SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 15
Era uma vez um
  menino que era
  príncipe, vivia num
  pequeno planeta,
  tratando de três
  vulcões e da sua
  rosa.

Um dia resolveu partir
 para conhecer o
 Universo e fazer
 amigos.
Ao longo da sua viagem visitou
   vários planetas semelhantes ao
   seu, mas com habitantes muito
   diferentes.
No primeiro vivia um rei.
O rei vivia sozinho e há muitos anos
   que não via ninguém…
- Finalmente tenho alguém em
   quem mandar – disse o Rei ao ver
   o Principezinho.
No segundo planeta, o
Principezinho conheceu um
homem muito vaidoso:

- Ah! Ah! A visita de um
   admirador. É verdade
   que me admiras muito?
- O que significa admirar?
- Admirar significa
   reconhecer que sou o
   homem mais bonito, mais
   bem vestido, mais rico e
   mais inteligente do
   planeta.

- Mas estás aqui sozinho
   neste planeta!
No planeta seguinte vivia
  um bêbado, esta visita foi
  muito curta.
- Que estás a fazer? –
  perguntou o príncipe.
- Estou a beber vinho.
- E porque é que estás a
  beber?
- Para me esquecer que
  tenho vergonha de
  beber…
O Principezinho foi-se
  embora pasmado a
  pensar: “Decididamente
  as pessoas grandes são
  muito, muito esquisitas.”
O quarto planeta era de um
  homem de negócios,
  estava tão atarefado que
  nem levantou a cabeça
  quando chegou o
  Principezinho.
- Bom dia! – disse o
  menino.

O homem estava a fazer
  contas e nem respondeu.
  Ele estava a contar as
  estrelas e dizia que as
  tinha comprado a todas.
O quinto planeta era muito
  curioso. Era o mais
  pequeno de todos. Só
  tinha espaço para um
  candeeiro e o senhor que
  o acendia.

O principezinho não
  percebeu porque existia
  um candeeiro num sítio
  onde não havia casas
  nem mais pessoas!
O sexto planeta era bem maior.
   Era habitado por um senhor
   idoso, que escrevia livros
   enormes.
- Que fazes? – perguntou o
   menino.
- Sou geógrafo.
- O que é isso?



                        É um sábio que sabe onde ficam os mares,
                        os rios, as cidades, as montanhas e os
                        desertos.
                        Isso é muito interessante…até que enfim que
                        encontro uma verdadeira profissão.
                        Mas apesar da sua profissão ele não sabia se
                        havia oceanos e montanhas no seu planeta,
                        pois estava muito ocupado a escrever os
                        seus livros.
O sétimo planeta que o Principezinho
  visitou foi a Terra…ele estava no
  deserto de África e a primeira
  criatura que viu foi uma serpente,
  cumprimentou-a e ela respondeu-lhe
  e continuaram a conversar.

O Principezinho sentou-se numa pedra,
  olhou as estrelas no céu e disse:
- Olha para o meu planeta, está
  mesmo diante de nós, mas tão longe!
- É lindo! – disse a serpente. – Mas o
  que vens cá fazer?
- Vim cá por causa de uma flor…
- Deves gostar muito dessa flor! –
  respondeu a serpente.
Passado algum tempo, encontrou uma floresta cheia de flores.
- Olá! Quem são vocês?
- Somos flores. Somos árvores. Somos a floresta!
- São flores? A minha flor tinha-me dito que era única…afinal
  há mais! E eu que pensava que era rico, por ter a única flor
  do mundo!
As flores responderam: - O importante é gostares da tua flor e
  cuidares dela. Dares-lhe de beber quando tem sede. Cobri-
  la com um manto quando tem frio. O importante é o amor!
- Sim, sim. É bom amar uma flor!
- A raposa que aqui vive é da mesma opinião! – Disseram as
  flores!
O Principezinho foi logo conhecer essa raposa. Achou-a
  bem bonita e conversou bastante com ela. Disse-lhe que
  andava à procura de amigos, pois no seu planeta só tinha
  uma amiga flor.
Então convidou a raposa para brincar com ele.




- Não posso brincar contigo! Ainda não estou presa a ti. –
  Disse a raposa.
- Ah! Desculpa. O que é estar presa?
- Vê-se logo que não és de cá. Significa estar ligada a
  alguém e criar laços com essa pessoa.
O principezinho percebeu
  que estava ligado com a
  sua flor.

E a raposa perguntou se ele
  queria ser seu amigo.

- Eu bem gostava de ser teu   Depois a raposa explicou ao
  amigo, mas depois tu vais      príncipe porque os amigos
  sentir saudades minhas         são tão importantes e nos
  quando eu for embora.          fazem tão felizes só por
                                 existirem!
                              - Mas é preciso cuidar dos
- Claro! Ser amigo é isso
                                 amigos, dar atenção e
  mesmo! – respondeu a
                                 miminhos! – Disse a
  raposa.
                                 raposa.
O principezinho pensou de novo na
   sua flor e que afinal ela era única
   no mundo, pois era a única flor
   sua amiga…que ele cuidava e
   amava.
- Sou responsável pela minha flor.
   – Disse o Príncipe.

                                  Antes de ir embora
                                   para junto da sua
                                   flor, o Principezinho
                                   foi despedir-se da
                                   raposa que lhe disse
                                   um segredo muito
                                   importante:
- Só se vê bem com o coração.
O essencial é invisível aos olhos!




                 E aqui ficou esta história,
                 Que fala de Amizade.
                 Preservem os vossos amigos
                 Até à eternidade!
Antoine Saint-Exupéry

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O principezinho mariana guia
O principezinho   mariana guiaO principezinho   mariana guia
O principezinho mariana guia
fantas45
 
Historia do principezinho_isabel_d
Historia do principezinho_isabel_dHistoria do principezinho_isabel_d
Historia do principezinho_isabel_d
didimartins
 
História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar - 1ªparte
História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar - 1ªparteHistória de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar - 1ªparte
História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar - 1ªparte
Lurdes Augusto
 
Doc 11 resumo do principezinho
Doc 11  resumo do principezinhoDoc 11  resumo do principezinho
Doc 11 resumo do principezinho
helena frança
 
O principezinho mariana macedo
O principezinho   mariana macedoO principezinho   mariana macedo
O principezinho mariana macedo
fantas45
 
História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar, de Luis Sepúlveda
História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar, de Luis SepúlvedaHistória de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar, de Luis Sepúlveda
História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar, de Luis Sepúlveda
Lurdes Augusto
 

Mais procurados (20)

Uma aventura
Uma aventuraUma aventura
Uma aventura
 
O principezinho mariana guia
O principezinho   mariana guiaO principezinho   mariana guia
O principezinho mariana guia
 
O principezinho.docx resumo2
O principezinho.docx resumo2O principezinho.docx resumo2
O principezinho.docx resumo2
 
Historia do principezinho_isabel_d
Historia do principezinho_isabel_dHistoria do principezinho_isabel_d
Historia do principezinho_isabel_d
 
História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar
História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voarHistória de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar
História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar
 
História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar - 1ªparte
História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar - 1ªparteHistória de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar - 1ªparte
História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar - 1ªparte
 
História de uma gaivota e do gato que a essinou a voar
História de uma gaivota e do gato que a essinou a voarHistória de uma gaivota e do gato que a essinou a voar
História de uma gaivota e do gato que a essinou a voar
 
Retrato físico e psicológico
Retrato físico e psicológico Retrato físico e psicológico
Retrato físico e psicológico
 
Resumo da obra
Resumo da obraResumo da obra
Resumo da obra
 
Doc 11 resumo do principezinho
Doc 11  resumo do principezinhoDoc 11  resumo do principezinho
Doc 11 resumo do principezinho
 
Resumo a saga
Resumo a sagaResumo a saga
Resumo a saga
 
Leandro, o rei da helíria
Leandro, o rei da helíriaLeandro, o rei da helíria
Leandro, o rei da helíria
 
"O Príncipe Nabo"
"O Príncipe Nabo""O Príncipe Nabo"
"O Príncipe Nabo"
 
A viúva e o papagaio
A viúva e o papagaioA viúva e o papagaio
A viúva e o papagaio
 
O principezinho mariana macedo
O principezinho   mariana macedoO principezinho   mariana macedo
O principezinho mariana macedo
 
O rapaz de bronze
O rapaz de bronzeO rapaz de bronze
O rapaz de bronze
 
História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar, de Luis Sepúlveda
História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar, de Luis SepúlvedaHistória de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar, de Luis Sepúlveda
História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar, de Luis Sepúlveda
 
O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá - Primavera
O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá - PrimaveraO Gato Malhado e a Andorinha Sinhá - Primavera
O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá - Primavera
 
"O Dragão"
"O Dragão" "O Dragão"
"O Dragão"
 
Testes 6º ano etapas
Testes 6º ano etapasTestes 6º ano etapas
Testes 6º ano etapas
 

Destaque

Ebook papinhas quitutesdamamae_amostragratis
Ebook papinhas quitutesdamamae_amostragratisEbook papinhas quitutesdamamae_amostragratis
Ebook papinhas quitutesdamamae_amostragratis
Tudo para Vegetarianos
 
O principezinho em português
O principezinho em portuguêsO principezinho em português
O principezinho em português
profnoliveira
 

Destaque (9)

Ebook papinhas quitutesdamamae_amostragratis
Ebook papinhas quitutesdamamae_amostragratisEbook papinhas quitutesdamamae_amostragratis
Ebook papinhas quitutesdamamae_amostragratis
 
Papinhas maes
Papinhas maesPapinhas maes
Papinhas maes
 
O principezinho em português
O principezinho em portuguêsO principezinho em português
O principezinho em português
 
Para multiplicadores
Para multiplicadoresPara multiplicadores
Para multiplicadores
 
Alimentação Vegetariana
Alimentação VegetarianaAlimentação Vegetariana
Alimentação Vegetariana
 
Livro tratamentosnaturais taste
Livro tratamentosnaturais tasteLivro tratamentosnaturais taste
Livro tratamentosnaturais taste
 
O Grande Livro da Costura
O Grande Livro da CosturaO Grande Livro da Costura
O Grande Livro da Costura
 
Ficha de leitura do livro "O Pequeno Príncipe" de Antoine de Saint-Exupéry.
Ficha de leitura do livro "O Pequeno Príncipe" de Antoine de Saint-Exupéry.Ficha de leitura do livro "O Pequeno Príncipe" de Antoine de Saint-Exupéry.
Ficha de leitura do livro "O Pequeno Príncipe" de Antoine de Saint-Exupéry.
 
Guia de Sobrevivência do Vegano
Guia de Sobrevivência do VeganoGuia de Sobrevivência do Vegano
Guia de Sobrevivência do Vegano
 

Semelhante a Historia do principezinho

O principezinho
O principezinhoO principezinho
O principezinho
serra1979
 
The Little Prince
The Little PrinceThe Little Prince
The Little Prince
Serena
 
O principezinho
O principezinhoO principezinho
O principezinho
Biblioteia
 
O principezinho prova avaliação formativa1 (blog9 15-16)
O principezinho   prova avaliação formativa1 (blog9 15-16)O principezinho   prova avaliação formativa1 (blog9 15-16)
O principezinho prova avaliação formativa1 (blog9 15-16)
Cidalia Silva
 
Camões e o principezinho
Camões e o principezinhoCamões e o principezinho
Camões e o principezinho
Profmaria
 
Camões e o principezinho
Camões e o principezinhoCamões e o principezinho
Camões e o principezinho
Profmaria
 

Semelhante a Historia do principezinho (20)

O principezinho
O principezinhoO principezinho
O principezinho
 
O principezinho
O principezinhoO principezinho
O principezinho
 
The Little Prince
The Little PrinceThe Little Prince
The Little Prince
 
O-PEQUENO-PRINCIPE.docx
O-PEQUENO-PRINCIPE.docxO-PEQUENO-PRINCIPE.docx
O-PEQUENO-PRINCIPE.docx
 
O principezinho
O principezinhoO principezinho
O principezinho
 
O pequeno príncipe
O pequeno príncipeO pequeno príncipe
O pequeno príncipe
 
O pequeno príncipe
O pequeno príncipeO pequeno príncipe
O pequeno príncipe
 
Principezinho
PrincipezinhoPrincipezinho
Principezinho
 
O principezinho prova avaliação formativa1 (blog9 15-16)
O principezinho   prova avaliação formativa1 (blog9 15-16)O principezinho   prova avaliação formativa1 (blog9 15-16)
O principezinho prova avaliação formativa1 (blog9 15-16)
 
Historinhas de Mãe Natureza
Historinhas de Mãe Natureza   Historinhas de Mãe Natureza
Historinhas de Mãe Natureza
 
PortefóLio
PortefóLioPortefóLio
PortefóLio
 
Portefólio modificado
Portefólio modificadoPortefólio modificado
Portefólio modificado
 
PortefóLio
PortefóLioPortefóLio
PortefóLio
 
O pequeno príncipe
O pequeno príncipeO pequeno príncipe
O pequeno príncipe
 
Camões e o principezinho
Camões e o principezinhoCamões e o principezinho
Camões e o principezinho
 
Camões e o principezinho
Camões e o principezinhoCamões e o principezinho
Camões e o principezinho
 
Pequeno príncipe - por Gustavo Guimarães Gonçalves
Pequeno príncipe  -  por Gustavo Guimarães GonçalvesPequeno príncipe  -  por Gustavo Guimarães Gonçalves
Pequeno príncipe - por Gustavo Guimarães Gonçalves
 
O principezinho- 5 ano
O principezinho- 5 anoO principezinho- 5 ano
O principezinho- 5 ano
 
O Pequeno PríNcipe Juliana Ramires
O Pequeno PríNcipe   Juliana RamiresO Pequeno PríNcipe   Juliana Ramires
O Pequeno PríNcipe Juliana Ramires
 
Plano de aula - O pequeno príncipe
Plano de aula - O pequeno príncipePlano de aula - O pequeno príncipe
Plano de aula - O pequeno príncipe
 

Mais de Maria José Ramalho

Textos sobre o foral de vieira do minho
Textos sobre o foral de vieira do minhoTextos sobre o foral de vieira do minho
Textos sobre o foral de vieira do minho
Maria José Ramalho
 
Concurso de escrita criativa regulamento
Concurso de escrita criativa regulamentoConcurso de escrita criativa regulamento
Concurso de escrita criativa regulamento
Maria José Ramalho
 
Regulamento do clube amigos da biblioteca
Regulamento do clube amigos da bibliotecaRegulamento do clube amigos da biblioteca
Regulamento do clube amigos da biblioteca
Maria José Ramalho
 
Metas Curriculares de Português
Metas Curriculares de PortuguêsMetas Curriculares de Português
Metas Curriculares de Português
Maria José Ramalho
 
Formação do utilizador espaços da biblioteca
Formação do utilizador espaços da bibliotecaFormação do utilizador espaços da biblioteca
Formação do utilizador espaços da biblioteca
Maria José Ramalho
 
Artigo5 dinâmicas de implementação de software open source numa b universitária
Artigo5 dinâmicas de implementação de software open source numa  b universitáriaArtigo5 dinâmicas de implementação de software open source numa  b universitária
Artigo5 dinâmicas de implementação de software open source numa b universitária
Maria José Ramalho
 
Atividade de promoção da leitura e da escrita faça lá um poema
Atividade de promoção da leitura e da escrita faça lá um poemaAtividade de promoção da leitura e da escrita faça lá um poema
Atividade de promoção da leitura e da escrita faça lá um poema
Maria José Ramalho
 
Cartaz concurso literário conto de natal
Cartaz concurso literário conto de natalCartaz concurso literário conto de natal
Cartaz concurso literário conto de natal
Maria José Ramalho
 

Mais de Maria José Ramalho (20)

Textos sobre o foral de vieira do minho
Textos sobre o foral de vieira do minhoTextos sobre o foral de vieira do minho
Textos sobre o foral de vieira do minho
 
Dia do autor português
Dia do autor portuguêsDia do autor português
Dia do autor português
 
Semana da leitura 2014
Semana da leitura   2014Semana da leitura   2014
Semana da leitura 2014
 
Regulamento cnl2014
Regulamento cnl2014Regulamento cnl2014
Regulamento cnl2014
 
Rbe plano be 2014 2020
Rbe plano be 2014 2020Rbe plano be 2014 2020
Rbe plano be 2014 2020
 
Frases pirata sobre alimentação
Frases pirata sobre alimentaçãoFrases pirata sobre alimentação
Frases pirata sobre alimentação
 
Concurso de escrita criativa regulamento
Concurso de escrita criativa regulamentoConcurso de escrita criativa regulamento
Concurso de escrita criativa regulamento
 
Regulamento do clube amigos da biblioteca
Regulamento do clube amigos da bibliotecaRegulamento do clube amigos da biblioteca
Regulamento do clube amigos da biblioteca
 
Metas Curriculares de Português
Metas Curriculares de PortuguêsMetas Curriculares de Português
Metas Curriculares de Português
 
Dia mundial do coração
Dia mundial do coraçãoDia mundial do coração
Dia mundial do coração
 
Regimento 2012 2013
Regimento 2012 2013Regimento 2012 2013
Regimento 2012 2013
 
Formação do utilizador espaços da biblioteca
Formação do utilizador espaços da bibliotecaFormação do utilizador espaços da biblioteca
Formação do utilizador espaços da biblioteca
 
Artigo5 dinâmicas de implementação de software open source numa b universitária
Artigo5 dinâmicas de implementação de software open source numa  b universitáriaArtigo5 dinâmicas de implementação de software open source numa  b universitária
Artigo5 dinâmicas de implementação de software open source numa b universitária
 
Experiência no ceda
Experiência no cedaExperiência no ceda
Experiência no ceda
 
Atividade de promoção da leitura e da escrita faça lá um poema
Atividade de promoção da leitura e da escrita faça lá um poemaAtividade de promoção da leitura e da escrita faça lá um poema
Atividade de promoção da leitura e da escrita faça lá um poema
 
Regulamento flp 2013
Regulamento flp 2013Regulamento flp 2013
Regulamento flp 2013
 
Leitores de dezembro
Leitores de dezembroLeitores de dezembro
Leitores de dezembro
 
Leitores do mês de novembro
Leitores do mês de novembro Leitores do mês de novembro
Leitores do mês de novembro
 
Cartaz concurso literário conto de natal
Cartaz concurso literário conto de natalCartaz concurso literário conto de natal
Cartaz concurso literário conto de natal
 
Feira do livro cartaz
Feira do livro cartazFeira do livro cartaz
Feira do livro cartaz
 

Historia do principezinho

  • 1.
  • 2. Era uma vez um menino que era príncipe, vivia num pequeno planeta, tratando de três vulcões e da sua rosa. Um dia resolveu partir para conhecer o Universo e fazer amigos.
  • 3. Ao longo da sua viagem visitou vários planetas semelhantes ao seu, mas com habitantes muito diferentes. No primeiro vivia um rei. O rei vivia sozinho e há muitos anos que não via ninguém… - Finalmente tenho alguém em quem mandar – disse o Rei ao ver o Principezinho.
  • 4. No segundo planeta, o Principezinho conheceu um homem muito vaidoso: - Ah! Ah! A visita de um admirador. É verdade que me admiras muito? - O que significa admirar? - Admirar significa reconhecer que sou o homem mais bonito, mais bem vestido, mais rico e mais inteligente do planeta. - Mas estás aqui sozinho neste planeta!
  • 5. No planeta seguinte vivia um bêbado, esta visita foi muito curta. - Que estás a fazer? – perguntou o príncipe. - Estou a beber vinho. - E porque é que estás a beber? - Para me esquecer que tenho vergonha de beber… O Principezinho foi-se embora pasmado a pensar: “Decididamente as pessoas grandes são muito, muito esquisitas.”
  • 6. O quarto planeta era de um homem de negócios, estava tão atarefado que nem levantou a cabeça quando chegou o Principezinho. - Bom dia! – disse o menino. O homem estava a fazer contas e nem respondeu. Ele estava a contar as estrelas e dizia que as tinha comprado a todas.
  • 7. O quinto planeta era muito curioso. Era o mais pequeno de todos. Só tinha espaço para um candeeiro e o senhor que o acendia. O principezinho não percebeu porque existia um candeeiro num sítio onde não havia casas nem mais pessoas!
  • 8. O sexto planeta era bem maior. Era habitado por um senhor idoso, que escrevia livros enormes. - Que fazes? – perguntou o menino. - Sou geógrafo. - O que é isso? É um sábio que sabe onde ficam os mares, os rios, as cidades, as montanhas e os desertos. Isso é muito interessante…até que enfim que encontro uma verdadeira profissão. Mas apesar da sua profissão ele não sabia se havia oceanos e montanhas no seu planeta, pois estava muito ocupado a escrever os seus livros.
  • 9. O sétimo planeta que o Principezinho visitou foi a Terra…ele estava no deserto de África e a primeira criatura que viu foi uma serpente, cumprimentou-a e ela respondeu-lhe e continuaram a conversar. O Principezinho sentou-se numa pedra, olhou as estrelas no céu e disse: - Olha para o meu planeta, está mesmo diante de nós, mas tão longe! - É lindo! – disse a serpente. – Mas o que vens cá fazer? - Vim cá por causa de uma flor… - Deves gostar muito dessa flor! – respondeu a serpente.
  • 10. Passado algum tempo, encontrou uma floresta cheia de flores. - Olá! Quem são vocês? - Somos flores. Somos árvores. Somos a floresta! - São flores? A minha flor tinha-me dito que era única…afinal há mais! E eu que pensava que era rico, por ter a única flor do mundo! As flores responderam: - O importante é gostares da tua flor e cuidares dela. Dares-lhe de beber quando tem sede. Cobri- la com um manto quando tem frio. O importante é o amor! - Sim, sim. É bom amar uma flor! - A raposa que aqui vive é da mesma opinião! – Disseram as flores!
  • 11. O Principezinho foi logo conhecer essa raposa. Achou-a bem bonita e conversou bastante com ela. Disse-lhe que andava à procura de amigos, pois no seu planeta só tinha uma amiga flor. Então convidou a raposa para brincar com ele. - Não posso brincar contigo! Ainda não estou presa a ti. – Disse a raposa. - Ah! Desculpa. O que é estar presa? - Vê-se logo que não és de cá. Significa estar ligada a alguém e criar laços com essa pessoa.
  • 12. O principezinho percebeu que estava ligado com a sua flor. E a raposa perguntou se ele queria ser seu amigo. - Eu bem gostava de ser teu Depois a raposa explicou ao amigo, mas depois tu vais príncipe porque os amigos sentir saudades minhas são tão importantes e nos quando eu for embora. fazem tão felizes só por existirem! - Mas é preciso cuidar dos - Claro! Ser amigo é isso amigos, dar atenção e mesmo! – respondeu a miminhos! – Disse a raposa. raposa.
  • 13. O principezinho pensou de novo na sua flor e que afinal ela era única no mundo, pois era a única flor sua amiga…que ele cuidava e amava. - Sou responsável pela minha flor. – Disse o Príncipe. Antes de ir embora para junto da sua flor, o Principezinho foi despedir-se da raposa que lhe disse um segredo muito importante:
  • 14. - Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos! E aqui ficou esta história, Que fala de Amizade. Preservem os vossos amigos Até à eternidade!