SlideShare uma empresa Scribd logo
Medicina veterinária – UFPR
Residência em clínica médica de pequenos – UTP
Especialização em clínica médica de felinos – Qualittas
Mestrado em ciências veterinárias – UFPR
Doutoranda em ciências veterinárias – UFPR
Carolina Trochmann Cordeiro
• Retrovírus da subfamília Oncornavírus
• Replicação em diversos tecidos (medula óssea,
glândulas salivares, epitélio respiratório...)
• Objetivo de vida (tropismo): Medula Óssea
J Feline Med Surg 2009; 11: 565-574 ; J Feline Med Surg 2013; 15: 534-535
Subtipos FELV:
FELV – A = forma transmissível - viremia
transitória ou anemia hemolítica e linfoma
FELV – B = Neoplasias – Linfoma e
Leucemia
FELV – C = Desordens hematopoiéticas
(Anemia)
FELV – T = Imunossupressão
• Retrovírus do gênero Lentivirus
• Mesma família e subfamília do HIV
• Sem possibilidade de zoonose
• Objetivo de vida (tropismo): Linfócitos T CD4
• Linfócitos T ? ?
• Células de Defesa ? ?
• Imunossupressão por
vírus ? ?
• Abscessos:
2 – 3 meses após são +
• Machos: Fêmeas 3:1
• Semi domiciliados
• Menos sociais
• Machos jovens não castrados
• Colônias
• Estresse
Inoculação Vírus
Infecção de
Linfócitos B
Linfócitos T
Macrófagos
Redução CD4
Alteração citocinas
Progressiva
disfunção imune
Infecções
oportunistas
Neoplasias
Aumento da viremia
Disseminação em
órgãos linfóides
Supressão não
específica fatores de
CD8
8 - 12
Semanas
Idade do animal
Subtipo viral
Anticorpos
2 - 4 semanas
Quantidade inoculada
Via de inoculação
•ELISA – anticorpos
•PCR – antígeno
• SNAP – e contato recente
• Repete (60 dias após contato)
• *6 meses
• SNAP – e teimosia
• Fase terminal
• Troca de teste
• SNAP +
• Filhote = Ac materno até 16 semanas
de idade (*2 meses)
• Sangue total = falso positivo
• Vacina (EUA)
Saliva
1 ml =
1 milhão de partículas virais
Transfusão !
Fezes, urina,
secreção nasal,
venérea e vertical
* Vírus facilmente inativado
(desinfetantes,sabão, ...)
* 20 min em meio seco
+ tempo em meio úmido
• Gatos em colônias (?)
• Maior sociabilidade
• Filhotes
• 3 meses de idade (+++)
• após 6 meses (++)
• > 1 ano - imunidade natural
• Exposição contínua
J Feline Med Surg 2009; 11: 565-574
J Feline Med Surg 2013; 15: 534-535
Infecção
Linfóide
Sistêmica
Viremia
60-70 % dos gatos
- Eliminação
10 % dos gatos
- Infecção latente
(medula óssea)
20 – 30 % dos
gatos
- Viremia
Persistente
MacrofagosLinfócito
s
Infecção
Linfóide
Sistêmica 20 – 30 % dos
gatos
- Viremia
Persistente
Leucócitos, plaquetas, linfócitos...
M.O.
Intestino
Vírus circulante no sangue
• IFI
Leucócitos, Linfócitos, Plaquetas, . . .
• PCR
Em qualquer célula, tecido ou sangue
que CONTENHA o vírus ou partes dele Viremia
DNA
Viremia transitória
•Apatia, febre e
linfoadenomegalia
ELISA +
IFI -
PCR +
GREENE C. E. (Ed.). . Infectious
diseases of the dog and cat. 2012.
Viremia
• 3 a 6 semanas
• Infecção da medula
óssea
ELISA +
IFI +
PCR +
Infecção Progressiva
• 3% “Isolado”
• 30% Colônias
• Morte em até 3 anos
ELISA +
IFI +
PCR +
Como eu sei quem está
com a medula óssea
infectada e está
definitivamente FELV+ ?
Viremia transitória
ELISA +
IFI -
PCR +
Viremia
ELISA +
IFI +
PCR +
Infecção Progressiva
ELISA +
IFI +
PCR +
Eliminação Completa
•Infecção controlada
na orofaringe
•2 % sem anticorpos
PCR -
ELISA –
IFI -
Eliminação Completa
pós viremia
•Até 3 semanas
ELISA + -> -
IFI -
PCR + -> -
Latente
ELISA -
IFI -
PCR + *
Eliminação completa
Após anos
ELISA -
IFI -
PCR - / + ?
?
• SNAP – e teimosia
• Repetir em 4 a 6 semanas
• PCR de sangue
• PCR de tecido
• PCR de DNA viral
• SNAP + e contato recente
• Repete em 40 a 60 dias
• Pareado com IFI
SNAP +
• Filhote = Menos de 6 meses ou
Recém vacinado
• Sangue total ou Hemolisado
Sinais Clínicos
• Variáveis e múltiplos
• Idade, subtipo viral, resposta imune...
• Perda de peso - Crônica e progressiva
• Febre
• Aumento de linfonodos periféricos
• FIV redução de CD4
• FELV Mais severa que na FIV / quali e quanti
• Linfopenia, neutropenia, trombocitopenia...
• Redução de CD4 e CD8
• Atrofia de timo
Filgrastin
(Fator estimulador de colônias de granulócitos)
EF: Febre, esplenomegalia, reações alérgicas
e aumento de carga viral
HOSIE, M. J. et al. Feline immunodeficiency. ABCD guidelines on prevention and management. Journal of Feline Medicine and Surgery, v. 15, p. 638–
642, 2013.
Allemand V. C.; Radighieri R.; Bearl C. A. Gengivite-estomatite linfoplasmocitária felina: relato de caso / Revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia do CRMV-SP / Journal of
Continuing Education in Animal Science of CRMV-SP. São Paulo: Conselho Regional de Medicina Veterinária, v. 11, n. 3 (2013), p. 24–29, 2013
Interferon ? !
Corticoide ? !
Antibiótico ? !
• Blefaroespasmo
• Hiperemia conjuntival
• Edema de cornea
• Fibrina e hemorragia na câmara anterior
• Miose
• Perda de visão
• Dor
Uveíte
inflamação da túnica vascular da úvea
• DRC
• Poliartrite = Claudicação e dor
• Imunoestimulação:
• Linfossarcomas de células B
• Mieloproliferativas TTO?
Neoplásicas (23%)
• Leucemias
• Leucograma – algo alto ou zerado
• Linfomas
• Em 25% dos infectados com menos de 2 anos
• Mais comum:
• Timico (90%)
• Mediastinal
• Predominante de céls T
Predisposição a
Linfomas
FELV = 60 X
FIV + FELV = 75 X
Contactantes = 40 X
J Feline Med Surg 2009; 11: 565-574 ; J Feline Med Surg 2013; 15: 534-535
J Feline Med Surg 2009; 11: 565-574 ; J Feline Med Surg 2013; 15: 534-535
* Enterite crônica pela ação
do vírus : degeneração das
células epiteliais intestinais e
necrose de cripta (Reinacher,
1987)
30 a 40%
alteração em SNC junto
http://www.fmv.ulisboa.pt/atlas/linfoide/paginas_pt/linfoid_034.ht
J Feline Med Surg 2009; 11: 565-574 ; J Feline Med Surg 2013; 15: 534-535
Anemia
- Micoplasma (90% são FELV) (Regenerativa -
reticulocitos)
- Doenças Imunomediadas (Regenerativa - reticulocitos)
- M.O. (Arregenerativa)
-Transfusão (se Ht<20%)
-Doxiciclina (Micoplasma)
-Eritropoetina Humana (?)
• Tropismo por astrócitos e microglia
• Mudanças comportamentais
• Padrão de sono perturbado
• Aprendizagem prejudicada
• Paresia
• Convulsão
• Mudanças de comportamento
• Alteração na deambulação e marcha
• Paralisia ascendente
• Paresia dos membros pélvicos ou tetraparalisia
• Alt. na micção
• Oculares ...
Síndrome da pupila hemidilatada ou
em formato de “D”
Lesão em nervo malar ou nervo latera
(90% FELV ou FIV)
Síndrome das pupilas
espásticas:
Midríase bilateral não
responsiva e intermitente
• Muito variável
• Doenças secundárias
• Subtipo viral
• Fase de evolução no momento do diagnóstico
• Idade do animal na infecção
• Jovens – ruim
• Ruim
• 70 a 90 % morre em 18 a 36 meses
• Depende também:
• Idade na infecção
• Fatores virais
• Resposta imune individual
• Proteger de outras infecções
• Podem ser graves
• Podem estimular a progressão da doença
• Boa comida
• Sem estresse
• “Cuidados de vó”
• Vacinação?
• Diagnóstico e tratamento rápido de doenças secundárias
• Mais longo
• Mais agressivo
• Check-up e peso cada 6 meses
• Corticóides, . . .
• Evitar!
• Uso em imunomediadas (1 -2 mg/kg)
• Antiviral – AZT
• Reduz a carga viral (transcriptase reversa)
• FIV = Maior qualidade de vida (estomatite e neurológicos)
• FELV = Maior tempo de sobrevida e qualidade de vida
• Bem tolerado (2 anos)
• EF: anemia e anorexia
Proibido
no
Brasil
• Imunomoduladores
• Interferon Humano
• FIV = Prolongou a sobrevivência das células T CD4 + (Pedretti et al,
2006)
• FELV = sem diferença estatistica (McCaw et al, 2001)
• Interferon Felino
• Ativo in vitro – falta estudos
• FIV = Complexo Gengivite Estomatite Faringite?
• FELV = Maior tempo de sobrevida (Mari et al, 2004)
• Eutanásia ? ? ?
• Castração (Cirurgias = protocolo antibiótico)
• Hospital
• Mesma ala dos demais
• Higiene mínima ao menos (sabão)
• Evitar ala de infecciosas
• Isolado em casa
• Evitar transmissão
• Evitar doenças secundárias
• Vacinação
• Resposta mais fraca
• Vacina inativada
• Dúvidas na eficácia da vacina FELV ! ?
• Não evitaria a infecção = Latente ?
• Teste prévio !!!
• Indicação
• Animais sob risco
• FIV +
FIV
• Vacina EUA
• ? ? ? Subtipos virais
• ? ? ? Diagnóstico
70%
FIV
FELV
3ª
FIV
2ª
FELV
# MIOU
TESTOU !
• GREENE C. E.
Doenças Infecciosas em cães e gatos
• Guidelines
http://www.abcdcatsvets.org
• Journal of Feline Medicine and Surgery
http://jfm.sagepub.com
caroltrochmann@gmail.com
Confraria.felina
Caroltrochmann
Slides = https://pt.slideshare.net /CarolinaTrochmann
Veteduka.com.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Raiva e EEB
Raiva e EEBRaiva e EEB
Raiva e EEB
Maira Veruska
 
Exame fisico geral
Exame fisico geralExame fisico geral
Exame fisico geral
Jamile Vitória
 
Inspeção de bovinos.curso
Inspeção de bovinos.cursoInspeção de bovinos.curso
Inspeção de bovinos.curso
Daniel Jovana Joaquim
 
Brucelose 01
Brucelose 01Brucelose 01
Brucelose 01
Ivaristo Americo
 
Vacinação Animal
Vacinação AnimalVacinação Animal
Vacinação Animal
Pedro Carvalho
 
Aula 2 neonatologia pediatria e geriatria
Aula 2 neonatologia pediatria e geriatriaAula 2 neonatologia pediatria e geriatria
Aula 2 neonatologia pediatria e geriatria
ReginaReiniger
 
Cronometria dentaria de Equinos
Cronometria dentaria de EquinosCronometria dentaria de Equinos
Cronometria dentaria de Equinos
Killer Max
 
O Essencial da Oftalmologia dos Gatos
O Essencial da Oftalmologia dos GatosO Essencial da Oftalmologia dos Gatos
O Essencial da Oftalmologia dos Gatos
Instituto Qualittas de Pós Graduação
 
Exame clínico equinos
Exame clínico equinosExame clínico equinos
Exame clínico equinos
Marcos Stopa
 
Dermatofitose x dermatofilose
Dermatofitose x dermatofilose Dermatofitose x dermatofilose
Dermatofitose x dermatofilose
iaavila
 
Caso clínico
Caso clínicoCaso clínico
Caso clínico
Marília Gomes
 
PCR - Benefícios na rotina clínica
PCR - Benefícios na rotina clínica PCR - Benefícios na rotina clínica
PCR - Benefícios na rotina clínica
Carolina Trochmann
 
Caso clínico
Caso clínicoCaso clínico
Caso clínico
Marília Gomes
 
Apostila - DermaVet Qualittas
Apostila - DermaVet QualittasApostila - DermaVet Qualittas
Apostila - DermaVet Qualittas
Instituto Qualittas de Pós Graduação
 
RAIVA ANIMAL
RAIVA  ANIMALRAIVA  ANIMAL
RAIVA ANIMAL
Jose Camara
 
Principais doenças que acometem aves comerciais
Principais doenças que acometem aves comerciaisPrincipais doenças que acometem aves comerciais
Principais doenças que acometem aves comerciais
Marília Gomes
 
Tuberculose
TuberculoseTuberculose
Diarreia Viral Bovina
Diarreia Viral BovinaDiarreia Viral Bovina
Diarreia Viral Bovina
UFPEL
 
Sanidade e enfermidade de caprinos e ovinos - caprinos e ovinos
Sanidade e enfermidade de caprinos e ovinos - caprinos e ovinosSanidade e enfermidade de caprinos e ovinos - caprinos e ovinos
Sanidade e enfermidade de caprinos e ovinos - caprinos e ovinos
Marília Gomes
 
Babesiose
BabesioseBabesiose
Babesiose
Maria Alice Sene
 

Mais procurados (20)

Raiva e EEB
Raiva e EEBRaiva e EEB
Raiva e EEB
 
Exame fisico geral
Exame fisico geralExame fisico geral
Exame fisico geral
 
Inspeção de bovinos.curso
Inspeção de bovinos.cursoInspeção de bovinos.curso
Inspeção de bovinos.curso
 
Brucelose 01
Brucelose 01Brucelose 01
Brucelose 01
 
Vacinação Animal
Vacinação AnimalVacinação Animal
Vacinação Animal
 
Aula 2 neonatologia pediatria e geriatria
Aula 2 neonatologia pediatria e geriatriaAula 2 neonatologia pediatria e geriatria
Aula 2 neonatologia pediatria e geriatria
 
Cronometria dentaria de Equinos
Cronometria dentaria de EquinosCronometria dentaria de Equinos
Cronometria dentaria de Equinos
 
O Essencial da Oftalmologia dos Gatos
O Essencial da Oftalmologia dos GatosO Essencial da Oftalmologia dos Gatos
O Essencial da Oftalmologia dos Gatos
 
Exame clínico equinos
Exame clínico equinosExame clínico equinos
Exame clínico equinos
 
Dermatofitose x dermatofilose
Dermatofitose x dermatofilose Dermatofitose x dermatofilose
Dermatofitose x dermatofilose
 
Caso clínico
Caso clínicoCaso clínico
Caso clínico
 
PCR - Benefícios na rotina clínica
PCR - Benefícios na rotina clínica PCR - Benefícios na rotina clínica
PCR - Benefícios na rotina clínica
 
Caso clínico
Caso clínicoCaso clínico
Caso clínico
 
Apostila - DermaVet Qualittas
Apostila - DermaVet QualittasApostila - DermaVet Qualittas
Apostila - DermaVet Qualittas
 
RAIVA ANIMAL
RAIVA  ANIMALRAIVA  ANIMAL
RAIVA ANIMAL
 
Principais doenças que acometem aves comerciais
Principais doenças que acometem aves comerciaisPrincipais doenças que acometem aves comerciais
Principais doenças que acometem aves comerciais
 
Tuberculose
TuberculoseTuberculose
Tuberculose
 
Diarreia Viral Bovina
Diarreia Viral BovinaDiarreia Viral Bovina
Diarreia Viral Bovina
 
Sanidade e enfermidade de caprinos e ovinos - caprinos e ovinos
Sanidade e enfermidade de caprinos e ovinos - caprinos e ovinosSanidade e enfermidade de caprinos e ovinos - caprinos e ovinos
Sanidade e enfermidade de caprinos e ovinos - caprinos e ovinos
 
Babesiose
BabesioseBabesiose
Babesiose
 

Semelhante a FIV e FeLV

Aula6 imuno aplicada
Aula6 imuno aplicadaAula6 imuno aplicada
Aula6 imuno aplicada
Carlos Sanches Vargas Jr.
 
Leucograma - Anclivepa 2011
Leucograma - Anclivepa 2011Leucograma - Anclivepa 2011
Leucograma - Anclivepa 2011
Ricardo Duarte
 
Protozoologia - vet145
Protozoologia - vet145Protozoologia - vet145
Protozoologia - vet145
Universidade Federal de Viçosa
 
Aula de digestivo parte 2
Aula de digestivo parte 2Aula de digestivo parte 2
Aula de digestivo parte 2
Raimundo Tostes
 
Interpretacao leucograma
Interpretacao leucogramaInterpretacao leucograma
Interpretacao leucograma
ReginaReiniger
 
Aula helmintos
Aula helmintosAula helmintos
Aula helmintos
sergio102
 
Abra a boca do gato! + gengivoestomatite
Abra a boca do gato! + gengivoestomatiteAbra a boca do gato! + gengivoestomatite
Abra a boca do gato! + gengivoestomatite
Carolina Trochmann
 
Seminário Estomatologia - Infecções virais e Lesões Aftosas
Seminário Estomatologia - Infecções virais e Lesões AftosasSeminário Estomatologia - Infecções virais e Lesões Aftosas
Seminário Estomatologia - Infecções virais e Lesões Aftosas
Dario Hart
 
HIV/AIDS - Temas Atuais em Saúde
HIV/AIDS - Temas Atuais em SaúdeHIV/AIDS - Temas Atuais em Saúde
HIV/AIDS - Temas Atuais em Saúde
Carlos Fernando Apoliano
 
Plasmodium e malária
Plasmodium e  malária Plasmodium e  malária
Plasmodium e malária
Viviane Vasconcelos
 
Infeccoes perinatais torch
Infeccoes perinatais torchInfeccoes perinatais torch
Infeccoes perinatais torch
Ibrahim Massuqueto
 
Mononucleose Infecciosa
Mononucleose InfecciosaMononucleose Infecciosa
Mononucleose Infecciosa
blogped1
 
Peste Suína Classica - Doenças Infecciosas.pptx
Peste Suína Classica -  Doenças Infecciosas.pptxPeste Suína Classica -  Doenças Infecciosas.pptx
Peste Suína Classica - Doenças Infecciosas.pptx
LarissiFial
 
Doença de chagas
Doença de chagas   Doença de chagas
Doença de chagas
Sheyla Amorim
 
Linfadenopatias cervicais na infância
Linfadenopatias cervicais na infânciaLinfadenopatias cervicais na infância
Linfadenopatias cervicais na infância
Dario Hart
 
Caso clínico leishmaniose visceral
Caso clínico leishmaniose visceralCaso clínico leishmaniose visceral
Caso clínico leishmaniose visceral
Professor Robson
 
A-Importancia-do-Diagnostico-da-FIVFeLV-na-Medicina-Felina.pptx
A-Importancia-do-Diagnostico-da-FIVFeLV-na-Medicina-Felina.pptxA-Importancia-do-Diagnostico-da-FIVFeLV-na-Medicina-Felina.pptx
A-Importancia-do-Diagnostico-da-FIVFeLV-na-Medicina-Felina.pptx
GiseleLopes59
 
Ufp 2011.05.10 imunologia hpv
Ufp 2011.05.10 imunologia hpvUfp 2011.05.10 imunologia hpv
Ufp 2011.05.10 imunologia hpv
Hugo Sousa
 
Doenças de suídeos OIE 2
Doenças de suídeos OIE 2Doenças de suídeos OIE 2
Doenças de suídeos OIE 2
Marília Gomes
 
Doença Inflamatória Intestinal em gatos
Doença Inflamatória Intestinal em gatosDoença Inflamatória Intestinal em gatos
Doença Inflamatória Intestinal em gatos
Carolina Trochmann
 

Semelhante a FIV e FeLV (20)

Aula6 imuno aplicada
Aula6 imuno aplicadaAula6 imuno aplicada
Aula6 imuno aplicada
 
Leucograma - Anclivepa 2011
Leucograma - Anclivepa 2011Leucograma - Anclivepa 2011
Leucograma - Anclivepa 2011
 
Protozoologia - vet145
Protozoologia - vet145Protozoologia - vet145
Protozoologia - vet145
 
Aula de digestivo parte 2
Aula de digestivo parte 2Aula de digestivo parte 2
Aula de digestivo parte 2
 
Interpretacao leucograma
Interpretacao leucogramaInterpretacao leucograma
Interpretacao leucograma
 
Aula helmintos
Aula helmintosAula helmintos
Aula helmintos
 
Abra a boca do gato! + gengivoestomatite
Abra a boca do gato! + gengivoestomatiteAbra a boca do gato! + gengivoestomatite
Abra a boca do gato! + gengivoestomatite
 
Seminário Estomatologia - Infecções virais e Lesões Aftosas
Seminário Estomatologia - Infecções virais e Lesões AftosasSeminário Estomatologia - Infecções virais e Lesões Aftosas
Seminário Estomatologia - Infecções virais e Lesões Aftosas
 
HIV/AIDS - Temas Atuais em Saúde
HIV/AIDS - Temas Atuais em SaúdeHIV/AIDS - Temas Atuais em Saúde
HIV/AIDS - Temas Atuais em Saúde
 
Plasmodium e malária
Plasmodium e  malária Plasmodium e  malária
Plasmodium e malária
 
Infeccoes perinatais torch
Infeccoes perinatais torchInfeccoes perinatais torch
Infeccoes perinatais torch
 
Mononucleose Infecciosa
Mononucleose InfecciosaMononucleose Infecciosa
Mononucleose Infecciosa
 
Peste Suína Classica - Doenças Infecciosas.pptx
Peste Suína Classica -  Doenças Infecciosas.pptxPeste Suína Classica -  Doenças Infecciosas.pptx
Peste Suína Classica - Doenças Infecciosas.pptx
 
Doença de chagas
Doença de chagas   Doença de chagas
Doença de chagas
 
Linfadenopatias cervicais na infância
Linfadenopatias cervicais na infânciaLinfadenopatias cervicais na infância
Linfadenopatias cervicais na infância
 
Caso clínico leishmaniose visceral
Caso clínico leishmaniose visceralCaso clínico leishmaniose visceral
Caso clínico leishmaniose visceral
 
A-Importancia-do-Diagnostico-da-FIVFeLV-na-Medicina-Felina.pptx
A-Importancia-do-Diagnostico-da-FIVFeLV-na-Medicina-Felina.pptxA-Importancia-do-Diagnostico-da-FIVFeLV-na-Medicina-Felina.pptx
A-Importancia-do-Diagnostico-da-FIVFeLV-na-Medicina-Felina.pptx
 
Ufp 2011.05.10 imunologia hpv
Ufp 2011.05.10 imunologia hpvUfp 2011.05.10 imunologia hpv
Ufp 2011.05.10 imunologia hpv
 
Doenças de suídeos OIE 2
Doenças de suídeos OIE 2Doenças de suídeos OIE 2
Doenças de suídeos OIE 2
 
Doença Inflamatória Intestinal em gatos
Doença Inflamatória Intestinal em gatosDoença Inflamatória Intestinal em gatos
Doença Inflamatória Intestinal em gatos
 

Mais de Carolina Trochmann

Como atender um gato sem ser atacado
Como atender um gato sem ser atacadoComo atender um gato sem ser atacado
Como atender um gato sem ser atacado
Carolina Trochmann
 
Gatos não são cães!
Gatos não são cães!Gatos não são cães!
Gatos não são cães!
Carolina Trochmann
 
Displasia coxofemoral em felinos - Simposio Especialidades Veteduka
Displasia coxofemoral em felinos - Simposio Especialidades Veteduka Displasia coxofemoral em felinos - Simposio Especialidades Veteduka
Displasia coxofemoral em felinos - Simposio Especialidades Veteduka
Carolina Trochmann
 
Obesidade em felinos
Obesidade em felinosObesidade em felinos
Obesidade em felinos
Carolina Trochmann
 
Gatos e Toxoplasmose: derrubando fake news
Gatos e Toxoplasmose: derrubando fake newsGatos e Toxoplasmose: derrubando fake news
Gatos e Toxoplasmose: derrubando fake news
Carolina Trochmann
 
Manejo drc: muito mais do que medicações
Manejo drc: muito mais do que medicaçõesManejo drc: muito mais do que medicações
Manejo drc: muito mais do que medicações
Carolina Trochmann
 
Pancreatite felina
Pancreatite felinaPancreatite felina
Pancreatite felina
Carolina Trochmann
 
Encefalopatia hepatica
Encefalopatia hepatica Encefalopatia hepatica
Encefalopatia hepatica
Carolina Trochmann
 
O que deveriamos orientar o tutor do gato na primeira consulta?
O que deveriamos orientar o tutor do gato na primeira consulta?O que deveriamos orientar o tutor do gato na primeira consulta?
O que deveriamos orientar o tutor do gato na primeira consulta?
Carolina Trochmann
 
Terapeutica felina - Eu não sou cachorro não!
Terapeutica felina - Eu não sou cachorro não!Terapeutica felina - Eu não sou cachorro não!
Terapeutica felina - Eu não sou cachorro não!
Carolina Trochmann
 
Lipidose hepatica - comer ou não comer eis a questão
Lipidose hepatica - comer ou não comer eis a questão Lipidose hepatica - comer ou não comer eis a questão
Lipidose hepatica - comer ou não comer eis a questão
Carolina Trochmann
 
O gato na emergência: Dispneia
O gato na emergência: DispneiaO gato na emergência: Dispneia
O gato na emergência: Dispneia
Carolina Trochmann
 
O gato na emergencia: obstrução
O gato na emergencia: obstruçãoO gato na emergencia: obstrução
O gato na emergencia: obstrução
Carolina Trochmann
 
O gato com anorexia - cuidados com o quinto sinal vital, a nutrição
O gato com anorexia - cuidados com o quinto sinal vital, a nutriçãoO gato com anorexia - cuidados com o quinto sinal vital, a nutrição
O gato com anorexia - cuidados com o quinto sinal vital, a nutrição
Carolina Trochmann
 
Obesidade em felinos
Obesidade em felinosObesidade em felinos
Obesidade em felinos
Carolina Trochmann
 
Cistite Intersticial Felina - Tratamento Comportamental
Cistite Intersticial Felina - Tratamento Comportamental Cistite Intersticial Felina - Tratamento Comportamental
Cistite Intersticial Felina - Tratamento Comportamental
Carolina Trochmann
 
Leptospira spp em gatos: estamos subestimando essa infecção?
Leptospira spp em gatos: estamos subestimando essa infecção? Leptospira spp em gatos: estamos subestimando essa infecção?
Leptospira spp em gatos: estamos subestimando essa infecção?
Carolina Trochmann
 
Lipidose hepática
Lipidose hepáticaLipidose hepática
Lipidose hepática
Carolina Trochmann
 
Como o conhecimento do comportamento felino pode nos ajudar na rotina clínica...
Como o conhecimento do comportamento felino pode nos ajudar na rotina clínica...Como o conhecimento do comportamento felino pode nos ajudar na rotina clínica...
Como o conhecimento do comportamento felino pode nos ajudar na rotina clínica...
Carolina Trochmann
 
Cistite Intersticial Felina e Síndrome de pandora
Cistite Intersticial Felina e Síndrome de pandoraCistite Intersticial Felina e Síndrome de pandora
Cistite Intersticial Felina e Síndrome de pandora
Carolina Trochmann
 

Mais de Carolina Trochmann (20)

Como atender um gato sem ser atacado
Como atender um gato sem ser atacadoComo atender um gato sem ser atacado
Como atender um gato sem ser atacado
 
Gatos não são cães!
Gatos não são cães!Gatos não são cães!
Gatos não são cães!
 
Displasia coxofemoral em felinos - Simposio Especialidades Veteduka
Displasia coxofemoral em felinos - Simposio Especialidades Veteduka Displasia coxofemoral em felinos - Simposio Especialidades Veteduka
Displasia coxofemoral em felinos - Simposio Especialidades Veteduka
 
Obesidade em felinos
Obesidade em felinosObesidade em felinos
Obesidade em felinos
 
Gatos e Toxoplasmose: derrubando fake news
Gatos e Toxoplasmose: derrubando fake newsGatos e Toxoplasmose: derrubando fake news
Gatos e Toxoplasmose: derrubando fake news
 
Manejo drc: muito mais do que medicações
Manejo drc: muito mais do que medicaçõesManejo drc: muito mais do que medicações
Manejo drc: muito mais do que medicações
 
Pancreatite felina
Pancreatite felinaPancreatite felina
Pancreatite felina
 
Encefalopatia hepatica
Encefalopatia hepatica Encefalopatia hepatica
Encefalopatia hepatica
 
O que deveriamos orientar o tutor do gato na primeira consulta?
O que deveriamos orientar o tutor do gato na primeira consulta?O que deveriamos orientar o tutor do gato na primeira consulta?
O que deveriamos orientar o tutor do gato na primeira consulta?
 
Terapeutica felina - Eu não sou cachorro não!
Terapeutica felina - Eu não sou cachorro não!Terapeutica felina - Eu não sou cachorro não!
Terapeutica felina - Eu não sou cachorro não!
 
Lipidose hepatica - comer ou não comer eis a questão
Lipidose hepatica - comer ou não comer eis a questão Lipidose hepatica - comer ou não comer eis a questão
Lipidose hepatica - comer ou não comer eis a questão
 
O gato na emergência: Dispneia
O gato na emergência: DispneiaO gato na emergência: Dispneia
O gato na emergência: Dispneia
 
O gato na emergencia: obstrução
O gato na emergencia: obstruçãoO gato na emergencia: obstrução
O gato na emergencia: obstrução
 
O gato com anorexia - cuidados com o quinto sinal vital, a nutrição
O gato com anorexia - cuidados com o quinto sinal vital, a nutriçãoO gato com anorexia - cuidados com o quinto sinal vital, a nutrição
O gato com anorexia - cuidados com o quinto sinal vital, a nutrição
 
Obesidade em felinos
Obesidade em felinosObesidade em felinos
Obesidade em felinos
 
Cistite Intersticial Felina - Tratamento Comportamental
Cistite Intersticial Felina - Tratamento Comportamental Cistite Intersticial Felina - Tratamento Comportamental
Cistite Intersticial Felina - Tratamento Comportamental
 
Leptospira spp em gatos: estamos subestimando essa infecção?
Leptospira spp em gatos: estamos subestimando essa infecção? Leptospira spp em gatos: estamos subestimando essa infecção?
Leptospira spp em gatos: estamos subestimando essa infecção?
 
Lipidose hepática
Lipidose hepáticaLipidose hepática
Lipidose hepática
 
Como o conhecimento do comportamento felino pode nos ajudar na rotina clínica...
Como o conhecimento do comportamento felino pode nos ajudar na rotina clínica...Como o conhecimento do comportamento felino pode nos ajudar na rotina clínica...
Como o conhecimento do comportamento felino pode nos ajudar na rotina clínica...
 
Cistite Intersticial Felina e Síndrome de pandora
Cistite Intersticial Felina e Síndrome de pandoraCistite Intersticial Felina e Síndrome de pandora
Cistite Intersticial Felina e Síndrome de pandora
 

Último

Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
MARCELARUBIAGAVA
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
jonny615148
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
KarollayneRodriguesV1
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
SidneySilva523387
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
ThiagoRORISDASILVA1
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Maurício Bratz
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
AdrianoMontagna1
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Centro Jacques Delors
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
TathyLopes1
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Demetrio Ccesa Rayme
 

Último (20)

Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
 

FIV e FeLV

  • 1. Medicina veterinária – UFPR Residência em clínica médica de pequenos – UTP Especialização em clínica médica de felinos – Qualittas Mestrado em ciências veterinárias – UFPR Doutoranda em ciências veterinárias – UFPR Carolina Trochmann Cordeiro
  • 2. • Retrovírus da subfamília Oncornavírus • Replicação em diversos tecidos (medula óssea, glândulas salivares, epitélio respiratório...) • Objetivo de vida (tropismo): Medula Óssea
  • 3. J Feline Med Surg 2009; 11: 565-574 ; J Feline Med Surg 2013; 15: 534-535 Subtipos FELV: FELV – A = forma transmissível - viremia transitória ou anemia hemolítica e linfoma FELV – B = Neoplasias – Linfoma e Leucemia FELV – C = Desordens hematopoiéticas (Anemia) FELV – T = Imunossupressão
  • 4. • Retrovírus do gênero Lentivirus • Mesma família e subfamília do HIV • Sem possibilidade de zoonose • Objetivo de vida (tropismo): Linfócitos T CD4
  • 5.
  • 6. • Linfócitos T ? ? • Células de Defesa ? ? • Imunossupressão por vírus ? ?
  • 7.
  • 8. • Abscessos: 2 – 3 meses após são + • Machos: Fêmeas 3:1
  • 9.
  • 10. • Semi domiciliados • Menos sociais • Machos jovens não castrados • Colônias • Estresse
  • 11. Inoculação Vírus Infecção de Linfócitos B Linfócitos T Macrófagos Redução CD4 Alteração citocinas Progressiva disfunção imune Infecções oportunistas Neoplasias Aumento da viremia Disseminação em órgãos linfóides Supressão não específica fatores de CD8 8 - 12 Semanas Idade do animal Subtipo viral Anticorpos 2 - 4 semanas Quantidade inoculada Via de inoculação
  • 13. • SNAP – e contato recente • Repete (60 dias após contato) • *6 meses • SNAP – e teimosia • Fase terminal • Troca de teste • SNAP + • Filhote = Ac materno até 16 semanas de idade (*2 meses) • Sangue total = falso positivo • Vacina (EUA)
  • 14. Saliva 1 ml = 1 milhão de partículas virais Transfusão ! Fezes, urina, secreção nasal, venérea e vertical * Vírus facilmente inativado (desinfetantes,sabão, ...) * 20 min em meio seco + tempo em meio úmido
  • 15. • Gatos em colônias (?) • Maior sociabilidade • Filhotes • 3 meses de idade (+++) • após 6 meses (++) • > 1 ano - imunidade natural • Exposição contínua
  • 16. J Feline Med Surg 2009; 11: 565-574 J Feline Med Surg 2013; 15: 534-535
  • 17. Infecção Linfóide Sistêmica Viremia 60-70 % dos gatos - Eliminação 10 % dos gatos - Infecção latente (medula óssea) 20 – 30 % dos gatos - Viremia Persistente MacrofagosLinfócito s
  • 18. Infecção Linfóide Sistêmica 20 – 30 % dos gatos - Viremia Persistente Leucócitos, plaquetas, linfócitos... M.O. Intestino
  • 21. • PCR Em qualquer célula, tecido ou sangue que CONTENHA o vírus ou partes dele Viremia DNA
  • 22. Viremia transitória •Apatia, febre e linfoadenomegalia ELISA + IFI - PCR + GREENE C. E. (Ed.). . Infectious diseases of the dog and cat. 2012.
  • 23. Viremia • 3 a 6 semanas • Infecção da medula óssea ELISA + IFI + PCR +
  • 24. Infecção Progressiva • 3% “Isolado” • 30% Colônias • Morte em até 3 anos ELISA + IFI + PCR +
  • 25. Como eu sei quem está com a medula óssea infectada e está definitivamente FELV+ ? Viremia transitória ELISA + IFI - PCR + Viremia ELISA + IFI + PCR + Infecção Progressiva ELISA + IFI + PCR +
  • 26. Eliminação Completa •Infecção controlada na orofaringe •2 % sem anticorpos PCR - ELISA – IFI - Eliminação Completa pós viremia •Até 3 semanas ELISA + -> - IFI - PCR + -> -
  • 27. Latente ELISA - IFI - PCR + * Eliminação completa Após anos ELISA - IFI - PCR - / + ?
  • 28. ?
  • 29. • SNAP – e teimosia • Repetir em 4 a 6 semanas • PCR de sangue • PCR de tecido • PCR de DNA viral • SNAP + e contato recente • Repete em 40 a 60 dias • Pareado com IFI SNAP + • Filhote = Menos de 6 meses ou Recém vacinado • Sangue total ou Hemolisado
  • 31. • Variáveis e múltiplos • Idade, subtipo viral, resposta imune... • Perda de peso - Crônica e progressiva • Febre • Aumento de linfonodos periféricos
  • 32. • FIV redução de CD4 • FELV Mais severa que na FIV / quali e quanti • Linfopenia, neutropenia, trombocitopenia... • Redução de CD4 e CD8 • Atrofia de timo Filgrastin (Fator estimulador de colônias de granulócitos) EF: Febre, esplenomegalia, reações alérgicas e aumento de carga viral
  • 33.
  • 34.
  • 35. HOSIE, M. J. et al. Feline immunodeficiency. ABCD guidelines on prevention and management. Journal of Feline Medicine and Surgery, v. 15, p. 638– 642, 2013.
  • 36. Allemand V. C.; Radighieri R.; Bearl C. A. Gengivite-estomatite linfoplasmocitária felina: relato de caso / Revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia do CRMV-SP / Journal of Continuing Education in Animal Science of CRMV-SP. São Paulo: Conselho Regional de Medicina Veterinária, v. 11, n. 3 (2013), p. 24–29, 2013 Interferon ? ! Corticoide ? ! Antibiótico ? !
  • 37. • Blefaroespasmo • Hiperemia conjuntival • Edema de cornea • Fibrina e hemorragia na câmara anterior • Miose • Perda de visão • Dor
  • 38. Uveíte inflamação da túnica vascular da úvea
  • 39.
  • 40. • DRC • Poliartrite = Claudicação e dor
  • 41. • Imunoestimulação: • Linfossarcomas de células B • Mieloproliferativas TTO?
  • 42. Neoplásicas (23%) • Leucemias • Leucograma – algo alto ou zerado • Linfomas • Em 25% dos infectados com menos de 2 anos • Mais comum: • Timico (90%) • Mediastinal • Predominante de céls T Predisposição a Linfomas FELV = 60 X FIV + FELV = 75 X Contactantes = 40 X
  • 43. J Feline Med Surg 2009; 11: 565-574 ; J Feline Med Surg 2013; 15: 534-535
  • 44. J Feline Med Surg 2009; 11: 565-574 ; J Feline Med Surg 2013; 15: 534-535 * Enterite crônica pela ação do vírus : degeneração das células epiteliais intestinais e necrose de cripta (Reinacher, 1987)
  • 45. 30 a 40% alteração em SNC junto http://www.fmv.ulisboa.pt/atlas/linfoide/paginas_pt/linfoid_034.ht
  • 46. J Feline Med Surg 2009; 11: 565-574 ; J Feline Med Surg 2013; 15: 534-535 Anemia - Micoplasma (90% são FELV) (Regenerativa - reticulocitos) - Doenças Imunomediadas (Regenerativa - reticulocitos) - M.O. (Arregenerativa) -Transfusão (se Ht<20%) -Doxiciclina (Micoplasma) -Eritropoetina Humana (?)
  • 47. • Tropismo por astrócitos e microglia • Mudanças comportamentais • Padrão de sono perturbado • Aprendizagem prejudicada • Paresia • Convulsão
  • 48.
  • 49. • Mudanças de comportamento • Alteração na deambulação e marcha • Paralisia ascendente • Paresia dos membros pélvicos ou tetraparalisia • Alt. na micção • Oculares ...
  • 50.
  • 51. Síndrome da pupila hemidilatada ou em formato de “D” Lesão em nervo malar ou nervo latera (90% FELV ou FIV)
  • 52. Síndrome das pupilas espásticas: Midríase bilateral não responsiva e intermitente
  • 53. • Muito variável • Doenças secundárias • Subtipo viral • Fase de evolução no momento do diagnóstico • Idade do animal na infecção • Jovens – ruim
  • 54. • Ruim • 70 a 90 % morre em 18 a 36 meses • Depende também: • Idade na infecção • Fatores virais • Resposta imune individual
  • 55. • Proteger de outras infecções • Podem ser graves • Podem estimular a progressão da doença • Boa comida • Sem estresse • “Cuidados de vó” • Vacinação?
  • 56. • Diagnóstico e tratamento rápido de doenças secundárias • Mais longo • Mais agressivo • Check-up e peso cada 6 meses • Corticóides, . . . • Evitar! • Uso em imunomediadas (1 -2 mg/kg)
  • 57. • Antiviral – AZT • Reduz a carga viral (transcriptase reversa) • FIV = Maior qualidade de vida (estomatite e neurológicos) • FELV = Maior tempo de sobrevida e qualidade de vida • Bem tolerado (2 anos) • EF: anemia e anorexia Proibido no Brasil
  • 58. • Imunomoduladores • Interferon Humano • FIV = Prolongou a sobrevivência das células T CD4 + (Pedretti et al, 2006) • FELV = sem diferença estatistica (McCaw et al, 2001) • Interferon Felino • Ativo in vitro – falta estudos • FIV = Complexo Gengivite Estomatite Faringite? • FELV = Maior tempo de sobrevida (Mari et al, 2004)
  • 59. • Eutanásia ? ? ? • Castração (Cirurgias = protocolo antibiótico) • Hospital • Mesma ala dos demais • Higiene mínima ao menos (sabão) • Evitar ala de infecciosas • Isolado em casa • Evitar transmissão • Evitar doenças secundárias • Vacinação • Resposta mais fraca • Vacina inativada
  • 60. • Dúvidas na eficácia da vacina FELV ! ? • Não evitaria a infecção = Latente ? • Teste prévio !!! • Indicação • Animais sob risco • FIV +
  • 61. FIV • Vacina EUA • ? ? ? Subtipos virais • ? ? ? Diagnóstico
  • 63. • GREENE C. E. Doenças Infecciosas em cães e gatos • Guidelines http://www.abcdcatsvets.org • Journal of Feline Medicine and Surgery http://jfm.sagepub.com