SlideShare uma empresa Scribd logo
Informatica entrevista final
Este trabalho foi desenvolvido a partir das entrevistas
realizadas na Escola Studio da Criança e no Colégio Marista de São
José. Como objetivo deste estudo, propomos desenvolver uma reflexão
sobre o uso do computador na educação. Somado a isso, percebemos a
importância de problematizar, de que forma as escolas se apropriam
da informática educativa na construção do conhecimento. Para tanto,
observamos como o professor utiliza a tecnologia para potencializar a
aprendizagem de seus alunos e quais são os recursos utilizados, uma
vez que o computador é uma máquina interativa, que permite ao
usuário a autoria de seus trabalhos.
Para investigar o uso da informática educativa e a atuação do
professor no processo de desenvolvimento do pensamento do
aluno, podemos considerar o que diz Rocha:



    “A adoção das TICs em sala de aula traz para os
     educandos, muitos caminhos a percorrer e para isso é
     preciso a presença do professor, pois é ele quem vai
     dinamizar todo este novo processo de ensino-
     aprendizagem por intermédio dessa ferramenta,
     explorando-a ao máximo com criatividade, conseguindo
     o intuito maior da Informática Educativa: mudança,
     dinamização, envolvimento, por parte do aluno na
     aprendizagem.”
Entre as vantagens potenciais desta modalidade na escola, está o fato
desta:



“(...) a) ser „sinônimo‟ de status social, visto que seu usuário, geralmente
crianças e adolescentes, experimentam a inversão da relação de poder
do conhecimento que consideram ser propriedade dos pais e professores,
quando estes não dominam a Informática; b) possibilitar resposta
imediata, o erro pode produzir resultados interessantes; c) não ter o
erro como fracasso e sim, um elemento para exigir reflexão/busca de
outro caminho. Além disso, o computador não é um instrumento
autônomo, não faz nada sozinho, precisa de comandos para poder
funcionar, desenvolvendo o poder de decisão, iniciativa e autonomia;
d) Favorece a flexibilidade do pensamento; e) estimula o
  desenvolvimento do raciocínio lógico, pois diante de uma
  situação-problema é necessário que o aluno analise os dados
  apresentados, descubra o que deve ser feito, levante
  hipóteses, estabeleça estratégias, selecione dados para a
  solução, busque diferentes caminhos para seguir; f)
  Possibilita ainda o desenvolvimento do foco de atenção-
  concentração; g) favorece a expressão emocional, o prazer
  com o sucesso e é um espaço onde a criança/jovem pode
  demonstrar suas frustrações, raiva, projeta suas emoções na
  escolha de produção de textos ou desenhos.” (FERREIRA,
  2002:29)
Informatica entrevista final
Identificação na porta de entrada
do Laboratório de Informática
Informatica entrevista final
Laboratório de Informática
Informatica entrevista final
Entrevista com a Professora de Informática:Fernanda

              Formação: Letras - 2007
Que softwares o professor usa nas salas de aulas ou no
                  laboratório de informática?




Assim... como aqui no caso é só Educação infantil, a gente tá sempre
procurando usar softwares lúdicos, que tenham alguma atração, que sejam
bem coloridos. Tem os básicos que os alunos adoram, que é a Casa de
Franklin, o blog do Discovery kids, os Coelhos Sabidos, e a gente também
procura usar os softwares normais que a gente conhece por aí, Word,
PowerPoint, pra estar trabalhando com eles através dos assuntos que a
gente aborda aqui no laboratório. Usa também sites, atividades de sites
infantis, pra eles.
Esta escola tem um projeto de informática educativa ou cada
            professor faz seu projeto particular?




A gente procura trabalhar em parceria com os projetos da escola, no
caso agora que a gente tá trabalhando essa parte do meio ambiente
sobre a questão da Bio 20, a gente tá sempre em cima destes
projetos, procura ao máximo, trabalhar esses projetos da escola. E
tenho total liberdade também, para sair desse projeto e trabalhar
outro assunto, mas o importante é que a gente esteja trabalhando
com os projetos da escola.
Os professores dessa escola enviam seus alunos para a sala de
  informática e contam com um técnico de informática ou eles
  mesmos desenvolvem suas aulas utilizando a informática?




Os professores tem acesso ao laboratório, pra de repente fazer uma

atividade, pra tá fazendo uma pesquisa para a atividade dos

alunos, e uma vez ou outra eles trazem os alunos para mostrar

alguma coisa, é bem raro, mas uma vez ou outra, alguns

professores pedem para utilizar o laboratório para mostrar imagens,

alguns vídeos aos alunos.
O computador é utilizado em sua sala de aula para construção de
conhecimento ou para a transmissão de conhecimento? Como você
trabalha com o computador nas suas aulas?




  Os dois, tanto para a transmissão como para a construção de
  conhecimentos.
Professora, a quanto tempo você usa informática na sala de aula?




No caso, aqui na Studio desde outubro, e já a alguns anos eu venho
neste ramo de aula de informática.
Você acha que a informática veio contribuir para o
        desenvolvimento e conhecimento das crianças?




Com certeza, porque eu acho que é uma forma assim...
diferente deles aprenderem, sai um pouco da sala de aula, eles
estão vendo outra coisa diferente, eles ficam mais estimulados.
Praticamente todas as crianças quando vem para o
laboratório, vem animadas para fazer as atividades, muda
bastante.
Então você acha que teve um desenvolvimento na parte da
   aprendizagem?


Com certeza. A gente aqui tem alunos especiais, alunos com
síndrome de down, autista, então assim... a gente vê uma evolução,
eu no caso como estou a pouco tempo, eu peguei um pouquinho da
evolução desses alunos, eles começaram com a minha irmã. Minha
irmã desenvolveu um trabalho com eles, eu estou dando
continuidade e você vê assim... que eles desenvolveram muita coisa,
alunos que tinham medo, entravam na sala chorando, que minha
irmã relatava para mim, hoje entram na sala sorrindo querendo
mexer, brincar, é uma coisa assim... bem legal.
Em sua experiência, como você caracteriza a alfabetização
tecnológica? Ou, o que você entende por alfabetização tecnológica?

Alfabetização tecnológica... Posso falar o que eu entendo? Então assim... aqui a
gente tem a alfabetização, fundamental e assim... eu no caso, estou instruída a
complementar isso. Então se os alunos já estão aprendendo a escrever a redigir
frases, eu vou chegar lá vou fazer a mesma coisa, vou pedir, para que eles digitem
alguma frase, alguma coisa. E procurem também estar lendo o que eles estão
fazendo lá. Então, se tem um jogo eles estão lendo o nome do jogo, entendeu?
Eles reconhecem as letras, eu tenho alunos que entram na minha sala... por
exemplo, eu tenho um mural, eu monto um mural. Tia olha lá! Tem o número um,
tem o número cinco. Então eles reconhecem as letras e os números e eu procuro
puxar isso deles também.
Como é que o professor interfere nas pesquisas dos alunos, de modo a
evitar que eles se percam na imensidão caótica de dados e no recorte-cola?




A gente vai dando dicas conforme vai explicando a atividade, faz assim... faz

assim... a gente não fala, não é uma coisa como a gente de repente vê no curso de

informática, clica nisso, clica nisso, não. É uma coisa mais dinâmica, senão fica

uma coisa massificante, Vai acontecendo conforme a gente vai explicando a

atividade, conforme eles vão realizando a atividade, eles vão aprendendo, tanto

que eles já sabem... Tia eu já sei fechar que é no “X”. Eles já sabem alguma coisa

sem eu falar, entendeu? Então eles vão pegando assim, sem eu falar.
Como esta escola se utiliza da informática para fazer a
    comunicação entre alunos, pais e professores via internet.



Os pais hoje, eles tem acesso a quase tudo no site da escola, não é o

meu papel mexer com essa parte. A escola tem um site, mas eu posso

até estar falando porque eu sei, eu trabalho até justamente, com a

minha irmã que hoje faz esse trabalho. Ela começou dando aula, ela

hoje é gerente de marketing na escola, então ela lida com o site da

escola. Então tudo praticamente tudo, relacionado a escola esta lá

no site, e os pais tem acesso a circular e eventos.
No caso de avaliações, contato para discutir alguma coisa com
relação aos filhos, e-mail...




Isso eu já não sei te dizer se tem, mas eles têm e-mail, assim tudo
que acontece a escola manda por e-mail para os pais.
Conclusão da Entrevista na Escola Studio da Criança



A preocupação em utilizar sites que interessem as crianças, é
demonstrada pela professora Fernanda, na entrevista. Este é um
aspecto importante da sua atuação como professora de informática,
uma vez que, crianças de 0 a 5 anos de idade, tem como motivação
para o aprendizado, a satisfação de executar atividades lúdicas.
Os softwares e sites que a professora utiliza proporciona a interação
e criatividade da criança, por meio de brincadeiras que auxiliam em
sua autonomia. Desta forma, a professora se apropria da informática
em conformidade com o que Valente considera importante para que a
criança tenha um aprendizado fácil e prazeroso.
“A utilização das TICs no ambiente escolar contribui para essa
mudança de paradigmas, sobretudo, para o aumento da motivação
em aprender, pois as ferramentas de informática exercem um
fascínio em nossos alunos. Se a tecnologia for utilizada de forma
adequada, tem muito a nos oferecer, a aprendizagem se tornará
mais fácil e prazerosa, pois “as possibilidade de uso do computador
como ferramenta educacional está crescendo e os limites dessa
expansão são desconhecidos” (VALENTE, 1993: 01).

     Valente ainda faz referência as diversas possibilidades de uso
 do computador na educação, o que podemos relacionar aos
 recursos utilizados pela professora Fernanda, que trabalha com
 temas atuais como Rio+20. Esta é uma oportunidade de se
 apropriar do universo de informações disponíveis na internet e
 redes sociais que contribuem para a construção do conhecimento.
Informatica entrevista final
Informatica entrevista final
O professor acredita que o uso do computador pode potencializar o
pensamento e a criatividade?




   Sim, o uso do computador e a forma como é trabalhado
   depende do professor. Se ele for um mediador da informação
   que chega ao aluno, isto pode ajudar no desenvolvimento
   do pensamento critico.
Como é que o professor interfere nas pesquisas dos alunos de modo a
evitar que eles se percam na imensidão caótica de dados e no recorte-
cole?




       Para que o aluno não se perca mediante o trabalho
       proposto, o professor deve mediar a Atividade.
       Não interferir na criatividade do estudante.
Costumamos ouvir dizer que: “A informática virou um atrativo
 para os alunos se envolverem com as aulas”. O que o professor
 pensa a respeito?




Por ser algo atual e que está envolvido no cotidiano dos alunos,
torna-se mais interessante a utilização do computador para melhor
compreensão e interação em sala de aula.
O computador é utilizado em sua sala de aula para a construção de
conhecimento ou para a transmissão de conhecimento? Como você
trabalha com o computador nas suas aulas?




Utilizo o computador na construção do conhecimento, fazendo com
que os alunos interajam com ele de forma a não serem “manipulados”
pelas informações passadas. O conhecimento é construído em cima de
uma opinião critica. Para isso trabalhamos com atividades
utilizando os jornais online, entre outros recursos.
Como o professor dinamiza o processo de ensino aprendizagem
na utilização do computador?




Uma das formas é a utilização da internet para o
aprendizado, construção de conhecimento, pensando sempre
no cotidiano. Exemplo: O caso de Carolina Dieckman para
explicar um dos vários perigos oferecidos pela internet.
Há quanto tempo você usa informática na sala de aula? A partir do
uso da informática, que modificações ocorreram na sua prática
docente?




A sala de informática já existe há algum tempo (a professora tem
apenas 2 anos de exercício no colégio) ,e eu a tenho usado durante
todo o meu tempo de casa. A informática trouxe modificações
consideráveis em minha prática. Houve uma modificação na
percepção de detentor do saber. Hoje sei que
sou agente do conhecimento e não uma simples fornecedora do
conhecimento.
Conclusão da entrevista no Colégio Marista de São José


Nossa entrevista foi bastante proveitosa,uma vez que a professora
Patrícia é gentil e competente como professora. Ela nos mostrou que,

com o uso da informática foi possível agilizar trabalhos em sala de
aula, melhorar a argumentação e construção de textos, desenvolver o
pensamento crítico e a criatividade. A escola possui um projeto de
informática que dá base para a professora desenvolver o conteúdo de
sua disciplina de forma ágil, interessante e estimuladora, dentro do
ambiente informatizado da escola, assim como nos trabalhos de casa.
Para Patrícia é de suma importância estar inserida no mundo
informatizado que seus alunos fazem parte, pois o professor que
não está participando desta realidade certamente ficará defasado

e não estará preparado para ensinar sem vivenciar as mesmas
experiências de seus estudantes.
Notamos que a escola propicia que o professor desenvolva de
 forma rápida e prática seus conteúdos, pois a mesma possui ótima
infra estrutura e uma excelente coordenação pedagógica (que
infelizmente não tivemos acesso), pois a professora parecia
satisfeita e fez diversos elogios à seus coordenadores. Concluímos
que esta visita foi enriquecedora e importante para a construção do
 pedagogo.
Referências Bibliográficas

Entrevistas :
Escola Studio da Criança - Professora: Fernanda
Colégio Marista de São José – Professora: Patrícia

O uso do computador na Educação: a informática educativa.
Revista Espaço Acadêmico. n.85 ano VIII. junho de 2008.
Disponível em:
http://www.espacoacademico.com.br/085/85rocha.htm
Acesso em 21/05/2012.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

InformáTica Educativa
InformáTica EducativaInformáTica Educativa
InformáTica Educativa
Freiredg
 
Trabalho de informatica
Trabalho de informaticaTrabalho de informatica
Trabalho de informatica
acmr20
 
São João do Polêsine - Gladis Helena Brondani
São João do Polêsine - Gladis Helena BrondaniSão João do Polêsine - Gladis Helena Brondani
São João do Polêsine - Gladis Helena Brondani
CursoTICs
 
Informática na educação infantil
Informática na educação infantilInformática na educação infantil
Informática na educação infantil
Claudinéia da Silva
 
Computadores móveis na escola sbie 2009
Computadores móveis na escola sbie 2009Computadores móveis na escola sbie 2009
Computadores móveis na escola sbie 2009
ismaelfurtado
 
Diario de um professor
Diario de um professorDiario de um professor
Diario de um professor
Henrique Santos
 
2º série reda cem - 20.31
2º série   reda cem -  20.312º série   reda cem -  20.31
2º série reda cem - 20.31
MatheusMesquitaMelo
 
Skydrive - projeto completo
Skydrive - projeto completoSkydrive - projeto completo
Skydrive - projeto completo
Conceição Rosa
 
Computador, Internet, Softwares e Jogos
Computador, Internet, Softwares e JogosComputador, Internet, Softwares e Jogos
Computador, Internet, Softwares e Jogos
Richard Reinaldo
 
2ª entrevista e directo
2ª entrevista e directo2ª entrevista e directo
2ª entrevista e directo
Nuno Maria
 
Histórico da sala de informática na e e prof chaves
Histórico da sala de informática na e e prof chavesHistórico da sala de informática na e e prof chaves
Histórico da sala de informática na e e prof chaves
Idelma
 
PIXTON Histórias em quadrinhos na web
PIXTON Histórias em quadrinhos na webPIXTON Histórias em quadrinhos na web
PIXTON Histórias em quadrinhos na web
Ana Paula Ó
 
HISTÓRIAS EM QUADRINHOS NA WEB: PIXTON FERRRAMENTA MEDIADORA NO PROCESSO DE E...
HISTÓRIAS EM QUADRINHOS NA WEB: PIXTON FERRRAMENTA MEDIADORA NO PROCESSO DE E...HISTÓRIAS EM QUADRINHOS NA WEB: PIXTON FERRRAMENTA MEDIADORA NO PROCESSO DE E...
HISTÓRIAS EM QUADRINHOS NA WEB: PIXTON FERRRAMENTA MEDIADORA NO PROCESSO DE E...
Ana Paula Ó
 
Apresentação p as salvador do sul
Apresentação p as salvador do sulApresentação p as salvador do sul
Apresentação p as salvador do sul
Nadie Christina Machado-Spence
 
PROFESSORES E PROJETOS PEDAGÓGICOS: UTILIZANDO BLOGS COMO FERRAMENTA NO APERF...
PROFESSORES E PROJETOS PEDAGÓGICOS: UTILIZANDO BLOGS COMO FERRAMENTA NO APERF...PROFESSORES E PROJETOS PEDAGÓGICOS: UTILIZANDO BLOGS COMO FERRAMENTA NO APERF...
PROFESSORES E PROJETOS PEDAGÓGICOS: UTILIZANDO BLOGS COMO FERRAMENTA NO APERF...
christianceapcursos
 
O uso Pedagógico da Sala de Informática da Escola
O uso Pedagógico da Sala de Informática da EscolaO uso Pedagógico da Sala de Informática da Escola
O uso Pedagógico da Sala de Informática da Escola
Richard Reinaldo
 
Tcc versao-final-paloma-jacinto-da-silva-polo-orós-sem.-vii (1)
Tcc versao-final-paloma-jacinto-da-silva-polo-orós-sem.-vii (1)Tcc versao-final-paloma-jacinto-da-silva-polo-orós-sem.-vii (1)
Tcc versao-final-paloma-jacinto-da-silva-polo-orós-sem.-vii (1)
Samuel Icasa
 
Apresentaçao linux
Apresentaçao linuxApresentaçao linux
Apresentaçao linux
ivonebo
 
ExperiêNcia Pessoal Pesquisa AçãO
ExperiêNcia Pessoal   Pesquisa AçãOExperiêNcia Pessoal   Pesquisa AçãO
ExperiêNcia Pessoal Pesquisa AçãO
marlidf
 

Mais procurados (19)

InformáTica Educativa
InformáTica EducativaInformáTica Educativa
InformáTica Educativa
 
Trabalho de informatica
Trabalho de informaticaTrabalho de informatica
Trabalho de informatica
 
São João do Polêsine - Gladis Helena Brondani
São João do Polêsine - Gladis Helena BrondaniSão João do Polêsine - Gladis Helena Brondani
São João do Polêsine - Gladis Helena Brondani
 
Informática na educação infantil
Informática na educação infantilInformática na educação infantil
Informática na educação infantil
 
Computadores móveis na escola sbie 2009
Computadores móveis na escola sbie 2009Computadores móveis na escola sbie 2009
Computadores móveis na escola sbie 2009
 
Diario de um professor
Diario de um professorDiario de um professor
Diario de um professor
 
2º série reda cem - 20.31
2º série   reda cem -  20.312º série   reda cem -  20.31
2º série reda cem - 20.31
 
Skydrive - projeto completo
Skydrive - projeto completoSkydrive - projeto completo
Skydrive - projeto completo
 
Computador, Internet, Softwares e Jogos
Computador, Internet, Softwares e JogosComputador, Internet, Softwares e Jogos
Computador, Internet, Softwares e Jogos
 
2ª entrevista e directo
2ª entrevista e directo2ª entrevista e directo
2ª entrevista e directo
 
Histórico da sala de informática na e e prof chaves
Histórico da sala de informática na e e prof chavesHistórico da sala de informática na e e prof chaves
Histórico da sala de informática na e e prof chaves
 
PIXTON Histórias em quadrinhos na web
PIXTON Histórias em quadrinhos na webPIXTON Histórias em quadrinhos na web
PIXTON Histórias em quadrinhos na web
 
HISTÓRIAS EM QUADRINHOS NA WEB: PIXTON FERRRAMENTA MEDIADORA NO PROCESSO DE E...
HISTÓRIAS EM QUADRINHOS NA WEB: PIXTON FERRRAMENTA MEDIADORA NO PROCESSO DE E...HISTÓRIAS EM QUADRINHOS NA WEB: PIXTON FERRRAMENTA MEDIADORA NO PROCESSO DE E...
HISTÓRIAS EM QUADRINHOS NA WEB: PIXTON FERRRAMENTA MEDIADORA NO PROCESSO DE E...
 
Apresentação p as salvador do sul
Apresentação p as salvador do sulApresentação p as salvador do sul
Apresentação p as salvador do sul
 
PROFESSORES E PROJETOS PEDAGÓGICOS: UTILIZANDO BLOGS COMO FERRAMENTA NO APERF...
PROFESSORES E PROJETOS PEDAGÓGICOS: UTILIZANDO BLOGS COMO FERRAMENTA NO APERF...PROFESSORES E PROJETOS PEDAGÓGICOS: UTILIZANDO BLOGS COMO FERRAMENTA NO APERF...
PROFESSORES E PROJETOS PEDAGÓGICOS: UTILIZANDO BLOGS COMO FERRAMENTA NO APERF...
 
O uso Pedagógico da Sala de Informática da Escola
O uso Pedagógico da Sala de Informática da EscolaO uso Pedagógico da Sala de Informática da Escola
O uso Pedagógico da Sala de Informática da Escola
 
Tcc versao-final-paloma-jacinto-da-silva-polo-orós-sem.-vii (1)
Tcc versao-final-paloma-jacinto-da-silva-polo-orós-sem.-vii (1)Tcc versao-final-paloma-jacinto-da-silva-polo-orós-sem.-vii (1)
Tcc versao-final-paloma-jacinto-da-silva-polo-orós-sem.-vii (1)
 
Apresentaçao linux
Apresentaçao linuxApresentaçao linux
Apresentaçao linux
 
ExperiêNcia Pessoal Pesquisa AçãO
ExperiêNcia Pessoal   Pesquisa AçãOExperiêNcia Pessoal   Pesquisa AçãO
ExperiêNcia Pessoal Pesquisa AçãO
 

Semelhante a Informatica entrevista final

Informatica entrevista final1
Informatica entrevista final1Informatica entrevista final1
Informatica entrevista final1
Cris Amaral
 
Informática na educação trabalho revisado- grupo-fátima, cristina, mariana e...
Informática na educação  trabalho revisado- grupo-fátima, cristina, mariana e...Informática na educação  trabalho revisado- grupo-fátima, cristina, mariana e...
Informática na educação trabalho revisado- grupo-fátima, cristina, mariana e...
Cris Amaral
 
Informática na educação trabalho revisado- grupo-fátima, cristina, mariana e...
Informática na educação  trabalho revisado- grupo-fátima, cristina, mariana e...Informática na educação  trabalho revisado- grupo-fátima, cristina, mariana e...
Informática na educação trabalho revisado- grupo-fátima, cristina, mariana e...
Cris Amaral
 
Amanda isabel marianna 2
Amanda isabel marianna 2Amanda isabel marianna 2
Amanda isabel marianna 2
amanda_isabel_marianna
 
Restinga Sêca - Naila Cohen Pomnitz
Restinga Sêca - Naila Cohen PomnitzRestinga Sêca - Naila Cohen Pomnitz
Restinga Sêca - Naila Cohen Pomnitz
CursoTICs
 
LEITURA NA EDUCAÇÃO INFANTIL
LEITURA NA EDUCAÇÃO INFANTILLEITURA NA EDUCAÇÃO INFANTIL
LEITURA NA EDUCAÇÃO INFANTIL
rosemary dos santos silva
 
Informática na educação infantil
Informática na educação infantilInformática na educação infantil
Informática na educação infantil
Claudinéia da Silva
 
Grupo Alfadigitação - UERJ - Pedagogia - terceiro período.
Grupo Alfadigitação - UERJ - Pedagogia - terceiro período.Grupo Alfadigitação - UERJ - Pedagogia - terceiro período.
Grupo Alfadigitação - UERJ - Pedagogia - terceiro período.
dupret
 
Trabalho 2
Trabalho 2Trabalho 2
Trabalho 2
Gustavo Coutinho
 
Portifolio ana 2011
Portifolio ana 2011Portifolio ana 2011
Portifolio ana 2011
Ana Paula Pires
 
Trabalho de informátca educativa uerj entrevista na escola
Trabalho de informátca educativa uerj  entrevista na escolaTrabalho de informátca educativa uerj  entrevista na escola
Trabalho de informátca educativa uerj entrevista na escola
Andressa Gomes
 
Trabalho inf educativa daniel
Trabalho inf educativa danielTrabalho inf educativa daniel
Trabalho inf educativa daniel
Danielcastiajo
 
Trabalho 2
Trabalho 2Trabalho 2
Trabalho 2
Gustavo Coutinho
 
Comunicação mediada pela tecnologia
Comunicação mediada pela tecnologiaComunicação mediada pela tecnologia
Comunicação mediada pela tecnologia
Vanessa Bartoski
 
Amanda castro 2
Amanda castro 2Amanda castro 2
Amanda castro 2
amanda_isabel_marianna
 
Projeto interdisciplinar pronto
Projeto interdisciplinar  prontoProjeto interdisciplinar  pronto
Projeto interdisciplinar pronto
karinacancado
 
Perguntas do trabalho
Perguntas do trabalhoPerguntas do trabalho
Perguntas do trabalho
Andressa Gomes
 
Trabalho de informática
Trabalho de informáticaTrabalho de informática
Trabalho de informática
ana neves
 
Monteiro Lobato
Monteiro LobatoMonteiro Lobato
Monteiro Lobato
guest9507b1
 
A caminho do saber jornal educativo
A caminho do saber jornal educativoA caminho do saber jornal educativo
A caminho do saber jornal educativo
Instituto Crescer
 

Semelhante a Informatica entrevista final (20)

Informatica entrevista final1
Informatica entrevista final1Informatica entrevista final1
Informatica entrevista final1
 
Informática na educação trabalho revisado- grupo-fátima, cristina, mariana e...
Informática na educação  trabalho revisado- grupo-fátima, cristina, mariana e...Informática na educação  trabalho revisado- grupo-fátima, cristina, mariana e...
Informática na educação trabalho revisado- grupo-fátima, cristina, mariana e...
 
Informática na educação trabalho revisado- grupo-fátima, cristina, mariana e...
Informática na educação  trabalho revisado- grupo-fátima, cristina, mariana e...Informática na educação  trabalho revisado- grupo-fátima, cristina, mariana e...
Informática na educação trabalho revisado- grupo-fátima, cristina, mariana e...
 
Amanda isabel marianna 2
Amanda isabel marianna 2Amanda isabel marianna 2
Amanda isabel marianna 2
 
Restinga Sêca - Naila Cohen Pomnitz
Restinga Sêca - Naila Cohen PomnitzRestinga Sêca - Naila Cohen Pomnitz
Restinga Sêca - Naila Cohen Pomnitz
 
LEITURA NA EDUCAÇÃO INFANTIL
LEITURA NA EDUCAÇÃO INFANTILLEITURA NA EDUCAÇÃO INFANTIL
LEITURA NA EDUCAÇÃO INFANTIL
 
Informática na educação infantil
Informática na educação infantilInformática na educação infantil
Informática na educação infantil
 
Grupo Alfadigitação - UERJ - Pedagogia - terceiro período.
Grupo Alfadigitação - UERJ - Pedagogia - terceiro período.Grupo Alfadigitação - UERJ - Pedagogia - terceiro período.
Grupo Alfadigitação - UERJ - Pedagogia - terceiro período.
 
Trabalho 2
Trabalho 2Trabalho 2
Trabalho 2
 
Portifolio ana 2011
Portifolio ana 2011Portifolio ana 2011
Portifolio ana 2011
 
Trabalho de informátca educativa uerj entrevista na escola
Trabalho de informátca educativa uerj  entrevista na escolaTrabalho de informátca educativa uerj  entrevista na escola
Trabalho de informátca educativa uerj entrevista na escola
 
Trabalho inf educativa daniel
Trabalho inf educativa danielTrabalho inf educativa daniel
Trabalho inf educativa daniel
 
Trabalho 2
Trabalho 2Trabalho 2
Trabalho 2
 
Comunicação mediada pela tecnologia
Comunicação mediada pela tecnologiaComunicação mediada pela tecnologia
Comunicação mediada pela tecnologia
 
Amanda castro 2
Amanda castro 2Amanda castro 2
Amanda castro 2
 
Projeto interdisciplinar pronto
Projeto interdisciplinar  prontoProjeto interdisciplinar  pronto
Projeto interdisciplinar pronto
 
Perguntas do trabalho
Perguntas do trabalhoPerguntas do trabalho
Perguntas do trabalho
 
Trabalho de informática
Trabalho de informáticaTrabalho de informática
Trabalho de informática
 
Monteiro Lobato
Monteiro LobatoMonteiro Lobato
Monteiro Lobato
 
A caminho do saber jornal educativo
A caminho do saber jornal educativoA caminho do saber jornal educativo
A caminho do saber jornal educativo
 

Informatica entrevista final

  • 2. Este trabalho foi desenvolvido a partir das entrevistas realizadas na Escola Studio da Criança e no Colégio Marista de São José. Como objetivo deste estudo, propomos desenvolver uma reflexão sobre o uso do computador na educação. Somado a isso, percebemos a importância de problematizar, de que forma as escolas se apropriam da informática educativa na construção do conhecimento. Para tanto, observamos como o professor utiliza a tecnologia para potencializar a aprendizagem de seus alunos e quais são os recursos utilizados, uma vez que o computador é uma máquina interativa, que permite ao usuário a autoria de seus trabalhos.
  • 3. Para investigar o uso da informática educativa e a atuação do professor no processo de desenvolvimento do pensamento do aluno, podemos considerar o que diz Rocha: “A adoção das TICs em sala de aula traz para os educandos, muitos caminhos a percorrer e para isso é preciso a presença do professor, pois é ele quem vai dinamizar todo este novo processo de ensino- aprendizagem por intermédio dessa ferramenta, explorando-a ao máximo com criatividade, conseguindo o intuito maior da Informática Educativa: mudança, dinamização, envolvimento, por parte do aluno na aprendizagem.”
  • 4. Entre as vantagens potenciais desta modalidade na escola, está o fato desta: “(...) a) ser „sinônimo‟ de status social, visto que seu usuário, geralmente crianças e adolescentes, experimentam a inversão da relação de poder do conhecimento que consideram ser propriedade dos pais e professores, quando estes não dominam a Informática; b) possibilitar resposta imediata, o erro pode produzir resultados interessantes; c) não ter o erro como fracasso e sim, um elemento para exigir reflexão/busca de outro caminho. Além disso, o computador não é um instrumento autônomo, não faz nada sozinho, precisa de comandos para poder funcionar, desenvolvendo o poder de decisão, iniciativa e autonomia;
  • 5. d) Favorece a flexibilidade do pensamento; e) estimula o desenvolvimento do raciocínio lógico, pois diante de uma situação-problema é necessário que o aluno analise os dados apresentados, descubra o que deve ser feito, levante hipóteses, estabeleça estratégias, selecione dados para a solução, busque diferentes caminhos para seguir; f) Possibilita ainda o desenvolvimento do foco de atenção- concentração; g) favorece a expressão emocional, o prazer com o sucesso e é um espaço onde a criança/jovem pode demonstrar suas frustrações, raiva, projeta suas emoções na escolha de produção de textos ou desenhos.” (FERREIRA, 2002:29)
  • 7. Identificação na porta de entrada do Laboratório de Informática
  • 11. Entrevista com a Professora de Informática:Fernanda Formação: Letras - 2007
  • 12. Que softwares o professor usa nas salas de aulas ou no laboratório de informática? Assim... como aqui no caso é só Educação infantil, a gente tá sempre procurando usar softwares lúdicos, que tenham alguma atração, que sejam bem coloridos. Tem os básicos que os alunos adoram, que é a Casa de Franklin, o blog do Discovery kids, os Coelhos Sabidos, e a gente também procura usar os softwares normais que a gente conhece por aí, Word, PowerPoint, pra estar trabalhando com eles através dos assuntos que a gente aborda aqui no laboratório. Usa também sites, atividades de sites infantis, pra eles.
  • 13. Esta escola tem um projeto de informática educativa ou cada professor faz seu projeto particular? A gente procura trabalhar em parceria com os projetos da escola, no caso agora que a gente tá trabalhando essa parte do meio ambiente sobre a questão da Bio 20, a gente tá sempre em cima destes projetos, procura ao máximo, trabalhar esses projetos da escola. E tenho total liberdade também, para sair desse projeto e trabalhar outro assunto, mas o importante é que a gente esteja trabalhando com os projetos da escola.
  • 14. Os professores dessa escola enviam seus alunos para a sala de informática e contam com um técnico de informática ou eles mesmos desenvolvem suas aulas utilizando a informática? Os professores tem acesso ao laboratório, pra de repente fazer uma atividade, pra tá fazendo uma pesquisa para a atividade dos alunos, e uma vez ou outra eles trazem os alunos para mostrar alguma coisa, é bem raro, mas uma vez ou outra, alguns professores pedem para utilizar o laboratório para mostrar imagens, alguns vídeos aos alunos.
  • 15. O computador é utilizado em sua sala de aula para construção de conhecimento ou para a transmissão de conhecimento? Como você trabalha com o computador nas suas aulas? Os dois, tanto para a transmissão como para a construção de conhecimentos.
  • 16. Professora, a quanto tempo você usa informática na sala de aula? No caso, aqui na Studio desde outubro, e já a alguns anos eu venho neste ramo de aula de informática.
  • 17. Você acha que a informática veio contribuir para o desenvolvimento e conhecimento das crianças? Com certeza, porque eu acho que é uma forma assim... diferente deles aprenderem, sai um pouco da sala de aula, eles estão vendo outra coisa diferente, eles ficam mais estimulados. Praticamente todas as crianças quando vem para o laboratório, vem animadas para fazer as atividades, muda bastante.
  • 18. Então você acha que teve um desenvolvimento na parte da aprendizagem? Com certeza. A gente aqui tem alunos especiais, alunos com síndrome de down, autista, então assim... a gente vê uma evolução, eu no caso como estou a pouco tempo, eu peguei um pouquinho da evolução desses alunos, eles começaram com a minha irmã. Minha irmã desenvolveu um trabalho com eles, eu estou dando continuidade e você vê assim... que eles desenvolveram muita coisa, alunos que tinham medo, entravam na sala chorando, que minha irmã relatava para mim, hoje entram na sala sorrindo querendo mexer, brincar, é uma coisa assim... bem legal.
  • 19. Em sua experiência, como você caracteriza a alfabetização tecnológica? Ou, o que você entende por alfabetização tecnológica? Alfabetização tecnológica... Posso falar o que eu entendo? Então assim... aqui a gente tem a alfabetização, fundamental e assim... eu no caso, estou instruída a complementar isso. Então se os alunos já estão aprendendo a escrever a redigir frases, eu vou chegar lá vou fazer a mesma coisa, vou pedir, para que eles digitem alguma frase, alguma coisa. E procurem também estar lendo o que eles estão fazendo lá. Então, se tem um jogo eles estão lendo o nome do jogo, entendeu? Eles reconhecem as letras, eu tenho alunos que entram na minha sala... por exemplo, eu tenho um mural, eu monto um mural. Tia olha lá! Tem o número um, tem o número cinco. Então eles reconhecem as letras e os números e eu procuro puxar isso deles também.
  • 20. Como é que o professor interfere nas pesquisas dos alunos, de modo a evitar que eles se percam na imensidão caótica de dados e no recorte-cola? A gente vai dando dicas conforme vai explicando a atividade, faz assim... faz assim... a gente não fala, não é uma coisa como a gente de repente vê no curso de informática, clica nisso, clica nisso, não. É uma coisa mais dinâmica, senão fica uma coisa massificante, Vai acontecendo conforme a gente vai explicando a atividade, conforme eles vão realizando a atividade, eles vão aprendendo, tanto que eles já sabem... Tia eu já sei fechar que é no “X”. Eles já sabem alguma coisa sem eu falar, entendeu? Então eles vão pegando assim, sem eu falar.
  • 21. Como esta escola se utiliza da informática para fazer a comunicação entre alunos, pais e professores via internet. Os pais hoje, eles tem acesso a quase tudo no site da escola, não é o meu papel mexer com essa parte. A escola tem um site, mas eu posso até estar falando porque eu sei, eu trabalho até justamente, com a minha irmã que hoje faz esse trabalho. Ela começou dando aula, ela hoje é gerente de marketing na escola, então ela lida com o site da escola. Então tudo praticamente tudo, relacionado a escola esta lá no site, e os pais tem acesso a circular e eventos.
  • 22. No caso de avaliações, contato para discutir alguma coisa com relação aos filhos, e-mail... Isso eu já não sei te dizer se tem, mas eles têm e-mail, assim tudo que acontece a escola manda por e-mail para os pais.
  • 23. Conclusão da Entrevista na Escola Studio da Criança A preocupação em utilizar sites que interessem as crianças, é demonstrada pela professora Fernanda, na entrevista. Este é um aspecto importante da sua atuação como professora de informática, uma vez que, crianças de 0 a 5 anos de idade, tem como motivação para o aprendizado, a satisfação de executar atividades lúdicas. Os softwares e sites que a professora utiliza proporciona a interação e criatividade da criança, por meio de brincadeiras que auxiliam em sua autonomia. Desta forma, a professora se apropria da informática em conformidade com o que Valente considera importante para que a criança tenha um aprendizado fácil e prazeroso.
  • 24. “A utilização das TICs no ambiente escolar contribui para essa mudança de paradigmas, sobretudo, para o aumento da motivação em aprender, pois as ferramentas de informática exercem um fascínio em nossos alunos. Se a tecnologia for utilizada de forma adequada, tem muito a nos oferecer, a aprendizagem se tornará mais fácil e prazerosa, pois “as possibilidade de uso do computador como ferramenta educacional está crescendo e os limites dessa expansão são desconhecidos” (VALENTE, 1993: 01). Valente ainda faz referência as diversas possibilidades de uso do computador na educação, o que podemos relacionar aos recursos utilizados pela professora Fernanda, que trabalha com temas atuais como Rio+20. Esta é uma oportunidade de se apropriar do universo de informações disponíveis na internet e redes sociais que contribuem para a construção do conhecimento.
  • 27. O professor acredita que o uso do computador pode potencializar o pensamento e a criatividade? Sim, o uso do computador e a forma como é trabalhado depende do professor. Se ele for um mediador da informação que chega ao aluno, isto pode ajudar no desenvolvimento do pensamento critico.
  • 28. Como é que o professor interfere nas pesquisas dos alunos de modo a evitar que eles se percam na imensidão caótica de dados e no recorte- cole? Para que o aluno não se perca mediante o trabalho proposto, o professor deve mediar a Atividade. Não interferir na criatividade do estudante.
  • 29. Costumamos ouvir dizer que: “A informática virou um atrativo para os alunos se envolverem com as aulas”. O que o professor pensa a respeito? Por ser algo atual e que está envolvido no cotidiano dos alunos, torna-se mais interessante a utilização do computador para melhor compreensão e interação em sala de aula.
  • 30. O computador é utilizado em sua sala de aula para a construção de conhecimento ou para a transmissão de conhecimento? Como você trabalha com o computador nas suas aulas? Utilizo o computador na construção do conhecimento, fazendo com que os alunos interajam com ele de forma a não serem “manipulados” pelas informações passadas. O conhecimento é construído em cima de uma opinião critica. Para isso trabalhamos com atividades utilizando os jornais online, entre outros recursos.
  • 31. Como o professor dinamiza o processo de ensino aprendizagem na utilização do computador? Uma das formas é a utilização da internet para o aprendizado, construção de conhecimento, pensando sempre no cotidiano. Exemplo: O caso de Carolina Dieckman para explicar um dos vários perigos oferecidos pela internet.
  • 32. Há quanto tempo você usa informática na sala de aula? A partir do uso da informática, que modificações ocorreram na sua prática docente? A sala de informática já existe há algum tempo (a professora tem apenas 2 anos de exercício no colégio) ,e eu a tenho usado durante todo o meu tempo de casa. A informática trouxe modificações consideráveis em minha prática. Houve uma modificação na percepção de detentor do saber. Hoje sei que sou agente do conhecimento e não uma simples fornecedora do conhecimento.
  • 33. Conclusão da entrevista no Colégio Marista de São José Nossa entrevista foi bastante proveitosa,uma vez que a professora Patrícia é gentil e competente como professora. Ela nos mostrou que, com o uso da informática foi possível agilizar trabalhos em sala de aula, melhorar a argumentação e construção de textos, desenvolver o pensamento crítico e a criatividade. A escola possui um projeto de informática que dá base para a professora desenvolver o conteúdo de sua disciplina de forma ágil, interessante e estimuladora, dentro do ambiente informatizado da escola, assim como nos trabalhos de casa.
  • 34. Para Patrícia é de suma importância estar inserida no mundo informatizado que seus alunos fazem parte, pois o professor que não está participando desta realidade certamente ficará defasado e não estará preparado para ensinar sem vivenciar as mesmas experiências de seus estudantes.
  • 35. Notamos que a escola propicia que o professor desenvolva de forma rápida e prática seus conteúdos, pois a mesma possui ótima infra estrutura e uma excelente coordenação pedagógica (que infelizmente não tivemos acesso), pois a professora parecia satisfeita e fez diversos elogios à seus coordenadores. Concluímos que esta visita foi enriquecedora e importante para a construção do pedagogo.
  • 36. Referências Bibliográficas Entrevistas : Escola Studio da Criança - Professora: Fernanda Colégio Marista de São José – Professora: Patrícia O uso do computador na Educação: a informática educativa. Revista Espaço Acadêmico. n.85 ano VIII. junho de 2008. Disponível em: http://www.espacoacademico.com.br/085/85rocha.htm Acesso em 21/05/2012.