SlideShare uma empresa Scribd logo
Dossiê
Dossiê Juventude e a  Menoridade Penal
Caso Emily A estudante Emily Guedert de Araújo, de 13 anos, foi morta  com um tiro na  cabeça, em São Vicente, na Baixada Santista, porque se  recusou a entregar uma  máquina fotográfica digital a assaltantes. Os criminosos são dois adolescentes de, na época, 14 e 16 anos.
Campanha contra a redução da maioridade penal
[object Object]
[object Object]
[object Object]
[object Object]
[object Object]
[object Object]
[object Object]
[object Object]
[object Object]
[object Object]
[object Object]
FEBEM – Fundação Estadual do Bem-Estar do Menor FEBEM – Fundação Estadual do Bem-Estar  do Menor
A Fundação Centro de  Atendimento Socioeducativo ao Adolescente (CASA) é  uma instituição ligada à  Secretaria de Estado da Justiça e da Defesa da  Cidadania. Tem como  missão primordial aplicar  em todo o Estado as  diretrizes e as normas dispostas no Estatuto da  Criança e do Adolescente (ECA) e do Sistema Nacional  de Atendimento Socioeducativo (Sinase), promovendo estudos e planejando soluções direcionadas ao atendimento de adolescentes autores de atos infracionais, na faixa de  12 a 21 anos.
A Fundação CASA presta  assistência a adolescentes em todo o Estado de São Paulo. Eles estão  inseridos nas medidas  socioeducativas de Privação de liberdade (internação),  semiliberdade e meio aberto  (Liberdade Assistida e Prestação  de Serviços à Comunidade). As Medidas são aplicadas de  acordo com o ato infracional e a  idade dos adolescentes.
Para os jovens que precisam ficar privados de liberdade,  a Fundação iniciou um  Programa que prevê  construção de 57 unidades  no Interior – destas, 25 já estão funcionando. As unidades têm capacidade  para 40 jovens  em internação e 16 em  internação provisória  e são geridas em parceria com entidades indicadas pelos municípios.
Fachada da unidade da Fundação CASA em Araçatuba.
O que diz a legislação brasileira sobre infrações de quem não atingiu a maioridade penal? Pela legislação brasileira, um menor infrator não pode ficar mais de três anos internado em instituição de reeducação, como a Febem. É uma das questões mais polêmicas a respeito da maioridade penal. As penalidades previstas são chamadas de “medidas socioeducativas”. Apenas crianças até 12 anos são inimputáveis, ou seja, não podem ser julgadas ou punidas pelo Estado. De 12  a 17 anos, o jovem infrator será levado a julgamento numa Vara da Infância e da Juventude e poderá  receber punições como advertência,  obrigação de reparar o dano,  prestação de serviços à comunidade, liberdade assistida, inserção em  regime de semiliberdade ou  internação em estabelecimento educacional. Não poderá ser  encaminhado ao sistema penitenciário.
A legislação brasileira sobre a maioridade penal entende que o menor deve receber tratamento  diferenciado daquele aplicado ao adulto.  Estabelece que o menor de 18 anos não  possui desenvolvimento mental completo  para compreender o caráter ilícito de seus atos. Adota o sistema biológico, em que é considerada somente a idade do jovem,  independentemente de sua capacidade  psíquica. Em países como Estados Unidos  e Inglaterra não existe idade mínima para a aplicação de penas. Nesses países são levadas em conta a índole do criminoso, tenha a idade que tiver, e sua consciência a respeito da gravidade do ato que cometeu.  Em Portugal e na Argentina, o jovem atinge a maioridade penal aos 16 anos. Na Alemanha, a idade-limite é 14 anos e na Índia, 7 anos.  Como é a legislação brasileira  em relação a outros países?
 
Projeto de Lei Sobre a redução da maioridade penal
As Propostas de Emenda à Constituição nºs 18 e 20, de 1999, 3, de 2001, 26, de 2002, 90, de 2003, e 9, de 2004, que alteram o art. 228 da Constituição Federal para reduzir a maioridade penal vêm causando um debate social de repercussão em todo o país.
A despeito dessa proposta de redução da maioridade de 18 anos para 16 anos, foi-se realizada uma enquete para conhecer a opinião da população da nossa cidade e, principalmente, dos alunos de nossa escola.
Veja a seguir um  gráfico que mostra o resultado da  enquete realizada
Você é contra ou a favor da redução da maioridade penal ? 65 pessoas entrevistadas
Assim, podemos ver que  a maioria acredita que a  seria necessária a adoção dessa medida para que a justiça fosse feita tanto para quem é adulto quanto  pra quem é adolescente, pois seria, assim, igualmente  responsável por seus atos.
“ Sou a favor dessa proposta. Acredito que o índice de criminalidade infantil tem aumentando de um modo sensível, assim como a quantidade de informação circulada, graças à Internet. Quanto maior a quantidade de informação, mais rápido acontece a perda da inocência... que é o principal fator que foi usado para estabelecer o manto da impunidade. Por exemplo, na década de 60 um adolescente de 18 anos tinha a mentalidade parecida com um atual de 15/16.  Em suma, mesmo que por um lado temos a maturidade positiva, por outro a diminuição da maioridade penal vai pressionar e garantir que ela seja alcançada mais cedo.”  Diz Gessé Du Roure, 17.
No entanto, os que foram contra essa medida argumentam  muito além do problema de “assumir a responsabilidade  por seus atos” por parte dos adolescentes, e sim problemas de âmbito social.
“ Acredito que não devemos diminuir a maioridade penal, e sim aprimorar o sistema de reabilitação dos menores. Além disso, leis de maioridade penal deveriam ser próprias de cada estado, já que o nível cultura de cada espaço geográfico é diferente. Ao diminuirmos a maioridade penal, estaremos aumentando o número de detentos, o que é inviável para a estrutura das grandes e médias cidades do país, além de que, ao aprisionarmos estes jovens, estaremos exilando estes da economia do local, já que não há como um presidiário mal instruído competir com uma outra pessoa de nível acadêmico superior.  A melhor solução seria, como sempre se diz, a educação, instruindo os jovens e fornecendo a eles oportunidades de se tornarem homens de verdade.”  afirma Luís Gustavo, 17.
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Realização: ,[object Object],[object Object],[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Maioridade Penal
Maioridade PenalMaioridade Penal
Maioridade Penal
Marden Rodrigues
 
Maioridadepenal2destonico
Maioridadepenal2destonicoMaioridadepenal2destonico
Maioridadepenal2destonico
Cintia Balen
 
Maioridadepenal1destonico
Maioridadepenal1destonicoMaioridadepenal1destonico
Maioridadepenal1destonico
Cintia Balen
 
Maioridade penal e direitos humanos
Maioridade penal e direitos humanosMaioridade penal e direitos humanos
Maioridade penal e direitos humanos
aa. Rubens Lima
 
Redução da maioridade penal. saiba mais!
Redução da maioridade penal. saiba mais!Redução da maioridade penal. saiba mais!
Redução da maioridade penal. saiba mais!
DesabafoSocial
 
Debate maioridade penal
Debate   maioridade penalDebate   maioridade penal
Debate maioridade penal
Maria Regina Rossi Ferreira
 
A PROBLEMÁTICA DOS ADOLESCENTES EM CONFLITO COM A LEI: A IMPUTABILIDADE PENAL
A PROBLEMÁTICA DOS ADOLESCENTES EM CONFLITO COM A LEI: A IMPUTABILIDADE PENALA PROBLEMÁTICA DOS ADOLESCENTES EM CONFLITO COM A LEI: A IMPUTABILIDADE PENAL
A PROBLEMÁTICA DOS ADOLESCENTES EM CONFLITO COM A LEI: A IMPUTABILIDADE PENAL
Fabiele Zanquetta Meneguzzi
 
Redução da maioridade penal
Redução da maioridade penalRedução da maioridade penal
Redução da maioridade penal
Silvanete Gomes
 
Redução da maioridade penal (1)
Redução da maioridade penal (1)Redução da maioridade penal (1)
Redução da maioridade penal (1)
Gislaine Ribeiro
 
259290435 livro-medida-legal
259290435 livro-medida-legal259290435 livro-medida-legal
259290435 livro-medida-legal
antonio ferreira
 
Maioridade penal
Maioridade penalMaioridade penal
Maioridade penal
Jonathan Holz
 
Atualidades - Redução da Maioridade Penal
Atualidades - Redução da Maioridade PenalAtualidades - Redução da Maioridade Penal
Atualidades - Redução da Maioridade Penal
Elton Zanoni
 
Apostila do curso violência sexual
Apostila do curso violência sexual Apostila do curso violência sexual
Apostila do curso violência sexual
Laura Fernanda Nunes
 
Monografia especialização filosofia em direitos humanos versão final 3
Monografia especialização filosofia em direitos humanos versão final 3Monografia especialização filosofia em direitos humanos versão final 3
Monografia especialização filosofia em direitos humanos versão final 3
aa. Rubens Lima
 
Pp x criminalidade novo
Pp x criminalidade novoPp x criminalidade novo
Pp x criminalidade novo
Jefferson Ferreira
 
Redução da Idade Penal - Relatório Mesas Quadradas
Redução da Idade Penal - Relatório Mesas QuadradasRedução da Idade Penal - Relatório Mesas Quadradas
Redução da Idade Penal - Relatório Mesas Quadradas
ICom - Instituto Comunitário Grande Florianópolis
 
Tcc a legislação de menores no brasil
Tcc   a legislação de menores no brasilTcc   a legislação de menores no brasil
Tcc a legislação de menores no brasil
Valeria Moura
 
Criminalidade heróica
Criminalidade heróicaCriminalidade heróica
Criminalidade heróica
Pastor Paulo Francisco
 
ESCOLA E ATO INFRACIONAL
ESCOLA E ATO INFRACIONALESCOLA E ATO INFRACIONAL
ESCOLA E ATO INFRACIONAL
Gleidson Pessoa
 
Maioridade penal - o absurdo da redução.
Maioridade penal - o absurdo da redução.Maioridade penal - o absurdo da redução.
Maioridade penal - o absurdo da redução.
Stephany Dayana Pereira Mencato
 

Mais procurados (20)

Maioridade Penal
Maioridade PenalMaioridade Penal
Maioridade Penal
 
Maioridadepenal2destonico
Maioridadepenal2destonicoMaioridadepenal2destonico
Maioridadepenal2destonico
 
Maioridadepenal1destonico
Maioridadepenal1destonicoMaioridadepenal1destonico
Maioridadepenal1destonico
 
Maioridade penal e direitos humanos
Maioridade penal e direitos humanosMaioridade penal e direitos humanos
Maioridade penal e direitos humanos
 
Redução da maioridade penal. saiba mais!
Redução da maioridade penal. saiba mais!Redução da maioridade penal. saiba mais!
Redução da maioridade penal. saiba mais!
 
Debate maioridade penal
Debate   maioridade penalDebate   maioridade penal
Debate maioridade penal
 
A PROBLEMÁTICA DOS ADOLESCENTES EM CONFLITO COM A LEI: A IMPUTABILIDADE PENAL
A PROBLEMÁTICA DOS ADOLESCENTES EM CONFLITO COM A LEI: A IMPUTABILIDADE PENALA PROBLEMÁTICA DOS ADOLESCENTES EM CONFLITO COM A LEI: A IMPUTABILIDADE PENAL
A PROBLEMÁTICA DOS ADOLESCENTES EM CONFLITO COM A LEI: A IMPUTABILIDADE PENAL
 
Redução da maioridade penal
Redução da maioridade penalRedução da maioridade penal
Redução da maioridade penal
 
Redução da maioridade penal (1)
Redução da maioridade penal (1)Redução da maioridade penal (1)
Redução da maioridade penal (1)
 
259290435 livro-medida-legal
259290435 livro-medida-legal259290435 livro-medida-legal
259290435 livro-medida-legal
 
Maioridade penal
Maioridade penalMaioridade penal
Maioridade penal
 
Atualidades - Redução da Maioridade Penal
Atualidades - Redução da Maioridade PenalAtualidades - Redução da Maioridade Penal
Atualidades - Redução da Maioridade Penal
 
Apostila do curso violência sexual
Apostila do curso violência sexual Apostila do curso violência sexual
Apostila do curso violência sexual
 
Monografia especialização filosofia em direitos humanos versão final 3
Monografia especialização filosofia em direitos humanos versão final 3Monografia especialização filosofia em direitos humanos versão final 3
Monografia especialização filosofia em direitos humanos versão final 3
 
Pp x criminalidade novo
Pp x criminalidade novoPp x criminalidade novo
Pp x criminalidade novo
 
Redução da Idade Penal - Relatório Mesas Quadradas
Redução da Idade Penal - Relatório Mesas QuadradasRedução da Idade Penal - Relatório Mesas Quadradas
Redução da Idade Penal - Relatório Mesas Quadradas
 
Tcc a legislação de menores no brasil
Tcc   a legislação de menores no brasilTcc   a legislação de menores no brasil
Tcc a legislação de menores no brasil
 
Criminalidade heróica
Criminalidade heróicaCriminalidade heróica
Criminalidade heróica
 
ESCOLA E ATO INFRACIONAL
ESCOLA E ATO INFRACIONALESCOLA E ATO INFRACIONAL
ESCOLA E ATO INFRACIONAL
 
Maioridade penal - o absurdo da redução.
Maioridade penal - o absurdo da redução.Maioridade penal - o absurdo da redução.
Maioridade penal - o absurdo da redução.
 

Semelhante a JUVENTUDE E MENORIDADE PENAL

CARTA MANIFESTO - CONTRA A REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL
CARTA MANIFESTO - CONTRA A REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENALCARTA MANIFESTO - CONTRA A REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL
CARTA MANIFESTO - CONTRA A REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL
Selton Lucas
 
Juventude encarcerada
Juventude encarceradaJuventude encarcerada
Juventude encarcerada
Otávio Miécio Santos Sampaio
 
Maioridade Penal
Maioridade PenalMaioridade Penal
Maioridade Penal
RevistaFatima
 
Apostila do curso violencia sexual ea d apos
Apostila do curso violencia sexual   ea d aposApostila do curso violencia sexual   ea d apos
Apostila do curso violencia sexual ea d apos
Laura Fernanda Nunes
 
Redução ou não da maioridade penal? Uma análise do caso no Estado do Ceará
Redução ou não da maioridade penal? Uma análise do caso no Estado do CearáRedução ou não da maioridade penal? Uma análise do caso no Estado do Ceará
Redução ou não da maioridade penal? Uma análise do caso no Estado do Ceará
mikael gomes
 
A saúde mental do adolescente em conflito com a lei texto 3
A saúde mental do adolescente em conflito com a lei   texto 3A saúde mental do adolescente em conflito com a lei   texto 3
A saúde mental do adolescente em conflito com a lei texto 3
José Boff
 
Anteprojecto de monografia enquadramento do menor infractor no sistema sancio...
Anteprojecto de monografia enquadramento do menor infractor no sistema sancio...Anteprojecto de monografia enquadramento do menor infractor no sistema sancio...
Anteprojecto de monografia enquadramento do menor infractor no sistema sancio...
Tania Areias
 
Maioridade penal
Maioridade penalMaioridade penal
Maioridade penal
Hernandes Junior
 
ARTIGO RICK MIRANDA.pdf
ARTIGO RICK MIRANDA.pdfARTIGO RICK MIRANDA.pdf
ARTIGO RICK MIRANDA.pdf
SimoneHelenDrumond
 
2 ARTIGO ERICK.pdf
2 ARTIGO ERICK.pdf2 ARTIGO ERICK.pdf
2 ARTIGO ERICK.pdf
SimoneHelenDrumond
 
Cartilha 'E agora?' do MPPE
Cartilha 'E agora?' do MPPECartilha 'E agora?' do MPPE
Cartilha 'E agora?' do MPPE
Paulo Veras
 
Mensagem reduçaõ da maioridade penal final (1)
Mensagem reduçaõ da maioridade penal final (1)Mensagem reduçaõ da maioridade penal final (1)
Mensagem reduçaõ da maioridade penal final (1)
Rede Um Grito pela Vida
 
Criminologia menoridade
Criminologia   menoridadeCriminologia   menoridade
Criminologia menoridade
Urbano Felix Pugliese
 
Medida socioeducativa instituto gaio - 2017
Medida socioeducativa    instituto gaio - 2017Medida socioeducativa    instituto gaio - 2017
Medida socioeducativa instituto gaio - 2017
Alessandro Euzébio Vargas
 
O papel do a.s no papel etico politico
O papel do a.s no papel etico politicoO papel do a.s no papel etico politico
O papel do a.s no papel etico politico
davimoreira
 
Politicas publicas e criminais eca marielen-4
Politicas publicas e criminais   eca marielen-4Politicas publicas e criminais   eca marielen-4
Politicas publicas e criminais eca marielen-4
marielencj
 
Oficina de redação
Oficina de redaçãoOficina de redação
Oficina de redação
hipolitus
 
estatuto
estatuto estatuto
estatuto
guest9fe2149
 
comentariao do eca
comentariao do ecacomentariao do eca
comentariao do eca
guest9fe2149
 
Escolas ou presídios a dificil escolha do estado brasileiro(1)
Escolas ou presídios   a dificil escolha do estado brasileiro(1)Escolas ou presídios   a dificil escolha do estado brasileiro(1)
Escolas ou presídios a dificil escolha do estado brasileiro(1)
CIRINEU COSTA
 

Semelhante a JUVENTUDE E MENORIDADE PENAL (20)

CARTA MANIFESTO - CONTRA A REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL
CARTA MANIFESTO - CONTRA A REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENALCARTA MANIFESTO - CONTRA A REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL
CARTA MANIFESTO - CONTRA A REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL
 
Juventude encarcerada
Juventude encarceradaJuventude encarcerada
Juventude encarcerada
 
Maioridade Penal
Maioridade PenalMaioridade Penal
Maioridade Penal
 
Apostila do curso violencia sexual ea d apos
Apostila do curso violencia sexual   ea d aposApostila do curso violencia sexual   ea d apos
Apostila do curso violencia sexual ea d apos
 
Redução ou não da maioridade penal? Uma análise do caso no Estado do Ceará
Redução ou não da maioridade penal? Uma análise do caso no Estado do CearáRedução ou não da maioridade penal? Uma análise do caso no Estado do Ceará
Redução ou não da maioridade penal? Uma análise do caso no Estado do Ceará
 
A saúde mental do adolescente em conflito com a lei texto 3
A saúde mental do adolescente em conflito com a lei   texto 3A saúde mental do adolescente em conflito com a lei   texto 3
A saúde mental do adolescente em conflito com a lei texto 3
 
Anteprojecto de monografia enquadramento do menor infractor no sistema sancio...
Anteprojecto de monografia enquadramento do menor infractor no sistema sancio...Anteprojecto de monografia enquadramento do menor infractor no sistema sancio...
Anteprojecto de monografia enquadramento do menor infractor no sistema sancio...
 
Maioridade penal
Maioridade penalMaioridade penal
Maioridade penal
 
ARTIGO RICK MIRANDA.pdf
ARTIGO RICK MIRANDA.pdfARTIGO RICK MIRANDA.pdf
ARTIGO RICK MIRANDA.pdf
 
2 ARTIGO ERICK.pdf
2 ARTIGO ERICK.pdf2 ARTIGO ERICK.pdf
2 ARTIGO ERICK.pdf
 
Cartilha 'E agora?' do MPPE
Cartilha 'E agora?' do MPPECartilha 'E agora?' do MPPE
Cartilha 'E agora?' do MPPE
 
Mensagem reduçaõ da maioridade penal final (1)
Mensagem reduçaõ da maioridade penal final (1)Mensagem reduçaõ da maioridade penal final (1)
Mensagem reduçaõ da maioridade penal final (1)
 
Criminologia menoridade
Criminologia   menoridadeCriminologia   menoridade
Criminologia menoridade
 
Medida socioeducativa instituto gaio - 2017
Medida socioeducativa    instituto gaio - 2017Medida socioeducativa    instituto gaio - 2017
Medida socioeducativa instituto gaio - 2017
 
O papel do a.s no papel etico politico
O papel do a.s no papel etico politicoO papel do a.s no papel etico politico
O papel do a.s no papel etico politico
 
Politicas publicas e criminais eca marielen-4
Politicas publicas e criminais   eca marielen-4Politicas publicas e criminais   eca marielen-4
Politicas publicas e criminais eca marielen-4
 
Oficina de redação
Oficina de redaçãoOficina de redação
Oficina de redação
 
estatuto
estatuto estatuto
estatuto
 
comentariao do eca
comentariao do ecacomentariao do eca
comentariao do eca
 
Escolas ou presídios a dificil escolha do estado brasileiro(1)
Escolas ou presídios   a dificil escolha do estado brasileiro(1)Escolas ou presídios   a dificil escolha do estado brasileiro(1)
Escolas ou presídios a dificil escolha do estado brasileiro(1)
 

Mais de Ana Paula Ribeiro de Oliveira

Análise 'A cartomante'
Análise 'A cartomante'Análise 'A cartomante'
Análise 'A cartomante'
Ana Paula Ribeiro de Oliveira
 
Manoel de Barros
Manoel de BarrosManoel de Barros
João Cabral de Melo Neto
João Cabral de Melo NetoJoão Cabral de Melo Neto
João Cabral de Melo Neto
Ana Paula Ribeiro de Oliveira
 
Carlos Drummond de Andrade
Carlos Drummond de AndradeCarlos Drummond de Andrade
Carlos Drummond de Andrade
Ana Paula Ribeiro de Oliveira
 
Festa marujada
Festa marujadaFesta marujada
Projeto ecologia das águas
Projeto ecologia das águasProjeto ecologia das águas
Projeto ecologia das águas
Ana Paula Ribeiro de Oliveira
 
Juventude e exploração sexual
Juventude e exploração sexualJuventude e exploração sexual
Juventude e exploração sexual
Ana Paula Ribeiro de Oliveira
 
Juventude e emoção
Juventude e emoçãoJuventude e emoção
Juventude e emoção
Ana Paula Ribeiro de Oliveira
 
Juventude e assédio sexual
Juventude e assédio sexualJuventude e assédio sexual
Juventude e assédio sexual
Ana Paula Ribeiro de Oliveira
 
Juventude e exploração sexual
Juventude e exploração sexualJuventude e exploração sexual
Juventude e exploração sexual
Ana Paula Ribeiro de Oliveira
 
Juventude & obesidade
Juventude & obesidadeJuventude & obesidade
Juventude & obesidade
Ana Paula Ribeiro de Oliveira
 
Dossiê Crescendo e Aparecendo
Dossiê Crescendo e AparecendoDossiê Crescendo e Aparecendo
Dossiê Crescendo e Aparecendo
Ana Paula Ribeiro de Oliveira
 
Juventude e mercado de trabalho
Juventude e mercado de trabalhoJuventude e mercado de trabalho
Juventude e mercado de trabalho
Ana Paula Ribeiro de Oliveira
 
Drogas e sexualidade
Drogas e sexualidadeDrogas e sexualidade
Drogas e sexualidade
Ana Paula Ribeiro de Oliveira
 
Gravidez na adolescência
Gravidez na adolescênciaGravidez na adolescência
Gravidez na adolescência
Ana Paula Ribeiro de Oliveira
 
Juventude e gravidez
Juventude e gravidezJuventude e gravidez
Juventude e gravidez
Ana Paula Ribeiro de Oliveira
 
Festa do divino
Festa do divinoFesta do divino
Cavalhada
CavalhadaCavalhada
Festa do boi bumba de parintins
Festa do boi bumba de parintinsFesta do boi bumba de parintins
Festa do boi bumba de parintins
Ana Paula Ribeiro de Oliveira
 
Festa junina em caruaru
Festa junina em caruaruFesta junina em caruaru
Festa junina em caruaru
Ana Paula Ribeiro de Oliveira
 

Mais de Ana Paula Ribeiro de Oliveira (20)

Análise 'A cartomante'
Análise 'A cartomante'Análise 'A cartomante'
Análise 'A cartomante'
 
Manoel de Barros
Manoel de BarrosManoel de Barros
Manoel de Barros
 
João Cabral de Melo Neto
João Cabral de Melo NetoJoão Cabral de Melo Neto
João Cabral de Melo Neto
 
Carlos Drummond de Andrade
Carlos Drummond de AndradeCarlos Drummond de Andrade
Carlos Drummond de Andrade
 
Festa marujada
Festa marujadaFesta marujada
Festa marujada
 
Projeto ecologia das águas
Projeto ecologia das águasProjeto ecologia das águas
Projeto ecologia das águas
 
Juventude e exploração sexual
Juventude e exploração sexualJuventude e exploração sexual
Juventude e exploração sexual
 
Juventude e emoção
Juventude e emoçãoJuventude e emoção
Juventude e emoção
 
Juventude e assédio sexual
Juventude e assédio sexualJuventude e assédio sexual
Juventude e assédio sexual
 
Juventude e exploração sexual
Juventude e exploração sexualJuventude e exploração sexual
Juventude e exploração sexual
 
Juventude & obesidade
Juventude & obesidadeJuventude & obesidade
Juventude & obesidade
 
Dossiê Crescendo e Aparecendo
Dossiê Crescendo e AparecendoDossiê Crescendo e Aparecendo
Dossiê Crescendo e Aparecendo
 
Juventude e mercado de trabalho
Juventude e mercado de trabalhoJuventude e mercado de trabalho
Juventude e mercado de trabalho
 
Drogas e sexualidade
Drogas e sexualidadeDrogas e sexualidade
Drogas e sexualidade
 
Gravidez na adolescência
Gravidez na adolescênciaGravidez na adolescência
Gravidez na adolescência
 
Juventude e gravidez
Juventude e gravidezJuventude e gravidez
Juventude e gravidez
 
Festa do divino
Festa do divinoFesta do divino
Festa do divino
 
Cavalhada
CavalhadaCavalhada
Cavalhada
 
Festa do boi bumba de parintins
Festa do boi bumba de parintinsFesta do boi bumba de parintins
Festa do boi bumba de parintins
 
Festa junina em caruaru
Festa junina em caruaruFesta junina em caruaru
Festa junina em caruaru
 

Último

Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptxTudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
IACEMCASA
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.pptESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
maria-oliveira
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
Manuais Formação
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
MarceloMonteiro213738
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 

Último (20)

Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptxTudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.pptESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 

JUVENTUDE E MENORIDADE PENAL

  • 2. Dossiê Juventude e a Menoridade Penal
  • 3. Caso Emily A estudante Emily Guedert de Araújo, de 13 anos, foi morta com um tiro na cabeça, em São Vicente, na Baixada Santista, porque se recusou a entregar uma máquina fotográfica digital a assaltantes. Os criminosos são dois adolescentes de, na época, 14 e 16 anos.
  • 4. Campanha contra a redução da maioridade penal
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16. FEBEM – Fundação Estadual do Bem-Estar do Menor FEBEM – Fundação Estadual do Bem-Estar do Menor
  • 17. A Fundação Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente (CASA) é uma instituição ligada à Secretaria de Estado da Justiça e da Defesa da Cidadania. Tem como missão primordial aplicar em todo o Estado as diretrizes e as normas dispostas no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase), promovendo estudos e planejando soluções direcionadas ao atendimento de adolescentes autores de atos infracionais, na faixa de 12 a 21 anos.
  • 18. A Fundação CASA presta assistência a adolescentes em todo o Estado de São Paulo. Eles estão inseridos nas medidas socioeducativas de Privação de liberdade (internação), semiliberdade e meio aberto (Liberdade Assistida e Prestação de Serviços à Comunidade). As Medidas são aplicadas de acordo com o ato infracional e a idade dos adolescentes.
  • 19. Para os jovens que precisam ficar privados de liberdade, a Fundação iniciou um Programa que prevê construção de 57 unidades no Interior – destas, 25 já estão funcionando. As unidades têm capacidade para 40 jovens em internação e 16 em internação provisória e são geridas em parceria com entidades indicadas pelos municípios.
  • 20. Fachada da unidade da Fundação CASA em Araçatuba.
  • 21. O que diz a legislação brasileira sobre infrações de quem não atingiu a maioridade penal? Pela legislação brasileira, um menor infrator não pode ficar mais de três anos internado em instituição de reeducação, como a Febem. É uma das questões mais polêmicas a respeito da maioridade penal. As penalidades previstas são chamadas de “medidas socioeducativas”. Apenas crianças até 12 anos são inimputáveis, ou seja, não podem ser julgadas ou punidas pelo Estado. De 12 a 17 anos, o jovem infrator será levado a julgamento numa Vara da Infância e da Juventude e poderá receber punições como advertência, obrigação de reparar o dano, prestação de serviços à comunidade, liberdade assistida, inserção em regime de semiliberdade ou internação em estabelecimento educacional. Não poderá ser encaminhado ao sistema penitenciário.
  • 22. A legislação brasileira sobre a maioridade penal entende que o menor deve receber tratamento diferenciado daquele aplicado ao adulto. Estabelece que o menor de 18 anos não possui desenvolvimento mental completo para compreender o caráter ilícito de seus atos. Adota o sistema biológico, em que é considerada somente a idade do jovem, independentemente de sua capacidade psíquica. Em países como Estados Unidos e Inglaterra não existe idade mínima para a aplicação de penas. Nesses países são levadas em conta a índole do criminoso, tenha a idade que tiver, e sua consciência a respeito da gravidade do ato que cometeu. Em Portugal e na Argentina, o jovem atinge a maioridade penal aos 16 anos. Na Alemanha, a idade-limite é 14 anos e na Índia, 7 anos. Como é a legislação brasileira em relação a outros países?
  • 23.  
  • 24. Projeto de Lei Sobre a redução da maioridade penal
  • 25. As Propostas de Emenda à Constituição nºs 18 e 20, de 1999, 3, de 2001, 26, de 2002, 90, de 2003, e 9, de 2004, que alteram o art. 228 da Constituição Federal para reduzir a maioridade penal vêm causando um debate social de repercussão em todo o país.
  • 26. A despeito dessa proposta de redução da maioridade de 18 anos para 16 anos, foi-se realizada uma enquete para conhecer a opinião da população da nossa cidade e, principalmente, dos alunos de nossa escola.
  • 27. Veja a seguir um gráfico que mostra o resultado da enquete realizada
  • 28. Você é contra ou a favor da redução da maioridade penal ? 65 pessoas entrevistadas
  • 29. Assim, podemos ver que a maioria acredita que a seria necessária a adoção dessa medida para que a justiça fosse feita tanto para quem é adulto quanto pra quem é adolescente, pois seria, assim, igualmente responsável por seus atos.
  • 30. “ Sou a favor dessa proposta. Acredito que o índice de criminalidade infantil tem aumentando de um modo sensível, assim como a quantidade de informação circulada, graças à Internet. Quanto maior a quantidade de informação, mais rápido acontece a perda da inocência... que é o principal fator que foi usado para estabelecer o manto da impunidade. Por exemplo, na década de 60 um adolescente de 18 anos tinha a mentalidade parecida com um atual de 15/16. Em suma, mesmo que por um lado temos a maturidade positiva, por outro a diminuição da maioridade penal vai pressionar e garantir que ela seja alcançada mais cedo.” Diz Gessé Du Roure, 17.
  • 31. No entanto, os que foram contra essa medida argumentam muito além do problema de “assumir a responsabilidade por seus atos” por parte dos adolescentes, e sim problemas de âmbito social.
  • 32. “ Acredito que não devemos diminuir a maioridade penal, e sim aprimorar o sistema de reabilitação dos menores. Além disso, leis de maioridade penal deveriam ser próprias de cada estado, já que o nível cultura de cada espaço geográfico é diferente. Ao diminuirmos a maioridade penal, estaremos aumentando o número de detentos, o que é inviável para a estrutura das grandes e médias cidades do país, além de que, ao aprisionarmos estes jovens, estaremos exilando estes da economia do local, já que não há como um presidiário mal instruído competir com uma outra pessoa de nível acadêmico superior. A melhor solução seria, como sempre se diz, a educação, instruindo os jovens e fornecendo a eles oportunidades de se tornarem homens de verdade.” afirma Luís Gustavo, 17.
  • 33.
  • 34.