SlideShare uma empresa Scribd logo
Interatividade + Colaboração = construção A aula 4b nos fala sobre Ambientes virtuais de Aprendizagem (AVA). Nestes ambientes encontramos reunidas algumas ferramentas para a comunicação, colaboração e compartilhamento. Falaremos em especial dos fóruns, cuja ferramenta é uma forma de construção coletiva do conhecimento.
	Quando falamos em estudo em grupo não podemos deixar de citar Vigotsky, segundo ele, “o conhecimento é construído de forma coletiva, marcado pela história e pela cultura de cada pessoa ou grupo social.”  Os fóruns e sua composição com dados inseridos pelos usuários, dentro dos AVAs, mostram, com observações pontuais, como a WEB 2.0 nos dá inúmeras possibilidades de interação, colaboração, modificação e inclusão dos materiais até a construção, de forma coletiva, do conhecimento.
Considero nosso fórum como uma comunidade de prática, ou seja, aquela que adquire conhecimento, conforme a concepção de Werger (2002) “uma Comunidade de Prática é mais do que um agregado de pessoas definidas por algumas características, são pessoas que aprendem, constroem e fazem a gestão do conhecimento.”  Veremos como algumas colaborações são importantíssimas para a formação do conceito do assunto debatido, que é a WEB 2.0
Tentarei mostrar nesta apresentação, através das postagens no fórum, uma escala composta por estágios, na qual se apóia o autor par fundamentar uma comunidade de prática. Os estágios:  1. Fase Potencial 2. Fase de Coalizão 3. Fase Ativa 4. Fase de Dispersão 5. Fase de Memórias
Fase Potencial:  Pessoas encaram uma situação problema. “Boa semana a todos, agora vamos entrar na interatividade da Web 2.0Muito legal.”   (José)
“Olá José! Agora o curso começou... Vamos que vamos, G9! Abraços. “ (Gisele)
“Oi Gisele, Eu fazia parte do grupo “resistente a novas tecnologias”, procurei o curso para eliminar os preconceitos e aprender a lidar com tantas informações/transformações. Meu contato tanto com a educação na modalidade a distância quanto nas ferramentas tecnológicas, iniciou através do curso. Agora faço parte do grupo “mega empolgada pela tecnológica”, mas incrivelmente limitada com a linguagem. Essa introdução é para apresentar minha insegurança em relação ao trabalho da semana – ainda não entendi como produzir a tarefa.” (June)
	“Bom dia Gisele e colegas. Esclarecedora as orientações da tarefa. Vai dar trabalho... A questão da web 2.0 é um desafio. Tem a questão de conteúdos multimídia, mas podemos também criar objetos de transmissão ao vivo de conteúdo com vídeo, chat e textos, todo interagindo, ainda não exploramos todos as possibilidades da web 2.0 nos AVAs. Tem uma galera jovem no twiterque faz isso com maestria, inclusive um pessoal denominado Circuito Fora do Eixo, que reúne produtores culturais do Brasil todo, a maioria da periferia que faz cultura na web 2.0” (José)
Fase de Coalizão:  As pessoas se agrupam e reconhecem os seus potenciais. “Ola José e colegas.Tive algumas inspirações para concluir a tarefa. Dentre elas o artigo abaixo me ajudou a repensar, e pensar coisas novas para os meus alunos.COUTINHO, C. P. Tecnologias Web 2.0 na sala de aula: três propostas de futuros professores de Português Disponível emhttp://eft.educom.pt/index.php/eft/article/viewFile/46/54” (Ádila)
“É mesmo José Otavio, a tarefa vai dar trabalho! Tb percebo que essa galera que domina as redes sociais está na mira dos empresários, não é mesmo?? Vi uma matéria recentemente que tratava disso, meninos que são "capturados" por empresas que traçam essa estratégia de marketing, especialmente via blogueiros, pois  eles agrupam pessoas de interesses semelhantes e a propaganda pode ser mais efetiva do que via tv, por ex... Abs!” (Rita)
Fase Ativa Engajamento de todos para desenvolver estratégias e a prática das atividades.  “Prezada Tutora e Colegas de Turma. Gostaria de solicitar a colaboração de vocês para que eu faça minha tarefa 4 (esta é a primeira parte da tarefa). Basta clicar no link abaixo e gastar 2 minutinhos para responder a algumas questões, por favor. Conto com a ajuda de todos! Obrigada.”https://spreadsheets.google.com/spreadsheet/viewform?formkey=dGxqenNXTXN1LTlUeURVandUd0t5a0E6MQ (Solimar)
“Olá grupo,também respondi o questionário enviado pela Solimar. Espero a segunda etapa!Aproveito para enviar uma parte do meu trabalho também. Resolvi focar na apresentação das ferramentas da WEB 2.0,então, fiz um videozinho bem simples que fará parte do blog que ainda estou montando. Pessoal, é meu primeiro vídeo bem caseiro. RS... Mas descobri que é uma ferramenta relativamente fácil.” (Letícia)
“Solimar, tb já respondi. Achei mto legal e decidi copiar para um levantametno sobre saúde e trablaho. Vc não quer responder?? Aliás, vcs todos estão convidadíssimos! Abs a todos!” https://spreadsheets.google.com/spreadsheet/gform?pli=1&key=t1WJbaRy-dHNISMZ1ydrMSQ&hl=en#  (Rita)
Fase de Dispersão Diminui o contato entre os membros, mas se comunicam quando necessário.  “Obrigada, Joel! [ ]s” (Solimar)
“Oi Letícia, adorei o seu vídeo! Parabéns!!!! Abraços.” (Mara) “Olá Gisele! Obrigada pelas dicas!!! Beijos!” (Viviane)
Fase de Memórias A comunidade faz parte da identidade individual de cada um, colecionam memórias e as repassam.
“Oi, Gisele Muita fofa a mensagem! Estou grávida de 5 meses e foi muito especial a emoção deste Dia das Mães. Mesmo com atraso, espero que todas as mamães da turma estejam felizes! Abraços a todos.” (Rosemary)
“Olá, Gisele! Olá pessoal! Consegui finalizar minha Tarefa desta semana, ufa!!!  Fiz algo bem simples no Google Docs: preparei uma apresentação em powerpoint sobre o texto da aula 4a, com alguns dos tópicos mais importantes. O link é:” https://docs.google.com/present/edit?id=0ATwDjREYnFWxZGdkanRqN3ZfMWhxd2QybmY1&hl=en “Espero que seja suficiente! Podem colaborar à vontade! Abraços.” (Rosemary)
“Olá colegas, Também fiz um vídeo me arriscando no Moviemaker. Escolhi fazer sobre AVAs e pensei em algo bem básico mesmo, para introduzir o tema em algum curso ou disciplina. Espero que esteja dentro da proposta da tarefa. Ah...o vídeo não tem som mesmo não hehe... Precisei compactar para ficar mais leve, então a qualidade não ficou como eu gostaria... Beijos.” (Viviane)
“Olá Gisele e colegas Segue o link da tarefa. Abraços”  http://joliveiracon.files.wordpress.com/2011/05/tarefa-4-visualizacao-de-informacoes3.pdf (Joel)
“Oi Gisele, Terminei a minha tarefa. Espero que esteja de acordo com o solicitado. Segue o link.http://www.webquestbrasil.org/criador2/webquest/soporte_derecha_w.php?id_actividad=898&id_pagina=1Abraços.” (Mara)
CONCLUSÃO Espero ter atingido o objetivo e ter conseguido mostrar  como o fórum se apresenta como uma comunidade de Prática como cita Werger.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Introdução à informática 4. perído - 1 sem 2012
Introdução à informática 4. perído - 1 sem 2012Introdução à informática 4. perído - 1 sem 2012
Introdução à informática 4. perído - 1 sem 2012
CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná
 
Curso de Introdução à computação e web 2.0 - 2p 2012
Curso de Introdução à computação e web 2.0 - 2p 2012Curso de Introdução à computação e web 2.0 - 2p 2012
Curso de Introdução à computação e web 2.0 - 2p 2012
CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná
 
Slides sobre o blog na educação
Slides sobre o blog na educaçãoSlides sobre o blog na educação
Slides sobre o blog na educação
Ana Carolina Sousa
 
Blogs e wikis
Blogs e wikisBlogs e wikis
Blogs e wikis
computacaoufjf
 
Google Docs: Aprendizagem Colaborativa
Google Docs: Aprendizagem ColaborativaGoogle Docs: Aprendizagem Colaborativa
Google Docs: Aprendizagem Colaborativa
Grupo 5
 
Blog como recurso pedagógico
Blog como recurso pedagógicoBlog como recurso pedagógico
Blog como recurso pedagógico
Marciasotolani
 
Reflexão final
Reflexão finalReflexão final
Reflexão final
Fátima Correia
 
Blog e Educação 1 Epeal2009
Blog e Educação 1 Epeal2009Blog e Educação 1 Epeal2009
Blog e Educação 1 Epeal2009
Fernando Pimentel
 
Unidade 5
Unidade 5Unidade 5
Unidade 5
maglomaria
 
Reflexão formação be 2.0
Reflexão formação be  2.0Reflexão formação be  2.0
Reflexão formação be 2.0
Lina Fonseca
 
Blog e seu uso na educação
Blog e seu uso na educaçãoBlog e seu uso na educação
Blog e seu uso na educação
Jocilia Amancio Do Nascimento
 
Ferramentas da web 2.0 na prática educativa -educação e tecnologia- (1)
Ferramentas da web 2.0 na prática educativa  -educação e tecnologia- (1)Ferramentas da web 2.0 na prática educativa  -educação e tecnologia- (1)
Ferramentas da web 2.0 na prática educativa -educação e tecnologia- (1)
Prof. Noe Assunção
 
Material impresso mod_9
Material impresso mod_9Material impresso mod_9
Material impresso mod_9
Teresa Kátia A. de Albuquerque
 
Unidade5cooperaoouinterao 110506071137-phpapp01 (1)
Unidade5cooperaoouinterao 110506071137-phpapp01 (1)Unidade5cooperaoouinterao 110506071137-phpapp01 (1)
Unidade5cooperaoouinterao 110506071137-phpapp01 (1)
Mariá Pohlmann da Silveira
 
Blog Salade Aula
Blog Salade AulaBlog Salade Aula
Blog Salade Aula
guest3f2292
 

Mais procurados (15)

Introdução à informática 4. perído - 1 sem 2012
Introdução à informática 4. perído - 1 sem 2012Introdução à informática 4. perído - 1 sem 2012
Introdução à informática 4. perído - 1 sem 2012
 
Curso de Introdução à computação e web 2.0 - 2p 2012
Curso de Introdução à computação e web 2.0 - 2p 2012Curso de Introdução à computação e web 2.0 - 2p 2012
Curso de Introdução à computação e web 2.0 - 2p 2012
 
Slides sobre o blog na educação
Slides sobre o blog na educaçãoSlides sobre o blog na educação
Slides sobre o blog na educação
 
Blogs e wikis
Blogs e wikisBlogs e wikis
Blogs e wikis
 
Google Docs: Aprendizagem Colaborativa
Google Docs: Aprendizagem ColaborativaGoogle Docs: Aprendizagem Colaborativa
Google Docs: Aprendizagem Colaborativa
 
Blog como recurso pedagógico
Blog como recurso pedagógicoBlog como recurso pedagógico
Blog como recurso pedagógico
 
Reflexão final
Reflexão finalReflexão final
Reflexão final
 
Blog e Educação 1 Epeal2009
Blog e Educação 1 Epeal2009Blog e Educação 1 Epeal2009
Blog e Educação 1 Epeal2009
 
Unidade 5
Unidade 5Unidade 5
Unidade 5
 
Reflexão formação be 2.0
Reflexão formação be  2.0Reflexão formação be  2.0
Reflexão formação be 2.0
 
Blog e seu uso na educação
Blog e seu uso na educaçãoBlog e seu uso na educação
Blog e seu uso na educação
 
Ferramentas da web 2.0 na prática educativa -educação e tecnologia- (1)
Ferramentas da web 2.0 na prática educativa  -educação e tecnologia- (1)Ferramentas da web 2.0 na prática educativa  -educação e tecnologia- (1)
Ferramentas da web 2.0 na prática educativa -educação e tecnologia- (1)
 
Material impresso mod_9
Material impresso mod_9Material impresso mod_9
Material impresso mod_9
 
Unidade5cooperaoouinterao 110506071137-phpapp01 (1)
Unidade5cooperaoouinterao 110506071137-phpapp01 (1)Unidade5cooperaoouinterao 110506071137-phpapp01 (1)
Unidade5cooperaoouinterao 110506071137-phpapp01 (1)
 
Blog Salade Aula
Blog Salade AulaBlog Salade Aula
Blog Salade Aula
 

Semelhante a Interatividade + colaboração = construção

Apresentação unidade 5 cooperação
Apresentação unidade 5 cooperaçãoApresentação unidade 5 cooperação
Apresentação unidade 5 cooperação
betzandonadi
 
Apresentacao ge rea
Apresentacao ge reaApresentacao ge rea
Apresentacao ge rea
Carolina Rossini
 
Grupo de Estudos Educar na Cultura Digital
Grupo de Estudos Educar na Cultura DigitalGrupo de Estudos Educar na Cultura Digital
Grupo de Estudos Educar na Cultura Digital
REA Brasil
 
Ii encontro ra
Ii encontro raIi encontro ra
Ii encontro ra
Sandra Guarnier
 
Ii encontro ra
Ii encontro raIi encontro ra
Ii encontro ra
Sandra Guarnier
 
Apresentação final oficinas tic 2
Apresentação final oficinas tic 2Apresentação final oficinas tic 2
Apresentação final oficinas tic 2
Madalena Augusto
 
Diário de bordo - Curso
Diário de bordo - CursoDiário de bordo - Curso
Diário de bordo - Curso
maria-imaculada
 
Blogs
BlogsBlogs
Quadrado Magico
Quadrado MagicoQuadrado Magico
Quadrado Magico
roquematoso
 
Reflexão final
Reflexão finalReflexão final
Reflexão final
lucipicareta
 
Apresentação do módulo 5
Apresentação do módulo 5Apresentação do módulo 5
Apresentação do módulo 5
JoseCicero
 
4º Encontro - Redes de Aprendizagem - e-Proinfo
4º Encontro - Redes de Aprendizagem - e-Proinfo4º Encontro - Redes de Aprendizagem - e-Proinfo
4º Encontro - Redes de Aprendizagem - e-Proinfo
Eleuza Tavares
 
Proinfo: Curso Redes de Aprendizagem
Proinfo: Curso Redes de AprendizagemProinfo: Curso Redes de Aprendizagem
Proinfo: Curso Redes de Aprendizagem
Reinaldo Paes
 
Educação e sociedade da informação
Educação e sociedade da informaçãoEducação e sociedade da informação
Educação e sociedade da informação
Secretaria Municipal de Educação dew Gentio do Ouro
 
Ambientes virtuais
Ambientes virtuaisAmbientes virtuais
Ambientes virtuais
Dilene Matos
 
Ambientes Virtuais
Ambientes VirtuaisAmbientes Virtuais
Ambientes Virtuais
Dilene Matos
 
Ambientes virtuais
Ambientes virtuaisAmbientes virtuais
Ambientes virtuais
computacaoufjf
 
Ambientes virtuais
Ambientes virtuaisAmbientes virtuais
Ambientes virtuais
Dilene Matos
 
Ambientes virtuais
Ambientes virtuaisAmbientes virtuais
Ambientes virtuais
Ambiente Virtual Aprendizagem
 
Apresentação p as salvador do sul
Apresentação p as salvador do sulApresentação p as salvador do sul
Apresentação p as salvador do sul
Nadie Christina Machado-Spence
 

Semelhante a Interatividade + colaboração = construção (20)

Apresentação unidade 5 cooperação
Apresentação unidade 5 cooperaçãoApresentação unidade 5 cooperação
Apresentação unidade 5 cooperação
 
Apresentacao ge rea
Apresentacao ge reaApresentacao ge rea
Apresentacao ge rea
 
Grupo de Estudos Educar na Cultura Digital
Grupo de Estudos Educar na Cultura DigitalGrupo de Estudos Educar na Cultura Digital
Grupo de Estudos Educar na Cultura Digital
 
Ii encontro ra
Ii encontro raIi encontro ra
Ii encontro ra
 
Ii encontro ra
Ii encontro raIi encontro ra
Ii encontro ra
 
Apresentação final oficinas tic 2
Apresentação final oficinas tic 2Apresentação final oficinas tic 2
Apresentação final oficinas tic 2
 
Diário de bordo - Curso
Diário de bordo - CursoDiário de bordo - Curso
Diário de bordo - Curso
 
Blogs
BlogsBlogs
Blogs
 
Quadrado Magico
Quadrado MagicoQuadrado Magico
Quadrado Magico
 
Reflexão final
Reflexão finalReflexão final
Reflexão final
 
Apresentação do módulo 5
Apresentação do módulo 5Apresentação do módulo 5
Apresentação do módulo 5
 
4º Encontro - Redes de Aprendizagem - e-Proinfo
4º Encontro - Redes de Aprendizagem - e-Proinfo4º Encontro - Redes de Aprendizagem - e-Proinfo
4º Encontro - Redes de Aprendizagem - e-Proinfo
 
Proinfo: Curso Redes de Aprendizagem
Proinfo: Curso Redes de AprendizagemProinfo: Curso Redes de Aprendizagem
Proinfo: Curso Redes de Aprendizagem
 
Educação e sociedade da informação
Educação e sociedade da informaçãoEducação e sociedade da informação
Educação e sociedade da informação
 
Ambientes virtuais
Ambientes virtuaisAmbientes virtuais
Ambientes virtuais
 
Ambientes Virtuais
Ambientes VirtuaisAmbientes Virtuais
Ambientes Virtuais
 
Ambientes virtuais
Ambientes virtuaisAmbientes virtuais
Ambientes virtuais
 
Ambientes virtuais
Ambientes virtuaisAmbientes virtuais
Ambientes virtuais
 
Ambientes virtuais
Ambientes virtuaisAmbientes virtuais
Ambientes virtuais
 
Apresentação p as salvador do sul
Apresentação p as salvador do sulApresentação p as salvador do sul
Apresentação p as salvador do sul
 

Último

A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdfiNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
andressacastro36
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
jbellas2
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
AdrianoMontagna1
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
analuisasesso
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
sthefanydesr
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdfUFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
Manuais Formação
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 

Último (20)

A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdfiNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdfUFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 

Interatividade + colaboração = construção

  • 1. Interatividade + Colaboração = construção A aula 4b nos fala sobre Ambientes virtuais de Aprendizagem (AVA). Nestes ambientes encontramos reunidas algumas ferramentas para a comunicação, colaboração e compartilhamento. Falaremos em especial dos fóruns, cuja ferramenta é uma forma de construção coletiva do conhecimento.
  • 2. Quando falamos em estudo em grupo não podemos deixar de citar Vigotsky, segundo ele, “o conhecimento é construído de forma coletiva, marcado pela história e pela cultura de cada pessoa ou grupo social.” Os fóruns e sua composição com dados inseridos pelos usuários, dentro dos AVAs, mostram, com observações pontuais, como a WEB 2.0 nos dá inúmeras possibilidades de interação, colaboração, modificação e inclusão dos materiais até a construção, de forma coletiva, do conhecimento.
  • 3. Considero nosso fórum como uma comunidade de prática, ou seja, aquela que adquire conhecimento, conforme a concepção de Werger (2002) “uma Comunidade de Prática é mais do que um agregado de pessoas definidas por algumas características, são pessoas que aprendem, constroem e fazem a gestão do conhecimento.” Veremos como algumas colaborações são importantíssimas para a formação do conceito do assunto debatido, que é a WEB 2.0
  • 4. Tentarei mostrar nesta apresentação, através das postagens no fórum, uma escala composta por estágios, na qual se apóia o autor par fundamentar uma comunidade de prática. Os estágios: 1. Fase Potencial 2. Fase de Coalizão 3. Fase Ativa 4. Fase de Dispersão 5. Fase de Memórias
  • 5. Fase Potencial: Pessoas encaram uma situação problema. “Boa semana a todos, agora vamos entrar na interatividade da Web 2.0Muito legal.” (José)
  • 6. “Olá José! Agora o curso começou... Vamos que vamos, G9! Abraços. “ (Gisele)
  • 7. “Oi Gisele, Eu fazia parte do grupo “resistente a novas tecnologias”, procurei o curso para eliminar os preconceitos e aprender a lidar com tantas informações/transformações. Meu contato tanto com a educação na modalidade a distância quanto nas ferramentas tecnológicas, iniciou através do curso. Agora faço parte do grupo “mega empolgada pela tecnológica”, mas incrivelmente limitada com a linguagem. Essa introdução é para apresentar minha insegurança em relação ao trabalho da semana – ainda não entendi como produzir a tarefa.” (June)
  • 8. “Bom dia Gisele e colegas. Esclarecedora as orientações da tarefa. Vai dar trabalho... A questão da web 2.0 é um desafio. Tem a questão de conteúdos multimídia, mas podemos também criar objetos de transmissão ao vivo de conteúdo com vídeo, chat e textos, todo interagindo, ainda não exploramos todos as possibilidades da web 2.0 nos AVAs. Tem uma galera jovem no twiterque faz isso com maestria, inclusive um pessoal denominado Circuito Fora do Eixo, que reúne produtores culturais do Brasil todo, a maioria da periferia que faz cultura na web 2.0” (José)
  • 9. Fase de Coalizão: As pessoas se agrupam e reconhecem os seus potenciais. “Ola José e colegas.Tive algumas inspirações para concluir a tarefa. Dentre elas o artigo abaixo me ajudou a repensar, e pensar coisas novas para os meus alunos.COUTINHO, C. P. Tecnologias Web 2.0 na sala de aula: três propostas de futuros professores de Português Disponível emhttp://eft.educom.pt/index.php/eft/article/viewFile/46/54” (Ádila)
  • 10. “É mesmo José Otavio, a tarefa vai dar trabalho! Tb percebo que essa galera que domina as redes sociais está na mira dos empresários, não é mesmo?? Vi uma matéria recentemente que tratava disso, meninos que são "capturados" por empresas que traçam essa estratégia de marketing, especialmente via blogueiros, pois  eles agrupam pessoas de interesses semelhantes e a propaganda pode ser mais efetiva do que via tv, por ex... Abs!” (Rita)
  • 11. Fase Ativa Engajamento de todos para desenvolver estratégias e a prática das atividades. “Prezada Tutora e Colegas de Turma. Gostaria de solicitar a colaboração de vocês para que eu faça minha tarefa 4 (esta é a primeira parte da tarefa). Basta clicar no link abaixo e gastar 2 minutinhos para responder a algumas questões, por favor. Conto com a ajuda de todos! Obrigada.”https://spreadsheets.google.com/spreadsheet/viewform?formkey=dGxqenNXTXN1LTlUeURVandUd0t5a0E6MQ (Solimar)
  • 12. “Olá grupo,também respondi o questionário enviado pela Solimar. Espero a segunda etapa!Aproveito para enviar uma parte do meu trabalho também. Resolvi focar na apresentação das ferramentas da WEB 2.0,então, fiz um videozinho bem simples que fará parte do blog que ainda estou montando. Pessoal, é meu primeiro vídeo bem caseiro. RS... Mas descobri que é uma ferramenta relativamente fácil.” (Letícia)
  • 13. “Solimar, tb já respondi. Achei mto legal e decidi copiar para um levantametno sobre saúde e trablaho. Vc não quer responder?? Aliás, vcs todos estão convidadíssimos! Abs a todos!” https://spreadsheets.google.com/spreadsheet/gform?pli=1&key=t1WJbaRy-dHNISMZ1ydrMSQ&hl=en# (Rita)
  • 14. Fase de Dispersão Diminui o contato entre os membros, mas se comunicam quando necessário. “Obrigada, Joel! [ ]s” (Solimar)
  • 15. “Oi Letícia, adorei o seu vídeo! Parabéns!!!! Abraços.” (Mara) “Olá Gisele! Obrigada pelas dicas!!! Beijos!” (Viviane)
  • 16. Fase de Memórias A comunidade faz parte da identidade individual de cada um, colecionam memórias e as repassam.
  • 17. “Oi, Gisele Muita fofa a mensagem! Estou grávida de 5 meses e foi muito especial a emoção deste Dia das Mães. Mesmo com atraso, espero que todas as mamães da turma estejam felizes! Abraços a todos.” (Rosemary)
  • 18. “Olá, Gisele! Olá pessoal! Consegui finalizar minha Tarefa desta semana, ufa!!! Fiz algo bem simples no Google Docs: preparei uma apresentação em powerpoint sobre o texto da aula 4a, com alguns dos tópicos mais importantes. O link é:” https://docs.google.com/present/edit?id=0ATwDjREYnFWxZGdkanRqN3ZfMWhxd2QybmY1&hl=en “Espero que seja suficiente! Podem colaborar à vontade! Abraços.” (Rosemary)
  • 19. “Olá colegas, Também fiz um vídeo me arriscando no Moviemaker. Escolhi fazer sobre AVAs e pensei em algo bem básico mesmo, para introduzir o tema em algum curso ou disciplina. Espero que esteja dentro da proposta da tarefa. Ah...o vídeo não tem som mesmo não hehe... Precisei compactar para ficar mais leve, então a qualidade não ficou como eu gostaria... Beijos.” (Viviane)
  • 20. “Olá Gisele e colegas Segue o link da tarefa. Abraços” http://joliveiracon.files.wordpress.com/2011/05/tarefa-4-visualizacao-de-informacoes3.pdf (Joel)
  • 21. “Oi Gisele, Terminei a minha tarefa. Espero que esteja de acordo com o solicitado. Segue o link.http://www.webquestbrasil.org/criador2/webquest/soporte_derecha_w.php?id_actividad=898&id_pagina=1Abraços.” (Mara)
  • 22. CONCLUSÃO Espero ter atingido o objetivo e ter conseguido mostrar como o fórum se apresenta como uma comunidade de Prática como cita Werger.