SlideShare uma empresa Scribd logo
Ler mais, ler melhor IV Encontro de Serviços de Apoio às Bibliotecas Escolares  Rosa Martins
Ler mais, Ler melhor
Literacia da leitura O PISA define literacia de leitura como a capacidade do indivíduo para compreender, usar, refletir sobre e apropriar-se de textos escritos, de forma a alcançar os seus objetivos, desenvolver o próprio conhecimento e potencial e participar na sociedade (OCDE, 2010). Através desta definição é possível perceber que o enfoque da avaliação PISA está muito mais no uso de textos escritos no dia-a-dia dos alunos, do que no conhecimento explícito da língua, das suas características gramaticais, figuras de estilo, vocabulário,ou no domínio das referências culturais incorporadas nos textos. Neste sentido, o principal objetivo do PISA é mostrar em que medida os alunos, no final da escolaridade obrigatória, estarão preparados para fazer face às novas exigências da sociedade. GAVE (2010) PISA 2009 COMPETÊNCIAS DOS ALUNOS PORTUGUESES. Síntese de resultados http://www.gave.min-edu.pt/np3content/?newsId=368&fileName=PISA2009_SR.pdf
Motivar para a leitura. Formar leitores A apetência pela leitura e escrita decorrem da competência. A leitura não pode configurar um esforço com défices acentuados de velocidade, de compreensão, de relacionamento, inviabilizando-se a passagem para um nível de combinação se sentidos e de desenvolvimento do pensamento crítico e da metacognição. Fazer leitores não se compadece com atividades pontuais. Requer trabalho e prática continuada. Requer treino dos mecanismos cognitivos subjacentes: compreensão, interpretação, seleção da informação pertinente, obrigando a um caráter regular e sistemático.
Importância da Leitura A leitura é uma competência estruturante da aprendizagem e do crescimento pessoal e é também uma ferramenta de fruição intelectual. O grau de desempenho de um aluno na leitura e compreensão de textos em diferentes formatos (imagem, video, impresso) e contextos é um indicador chave do seu sucesso no contexto escolar e a nível pessoal.  Enquanto competência essencial à aprendizagem ao longo da vida, a leitura transcende a simples descodificaçãoo e compreensão, para se transformar em interpretação e desenvolvimento de visões acerca do mundo.  STANDARDS PARA O ALUNO DO SECULO XXI.  American Association of School Librarians (AASL, 2007) http://www.ala.org/aasl/standards  
Novas Literacias Múltiplas competências associadas à expansão transmediática atual: a capacidade de navegar entre conteúdos de natureza muito diversa e de encontrar sentido; Ser capaz de legitimar a autoridade e validade das fontes quando não se encontra frente a fontes/ media tradicionais;  Saber interagir e cooperar com outros, partilhando interesses e afinidades de forma ética e socialmente responsável; Deter competências de pesquisa e saber integrar a informação.
Leitura e aprendizagem (Perspectivar a mudança) INSTITUTO DA EDUCAÇÃO (2007), NETS para Estudantes http://www.iste.org/standards/nets-for-students.aspx O Instituto da Educação para a Tecnologia identificada as seguintes competências críticas à aprendizagem e à cidadania: Comunicar e colaborar; Saber pesquisar e usar a informação; Pensar de forma crítica, resolver problemas e tomar decisões; Usar a tecnologia de forma ética e efetiva.
Fatores
Ecologia da leitura
Leitura. Anatomia de  um desafio Estratégias, dispositivos, mediação Ecologias
Papel da Biblioteca Escolar
Biblioteca e leitura  Resposta à mudança Promover a continuidade prevendo e encetando a mudança: Não pode haver alfabetização digital e da informação sem o conhecimento e domínio das literacias básicas da leitura e da escrita. Transição do texto para o hipermédia e da leitura linear à leitura fragmentada em diferentes media, para além do escrito.  A metamorfose dos meios e a proliferação de novos media obriga a pensar a reconfiguração do espaço e da ação do professor bibliotecário.
Segundo os professores, o PNL está a criar uma política de leitura na escola em que convergem as várias iniciativas individuais e que engloba os vários agentes, procurando-se assim unir esforços para em conjunto se alcançarem os objectivos pretendidos. Como impactos da implementação dos programas e projetos do PNL na BE, ou por eles potenciados, são referidos, em primeiro lugar, a requisição domiciliária crescente de documentos e o maior número de utilizadores da BE, tanto alunos como professores.  O trabalho de articulação curricular da BE com as estruturas pedagógicas tem também vindo a ser incrementado.  Segundo os resultados do Inquérito PNL às Escolas, há um aumento progressivo do envolvimento das bibliotecas escolares nas atividades do PNL. Fonte: CIES-IUL, Inquérito PNL às Escolas, 2008 e 2010. Bibliotecas Escolares/ PNL
Bibliotecas Escolares/ PNL
Bibliotecas Escolares/ PNL
Bibliotecas Escolares/ PNL
Obrigada  

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Sobradinho - Fátima Regina da Silva Bandeira
Sobradinho - Fátima Regina da Silva BandeiraSobradinho - Fátima Regina da Silva Bandeira
Sobradinho - Fátima Regina da Silva Bandeira
CursoTICs
 
Suê
SuêSuê
Cenários Virtuais de Aprendizagem
Cenários Virtuais de AprendizagemCenários Virtuais de Aprendizagem
Cenários Virtuais de Aprendizagem
Maria Vera Pereira Skitnevsky
 
Vol2 linguaestrangeira
Vol2 linguaestrangeiraVol2 linguaestrangeira
Vol2 linguaestrangeira
Claudio Luis
 
Dimensões e Desenvolvimento das Competências Gerais da BNCC
Dimensões e Desenvolvimento das Competências Gerais da BNCCDimensões e Desenvolvimento das Competências Gerais da BNCC
Dimensões e Desenvolvimento das Competências Gerais da BNCC
straraposa
 
Seeduc estudar
Seeduc estudarSeeduc estudar
Seeduc estudar
Carla Gomes
 
Dani jo lucia_marlene_soriani_ativ_43
Dani jo lucia_marlene_soriani_ativ_43Dani jo lucia_marlene_soriani_ativ_43
Dani jo lucia_marlene_soriani_ativ_43
djlms
 
A educação virtual e as relações interpessoais.
A educação virtual e as relações interpessoais.A educação virtual e as relações interpessoais.
A educação virtual e as relações interpessoais.
JoseliDaher
 
Ensino da língua portuguesa
Ensino da língua portuguesa Ensino da língua portuguesa
Ensino da língua portuguesa
Cleidson Macena
 
Literatura e sociedade no Facebook: da palavra alheia dos outros à minha pala...
Literatura e sociedade no Facebook: da palavra alheia dos outros à minha pala...Literatura e sociedade no Facebook: da palavra alheia dos outros à minha pala...
Literatura e sociedade no Facebook: da palavra alheia dos outros à minha pala...
Diego Pereira
 
Educomunicação e Ciberjornalismo: aproximação e sintonia
Educomunicação e Ciberjornalismo: aproximação e sintoniaEducomunicação e Ciberjornalismo: aproximação e sintonia
Educomunicação e Ciberjornalismo: aproximação e sintonia
Antonia Alves
 
A língua estrangeira/adicional na educação básica e a educação integral: co...
A língua estrangeira/adicional na  educação básica e a educação integral:  co...A língua estrangeira/adicional na  educação básica e a educação integral:  co...
A língua estrangeira/adicional na educação básica e a educação integral: co...
Raquel Salcedo Gomes
 
Apresentação impress do projeto curso proinfo fase final para apresentar
Apresentação impress do projeto curso proinfo fase final para apresentarApresentação impress do projeto curso proinfo fase final para apresentar
Apresentação impress do projeto curso proinfo fase final para apresentar
monicaeregina
 
Redes sociais de aprendizagem colaborativa
Redes sociais de aprendizagem colaborativaRedes sociais de aprendizagem colaborativa
Redes sociais de aprendizagem colaborativa
Maria Vera Pereira Skitnevsky
 
Novos letramentos e cosmopolitismo na formação de professores
Novos letramentos e cosmopolitismo na formação de professoresNovos letramentos e cosmopolitismo na formação de professores
Novos letramentos e cosmopolitismo na formação de professores
Lourdes Balabuch
 
Educomunicação para educadores da Seduc MT
Educomunicação para educadores da Seduc MTEducomunicação para educadores da Seduc MT
Educomunicação para educadores da Seduc MT
Antonia Alves
 
Literatura e sociedade no Facebook: da palavra alheia dos outros à minha pala...
Literatura e sociedade no Facebook: da palavra alheia dos outros à minha pala...Literatura e sociedade no Facebook: da palavra alheia dos outros à minha pala...
Literatura e sociedade no Facebook: da palavra alheia dos outros à minha pala...
Diego Pereira
 
Considerações sobre o letramento na cultura do papel
Considerações sobre o letramento na cultura do papelConsiderações sobre o letramento na cultura do papel
Considerações sobre o letramento na cultura do papel
UNOPAR, UNEB
 

Mais procurados (18)

Sobradinho - Fátima Regina da Silva Bandeira
Sobradinho - Fátima Regina da Silva BandeiraSobradinho - Fátima Regina da Silva Bandeira
Sobradinho - Fátima Regina da Silva Bandeira
 
Suê
SuêSuê
Suê
 
Cenários Virtuais de Aprendizagem
Cenários Virtuais de AprendizagemCenários Virtuais de Aprendizagem
Cenários Virtuais de Aprendizagem
 
Vol2 linguaestrangeira
Vol2 linguaestrangeiraVol2 linguaestrangeira
Vol2 linguaestrangeira
 
Dimensões e Desenvolvimento das Competências Gerais da BNCC
Dimensões e Desenvolvimento das Competências Gerais da BNCCDimensões e Desenvolvimento das Competências Gerais da BNCC
Dimensões e Desenvolvimento das Competências Gerais da BNCC
 
Seeduc estudar
Seeduc estudarSeeduc estudar
Seeduc estudar
 
Dani jo lucia_marlene_soriani_ativ_43
Dani jo lucia_marlene_soriani_ativ_43Dani jo lucia_marlene_soriani_ativ_43
Dani jo lucia_marlene_soriani_ativ_43
 
A educação virtual e as relações interpessoais.
A educação virtual e as relações interpessoais.A educação virtual e as relações interpessoais.
A educação virtual e as relações interpessoais.
 
Ensino da língua portuguesa
Ensino da língua portuguesa Ensino da língua portuguesa
Ensino da língua portuguesa
 
Literatura e sociedade no Facebook: da palavra alheia dos outros à minha pala...
Literatura e sociedade no Facebook: da palavra alheia dos outros à minha pala...Literatura e sociedade no Facebook: da palavra alheia dos outros à minha pala...
Literatura e sociedade no Facebook: da palavra alheia dos outros à minha pala...
 
Educomunicação e Ciberjornalismo: aproximação e sintonia
Educomunicação e Ciberjornalismo: aproximação e sintoniaEducomunicação e Ciberjornalismo: aproximação e sintonia
Educomunicação e Ciberjornalismo: aproximação e sintonia
 
A língua estrangeira/adicional na educação básica e a educação integral: co...
A língua estrangeira/adicional na  educação básica e a educação integral:  co...A língua estrangeira/adicional na  educação básica e a educação integral:  co...
A língua estrangeira/adicional na educação básica e a educação integral: co...
 
Apresentação impress do projeto curso proinfo fase final para apresentar
Apresentação impress do projeto curso proinfo fase final para apresentarApresentação impress do projeto curso proinfo fase final para apresentar
Apresentação impress do projeto curso proinfo fase final para apresentar
 
Redes sociais de aprendizagem colaborativa
Redes sociais de aprendizagem colaborativaRedes sociais de aprendizagem colaborativa
Redes sociais de aprendizagem colaborativa
 
Novos letramentos e cosmopolitismo na formação de professores
Novos letramentos e cosmopolitismo na formação de professoresNovos letramentos e cosmopolitismo na formação de professores
Novos letramentos e cosmopolitismo na formação de professores
 
Educomunicação para educadores da Seduc MT
Educomunicação para educadores da Seduc MTEducomunicação para educadores da Seduc MT
Educomunicação para educadores da Seduc MT
 
Literatura e sociedade no Facebook: da palavra alheia dos outros à minha pala...
Literatura e sociedade no Facebook: da palavra alheia dos outros à minha pala...Literatura e sociedade no Facebook: da palavra alheia dos outros à minha pala...
Literatura e sociedade no Facebook: da palavra alheia dos outros à minha pala...
 
Considerações sobre o letramento na cultura do papel
Considerações sobre o letramento na cultura do papelConsiderações sobre o letramento na cultura do papel
Considerações sobre o letramento na cultura do papel
 

Destaque

Caminhos Percorridos
Caminhos PercorridosCaminhos Percorridos
Caminhos Percorridos
António Pires
 
Redes sociais na Biblioteca
Redes sociais na BibliotecaRedes sociais na Biblioteca
Redes sociais na Biblioteca
Carlos Pinheiro
 
Marketing na(s) biblioteca(s)
Marketing na(s) biblioteca(s)Marketing na(s) biblioteca(s)
Marketing na(s) biblioteca(s)
António Pires
 
Promover para crescer
Promover para crescerPromover para crescer
Promover para crescer
António Pires
 
Quiosques troca por troca
Quiosques troca por trocaQuiosques troca por troca
Quiosques troca por troca
António Pires
 
Educar com cinema no pré escolar
Educar com cinema no pré  escolarEducar com cinema no pré  escolar
Educar com cinema no pré escolar
António Pires
 
Atividades de outubro
Atividades de outubroAtividades de outubro
Atividades de outubro
Bibliotecas Escolares do AEPBS
 
António torrado
António torradoAntónio torrado
La Biblioteca del Futuro: Bibliotecas en proceso de cambio
La  Biblioteca del Futuro: Bibliotecas en proceso de cambioLa  Biblioteca del Futuro: Bibliotecas en proceso de cambio
La Biblioteca del Futuro: Bibliotecas en proceso de cambio
Julio Alonso Arévalo
 
Lenda de s. martinho
Lenda de s. martinhoLenda de s. martinho
Lenda de s. martinho
Bibliotecas Escolares do AEPBS
 
A gamificação em sala de aula
A gamificação em sala de aulaA gamificação em sala de aula
A gamificação em sala de aula
Carlos Pinheiro
 
Biblioteca digital e a sua gestão
Biblioteca digital e a sua gestãoBiblioteca digital e a sua gestão
Biblioteca digital e a sua gestão
António Pires
 

Destaque (13)

Caminhos Percorridos
Caminhos PercorridosCaminhos Percorridos
Caminhos Percorridos
 
Redes sociais na Biblioteca
Redes sociais na BibliotecaRedes sociais na Biblioteca
Redes sociais na Biblioteca
 
Marketing na(s) biblioteca(s)
Marketing na(s) biblioteca(s)Marketing na(s) biblioteca(s)
Marketing na(s) biblioteca(s)
 
Promover para crescer
Promover para crescerPromover para crescer
Promover para crescer
 
Quiosques troca por troca
Quiosques troca por trocaQuiosques troca por troca
Quiosques troca por troca
 
Educar com cinema no pré escolar
Educar com cinema no pré  escolarEducar com cinema no pré  escolar
Educar com cinema no pré escolar
 
Atividades de outubro
Atividades de outubroAtividades de outubro
Atividades de outubro
 
António torrado
António torradoAntónio torrado
António torrado
 
La Biblioteca del Futuro: Bibliotecas en proceso de cambio
La  Biblioteca del Futuro: Bibliotecas en proceso de cambioLa  Biblioteca del Futuro: Bibliotecas en proceso de cambio
La Biblioteca del Futuro: Bibliotecas en proceso de cambio
 
Lenda de s. martinho
Lenda de s. martinhoLenda de s. martinho
Lenda de s. martinho
 
Bibliopaper 2017
Bibliopaper 2017Bibliopaper 2017
Bibliopaper 2017
 
A gamificação em sala de aula
A gamificação em sala de aulaA gamificação em sala de aula
A gamificação em sala de aula
 
Biblioteca digital e a sua gestão
Biblioteca digital e a sua gestãoBiblioteca digital e a sua gestão
Biblioteca digital e a sua gestão
 

Semelhante a Ler mais, ler melhor

Leitura famalicão21
Leitura famalicão21Leitura famalicão21
Leitura famalicão21
Rosa Martins
 
Projeto de leitura
Projeto de leituraProjeto de leitura
Projeto de leitura
Daniel Campos
 
SLIDES TRABALHANDO A ESCRITA E A ORALIDADE EM PROL DO DESENVOLVIMENTO COGNITI...
SLIDES TRABALHANDO A ESCRITA E A ORALIDADE EM PROL DO DESENVOLVIMENTO COGNITI...SLIDES TRABALHANDO A ESCRITA E A ORALIDADE EM PROL DO DESENVOLVIMENTO COGNITI...
SLIDES TRABALHANDO A ESCRITA E A ORALIDADE EM PROL DO DESENVOLVIMENTO COGNITI...
DayaneMichelle4
 
Design didático construindo um caminhar desvelando parcerias
Design didático construindo um caminhar desvelando parceriasDesign didático construindo um caminhar desvelando parcerias
Design didático construindo um caminhar desvelando parcerias
juroanny
 
O PROFESSOR-AUTOR E O USO DE RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS
O PROFESSOR-AUTOR E O USO DE RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOSO PROFESSOR-AUTOR E O USO DE RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS
O PROFESSOR-AUTOR E O USO DE RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS
Joyce Fettermann
 
PROJETO DE LEITURA.docx
PROJETO DE LEITURA.docxPROJETO DE LEITURA.docx
PROJETO DE LEITURA.docx
PaulaAraujo83
 
A formação de leitores na educação infantil
A formação de leitores na educação infantilA formação de leitores na educação infantil
A formação de leitores na educação infantil
Marcia Gomes
 
Três de Maio - Maria Iraci Cardoso Tuzzin
Três de Maio - Maria Iraci Cardoso TuzzinTrês de Maio - Maria Iraci Cardoso Tuzzin
Três de Maio - Maria Iraci Cardoso Tuzzin
CursoTICs
 
Jocinéia lopes becker
Jocinéia lopes beckerJocinéia lopes becker
Jocinéia lopes becker
equipetics
 
Mergulhados no Mundo da Comunicação
Mergulhados no Mundo da ComunicaçãoMergulhados no Mundo da Comunicação
Mergulhados no Mundo da Comunicação
Karoliny Borges
 
Alusai artigo3 copia
Alusai artigo3   copiaAlusai artigo3   copia
Alusai artigo3 copia
Nicléia Macêdo
 
Professores bibliotecarios escolares_resultados_da_aprendizagem_e_pratica_bas...
Professores bibliotecarios escolares_resultados_da_aprendizagem_e_pratica_bas...Professores bibliotecarios escolares_resultados_da_aprendizagem_e_pratica_bas...
Professores bibliotecarios escolares_resultados_da_aprendizagem_e_pratica_bas...
Teresa Gonçalves
 
Professores bibliotecarios escolares_resultados_da_aprendizagem_e_pratica_bas...
Professores bibliotecarios escolares_resultados_da_aprendizagem_e_pratica_bas...Professores bibliotecarios escolares_resultados_da_aprendizagem_e_pratica_bas...
Professores bibliotecarios escolares_resultados_da_aprendizagem_e_pratica_bas...
gigilu
 
O uso das TIC's na Educação - Proinfo
O uso das TIC's na Educação - ProinfoO uso das TIC's na Educação - Proinfo
O uso das TIC's na Educação - Proinfo
Lívia Miranda
 
Ler+, ler melhor
Ler+, ler melhor Ler+, ler melhor
Ler+, ler melhor
António Pires
 
Sintese Turma2 Drec Sessao2 Formadoras 15 Nov 1
Sintese Turma2 Drec Sessao2 Formadoras 15 Nov 1Sintese Turma2 Drec Sessao2 Formadoras 15 Nov 1
Sintese Turma2 Drec Sessao2 Formadoras 15 Nov 1
claudinapires
 
Guia de sessão 4ªsessão
Guia de sessão 4ªsessãoGuia de sessão 4ªsessão
Guia de sessão 4ªsessão
anabelavalentim
 
Paulo
PauloPaulo
A interação entre ensino pesquisa e extensao
A interação entre ensino pesquisa e extensaoA interação entre ensino pesquisa e extensao
A interação entre ensino pesquisa e extensao
Federal University of Pernambuco
 
Exemplos de ante projeto
Exemplos de ante projetoExemplos de ante projeto
Exemplos de ante projeto
Izabelly Karine
 

Semelhante a Ler mais, ler melhor (20)

Leitura famalicão21
Leitura famalicão21Leitura famalicão21
Leitura famalicão21
 
Projeto de leitura
Projeto de leituraProjeto de leitura
Projeto de leitura
 
SLIDES TRABALHANDO A ESCRITA E A ORALIDADE EM PROL DO DESENVOLVIMENTO COGNITI...
SLIDES TRABALHANDO A ESCRITA E A ORALIDADE EM PROL DO DESENVOLVIMENTO COGNITI...SLIDES TRABALHANDO A ESCRITA E A ORALIDADE EM PROL DO DESENVOLVIMENTO COGNITI...
SLIDES TRABALHANDO A ESCRITA E A ORALIDADE EM PROL DO DESENVOLVIMENTO COGNITI...
 
Design didático construindo um caminhar desvelando parcerias
Design didático construindo um caminhar desvelando parceriasDesign didático construindo um caminhar desvelando parcerias
Design didático construindo um caminhar desvelando parcerias
 
O PROFESSOR-AUTOR E O USO DE RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS
O PROFESSOR-AUTOR E O USO DE RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOSO PROFESSOR-AUTOR E O USO DE RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS
O PROFESSOR-AUTOR E O USO DE RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS
 
PROJETO DE LEITURA.docx
PROJETO DE LEITURA.docxPROJETO DE LEITURA.docx
PROJETO DE LEITURA.docx
 
A formação de leitores na educação infantil
A formação de leitores na educação infantilA formação de leitores na educação infantil
A formação de leitores na educação infantil
 
Três de Maio - Maria Iraci Cardoso Tuzzin
Três de Maio - Maria Iraci Cardoso TuzzinTrês de Maio - Maria Iraci Cardoso Tuzzin
Três de Maio - Maria Iraci Cardoso Tuzzin
 
Jocinéia lopes becker
Jocinéia lopes beckerJocinéia lopes becker
Jocinéia lopes becker
 
Mergulhados no Mundo da Comunicação
Mergulhados no Mundo da ComunicaçãoMergulhados no Mundo da Comunicação
Mergulhados no Mundo da Comunicação
 
Alusai artigo3 copia
Alusai artigo3   copiaAlusai artigo3   copia
Alusai artigo3 copia
 
Professores bibliotecarios escolares_resultados_da_aprendizagem_e_pratica_bas...
Professores bibliotecarios escolares_resultados_da_aprendizagem_e_pratica_bas...Professores bibliotecarios escolares_resultados_da_aprendizagem_e_pratica_bas...
Professores bibliotecarios escolares_resultados_da_aprendizagem_e_pratica_bas...
 
Professores bibliotecarios escolares_resultados_da_aprendizagem_e_pratica_bas...
Professores bibliotecarios escolares_resultados_da_aprendizagem_e_pratica_bas...Professores bibliotecarios escolares_resultados_da_aprendizagem_e_pratica_bas...
Professores bibliotecarios escolares_resultados_da_aprendizagem_e_pratica_bas...
 
O uso das TIC's na Educação - Proinfo
O uso das TIC's na Educação - ProinfoO uso das TIC's na Educação - Proinfo
O uso das TIC's na Educação - Proinfo
 
Ler+, ler melhor
Ler+, ler melhor Ler+, ler melhor
Ler+, ler melhor
 
Sintese Turma2 Drec Sessao2 Formadoras 15 Nov 1
Sintese Turma2 Drec Sessao2 Formadoras 15 Nov 1Sintese Turma2 Drec Sessao2 Formadoras 15 Nov 1
Sintese Turma2 Drec Sessao2 Formadoras 15 Nov 1
 
Guia de sessão 4ªsessão
Guia de sessão 4ªsessãoGuia de sessão 4ªsessão
Guia de sessão 4ªsessão
 
Paulo
PauloPaulo
Paulo
 
A interação entre ensino pesquisa e extensao
A interação entre ensino pesquisa e extensaoA interação entre ensino pesquisa e extensao
A interação entre ensino pesquisa e extensao
 
Exemplos de ante projeto
Exemplos de ante projetoExemplos de ante projeto
Exemplos de ante projeto
 

Mais de António Pires

A utilização de aplicações na educação
A utilização de aplicações na educação A utilização de aplicações na educação
A utilização de aplicações na educação
António Pires
 
Como colocar um filme no blogue
Como colocar um filme no blogueComo colocar um filme no blogue
Como colocar um filme no blogue
António Pires
 
Projeto QRbook
Projeto  QRbookProjeto  QRbook
Projeto QRbook
António Pires
 
Realidade aumentada - Ricardo Monteiro
Realidade aumentada - Ricardo MonteiroRealidade aumentada - Ricardo Monteiro
Realidade aumentada - Ricardo Monteiro
António Pires
 
Tecnologias emergentes na sala de aula - Carlos Pinheiro
Tecnologias emergentes na sala de aula - Carlos PinheiroTecnologias emergentes na sala de aula - Carlos Pinheiro
Tecnologias emergentes na sala de aula - Carlos Pinheiro
António Pires
 
Boa Prática
Boa PráticaBoa Prática
Boa Prática
António Pires
 
Programa da semana da leitura 2019
Programa da semana da leitura 2019Programa da semana da leitura 2019
Programa da semana da leitura 2019
António Pires
 
Contributos para a biblioteca digital (2018)
Contributos para a biblioteca digital  (2018)Contributos para a biblioteca digital  (2018)
Contributos para a biblioteca digital (2018)
António Pires
 
Um olhar... Roteiro para o uso da biblioteca escolar
Um olhar... Roteiro para o uso da biblioteca escolarUm olhar... Roteiro para o uso da biblioteca escolar
Um olhar... Roteiro para o uso da biblioteca escolar
António Pires
 
Um olhar... MABE
Um olhar... MABEUm olhar... MABE
Um olhar... MABE
António Pires
 
Construção de sites educativos - Wix
Construção de sites educativos - WixConstrução de sites educativos - Wix
Construção de sites educativos - Wix
António Pires
 
Boa prática
Boa práticaBoa prática
Boa prática
António Pires
 
Reis na Biblioteca
Reis na BibliotecaReis na Biblioteca
Reis na Biblioteca
António Pires
 
Noites na BE
Noites na BENoites na BE
Noites na BE
António Pires
 
Monitores
MonitoresMonitores
Monitores
António Pires
 
Avaliação X Encontro
Avaliação X EncontroAvaliação X Encontro
Avaliação X Encontro
António Pires
 
Boletim informativo das BE AE da Trofa 1º periodo 2017-18
Boletim informativo das BE AE da Trofa   1º periodo 2017-18Boletim informativo das BE AE da Trofa   1º periodo 2017-18
Boletim informativo das BE AE da Trofa 1º periodo 2017-18
António Pires
 
Formação de utilizadores
Formação de utilizadoresFormação de utilizadores
Formação de utilizadores
António Pires
 
Marketing biblioteca na biblioteca escolar
Marketing biblioteca  na biblioteca escolarMarketing biblioteca  na biblioteca escolar
Marketing biblioteca na biblioteca escolar
António Pires
 
Biblioterapia
BiblioterapiaBiblioterapia
Biblioterapia
António Pires
 

Mais de António Pires (20)

A utilização de aplicações na educação
A utilização de aplicações na educação A utilização de aplicações na educação
A utilização de aplicações na educação
 
Como colocar um filme no blogue
Como colocar um filme no blogueComo colocar um filme no blogue
Como colocar um filme no blogue
 
Projeto QRbook
Projeto  QRbookProjeto  QRbook
Projeto QRbook
 
Realidade aumentada - Ricardo Monteiro
Realidade aumentada - Ricardo MonteiroRealidade aumentada - Ricardo Monteiro
Realidade aumentada - Ricardo Monteiro
 
Tecnologias emergentes na sala de aula - Carlos Pinheiro
Tecnologias emergentes na sala de aula - Carlos PinheiroTecnologias emergentes na sala de aula - Carlos Pinheiro
Tecnologias emergentes na sala de aula - Carlos Pinheiro
 
Boa Prática
Boa PráticaBoa Prática
Boa Prática
 
Programa da semana da leitura 2019
Programa da semana da leitura 2019Programa da semana da leitura 2019
Programa da semana da leitura 2019
 
Contributos para a biblioteca digital (2018)
Contributos para a biblioteca digital  (2018)Contributos para a biblioteca digital  (2018)
Contributos para a biblioteca digital (2018)
 
Um olhar... Roteiro para o uso da biblioteca escolar
Um olhar... Roteiro para o uso da biblioteca escolarUm olhar... Roteiro para o uso da biblioteca escolar
Um olhar... Roteiro para o uso da biblioteca escolar
 
Um olhar... MABE
Um olhar... MABEUm olhar... MABE
Um olhar... MABE
 
Construção de sites educativos - Wix
Construção de sites educativos - WixConstrução de sites educativos - Wix
Construção de sites educativos - Wix
 
Boa prática
Boa práticaBoa prática
Boa prática
 
Reis na Biblioteca
Reis na BibliotecaReis na Biblioteca
Reis na Biblioteca
 
Noites na BE
Noites na BENoites na BE
Noites na BE
 
Monitores
MonitoresMonitores
Monitores
 
Avaliação X Encontro
Avaliação X EncontroAvaliação X Encontro
Avaliação X Encontro
 
Boletim informativo das BE AE da Trofa 1º periodo 2017-18
Boletim informativo das BE AE da Trofa   1º periodo 2017-18Boletim informativo das BE AE da Trofa   1º periodo 2017-18
Boletim informativo das BE AE da Trofa 1º periodo 2017-18
 
Formação de utilizadores
Formação de utilizadoresFormação de utilizadores
Formação de utilizadores
 
Marketing biblioteca na biblioteca escolar
Marketing biblioteca  na biblioteca escolarMarketing biblioteca  na biblioteca escolar
Marketing biblioteca na biblioteca escolar
 
Biblioterapia
BiblioterapiaBiblioterapia
Biblioterapia
 

Ler mais, ler melhor

  • 1. Ler mais, ler melhor IV Encontro de Serviços de Apoio às Bibliotecas Escolares Rosa Martins
  • 2. Ler mais, Ler melhor
  • 3. Literacia da leitura O PISA define literacia de leitura como a capacidade do indivíduo para compreender, usar, refletir sobre e apropriar-se de textos escritos, de forma a alcançar os seus objetivos, desenvolver o próprio conhecimento e potencial e participar na sociedade (OCDE, 2010). Através desta definição é possível perceber que o enfoque da avaliação PISA está muito mais no uso de textos escritos no dia-a-dia dos alunos, do que no conhecimento explícito da língua, das suas características gramaticais, figuras de estilo, vocabulário,ou no domínio das referências culturais incorporadas nos textos. Neste sentido, o principal objetivo do PISA é mostrar em que medida os alunos, no final da escolaridade obrigatória, estarão preparados para fazer face às novas exigências da sociedade. GAVE (2010) PISA 2009 COMPETÊNCIAS DOS ALUNOS PORTUGUESES. Síntese de resultados http://www.gave.min-edu.pt/np3content/?newsId=368&fileName=PISA2009_SR.pdf
  • 4. Motivar para a leitura. Formar leitores A apetência pela leitura e escrita decorrem da competência. A leitura não pode configurar um esforço com défices acentuados de velocidade, de compreensão, de relacionamento, inviabilizando-se a passagem para um nível de combinação se sentidos e de desenvolvimento do pensamento crítico e da metacognição. Fazer leitores não se compadece com atividades pontuais. Requer trabalho e prática continuada. Requer treino dos mecanismos cognitivos subjacentes: compreensão, interpretação, seleção da informação pertinente, obrigando a um caráter regular e sistemático.
  • 5. Importância da Leitura A leitura é uma competência estruturante da aprendizagem e do crescimento pessoal e é também uma ferramenta de fruição intelectual. O grau de desempenho de um aluno na leitura e compreensão de textos em diferentes formatos (imagem, video, impresso) e contextos é um indicador chave do seu sucesso no contexto escolar e a nível pessoal. Enquanto competência essencial à aprendizagem ao longo da vida, a leitura transcende a simples descodificaçãoo e compreensão, para se transformar em interpretação e desenvolvimento de visões acerca do mundo. STANDARDS PARA O ALUNO DO SECULO XXI. American Association of School Librarians (AASL, 2007) http://www.ala.org/aasl/standards  
  • 6. Novas Literacias Múltiplas competências associadas à expansão transmediática atual: a capacidade de navegar entre conteúdos de natureza muito diversa e de encontrar sentido; Ser capaz de legitimar a autoridade e validade das fontes quando não se encontra frente a fontes/ media tradicionais; Saber interagir e cooperar com outros, partilhando interesses e afinidades de forma ética e socialmente responsável; Deter competências de pesquisa e saber integrar a informação.
  • 7. Leitura e aprendizagem (Perspectivar a mudança) INSTITUTO DA EDUCAÇÃO (2007), NETS para Estudantes http://www.iste.org/standards/nets-for-students.aspx O Instituto da Educação para a Tecnologia identificada as seguintes competências críticas à aprendizagem e à cidadania: Comunicar e colaborar; Saber pesquisar e usar a informação; Pensar de forma crítica, resolver problemas e tomar decisões; Usar a tecnologia de forma ética e efetiva.
  • 10. Leitura. Anatomia de um desafio Estratégias, dispositivos, mediação Ecologias
  • 12. Biblioteca e leitura Resposta à mudança Promover a continuidade prevendo e encetando a mudança: Não pode haver alfabetização digital e da informação sem o conhecimento e domínio das literacias básicas da leitura e da escrita. Transição do texto para o hipermédia e da leitura linear à leitura fragmentada em diferentes media, para além do escrito. A metamorfose dos meios e a proliferação de novos media obriga a pensar a reconfiguração do espaço e da ação do professor bibliotecário.
  • 13. Segundo os professores, o PNL está a criar uma política de leitura na escola em que convergem as várias iniciativas individuais e que engloba os vários agentes, procurando-se assim unir esforços para em conjunto se alcançarem os objectivos pretendidos. Como impactos da implementação dos programas e projetos do PNL na BE, ou por eles potenciados, são referidos, em primeiro lugar, a requisição domiciliária crescente de documentos e o maior número de utilizadores da BE, tanto alunos como professores. O trabalho de articulação curricular da BE com as estruturas pedagógicas tem também vindo a ser incrementado. Segundo os resultados do Inquérito PNL às Escolas, há um aumento progressivo do envolvimento das bibliotecas escolares nas atividades do PNL. Fonte: CIES-IUL, Inquérito PNL às Escolas, 2008 e 2010. Bibliotecas Escolares/ PNL