SlideShare uma empresa Scribd logo
 DefiniçãoDefinição::
 Movimento queMovimento que
inspirado nosinspirado nos
princípios iluministasprincípios iluministas
determinou o fim dodeterminou o fim do
domínio da Inglaterradomínio da Inglaterra
sobre as chamadas 13sobre as chamadas 13
colônias americanascolônias americanas
(atualmente EUA); que(atualmente EUA); que
teve início em 1776;teve início em 1776;
 Antecedentes/causas:Antecedentes/causas:
o EUA até o século XVIII tinha relativaEUA até o século XVIII tinha relativa
autonomia em relação a Inglaterraautonomia em relação a Inglaterra
o Colônias do Norte: povoamento –Colônias do Norte: povoamento –
manufaturas – trabalho livremanufaturas – trabalho livre
XX
o Colônias do Sul: exploração –Colônias do Sul: exploração –
latifúndio agroexportador – escravismolatifúndio agroexportador – escravismo
 Guerra dos 7 anos (1756 – 1763)Guerra dos 7 anos (1756 – 1763)
Colonos americanos do norteColonos americanos do norte
XX
Colonos franceses (Canadá)Colonos franceses (Canadá)
 Objetivo: controle do comércio de peles e pesca.Objetivo: controle do comércio de peles e pesca.
Resultado da guerraResultado da guerra
 Vitória da Inglaterra;Vitória da Inglaterra;
 Anexação do Canadá eAnexação do Canadá e
Antilhas;Antilhas;
 Aumento de impostos.Aumento de impostos.
Logo após aLogo após a Guerra dos Sete AnosGuerra dos Sete Anos, o, o
governo inglês aumentou os impostos,governo inglês aumentou os impostos,
alegando que o dinheiro arrecadadoalegando que o dinheiro arrecadado
seria utilizado para pagar despesas com aseria utilizado para pagar despesas com a
guerra.guerra.
Mas os colonos achavam que a InglaterraMas os colonos achavam que a Inglaterra
tinha dado pouca ajuda a eles durante atinha dado pouca ajuda a eles durante a
guerra e que portanto a cobrança deguerra e que portanto a cobrança de
impostos seria injusta.impostos seria injusta.
OO Massacre de BostonMassacre de Boston
ocorreu quando aocorreu quando a
guarda metropolitana daguarda metropolitana da
Inglaterra tentou acabarInglaterra tentou acabar
com uma manifestaçãocom uma manifestação
na sua então colônia dosna sua então colônia dos
Estados Unidos,Estados Unidos,
matando um total de 5matando um total de 5
pessoas, em 1770.pessoas, em 1770.
Estopim do conflitoEstopim do conflito
Revolução IndustrialRevolução Industrial
(Inglaterra); necessidade de(Inglaterra); necessidade de
ampliação de mercadosampliação de mercados
Restrições mercantilistas aosRestrições mercantilistas aos
colonos americanoscolonos americanos
(imposição do Pacto(imposição do Pacto
Colonial);Colonial);
As principais leis coercitivasAs principais leis coercitivas
foramforam
Lei do AçúcarLei do Açúcar (1764) taxando o açúcar(1764) taxando o açúcar
que não fosse comprado das Antilhasque não fosse comprado das Antilhas
InglesaInglesa
Lei do SeloLei do Selo (1765) obrigava a utilização(1765) obrigava a utilização
de selo em qualquer documento, jornaisde selo em qualquer documento, jornais
ou contratos.ou contratos.
 Lei do CháLei do Chá (1773) garantia o monpólio do(1773) garantia o monpólio do
comércio de chá para a Cia das Índiascomércio de chá para a Cia das Índias
Orientais.Orientais.
 Leis IntoleráveisLeis Intoleráveis (1774) Impostas após a(1774) Impostas após a
manifestação do Porto de Boston, interditavamanifestação do Porto de Boston, interditava
o porto da cidade, imposição de um novoo porto da cidade, imposição de um novo
governador para Massachussets egovernador para Massachussets e
aquartelamento de tropas britânicas.aquartelamento de tropas britânicas.
 Ato de QuebecAto de Quebec (1774) impedia que as colônias(1774) impedia que as colônias
de Massachussets, Virgínia, Connecticut ede Massachussets, Virgínia, Connecticut e
Pensilvânia ocupassem terras à oeste.Pensilvânia ocupassem terras à oeste.
AA Festa do Chá de BostonFesta do Chá de Boston (em inglês:(em inglês: BostonBoston
Tea PartyTea Party) aconteceu em 16 de Dezembro de) aconteceu em 16 de Dezembro de
1773. Comerciantes rebeldes estadunidenses que1773. Comerciantes rebeldes estadunidenses que
se sentiram prejudicados disfarçaram-se dese sentiram prejudicados disfarçaram-se de
índios peles-vermelhas, assaltaram os navios daíndios peles-vermelhas, assaltaram os navios da
companhia que estavam no porto de Boston ecompanhia que estavam no porto de Boston e
lançaram o carregamento de chá no mar. Fatolançaram o carregamento de chá no mar. Fato
que já demonstrava antes da Revoluçãoque já demonstrava antes da Revolução
Americana, a insatisfação dos colonosAmericana, a insatisfação dos colonos
estadunidenses em relação a coroa britânica.estadunidenses em relação a coroa britânica.
1774: I CONGRESSO DA FILADÉLFIA:1774: I CONGRESSO DA FILADÉLFIA:
declaração dos direitos dos colonosdeclaração dos direitos dos colonos
• Fim das tarifas e restriçõesFim das tarifas e restrições
mercantilistas;mercantilistas;
• veto do rei.veto do rei.
1775: início da Guerra de1775: início da Guerra de
Independência.Independência.
 A separação dosA separação dos
americanosamericanos::
• Revolta porRevolta por
representatividaderepresentatividade
• Difusão de ideaisDifusão de ideais
iluministasiluministas
(liberdade(liberdade
econômica,econômica,
liberdade política,liberdade política,
igualdadeigualdade
jurídica...)jurídica...)
GEORGE WASHINGTONGEORGE WASHINGTON
 4 de julho de 1776: II4 de julho de 1776: II
CONGRESSO DACONGRESSO DA
FILADÉLFIA: declaraçãoFILADÉLFIA: declaração
de independênciade independência
((Thomas JeffersonThomas Jefferson) com) com
influência explícita doinfluência explícita do
iluminismo de J. Locke.iluminismo de J. Locke.
 Apoio da França,Apoio da França,
Holanda, e Espanha aosHolanda, e Espanha aos
americanos.americanos.
 Vitória dos EUA em 1783Vitória dos EUA em 1783
tendo sua independênciatendo sua independência
reconhecida através doreconhecida através do
Tratado de Paris.Tratado de Paris.
A 1ª Constituição Americana (1787)A 1ª Constituição Americana (1787)
determinavadeterminava::
 República federativaRepública federativa
 Divisão de poderesDivisão de poderes
 Direito a liberdadeDireito a liberdade
 Igualdade jurídicaIgualdade jurídica
 Proteção a propriedade privadaProteção a propriedade privada
 Voto censitárioVoto censitário
 Índios, negros e mulheres sem direitosÍndios, negros e mulheres sem direitos
constitucionais.constitucionais.
Importância do movimento:Importância do movimento:
 Influenciou os demaisInfluenciou os demais
movimentos de libertação namovimentos de libertação na
América, ocorridos no início doAmérica, ocorridos no início do
século XIX.século XIX.
 Primeiro movimento que sePrimeiro movimento que se
inspirou no iluminismo einspirou no iluminismo e
triunfou.triunfou.
 1º presidente dos EUA - George1º presidente dos EUA - George
WashingtonWashington
 2º presidente dos EUA - John Adams2º presidente dos EUA - John Adams
 3º presidente dos EUA - Thomas3º presidente dos EUA - Thomas
JeffersonJefferson
 4º presidente dos EUA - James4º presidente dos EUA - James
MadisonMadison
 5º presidente dos EUA - James5º presidente dos EUA - James
MonroeMonroe

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Revolução Inglesa
Revolução InglesaRevolução Inglesa
Revolução Inglesa
Stefânia Balestero
 
155 abc formação dos estados nacionais inglaterra
155 abc formação dos estados nacionais inglaterra155 abc formação dos estados nacionais inglaterra
155 abc formação dos estados nacionais inglaterra
cristianoperinpissolato
 
Absolutismo
AbsolutismoAbsolutismo
Absolutismo
Carlos Vieira
 
Primeiro Reinado
Primeiro ReinadoPrimeiro Reinado
Primeiro Reinado
Claudenilson da Silva
 
A revolta pernambucana de 1817
A revolta pernambucana de 1817A revolta pernambucana de 1817
A revolta pernambucana de 1817
Fabiana Tonsis
 
Período Joanino (1808-1821)
Período Joanino (1808-1821)Período Joanino (1808-1821)
Período Joanino (1808-1821)
Valéria Shoujofan
 
01 colônia - expansão da colonização
01   colônia - expansão da colonização01   colônia - expansão da colonização
01 colônia - expansão da colonização
Portal do Vestibulando
 
Conjuração Mineira e Baiana
Conjuração Mineira e BaianaConjuração Mineira e Baiana
Conjuração Mineira e Baiana
Aulas de História
 
A União Ibérica e o Brasil holandês
A União Ibérica e o Brasil holandêsA União Ibérica e o Brasil holandês
A União Ibérica e o Brasil holandês
Ramiro Bicca
 
Ciclo do ouro
Ciclo do ouroCiclo do ouro
Revolução industrial
Revolução industrialRevolução industrial
Revolução industrial
Maria Gomes
 
A conquista e a colonização espanhola na américa
A conquista e a colonização espanhola na américaA conquista e a colonização espanhola na américa
A conquista e a colonização espanhola na américa
Fernando Fagundes
 
Chegada da família real ao brasil
Chegada da família real ao brasilChegada da família real ao brasil
Chegada da família real ao brasil
Geová da Silva
 
Grandes Navegações
Grandes NavegaçõesGrandes Navegações
Grandes Navegações
Douglas Barraqui
 
Mercantilismo
MercantilismoMercantilismo
Brasil Império: Primeiro Reinado (1822-1831)
Brasil Império:   Primeiro Reinado (1822-1831)Brasil Império:   Primeiro Reinado (1822-1831)
Brasil Império: Primeiro Reinado (1822-1831)
Edenilson Morais
 
Conjuração Mineira
Conjuração MineiraConjuração Mineira
Conjuração Mineira
Renan Rodrigues
 
A SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIAL
A SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIALA SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIAL
A SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIAL
Isabel Aguiar
 
Período regencial
Período regencialPeríodo regencial
Período regencial
Fabiana Tonsis
 
República da espada
República da espadaRepública da espada
República da espada
dmflores21
 

Mais procurados (20)

Revolução Inglesa
Revolução InglesaRevolução Inglesa
Revolução Inglesa
 
155 abc formação dos estados nacionais inglaterra
155 abc formação dos estados nacionais inglaterra155 abc formação dos estados nacionais inglaterra
155 abc formação dos estados nacionais inglaterra
 
Absolutismo
AbsolutismoAbsolutismo
Absolutismo
 
Primeiro Reinado
Primeiro ReinadoPrimeiro Reinado
Primeiro Reinado
 
A revolta pernambucana de 1817
A revolta pernambucana de 1817A revolta pernambucana de 1817
A revolta pernambucana de 1817
 
Período Joanino (1808-1821)
Período Joanino (1808-1821)Período Joanino (1808-1821)
Período Joanino (1808-1821)
 
01 colônia - expansão da colonização
01   colônia - expansão da colonização01   colônia - expansão da colonização
01 colônia - expansão da colonização
 
Conjuração Mineira e Baiana
Conjuração Mineira e BaianaConjuração Mineira e Baiana
Conjuração Mineira e Baiana
 
A União Ibérica e o Brasil holandês
A União Ibérica e o Brasil holandêsA União Ibérica e o Brasil holandês
A União Ibérica e o Brasil holandês
 
Ciclo do ouro
Ciclo do ouroCiclo do ouro
Ciclo do ouro
 
Revolução industrial
Revolução industrialRevolução industrial
Revolução industrial
 
A conquista e a colonização espanhola na américa
A conquista e a colonização espanhola na américaA conquista e a colonização espanhola na américa
A conquista e a colonização espanhola na américa
 
Chegada da família real ao brasil
Chegada da família real ao brasilChegada da família real ao brasil
Chegada da família real ao brasil
 
Grandes Navegações
Grandes NavegaçõesGrandes Navegações
Grandes Navegações
 
Mercantilismo
MercantilismoMercantilismo
Mercantilismo
 
Brasil Império: Primeiro Reinado (1822-1831)
Brasil Império:   Primeiro Reinado (1822-1831)Brasil Império:   Primeiro Reinado (1822-1831)
Brasil Império: Primeiro Reinado (1822-1831)
 
Conjuração Mineira
Conjuração MineiraConjuração Mineira
Conjuração Mineira
 
A SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIAL
A SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIALA SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIAL
A SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIAL
 
Período regencial
Período regencialPeríodo regencial
Período regencial
 
República da espada
República da espadaRepública da espada
República da espada
 

Destaque

Oriente médio
Oriente médioOriente médio
Oriente médio
Fatima Freitas
 
Antiguidade oriental mesopotâmia 1
Antiguidade oriental   mesopotâmia 1Antiguidade oriental   mesopotâmia 1
Antiguidade oriental mesopotâmia 1
Fatima Freitas
 
Revolucao Industrial
Revolucao  Industrial   Revolucao  Industrial
Revolucao Industrial
Fatima Freitas
 
Brasil democrático (1945 1964)
Brasil democrático (1945 1964)Brasil democrático (1945 1964)
Brasil democrático (1945 1964)
Fatima Freitas
 
A ditadura militar no brasil
A ditadura militar no brasilA ditadura militar no brasil
A ditadura militar no brasil
Fatima Freitas
 
Rio + 20
Rio + 20Rio + 20
Rio + 20
Fatima Freitas
 
Revolução inglesa
Revolução inglesaRevolução inglesa
Revolução inglesa
Fatima Freitas
 
Direitos étnicos e raciais
Direitos étnicos e raciaisDireitos étnicos e raciais
Direitos étnicos e raciais
Fatima Freitas
 
A era napoleônica
A era napoleônicaA era napoleônica
A era napoleônica
Fatima Freitas
 
A contrarreforma
A contrarreformaA contrarreforma
A contrarreforma
Fatima Freitas
 
Slides a revolução industrial 2º. ano
Slides a revolução industrial   2º. anoSlides a revolução industrial   2º. ano
Slides a revolução industrial 2º. ano
Fatima Freitas
 
O EGITO ANTIGO
O EGITO ANTIGOO EGITO ANTIGO
O EGITO ANTIGO
Fatima Freitas
 
Indígenas do brasil
Indígenas do brasilIndígenas do brasil
Indígenas do brasil
Fatima Freitas
 
Revoltas no brasil colonial
Revoltas no brasil colonialRevoltas no brasil colonial
Revoltas no brasil colonial
Fatima Freitas
 
A Revolução Francesa de 1789
A Revolução Francesa de 1789A Revolução Francesa de 1789
A Revolução Francesa de 1789
Fatima Freitas
 
Iluminismo e despotismo esclarecido
Iluminismo e despotismo esclarecido  Iluminismo e despotismo esclarecido
Iluminismo e despotismo esclarecido
Fatima Freitas
 
A primeira guerra mundial
A primeira guerra mundialA primeira guerra mundial
A primeira guerra mundial
Fatima Freitas
 
Revoltas do período regencial
Revoltas do período regencialRevoltas do período regencial
Revoltas do período regencial
Fatima Freitas
 
A escravidão no brasil colônia
A escravidão no brasil colôniaA escravidão no brasil colônia
A escravidão no brasil colônia
Fatima Freitas
 
Revolução chinesa
Revolução chinesaRevolução chinesa
Revolução chinesa
Fatima Freitas
 

Destaque (20)

Oriente médio
Oriente médioOriente médio
Oriente médio
 
Antiguidade oriental mesopotâmia 1
Antiguidade oriental   mesopotâmia 1Antiguidade oriental   mesopotâmia 1
Antiguidade oriental mesopotâmia 1
 
Revolucao Industrial
Revolucao  Industrial   Revolucao  Industrial
Revolucao Industrial
 
Brasil democrático (1945 1964)
Brasil democrático (1945 1964)Brasil democrático (1945 1964)
Brasil democrático (1945 1964)
 
A ditadura militar no brasil
A ditadura militar no brasilA ditadura militar no brasil
A ditadura militar no brasil
 
Rio + 20
Rio + 20Rio + 20
Rio + 20
 
Revolução inglesa
Revolução inglesaRevolução inglesa
Revolução inglesa
 
Direitos étnicos e raciais
Direitos étnicos e raciaisDireitos étnicos e raciais
Direitos étnicos e raciais
 
A era napoleônica
A era napoleônicaA era napoleônica
A era napoleônica
 
A contrarreforma
A contrarreformaA contrarreforma
A contrarreforma
 
Slides a revolução industrial 2º. ano
Slides a revolução industrial   2º. anoSlides a revolução industrial   2º. ano
Slides a revolução industrial 2º. ano
 
O EGITO ANTIGO
O EGITO ANTIGOO EGITO ANTIGO
O EGITO ANTIGO
 
Indígenas do brasil
Indígenas do brasilIndígenas do brasil
Indígenas do brasil
 
Revoltas no brasil colonial
Revoltas no brasil colonialRevoltas no brasil colonial
Revoltas no brasil colonial
 
A Revolução Francesa de 1789
A Revolução Francesa de 1789A Revolução Francesa de 1789
A Revolução Francesa de 1789
 
Iluminismo e despotismo esclarecido
Iluminismo e despotismo esclarecido  Iluminismo e despotismo esclarecido
Iluminismo e despotismo esclarecido
 
A primeira guerra mundial
A primeira guerra mundialA primeira guerra mundial
A primeira guerra mundial
 
Revoltas do período regencial
Revoltas do período regencialRevoltas do período regencial
Revoltas do período regencial
 
A escravidão no brasil colônia
A escravidão no brasil colôniaA escravidão no brasil colônia
A escravidão no brasil colônia
 
Revolução chinesa
Revolução chinesaRevolução chinesa
Revolução chinesa
 

Semelhante a Independência dos eua

Independência dos eua ii
Independência dos eua iiIndependência dos eua ii
Independência dos eua ii
Marcia Fernandes
 
Independencia dos EUA
Independencia dos EUAIndependencia dos EUA
Independencia dos EUA
Carlos Zaranza
 
2˚ano independência eua cap28
2˚ano  independência eua cap282˚ano  independência eua cap28
2˚ano independência eua cap28
Kerol Brombal
 
trabalho sobre a independência dos Estados Unidos da America
trabalho sobre a independência dos Estados Unidos da Americatrabalho sobre a independência dos Estados Unidos da America
trabalho sobre a independência dos Estados Unidos da America
Daniel Dias
 
Independência dos e.u.a
Independência dos e.u.aIndependência dos e.u.a
Independência dos e.u.a
Daniel Dias
 
Independencia dos eua.
Independencia dos eua.Independencia dos eua.
Independencia dos eua.
SEE - PB
 
14
1414
Independencia eua.filé
Independencia eua.filéIndependencia eua.filé
Independencia eua.filé
mundica broda
 
A Independência das 13 colônias inglesas na América.ppt
A Independência das 13 colônias inglesas na América.pptA Independência das 13 colônias inglesas na América.ppt
A Independência das 13 colônias inglesas na América.ppt
dawdsoncangussu
 
HISTÓRIA DO EUA.pptx
HISTÓRIA DO EUA.pptxHISTÓRIA DO EUA.pptx
HISTÓRIA DO EUA.pptx
ProfessoraValtiliaDi
 
14. independência dos eua
14. independência dos eua14. independência dos eua
14. independência dos eua
José Augusto Fiorin
 
Estados unidos
Estados unidosEstados unidos
Estados unidos
Dirair
 
A revolução americana
A revolução americanaA revolução americana
A revolução americana
Gilmar Rodrigues
 
A Independência dos Estados Unidos
A Independência dos Estados UnidosA Independência dos Estados Unidos
A Independência dos Estados Unidos
Professor Marcelo
 
3ºexpansão norte americana.
3ºexpansão norte americana.3ºexpansão norte americana.
3ºexpansão norte americana.
Ajudar Pessoas
 
INDEPENDÊNCIA DO EUA
INDEPENDÊNCIA DO EUAINDEPENDÊNCIA DO EUA
INDEPENDÊNCIA DO EUA
Marcos Mororó
 
Independência das 13 Colônias Inglesas na América
Independência das 13 Colônias Inglesas na AméricaIndependência das 13 Colônias Inglesas na América
Independência das 13 Colônias Inglesas na América
eiprofessor
 
Revolucao Americana Power Point
Revolucao Americana Power PointRevolucao Americana Power Point
Revolucao Americana Power Point
secretaria estadual de educação
 
Independência dos E.U. A.
Independência dos E.U. A.Independência dos E.U. A.
Independência dos E.U. A.
Maria Gomes
 
A revolução americana de 1776
A revolução americana de 1776A revolução americana de 1776
A revolução americana de 1776
JulianaGimenes
 

Semelhante a Independência dos eua (20)

Independência dos eua ii
Independência dos eua iiIndependência dos eua ii
Independência dos eua ii
 
Independencia dos EUA
Independencia dos EUAIndependencia dos EUA
Independencia dos EUA
 
2˚ano independência eua cap28
2˚ano  independência eua cap282˚ano  independência eua cap28
2˚ano independência eua cap28
 
trabalho sobre a independência dos Estados Unidos da America
trabalho sobre a independência dos Estados Unidos da Americatrabalho sobre a independência dos Estados Unidos da America
trabalho sobre a independência dos Estados Unidos da America
 
Independência dos e.u.a
Independência dos e.u.aIndependência dos e.u.a
Independência dos e.u.a
 
Independencia dos eua.
Independencia dos eua.Independencia dos eua.
Independencia dos eua.
 
14
1414
14
 
Independencia eua.filé
Independencia eua.filéIndependencia eua.filé
Independencia eua.filé
 
A Independência das 13 colônias inglesas na América.ppt
A Independência das 13 colônias inglesas na América.pptA Independência das 13 colônias inglesas na América.ppt
A Independência das 13 colônias inglesas na América.ppt
 
HISTÓRIA DO EUA.pptx
HISTÓRIA DO EUA.pptxHISTÓRIA DO EUA.pptx
HISTÓRIA DO EUA.pptx
 
14. independência dos eua
14. independência dos eua14. independência dos eua
14. independência dos eua
 
Estados unidos
Estados unidosEstados unidos
Estados unidos
 
A revolução americana
A revolução americanaA revolução americana
A revolução americana
 
A Independência dos Estados Unidos
A Independência dos Estados UnidosA Independência dos Estados Unidos
A Independência dos Estados Unidos
 
3ºexpansão norte americana.
3ºexpansão norte americana.3ºexpansão norte americana.
3ºexpansão norte americana.
 
INDEPENDÊNCIA DO EUA
INDEPENDÊNCIA DO EUAINDEPENDÊNCIA DO EUA
INDEPENDÊNCIA DO EUA
 
Independência das 13 Colônias Inglesas na América
Independência das 13 Colônias Inglesas na AméricaIndependência das 13 Colônias Inglesas na América
Independência das 13 Colônias Inglesas na América
 
Revolucao Americana Power Point
Revolucao Americana Power PointRevolucao Americana Power Point
Revolucao Americana Power Point
 
Independência dos E.U. A.
Independência dos E.U. A.Independência dos E.U. A.
Independência dos E.U. A.
 
A revolução americana de 1776
A revolução americana de 1776A revolução americana de 1776
A revolução americana de 1776
 

Mais de Fatima Freitas

Mato grosso do sul
Mato grosso do sulMato grosso do sul
Mato grosso do sul
Fatima Freitas
 
Problemas ambientais urbanos
Problemas ambientais urbanosProblemas ambientais urbanos
Problemas ambientais urbanos
Fatima Freitas
 
Guerra da coreia
Guerra da coreiaGuerra da coreia
Guerra da coreia
Fatima Freitas
 
Relevo brasileiro
Relevo brasileiroRelevo brasileiro
Relevo brasileiro
Fatima Freitas
 
Clima do brasil
Clima do brasilClima do brasil
Clima do brasil
Fatima Freitas
 
áGuas oceanicas e mares
áGuas oceanicas e maresáGuas oceanicas e mares
áGuas oceanicas e mares
Fatima Freitas
 
Problemas ambientais
Problemas ambientaisProblemas ambientais
Problemas ambientais
Fatima Freitas
 
Paisagens naturais do planeta
Paisagens naturais do planetaPaisagens naturais do planeta
Paisagens naturais do planeta
Fatima Freitas
 
As paisagens vegetais do brasil
As paisagens vegetais do brasilAs paisagens vegetais do brasil
As paisagens vegetais do brasil
Fatima Freitas
 
Atividade2,1
Atividade2,1Atividade2,1
Atividade2,1
Fatima Freitas
 
O método das ciencias da natureza
O método das ciencias da naturezaO método das ciencias da natureza
O método das ciencias da natureza
Fatima Freitas
 
Pré História
Pré   História Pré   História
Pré História
Fatima Freitas
 
Brasil colonial
Brasil colonial Brasil colonial
Brasil colonial
Fatima Freitas
 

Mais de Fatima Freitas (13)

Mato grosso do sul
Mato grosso do sulMato grosso do sul
Mato grosso do sul
 
Problemas ambientais urbanos
Problemas ambientais urbanosProblemas ambientais urbanos
Problemas ambientais urbanos
 
Guerra da coreia
Guerra da coreiaGuerra da coreia
Guerra da coreia
 
Relevo brasileiro
Relevo brasileiroRelevo brasileiro
Relevo brasileiro
 
Clima do brasil
Clima do brasilClima do brasil
Clima do brasil
 
áGuas oceanicas e mares
áGuas oceanicas e maresáGuas oceanicas e mares
áGuas oceanicas e mares
 
Problemas ambientais
Problemas ambientaisProblemas ambientais
Problemas ambientais
 
Paisagens naturais do planeta
Paisagens naturais do planetaPaisagens naturais do planeta
Paisagens naturais do planeta
 
As paisagens vegetais do brasil
As paisagens vegetais do brasilAs paisagens vegetais do brasil
As paisagens vegetais do brasil
 
Atividade2,1
Atividade2,1Atividade2,1
Atividade2,1
 
O método das ciencias da natureza
O método das ciencias da naturezaO método das ciencias da natureza
O método das ciencias da natureza
 
Pré História
Pré   História Pré   História
Pré História
 
Brasil colonial
Brasil colonial Brasil colonial
Brasil colonial
 

Último

05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
analuisasesso
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
Suzy De Abreu Santana
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 

Independência dos eua

  • 1.
  • 2.  DefiniçãoDefinição::  Movimento queMovimento que inspirado nosinspirado nos princípios iluministasprincípios iluministas determinou o fim dodeterminou o fim do domínio da Inglaterradomínio da Inglaterra sobre as chamadas 13sobre as chamadas 13 colônias americanascolônias americanas (atualmente EUA); que(atualmente EUA); que teve início em 1776;teve início em 1776;
  • 3.  Antecedentes/causas:Antecedentes/causas: o EUA até o século XVIII tinha relativaEUA até o século XVIII tinha relativa autonomia em relação a Inglaterraautonomia em relação a Inglaterra o Colônias do Norte: povoamento –Colônias do Norte: povoamento – manufaturas – trabalho livremanufaturas – trabalho livre XX o Colônias do Sul: exploração –Colônias do Sul: exploração – latifúndio agroexportador – escravismolatifúndio agroexportador – escravismo
  • 4.  Guerra dos 7 anos (1756 – 1763)Guerra dos 7 anos (1756 – 1763) Colonos americanos do norteColonos americanos do norte XX Colonos franceses (Canadá)Colonos franceses (Canadá)  Objetivo: controle do comércio de peles e pesca.Objetivo: controle do comércio de peles e pesca.
  • 5. Resultado da guerraResultado da guerra  Vitória da Inglaterra;Vitória da Inglaterra;  Anexação do Canadá eAnexação do Canadá e Antilhas;Antilhas;  Aumento de impostos.Aumento de impostos.
  • 6. Logo após aLogo após a Guerra dos Sete AnosGuerra dos Sete Anos, o, o governo inglês aumentou os impostos,governo inglês aumentou os impostos, alegando que o dinheiro arrecadadoalegando que o dinheiro arrecadado seria utilizado para pagar despesas com aseria utilizado para pagar despesas com a guerra.guerra. Mas os colonos achavam que a InglaterraMas os colonos achavam que a Inglaterra tinha dado pouca ajuda a eles durante atinha dado pouca ajuda a eles durante a guerra e que portanto a cobrança deguerra e que portanto a cobrança de impostos seria injusta.impostos seria injusta.
  • 7. OO Massacre de BostonMassacre de Boston ocorreu quando aocorreu quando a guarda metropolitana daguarda metropolitana da Inglaterra tentou acabarInglaterra tentou acabar com uma manifestaçãocom uma manifestação na sua então colônia dosna sua então colônia dos Estados Unidos,Estados Unidos, matando um total de 5matando um total de 5 pessoas, em 1770.pessoas, em 1770.
  • 8. Estopim do conflitoEstopim do conflito Revolução IndustrialRevolução Industrial (Inglaterra); necessidade de(Inglaterra); necessidade de ampliação de mercadosampliação de mercados Restrições mercantilistas aosRestrições mercantilistas aos colonos americanoscolonos americanos (imposição do Pacto(imposição do Pacto Colonial);Colonial);
  • 9. As principais leis coercitivasAs principais leis coercitivas foramforam Lei do AçúcarLei do Açúcar (1764) taxando o açúcar(1764) taxando o açúcar que não fosse comprado das Antilhasque não fosse comprado das Antilhas InglesaInglesa Lei do SeloLei do Selo (1765) obrigava a utilização(1765) obrigava a utilização de selo em qualquer documento, jornaisde selo em qualquer documento, jornais ou contratos.ou contratos.
  • 10.  Lei do CháLei do Chá (1773) garantia o monpólio do(1773) garantia o monpólio do comércio de chá para a Cia das Índiascomércio de chá para a Cia das Índias Orientais.Orientais.  Leis IntoleráveisLeis Intoleráveis (1774) Impostas após a(1774) Impostas após a manifestação do Porto de Boston, interditavamanifestação do Porto de Boston, interditava o porto da cidade, imposição de um novoo porto da cidade, imposição de um novo governador para Massachussets egovernador para Massachussets e aquartelamento de tropas britânicas.aquartelamento de tropas britânicas.  Ato de QuebecAto de Quebec (1774) impedia que as colônias(1774) impedia que as colônias de Massachussets, Virgínia, Connecticut ede Massachussets, Virgínia, Connecticut e Pensilvânia ocupassem terras à oeste.Pensilvânia ocupassem terras à oeste.
  • 11. AA Festa do Chá de BostonFesta do Chá de Boston (em inglês:(em inglês: BostonBoston Tea PartyTea Party) aconteceu em 16 de Dezembro de) aconteceu em 16 de Dezembro de 1773. Comerciantes rebeldes estadunidenses que1773. Comerciantes rebeldes estadunidenses que se sentiram prejudicados disfarçaram-se dese sentiram prejudicados disfarçaram-se de índios peles-vermelhas, assaltaram os navios daíndios peles-vermelhas, assaltaram os navios da companhia que estavam no porto de Boston ecompanhia que estavam no porto de Boston e lançaram o carregamento de chá no mar. Fatolançaram o carregamento de chá no mar. Fato que já demonstrava antes da Revoluçãoque já demonstrava antes da Revolução Americana, a insatisfação dos colonosAmericana, a insatisfação dos colonos estadunidenses em relação a coroa britânica.estadunidenses em relação a coroa britânica.
  • 12.
  • 13. 1774: I CONGRESSO DA FILADÉLFIA:1774: I CONGRESSO DA FILADÉLFIA: declaração dos direitos dos colonosdeclaração dos direitos dos colonos • Fim das tarifas e restriçõesFim das tarifas e restrições mercantilistas;mercantilistas; • veto do rei.veto do rei. 1775: início da Guerra de1775: início da Guerra de Independência.Independência.
  • 14.  A separação dosA separação dos americanosamericanos:: • Revolta porRevolta por representatividaderepresentatividade • Difusão de ideaisDifusão de ideais iluministasiluministas (liberdade(liberdade econômica,econômica, liberdade política,liberdade política, igualdadeigualdade jurídica...)jurídica...) GEORGE WASHINGTONGEORGE WASHINGTON
  • 15.  4 de julho de 1776: II4 de julho de 1776: II CONGRESSO DACONGRESSO DA FILADÉLFIA: declaraçãoFILADÉLFIA: declaração de independênciade independência ((Thomas JeffersonThomas Jefferson) com) com influência explícita doinfluência explícita do iluminismo de J. Locke.iluminismo de J. Locke.  Apoio da França,Apoio da França, Holanda, e Espanha aosHolanda, e Espanha aos americanos.americanos.  Vitória dos EUA em 1783Vitória dos EUA em 1783 tendo sua independênciatendo sua independência reconhecida através doreconhecida através do Tratado de Paris.Tratado de Paris.
  • 16. A 1ª Constituição Americana (1787)A 1ª Constituição Americana (1787) determinavadeterminava::  República federativaRepública federativa  Divisão de poderesDivisão de poderes  Direito a liberdadeDireito a liberdade  Igualdade jurídicaIgualdade jurídica  Proteção a propriedade privadaProteção a propriedade privada  Voto censitárioVoto censitário  Índios, negros e mulheres sem direitosÍndios, negros e mulheres sem direitos constitucionais.constitucionais.
  • 17. Importância do movimento:Importância do movimento:  Influenciou os demaisInfluenciou os demais movimentos de libertação namovimentos de libertação na América, ocorridos no início doAmérica, ocorridos no início do século XIX.século XIX.  Primeiro movimento que sePrimeiro movimento que se inspirou no iluminismo einspirou no iluminismo e triunfou.triunfou.
  • 18.  1º presidente dos EUA - George1º presidente dos EUA - George WashingtonWashington  2º presidente dos EUA - John Adams2º presidente dos EUA - John Adams  3º presidente dos EUA - Thomas3º presidente dos EUA - Thomas JeffersonJefferson  4º presidente dos EUA - James4º presidente dos EUA - James MadisonMadison  5º presidente dos EUA - James5º presidente dos EUA - James MonroeMonroe