SlideShare uma empresa Scribd logo
Agrupamento de Escolas
                             Agrupamento de Escolas Artur Gonçalves de Torres Novas
   AR T UR GO N Ç AL VE S



                        FICHA DE LEITURA DO LIVRO
         UMA AVENTURA NO LABIRINTO MISTERIOSO

1.LIVRO
 Autor: Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada
 Ilustrador: Arlindo Fagundes
 Data de Lançamento: 19 de Abril de 2007 – 2 anos
 Dimensão: 12x18 cm
 Editora: CAMINHO
 Páginas: 256
 Peso: 209 gramas
 Sinopse: Labirintos são sempre lugares problemáticos
 porque toda a gente sabe onde é a entrada e ninguém sabe
 onde é a saída. Mas este labirinto tem mais de 100 anos e
 está envolto em mistérios mais complicados. Diz-se que
 paira uma maldição. Será verdade? Quem lá entra correrá o risco de
 nunca mais sair? Como explicar que algumas pessoas fiquem tontas, outras caiam
 desmaiadas e outras resistam? O perigo enfrenta-se decifrando um enigma? E onde
 procurar o enigma? No interior do próprio labirinto? Na casinha de tijolo ao fundo
 do jardim? Nas figuras antigas que são uma princesa com cara de lua e um cavaleiro
 com cara de sol? E que relação pode haver entre o enigma do labirinto e o único
 quarto proibido do casarão?
 Data de início da leitura: 31 de Março de 09
 Data do fim da leitura: 10 de Abril de 09
 Número da colecção: 49
 Observações: Neste livro publicam-se os trabalhos premiados no Concurso Uma
 Aventura Literária 2006

    2.   RAZÕES DA ESCOLHA
 As razões que me levaram a escolher este livro foram duas. A principal foi a data do seu
 lançamento, ter sido no mesmo dia do meu aniversário, e a segunda foi que gostei da
 capa e da sinopse quando a vi pela primeira vez no supermercado.


    3.   A OBRA
 A história: Esta livro fala de história de cinco amigos que vão fotografar o labirinto de
 mansão da família de Milreu.
 Ficam a saber, pela secretária, que naquele casarão havia um quarto proibido.
 Luísa ao fotografar o labirinto desmaia inesperadamente.
 Nessa mesma noite, Teresa e Luísa, curiosas com o quarto proibido, conseguem lá
 entrar
 No dia seguinte, Charlene ao chegar à Mansão, quase desmaia ao passar perto do
 labirinto.



 Língua Português                                       Rui Pedro Oliveira n.º5364 9.ºD      1
Agrupamento de Escolas
                            Agrupamento de Escolas Artur Gonçalves de Torres Novas
  AR T UR GO N Ç AL VE S

Perante estes acontecimentos, Pedro decide ir falar com a condensa onde ela lhe fala
sobre o labirinto e os segredos do avô do seu marido.

Mais tarde, durante a ausência de todos, os cinco amigos conseguem entrar no quarto
proibido e descobrem um alçapão que dá acesso aos subterrâneos da mansão.
 E é aqui que os rapazes encontram várias peças de valor (jóias, pratas, armaduras de
ferro).
É então que entram três pessoas disfarçadas para virem deixar mais coisa roubadas
pensaram eles.
Os assaltantes lutam com os rapazes, mas entretanto surge então a Condessa e um
polícia disfarçados que apontam as suas armas aos bandidos e conseguem identificá-los.
Trata-se da secretária, do jardineiro e de outra pessoa que nunca tinham visto antes.
A aventura termina com os cinco amigos a tentarem desvendar enigmas do avô do
marido.

As personagens:
-Cinco jovens amigos (o João, o Pedro, o Chico e as gémeas Teresa e Luísa
acompanhados com os seus cães o Faial e o Caracol)
-Charlene Leão, fotógrafa do clube “Foto Natureza”,
-Eleonora, senhora condensa de Milreu
-Laurinda , cozinheira da casa
-Núria Maria, secretária da condensa
-Inspector Gavião, policia e velho amigo da condensa.

Espaço: A acção desenrola-se primeiro no clube de férias onde os cinco jovens
aprendem a fotografar, é-lhes proposto ir fotografar um labirinto, na mansão da senhora
condessa e eles aceitam incondicionalmente.
Nesta casa enorme, pintada de cor de rosa, onde existiem árvores gigantes, uma pequena
casa de tijolo onde vivia a cozinheira e o seu marido jardineiro, uma cocheira
remodelada onde ficaram instalados o grupo, um lago e o belíssimo labirinto misterioso.
É aqui neste espaço o onde se desenrola todos as aventura e descobertas destes quatro
amigos.

Tempo: Estas aventuras desenrolam-se na segunda semana da ferias da pascoa. Durante
quatro dias.

   4.   ADESÃO
Aspectos apreciados: Gostei muito de ler este livro penso que ao incluir os trabalhos
premiados no Concurso Uma Aventura Literária 2006 foi uma boa ideia.

Aspectos negativos: Penso que o livro se tivesse mais ilustrações durante os capítulos
seria menos cansativo e ler. Mas gostei muito!

Recomendação da leitura: Recomendo esta livro e todas os outro da colecção de “Um
Aventura”, são muito divertidos e não são daqueles livro cansativos de ler, que quando
vamos no segundo capítulo já estamos farto.




Língua Português                                     Rui Pedro Oliveira n.º5364 9.ºD      1

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A Saga de Sophia de Mello Breyner Andresen
A Saga de Sophia de Mello Breyner Andresen A Saga de Sophia de Mello Breyner Andresen
A Saga de Sophia de Mello Breyner Andresen
becre-palmeiras
 
O rapaz-do-pijama-às-riscas-ficha-de-leitura
O rapaz-do-pijama-às-riscas-ficha-de-leituraO rapaz-do-pijama-às-riscas-ficha-de-leitura
O rapaz-do-pijama-às-riscas-ficha-de-leitura
JWM V.
 
O cavaleiro da dinamarca
O cavaleiro da dinamarcaO cavaleiro da dinamarca
O cavaleiro da dinamarca
Marilia Matos
 
Biografia de luis sepulveda
Biografia de luis sepulvedaBiografia de luis sepulveda
Biografia de luis sepulveda
Miguel Carvalho
 
O rapaz de bronze
O rapaz de bronzeO rapaz de bronze
O rapaz de bronze
Be93078
 
Uma aventura
Uma aventuraUma aventura
Uma aventura
Constantino Alves
 
Avó e neto contra vento e areia
Avó e neto contra vento e areiaAvó e neto contra vento e areia
Avó e neto contra vento e areia
Ana Silva
 
PNL leitura orientada_ 2.º e 3.ºciclo
PNL leitura orientada_ 2.º e 3.ºcicloPNL leitura orientada_ 2.º e 3.ºciclo
PNL leitura orientada_ 2.º e 3.ºciclo
Bibliotecas Infante D. Henrique
 
Ficha de verificaã§ã£o de leitura o cavaleiro da dinamarca
Ficha de verificaã§ã£o de leitura   o cavaleiro da dinamarcaFicha de verificaã§ã£o de leitura   o cavaleiro da dinamarca
Ficha de verificaã§ã£o de leitura o cavaleiro da dinamarca
veracampos
 
Resumo do livro a vida nas palavras de inês tavares de alice vieira
Resumo do livro a vida nas palavras de inês tavares de alice vieiraResumo do livro a vida nas palavras de inês tavares de alice vieira
Resumo do livro a vida nas palavras de inês tavares de alice vieira
mafaldagrego
 
O diário de anne frank
O diário de anne frankO diário de anne frank
O diário de anne frank
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
PLANO NACIONAL DE LEITURA
PLANO NACIONAL DE LEITURAPLANO NACIONAL DE LEITURA
PLANO NACIONAL DE LEITURA
Vitor Manuel de Carvalho
 
Diário de Anne Frank Ana 6ºC
Diário de Anne Frank Ana 6ºCDiário de Anne Frank Ana 6ºC
Diário de Anne Frank Ana 6ºC
Alexandra Santos
 
Ficha de verificação de leitura " O cavaleiro da Dinamarca"
Ficha de verificação de leitura " O cavaleiro da Dinamarca"Ficha de verificação de leitura " O cavaleiro da Dinamarca"
Ficha de verificação de leitura " O cavaleiro da Dinamarca"
Sandra Gil Miranda
 
8ºc trabalho saga
8ºc trabalho saga8ºc trabalho saga
8ºc trabalho saga
Lurdes
 
O recruta ricardo carvalho
O recruta ricardo carvalhoO recruta ricardo carvalho
O recruta ricardo carvalho
fantas45
 
Principezinho
PrincipezinhoPrincipezinho
A turma de 6º ano apresenta-se
A turma de 6º ano apresenta-seA turma de 6º ano apresenta-se
A turma de 6º ano apresenta-se
Isabel DA COSTA
 
Saga vocabulário -soluções
Saga  vocabulário -soluçõesSaga  vocabulário -soluções
Saga vocabulário -soluções
Lina Claro
 
Pronominalização - exercícios
Pronominalização - exercíciosPronominalização - exercícios
Pronominalização - exercícios
Lurdes Augusto
 

Mais procurados (20)

A Saga de Sophia de Mello Breyner Andresen
A Saga de Sophia de Mello Breyner Andresen A Saga de Sophia de Mello Breyner Andresen
A Saga de Sophia de Mello Breyner Andresen
 
O rapaz-do-pijama-às-riscas-ficha-de-leitura
O rapaz-do-pijama-às-riscas-ficha-de-leituraO rapaz-do-pijama-às-riscas-ficha-de-leitura
O rapaz-do-pijama-às-riscas-ficha-de-leitura
 
O cavaleiro da dinamarca
O cavaleiro da dinamarcaO cavaleiro da dinamarca
O cavaleiro da dinamarca
 
Biografia de luis sepulveda
Biografia de luis sepulvedaBiografia de luis sepulveda
Biografia de luis sepulveda
 
O rapaz de bronze
O rapaz de bronzeO rapaz de bronze
O rapaz de bronze
 
Uma aventura
Uma aventuraUma aventura
Uma aventura
 
Avó e neto contra vento e areia
Avó e neto contra vento e areiaAvó e neto contra vento e areia
Avó e neto contra vento e areia
 
PNL leitura orientada_ 2.º e 3.ºciclo
PNL leitura orientada_ 2.º e 3.ºcicloPNL leitura orientada_ 2.º e 3.ºciclo
PNL leitura orientada_ 2.º e 3.ºciclo
 
Ficha de verificaã§ã£o de leitura o cavaleiro da dinamarca
Ficha de verificaã§ã£o de leitura   o cavaleiro da dinamarcaFicha de verificaã§ã£o de leitura   o cavaleiro da dinamarca
Ficha de verificaã§ã£o de leitura o cavaleiro da dinamarca
 
Resumo do livro a vida nas palavras de inês tavares de alice vieira
Resumo do livro a vida nas palavras de inês tavares de alice vieiraResumo do livro a vida nas palavras de inês tavares de alice vieira
Resumo do livro a vida nas palavras de inês tavares de alice vieira
 
O diário de anne frank
O diário de anne frankO diário de anne frank
O diário de anne frank
 
PLANO NACIONAL DE LEITURA
PLANO NACIONAL DE LEITURAPLANO NACIONAL DE LEITURA
PLANO NACIONAL DE LEITURA
 
Diário de Anne Frank Ana 6ºC
Diário de Anne Frank Ana 6ºCDiário de Anne Frank Ana 6ºC
Diário de Anne Frank Ana 6ºC
 
Ficha de verificação de leitura " O cavaleiro da Dinamarca"
Ficha de verificação de leitura " O cavaleiro da Dinamarca"Ficha de verificação de leitura " O cavaleiro da Dinamarca"
Ficha de verificação de leitura " O cavaleiro da Dinamarca"
 
8ºc trabalho saga
8ºc trabalho saga8ºc trabalho saga
8ºc trabalho saga
 
O recruta ricardo carvalho
O recruta ricardo carvalhoO recruta ricardo carvalho
O recruta ricardo carvalho
 
Principezinho
PrincipezinhoPrincipezinho
Principezinho
 
A turma de 6º ano apresenta-se
A turma de 6º ano apresenta-seA turma de 6º ano apresenta-se
A turma de 6º ano apresenta-se
 
Saga vocabulário -soluções
Saga  vocabulário -soluçõesSaga  vocabulário -soluções
Saga vocabulário -soluções
 
Pronominalização - exercícios
Pronominalização - exercíciosPronominalização - exercícios
Pronominalização - exercícios
 

Semelhante a Ficha De Leitura Lingua Portuguesa

As nossas sugestões 7a
As nossas sugestões 7aAs nossas sugestões 7a
As nossas sugestões 7a
Isabel Couto
 
um-castelo-bem-assombrado (1).pdf
um-castelo-bem-assombrado (1).pdfum-castelo-bem-assombrado (1).pdf
um-castelo-bem-assombrado (1).pdf
LucliaCuranPedrini1
 
UM CASTELO BEM ASSOMBRADO.pdf
UM CASTELO BEM ASSOMBRADO.pdfUM CASTELO BEM ASSOMBRADO.pdf
UM CASTELO BEM ASSOMBRADO.pdf
AllysonFerreiraAdv
 
As nossas sugestões 8b
As nossas sugestões 8bAs nossas sugestões 8b
As nossas sugestões 8b
Isabel Couto
 
David Machado
David MachadoDavid Machado
David Machado
Mariana Oliveira
 
Blog
BlogBlog
PESQUISA DE LIVROS de Mulheres atuais latinas
PESQUISA DE LIVROS de Mulheres atuais latinasPESQUISA DE LIVROS de Mulheres atuais latinas
PESQUISA DE LIVROS de Mulheres atuais latinas
CaioVitor52
 
Novos livros
Novos livrosNovos livros
Listagem livros leitura
Listagem livros leituraListagem livros leitura
Listagem livros leitura
Agrupamento de Escolas do Tortosendo
 
A turma de 8º ano apresenta-se
A turma de 8º ano apresenta-seA turma de 8º ano apresenta-se
A turma de 8º ano apresenta-se
Isabel DA COSTA
 
Resume um livro numa frase
Resume um livro numa fraseResume um livro numa frase
Resume um livro numa frase
anapaulaoliveira
 
O meu livro preferido
O meu livro preferidoO meu livro preferido
O meu livro preferido
José Cunha
 
O castelo do feiticeiro
O castelo do feiticeiroO castelo do feiticeiro
O castelo do feiticeiro
anacristina02
 
O castelo do feiticeiro
O castelo do feiticeiroO castelo do feiticeiro
O castelo do feiticeiro
cris02
 
O castelo do feiticeiro
O castelo do feiticeiroO castelo do feiticeiro
O castelo do feiticeiro
letrasbriteiros
 
Trabalho de Marcus Vinicius Rodrigues dos Reis
Trabalho de Marcus Vinicius Rodrigues dos ReisTrabalho de Marcus Vinicius Rodrigues dos Reis
Trabalho de Marcus Vinicius Rodrigues dos Reis
Marcus Rodrigues
 
Teste intermediario final-portugues
Teste intermediario final-portuguesTeste intermediario final-portugues
Teste intermediario final-portugues
simba59
 
Ofertas da Feira do Livro
Ofertas da Feira do LivroOfertas da Feira do Livro
Ofertas da Feira do Livro
Paula Morgado
 
Uma Aventura
Uma AventuraUma Aventura
Uma Aventura
Diogo Proença
 
Labir5
Labir5Labir5

Semelhante a Ficha De Leitura Lingua Portuguesa (20)

As nossas sugestões 7a
As nossas sugestões 7aAs nossas sugestões 7a
As nossas sugestões 7a
 
um-castelo-bem-assombrado (1).pdf
um-castelo-bem-assombrado (1).pdfum-castelo-bem-assombrado (1).pdf
um-castelo-bem-assombrado (1).pdf
 
UM CASTELO BEM ASSOMBRADO.pdf
UM CASTELO BEM ASSOMBRADO.pdfUM CASTELO BEM ASSOMBRADO.pdf
UM CASTELO BEM ASSOMBRADO.pdf
 
As nossas sugestões 8b
As nossas sugestões 8bAs nossas sugestões 8b
As nossas sugestões 8b
 
David Machado
David MachadoDavid Machado
David Machado
 
Blog
BlogBlog
Blog
 
PESQUISA DE LIVROS de Mulheres atuais latinas
PESQUISA DE LIVROS de Mulheres atuais latinasPESQUISA DE LIVROS de Mulheres atuais latinas
PESQUISA DE LIVROS de Mulheres atuais latinas
 
Novos livros
Novos livrosNovos livros
Novos livros
 
Listagem livros leitura
Listagem livros leituraListagem livros leitura
Listagem livros leitura
 
A turma de 8º ano apresenta-se
A turma de 8º ano apresenta-seA turma de 8º ano apresenta-se
A turma de 8º ano apresenta-se
 
Resume um livro numa frase
Resume um livro numa fraseResume um livro numa frase
Resume um livro numa frase
 
O meu livro preferido
O meu livro preferidoO meu livro preferido
O meu livro preferido
 
O castelo do feiticeiro
O castelo do feiticeiroO castelo do feiticeiro
O castelo do feiticeiro
 
O castelo do feiticeiro
O castelo do feiticeiroO castelo do feiticeiro
O castelo do feiticeiro
 
O castelo do feiticeiro
O castelo do feiticeiroO castelo do feiticeiro
O castelo do feiticeiro
 
Trabalho de Marcus Vinicius Rodrigues dos Reis
Trabalho de Marcus Vinicius Rodrigues dos ReisTrabalho de Marcus Vinicius Rodrigues dos Reis
Trabalho de Marcus Vinicius Rodrigues dos Reis
 
Teste intermediario final-portugues
Teste intermediario final-portuguesTeste intermediario final-portugues
Teste intermediario final-portugues
 
Ofertas da Feira do Livro
Ofertas da Feira do LivroOfertas da Feira do Livro
Ofertas da Feira do Livro
 
Uma Aventura
Uma AventuraUma Aventura
Uma Aventura
 
Labir5
Labir5Labir5
Labir5
 

Mais de Rui Oliveira

Estatutos - CRM Outeiro Grande, atualizado em 2024
Estatutos - CRM Outeiro Grande, atualizado em 2024Estatutos - CRM Outeiro Grande, atualizado em 2024
Estatutos - CRM Outeiro Grande, atualizado em 2024
Rui Oliveira
 
Regulamento Interno - CRM Outeiro Grande
Regulamento Interno  - CRM Outeiro GrandeRegulamento Interno  - CRM Outeiro Grande
Regulamento Interno - CRM Outeiro Grande
Rui Oliveira
 
Estatutos CRMOG - versão antiga
Estatutos CRMOG - versão antigaEstatutos CRMOG - versão antiga
Estatutos CRMOG - versão antiga
Rui Oliveira
 
Resumo - Visão Por Computador
Resumo - Visão Por Computador Resumo - Visão Por Computador
Resumo - Visão Por Computador
Rui Oliveira
 
Gestor de Filmes - Relatório Prático
Gestor de Filmes - Relatório PráticoGestor de Filmes - Relatório Prático
Gestor de Filmes - Relatório Prático
Rui Oliveira
 
Relatório Prático - Sistemas Eletrónicos
Relatório Prático - Sistemas EletrónicosRelatório Prático - Sistemas Eletrónicos
Relatório Prático - Sistemas Eletrónicos
Rui Oliveira
 
Apontamentos Arquitetura de Computadores 2
Apontamentos Arquitetura de Computadores 2 Apontamentos Arquitetura de Computadores 2
Apontamentos Arquitetura de Computadores 2
Rui Oliveira
 
Planeamento de uma prova no concurso - Robô Bombeiro
Planeamento de uma prova no concurso - Robô BombeiroPlaneamento de uma prova no concurso - Robô Bombeiro
Planeamento de uma prova no concurso - Robô Bombeiro
Rui Oliveira
 
Guião Felizmente há Luar!
Guião Felizmente há Luar!Guião Felizmente há Luar!
Guião Felizmente há Luar!
Rui Oliveira
 
Documento CAPITULO SETE - tópicos MEMORIAL DO CONVENTO
Documento CAPITULO SETE - tópicos MEMORIAL DO CONVENTODocumento CAPITULO SETE - tópicos MEMORIAL DO CONVENTO
Documento CAPITULO SETE - tópicos MEMORIAL DO CONVENTO
Rui Oliveira
 
Apresentação CAPITULO SETE - MEMORIAL DO CONVENTO
Apresentação CAPITULO SETE - MEMORIAL DO CONVENTOApresentação CAPITULO SETE - MEMORIAL DO CONVENTO
Apresentação CAPITULO SETE - MEMORIAL DO CONVENTO
Rui Oliveira
 
Teoria da Relatividade de NEWTON
Teoria da Relatividade de NEWTONTeoria da Relatividade de NEWTON
Teoria da Relatividade de NEWTON
Rui Oliveira
 
Sofbol em Portugal e no mundo
Sofbol em Portugal e no mundoSofbol em Portugal e no mundo
Sofbol em Portugal e no mundo
Rui Oliveira
 
A natação em portugal
A natação em portugalA natação em portugal
A natação em portugal
Rui Oliveira
 
1.5.coeficiente de viscosidade de um líquido
1.5.coeficiente de viscosidade de um líquido1.5.coeficiente de viscosidade de um líquido
1.5.coeficiente de viscosidade de um líquido
Rui Oliveira
 
Centenário de Nss. Sª de Lourdes
Centenário de Nss. Sª de Lourdes Centenário de Nss. Sª de Lourdes
Centenário de Nss. Sª de Lourdes Rui Oliveira
 
Corfebol em Portugal e no Mundo
Corfebol em Portugal e no MundoCorfebol em Portugal e no Mundo
Corfebol em Portugal e no Mundo
Rui Oliveira
 
1.2.Atrito cinético e estático
1.2.Atrito cinético e estático1.2.Atrito cinético e estático
1.2.Atrito cinético e estático
Rui Oliveira
 
1.1.Máquina de Atwood
1.1.Máquina de Atwood1.1.Máquina de Atwood
1.1.Máquina de Atwood
Rui Oliveira
 
Movimento circular
Movimento circularMovimento circular
Movimento circular
Rui Oliveira
 

Mais de Rui Oliveira (20)

Estatutos - CRM Outeiro Grande, atualizado em 2024
Estatutos - CRM Outeiro Grande, atualizado em 2024Estatutos - CRM Outeiro Grande, atualizado em 2024
Estatutos - CRM Outeiro Grande, atualizado em 2024
 
Regulamento Interno - CRM Outeiro Grande
Regulamento Interno  - CRM Outeiro GrandeRegulamento Interno  - CRM Outeiro Grande
Regulamento Interno - CRM Outeiro Grande
 
Estatutos CRMOG - versão antiga
Estatutos CRMOG - versão antigaEstatutos CRMOG - versão antiga
Estatutos CRMOG - versão antiga
 
Resumo - Visão Por Computador
Resumo - Visão Por Computador Resumo - Visão Por Computador
Resumo - Visão Por Computador
 
Gestor de Filmes - Relatório Prático
Gestor de Filmes - Relatório PráticoGestor de Filmes - Relatório Prático
Gestor de Filmes - Relatório Prático
 
Relatório Prático - Sistemas Eletrónicos
Relatório Prático - Sistemas EletrónicosRelatório Prático - Sistemas Eletrónicos
Relatório Prático - Sistemas Eletrónicos
 
Apontamentos Arquitetura de Computadores 2
Apontamentos Arquitetura de Computadores 2 Apontamentos Arquitetura de Computadores 2
Apontamentos Arquitetura de Computadores 2
 
Planeamento de uma prova no concurso - Robô Bombeiro
Planeamento de uma prova no concurso - Robô BombeiroPlaneamento de uma prova no concurso - Robô Bombeiro
Planeamento de uma prova no concurso - Robô Bombeiro
 
Guião Felizmente há Luar!
Guião Felizmente há Luar!Guião Felizmente há Luar!
Guião Felizmente há Luar!
 
Documento CAPITULO SETE - tópicos MEMORIAL DO CONVENTO
Documento CAPITULO SETE - tópicos MEMORIAL DO CONVENTODocumento CAPITULO SETE - tópicos MEMORIAL DO CONVENTO
Documento CAPITULO SETE - tópicos MEMORIAL DO CONVENTO
 
Apresentação CAPITULO SETE - MEMORIAL DO CONVENTO
Apresentação CAPITULO SETE - MEMORIAL DO CONVENTOApresentação CAPITULO SETE - MEMORIAL DO CONVENTO
Apresentação CAPITULO SETE - MEMORIAL DO CONVENTO
 
Teoria da Relatividade de NEWTON
Teoria da Relatividade de NEWTONTeoria da Relatividade de NEWTON
Teoria da Relatividade de NEWTON
 
Sofbol em Portugal e no mundo
Sofbol em Portugal e no mundoSofbol em Portugal e no mundo
Sofbol em Portugal e no mundo
 
A natação em portugal
A natação em portugalA natação em portugal
A natação em portugal
 
1.5.coeficiente de viscosidade de um líquido
1.5.coeficiente de viscosidade de um líquido1.5.coeficiente de viscosidade de um líquido
1.5.coeficiente de viscosidade de um líquido
 
Centenário de Nss. Sª de Lourdes
Centenário de Nss. Sª de Lourdes Centenário de Nss. Sª de Lourdes
Centenário de Nss. Sª de Lourdes
 
Corfebol em Portugal e no Mundo
Corfebol em Portugal e no MundoCorfebol em Portugal e no Mundo
Corfebol em Portugal e no Mundo
 
1.2.Atrito cinético e estático
1.2.Atrito cinético e estático1.2.Atrito cinético e estático
1.2.Atrito cinético e estático
 
1.1.Máquina de Atwood
1.1.Máquina de Atwood1.1.Máquina de Atwood
1.1.Máquina de Atwood
 
Movimento circular
Movimento circularMovimento circular
Movimento circular
 

Último

PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 

Último (20)

PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 

Ficha De Leitura Lingua Portuguesa

  • 1. Agrupamento de Escolas Agrupamento de Escolas Artur Gonçalves de Torres Novas AR T UR GO N Ç AL VE S FICHA DE LEITURA DO LIVRO UMA AVENTURA NO LABIRINTO MISTERIOSO 1.LIVRO Autor: Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada Ilustrador: Arlindo Fagundes Data de Lançamento: 19 de Abril de 2007 – 2 anos Dimensão: 12x18 cm Editora: CAMINHO Páginas: 256 Peso: 209 gramas Sinopse: Labirintos são sempre lugares problemáticos porque toda a gente sabe onde é a entrada e ninguém sabe onde é a saída. Mas este labirinto tem mais de 100 anos e está envolto em mistérios mais complicados. Diz-se que paira uma maldição. Será verdade? Quem lá entra correrá o risco de nunca mais sair? Como explicar que algumas pessoas fiquem tontas, outras caiam desmaiadas e outras resistam? O perigo enfrenta-se decifrando um enigma? E onde procurar o enigma? No interior do próprio labirinto? Na casinha de tijolo ao fundo do jardim? Nas figuras antigas que são uma princesa com cara de lua e um cavaleiro com cara de sol? E que relação pode haver entre o enigma do labirinto e o único quarto proibido do casarão? Data de início da leitura: 31 de Março de 09 Data do fim da leitura: 10 de Abril de 09 Número da colecção: 49 Observações: Neste livro publicam-se os trabalhos premiados no Concurso Uma Aventura Literária 2006 2. RAZÕES DA ESCOLHA As razões que me levaram a escolher este livro foram duas. A principal foi a data do seu lançamento, ter sido no mesmo dia do meu aniversário, e a segunda foi que gostei da capa e da sinopse quando a vi pela primeira vez no supermercado. 3. A OBRA A história: Esta livro fala de história de cinco amigos que vão fotografar o labirinto de mansão da família de Milreu. Ficam a saber, pela secretária, que naquele casarão havia um quarto proibido. Luísa ao fotografar o labirinto desmaia inesperadamente. Nessa mesma noite, Teresa e Luísa, curiosas com o quarto proibido, conseguem lá entrar No dia seguinte, Charlene ao chegar à Mansão, quase desmaia ao passar perto do labirinto. Língua Português Rui Pedro Oliveira n.º5364 9.ºD 1
  • 2. Agrupamento de Escolas Agrupamento de Escolas Artur Gonçalves de Torres Novas AR T UR GO N Ç AL VE S Perante estes acontecimentos, Pedro decide ir falar com a condensa onde ela lhe fala sobre o labirinto e os segredos do avô do seu marido. Mais tarde, durante a ausência de todos, os cinco amigos conseguem entrar no quarto proibido e descobrem um alçapão que dá acesso aos subterrâneos da mansão. E é aqui que os rapazes encontram várias peças de valor (jóias, pratas, armaduras de ferro). É então que entram três pessoas disfarçadas para virem deixar mais coisa roubadas pensaram eles. Os assaltantes lutam com os rapazes, mas entretanto surge então a Condessa e um polícia disfarçados que apontam as suas armas aos bandidos e conseguem identificá-los. Trata-se da secretária, do jardineiro e de outra pessoa que nunca tinham visto antes. A aventura termina com os cinco amigos a tentarem desvendar enigmas do avô do marido. As personagens: -Cinco jovens amigos (o João, o Pedro, o Chico e as gémeas Teresa e Luísa acompanhados com os seus cães o Faial e o Caracol) -Charlene Leão, fotógrafa do clube “Foto Natureza”, -Eleonora, senhora condensa de Milreu -Laurinda , cozinheira da casa -Núria Maria, secretária da condensa -Inspector Gavião, policia e velho amigo da condensa. Espaço: A acção desenrola-se primeiro no clube de férias onde os cinco jovens aprendem a fotografar, é-lhes proposto ir fotografar um labirinto, na mansão da senhora condessa e eles aceitam incondicionalmente. Nesta casa enorme, pintada de cor de rosa, onde existiem árvores gigantes, uma pequena casa de tijolo onde vivia a cozinheira e o seu marido jardineiro, uma cocheira remodelada onde ficaram instalados o grupo, um lago e o belíssimo labirinto misterioso. É aqui neste espaço o onde se desenrola todos as aventura e descobertas destes quatro amigos. Tempo: Estas aventuras desenrolam-se na segunda semana da ferias da pascoa. Durante quatro dias. 4. ADESÃO Aspectos apreciados: Gostei muito de ler este livro penso que ao incluir os trabalhos premiados no Concurso Uma Aventura Literária 2006 foi uma boa ideia. Aspectos negativos: Penso que o livro se tivesse mais ilustrações durante os capítulos seria menos cansativo e ler. Mas gostei muito! Recomendação da leitura: Recomendo esta livro e todas os outro da colecção de “Um Aventura”, são muito divertidos e não são daqueles livro cansativos de ler, que quando vamos no segundo capítulo já estamos farto. Língua Português Rui Pedro Oliveira n.º5364 9.ºD 1