SlideShare uma empresa Scribd logo
Física quântica
“Quando uma partícula passa de uma situação
                partí                   situaç
de maior energia para outra de menor, ou vice
versa, a energia é perdida ou recebida por meio Max Planck-1900
                                                    Planck-
     pacotes”
de “ pacotes” , esses pacotes recebem o nome de
                   quantum).”
quanta (plural de quantum).”


         Essa teoria foi utilizada por Bohr na
         elaboração de seu modelo.
         elaboraç
Os postulados de Bohr
1º - a eletrosfera do átomo está dividida em camadas ou níveis de energia,
                            está
 onde os elétrons descrevem órbitas circulares estacionárias, de modo a ter
         elé                                   estacionárias,
        constante,
energia constante, ou seja, sem emitirem nem absorverem energia.
Os postulados de Bohr
2º -Ao fornecer energia (elétrica ou térmica) para um átomo, um ou mais
                        (el
                         elé         térmica)
elé
elétrons a absorvem , saltando para níveis mais afastados do núcleo
                                      ní                      nú
      energéticos),
(mais energéticos), ao voltarem para a sua órbita original emitem tal
                         visí
energia na forma de luz visível.

Exemplo:
Exemplo: a queima de fogos de artifício.
                              artifí
O modelo atômico de Bohr
Sommerfeld-
   O modelo de Sommerfeld-1916
                   aperfeiç
      Sommerfeld aperfeiçoou o modelo de Bohr, descrevendo órbitas
elí
elípticas para os elétrons que teriam diferentes energias dependendo
                  elé
da órbita descrita.

Os elétrons se distribuem na eletrosfera em níveis e subníveis(s,p,d e f)
   elé                                               subníveis(s,p,d
A divisão da eletrosfera em
         subní
níveis e subníveis de energia
O modelo atual - orbitais
              Princí
              Princípio de dualidade – a todo elétron em movimento
                                               elé
              está                      caracterí               elé
              está associado uma onda característica. Assim o elétron
                                    ondulató
              obedeceria as leis da ondulatória (como a luz e o som),
                                         partí
              tendo um comportamento partícula/onda.
De Broglie




               Princí
               Princípio da incerteza ou de Heinsemberg – É
               impossí                   posiç
               impossível determinar a posição e a velocidade de
                   elé
               um elétron num dado instante.

Heinsemberg
O modelo atômico dos orbitais
        – 1924 a 1927 -
                        espaç              nú
Orbital - é a região do espaço em torno do núcleo, onde a probabilidade
                   elé
De se encontrar o elétron é máxima.



                                                Orbital -p- em forma
    Orbital -s- esférico
                esfé                                 de halteres
A distribuição eletrônica em subníveis de
 energia – o diagrama de Linus Pauling

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Unidade 3 – física moderna
Unidade 3 – física modernaUnidade 3 – física moderna
Unidade 3 – física moderna
Diogo Carneiro
 
Modelo atômico
Modelo atômicoModelo atômico
Modelo atômico
Davi Gonçalves Valério
 
Aula 06 – Introdução à Física Quântica II
Aula 06 – Introdução à Física Quântica IIAula 06 – Introdução à Física Quântica II
Aula 06 – Introdução à Física Quântica II
Newton Silva
 
Aula 5 - Introdução à Quântica
Aula 5 -  Introdução à QuânticaAula 5 -  Introdução à Quântica
Aula 5 - Introdução à Quântica
Newton Silva
 
Resumo de conceitos_da_mecanica_quantica
Resumo de conceitos_da_mecanica_quanticaResumo de conceitos_da_mecanica_quantica
Resumo de conceitos_da_mecanica_quantica
Sebastião Pinto
 
Física quantica (parte 1)
Física quantica  (parte 1)Física quantica  (parte 1)
Física quantica (parte 1)
Charlesguidotti
 
Aula 2: Concepções científicas acerca do átomo
Aula 2: Concepções científicas acerca do átomoAula 2: Concepções científicas acerca do átomo
Aula 2: Concepções científicas acerca do átomo
Newton Silva
 
Física moderna
Física modernaFísica moderna
Física moderna
Fabricio Scheffer
 
Física Quântica
Física QuânticaFísica Quântica
Física Quântica
Kim Evy
 
Fisica moderna
Fisica modernaFisica moderna
Fisica moderna
dalgo
 
A luz: Onda ou Partícula?
A luz: Onda ou Partícula?A luz: Onda ou Partícula?
A luz: Onda ou Partícula?
Marivane Biazus
 
Aula 3: Concepções Científicas do Átomo II
Aula 3: Concepções Científicas do Átomo IIAula 3: Concepções Científicas do Átomo II
Aula 3: Concepções Científicas do Átomo II
Newton Silva
 
Teoria De Planck Para A Radia O Do Corpo Negro
Teoria De Planck Para A Radia O Do Corpo NegroTeoria De Planck Para A Radia O Do Corpo Negro
Teoria De Planck Para A Radia O Do Corpo Negro
Cristiane Tavolaro
 
Física moderna
Física modernaFísica moderna
Física moderna
Venê Oliveira
 
Fisica sec xx
Fisica sec xxFisica sec xx
Fisica sec xx
Antonio Carneiro
 
Fisica Sec Xx
Fisica Sec XxFisica Sec Xx
Fisica Sec Xx
Carlos Castro
 
Fisica Sec Xx
Fisica Sec XxFisica Sec Xx
Fisica Sec Xx
guestbf5561
 
Física Moderna I
Física Moderna IFísica Moderna I
Física Moderna I
Ubirajara Neves
 
Kuantica
KuanticaKuantica
Kuantica
Rildo Borges
 
A Física do século XX
A Física do século XXA Física do século XX
A Física do século XX
Editora Moderna
 

Mais procurados (20)

Unidade 3 – física moderna
Unidade 3 – física modernaUnidade 3 – física moderna
Unidade 3 – física moderna
 
Modelo atômico
Modelo atômicoModelo atômico
Modelo atômico
 
Aula 06 – Introdução à Física Quântica II
Aula 06 – Introdução à Física Quântica IIAula 06 – Introdução à Física Quântica II
Aula 06 – Introdução à Física Quântica II
 
Aula 5 - Introdução à Quântica
Aula 5 -  Introdução à QuânticaAula 5 -  Introdução à Quântica
Aula 5 - Introdução à Quântica
 
Resumo de conceitos_da_mecanica_quantica
Resumo de conceitos_da_mecanica_quanticaResumo de conceitos_da_mecanica_quantica
Resumo de conceitos_da_mecanica_quantica
 
Física quantica (parte 1)
Física quantica  (parte 1)Física quantica  (parte 1)
Física quantica (parte 1)
 
Aula 2: Concepções científicas acerca do átomo
Aula 2: Concepções científicas acerca do átomoAula 2: Concepções científicas acerca do átomo
Aula 2: Concepções científicas acerca do átomo
 
Física moderna
Física modernaFísica moderna
Física moderna
 
Física Quântica
Física QuânticaFísica Quântica
Física Quântica
 
Fisica moderna
Fisica modernaFisica moderna
Fisica moderna
 
A luz: Onda ou Partícula?
A luz: Onda ou Partícula?A luz: Onda ou Partícula?
A luz: Onda ou Partícula?
 
Aula 3: Concepções Científicas do Átomo II
Aula 3: Concepções Científicas do Átomo IIAula 3: Concepções Científicas do Átomo II
Aula 3: Concepções Científicas do Átomo II
 
Teoria De Planck Para A Radia O Do Corpo Negro
Teoria De Planck Para A Radia O Do Corpo NegroTeoria De Planck Para A Radia O Do Corpo Negro
Teoria De Planck Para A Radia O Do Corpo Negro
 
Física moderna
Física modernaFísica moderna
Física moderna
 
Fisica sec xx
Fisica sec xxFisica sec xx
Fisica sec xx
 
Fisica Sec Xx
Fisica Sec XxFisica Sec Xx
Fisica Sec Xx
 
Fisica Sec Xx
Fisica Sec XxFisica Sec Xx
Fisica Sec Xx
 
Física Moderna I
Física Moderna IFísica Moderna I
Física Moderna I
 
Kuantica
KuanticaKuantica
Kuantica
 
A Física do século XX
A Física do século XXA Física do século XX
A Física do século XX
 

Semelhante a Física - Física Quântica

Evolução atomica 2015
Evolução atomica 2015Evolução atomica 2015
Evolução atomica 2015
Enio Silva De Lima
 
Aulas 3 e 4 - Modelos Atômicos Modernos
Aulas 3 e 4 - Modelos Atômicos ModernosAulas 3 e 4 - Modelos Atômicos Modernos
Aulas 3 e 4 - Modelos Atômicos Modernos
Felipe Ribeiro de Siqueira
 
Explicação e exercícios sobre Química Orgânica.
Explicação e exercícios sobre Química Orgânica.Explicação e exercícios sobre Química Orgânica.
Explicação e exercícios sobre Química Orgânica.
Mara Farias
 
Química inorgânica
Química inorgânica Química inorgânica
Química inorgânica
Alex Junior
 
Quimica i quimica_inorganica
Quimica i quimica_inorganicaQuimica i quimica_inorganica
Quimica i quimica_inorganica
joogolombori
 
Apostila inorganica ufjf
Apostila inorganica ufjfApostila inorganica ufjf
Apostila inorganica ufjf
Pedro Santos
 
Estrutura atômica
Estrutura atômicaEstrutura atômica
Estrutura atômica
quimicabare
 
Modelo de bohr
Modelo de bohrModelo de bohr
Modelo de bohr
Joanan Oliveira
 
Aula modelo atômico Bohr 2012
Aula modelo atômico Bohr   2012Aula modelo atômico Bohr   2012
Aula modelo atômico Bohr 2012
José Marcelo Cangemi
 
Aula modelo atômico bohr 2013 - coc
Aula modelo atômico bohr   2013 - cocAula modelo atômico bohr   2013 - coc
Aula modelo atômico bohr 2013 - coc
José Marcelo Cangemi
 
Quimica
QuimicaQuimica
Quimica
vitor
 
Trabalho de quimica Modelo de Niels Bohr
Trabalho de quimica Modelo de Niels BohrTrabalho de quimica Modelo de Niels Bohr
Trabalho de quimica Modelo de Niels Bohr
Rute Queren
 
Modelos atômicos
Modelos atômicosModelos atômicos
Modelos atômicos
gatona1edila
 
Modelos atômicos
Modelos atômicosModelos atômicos
Modelos atômicos
gatona1edila
 
Modelos atômicos e Processos de Eletrização
Modelos atômicos e Processos de EletrizaçãoModelos atômicos e Processos de Eletrização
Modelos atômicos e Processos de Eletrização
Wellington Sampaio
 
Aula modelo atômico bohr 2013
Aula modelo atômico bohr   2013Aula modelo atômico bohr   2013
Aula modelo atômico bohr 2013
José Marcelo Cangemi
 
Estrutura atômica
Estrutura atômicaEstrutura atômica
Estrutura atômica
Lucas Mariano da Cunha e Silva
 
Kuantica
KuanticaKuantica
Kuantica
Rildo Borges
 
AtomíStica
AtomíSticaAtomíStica
Evolução do modelo atômico
Evolução do modelo atômicoEvolução do modelo atômico
Evolução do modelo atômico
Flávia Vasconcelos
 

Semelhante a Física - Física Quântica (20)

Evolução atomica 2015
Evolução atomica 2015Evolução atomica 2015
Evolução atomica 2015
 
Aulas 3 e 4 - Modelos Atômicos Modernos
Aulas 3 e 4 - Modelos Atômicos ModernosAulas 3 e 4 - Modelos Atômicos Modernos
Aulas 3 e 4 - Modelos Atômicos Modernos
 
Explicação e exercícios sobre Química Orgânica.
Explicação e exercícios sobre Química Orgânica.Explicação e exercícios sobre Química Orgânica.
Explicação e exercícios sobre Química Orgânica.
 
Química inorgânica
Química inorgânica Química inorgânica
Química inorgânica
 
Quimica i quimica_inorganica
Quimica i quimica_inorganicaQuimica i quimica_inorganica
Quimica i quimica_inorganica
 
Apostila inorganica ufjf
Apostila inorganica ufjfApostila inorganica ufjf
Apostila inorganica ufjf
 
Estrutura atômica
Estrutura atômicaEstrutura atômica
Estrutura atômica
 
Modelo de bohr
Modelo de bohrModelo de bohr
Modelo de bohr
 
Aula modelo atômico Bohr 2012
Aula modelo atômico Bohr   2012Aula modelo atômico Bohr   2012
Aula modelo atômico Bohr 2012
 
Aula modelo atômico bohr 2013 - coc
Aula modelo atômico bohr   2013 - cocAula modelo atômico bohr   2013 - coc
Aula modelo atômico bohr 2013 - coc
 
Quimica
QuimicaQuimica
Quimica
 
Trabalho de quimica Modelo de Niels Bohr
Trabalho de quimica Modelo de Niels BohrTrabalho de quimica Modelo de Niels Bohr
Trabalho de quimica Modelo de Niels Bohr
 
Modelos atômicos
Modelos atômicosModelos atômicos
Modelos atômicos
 
Modelos atômicos
Modelos atômicosModelos atômicos
Modelos atômicos
 
Modelos atômicos e Processos de Eletrização
Modelos atômicos e Processos de EletrizaçãoModelos atômicos e Processos de Eletrização
Modelos atômicos e Processos de Eletrização
 
Aula modelo atômico bohr 2013
Aula modelo atômico bohr   2013Aula modelo atômico bohr   2013
Aula modelo atômico bohr 2013
 
Estrutura atômica
Estrutura atômicaEstrutura atômica
Estrutura atômica
 
Kuantica
KuanticaKuantica
Kuantica
 
AtomíStica
AtomíSticaAtomíStica
AtomíStica
 
Evolução do modelo atômico
Evolução do modelo atômicoEvolução do modelo atômico
Evolução do modelo atômico
 

Mais de Carson Souza

Sociologia - Principais teoricos da sociologia
Sociologia - Principais teoricos da sociologiaSociologia - Principais teoricos da sociologia
Sociologia - Principais teoricos da sociologia
Carson Souza
 
História - Antiguidade Ocidental ou Clássica
História - Antiguidade Ocidental ou ClássicaHistória - Antiguidade Ocidental ou Clássica
História - Antiguidade Ocidental ou Clássica
Carson Souza
 
História - Mundo Grego
História -  Mundo GregoHistória -  Mundo Grego
História - Mundo Grego
Carson Souza
 
Neoclassicismo no Brasil - História da Arte.
Neoclassicismo no Brasil - História da Arte.Neoclassicismo no Brasil - História da Arte.
Neoclassicismo no Brasil - História da Arte.
Carson Souza
 
Influência da Cultura Holandesa no Brasil - História da Arte
Influência da Cultura Holandesa no Brasil - História da ArteInfluência da Cultura Holandesa no Brasil - História da Arte
Influência da Cultura Holandesa no Brasil - História da Arte
Carson Souza
 
Sistema Cardiovascular - Biologia
Sistema Cardiovascular - BiologiaSistema Cardiovascular - Biologia
Sistema Cardiovascular - Biologia
Carson Souza
 
Espanhol - Preposiciones
Espanhol - PreposicionesEspanhol - Preposiciones
Espanhol - Preposiciones
Carson Souza
 
História - Mundo Grego
História - Mundo GregoHistória - Mundo Grego
História - Mundo Grego
Carson Souza
 
Geografia - Indústria Brasileira
Geografia - Indústria BrasileiraGeografia - Indústria Brasileira
Geografia - Indústria Brasileira
Carson Souza
 
Sociologia - O socialismo e o Homem em cuba
Sociologia - O socialismo e o Homem em cubaSociologia - O socialismo e o Homem em cuba
Sociologia - O socialismo e o Homem em cuba
Carson Souza
 
Gramática - Que, Se e Como
Gramática - Que, Se e ComoGramática - Que, Se e Como
Gramática - Que, Se e Como
Carson Souza
 
Literatura - Figuras Linguagem
Literatura - Figuras LinguagemLiteratura - Figuras Linguagem
Literatura - Figuras Linguagem
Carson Souza
 
Física - Ondas
Física - OndasFísica - Ondas
Física - Ondas
Carson Souza
 
Literatura - Vanguarda Européia
Literatura - Vanguarda EuropéiaLiteratura - Vanguarda Européia
Literatura - Vanguarda Européia
Carson Souza
 
Química - Radioatividade
Química - RadioatividadeQuímica - Radioatividade
Química - Radioatividade
Carson Souza
 
Chernobyl
ChernobylChernobyl
Chernobyl
Carson Souza
 
Química - Reações Orgânicas
Química - Reações OrgânicasQuímica - Reações Orgânicas
Química - Reações Orgânicas
Carson Souza
 
Química Orgânica - Funções Orgânicas Oxigenadas e Nitrogenadas
Química Orgânica - Funções Orgânicas Oxigenadas e NitrogenadasQuímica Orgânica - Funções Orgânicas Oxigenadas e Nitrogenadas
Química Orgânica - Funções Orgânicas Oxigenadas e Nitrogenadas
Carson Souza
 
Química Orgânica - Nomenclatura de Compostos Orgânicos e Hidrocarbonetos
Química Orgânica - Nomenclatura de Compostos Orgânicos e HidrocarbonetosQuímica Orgânica - Nomenclatura de Compostos Orgânicos e Hidrocarbonetos
Química Orgânica - Nomenclatura de Compostos Orgânicos e Hidrocarbonetos
Carson Souza
 
Química - Eletrólise
Química - EletróliseQuímica - Eletrólise
Química - Eletrólise
Carson Souza
 

Mais de Carson Souza (20)

Sociologia - Principais teoricos da sociologia
Sociologia - Principais teoricos da sociologiaSociologia - Principais teoricos da sociologia
Sociologia - Principais teoricos da sociologia
 
História - Antiguidade Ocidental ou Clássica
História - Antiguidade Ocidental ou ClássicaHistória - Antiguidade Ocidental ou Clássica
História - Antiguidade Ocidental ou Clássica
 
História - Mundo Grego
História -  Mundo GregoHistória -  Mundo Grego
História - Mundo Grego
 
Neoclassicismo no Brasil - História da Arte.
Neoclassicismo no Brasil - História da Arte.Neoclassicismo no Brasil - História da Arte.
Neoclassicismo no Brasil - História da Arte.
 
Influência da Cultura Holandesa no Brasil - História da Arte
Influência da Cultura Holandesa no Brasil - História da ArteInfluência da Cultura Holandesa no Brasil - História da Arte
Influência da Cultura Holandesa no Brasil - História da Arte
 
Sistema Cardiovascular - Biologia
Sistema Cardiovascular - BiologiaSistema Cardiovascular - Biologia
Sistema Cardiovascular - Biologia
 
Espanhol - Preposiciones
Espanhol - PreposicionesEspanhol - Preposiciones
Espanhol - Preposiciones
 
História - Mundo Grego
História - Mundo GregoHistória - Mundo Grego
História - Mundo Grego
 
Geografia - Indústria Brasileira
Geografia - Indústria BrasileiraGeografia - Indústria Brasileira
Geografia - Indústria Brasileira
 
Sociologia - O socialismo e o Homem em cuba
Sociologia - O socialismo e o Homem em cubaSociologia - O socialismo e o Homem em cuba
Sociologia - O socialismo e o Homem em cuba
 
Gramática - Que, Se e Como
Gramática - Que, Se e ComoGramática - Que, Se e Como
Gramática - Que, Se e Como
 
Literatura - Figuras Linguagem
Literatura - Figuras LinguagemLiteratura - Figuras Linguagem
Literatura - Figuras Linguagem
 
Física - Ondas
Física - OndasFísica - Ondas
Física - Ondas
 
Literatura - Vanguarda Européia
Literatura - Vanguarda EuropéiaLiteratura - Vanguarda Européia
Literatura - Vanguarda Européia
 
Química - Radioatividade
Química - RadioatividadeQuímica - Radioatividade
Química - Radioatividade
 
Chernobyl
ChernobylChernobyl
Chernobyl
 
Química - Reações Orgânicas
Química - Reações OrgânicasQuímica - Reações Orgânicas
Química - Reações Orgânicas
 
Química Orgânica - Funções Orgânicas Oxigenadas e Nitrogenadas
Química Orgânica - Funções Orgânicas Oxigenadas e NitrogenadasQuímica Orgânica - Funções Orgânicas Oxigenadas e Nitrogenadas
Química Orgânica - Funções Orgânicas Oxigenadas e Nitrogenadas
 
Química Orgânica - Nomenclatura de Compostos Orgânicos e Hidrocarbonetos
Química Orgânica - Nomenclatura de Compostos Orgânicos e HidrocarbonetosQuímica Orgânica - Nomenclatura de Compostos Orgânicos e Hidrocarbonetos
Química Orgânica - Nomenclatura de Compostos Orgânicos e Hidrocarbonetos
 
Química - Eletrólise
Química - EletróliseQuímica - Eletrólise
Química - Eletrólise
 

Física - Física Quântica

  • 1. Física quântica “Quando uma partícula passa de uma situação partí situaç de maior energia para outra de menor, ou vice versa, a energia é perdida ou recebida por meio Max Planck-1900 Planck- pacotes” de “ pacotes” , esses pacotes recebem o nome de quantum).” quanta (plural de quantum).” Essa teoria foi utilizada por Bohr na elaboração de seu modelo. elaboraç
  • 2. Os postulados de Bohr 1º - a eletrosfera do átomo está dividida em camadas ou níveis de energia, está onde os elétrons descrevem órbitas circulares estacionárias, de modo a ter elé estacionárias, constante, energia constante, ou seja, sem emitirem nem absorverem energia.
  • 3. Os postulados de Bohr 2º -Ao fornecer energia (elétrica ou térmica) para um átomo, um ou mais (el elé térmica) elé elétrons a absorvem , saltando para níveis mais afastados do núcleo ní nú energéticos), (mais energéticos), ao voltarem para a sua órbita original emitem tal visí energia na forma de luz visível. Exemplo: Exemplo: a queima de fogos de artifício. artifí
  • 5. Sommerfeld- O modelo de Sommerfeld-1916 aperfeiç Sommerfeld aperfeiçoou o modelo de Bohr, descrevendo órbitas elí elípticas para os elétrons que teriam diferentes energias dependendo elé da órbita descrita. Os elétrons se distribuem na eletrosfera em níveis e subníveis(s,p,d e f) elé subníveis(s,p,d
  • 6. A divisão da eletrosfera em subní níveis e subníveis de energia
  • 7. O modelo atual - orbitais Princí Princípio de dualidade – a todo elétron em movimento elé está caracterí elé está associado uma onda característica. Assim o elétron ondulató obedeceria as leis da ondulatória (como a luz e o som), partí tendo um comportamento partícula/onda. De Broglie Princí Princípio da incerteza ou de Heinsemberg – É impossí posiç impossível determinar a posição e a velocidade de elé um elétron num dado instante. Heinsemberg
  • 8. O modelo atômico dos orbitais – 1924 a 1927 - espaç nú Orbital - é a região do espaço em torno do núcleo, onde a probabilidade elé De se encontrar o elétron é máxima. Orbital -p- em forma Orbital -s- esférico esfé de halteres
  • 9. A distribuição eletrônica em subníveis de energia – o diagrama de Linus Pauling