SlideShare uma empresa Scribd logo
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
Centro de Capacitação Shalom
Seminário Teológico
•I e II Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
Revisando a Cronologia
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
Samuel, o último Juiz e o primeiro grande
Profeta de Israel, unge o primeiro rei.
Ainda que as credenciais físicas de Saul
sejam impressionantes, sua atitude de
indiferença para com Deus resulta em
que o reino é tirado de sua família.
Em seu lugar, Samuel unge o jovem Davi
como Rei-Eleito. Davi se transforma em
crescente ameaça para Saul doentiamente
ciumento, e eventualmente foge para o
deserto a fim de salvar a própria vida.
A mão protetora de Deus, porém, acha-se
nitidamente estendida sobre Davi, ainda
quando a mão Divina de juízo está sendo
sentida por Saul e sua família.
Ao consultar insensatamente
uma médium em Endor. Saul
ouve sua própria ruína
pronunciada.
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
I Samuel – Esboço do Livro
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
Título.
O título dos dois livros de Samuel vem da figura-chave dos
primeiros capítulos de I Samuel. O nome hebraico Samuel
tem tido muitas interpretações. Contudo, o significado
sugerido por Genesius, o mestre germânico do hebraico, que
é “ouvido por Deus", ainda parece manter o primeiro lugar
entre os mestres da Bíblia.
Data e Autoria.
Como no caso de muitos outros livros do Velho Testamento,
a data da autoria de I e II Samuel não é de todo conhecida.
Parte da dificuldade em determinar a data está no fato de
que muitas partes dos dois livros tratam de acontecimentos
que ocorreram depois da morte de Samuel.
I Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
A primeira parte de I Samuel poderia ter sido
escrita em cerca de 1000 A.C., e o restante uns
trinta a cinquenta anos mais tarde.
Embora o Talmude conceda a autoria dos livros a
Samuel, é mais provável que o profeta só escreveu
aquelas seções que tratam da história de Israel
antes de sua saída do oficio público.
I Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
Uma sugestão, muito
interessante, é que Abiatar
escreveu grande parte de I e II
Samuel, especialmente aquelas
partes que tratam da vida na
corte de Davi. Abiatar estava
intimamente ligado com a
ascensão e sorte do grande rei
de Israel, pois passou algum
tempo com Davi em seu exílio.
Além disso, procedia de família
sacerdotal e assim tinha acesso
à arte da escrita e guarda de
documentos.
Filho do sumo sacerdote
Aimeleque, da tribo de Levi e da
linhagem de Eli. (1Sa 14:3 ;22:11
; 23:6) Viveu durante os reinados
de Saul, Davi e Salomão, e
durante o reinado de Davi tornou-
se sumo sacerdote. Tinha dois
filhos, Jonatã e Aimeleque (o
mesmo nome do pai de Abiatar).
— 2Sa 15:27, 36; 8:17.
I Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
Antecedentes Históricos.
A chamada de Samuel para
ser o profeta e juiz de Israel
constituiu um momento
crítico no desenvolvimento
do reino de Deus no Velho
Testamento.
No período de transição da
liderança das mãos de juizes
divinamente escolhidos
para a monarquia, Samuel
teve a tarefa tremenda de
orientar a reconstrução da
unidade social e religiosa.
Ele foi o instrumento divino
para o estabelecimento do
reino de Israel nesta grande
crise nacional, apenas
ultrapassada em
importância pela
experiência do Êxodo.
A tarefa de Samuel foi a de
liderar Israel na passagem
do período dos Juízes para
o dos reis.
I Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
Resumo: O livro de 1 Samuel pode ser nitidamente dividido em duas
seções: a vida de Samuel (capítulos 1-12) e a vida de Saul (capítulos
13-31).O livro começa com o nascimento milagroso de Samuel em
resposta à oração fervorosa de sua mãe. Quando ainda criança,
Samuel viveu e serviu no templo. Deus o escolheu como um profeta
(3:19-21), e a primeira profecia da criança foi uma de julgamento
sobre os sacerdotes corruptos.
Versículos-chave: “
Porém esta palavra não agradou a Samuel, quando disseram: Dá-nos um rei, para que nos governe.
Então, Samuel orou ao SENHOR. Disse o SENHOR a Samuel: Atende à voz do povo em tudo quanto te diz,
pois não te rejeitou a ti, mas a mim, para eu não reinar sobre ele” (1 Samuel 8:6-7).
“Então, disse Samuel a Saul: Procedeste nesciamente em não guardar o mandamento que o SENHOR, teu
Deus, te ordenou; pois teria, agora, o SENHOR confirmado o teu reino sobre Israel para sempre. Já agora
não subsistirá o teu reino. O SENHOR buscou para si um homem que lhe agrada e já lhe ordenou que seja
príncipe sobre o seu povo, porquanto não guardaste o que o SENHOR te ordenou” (1 Samuel 13:13-14).
“Porém Samuel disse: Tem, porventura, o SENHOR tanto prazer em holocaustos e sacrifícios quanto em
que se obedeça à sua palavra? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar, e o atender, melhor do
que a gordura de carneiros. Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e a obstinação é como a
idolatria e culto a ídolos do lar. Visto que rejeitaste a palavra do SENHOR, ele também te rejeitou a ti,
para que não sejas rei” (1 Samuel 15:22-23).
I Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
Resumo:
O livro de 1 Samuel pode
ser nitidamente dividido
em duas seções:
• a vida de Samuel
(capítulos 1-12)
• e a vida de Saul
(capítulos 13-31).
O livro começa com o nascimento milagroso de Samuel em
resposta à oração fervorosa de sua mãe. Quando ainda
criança, Samuel viveu e serviu no templo. Deus o escolheu
como um profeta (3:19-21), e a primeira profecia da criança
foi uma de julgamento sobre os sacerdotes corruptos.
I Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
Os israelitas vão à guerra
com os seus inimigos
perenes, os filisteus.
Os filisteus capturam a
arca da aliança e estão
em posse temporária
dela, mas quando o
Senhor envia
julgamento, os filisteus
devolvem a arca.
Samuel chama Israel ao
arrependimento (7:3-6)
e em seguida à vitória
sobre os filisteus.
I Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
I Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
I Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
Resumo:
O povo de Israel, querendo
ser como as outras nações,
deseja ter um rei. Samuel está
insatisfeito com suas
demandas, mas o Senhor lhe
diz que não é a liderança de
Samuel que estão rejeitando,
mas a Sua própria. Depois de
alertar as pessoas do que ter
um rei implicaria, Samuel
unge um benjamita chamado
Saul, o qual é coroado em
Mispa (10:17-25).
I Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
Saul experimenta de um
sucesso inicial, derrotando os
amonitas em batalha
(capítulo 11).
Mas então ele faz uma série
de equívocos: ele
presunçosamente oferece um
sacrifício (cap. 13), faz um
voto tolo em detrimento de
seu filho Jônatas (capítulo 14)
e desobedece uma ordem
direta do Senhor (capítulo
15).
I Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
Como resultado da rebelião de Saul,
Deus escolhe um outro para tomar o
seu lugar.
Enquanto isso, Deus retira a Sua
bênção de Saul e um espírito
maligno começa a atormentá-lo à
loucura (16:14).
I Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
15 Samuel disse a Saul: Por que me
inquietaste, fazendo-me subir? Então disse
Saul: Mui angustiado estou, porque os
filisteus guerreiam contra mim, e Deus se
tem desviado de mim, e não me responde
mais, nem pelo ministério dos profetas, nem
por sonhos; por isso te chamei a ti, para que
me faças saber o que hei de fazer.
I Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
1 E SUCEDEU naqueles dias que, juntando os filisteus os seus exércitos à
peleja, para fazer guerra contra Israel, disse Aquis a Davi: Sabe de certo que
comigo sairás ao arraial, tu e os teus homens. 2 Então disse Davi a Aquis:
Assim saberás o que fará o teu servo. E disse Aquis a Davi: Por isso te terei por
guarda da minha pessoa para sempre.
3 E Samuel já estava morto, e todo o Israel o tinha chorado, e o tinha
sepultado em Ramá, que era a sua cidade; e Saul tinha desterrado os
adivinhos e os encantadores.
4 E ajuntaram-se os filisteus, e vieram, e acamparam-se em Suném; e ajuntou
Saul a todo o Israel, e se acamparam em Gilboa. 5 E, vendo Saul o arraial dos
filisteus, temeu, e estremeceu muito o seu coração.
6 E perguntou Saul ao SENHOR, porém o SENHOR não lhe respondeu,
nem por sonhos, nem por Urim, nem por profetas.
7 Então disse Saul aos seus criados: Buscai-me uma mulher que tenha
o espírito de feiticeira, para que vá a ela, e consulte por ela. E os seus
criados lhe disseram: Eis que em En-Dor há uma mulher que tem o
espírito de adivinhar.
I Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
8 E Saul se disfarçou, e vestiu outras roupas, e foi ele com dois
homens, e de noite chegaram à mulher; e disse: Peço-te que me
adivinhes pelo espírito de feiticeira, e me faças subir a quem eu te
disser.
9 Então a mulher lhe disse: Eis aqui tu sabes o que Saul fez, como tem destruído da
terra os adivinhos e os encantadores; por que, pois, me armas um laço à minha vida,
para me fazeres morrer?
10 Então Saul lhe jurou pelo SENHOR, dizendo: Vive o SENHOR, que
nenhum mal te sobrevirá por isso. 11 A mulher então lhe disse: A
quem te farei subir? E disse ele: Faze-me subir a Samuel.
12 Vendo, pois, a mulher a Samuel, gritou com alta voz, e falou a Saul,
dizendo: Por que me tens enganado? Pois tu mesmo és Saul.
13 E o rei lhe disse: Não temas; que é que vês? Então a mulher disse a Saul: Vejo
deuses que sobem da terra.
14 E lhe disse: Como é a sua figura? E disse ela: Vem subindo um
homem ancião, e está envolto numa capa. Entendendo Saul que era
Samuel, inclinou-se com o rosto em terra, e se prostrou.
I Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
15 Samuel disse a Saul: Por que me inquietaste, fazendo-me subir?
Então disse Saul: Mui angustiado estou, porque os filisteus guerreiam
contra mim, e Deus se tem desviado de mim, e não me responde
mais, nem pelo ministério dos profetas, nem por sonhos; por isso te
chamei a ti, para que me faças saber o que hei de fazer.
16 Então disse Samuel: Por que, pois, me perguntas a mim,
visto que o SENHOR te tem desamparado, e se tem feito
teu inimigo?
17 Porque o SENHOR tem feito para contigo como pela minha boca te
disse, e o SENHOR tem rasgado o reino da tua mão, e o tem dado ao
teu próximo, a Davi.
18 Como tu não deste ouvidos à voz do SENHOR, e não executaste o
fervor da sua ira contra Amaleque, por isso o SENHOR te fez hoje isto.
19 E o SENHOR entregará também a Israel contigo na mão dos
filisteus, e amanhã tu e teus filhos estareis comigo; e o arraial de
Israel o SENHOR entregará na mão dos filisteus.
I Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
Samuel viaja a Belém
para ungir o jovem
Davi como o próximo
rei (capítulo 16).
Mais tarde, Davi tem o
seu confronto famoso
com Golias, o filisteu,
e se torna um herói
nacional (capítulo 17).
Davi serve na corte de
Saul, casa com a filha
de Saul e faz amizade
com o filho de Saul
I Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
Samuel viaja a Belém para ungir o jovem Davi como o próximo rei
(capítulo 16).
Mais tarde, Davi tem o seu confronto famoso com Golias, o
filisteu, e se torna um herói nacional (capítulo 17).
Davi serve na corte de Saul, casa com a filha de Saul e faz amizade
com o filho de Saul. O próprio Saul fica com ciúmes do sucesso e
popularidade de Davi e tenta matá-lo. Davi foge e assim começa
um período extraordinário de aventura, intriga e romance
I Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
Com ajuda sobrenatural, Davi por pouco,
mas consistentemente, escapa do
sanguinário Saul (capítulos 19-26).
Por tudo isso, Davi mantém a sua
integridade e sua amizade com Jônatas.
Perto do final do livro, Samuel morre e Saul
é um homem perdido. Na véspera de uma
batalha com a Filístia, Saul procura obter
respostas. Tendo rejeitado a Deus, ele não
recebe ajuda dos céus e acaba procurando
o conselho de um médium.
I Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
I Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
A trágica história de Saul é um estudo de oportunidade desperdiçada. Ali estava um
homem que tinha tudo - honra, autoridade, riquezas, boa aparência e muito mais.
No entanto, ele morreu em desespero, com medo de seus inimigos e sabendo que
tinha desapontado a sua nação, a sua família e o seu Deus.
Saul cometeu o erro de achar que poderia agradar a Deus através de desobediência.
Como muitos hoje, ele acreditava que um motivo razoável iria compensar pelo mau
comportamento. Talvez o seu poder lhe subiu à cabeça e ele começou a achar que
estava acima das regras. De alguma forma, ele desenvolveu uma baixa opinião dos
mandamentos de Deus e uma elevada opinião de si mesmo. Mesmo quando
confrontado com o seu erro, ele tentou justificar-se e foi isso que causou a rejeição de
Deus (15:16-28).
O problema de Saul é um que todos nós temos que enfrentar - um problema do
coração. Obediência à vontade de Deus é necessária para o sucesso, e se em
orgulho nos rebelarmos contra Ele, estamos causando a nossa própria derrota.
Davi, por outro lado, não parecia ser muita coisa no início. Até mesmo Samuel foi
tentado a ignorá-lo (16:6-7). Mas Deus vê o coração e viu em Davi um homem
segundo o Seu coração (13:14). A humildade e a integridade de Davi, juntamente com
a sua ousadia para o Senhor e o seu compromisso à oração, deixaram um bom
exemplo para todos nós.
I Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
Resumo
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
II Samuel
Título.
O título dos dois
livros de Samuel
vem da figura-
chave dos
primeiros capítulos
de I Samuel.
O nome hebraico
Samuel tem tido
muitas
interpretações.
Contudo, o
significado
sugerido por
Genesis, o mestre
germânico do
hebraico, que é "O
Nome de Deus",
ainda parece
manter o primeiro
lugar entre os
mestres da Bíblia.
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
Data e Autoria.
Como no caso de muitos outros livros do Velho Testamento,
a data da autoria de I e II Samuel não é de todo conhecida.
Parte da dificuldade em determinar a data está no fato de
que muitas partes dos dois livros tratam de acontecimentos
que ocorreram depois da morte de Samuel.
A primeira parte de I Samuel poderia ter sido escrita em
cerca de 1000 A.C., e o restante uns trinta a cinqüenta anos
mais tarde.
Embora o Talmude conceda a autoria dos livros a Samuel, é
mais provável que o profeta só escreveu aquelas seções
que tratam da história de Israel antes de sua saída do oficio
público.
II Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
Uma sugestão, muito
interessante, é que Abiatar
escreveu grande parte de I e II
Samuel, especialmente aquelas
partes que tratam da vida na
corte de Davi. Abiatar estava
intimamente ligado com a
ascensão e sorte do grande rei
de Israel, pois passou algum
tempo com Davi em seu exílio.
Além disso, procedia de família
sacerdotal e assim tinha acesso
à arte da escrita e guarda de
documentos.
Filho do sumo sacerdote
Aimeleque, da tribo de Levi e da
linhagem de Eli. (1Sa 14:3 ;22:11
; 23:6) Viveu durante os reinados
de Saul, Davi e Salomão, e
durante o reinado de Davi tornou-
se sumo sacerdote. Tinha dois
filhos, Jonatã e Aimeleque (o
mesmo nome do pai de Abiatar).
— 2Sa 15:27, 36; 8:17.
II Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
Propósito:
2 Samuel é o
registro do reinado
do Rei Davi.
Este livro coloca a
aliança davídica no
seu contexto
histórico.
II Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
Versículos-chave:
• “Porém a tua casa e o teu reino serão firmados para
sempre diante de ti; teu trono será estabelecido para
sempre” (2 Samuel 7:16).
• “Tendo o rei coberto o rosto, exclamava em alta voz:
Meu filho Absalão, Absalão, meu filho, meu filho!” (2
Samuel 19:4).
• “E disse: O SENHOR é a minha rocha, a minha cidadela,
o meu libertador; o meu Deus, o meu rochedo em que
me refugio; o meu escudo, a força da minha salvação, o
meu baluarte e o meu refúgio. Ó Deus, da violência tu
me salvas. Invoco o SENHOR, digno de ser louvado, e
serei salvo dos meus inimigos” (2 Samuel 22:2-4).
II Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
Resumo:
O livro de 2 Samuel pode ser
dividido em duas seções
principais –
• os triunfos de Davi
(capítulos 1-10)
• e os problemas de Davi
(capítulos 11-20).
A última parte do livro (capítulos
21-24) é um apêndice não-
cronológico que contém mais
detalhes do reinado de Davi.
II Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
• O livro começa com Davi
recebendo a notícia da morte
de Saul e seus filhos.
• Ele proclama um tempo de luto.
Logo depois, Davi foi coroado rei
de Judá, enquanto Isbosete, um
dos filhos sobreviventes de
Saul, é coroado rei de Israel
(capítulo 2).
• Uma guerra civil segue, mas
Isbosete é assassinado e os
israelitas pedem a Davi que reine
sobre eles também (capítulos 4-
5).
II Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
Davi muda a capital do país de Hebron para Jerusalém e depois
move a Arca da Aliança (capítulos 5-6).
O plano de Davi para construir um templo em Jerusalém é
vetado por Deus, que em seguida promete a Davi as seguintes
coisas:
1) Davi teria um filho que governaria depois dele;
2) o filho de Davi iria construir o templo;
3) o trono ocupado pela linhagem de Davi seria estabelecido
para sempre e
4) Deus nunca iria remover a sua misericórdia da casa de Davi
(2 Samuel 7:4-16).
Davi lidera Israel à vitória sobre muitas das nações inimigas que
os cercavam. Ele mostra também bondade à família de Jônatas
ao cuidar de Mefibosete, filho aleijado de Jônatas (capítulos 8-
10)
II Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
A Bíblia não economiza tintas
na hora de registrar as
fraquezas e fracassos dos
grandes heróis.Então Davi cai.
Ele cobiça uma bela mulher
chamada Bate-Seba, comete
adultério com ela e depois tem o
marido assassinado (capítulo 11).
Quando o profeta Natã confronta
Davi com seu pecado, Davi
confessa e Deus graciosamente
perdoa.
No entanto, o Senhor diz a Davi que
problemas poderiam surgir de
dentro de sua própria casa.
II Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
Problema realmente
surge quando o filho
primogênito de Davi,
Amnom, violenta sua
meia-irmã, Tamar.
Em retaliação, o
irmão de Tamar,
Absalão, mata
Amnom.
Absalão então foge de Jerusalém ao invés
de enfrentar a ira de seu pai. Mais tarde,
Absalão lidera uma revolta contra Davi e
alguns dos antigos companheiros de Davi
se juntam à rebelião (capítulos 15-16)
II Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
II Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
Davi é forçado a sair de Jerusalém e Absalão
se posiciona como rei por um curto período
de tempo.
No entanto, o usurpador é derrubado e -
contra a vontade de Davi - é morto.
Davi lamenta a morte de seu filho.
Um sentimento geral de inquietação assola o
resto do reinado de Davi. Os homens de Israel
ameaçam separar-se de Judá e Davi deve tem
que suprimir mais uma rebelião (capítulo 20).
II Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
II Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
O apêndice do livro inclui
informação sobre uma fome
de três anos que assolou a
terra (capítulo 21), uma
canção de Davi (capítulo
22), um registro das
façanhas dos mais valentes
guerreiros de Davi (capítulo
23), assim como o censo
pecaminoso de Davi e a
consequente praga (capítulo
24).
II Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
1-2 - Mais uma vez, Deus se enfureceu contra Israel. Ele testou Davi,
dizendo: “Faça um censo de Israel e de Judá”. Davi deu ordens
a Joabe e aos oficiais do exército, dizendo: “Percorram todas as tribos de
lsrael, desde Dã até Berseba, e façam o levantamento de toda
a população. Quero saber o número de habitantes". 3 - Joabe resistiu e
disse ao rei: “Que Deus multiplique cem vezes o número de pessoas à
vista do meu senhor, mas qual a necessidade disso? “ 4-9 - O rei,
entretanto, insistiu, e Joabe e os oficiais do exército se despediram do rei
e saíram para levantar o censo de Israel. Atravessaram o Jordão,
começando em Aroer, pela cidade no vale de Gade, perto de Jazer.
Prosseguiram para Gileade, passaram o Hermom, depois, seguiram para
Dã e contornaram Sidom. Percorreram a fortaleza de Tiro e todas as
cidades dos heveus e dos cananeus. Finalmente, chegaram ao Neguebe
de Judá, em Berseba. Percorreram todo o país e, depois de nove meses e
vinte dias, voltaram para Jerusalém. Joabe entregou os resultados do
censo ao rei. Em lsrael, havia oitocentos mil homens capazes de lutar, e
em Judá, quinhentos mil.
II Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
10 - Mas, depois de tudo feito, Davi se sentiu culpado por ter levantado o censo da
população, confiando nos dados apurados. Davi orou a Deus: “Pequei contra ti no
que acabei de fazer. Mas peço-te que perdoes a minha culpa. Fui imprudente”. 11-12 -
No dia seguinte, quando Davi se levantou, veio a palavra de Deus ao profeta Gade,
conselheiro espiritual de Davi: “Vá dizer a Davi: ‘E Deus disse o seguinte: Há três
castigos que posso dar. O que você escolher, eu executarei’". 13 - Gade entregou a
mensagem: “O senhor prefere três anos de seca na terra, três meses fugindo dos seus
inimigos enquanto eles o perseguirem ou três dias de epidemia no país? Pense e
resolva. O que devo dizer a quem me enviou?”. 14 - Davi disse a Gade: “São todos
terríveis! Mas prefiro ser punido por Deus, cuja misericórdia não tem fim, a cair nas
mãos dos homens”. 15-16 – E Deus enviou uma epidemia desde cedo até a noite.
Desde Dã até Berseba, morreram setenta mil pessoas. Mas, quando o anjo chegou
para destruir Jerusalém, Deus percebeu o sofrimento e o terror e ordenou ao anjo
que estava executando a sentença: “Basta! Já chega!” O anjo de Deus tinha acabado
de chegar à eira de Araúna, o jebuseu. Davi olhou e viu o anjo se movendo entre a
terra e o céu com a espada pronta para ferir Jerusalém. Davi e seus conselheiros se
curvaram em oração e se vestiram de pano de saco. 17 - Quando Davi viu o anjo
pronto para matar o povo, orou, dizendo: “Ah! Fui eu que pequei. Eu, o pastor, cometi
esse erro. Mas o que estas ovelhas fizeram de errado? Castigue a mim e a minha
família, mas não a eles”.
II Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
Aplicação Prática:
Qualquer um pode cair. Mesmo um
homem como Davi, que
verdadeiramente desejava seguir a
Deus e que foi ricamente abençoado
por Deus, era suscetível à tentação.
O pecado de Davi com Bate-Seba deve
servir como um aviso a todos nós para
guardarmos nosso coração, nossos
olhos e nossas mentes. Orgulho sobre
a nossa maturidade espiritual e nossa
capacidade de resistir à tentação com
nossas próprias forças é o primeiro
passo para uma queda (1 Coríntios
10:12).
II Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização
II Samuel
SeminárioTeológicoShalom
ProduzidopeloProf.RicardoGondim
Proibidaareproduçãosemautorização

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Os livros de 1 e 2 Reis
Os livros de 1 e 2 ReisOs livros de 1 e 2 Reis
Os livros de 1 e 2 Reis
Alberto Simonton
 
Lição 1 - Conhecendo os Dois Livros de Samuel
Lição 1 - Conhecendo os Dois Livros de SamuelLição 1 - Conhecendo os Dois Livros de Samuel
Lição 1 - Conhecendo os Dois Livros de Samuel
Éder Tomé
 
6 o reino dividido
6   o reino dividido6   o reino dividido
6 o reino dividido
Pib Penha
 
Teologia do livro de Samuel
Teologia do livro de SamuelTeologia do livro de Samuel
Teologia do livro de Samuel
Jean Francesco
 
Panorama do AT - Samuel 1 e 2
Panorama do AT - Samuel 1 e 2Panorama do AT - Samuel 1 e 2
Panorama do AT - Samuel 1 e 2
Respirando Deus
 
5 o reino unido iii - salomao
5   o reino unido iii - salomao5   o reino unido iii - salomao
5 o reino unido iii - salomao
PIB Penha
 
COMENTARIO-2 samuel (moody)
COMENTARIO-2 samuel (moody)COMENTARIO-2 samuel (moody)
COMENTARIO-2 samuel (moody)
leniogravacoes
 
14. o livro de ii samuel
14. o livro de ii samuel14. o livro de ii samuel
14. o livro de ii samuel
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
Arqueologia reino dividido - semiba
Arqueologia reino dividido - semibaArqueologia reino dividido - semiba
Arqueologia reino dividido - semiba
Seminário Bíblico Aliança
 
13. O Livro de i samuel
13. O Livro de i samuel13. O Livro de i samuel
13. O Livro de i samuel
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
1 objetivos da monarquia de israel
1  objetivos da monarquia de israel1  objetivos da monarquia de israel
1 objetivos da monarquia de israel
Pib Penha
 
Lição 12 - A Rebelião de Absalão
Lição 12 - A Rebelião de AbsalãoLição 12 - A Rebelião de Absalão
Lição 12 - A Rebelião de Absalão
Éder Tomé
 
Reis e Profetas - Aula 4
Reis e Profetas -  Aula 4Reis e Profetas -  Aula 4
Reis e Profetas - Aula 4
Moisés Sampaio
 
Juízes, os reinos de Israel, divisão, reunificação e os profetas
Juízes, os reinos de Israel, divisão, reunificação e os profetasJuízes, os reinos de Israel, divisão, reunificação e os profetas
Juízes, os reinos de Israel, divisão, reunificação e os profetas
emilsonribeiro
 
LIÇÃO 1: Conhecendo os dois livros de samuel
LIÇÃO 1: Conhecendo os dois livros de samuelLIÇÃO 1: Conhecendo os dois livros de samuel
LIÇÃO 1: Conhecendo os dois livros de samuel
Marina de Morais
 
OS LIVROS DE SAMUEL
OS LIVROS DE SAMUELOS LIVROS DE SAMUEL
OS LIVROS DE SAMUEL
mbrandao7
 
Espiritismo e estudos bíblicos rei salomão final
Espiritismo e estudos bíblicos rei salomão finalEspiritismo e estudos bíblicos rei salomão final
Espiritismo e estudos bíblicos rei salomão final
LUCAS CANAVARRO
 
19. o livro de ii crônicas
19. o livro de ii crônicas19. o livro de ii crônicas
19. o livro de ii crônicas
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
Apostasia do reino de Israel
Apostasia do reino de IsraelApostasia do reino de Israel
Apostasia do reino de Israel
Márcio Pereira
 
Historia de israel aula 14 e 15 reino dividido e exilio
Historia de israel aula 14 e 15 reino dividido e exilioHistoria de israel aula 14 e 15 reino dividido e exilio
Historia de israel aula 14 e 15 reino dividido e exilio
RICARDO CARDOSO
 

Mais procurados (20)

Os livros de 1 e 2 Reis
Os livros de 1 e 2 ReisOs livros de 1 e 2 Reis
Os livros de 1 e 2 Reis
 
Lição 1 - Conhecendo os Dois Livros de Samuel
Lição 1 - Conhecendo os Dois Livros de SamuelLição 1 - Conhecendo os Dois Livros de Samuel
Lição 1 - Conhecendo os Dois Livros de Samuel
 
6 o reino dividido
6   o reino dividido6   o reino dividido
6 o reino dividido
 
Teologia do livro de Samuel
Teologia do livro de SamuelTeologia do livro de Samuel
Teologia do livro de Samuel
 
Panorama do AT - Samuel 1 e 2
Panorama do AT - Samuel 1 e 2Panorama do AT - Samuel 1 e 2
Panorama do AT - Samuel 1 e 2
 
5 o reino unido iii - salomao
5   o reino unido iii - salomao5   o reino unido iii - salomao
5 o reino unido iii - salomao
 
COMENTARIO-2 samuel (moody)
COMENTARIO-2 samuel (moody)COMENTARIO-2 samuel (moody)
COMENTARIO-2 samuel (moody)
 
14. o livro de ii samuel
14. o livro de ii samuel14. o livro de ii samuel
14. o livro de ii samuel
 
Arqueologia reino dividido - semiba
Arqueologia reino dividido - semibaArqueologia reino dividido - semiba
Arqueologia reino dividido - semiba
 
13. O Livro de i samuel
13. O Livro de i samuel13. O Livro de i samuel
13. O Livro de i samuel
 
1 objetivos da monarquia de israel
1  objetivos da monarquia de israel1  objetivos da monarquia de israel
1 objetivos da monarquia de israel
 
Lição 12 - A Rebelião de Absalão
Lição 12 - A Rebelião de AbsalãoLição 12 - A Rebelião de Absalão
Lição 12 - A Rebelião de Absalão
 
Reis e Profetas - Aula 4
Reis e Profetas -  Aula 4Reis e Profetas -  Aula 4
Reis e Profetas - Aula 4
 
Juízes, os reinos de Israel, divisão, reunificação e os profetas
Juízes, os reinos de Israel, divisão, reunificação e os profetasJuízes, os reinos de Israel, divisão, reunificação e os profetas
Juízes, os reinos de Israel, divisão, reunificação e os profetas
 
LIÇÃO 1: Conhecendo os dois livros de samuel
LIÇÃO 1: Conhecendo os dois livros de samuelLIÇÃO 1: Conhecendo os dois livros de samuel
LIÇÃO 1: Conhecendo os dois livros de samuel
 
OS LIVROS DE SAMUEL
OS LIVROS DE SAMUELOS LIVROS DE SAMUEL
OS LIVROS DE SAMUEL
 
Espiritismo e estudos bíblicos rei salomão final
Espiritismo e estudos bíblicos rei salomão finalEspiritismo e estudos bíblicos rei salomão final
Espiritismo e estudos bíblicos rei salomão final
 
19. o livro de ii crônicas
19. o livro de ii crônicas19. o livro de ii crônicas
19. o livro de ii crônicas
 
Apostasia do reino de Israel
Apostasia do reino de IsraelApostasia do reino de Israel
Apostasia do reino de Israel
 
Historia de israel aula 14 e 15 reino dividido e exilio
Historia de israel aula 14 e 15 reino dividido e exilioHistoria de israel aula 14 e 15 reino dividido e exilio
Historia de israel aula 14 e 15 reino dividido e exilio
 

Destaque

Históricos I
Históricos IHistóricos I
Históricos I
Ricardo Gondim
 
Poéticos I
Poéticos IPoéticos I
Poéticos I
Ricardo Gondim
 
Poéticos II
Poéticos IIPoéticos II
Poéticos II
Ricardo Gondim
 
Aula 2 - Pentateuco
Aula 2 - PentateucoAula 2 - Pentateuco
Aula 2 - Pentateuco
Ricardo Gondim
 
Lição 5 caim era do maligno
Lição 5   caim era do malignoLição 5   caim era do maligno
Lição 5 caim era do maligno
Andrew Guimarães
 
Aula 1 apresentação site
Aula 1   apresentação siteAula 1   apresentação site
Aula 1 apresentação site
Ricardo Gondim
 
A Alianca de Davi e Jonatas - Baxter
A Alianca de Davi e Jonatas -  BaxterA Alianca de Davi e Jonatas -  Baxter
A Alianca de Davi e Jonatas - Baxter
Tsushya marco
 
Primeiro Bimestre 2012
Primeiro Bimestre 2012Primeiro Bimestre 2012
Primeiro Bimestre 2012
iagomendeslopes
 
A origem da diversidade cultural humana
A origem da diversidade cultural humanaA origem da diversidade cultural humana
A origem da diversidade cultural humana
Ailton da Silva
 
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
Quenia Damata
 
Aula 1 genesis
Aula 1   genesisAula 1   genesis
Aula 1 genesis
Ricardo Gondim
 
Flowers friends forever
Flowers   friends foreverFlowers   friends forever
Flowers friends forever
RCE
 
[EBD Maranata] Lição 01 - Abel | Revista Heróis do Antigo Testamento | 08/01/12
[EBD Maranata] Lição 01 - Abel | Revista Heróis do Antigo Testamento | 08/01/12[EBD Maranata] Lição 01 - Abel | Revista Heróis do Antigo Testamento | 08/01/12
[EBD Maranata] Lição 01 - Abel | Revista Heróis do Antigo Testamento | 08/01/12
José Carlos Polozi
 
Slide cronologico caim e abel
Slide cronologico    caim e abelSlide cronologico    caim e abel
Slide cronologico caim e abel
Cabralrocha
 
História Eclesiastica 2 - Aula 3 - A Reforma Protestante - Zuínglio e Calvino
História Eclesiastica 2 - Aula 3 - A Reforma Protestante - Zuínglio e CalvinoHistória Eclesiastica 2 - Aula 3 - A Reforma Protestante - Zuínglio e Calvino
História Eclesiastica 2 - Aula 3 - A Reforma Protestante - Zuínglio e Calvino
Pr. Luiz Carlos Lopes
 
Historia del cristianismo en pr
Historia del cristianismo en prHistoria del cristianismo en pr
Historia del cristianismo en pr
Pablo Fernandez
 
Aula 2 história do cristianismo
Aula 2 história do cristianismoAula 2 história do cristianismo
Aula 2 história do cristianismo
Keiler Vasconcelos
 
Reforma e Contra-Reforma da Igreja Católica
Reforma e Contra-Reforma da Igreja CatólicaReforma e Contra-Reforma da Igreja Católica
Reforma e Contra-Reforma da Igreja Católica
Catarina Sousa
 
O judaísmo - By Eloy Bezerra
O judaísmo - By Eloy BezerraO judaísmo - By Eloy Bezerra
O judaísmo - By Eloy Bezerra
Eloy Bezerra
 
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
José Carlos Polozi
 

Destaque (20)

Históricos I
Históricos IHistóricos I
Históricos I
 
Poéticos I
Poéticos IPoéticos I
Poéticos I
 
Poéticos II
Poéticos IIPoéticos II
Poéticos II
 
Aula 2 - Pentateuco
Aula 2 - PentateucoAula 2 - Pentateuco
Aula 2 - Pentateuco
 
Lição 5 caim era do maligno
Lição 5   caim era do malignoLição 5   caim era do maligno
Lição 5 caim era do maligno
 
Aula 1 apresentação site
Aula 1   apresentação siteAula 1   apresentação site
Aula 1 apresentação site
 
A Alianca de Davi e Jonatas - Baxter
A Alianca de Davi e Jonatas -  BaxterA Alianca de Davi e Jonatas -  Baxter
A Alianca de Davi e Jonatas - Baxter
 
Primeiro Bimestre 2012
Primeiro Bimestre 2012Primeiro Bimestre 2012
Primeiro Bimestre 2012
 
A origem da diversidade cultural humana
A origem da diversidade cultural humanaA origem da diversidade cultural humana
A origem da diversidade cultural humana
 
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
Jônatas, um amigo para todas as horas - Lição 5 - Viver +
 
Aula 1 genesis
Aula 1   genesisAula 1   genesis
Aula 1 genesis
 
Flowers friends forever
Flowers   friends foreverFlowers   friends forever
Flowers friends forever
 
[EBD Maranata] Lição 01 - Abel | Revista Heróis do Antigo Testamento | 08/01/12
[EBD Maranata] Lição 01 - Abel | Revista Heróis do Antigo Testamento | 08/01/12[EBD Maranata] Lição 01 - Abel | Revista Heróis do Antigo Testamento | 08/01/12
[EBD Maranata] Lição 01 - Abel | Revista Heróis do Antigo Testamento | 08/01/12
 
Slide cronologico caim e abel
Slide cronologico    caim e abelSlide cronologico    caim e abel
Slide cronologico caim e abel
 
História Eclesiastica 2 - Aula 3 - A Reforma Protestante - Zuínglio e Calvino
História Eclesiastica 2 - Aula 3 - A Reforma Protestante - Zuínglio e CalvinoHistória Eclesiastica 2 - Aula 3 - A Reforma Protestante - Zuínglio e Calvino
História Eclesiastica 2 - Aula 3 - A Reforma Protestante - Zuínglio e Calvino
 
Historia del cristianismo en pr
Historia del cristianismo en prHistoria del cristianismo en pr
Historia del cristianismo en pr
 
Aula 2 história do cristianismo
Aula 2 história do cristianismoAula 2 história do cristianismo
Aula 2 história do cristianismo
 
Reforma e Contra-Reforma da Igreja Católica
Reforma e Contra-Reforma da Igreja CatólicaReforma e Contra-Reforma da Igreja Católica
Reforma e Contra-Reforma da Igreja Católica
 
O judaísmo - By Eloy Bezerra
O judaísmo - By Eloy BezerraO judaísmo - By Eloy Bezerra
O judaísmo - By Eloy Bezerra
 
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
 

Semelhante a Históricos II

Licao 6 4 t - 2019 - a rebeldia de saul e a rejeic-ao de deus
Licao 6   4 t - 2019 - a rebeldia de saul e a rejeic-ao de deusLicao 6   4 t - 2019 - a rebeldia de saul e a rejeic-ao de deus
Licao 6 4 t - 2019 - a rebeldia de saul e a rejeic-ao de deus
Vilma Longuini
 
IBADEP MÉDIO - HISTÓRIA DE ISRAEL AULA 3
IBADEP MÉDIO - HISTÓRIA DE ISRAEL AULA 3IBADEP MÉDIO - HISTÓRIA DE ISRAEL AULA 3
IBADEP MÉDIO - HISTÓRIA DE ISRAEL AULA 3
Rubens Sohn
 
3 o reino unido i - saul
3   o reino unido i - saul3   o reino unido i - saul
3 o reino unido i - saul
PIB Penha - SP
 
(1) aprendendo com os erros de saul
(1) aprendendo com os erros de saul(1) aprendendo com os erros de saul
(1) aprendendo com os erros de saul
Celso do Rozário Brasil Gonçalves
 
Licao 5 4 t - 2019 - a instituicao da monarquia em israel
Licao 5   4 t - 2019 - a instituicao da monarquia em israelLicao 5   4 t - 2019 - a instituicao da monarquia em israel
Licao 5 4 t - 2019 - a instituicao da monarquia em israel
Vilma Longuini
 
Reis e profetas - aula 1
Reis e profetas  - aula 1Reis e profetas  - aula 1
Reis e profetas - aula 1
Moisés Sampaio
 
I & II Samuel.ppt
I & II Samuel.pptI & II Samuel.ppt
I & II Samuel.ppt
DouglasMoraes54
 
Lição 5 - A Instituição da Monarquia em Israel
Lição 5 - A Instituição da Monarquia em IsraelLição 5 - A Instituição da Monarquia em Israel
Lição 5 - A Instituição da Monarquia em Israel
Hamilton Souza
 
Romanos 11 o futuro de israel
Romanos 11   o futuro de israelRomanos 11   o futuro de israel
Romanos 11 o futuro de israel
Vilma Longuini
 
Licao 1 4 t - 2019 - [salvo automaticamente]
Licao 1   4 t - 2019 - [salvo automaticamente]Licao 1   4 t - 2019 - [salvo automaticamente]
Licao 1 4 t - 2019 - [salvo automaticamente]
Vilma Longuini
 
Os livros de samuel
Os livros de samuelOs livros de samuel
Os livros de samuel
mbrandao7
 
AULA 7 A IDADE AUREA DE ISRAEL- um estudo sobre a historia de israsel
AULA 7 A IDADE AUREA DE ISRAEL- um estudo sobre a historia de israselAULA 7 A IDADE AUREA DE ISRAEL- um estudo sobre a historia de israsel
AULA 7 A IDADE AUREA DE ISRAEL- um estudo sobre a historia de israsel
milhomem10
 
EBD - 1 SAMUEL - Aula 3 - 11.06.2023.pptx
EBD - 1 SAMUEL - Aula 3 - 11.06.2023.pptxEBD - 1 SAMUEL - Aula 3 - 11.06.2023.pptx
EBD - 1 SAMUEL - Aula 3 - 11.06.2023.pptx
DouglasMoraes54
 
9 1 e 2 samuel
9   1 e 2 samuel9   1 e 2 samuel
9 1 e 2 samuel
PIB Penha
 
Apocrifos do Rei Salomão
Apocrifos do Rei  SalomãoApocrifos do Rei  Salomão
Apocrifos do Rei Salomão
RODRIGO ORION
 
Os reis de Israel e Judá.pdf
Os reis de Israel e Judá.pdfOs reis de Israel e Judá.pdf
Os reis de Israel e Judá.pdf
Marcio Albuquerque
 
Lição 12 - A Rebelião de Absalão
Lição 12 - A Rebelião de AbsalãoLição 12 - A Rebelião de Absalão
Lição 12 - A Rebelião de Absalão
Hamilton Souza
 
18 Saul, um rei bonito e tolo / 18 the handsome foolish king portuguese
18 Saul, um rei  bonito e tolo / 18 the handsome foolish king portuguese18 Saul, um rei  bonito e tolo / 18 the handsome foolish king portuguese
18 Saul, um rei bonito e tolo / 18 the handsome foolish king portuguese
Ping Ponga
 
O ungido perseguido
O ungido perseguidoO ungido perseguido
O ungido perseguido
Bruno Da Montanha
 
Lição 5 - A Instituição da Monarquia em Israel
Lição 5 - A Instituição da Monarquia em IsraelLição 5 - A Instituição da Monarquia em Israel
Lição 5 - A Instituição da Monarquia em Israel
Marina de Morais
 

Semelhante a Históricos II (20)

Licao 6 4 t - 2019 - a rebeldia de saul e a rejeic-ao de deus
Licao 6   4 t - 2019 - a rebeldia de saul e a rejeic-ao de deusLicao 6   4 t - 2019 - a rebeldia de saul e a rejeic-ao de deus
Licao 6 4 t - 2019 - a rebeldia de saul e a rejeic-ao de deus
 
IBADEP MÉDIO - HISTÓRIA DE ISRAEL AULA 3
IBADEP MÉDIO - HISTÓRIA DE ISRAEL AULA 3IBADEP MÉDIO - HISTÓRIA DE ISRAEL AULA 3
IBADEP MÉDIO - HISTÓRIA DE ISRAEL AULA 3
 
3 o reino unido i - saul
3   o reino unido i - saul3   o reino unido i - saul
3 o reino unido i - saul
 
(1) aprendendo com os erros de saul
(1) aprendendo com os erros de saul(1) aprendendo com os erros de saul
(1) aprendendo com os erros de saul
 
Licao 5 4 t - 2019 - a instituicao da monarquia em israel
Licao 5   4 t - 2019 - a instituicao da monarquia em israelLicao 5   4 t - 2019 - a instituicao da monarquia em israel
Licao 5 4 t - 2019 - a instituicao da monarquia em israel
 
Reis e profetas - aula 1
Reis e profetas  - aula 1Reis e profetas  - aula 1
Reis e profetas - aula 1
 
I & II Samuel.ppt
I & II Samuel.pptI & II Samuel.ppt
I & II Samuel.ppt
 
Lição 5 - A Instituição da Monarquia em Israel
Lição 5 - A Instituição da Monarquia em IsraelLição 5 - A Instituição da Monarquia em Israel
Lição 5 - A Instituição da Monarquia em Israel
 
Romanos 11 o futuro de israel
Romanos 11   o futuro de israelRomanos 11   o futuro de israel
Romanos 11 o futuro de israel
 
Licao 1 4 t - 2019 - [salvo automaticamente]
Licao 1   4 t - 2019 - [salvo automaticamente]Licao 1   4 t - 2019 - [salvo automaticamente]
Licao 1 4 t - 2019 - [salvo automaticamente]
 
Os livros de samuel
Os livros de samuelOs livros de samuel
Os livros de samuel
 
AULA 7 A IDADE AUREA DE ISRAEL- um estudo sobre a historia de israsel
AULA 7 A IDADE AUREA DE ISRAEL- um estudo sobre a historia de israselAULA 7 A IDADE AUREA DE ISRAEL- um estudo sobre a historia de israsel
AULA 7 A IDADE AUREA DE ISRAEL- um estudo sobre a historia de israsel
 
EBD - 1 SAMUEL - Aula 3 - 11.06.2023.pptx
EBD - 1 SAMUEL - Aula 3 - 11.06.2023.pptxEBD - 1 SAMUEL - Aula 3 - 11.06.2023.pptx
EBD - 1 SAMUEL - Aula 3 - 11.06.2023.pptx
 
9 1 e 2 samuel
9   1 e 2 samuel9   1 e 2 samuel
9 1 e 2 samuel
 
Apocrifos do Rei Salomão
Apocrifos do Rei  SalomãoApocrifos do Rei  Salomão
Apocrifos do Rei Salomão
 
Os reis de Israel e Judá.pdf
Os reis de Israel e Judá.pdfOs reis de Israel e Judá.pdf
Os reis de Israel e Judá.pdf
 
Lição 12 - A Rebelião de Absalão
Lição 12 - A Rebelião de AbsalãoLição 12 - A Rebelião de Absalão
Lição 12 - A Rebelião de Absalão
 
18 Saul, um rei bonito e tolo / 18 the handsome foolish king portuguese
18 Saul, um rei  bonito e tolo / 18 the handsome foolish king portuguese18 Saul, um rei  bonito e tolo / 18 the handsome foolish king portuguese
18 Saul, um rei bonito e tolo / 18 the handsome foolish king portuguese
 
O ungido perseguido
O ungido perseguidoO ungido perseguido
O ungido perseguido
 
Lição 5 - A Instituição da Monarquia em Israel
Lição 5 - A Instituição da Monarquia em IsraelLição 5 - A Instituição da Monarquia em Israel
Lição 5 - A Instituição da Monarquia em Israel
 

Mais de Ricardo Gondim

Princípios de Orígenes
Princípios de OrígenesPrincípios de Orígenes
Princípios de Orígenes
Ricardo Gondim
 
Salvação I
Salvação ISalvação I
Salvação I
Ricardo Gondim
 
Ministros e despenseiros
Ministros e despenseirosMinistros e despenseiros
Ministros e despenseiros
Ricardo Gondim
 
Carnalidade, imaturidade e divisões
Carnalidade, imaturidade e divisõesCarnalidade, imaturidade e divisões
Carnalidade, imaturidade e divisões
Ricardo Gondim
 
Ninguem é de Ninguén
Ninguem é de NinguénNinguem é de Ninguén
Ninguem é de Ninguén
Ricardo Gondim
 
Seitas e Heresias
Seitas e HeresiasSeitas e Heresias
Seitas e Heresias
Ricardo Gondim
 
Aula 1 introdução
Aula 1   introduçãoAula 1   introdução
Aula 1 introdução
Ricardo Gondim
 
Meu teólogo favorito
Meu teólogo favoritoMeu teólogo favorito
Meu teólogo favorito
Ricardo Gondim
 
Aula 7 O homem diante da salvação
Aula 7   O homem diante da salvaçãoAula 7   O homem diante da salvação
Aula 7 O homem diante da salvação
Ricardo Gondim
 
Aula 6 - Cristo o Grande Sacerdote
Aula 6 - Cristo o Grande SacerdoteAula 6 - Cristo o Grande Sacerdote
Aula 6 - Cristo o Grande Sacerdote
Ricardo Gondim
 
Aula 5 - Revisando a Carta de Hebreus
Aula 5 - Revisando a Carta de HebreusAula 5 - Revisando a Carta de Hebreus
Aula 5 - Revisando a Carta de Hebreus
Ricardo Gondim
 
Aula 4 - Jesus, o grande Salvador
Aula 4  - Jesus, o grande SalvadorAula 4  - Jesus, o grande Salvador
Aula 4 - Jesus, o grande Salvador
Ricardo Gondim
 
Aula 3 A Superioridade do Evangelho
Aula 3   A Superioridade do EvangelhoAula 3   A Superioridade do Evangelho
Aula 3 A Superioridade do Evangelho
Ricardo Gondim
 
Aula 1 e 2 A mensagem de Hebreus
Aula 1 e 2   A mensagem de HebreusAula 1 e 2   A mensagem de Hebreus
Aula 1 e 2 A mensagem de Hebreus
Ricardo Gondim
 
O tabernáculo perfeito
O tabernáculo perfeitoO tabernáculo perfeito
O tabernáculo perfeito
Ricardo Gondim
 
Pedagogia pastoral
Pedagogia pastoralPedagogia pastoral
Pedagogia pastoral
Ricardo Gondim
 
Introdução 2 (profecia e comunhão)
Introdução 2 (profecia e comunhão)Introdução 2 (profecia e comunhão)
Introdução 2 (profecia e comunhão)
Ricardo Gondim
 
Introdução (vocação e ensino)
Introdução (vocação e ensino)Introdução (vocação e ensino)
Introdução (vocação e ensino)
Ricardo Gondim
 
Introdução 3 (serviço e adoração)
Introdução 3 (serviço e adoração)Introdução 3 (serviço e adoração)
Introdução 3 (serviço e adoração)
Ricardo Gondim
 
Introdução ao Estudo do NT
Introdução ao Estudo do NTIntrodução ao Estudo do NT
Introdução ao Estudo do NT
Ricardo Gondim
 

Mais de Ricardo Gondim (20)

Princípios de Orígenes
Princípios de OrígenesPrincípios de Orígenes
Princípios de Orígenes
 
Salvação I
Salvação ISalvação I
Salvação I
 
Ministros e despenseiros
Ministros e despenseirosMinistros e despenseiros
Ministros e despenseiros
 
Carnalidade, imaturidade e divisões
Carnalidade, imaturidade e divisõesCarnalidade, imaturidade e divisões
Carnalidade, imaturidade e divisões
 
Ninguem é de Ninguén
Ninguem é de NinguénNinguem é de Ninguén
Ninguem é de Ninguén
 
Seitas e Heresias
Seitas e HeresiasSeitas e Heresias
Seitas e Heresias
 
Aula 1 introdução
Aula 1   introduçãoAula 1   introdução
Aula 1 introdução
 
Meu teólogo favorito
Meu teólogo favoritoMeu teólogo favorito
Meu teólogo favorito
 
Aula 7 O homem diante da salvação
Aula 7   O homem diante da salvaçãoAula 7   O homem diante da salvação
Aula 7 O homem diante da salvação
 
Aula 6 - Cristo o Grande Sacerdote
Aula 6 - Cristo o Grande SacerdoteAula 6 - Cristo o Grande Sacerdote
Aula 6 - Cristo o Grande Sacerdote
 
Aula 5 - Revisando a Carta de Hebreus
Aula 5 - Revisando a Carta de HebreusAula 5 - Revisando a Carta de Hebreus
Aula 5 - Revisando a Carta de Hebreus
 
Aula 4 - Jesus, o grande Salvador
Aula 4  - Jesus, o grande SalvadorAula 4  - Jesus, o grande Salvador
Aula 4 - Jesus, o grande Salvador
 
Aula 3 A Superioridade do Evangelho
Aula 3   A Superioridade do EvangelhoAula 3   A Superioridade do Evangelho
Aula 3 A Superioridade do Evangelho
 
Aula 1 e 2 A mensagem de Hebreus
Aula 1 e 2   A mensagem de HebreusAula 1 e 2   A mensagem de Hebreus
Aula 1 e 2 A mensagem de Hebreus
 
O tabernáculo perfeito
O tabernáculo perfeitoO tabernáculo perfeito
O tabernáculo perfeito
 
Pedagogia pastoral
Pedagogia pastoralPedagogia pastoral
Pedagogia pastoral
 
Introdução 2 (profecia e comunhão)
Introdução 2 (profecia e comunhão)Introdução 2 (profecia e comunhão)
Introdução 2 (profecia e comunhão)
 
Introdução (vocação e ensino)
Introdução (vocação e ensino)Introdução (vocação e ensino)
Introdução (vocação e ensino)
 
Introdução 3 (serviço e adoração)
Introdução 3 (serviço e adoração)Introdução 3 (serviço e adoração)
Introdução 3 (serviço e adoração)
 
Introdução ao Estudo do NT
Introdução ao Estudo do NTIntrodução ao Estudo do NT
Introdução ao Estudo do NT
 

Último

Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
Oziete SS
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
REFORMADOR PROTESTANTE
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
claudiovieira83
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Elton Zanoni
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
marcobueno2024
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
GABRIELADIASDUTRA1
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 

Último (12)

Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 

Históricos II