritismo 13
 
2.o fenômeno mediúnico através dos tempos. médiuns precursores
2.o fenômeno mediúnico através dos tempos. médiuns precursores2.o fenômeno mediúnico através dos tempos. médiuns precursores
2.o fenômeno mediúnico através dos tempos. médiuns precursores
 
Obsessão e influenciação espiritual
Obsessão e influenciação espiritualObsessão e influenciação espiritual
Obsessão e influenciação espiritual
 
Estranha moral ESE Cap XXIII
Estranha moral ESE Cap XXIIIEstranha moral ESE Cap XXIII
Estranha moral ESE Cap XXIII
 
Aula 2 - Efeitos Físicos - Parte 2
Aula 2 - Efeitos Físicos - Parte 2Aula 2 - Efeitos Físicos - Parte 2
Aula 2 - Efeitos Físicos - Parte 2
 
Fluido Cósmico ou Universal
Fluido Cósmico ou UniversalFluido Cósmico ou Universal
Fluido Cósmico ou Universal
 
12ª aula riscos da mediunidade, perda e suspensão da faculdade
12ª aula   riscos da  mediunidade, perda e suspensão da faculdade12ª aula   riscos da  mediunidade, perda e suspensão da faculdade
12ª aula riscos da mediunidade, perda e suspensão da faculdade
 
Capítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e lei
Capítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e leiCapítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e lei
Capítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e lei
 
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan KardecSonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
Sonambulismo, êxtase e dupla vista - Livro dos Espíritos - Allan Kardec
 
Influência Moral do Médium e do Meio
Influência Moral do Médium e do MeioInfluência Moral do Médium e do Meio
Influência Moral do Médium e do Meio
 
Mocidade Espírita Chico Xavier - Transfiguração
Mocidade Espírita Chico Xavier - TransfiguraçãoMocidade Espírita Chico Xavier - Transfiguração
Mocidade Espírita Chico Xavier - Transfiguração
 
Mocidade Espírita Chico Xavier - Psicografia
Mocidade Espírita Chico Xavier - PsicografiaMocidade Espírita Chico Xavier - Psicografia
Mocidade Espírita Chico Xavier - Psicografia
 
Ag 110330-teoria da presciência-as predições do evangelho
Ag 110330-teoria da presciência-as predições do evangelhoAg 110330-teoria da presciência-as predições do evangelho
Ag 110330-teoria da presciência-as predições do evangelho
 
Mocidade Espírita Chico Xavier - Tiptologia ou Sematologia
Mocidade Espírita Chico Xavier - Tiptologia ou SematologiaMocidade Espírita Chico Xavier - Tiptologia ou Sematologia
Mocidade Espírita Chico Xavier - Tiptologia ou Sematologia
 
Mistificações
MistificaçõesMistificações
Mistificações
 
Desencarnação
DesencarnaçãoDesencarnação
Desencarnação
 
2.8.1 O sono e os sonhos
2.8.1   O sono e os sonhos2.8.1   O sono e os sonhos
2.8.1 O sono e os sonhos
 
Comunicabilidade dos Espíritos
Comunicabilidade dos EspíritosComunicabilidade dos Espíritos
Comunicabilidade dos Espíritos
 

Destaque

3 ano cem
3 ano cem3 ano cem
Albert de rochas a levitação
Albert de rochas   a levitaçãoAlbert de rochas   a levitação
Albert de rochas a levitação
EWALDO DE SOUZA
 
Premonição 5
Premonição 5Premonição 5
Premonição 5
pullig
 
Vidência
VidênciaVidência
Vidência
Cleoalvares
 
Index2
Index2Index2
Index1
Index1Index1
Aprenda a ser um vidente em 10 lições
Aprenda a ser um vidente em 10 liçõesAprenda a ser um vidente em 10 lições
Aprenda a ser um vidente em 10 lições
Douglas Rodrigues
 
Viajores da Eternidade
Viajores da EternidadeViajores da Eternidade
Viajores da Eternidade
Ceile Bernardo
 
N.,S. DE MEDJUGORJE - ENTREVISTA COM VIDENETE VICKA -
N.,S. DE MEDJUGORJE - ENTREVISTA COM VIDENETE VICKA -N.,S. DE MEDJUGORJE - ENTREVISTA COM VIDENETE VICKA -
N.,S. DE MEDJUGORJE - ENTREVISTA COM VIDENETE VICKA -
GRUPO DE ORAÇÃO ANJO RAFAEL
 
33 fenômenos de efeitos físicos
33 fenômenos de efeitos físicos33 fenômenos de efeitos físicos
33 fenômenos de efeitos físicos
Antonio SSantos
 
Apometria desdobramento
Apometria  desdobramento Apometria  desdobramento
Apometria desdobramento
Sophia Alves de Souza
 
Diversidade dos Carismas -
Diversidade dos Carismas -Diversidade dos Carismas -
Diversidade dos Carismas -
Patricia Farias
 
Desdobramento
DesdobramentoDesdobramento
Desdobramento
cab3032
 
Diversidade dos Carismas - Cap. XIX – O Médium em Ação
Diversidade dos Carismas - Cap. XIX – O Médium em AçãoDiversidade dos Carismas - Cap. XIX – O Médium em Ação
Diversidade dos Carismas - Cap. XIX – O Médium em Ação
Patricia Farias
 
Mediunidade
MediunidadeMediunidade
Mediunidade
Maria Alice Sannini
 
Tipos de mediunidade
Tipos de mediunidadeTipos de mediunidade
Tipos de mediunidade
Ana Cláudia Leal Felgueiras
 
Diversidade dos Carismas - Aura (segunda parte)
Diversidade dos Carismas - Aura (segunda parte)Diversidade dos Carismas - Aura (segunda parte)
Diversidade dos Carismas - Aura (segunda parte)
Patricia Farias
 
Psicometria - déjà vu - Marcelo Gomez Brito Junior
Psicometria - déjà vu - Marcelo Gomez Brito JuniorPsicometria - déjà vu - Marcelo Gomez Brito Junior
Psicometria - déjà vu - Marcelo Gomez Brito Junior
Marcelo Gomez Brito Junior
 
Emancipação da Alma - Desdobramento
Emancipação da Alma - DesdobramentoEmancipação da Alma - Desdobramento
Emancipação da Alma - Desdobramento
contatodoutrina2013
 
Leitura fria
Leitura friaLeitura fria
Leitura fria
Ares_Bruno
 

Destaque (20)

3 ano cem
3 ano cem3 ano cem
3 ano cem
 
Albert de rochas a levitação
Albert de rochas   a levitaçãoAlbert de rochas   a levitação
Albert de rochas a levitação
 
Premonição 5
Premonição 5Premonição 5
Premonição 5
 
Vidência
VidênciaVidência
Vidência
 
Index2
Index2Index2
Index2
 
Index1
Index1Index1
Index1
 
Aprenda a ser um vidente em 10 lições
Aprenda a ser um vidente em 10 liçõesAprenda a ser um vidente em 10 lições
Aprenda a ser um vidente em 10 lições
 
Viajores da Eternidade
Viajores da EternidadeViajores da Eternidade
Viajores da Eternidade
 
N.,S. DE MEDJUGORJE - ENTREVISTA COM VIDENETE VICKA -
N.,S. DE MEDJUGORJE - ENTREVISTA COM VIDENETE VICKA -N.,S. DE MEDJUGORJE - ENTREVISTA COM VIDENETE VICKA -
N.,S. DE MEDJUGORJE - ENTREVISTA COM VIDENETE VICKA -
 
33 fenômenos de efeitos físicos
33 fenômenos de efeitos físicos33 fenômenos de efeitos físicos
33 fenômenos de efeitos físicos
 
Apometria desdobramento
Apometria  desdobramento Apometria  desdobramento
Apometria desdobramento
 
Diversidade dos Carismas -
Diversidade dos Carismas -Diversidade dos Carismas -
Diversidade dos Carismas -
 
Desdobramento
DesdobramentoDesdobramento
Desdobramento
 
Diversidade dos Carismas - Cap. XIX – O Médium em Ação
Diversidade dos Carismas - Cap. XIX – O Médium em AçãoDiversidade dos Carismas - Cap. XIX – O Médium em Ação
Diversidade dos Carismas - Cap. XIX – O Médium em Ação
 
Mediunidade
MediunidadeMediunidade
Mediunidade
 
Tipos de mediunidade
Tipos de mediunidadeTipos de mediunidade
Tipos de mediunidade
 
Diversidade dos Carismas - Aura (segunda parte)
Diversidade dos Carismas - Aura (segunda parte)Diversidade dos Carismas - Aura (segunda parte)
Diversidade dos Carismas - Aura (segunda parte)
 
Psicometria - déjà vu - Marcelo Gomez Brito Junior
Psicometria - déjà vu - Marcelo Gomez Brito JuniorPsicometria - déjà vu - Marcelo Gomez Brito Junior
Psicometria - déjà vu - Marcelo Gomez Brito Junior
 
Emancipação da Alma - Desdobramento
Emancipação da Alma - DesdobramentoEmancipação da Alma - Desdobramento
Emancipação da Alma - Desdobramento
 
Leitura fria
Leitura friaLeitura fria
Leitura fria
 

Semelhante a Materializacao

Materializacao 111231102026-phpapp01
Materializacao 111231102026-phpapp01Materializacao 111231102026-phpapp01
Materializacao 111231102026-phpapp01
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Espiritismo e mediunidade 07
Espiritismo e mediunidade  07Espiritismo e mediunidade  07
Espiritismo e mediunidade 07
Leonardo Pereira
 
Animismo e Espiritismo
Animismo e EspiritismoAnimismo e Espiritismo
Animismo e Espiritismo
Graça Maciel
 
51 desdobramento animico (apometria)
51 desdobramento animico (apometria)51 desdobramento animico (apometria)
51 desdobramento animico (apometria)
Antonio SSantos
 
Apometria
ApometriaApometria
Sobrevivência do Espírito
Sobrevivência do EspíritoSobrevivência do Espírito
Sobrevivência do Espírito
Denise Aguiar
 
Mediunidade
MediunidadeMediunidade
Mediunidade
Kleber Galo
 
2ª aula mediunidade classificação - coem
2ª aula   mediunidade classificação - coem2ª aula   mediunidade classificação - coem
2ª aula mediunidade classificação - coem
Wagner Quadros
 
2aula mediunidadeclassificao-coem-121124153606-phpapp01
2aula mediunidadeclassificao-coem-121124153606-phpapp012aula mediunidadeclassificao-coem-121124153606-phpapp01
2aula mediunidadeclassificao-coem-121124153606-phpapp01
Daniele Pireda
 
Materialização
MaterializaçãoMaterialização
Aula 1 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de Efeitos Físicos
Aula 1 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de Efeitos FísicosAula 1 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de Efeitos Físicos
Aula 1 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de Efeitos Físicos
Sergio Lima Dias Junior
 
Aula 14 - Mocidade Espírita Chico Xavier - Mediunidade de Efeitos Físicos
Aula 14 - Mocidade Espírita Chico Xavier - Mediunidade de Efeitos FísicosAula 14 - Mocidade Espírita Chico Xavier - Mediunidade de Efeitos Físicos
Aula 14 - Mocidade Espírita Chico Xavier - Mediunidade de Efeitos Físicos
Sergio Lima Dias Junior
 
mediunidadedeefeitosfsicos-131018185100-phpapp01 (2).pdf
mediunidadedeefeitosfsicos-131018185100-phpapp01 (2).pdfmediunidadedeefeitosfsicos-131018185100-phpapp01 (2).pdf
mediunidadedeefeitosfsicos-131018185100-phpapp01 (2).pdf
DorotiaCZSilveira
 
# Amag ramgis - ectoplasma (apostila - versão 2002) - [ espiritismo]
#   Amag ramgis - ectoplasma (apostila - versão 2002) - [ espiritismo]#   Amag ramgis - ectoplasma (apostila - versão 2002) - [ espiritismo]
# Amag ramgis - ectoplasma (apostila - versão 2002) - [ espiritismo]
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
( Espiritismo) # - amag ramgis - ectoplasma (apostila - versao 2002)
( Espiritismo)   # - amag ramgis - ectoplasma (apostila - versao 2002)( Espiritismo)   # - amag ramgis - ectoplasma (apostila - versao 2002)
( Espiritismo) # - amag ramgis - ectoplasma (apostila - versao 2002)
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Apostila de Ectoplasma
Apostila de EctoplasmaApostila de Ectoplasma
Apostila de Ectoplasma
V.X. Carmo
 
32 ectoplasma
32 ectoplasma32 ectoplasma
32 ectoplasma
Antonio SSantos
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Leonardo Pereira
 
O Perispírito
O PerispíritoO Perispírito
O Perispírito
hamletcrs
 
Terceiro Módulo - 15ª aula - Mistificação - animismo
Terceiro Módulo - 15ª aula - Mistificação - animismoTerceiro Módulo - 15ª aula - Mistificação - animismo
Terceiro Módulo - 15ª aula - Mistificação - animismo
CeiClarencio
 

Semelhante a Materializacao (20)

Materializacao 111231102026-phpapp01
Materializacao 111231102026-phpapp01Materializacao 111231102026-phpapp01
Materializacao 111231102026-phpapp01
 
Espiritismo e mediunidade 07
Espiritismo e mediunidade  07Espiritismo e mediunidade  07
Espiritismo e mediunidade 07
 
Animismo e Espiritismo
Animismo e EspiritismoAnimismo e Espiritismo
Animismo e Espiritismo
 
51 desdobramento animico (apometria)
51 desdobramento animico (apometria)51 desdobramento animico (apometria)
51 desdobramento animico (apometria)
 
Apometria
ApometriaApometria
Apometria
 
Sobrevivência do Espírito
Sobrevivência do EspíritoSobrevivência do Espírito
Sobrevivência do Espírito
 
Mediunidade
MediunidadeMediunidade
Mediunidade
 
2ª aula mediunidade classificação - coem
2ª aula   mediunidade classificação - coem2ª aula   mediunidade classificação - coem
2ª aula mediunidade classificação - coem
 
2aula mediunidadeclassificao-coem-121124153606-phpapp01
2aula mediunidadeclassificao-coem-121124153606-phpapp012aula mediunidadeclassificao-coem-121124153606-phpapp01
2aula mediunidadeclassificao-coem-121124153606-phpapp01
 
Materialização
MaterializaçãoMaterialização
Materialização
 
Aula 1 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de Efeitos Físicos
Aula 1 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de Efeitos FísicosAula 1 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de Efeitos Físicos
Aula 1 - Classificação Mediúnica - Mediunidade de Efeitos Físicos
 
Aula 14 - Mocidade Espírita Chico Xavier - Mediunidade de Efeitos Físicos
Aula 14 - Mocidade Espírita Chico Xavier - Mediunidade de Efeitos FísicosAula 14 - Mocidade Espírita Chico Xavier - Mediunidade de Efeitos Físicos
Aula 14 - Mocidade Espírita Chico Xavier - Mediunidade de Efeitos Físicos
 
mediunidadedeefeitosfsicos-131018185100-phpapp01 (2).pdf
mediunidadedeefeitosfsicos-131018185100-phpapp01 (2).pdfmediunidadedeefeitosfsicos-131018185100-phpapp01 (2).pdf
mediunidadedeefeitosfsicos-131018185100-phpapp01 (2).pdf
 
# Amag ramgis - ectoplasma (apostila - versão 2002) - [ espiritismo]
#   Amag ramgis - ectoplasma (apostila - versão 2002) - [ espiritismo]#   Amag ramgis - ectoplasma (apostila - versão 2002) - [ espiritismo]
# Amag ramgis - ectoplasma (apostila - versão 2002) - [ espiritismo]
 
( Espiritismo) # - amag ramgis - ectoplasma (apostila - versao 2002)
( Espiritismo)   # - amag ramgis - ectoplasma (apostila - versao 2002)( Espiritismo)   # - amag ramgis - ectoplasma (apostila - versao 2002)
( Espiritismo) # - amag ramgis - ectoplasma (apostila - versao 2002)
 
Apostila de Ectoplasma
Apostila de EctoplasmaApostila de Ectoplasma
Apostila de Ectoplasma
 
32 ectoplasma
32 ectoplasma32 ectoplasma
32 ectoplasma
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
 
O Perispírito
O PerispíritoO Perispírito
O Perispírito
 
Terceiro Módulo - 15ª aula - Mistificação - animismo
Terceiro Módulo - 15ª aula - Mistificação - animismoTerceiro Módulo - 15ª aula - Mistificação - animismo
Terceiro Módulo - 15ª aula - Mistificação - animismo
 

Mais de Ceile Bernardo

Atos dos apostolos
Atos dos apostolosAtos dos apostolos
Atos dos apostolos
Ceile Bernardo
 
Aula intervencao dos espiritos no mundo fisico
Aula   intervencao dos espiritos no mundo fisicoAula   intervencao dos espiritos no mundo fisico
Aula intervencao dos espiritos no mundo fisico
Ceile Bernardo
 
Aula - Estou de luto
Aula -  Estou de lutoAula -  Estou de luto
Aula - Estou de luto
Ceile Bernardo
 
Aula a lei do amor
Aula   a  lei do amorAula   a  lei do amor
Aula a lei do amor
Ceile Bernardo
 
Aula bem aventurados os pobres de espirito
Aula   bem aventurados os pobres de espiritoAula   bem aventurados os pobres de espirito
Aula bem aventurados os pobres de espirito
Ceile Bernardo
 
Aula Perfeição Moral
Aula  Perfeição MoralAula  Perfeição Moral
Aula Perfeição Moral
Ceile Bernardo
 
Aula Lei de Conservação
Aula  Lei de ConservaçãoAula  Lei de Conservação
Aula Lei de Conservação
Ceile Bernardo
 
Aula otimismo e fé
Aula  otimismo e féAula  otimismo e fé
Aula otimismo e fé
Ceile Bernardo
 
Aula Vida Espirita
Aula Vida EspiritaAula Vida Espirita
Aula Vida Espirita
Ceile Bernardo
 
Lei de Reprodução
Lei de ReproduçãoLei de Reprodução
Lei de Reprodução
Ceile Bernardo
 
Principio Vital
Principio VitalPrincipio Vital
Principio Vital
Ceile Bernardo
 
O homem o Perispirito a Evolução
O homem o Perispirito a EvoluçãoO homem o Perispirito a Evolução
O homem o Perispirito a Evolução
Ceile Bernardo
 
Preconceito
Preconceito Preconceito
Preconceito
Ceile Bernardo
 
Historia do espiritismo
Historia do espiritismo Historia do espiritismo
Historia do espiritismo
Ceile Bernardo
 
Historia do espiritismo
Historia do espiritismoHistoria do espiritismo
Historia do espiritismo
Ceile Bernardo
 
Curso de Entrevistadores - Sexualidade
Curso de Entrevistadores - SexualidadeCurso de Entrevistadores - Sexualidade
Curso de Entrevistadores - Sexualidade
Ceile Bernardo
 
Deus video.
Deus video.Deus video.
Deus video.
Ceile Bernardo
 
Elementos gerais do universo video
Elementos gerais do universo videoElementos gerais do universo video
Elementos gerais do universo video
Ceile Bernardo
 
Fé e Obras
Fé e Obras Fé e Obras
Fé e Obras
Ceile Bernardo
 
Alegria confiança video
Alegria confiança videoAlegria confiança video
Alegria confiança video
Ceile Bernardo
 

Mais de Ceile Bernardo (20)

Atos dos apostolos
Atos dos apostolosAtos dos apostolos
Atos dos apostolos
 
Aula intervencao dos espiritos no mundo fisico
Aula   intervencao dos espiritos no mundo fisicoAula   intervencao dos espiritos no mundo fisico
Aula intervencao dos espiritos no mundo fisico
 
Aula - Estou de luto
Aula -  Estou de lutoAula -  Estou de luto
Aula - Estou de luto
 
Aula a lei do amor
Aula   a  lei do amorAula   a  lei do amor
Aula a lei do amor
 
Aula bem aventurados os pobres de espirito
Aula   bem aventurados os pobres de espiritoAula   bem aventurados os pobres de espirito
Aula bem aventurados os pobres de espirito
 
Aula Perfeição Moral
Aula  Perfeição MoralAula  Perfeição Moral
Aula Perfeição Moral
 
Aula Lei de Conservação
Aula  Lei de ConservaçãoAula  Lei de Conservação
Aula Lei de Conservação
 
Aula otimismo e fé
Aula  otimismo e féAula  otimismo e fé
Aula otimismo e fé
 
Aula Vida Espirita
Aula Vida EspiritaAula Vida Espirita
Aula Vida Espirita
 
Lei de Reprodução
Lei de ReproduçãoLei de Reprodução
Lei de Reprodução
 
Principio Vital
Principio VitalPrincipio Vital
Principio Vital
 
O homem o Perispirito a Evolução
O homem o Perispirito a EvoluçãoO homem o Perispirito a Evolução
O homem o Perispirito a Evolução
 
Preconceito
Preconceito Preconceito
Preconceito
 
Historia do espiritismo
Historia do espiritismo Historia do espiritismo
Historia do espiritismo
 
Historia do espiritismo
Historia do espiritismoHistoria do espiritismo
Historia do espiritismo
 
Curso de Entrevistadores - Sexualidade
Curso de Entrevistadores - SexualidadeCurso de Entrevistadores - Sexualidade
Curso de Entrevistadores - Sexualidade
 
Deus video.
Deus video.Deus video.
Deus video.
 
Elementos gerais do universo video
Elementos gerais do universo videoElementos gerais do universo video
Elementos gerais do universo video
 
Fé e Obras
Fé e Obras Fé e Obras
Fé e Obras
 
Alegria confiança video
Alegria confiança videoAlegria confiança video
Alegria confiança video
 

Último

Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Ricardo Azevedo
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
Rogério Augusto Ayres de Araujo
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
AlexandreCarvalho858758
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
Nilson Almeida
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
carla983678
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
nadeclarice
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
SanturioTacararu
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
AntonioMugiba
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
DavidBertelli3
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
Marta Gomes
 

Último (14)

Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
 

Materializacao

  • 1. Mediunidade de Materialização e Psicometria Aula ministrada no Departamento de Escolas e Cursos Centro Espírita Obreiros do Senhor 2011 Ceile Bernardo
  • 2. Mediunidade EFEITOS FISICOS Ocorrem na esfera objetiva. ocorreOcorrem Sensibilizam diretamente os órgãos dos sentidos dos observadores. EFEITOS INTELECTUAIS São os que ocorrem na esfera subjetiva, não ferindo os sentidos físicos, (visão, audição, olfato,tato, paladar), senão a racionalidade e o intelecto .
  • 4. FENÔMENOS DE EFEITOS MATERIAIS, FÍSICOS OU OBJETIVOS Ocorrem na esfera objetiva. Sensibilizam diretamente os órgãos dos sentidos dos observador. Materialização: tornar material, espíritos e objetos do ambiente espiritual. Transfiguração: modificação dos traços fisionômicos do próprio médium; Levitação: quando um ser ou objeto é levantado no ar sem contato físico ou qualquer meio material; ou seja, erguimento de objetos e pessoas, contrariando a lei da gravidade; Transporte: quando sem contato físico ou qualquer meio material, um ser ou objeto é transportado de um local para outro; ou seja, a entrada e saída de objetos de recintos hermeticamente fechados;
  • 5. FENÔMENOS DE EFEITOS MATERIAIS, FÍSICOS OU OBJETIVOS Voz direta: vozes dos espíritos que soam no ambiente, independente do médium, através de uma garganta ectoplasmática; Escrita direta: palavras, frases, mensagens, escritas sem utilização da mão do médium; Mesas falantes ou tiptologia: sinais por pancadas (raps) formando palavras e frases inteligentes; Sematologia: movimento de objetos sem contato físico, traduzindo uma vontade, um sentimento, etc.
  • 6. FENÔMENOS DE EFEITOS INTELIGENTES OU SUBJETIVOS Ocorrem na esfera subjetiva, não ferindo os cinco sentidos (visão, audição, tato, olfato, paladar), senão a racionalidade e o intelecto. Podem se apresentar sob variada forma, tais como:   Intuição: quando o médium capta a realidade do plano espiritual ou o pensamento de espíritos.  Vidência: faculdade de ver os Espíritos, ambientes e coisas do plano espiritual;  Audiência: faculdade de ouvir os espíritos;  Desdobramento: adentrar ambientes do plano espiritual;  Psicometria: faculdade de captar informações nos próprios seres ou objetos;  Psicografia: faculdade de receber a comunicação dos espíritos através da escrita;  Psicofonia: quando o espírito fala através do médium.
  • 7. - INTUIÇÃO, VIDÊNCIA E AUDIÊNCIA   Intuição, vidência e audiência: tais fenômenos ocorrem quando o espírito do próprio médium, em fase especial ou não de transe, fica num estado de lucidez espiritual, percebendo pelos sentidos espirituais. (ANÍMICA)   - PSICOGRAFIA E PSICOFONIA   Psicografia e psicofonia: tais fenômenos ocorrem por ação direta de uma entidade espiritual sobre o médium ocupando parcial ou totalmente a sua organização psico-física para se comunicar. (MEDIUNICA)   FACULDADE MEDIANÍMICA
  • 8. Psicometria -Nos Domínios da Mediunidade Objeto mediador
  • 9. Psicometria  Nos Domínios da Mediunidade ( André Luiz ) Objeto mediador
  • 10. Ernesto Bozzano, estudioso profundo do psiquismo humano, filósofo e grande pensador, no livro Enigmas da Psicometria, aborda experiências e análises sobre diversos casos que utilizaram a psicometria como recurso. Define que a psicometria é uma das modalidades da clarividência e que os objetos servem para fornecer pistas ao psicômetra, sendo que os resultados são alcançados pelas faculdades clarividentes e telepáticas do médium, ultrapassando os limites da matéria e do tempo. Diz, ainda, que os fluidos humanos são absorvidos pelo objeto, tornando-se agentes evocadores das impressões psicométricas. Por isso, quando o objeto pertenceu a mais de uma pessoa pode até causar erros de orientação. Psicometria
  • 11. MATERIALIZAÇÃO : É O ATO OU EFEITO DE MATERIALIZAR-(SE ) O conhecido professor Hernani Guimarães Andrade, em seu livro "A Matéria Psi" , faz judiciosas ponderações a respeito deste verbete: "O vocábulo materialização pode sugerir a idéia de transformação da substância espiritual em substância material". Isso não parece certo. Na ectoplasmia não ocorre, nem materialização nem desmaterialização. O fenômeno em jogo tem as características da organização morfológica (modelação) de uma determinada substância material (o ectoplasma). No vocabulário espírita trata-se de um fenômeno de ectoplasmia,quando um ser ou objeto de outra dimensão (espiritual) tornar-se visível e tangível, por condensação de substância sutil (ectoplasma) que se desprende do médium. A formação (modelação) ectoplasmática dos Espíritos pode ser :          parcial (dedos, mãos, braços, rostos)          ou total (corpo inteiro), Com substância luminosa ou não. Sob o aspecto da tangibilidade, as formações ectoplasmáticas podem ser :          do tipo rarefeito, de pouca densidade,          mais denso e opaco com bastante nitidez          e denso com solidez e tangibilidade total. (Dicionário de Filosofia Espírita - L. Palhano Jr)
  • 13. ECTOPLASMIA O QUE É QUAIS AS CARACTERÍSTICAS É UMA COMBINAÇÃO DE FLUIDOS OS ESPIRITOS NÃO PRODUZEM ECTOPLASMA TIPOS DE ECTOPLASMA É CONSIDERADO MATÉRIA É UM COMBINADO DE SUBSTANCIAS COMO SE APRESENTA COMO É PRODUZIDO NO SER HUMANO ONDE SE FORMA O ECTOPLASMA
  • 14. PREPARAÇÃO AMBIENTE : OZONIZAÇÃO  é indispensável semelhante operação, para que todas as larvas e expressões microscópicas de atividade inferior sejam exterminadas. A relativa ozonização da paisagem interior é necessária como trabalho bactericida. Depois, o instrutor explicou que o ectoplasma, ou força nervosa, que será abundantemente extraído do médium, não pode sofrer, sem prejuízos fatais, a intromissão de certos elementos microbianos. IONIZAÇÃO : Alexandre explicou que eles faziam a ionização da atmosfera, combinando recursos para efeitos elétricos e magnéticos. ION :ATOMO QUE PERDEU OU GANHOU ELETROS MEDIUM: Auxilio magnético sobre o sistema nervoso vegetativo,para acelerar os processos digestivos,sistema nervoso central,cérebro, limpeza dos centros vitais, e passes específicos para desdobramento.
  • 15. DUPLO ETÉRICO - CORPO VITAL
  • 16. ESPIRITO KATIE KING - WILLAM CROOKES LIVRO FATOS ESPIRITAS
  • 17. FLORENCE COOK / KATIE KING
  • 18. Fornecedor do ectoplasma, com o espírito materializado atrás (Irmã Josepha). Do lado direito está Francisco Cândido Xavieir. Esta fotografia foi feita por Nedyr Mendes da Rocha no ano de 1965, em Uberaba, MG, usando uma máquina fotográfica marca Roleiflex e filme Kodacolor de 100 ASA. Como os trabalhos de materialização são feitos no escuro, esta foto foi feita com o auxílio de flash. É interessante notar como o ectoplasma que sai da boca do médium, como se fossem panos, ‘cai’ na direção do chão, mostrando estar sujeito à ação da gravidade. No trabalho de materialização em que esta fotografia foi feita, também participou a médium Otília Diogo. Ela se encontrava sentada dentro da cabine . ANTONIO ALVES FEITOSA
  • 19. MATERIALIZAÇÃO DO ESPIRITO IRMÃ JOSEFA Materialização de Uberaba - livro Jorge Rizzini – Otilia Diogo médium - 1963 – revista O Cruzeiro
  • 23. A magnífica materialização de Emmanuel (Materialização através de Chico Xavier). Ilustração feita pelo artista Joaquim Alves ( Jô ), da Federação Espírita do Estado de São Paulo-FEESP, que presenciou o fenômeno. Contudo, em sua última materialização disse aos presentes: "— Amigos, a materialização é fenômeno que pode deslumbrar alguns companheiros e até beneficiá-los com a cura física. Todavia, o livro (Os livros, a maior prioridade) é a chuva que fertiliza lavouras imensas, alcançando milhões de almas. Rogo aos amigos a suspensão, a partir desse momento, dessas reuniões". "E a partir daquele dia, Chico —a disciplina em pessoa— nunca mais as realizou, servindo-se de sua faculdade mediúnica de efeitos físicos. O livro, no entanto, como chuva abençoada, continua fertilizando a lavoura do coração humano, trazendo paz, reconforto e esclarecimento a milhões de criaturas"... ILUSTRAÇÃO DA MATERIALIZAÇÃO
  • 24. ECTOPLASMA VEGETAL –ECTOFITOPLASMA Hernani Guimarães Andrade, no seu livro “Espírito, Perispírito e Alma”, propõe a existência dos seguintes tipos de ectoplasma: 1.ectomineroplasma ,  originário dos materiais minerais; 2.ectofitoplasma ,  quando extraído dos vegetais; 3.ectozooplasma ,  quando produzido pelos animais; 4.ectohumanoplasma ,  quando produzido pelos humanos. Para efeito de simplificação de terminologia,podemos dizer apenas. ectoplasma: - mineral, - vegetal, - animal, - humano.
  • 25. MEDIUNS DE EFEITOS FISICOS CARMINE MIRABELLI CONAN DAILE ANA PRADO PEIXOTINHO EUSAPIA PALADINO ELIZABETE D’ESPERANCE
  • 26. PESQUISADORES ALEXANDRE AKASAKOF CHARLES RICHET ERNESTO BOZZANO WILLIAN CROOKES GABRIEL DELANE FREDERICH ZOLLNER CONAN DAILE CESARE LOMBROSO DR. GELEY
  • 27. Jesus e a Mediunidade de Efeitos Físicos Bodas de Caná Multiplicação de Pães , Peixes Tempestade Serenada Levitação Sobre as Águas Transfiguração do Tabor