SlideShare uma empresa Scribd logo
Hinduísmo
Introdução 
O hinduísmo é uma tradição religiosa originária da península indiana, em que 
os seus crentes são politeístas. 
Professa três deuses principais: 
Brahma 
Vixnu Shiva
Origem da religião 
O hinduísmo não tem um só fundador, na verdade é uma religião composta 
por uma intersecção de valores, filosofias e crenças originárias de diferentes 
povos e culturas. 
Acredita-se que esta religião nasceu no ano 1500 a.C. e foi estabelecida pelos 
invasores arianos da Índia. 
Segundo ensina o Hinduísmo, os 
Vedas contêm as verdades eternas. 
Os seres e as coisas estão 
organizados em castas e a posição 
do Homem em cada casta é 
definida pelo seu karma. 
Estátua de Shiva em meditação 
(yoga)
Principais locais de culto 
O Rio Ganges, na cidade de Varanasi, na Índia é o local mais sagrado para os 
hindus. 
Segundo a tradição hindu, quem morre em Varanasi vai directamente para o 
céu.
Tradições Ancestrais
Locais de peregrinação 
Os hindus conservam a tradição de peregrinação aos rios sagrados, aos 
templos e a certos lugares de grande beleza. 
É considerado santo todo o território da Índia, e especialmente Kurukshetra, 
onde foi travada a grande guerra descrita no Mahabharata. 
Templo em Kurukshetra
Símbolos e significados 
OM ou AUM 
Este símbolo é realmente uma sílaba 
sagrada que representa o Brahman ou 
o Absoluto - a fonte de toda existência. 
Brahman, em si, é incompreensível 
então um símbolo é obrigatório para 
nos ajudar a entende-lo. Om é 
também usado para significar a 
divindade e autoridade. 
Suástica" O termo é uma fusão de "su" (bom) 
e "Asati" (a existir), o que significa quando 
combinado "Que Bom prevalecer". 
Historiadores dizem que a suástica podem ter 
representado uma verdadeira estrutura e que, 
em tempos antigos foram construídos por 
razões de defesa e por seu poder de proteção 
e desta forma começou a ser santificado.
Divisões internas 
Hinduísmo 
Vixnuísmo Xivaísmo Shaktismo
Conflitos interculturais 
São comuns os conflitos entre hindus e muçulmanos, muitas vezes sem razão, apenas 
por coexistirem uns com os outros. 
Gandhi foi um famoso hindu que vivia segundo cinco ideais: igualdade, dizer não ao 
álcool e às drogas, unidade hindu - muçulmano, amizade e igualdade para as mulheres.
Hinduísmo em Portugal 
Actualmente, existe uma Comunidade Hindu em Portugal de 
aproximadamente 15 000 pessoas, entre as quais 11 mil 
localizam-se em Lisboa.
As Cerimónias 
As cerimónias decorrem nos templos geralmente decorados de forma sumptuosa. 
Aqui são também realizados os rituais de sacrifício. Durante as procissões são 
conduzidos pelas ruas enormes carros que carregam as imagens dos deuses. Além 
disso, é celebrado um grande número de festas em homenagem aos deuses. 
Templos: para os hindus, o templo representa o ponto de intersecção entre o mundo 
divino e o mundo humano. O elemento mais sagrado de um templo hindu encontra-se 
na torre. Trata-se de uma imagem de um deus que é utilizado para a unificação 
com o deus venerado. 
O espaço simboliza o universo, sendo rigorosamente proibida a entrada a não 
hindus.
Escrituras sagradas 
Os hindus não reconhecem uma escritura sagrada central, como os cristãos 
reconhecem a bíblia e o corão é reconhecido pelos muçulmanos. Existem, no 
entanto, uma série de textos religiosos dos quais retiram os seus ensinamentos e 
concepções. 
Vedas: sob o nome vedas (saber) é compilada a literatura religiosa mais antiga dos 
hindus. Os textos mais antigos surgiram há 3 mil anos- nenhuma religião consegue 
apresentar textos
Dança Indiana
Conclusão 
No fim deste trabalho ficámos com a noção do que é o Hinduísmo, no que 
acreditame ficámos a conhecer alguns dos seus rituais. 
É uma religião predominante na Península Indiana, porém existem crentes 
espalhados por todo o mundo. 
Trabalho realizado por: 
Catarina Ablum nº 5 9º B 
Munique Souza nº 16 9º B 
Thales Morais nº 23 9º A 
Vitalina Silva nº 23 9º B

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Religião e reigosidade 6º ano
Religião e reigosidade 6º anoReligião e reigosidade 6º ano
Religião e reigosidade 6º ano
Kamila Silvestre
 
Sociologia - Religião
Sociologia - ReligiãoSociologia - Religião
Sociologia - Religião
Paulo Alexandre
 
Diversidade religiosa!
Diversidade religiosa!Diversidade religiosa!
Diversidade religiosa!
Leonardo Pereira
 
Religiao e religiosidade
Religiao e religiosidadeReligiao e religiosidade
Religiao e religiosidade
Manoel Gamas
 
Índios brasileiros
Índios brasileirosÍndios brasileiros
Índios brasileiros
Paulo Alexandre
 
HINDUÍSMO
HINDUÍSMOHINDUÍSMO
HINDUÍSMO
Antonio Marcos
 
JUDAÍSMO
JUDAÍSMOJUDAÍSMO
RELIGIÃO 1ª AULA
RELIGIÃO 1ª AULARELIGIÃO 1ª AULA
Cristianismo
CristianismoCristianismo
Cristianismo
Carlos Vieira
 
RELIGIÃO 2ª AULA
RELIGIÃO 2ª AULA RELIGIÃO 2ª AULA
Religiões
ReligiõesReligiões
Religiões
ioseph
 
Budismo
BudismoBudismo
Hinduísmo
HinduísmoHinduísmo
Hinduísmo
Espaço Emrc
 
Budismo slide
Budismo slideBudismo slide
Resumo china e índia
Resumo   china e índiaResumo   china e índia
Resumo china e índia
Claudenilson da Silva
 
AULA DE ENSINO RELIGIOSO
AULA DE ENSINO RELIGIOSOAULA DE ENSINO RELIGIOSO
AULA DE ENSINO RELIGIOSO
elianecamera
 
Espiritualidade e mistagogia
Espiritualidade e mistagogiaEspiritualidade e mistagogia
Espiritualidade e mistagogia
Afonso Murad (FAJE)
 
Principais Religiões do Mundo
Principais Religiões do MundoPrincipais Religiões do Mundo
Principais Religiões do Mundo
Alex Ferreira dos Santos
 
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
Daniel Alves Bronstrup
 
Geografia das Religiões
Geografia das ReligiõesGeografia das Religiões
Geografia das Religiões
Luciano Emanuel Silva
 

Mais procurados (20)

Religião e reigosidade 6º ano
Religião e reigosidade 6º anoReligião e reigosidade 6º ano
Religião e reigosidade 6º ano
 
Sociologia - Religião
Sociologia - ReligiãoSociologia - Religião
Sociologia - Religião
 
Diversidade religiosa!
Diversidade religiosa!Diversidade religiosa!
Diversidade religiosa!
 
Religiao e religiosidade
Religiao e religiosidadeReligiao e religiosidade
Religiao e religiosidade
 
Índios brasileiros
Índios brasileirosÍndios brasileiros
Índios brasileiros
 
HINDUÍSMO
HINDUÍSMOHINDUÍSMO
HINDUÍSMO
 
JUDAÍSMO
JUDAÍSMOJUDAÍSMO
JUDAÍSMO
 
RELIGIÃO 1ª AULA
RELIGIÃO 1ª AULARELIGIÃO 1ª AULA
RELIGIÃO 1ª AULA
 
Cristianismo
CristianismoCristianismo
Cristianismo
 
RELIGIÃO 2ª AULA
RELIGIÃO 2ª AULA RELIGIÃO 2ª AULA
RELIGIÃO 2ª AULA
 
Religiões
ReligiõesReligiões
Religiões
 
Budismo
BudismoBudismo
Budismo
 
Hinduísmo
HinduísmoHinduísmo
Hinduísmo
 
Budismo slide
Budismo slideBudismo slide
Budismo slide
 
Resumo china e índia
Resumo   china e índiaResumo   china e índia
Resumo china e índia
 
AULA DE ENSINO RELIGIOSO
AULA DE ENSINO RELIGIOSOAULA DE ENSINO RELIGIOSO
AULA DE ENSINO RELIGIOSO
 
Espiritualidade e mistagogia
Espiritualidade e mistagogiaEspiritualidade e mistagogia
Espiritualidade e mistagogia
 
Principais Religiões do Mundo
Principais Religiões do MundoPrincipais Religiões do Mundo
Principais Religiões do Mundo
 
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
 
Geografia das Religiões
Geografia das ReligiõesGeografia das Religiões
Geografia das Religiões
 

Destaque

Trabalho de Hinduísmo
Trabalho de HinduísmoTrabalho de Hinduísmo
Trabalho de Hinduísmo
brancatemer
 
Hinduísmo..
Hinduísmo..Hinduísmo..
Hinduísmo..
Francisca Oliveira
 
HinduíSmo
HinduíSmoHinduíSmo
HinduíSmo
elvira.sequeira
 
Hínduismo
HínduismoHínduismo
Hínduismo
Virgilio
 
Hinduismo Raquel
Hinduismo  RaquelHinduismo  Raquel
Hinduísmo
HinduísmoHinduísmo
Hinduísmo
Simone Candido
 
Hinduísmo
HinduísmoHinduísmo
Hinduísmo
fespiritacrista
 
conflitos religiosos
conflitos religiosos conflitos religiosos
conflitos religiosos
Evonaldo Gonçalves Vanny
 
Hinduísmo
HinduísmoHinduísmo
Hinduísmo
maruu7
 
Hinduísmo
HinduísmoHinduísmo
Hinduísmo
BarbaraFTFernandes
 
HinduíSmo Madalena E Rute
HinduíSmo  Madalena E  RuteHinduíSmo  Madalena E  Rute
HinduíSmo Madalena E Rute
elvira.sequeira
 
Religiao hinduísmo
Religiao hinduísmoReligiao hinduísmo
Religiao hinduísmo
Luiza Schramm
 
O Fantastico Mundo Da India
O Fantastico Mundo Da IndiaO Fantastico Mundo Da India
O Fantastico Mundo Da India
Marilia Brasil
 
Origem Das Religiões
Origem Das ReligiõesOrigem Das Religiões
Origem Das Religiões
Karen
 
Cultura indiana
Cultura indianaCultura indiana
Cultura indiana
Ana Pereira
 
O Islamismo
O IslamismoO Islamismo
O Islamismo
Rosário
 
A Origem Das Religiões
A Origem Das ReligiõesA Origem Das Religiões
A Origem Das Religiões
Alexandre Ernest
 
O hinduísmo
O hinduísmoO hinduísmo
O hinduísmo
anocas_rita
 
O Mar De Aral
O Mar De Aral O Mar De Aral
O Mar De Aral
Instituto Monitor
 
áSia de monções – sul e sudeste asiático e tigres asiáticos
áSia de monções – sul e sudeste asiático e tigres asiáticosáSia de monções – sul e sudeste asiático e tigres asiáticos
áSia de monções – sul e sudeste asiático e tigres asiáticos
otaviomegda
 

Destaque (20)

Trabalho de Hinduísmo
Trabalho de HinduísmoTrabalho de Hinduísmo
Trabalho de Hinduísmo
 
Hinduísmo..
Hinduísmo..Hinduísmo..
Hinduísmo..
 
HinduíSmo
HinduíSmoHinduíSmo
HinduíSmo
 
Hínduismo
HínduismoHínduismo
Hínduismo
 
Hinduismo Raquel
Hinduismo  RaquelHinduismo  Raquel
Hinduismo Raquel
 
Hinduísmo
HinduísmoHinduísmo
Hinduísmo
 
Hinduísmo
HinduísmoHinduísmo
Hinduísmo
 
conflitos religiosos
conflitos religiosos conflitos religiosos
conflitos religiosos
 
Hinduísmo
HinduísmoHinduísmo
Hinduísmo
 
Hinduísmo
HinduísmoHinduísmo
Hinduísmo
 
HinduíSmo Madalena E Rute
HinduíSmo  Madalena E  RuteHinduíSmo  Madalena E  Rute
HinduíSmo Madalena E Rute
 
Religiao hinduísmo
Religiao hinduísmoReligiao hinduísmo
Religiao hinduísmo
 
O Fantastico Mundo Da India
O Fantastico Mundo Da IndiaO Fantastico Mundo Da India
O Fantastico Mundo Da India
 
Origem Das Religiões
Origem Das ReligiõesOrigem Das Religiões
Origem Das Religiões
 
Cultura indiana
Cultura indianaCultura indiana
Cultura indiana
 
O Islamismo
O IslamismoO Islamismo
O Islamismo
 
A Origem Das Religiões
A Origem Das ReligiõesA Origem Das Religiões
A Origem Das Religiões
 
O hinduísmo
O hinduísmoO hinduísmo
O hinduísmo
 
O Mar De Aral
O Mar De Aral O Mar De Aral
O Mar De Aral
 
áSia de monções – sul e sudeste asiático e tigres asiáticos
áSia de monções – sul e sudeste asiático e tigres asiáticosáSia de monções – sul e sudeste asiático e tigres asiáticos
áSia de monções – sul e sudeste asiático e tigres asiáticos
 

Semelhante a Hinduismo

Uma História de Múltiplas Tradições Religiosas
Uma História de Múltiplas Tradições ReligiosasUma História de Múltiplas Tradições Religiosas
Uma História de Múltiplas Tradições Religiosas
psicologiaisecensa
 
As religiões
As religiõesAs religiões
As religiões
João Jesus
 
Hinduísmo
Hinduísmo  Hinduísmo
Hinduísmo
Hellen Caroline
 
Religião,sistemade crenças,feitiçaria e magiA
Religião,sistemade crenças,feitiçaria e magiAReligião,sistemade crenças,feitiçaria e magiA
Religião,sistemade crenças,feitiçaria e magiA
JeisonBR
 
Budismo e hinduismo
Budismo e hinduismoBudismo e hinduismo
Budismo e hinduismo
Emylle Kerolayne
 
Religioes da humanidade
Religioes da humanidade  Religioes da humanidade
Religioes da humanidade
Paulo Henrique
 
Relig mund aula 2
Relig mund aula 2Relig mund aula 2
Relig mund aula 2
Keiler Vasconcelos
 
Hinduísmo
HinduísmoHinduísmo
Hinduísmo
Luísa Balbinot
 
Lei de adoracao e espiritualide
Lei de adoracao e espiritualideLei de adoracao e espiritualide
Lei de adoracao e espiritualide
Claudio Macedo
 
Hinduismo resumo
Hinduismo resumoHinduismo resumo
Hinduismo resumo
Williams Ferreira
 
Hinduismo
HinduismoHinduismo
Hinduismo
infoAndreia
 
Hinduísmo
HinduísmoHinduísmo
Hinduísmo
infoAndreia
 
Religiões da humanidade.
Religiões da humanidade.Religiões da humanidade.
Religiões da humanidade.
Over Lane
 
Religioes da humanidade
Religioes da humanidadeReligioes da humanidade
Religioes da humanidade
Over Lane
 
Slides hinduismo
Slides hinduismoSlides hinduismo
Slides hinduismo
LuisBueno47
 
Religiões da humanidade
Religiões da humanidadeReligiões da humanidade
Religiões da humanidade
Over Lane
 
IBADEP MÉDIO - RELIGIÕES E SEITAS AULA 2
IBADEP MÉDIO - RELIGIÕES E SEITAS AULA 2 IBADEP MÉDIO - RELIGIÕES E SEITAS AULA 2
IBADEP MÉDIO - RELIGIÕES E SEITAS AULA 2
Rubens Sohn
 
Cultura indiana
Cultura indiana Cultura indiana
Cultura indiana
WESLLEY PEREIRA
 
A índia de weber e dumont
A índia de weber e dumontA índia de weber e dumont
A índia de weber e dumont
Douglas Evangelista
 
Hinduísmo
HinduísmoHinduísmo
Hinduísmo
Tiago de Campos
 

Semelhante a Hinduismo (20)

Uma História de Múltiplas Tradições Religiosas
Uma História de Múltiplas Tradições ReligiosasUma História de Múltiplas Tradições Religiosas
Uma História de Múltiplas Tradições Religiosas
 
As religiões
As religiõesAs religiões
As religiões
 
Hinduísmo
Hinduísmo  Hinduísmo
Hinduísmo
 
Religião,sistemade crenças,feitiçaria e magiA
Religião,sistemade crenças,feitiçaria e magiAReligião,sistemade crenças,feitiçaria e magiA
Religião,sistemade crenças,feitiçaria e magiA
 
Budismo e hinduismo
Budismo e hinduismoBudismo e hinduismo
Budismo e hinduismo
 
Religioes da humanidade
Religioes da humanidade  Religioes da humanidade
Religioes da humanidade
 
Relig mund aula 2
Relig mund aula 2Relig mund aula 2
Relig mund aula 2
 
Hinduísmo
HinduísmoHinduísmo
Hinduísmo
 
Lei de adoracao e espiritualide
Lei de adoracao e espiritualideLei de adoracao e espiritualide
Lei de adoracao e espiritualide
 
Hinduismo resumo
Hinduismo resumoHinduismo resumo
Hinduismo resumo
 
Hinduismo
HinduismoHinduismo
Hinduismo
 
Hinduísmo
HinduísmoHinduísmo
Hinduísmo
 
Religiões da humanidade.
Religiões da humanidade.Religiões da humanidade.
Religiões da humanidade.
 
Religioes da humanidade
Religioes da humanidadeReligioes da humanidade
Religioes da humanidade
 
Slides hinduismo
Slides hinduismoSlides hinduismo
Slides hinduismo
 
Religiões da humanidade
Religiões da humanidadeReligiões da humanidade
Religiões da humanidade
 
IBADEP MÉDIO - RELIGIÕES E SEITAS AULA 2
IBADEP MÉDIO - RELIGIÕES E SEITAS AULA 2 IBADEP MÉDIO - RELIGIÕES E SEITAS AULA 2
IBADEP MÉDIO - RELIGIÕES E SEITAS AULA 2
 
Cultura indiana
Cultura indiana Cultura indiana
Cultura indiana
 
A índia de weber e dumont
A índia de weber e dumontA índia de weber e dumont
A índia de weber e dumont
 
Hinduísmo
HinduísmoHinduísmo
Hinduísmo
 

Mais de Júpiter Morais

Esquematização sobre a 1ª república portuguesa
Esquematização sobre a 1ª república portuguesaEsquematização sobre a 1ª república portuguesa
Esquematização sobre a 1ª república portuguesa
Júpiter Morais
 
Biografia de Gil Vicente
Biografia de Gil VicenteBiografia de Gil Vicente
Biografia de Gil Vicente
Júpiter Morais
 
Distúrbios alimentares - Anorexia
Distúrbios alimentares - AnorexiaDistúrbios alimentares - Anorexia
Distúrbios alimentares - Anorexia
Júpiter Morais
 
Les frères lumière
Les frères lumièreLes frères lumière
Les frères lumière
Júpiter Morais
 
Tipo de raça: Rottweiler
Tipo de raça: RottweilerTipo de raça: Rottweiler
Tipo de raça: Rottweiler
Júpiter Morais
 
Tipo de raça: Rottweiler
Tipo de raça: RottweilerTipo de raça: Rottweiler
Tipo de raça: Rottweiler
Júpiter Morais
 
Museologia
MuseologiaMuseologia
Museologia
Júpiter Morais
 
O que é uma epopeia
O que é uma epopeiaO que é uma epopeia
O que é uma epopeia
Júpiter Morais
 
Evolução sobre os modelos atómicos
Evolução sobre os modelos atómicosEvolução sobre os modelos atómicos
Evolução sobre os modelos atómicos
Júpiter Morais
 
História do café
História do caféHistória do café
História do café
Júpiter Morais
 

Mais de Júpiter Morais (10)

Esquematização sobre a 1ª república portuguesa
Esquematização sobre a 1ª república portuguesaEsquematização sobre a 1ª república portuguesa
Esquematização sobre a 1ª república portuguesa
 
Biografia de Gil Vicente
Biografia de Gil VicenteBiografia de Gil Vicente
Biografia de Gil Vicente
 
Distúrbios alimentares - Anorexia
Distúrbios alimentares - AnorexiaDistúrbios alimentares - Anorexia
Distúrbios alimentares - Anorexia
 
Les frères lumière
Les frères lumièreLes frères lumière
Les frères lumière
 
Tipo de raça: Rottweiler
Tipo de raça: RottweilerTipo de raça: Rottweiler
Tipo de raça: Rottweiler
 
Tipo de raça: Rottweiler
Tipo de raça: RottweilerTipo de raça: Rottweiler
Tipo de raça: Rottweiler
 
Museologia
MuseologiaMuseologia
Museologia
 
O que é uma epopeia
O que é uma epopeiaO que é uma epopeia
O que é uma epopeia
 
Evolução sobre os modelos atómicos
Evolução sobre os modelos atómicosEvolução sobre os modelos atómicos
Evolução sobre os modelos atómicos
 
História do café
História do caféHistória do café
História do café
 

Último

UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Centro Jacques Delors
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Centro Jacques Delors
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
SidneySilva523387
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
AdrianoMontagna1
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
ElinarioCosta
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
GracinhaSantos6
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 

Último (20)

UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 

Hinduismo

  • 2. Introdução O hinduísmo é uma tradição religiosa originária da península indiana, em que os seus crentes são politeístas. Professa três deuses principais: Brahma Vixnu Shiva
  • 3.
  • 4. Origem da religião O hinduísmo não tem um só fundador, na verdade é uma religião composta por uma intersecção de valores, filosofias e crenças originárias de diferentes povos e culturas. Acredita-se que esta religião nasceu no ano 1500 a.C. e foi estabelecida pelos invasores arianos da Índia. Segundo ensina o Hinduísmo, os Vedas contêm as verdades eternas. Os seres e as coisas estão organizados em castas e a posição do Homem em cada casta é definida pelo seu karma. Estátua de Shiva em meditação (yoga)
  • 5. Principais locais de culto O Rio Ganges, na cidade de Varanasi, na Índia é o local mais sagrado para os hindus. Segundo a tradição hindu, quem morre em Varanasi vai directamente para o céu.
  • 7. Locais de peregrinação Os hindus conservam a tradição de peregrinação aos rios sagrados, aos templos e a certos lugares de grande beleza. É considerado santo todo o território da Índia, e especialmente Kurukshetra, onde foi travada a grande guerra descrita no Mahabharata. Templo em Kurukshetra
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11. Símbolos e significados OM ou AUM Este símbolo é realmente uma sílaba sagrada que representa o Brahman ou o Absoluto - a fonte de toda existência. Brahman, em si, é incompreensível então um símbolo é obrigatório para nos ajudar a entende-lo. Om é também usado para significar a divindade e autoridade. Suástica" O termo é uma fusão de "su" (bom) e "Asati" (a existir), o que significa quando combinado "Que Bom prevalecer". Historiadores dizem que a suástica podem ter representado uma verdadeira estrutura e que, em tempos antigos foram construídos por razões de defesa e por seu poder de proteção e desta forma começou a ser santificado.
  • 12. Divisões internas Hinduísmo Vixnuísmo Xivaísmo Shaktismo
  • 13.
  • 14. Conflitos interculturais São comuns os conflitos entre hindus e muçulmanos, muitas vezes sem razão, apenas por coexistirem uns com os outros. Gandhi foi um famoso hindu que vivia segundo cinco ideais: igualdade, dizer não ao álcool e às drogas, unidade hindu - muçulmano, amizade e igualdade para as mulheres.
  • 15. Hinduísmo em Portugal Actualmente, existe uma Comunidade Hindu em Portugal de aproximadamente 15 000 pessoas, entre as quais 11 mil localizam-se em Lisboa.
  • 16. As Cerimónias As cerimónias decorrem nos templos geralmente decorados de forma sumptuosa. Aqui são também realizados os rituais de sacrifício. Durante as procissões são conduzidos pelas ruas enormes carros que carregam as imagens dos deuses. Além disso, é celebrado um grande número de festas em homenagem aos deuses. Templos: para os hindus, o templo representa o ponto de intersecção entre o mundo divino e o mundo humano. O elemento mais sagrado de um templo hindu encontra-se na torre. Trata-se de uma imagem de um deus que é utilizado para a unificação com o deus venerado. O espaço simboliza o universo, sendo rigorosamente proibida a entrada a não hindus.
  • 17. Escrituras sagradas Os hindus não reconhecem uma escritura sagrada central, como os cristãos reconhecem a bíblia e o corão é reconhecido pelos muçulmanos. Existem, no entanto, uma série de textos religiosos dos quais retiram os seus ensinamentos e concepções. Vedas: sob o nome vedas (saber) é compilada a literatura religiosa mais antiga dos hindus. Os textos mais antigos surgiram há 3 mil anos- nenhuma religião consegue apresentar textos
  • 19. Conclusão No fim deste trabalho ficámos com a noção do que é o Hinduísmo, no que acreditame ficámos a conhecer alguns dos seus rituais. É uma religião predominante na Península Indiana, porém existem crentes espalhados por todo o mundo. Trabalho realizado por: Catarina Ablum nº 5 9º B Munique Souza nº 16 9º B Thales Morais nº 23 9º A Vitalina Silva nº 23 9º B

Notas do Editor

  1. Nova Deli, Índia
  2. Templo Ulun Danu, em Bali
  3. Taj Mahal
  4. Prasat Kravan, um templo Hindu do séc. 10, dedicado a Vishnu, em Cambodja
  5. Taj Mahal Shaktismo – deusa shakti