SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 31
Apresentação do Currículo do  Estado de SP Língua Estrangeira Moderna – Inglês
HISTÓRICO ,[object Object],[object Object]
ORIENTAÇÕES METODOLÓGICAS ,[object Object],[object Object]
ORIENTAÇÃO DE ÊNFASE  ESTRUTURALISTA SABER O conhecimento da língua enquanto sistema de regras . Ensino de vocabulário: listas isoladas de palavras Ampliação do repertório de estruturas gramaticais analisadas em textos escritos ,[object Object],[object Object]
EXEMPLIFICANDO... ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
ORIENTAÇÃO DE ÊNFASE  COMUNICATIVA FAZER Língua aprendida na comunicação, adquirida em situações reais de interação . uma ênfase no aprender a comunicar-se através da interação na língua-alvo; David Nunan “ ... Temos de discernir entre o conhecimento de várias regras gramaticais e a capacidade de usá-las eficiente e apropriadamente para a comunicação...”                                                                                            
EXEMPLIFICANDO... Hi John, are you coming to the party tonight ? Sure, Carol. I wouldn’t miss a chance to make new friends and a have good time.
Orientação Metodológica do Currículo da SEE/SP
ORIENTAÇÃO DE ÊNFASE NO  LETRAMENTO FAZER SABER ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
TASK BASED  -Um trabalho de sala de aula que envolve os alunos na compreensão, manipulação, produção ou interação na LA, enquanto o foco da atenção está principalmente voltado para o significado do que para a forma (David Nunan, 1989)
Princípios E. F  Princípio 1: O aprendizado é orientado pelo sentido/significado.  Princípio 2: O aprendizado de uma língua é muito mais lexical do que sintático. Princípio 3: A familiaridade com os gêneros é importante para o desenvolvimento de habilidades de  comunicação.
Premissa 1  Língua é um complexo instrumento de interação social, de ação e reação no mundo, realizada em práticas sociais contextualizadas e significativas para os interlocutores, que são participantes da interação. Premissa 2 Aprender uma língua é aprender com o outro, trabalhando em equipe; é construir, de forma coletiva, diversos tipos de conhecimento.
Premissa 3 Aprender uma  LE na perspectiva interacionista pressupõe vários momentos de aproximação do aluno com o objeto de estudo, situado em contextos diferentes de uso. (conhecimento de forma espiralada). Premissa 4 Os alunos são responsáveis pela aprendizagem e corresponsáveis pela aprendizagem de seus pares. A função do professor é orientar os alunos nesse processo.
PERMITINDO... ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
A compreensão depende dos sentidos e não das regras  gramaticais (5ª série, p. 09).  Man, yesterday, hand, bite, dog Não é necessário exigir que os alunos memorizem ou reproduzam tudo o que você ensinar (p. 11) que compreendam 100% dos textos que leram, que consigam usar tudo que foi ensinado (5ª série, p. 40).    A quantidade de exposição  à língua precisa ser significativamente  grande.  Cuidado ao excluir alguma atividade do Caderno do Aluno. Não existe uma sequência lógica para o conhecimento gramatical. Posso transferir um conhecimento da 1ª série EM para a 3ª série?    Adequação das situações  de aprendizagem    Começar  do zero
Tradução  ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Gramática  “ O foco com o trabalho de estruturas gramaticais é fazer os alunos reconhecerem  seus usos. Portanto, não se alongue em explicações gramaticais detalhadas nem em exercícios de fixação gramatical. As estruturas serão apresentadas aos alunos ao longo do curso.  Só serão apresentadas pela sua importância na compreensão das informações organizadas nos textos”. (6ª série – p. 32)  Conhecimento sistêmico – após o trabalho de conhecimento textual.
[object Object],[object Object],[object Object]
  Gramática   Reflexão mais aprofundada do uso das regras gramaticais.  Atenção focalizada em alguns aspectos linguísticos importantes para a resolução da tarefa. Sistematização: parte dos exemplos e não das regras, mobiliza a capacidade de analisar, comparar – o aluno formula a regra em função das descobertas que ele mesmo fez enquanto  desenvolve as tarefas.  (Abordagem Indutiva) A assimilação não garante que o aluno se comunique corretamente – incentivar a prática
Produção escrita ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Conteúdos dos Cadernos dos Professores
Currículo  LEM – Inglês Ensino Fundamental Ciclo II Meu perfil,  minhas preferências Línguas estrangeiras em nosso entorno Descrição da escola Diferentes moradias O bairro Entretenimento Comemorações ao redor do mundo Rotinas de jovens em diferentes lugares Hábitos de alimentação Infância e adolescência – ontem e hoje Biografias de pessoas marcantes Inventores e invenções Narrativas pessoais – um episódio em minha vida O mundo e minha vida daqui a 10 anos
Contextos de usos da língua inglesa Caderno de entretenimento Newspaper : estrutura geral Notícias: os  leads Propagandas e peças publicitárias Cinema e literatura Cinema e preconceito Filmes e programas de TV O trabalho voluntário Primeiro emprego Profissões do séc. XXI Construção do currículo Currículo  LEM – Inglês Ensino Médio
REFLEXÃO SOBRE O ENSINO DE  LÍNGUA INGLESA NO CURRÍCULO
[object Object],[object Object]
CRENÇAS   Frase 1 : Meu aluno não sabe nada, o  pouquinho que ele aprende já está bom. Frase 2 : Para ensinar é preciso ficar só no contexto do aluno. Frase 3 : Sem a base da gramática não dá para aprender. Frase 4:  Como é que eu posso ensinar? O aluno copia tudo errado da lousa. Eu escrevo “name” e ele copia “neime”. Frase 5:  O aluno não sabe nem usar o dicionário em português. Frase 6:  Meu aluno não consegue escrever em português,imagine em inglês
Currículo: ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
CONCLUSÃO ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
The greatest love of all  (Whitney Houston)  I   believe the children are our future Teach them well and let them lead the way Show them all the beauty they possess inside Give them a sense of pride to make it easier Let the children's laughter remind us how we used to be Everybody searching for a hero People need someone to look up to I never found anyone who fulfilled my needs A lonely place to be, so I learned to depend on me I decided long ago never to walk in anyone's shadow   (...) PCOP Maria de Lourdes da Rocha Sandei [email_address]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Resumo de parte do livro ortografia artur gomes de morais
Resumo de parte do livro ortografia artur gomes de moraisResumo de parte do livro ortografia artur gomes de morais
Resumo de parte do livro ortografia artur gomes de morais
Carla Fernanda Matté Marengo
 
Consciência fonologica revisto_abril_2013
Consciência fonologica revisto_abril_2013Consciência fonologica revisto_abril_2013
Consciência fonologica revisto_abril_2013
Andreá Perez Leinat
 
Nova gramática
Nova gramáticaNova gramática
Nova gramática
Escola
 
A gramática nos livros didáticos
A gramática nos livros didáticosA gramática nos livros didáticos
A gramática nos livros didáticos
Jamille Rabelo
 
Pressupostos da Aprendizagem e do Ensino da Alfabetização
Pressupostos da Aprendizagem e do Ensino da AlfabetizaçãoPressupostos da Aprendizagem e do Ensino da Alfabetização
Pressupostos da Aprendizagem e do Ensino da Alfabetização
Celismara Seleguin
 

Mais procurados (20)

Cagliari
CagliariCagliari
Cagliari
 
Comunicação e interação no aprendizado de línguas estrangeiras: para se compr...
Comunicação e interação no aprendizado de línguas estrangeiras: para se compr...Comunicação e interação no aprendizado de línguas estrangeiras: para se compr...
Comunicação e interação no aprendizado de línguas estrangeiras: para se compr...
 
ORTOGRAFIA: ENSINAR E APRENDER (ARTUR GOMES DE MORAIS)
ORTOGRAFIA: ENSINAR E APRENDER (ARTUR GOMES DE MORAIS)ORTOGRAFIA: ENSINAR E APRENDER (ARTUR GOMES DE MORAIS)
ORTOGRAFIA: ENSINAR E APRENDER (ARTUR GOMES DE MORAIS)
 
ortografia ARTUR GOMES DE MORAIS
ortografia ARTUR GOMES DE MORAISortografia ARTUR GOMES DE MORAIS
ortografia ARTUR GOMES DE MORAIS
 
Candida certo vilma
Candida certo vilmaCandida certo vilma
Candida certo vilma
 
Avaliação em língua portuguesa para alunos surdos
Avaliação em língua portuguesa para alunos surdos Avaliação em língua portuguesa para alunos surdos
Avaliação em língua portuguesa para alunos surdos
 
Ortografia
OrtografiaOrtografia
Ortografia
 
Resumo de parte do livro ortografia artur gomes de morais
Resumo de parte do livro ortografia artur gomes de moraisResumo de parte do livro ortografia artur gomes de morais
Resumo de parte do livro ortografia artur gomes de morais
 
Ppt artur gomes ortografia
Ppt artur gomes ortografiaPpt artur gomes ortografia
Ppt artur gomes ortografia
 
Consciência fonologica revisto_abril_2013
Consciência fonologica revisto_abril_2013Consciência fonologica revisto_abril_2013
Consciência fonologica revisto_abril_2013
 
Pdf livro ceel
Pdf livro ceelPdf livro ceel
Pdf livro ceel
 
4º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL - REGULAR
4º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL - REGULAR4º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL - REGULAR
4º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL - REGULAR
 
Nova gramática
Nova gramáticaNova gramática
Nova gramática
 
A gramática nos livros didáticos
A gramática nos livros didáticosA gramática nos livros didáticos
A gramática nos livros didáticos
 
Handout sequência didática
Handout sequência didáticaHandout sequência didática
Handout sequência didática
 
Ortografia livro
Ortografia livroOrtografia livro
Ortografia livro
 
Letras apresentataçaometaplasmos
Letras apresentataçaometaplasmosLetras apresentataçaometaplasmos
Letras apresentataçaometaplasmos
 
A GramáTica
A GramáTicaA GramáTica
A GramáTica
 
Pressupostos da Aprendizagem e do Ensino da Alfabetização
Pressupostos da Aprendizagem e do Ensino da AlfabetizaçãoPressupostos da Aprendizagem e do Ensino da Alfabetização
Pressupostos da Aprendizagem e do Ensino da Alfabetização
 
Livro sobre ortografia artur gomes de morais
Livro sobre ortografia artur gomes de moraisLivro sobre ortografia artur gomes de morais
Livro sobre ortografia artur gomes de morais
 

Semelhante a Ingles Pcop Lourdes

Planejamente Anual Escola Ana Gondin 2024 Terceirao.pdf
Planejamente Anual Escola Ana Gondin 2024 Terceirao.pdfPlanejamente Anual Escola Ana Gondin 2024 Terceirao.pdf
Planejamente Anual Escola Ana Gondin 2024 Terceirao.pdf
deborachagas83
 
Tcc eliane almeida
Tcc eliane almeidaTcc eliane almeida
Tcc eliane almeida
UNEB
 
Projeto "Mucho Gusto" - Iniciação à Língua Espanhola
Projeto "Mucho Gusto" - Iniciação à Língua EspanholaProjeto "Mucho Gusto" - Iniciação à Língua Espanhola
Projeto "Mucho Gusto" - Iniciação à Língua Espanhola
EC306norte
 
Alfabetizacao e letramento_1
Alfabetizacao e letramento_1Alfabetizacao e letramento_1
Alfabetizacao e letramento_1
angelafreire
 
1.º módulo da formação - material produzido
1.º módulo da formação - material produzido1.º módulo da formação - material produzido
1.º módulo da formação - material produzido
Gazas
 
Planejemantodeingls 1anodoensinomdio-120305175312-phpapp01
Planejemantodeingls 1anodoensinomdio-120305175312-phpapp01Planejemantodeingls 1anodoensinomdio-120305175312-phpapp01
Planejemantodeingls 1anodoensinomdio-120305175312-phpapp01
Flavia Peres
 
Planejamento 6°ano 2013ing
Planejamento 6°ano 2013ingPlanejamento 6°ano 2013ing
Planejamento 6°ano 2013ing
Dhayanne Frazão
 
Planejemanto de inglês 1º ano do ensino médio
Planejemanto de inglês   1º ano do ensino médioPlanejemanto de inglês   1º ano do ensino médio
Planejemanto de inglês 1º ano do ensino médio
Isabel Araujo
 
2ª ReplicaçãO Modo Oral 1
2ª ReplicaçãO   Modo Oral 12ª ReplicaçãO   Modo Oral 1
2ª ReplicaçãO Modo Oral 1
sandravieira1969
 
2ª ReplicaçãO Modo Oral 1
2ª ReplicaçãO   Modo Oral 12ª ReplicaçãO   Modo Oral 1
2ª ReplicaçãO Modo Oral 1
sandravieira1969
 

Semelhante a Ingles Pcop Lourdes (20)

OT Inglês
OT InglêsOT Inglês
OT Inglês
 
Habilidades comunicativas da Língua Inglesa
Habilidades comunicativas da Língua Inglesa  Habilidades comunicativas da Língua Inglesa
Habilidades comunicativas da Língua Inglesa
 
O ensino da língua portuguesa 1ª aula 04
O ensino da língua portuguesa 1ª aula 04O ensino da língua portuguesa 1ª aula 04
O ensino da língua portuguesa 1ª aula 04
 
Ensino de português para surdos: O que a linguística aplicada tem a nos ensinar?
Ensino de português para surdos: O que a linguística aplicada tem a nos ensinar?Ensino de português para surdos: O que a linguística aplicada tem a nos ensinar?
Ensino de português para surdos: O que a linguística aplicada tem a nos ensinar?
 
Planejamente Anual Escola Ana Gondin 2024 Terceirao.pdf
Planejamente Anual Escola Ana Gondin 2024 Terceirao.pdfPlanejamente Anual Escola Ana Gondin 2024 Terceirao.pdf
Planejamente Anual Escola Ana Gondin 2024 Terceirao.pdf
 
Ing planej 6ano
Ing planej 6anoIng planej 6ano
Ing planej 6ano
 
Da Línguitica Aplicada ao Ensino de Línguas
Da Línguitica Aplicada ao Ensino de LínguasDa Línguitica Aplicada ao Ensino de Línguas
Da Línguitica Aplicada ao Ensino de Línguas
 
Plano de curso 2012
Plano de curso 2012Plano de curso 2012
Plano de curso 2012
 
Tcc eliane almeida
Tcc eliane almeidaTcc eliane almeida
Tcc eliane almeida
 
Projeto "Mucho Gusto" - Iniciação à Língua Espanhola
Projeto "Mucho Gusto" - Iniciação à Língua EspanholaProjeto "Mucho Gusto" - Iniciação à Língua Espanhola
Projeto "Mucho Gusto" - Iniciação à Língua Espanhola
 
Bloco2 alfabetizacao letramento_1
Bloco2 alfabetizacao letramento_1Bloco2 alfabetizacao letramento_1
Bloco2 alfabetizacao letramento_1
 
Alfabetizacao e letramento_1
Alfabetizacao e letramento_1Alfabetizacao e letramento_1
Alfabetizacao e letramento_1
 
1.º módulo da formação - material produzido
1.º módulo da formação - material produzido1.º módulo da formação - material produzido
1.º módulo da formação - material produzido
 
PCNs de Língua Portuguesa
PCNs de Língua PortuguesaPCNs de Língua Portuguesa
PCNs de Língua Portuguesa
 
Planejemantodeingls 1anodoensinomdio-120305175312-phpapp01
Planejemantodeingls 1anodoensinomdio-120305175312-phpapp01Planejemantodeingls 1anodoensinomdio-120305175312-phpapp01
Planejemantodeingls 1anodoensinomdio-120305175312-phpapp01
 
Projeto
ProjetoProjeto
Projeto
 
Planejamento 6°ano 2013ing
Planejamento 6°ano 2013ingPlanejamento 6°ano 2013ing
Planejamento 6°ano 2013ing
 
Planejemanto de inglês 1º ano do ensino médio
Planejemanto de inglês   1º ano do ensino médioPlanejemanto de inglês   1º ano do ensino médio
Planejemanto de inglês 1º ano do ensino médio
 
2ª ReplicaçãO Modo Oral 1
2ª ReplicaçãO   Modo Oral 12ª ReplicaçãO   Modo Oral 1
2ª ReplicaçãO Modo Oral 1
 
2ª ReplicaçãO Modo Oral 1
2ª ReplicaçãO   Modo Oral 12ª ReplicaçãO   Modo Oral 1
2ª ReplicaçãO Modo Oral 1
 

Mais de DIRETORIA DE ENSINO - REGIÃO DE ITU

Mais de DIRETORIA DE ENSINO - REGIÃO DE ITU (20)

Formação Proinfo - Curso Rede de Aprendizagem
Formação Proinfo - Curso Rede de Aprendizagem Formação Proinfo - Curso Rede de Aprendizagem
Formação Proinfo - Curso Rede de Aprendizagem
 
Orientações - Plano de trabalho de Tecnologia 2014
Orientações - Plano de trabalho de Tecnologia 2014 Orientações - Plano de trabalho de Tecnologia 2014
Orientações - Plano de trabalho de Tecnologia 2014
 
CURRÍCULO +
CURRÍCULO + CURRÍCULO +
CURRÍCULO +
 
Curso Proinfo Integrado – 1º Encontro presencial
Curso Proinfo Integrado – 1º Encontro presencialCurso Proinfo Integrado – 1º Encontro presencial
Curso Proinfo Integrado – 1º Encontro presencial
 
Pilares da Educação Digital
Pilares da Educação DigitalPilares da Educação Digital
Pilares da Educação Digital
 
MANUAL TABLET EFAP
MANUAL TABLET EFAPMANUAL TABLET EFAP
MANUAL TABLET EFAP
 
Boletim 105 MGME Língua Portuguesa
Boletim 105 MGME Língua Portuguesa Boletim 105 MGME Língua Portuguesa
Boletim 105 MGME Língua Portuguesa
 
Curso Proinfo: 2º Encontro Presencial - Unidade 2
Curso Proinfo: 2º Encontro Presencial - Unidade 2Curso Proinfo: 2º Encontro Presencial - Unidade 2
Curso Proinfo: 2º Encontro Presencial - Unidade 2
 
Grafico & Calculos Saresp 2009
Grafico & Calculos  Saresp 2009Grafico & Calculos  Saresp 2009
Grafico & Calculos Saresp 2009
 
Saresp 2008 MatemáTica
Saresp 2008 MatemáTicaSaresp 2008 MatemáTica
Saresp 2008 MatemáTica
 
Saresp 2008 Estudo MatemáTica
Saresp 2008 Estudo MatemáTicaSaresp 2008 Estudo MatemáTica
Saresp 2008 Estudo MatemáTica
 
Profa Cla..
Profa Cla..Profa Cla..
Profa Cla..
 
Profa Cla..
Profa Cla..Profa Cla..
Profa Cla..
 
Momento Saresp Matrizes Margarete
Momento Saresp  Matrizes  MargareteMomento Saresp  Matrizes  Margarete
Momento Saresp Matrizes Margarete
 
Saresp Quimica Margarete
Saresp Quimica MargareteSaresp Quimica Margarete
Saresp Quimica Margarete
 
G R A F I C O S A R E S P 2008
G R A F I C O  S A R E S P 2008G R A F I C O  S A R E S P 2008
G R A F I C O S A R E S P 2008
 
Momento Saresp CáLculos
Momento Saresp CáLculosMomento Saresp CáLculos
Momento Saresp CáLculos
 
Matrizes De ReferêNcia Para AvaliaçãO Do Saresp
Matrizes De ReferêNcia Para AvaliaçãO Do SarespMatrizes De ReferêNcia Para AvaliaçãO Do Saresp
Matrizes De ReferêNcia Para AvaliaçãO Do Saresp
 
AvaliaçãO Geral 3
AvaliaçãO Geral 3AvaliaçãO Geral 3
AvaliaçãO Geral 3
 
DeficiêNcias
DeficiêNciasDeficiêNcias
DeficiêNcias
 

Último

atividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdfatividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdf
Autonoma
 
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
azulassessoria9
 
atividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdfatividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdf
Autonoma
 
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
azulassessoria9
 
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
azulassessoria9
 
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
azulassessoria9
 

Último (20)

Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptxProva nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
 
atividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdfatividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdf
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
atividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdfatividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-paronimos-e-homonimos-4º-e-5º-ano-respostas.pdf
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
 
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfMissa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Cantos do fim do século
Sistema de Bibliotecas UCS  - Cantos do fim do séculoSistema de Bibliotecas UCS  - Cantos do fim do século
Sistema de Bibliotecas UCS - Cantos do fim do século
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
M0 Atendimento – Definição, Importância .pptx
M0 Atendimento – Definição, Importância .pptxM0 Atendimento – Definição, Importância .pptx
M0 Atendimento – Definição, Importância .pptx
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
 
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºanoCATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
 
O desenvolvimento é um conceito mais amplo, pode ter um contexto biológico ou...
O desenvolvimento é um conceito mais amplo, pode ter um contexto biológico ou...O desenvolvimento é um conceito mais amplo, pode ter um contexto biológico ou...
O desenvolvimento é um conceito mais amplo, pode ter um contexto biológico ou...
 
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................
 
Historia de Portugal - Quarto Ano - 2024
Historia de Portugal - Quarto Ano - 2024Historia de Portugal - Quarto Ano - 2024
Historia de Portugal - Quarto Ano - 2024
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
 

Ingles Pcop Lourdes

  • 1. Apresentação do Currículo do Estado de SP Língua Estrangeira Moderna – Inglês
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6. ORIENTAÇÃO DE ÊNFASE COMUNICATIVA FAZER Língua aprendida na comunicação, adquirida em situações reais de interação . uma ênfase no aprender a comunicar-se através da interação na língua-alvo; David Nunan “ ... Temos de discernir entre o conhecimento de várias regras gramaticais e a capacidade de usá-las eficiente e apropriadamente para a comunicação...”                                                                                            
  • 7. EXEMPLIFICANDO... Hi John, are you coming to the party tonight ? Sure, Carol. I wouldn’t miss a chance to make new friends and a have good time.
  • 8. Orientação Metodológica do Currículo da SEE/SP
  • 9.
  • 10. TASK BASED -Um trabalho de sala de aula que envolve os alunos na compreensão, manipulação, produção ou interação na LA, enquanto o foco da atenção está principalmente voltado para o significado do que para a forma (David Nunan, 1989)
  • 11. Princípios E. F Princípio 1: O aprendizado é orientado pelo sentido/significado. Princípio 2: O aprendizado de uma língua é muito mais lexical do que sintático. Princípio 3: A familiaridade com os gêneros é importante para o desenvolvimento de habilidades de comunicação.
  • 12. Premissa 1 Língua é um complexo instrumento de interação social, de ação e reação no mundo, realizada em práticas sociais contextualizadas e significativas para os interlocutores, que são participantes da interação. Premissa 2 Aprender uma língua é aprender com o outro, trabalhando em equipe; é construir, de forma coletiva, diversos tipos de conhecimento.
  • 13. Premissa 3 Aprender uma LE na perspectiva interacionista pressupõe vários momentos de aproximação do aluno com o objeto de estudo, situado em contextos diferentes de uso. (conhecimento de forma espiralada). Premissa 4 Os alunos são responsáveis pela aprendizagem e corresponsáveis pela aprendizagem de seus pares. A função do professor é orientar os alunos nesse processo.
  • 14.
  • 15. A compreensão depende dos sentidos e não das regras gramaticais (5ª série, p. 09). Man, yesterday, hand, bite, dog Não é necessário exigir que os alunos memorizem ou reproduzam tudo o que você ensinar (p. 11) que compreendam 100% dos textos que leram, que consigam usar tudo que foi ensinado (5ª série, p. 40). A quantidade de exposição à língua precisa ser significativamente grande. Cuidado ao excluir alguma atividade do Caderno do Aluno. Não existe uma sequência lógica para o conhecimento gramatical. Posso transferir um conhecimento da 1ª série EM para a 3ª série? Adequação das situações de aprendizagem Começar do zero
  • 16.
  • 17. Gramática “ O foco com o trabalho de estruturas gramaticais é fazer os alunos reconhecerem seus usos. Portanto, não se alongue em explicações gramaticais detalhadas nem em exercícios de fixação gramatical. As estruturas serão apresentadas aos alunos ao longo do curso. Só serão apresentadas pela sua importância na compreensão das informações organizadas nos textos”. (6ª série – p. 32) Conhecimento sistêmico – após o trabalho de conhecimento textual.
  • 18.
  • 19. Gramática Reflexão mais aprofundada do uso das regras gramaticais. Atenção focalizada em alguns aspectos linguísticos importantes para a resolução da tarefa. Sistematização: parte dos exemplos e não das regras, mobiliza a capacidade de analisar, comparar – o aluno formula a regra em função das descobertas que ele mesmo fez enquanto desenvolve as tarefas. (Abordagem Indutiva) A assimilação não garante que o aluno se comunique corretamente – incentivar a prática
  • 20.
  • 21. Conteúdos dos Cadernos dos Professores
  • 22. Currículo LEM – Inglês Ensino Fundamental Ciclo II Meu perfil, minhas preferências Línguas estrangeiras em nosso entorno Descrição da escola Diferentes moradias O bairro Entretenimento Comemorações ao redor do mundo Rotinas de jovens em diferentes lugares Hábitos de alimentação Infância e adolescência – ontem e hoje Biografias de pessoas marcantes Inventores e invenções Narrativas pessoais – um episódio em minha vida O mundo e minha vida daqui a 10 anos
  • 23. Contextos de usos da língua inglesa Caderno de entretenimento Newspaper : estrutura geral Notícias: os leads Propagandas e peças publicitárias Cinema e literatura Cinema e preconceito Filmes e programas de TV O trabalho voluntário Primeiro emprego Profissões do séc. XXI Construção do currículo Currículo LEM – Inglês Ensino Médio
  • 24. REFLEXÃO SOBRE O ENSINO DE LÍNGUA INGLESA NO CURRÍCULO
  • 25.
  • 26. CRENÇAS Frase 1 : Meu aluno não sabe nada, o pouquinho que ele aprende já está bom. Frase 2 : Para ensinar é preciso ficar só no contexto do aluno. Frase 3 : Sem a base da gramática não dá para aprender. Frase 4: Como é que eu posso ensinar? O aluno copia tudo errado da lousa. Eu escrevo “name” e ele copia “neime”. Frase 5: O aluno não sabe nem usar o dicionário em português. Frase 6: Meu aluno não consegue escrever em português,imagine em inglês
  • 27.
  • 28.
  • 29.
  • 30.
  • 31. The greatest love of all (Whitney Houston) I believe the children are our future Teach them well and let them lead the way Show them all the beauty they possess inside Give them a sense of pride to make it easier Let the children's laughter remind us how we used to be Everybody searching for a hero People need someone to look up to I never found anyone who fulfilled my needs A lonely place to be, so I learned to depend on me I decided long ago never to walk in anyone's shadow (...) PCOP Maria de Lourdes da Rocha Sandei [email_address]