SlideShare uma empresa Scribd logo
EIXOS NORTEADORES DO
SCFV
Convivência social
 Convivência é a ação de conviver (viver em
companhia de outro ou outros). No seu
sentido mais amplo, trata-se de um conceito
relacionado com a coexistência pacífica e
harmoniosa de grupos humanos num mesmo
espaço.
Direito de ser
 Está ligado ao direito de pertencer a um
determinado grupo ou classe social; de ter o
sentimento de pertença a este grupo ou
classe; de buscar a sua identidade no seu
local de convívio.
Participação
 Ação ou efeito de participar; fazer parte de
alguma coisa. Na Sociologia, é um termo que
designa o envolvimento de indivíduos ou
grupos que são afetados de alguma maneira
por alguma proposta ou resolução que está
sujeita a um processo de decisão, ou que
estão interessados na mesma.
IGUALDADE
≠
JUSTIÇA
Igualdade
 Igualdade é a falta de diferenças entre duas
coisas, que possuem o mesmo valor ou são
interpretadas a partir do mesmo ponto de
vista, em comparação a outra coisa ou
pessoa.
 A igualdade na justiça parte da premissa que
todos os indivíduos, de uma determinada
nação, por exemplo, estão sujeitos às
mesmas leis que regem o país, devendo
obedecer os mesmos direitos e deveres.
Justiça
 Justiça é a particularidade do que é justo e
correto, como o respeito à igualdade de todos
os cidadãos, por exemplo.
 A Justiça pode ser reconhecida por
mecanismos automáticos ou intuitivos nas
relações sociais, ou por mediação através dos
tribunais.
Analisando a imagem
Pedagogia do planejamento
- Pode dizer-me que caminho devo tomar?
- Isto depende do lugar para onde você quer ir.
(Respondeu com muito propósito o gato)
- Não tenho destino certo.
- Neste caso qualquer caminho serve.
(Alice no País das Maravilhas – Lewis Carrol)
“Uma visão sem ação é somente um sonho.
Uma ação sem visão é apenas um
passatempo. Uma visão com ação pode
transformar o mundo.”

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

08 plano de acompanhamento familiar - folha de acoes - exemplos
08   plano de acompanhamento familiar - folha de acoes - exemplos08   plano de acompanhamento familiar - folha de acoes - exemplos
08 plano de acompanhamento familiar - folha de acoes - exemplos
Janaina Anjos
 
PERCURSO SCFV 6 A 15 ANOS (1).pdf
PERCURSO SCFV 6 A 15 ANOS (1).pdfPERCURSO SCFV 6 A 15 ANOS (1).pdf
PERCURSO SCFV 6 A 15 ANOS (1).pdf
Daiane Bernardon
 
Relatorio social adoção
Relatorio social adoçãoRelatorio social adoção
Relatorio social adoção
Diario de Assistente Social
 
Serviço Social - Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos-SCFV / s...
Serviço Social - Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos-SCFV / s...Serviço Social - Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos-SCFV / s...
Serviço Social - Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos-SCFV / s...
Educação
 
Modelo parecer social
Modelo  parecer socialModelo  parecer social
Modelo parecer social
Rosane Domingues
 
COMO FAZER RELATÓRIOS
COMO FAZER RELATÓRIOSCOMO FAZER RELATÓRIOS
COMO FAZER RELATÓRIOS
Daiane Daine
 
Serviço Social e Educação
Serviço Social e EducaçãoServiço Social e Educação
Serviço Social e Educação
Faculdade União das Américas
 
06 ficha de evolução de atendimento
06   ficha de evolução de atendimento06   ficha de evolução de atendimento
06 ficha de evolução de atendimento
Janaina Anjos
 
99b.guia orientador social
99b.guia orientador social99b.guia orientador social
99b.guia orientador social
Rafaella Storch Xavier
 
Oficina de serviço social elaboração de relatórios e laudos.
Oficina de serviço social   elaboração de relatórios e laudos.Oficina de serviço social   elaboração de relatórios e laudos.
Oficina de serviço social elaboração de relatórios e laudos.
Rosane Domingues
 
Apresentação politica de assistencia social 2
Apresentação politica de assistencia social 2Apresentação politica de assistencia social 2
Apresentação politica de assistencia social 2
Alinebrauna Brauna
 
CRAS - Centro de Referencia de Assistência Social
CRAS - Centro de Referencia de Assistência SocialCRAS - Centro de Referencia de Assistência Social
CRAS - Centro de Referencia de Assistência Social
Allan Shinkoda
 
Apresentação do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) UNOPAR
Apresentação do Sistema Único  de Assistência Social (SUAS)  UNOPARApresentação do Sistema Único  de Assistência Social (SUAS)  UNOPAR
Apresentação do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) UNOPAR
Ana Patricia Fernandes Oliveira
 
Cras paif
Cras paifCras paif
Cras paif
leilymoura
 
Serviços do CRAS
Serviços do CRASServiços do CRAS
Serviços do CRAS
Daniele Aguiar Oliveira
 
CRAS e CREAS- Quem faz o que.
CRAS e CREAS- Quem faz o que.CRAS e CREAS- Quem faz o que.
CRAS e CREAS- Quem faz o que.
Rosane Domingues
 
18 de Maio
18 de Maio 18 de Maio
18 de Maio
Patrícia Brasil
 
Relatório final de estágio
Relatório final de estágio Relatório final de estágio
Relatório final de estágio
Monique Elen Rodrigues de Araújo Oliveira
 
Creas serviços
Creas  serviçosCreas  serviços
Creas serviços
Rosane Domingues
 
Metodologia de trabalho do creas
Metodologia de trabalho do creasMetodologia de trabalho do creas
Metodologia de trabalho do creas
Rosane Domingues
 

Mais procurados (20)

08 plano de acompanhamento familiar - folha de acoes - exemplos
08   plano de acompanhamento familiar - folha de acoes - exemplos08   plano de acompanhamento familiar - folha de acoes - exemplos
08 plano de acompanhamento familiar - folha de acoes - exemplos
 
PERCURSO SCFV 6 A 15 ANOS (1).pdf
PERCURSO SCFV 6 A 15 ANOS (1).pdfPERCURSO SCFV 6 A 15 ANOS (1).pdf
PERCURSO SCFV 6 A 15 ANOS (1).pdf
 
Relatorio social adoção
Relatorio social adoçãoRelatorio social adoção
Relatorio social adoção
 
Serviço Social - Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos-SCFV / s...
Serviço Social - Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos-SCFV / s...Serviço Social - Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos-SCFV / s...
Serviço Social - Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos-SCFV / s...
 
Modelo parecer social
Modelo  parecer socialModelo  parecer social
Modelo parecer social
 
COMO FAZER RELATÓRIOS
COMO FAZER RELATÓRIOSCOMO FAZER RELATÓRIOS
COMO FAZER RELATÓRIOS
 
Serviço Social e Educação
Serviço Social e EducaçãoServiço Social e Educação
Serviço Social e Educação
 
06 ficha de evolução de atendimento
06   ficha de evolução de atendimento06   ficha de evolução de atendimento
06 ficha de evolução de atendimento
 
99b.guia orientador social
99b.guia orientador social99b.guia orientador social
99b.guia orientador social
 
Oficina de serviço social elaboração de relatórios e laudos.
Oficina de serviço social   elaboração de relatórios e laudos.Oficina de serviço social   elaboração de relatórios e laudos.
Oficina de serviço social elaboração de relatórios e laudos.
 
Apresentação politica de assistencia social 2
Apresentação politica de assistencia social 2Apresentação politica de assistencia social 2
Apresentação politica de assistencia social 2
 
CRAS - Centro de Referencia de Assistência Social
CRAS - Centro de Referencia de Assistência SocialCRAS - Centro de Referencia de Assistência Social
CRAS - Centro de Referencia de Assistência Social
 
Apresentação do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) UNOPAR
Apresentação do Sistema Único  de Assistência Social (SUAS)  UNOPARApresentação do Sistema Único  de Assistência Social (SUAS)  UNOPAR
Apresentação do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) UNOPAR
 
Cras paif
Cras paifCras paif
Cras paif
 
Serviços do CRAS
Serviços do CRASServiços do CRAS
Serviços do CRAS
 
CRAS e CREAS- Quem faz o que.
CRAS e CREAS- Quem faz o que.CRAS e CREAS- Quem faz o que.
CRAS e CREAS- Quem faz o que.
 
18 de Maio
18 de Maio 18 de Maio
18 de Maio
 
Relatório final de estágio
Relatório final de estágio Relatório final de estágio
Relatório final de estágio
 
Creas serviços
Creas  serviçosCreas  serviços
Creas serviços
 
Metodologia de trabalho do creas
Metodologia de trabalho do creasMetodologia de trabalho do creas
Metodologia de trabalho do creas
 

Semelhante a Eixos norteadores do scfv

Fil do direito politica
Fil do direito politicaFil do direito politica
Fil do direito politica
Mariana Mendes
 
ÉTica e cidadania Profº Gilberto de Jesus
ÉTica e cidadania Profº Gilberto de JesusÉTica e cidadania Profº Gilberto de Jesus
ÉTica e cidadania Profº Gilberto de Jesus
Gilberto de Jesus
 
38 etcid
38 etcid38 etcid
38 etcid
Eurides Soares
 
Lei, Justiça e Cidadania
Lei, Justiça e Cidadania Lei, Justiça e Cidadania
Lei, Justiça e Cidadania
Roberto Taveiros Darski
 
Acesso a justiça e justiça restaurativa pará power point2007
Acesso a justiça e justiça restaurativa pará power point2007Acesso a justiça e justiça restaurativa pará power point2007
Acesso a justiça e justiça restaurativa pará power point2007
ElenitaPimentel
 
Acesso a justiça e justiça restaurativa pará power point2007
Acesso a justiça e justiça restaurativa pará power point2007Acesso a justiça e justiça restaurativa pará power point2007
Acesso a justiça e justiça restaurativa pará power point2007
ElenitaPimentel
 
20170623 DW Debate: Cidadania, Governação e Eleições: Desafios e Perspectiva.
20170623 DW Debate: Cidadania, Governação e Eleições: Desafios e Perspectiva.20170623 DW Debate: Cidadania, Governação e Eleições: Desafios e Perspectiva.
20170623 DW Debate: Cidadania, Governação e Eleições: Desafios e Perspectiva.
Development Workshop Angola
 
Objeto de estudo da sociologia segundo durkheim
Objeto de estudo da sociologia segundo durkheimObjeto de estudo da sociologia segundo durkheim
Objeto de estudo da sociologia segundo durkheim
José Soares Filho
 
ÉTica e cidadania 2
ÉTica e cidadania 2ÉTica e cidadania 2
ÉTica e cidadania 2
Mariangela Santos
 
Resumo.doc introdução ao direito
Resumo.doc introdução ao direitoResumo.doc introdução ao direito
Resumo.doc introdução ao direito
nissinho
 
Ética, cidadania e direitos humanos 2012
Ética, cidadania e direitos humanos 2012Ética, cidadania e direitos humanos 2012
Ética, cidadania e direitos humanos 2012
Delziene Jesus
 
Trabalho de politicas publicas
Trabalho de politicas publicasTrabalho de politicas publicas
Trabalho de politicas publicas
Leonel Uirade Quenala
 
Instituições Sociais
Instituições SociaisInstituições Sociais
Instituições Sociais
jamerson alencar
 
Filosofia - Exercício de Conceptualização
Filosofia - Exercício de ConceptualizaçãoFilosofia - Exercício de Conceptualização
Filosofia - Exercício de Conceptualização
Tomás Pinto
 
Aristóteles
AristótelesAristóteles
Aristóteles
Mara Rodrigues Pires
 
Filosofia apostila terceiro ano
Filosofia apostila terceiro anoFilosofia apostila terceiro ano
Filosofia apostila terceiro ano
Fabio Santos
 
Cidadania
CidadaniaCidadania
Cidadania
MISTERFODOWN
 
Grelha De Conceitos Chave Luis Costa
Grelha De Conceitos Chave Luis CostaGrelha De Conceitos Chave Luis Costa
Grelha De Conceitos Chave Luis Costa
Luís Costa
 
Verdade conhecimento e cidadania: o pensar e o agir no mundo
Verdade conhecimento e cidadania: o pensar e o agir no mundoVerdade conhecimento e cidadania: o pensar e o agir no mundo
Verdade conhecimento e cidadania: o pensar e o agir no mundo
Jessica Ferrarese
 
Mendes pimentel ética e cidadania aplicada a educação
Mendes pimentel ética e cidadania aplicada a educaçãoMendes pimentel ética e cidadania aplicada a educação
Mendes pimentel ética e cidadania aplicada a educação
Rusemberg Reis
 

Semelhante a Eixos norteadores do scfv (20)

Fil do direito politica
Fil do direito politicaFil do direito politica
Fil do direito politica
 
ÉTica e cidadania Profº Gilberto de Jesus
ÉTica e cidadania Profº Gilberto de JesusÉTica e cidadania Profº Gilberto de Jesus
ÉTica e cidadania Profº Gilberto de Jesus
 
38 etcid
38 etcid38 etcid
38 etcid
 
Lei, Justiça e Cidadania
Lei, Justiça e Cidadania Lei, Justiça e Cidadania
Lei, Justiça e Cidadania
 
Acesso a justiça e justiça restaurativa pará power point2007
Acesso a justiça e justiça restaurativa pará power point2007Acesso a justiça e justiça restaurativa pará power point2007
Acesso a justiça e justiça restaurativa pará power point2007
 
Acesso a justiça e justiça restaurativa pará power point2007
Acesso a justiça e justiça restaurativa pará power point2007Acesso a justiça e justiça restaurativa pará power point2007
Acesso a justiça e justiça restaurativa pará power point2007
 
20170623 DW Debate: Cidadania, Governação e Eleições: Desafios e Perspectiva.
20170623 DW Debate: Cidadania, Governação e Eleições: Desafios e Perspectiva.20170623 DW Debate: Cidadania, Governação e Eleições: Desafios e Perspectiva.
20170623 DW Debate: Cidadania, Governação e Eleições: Desafios e Perspectiva.
 
Objeto de estudo da sociologia segundo durkheim
Objeto de estudo da sociologia segundo durkheimObjeto de estudo da sociologia segundo durkheim
Objeto de estudo da sociologia segundo durkheim
 
ÉTica e cidadania 2
ÉTica e cidadania 2ÉTica e cidadania 2
ÉTica e cidadania 2
 
Resumo.doc introdução ao direito
Resumo.doc introdução ao direitoResumo.doc introdução ao direito
Resumo.doc introdução ao direito
 
Ética, cidadania e direitos humanos 2012
Ética, cidadania e direitos humanos 2012Ética, cidadania e direitos humanos 2012
Ética, cidadania e direitos humanos 2012
 
Trabalho de politicas publicas
Trabalho de politicas publicasTrabalho de politicas publicas
Trabalho de politicas publicas
 
Instituições Sociais
Instituições SociaisInstituições Sociais
Instituições Sociais
 
Filosofia - Exercício de Conceptualização
Filosofia - Exercício de ConceptualizaçãoFilosofia - Exercício de Conceptualização
Filosofia - Exercício de Conceptualização
 
Aristóteles
AristótelesAristóteles
Aristóteles
 
Filosofia apostila terceiro ano
Filosofia apostila terceiro anoFilosofia apostila terceiro ano
Filosofia apostila terceiro ano
 
Cidadania
CidadaniaCidadania
Cidadania
 
Grelha De Conceitos Chave Luis Costa
Grelha De Conceitos Chave Luis CostaGrelha De Conceitos Chave Luis Costa
Grelha De Conceitos Chave Luis Costa
 
Verdade conhecimento e cidadania: o pensar e o agir no mundo
Verdade conhecimento e cidadania: o pensar e o agir no mundoVerdade conhecimento e cidadania: o pensar e o agir no mundo
Verdade conhecimento e cidadania: o pensar e o agir no mundo
 
Mendes pimentel ética e cidadania aplicada a educação
Mendes pimentel ética e cidadania aplicada a educaçãoMendes pimentel ética e cidadania aplicada a educação
Mendes pimentel ética e cidadania aplicada a educação
 

Eixos norteadores do scfv

  • 2. Convivência social  Convivência é a ação de conviver (viver em companhia de outro ou outros). No seu sentido mais amplo, trata-se de um conceito relacionado com a coexistência pacífica e harmoniosa de grupos humanos num mesmo espaço.
  • 3. Direito de ser  Está ligado ao direito de pertencer a um determinado grupo ou classe social; de ter o sentimento de pertença a este grupo ou classe; de buscar a sua identidade no seu local de convívio.
  • 4. Participação  Ação ou efeito de participar; fazer parte de alguma coisa. Na Sociologia, é um termo que designa o envolvimento de indivíduos ou grupos que são afetados de alguma maneira por alguma proposta ou resolução que está sujeita a um processo de decisão, ou que estão interessados na mesma.
  • 6. Igualdade  Igualdade é a falta de diferenças entre duas coisas, que possuem o mesmo valor ou são interpretadas a partir do mesmo ponto de vista, em comparação a outra coisa ou pessoa.  A igualdade na justiça parte da premissa que todos os indivíduos, de uma determinada nação, por exemplo, estão sujeitos às mesmas leis que regem o país, devendo obedecer os mesmos direitos e deveres.
  • 7. Justiça  Justiça é a particularidade do que é justo e correto, como o respeito à igualdade de todos os cidadãos, por exemplo.  A Justiça pode ser reconhecida por mecanismos automáticos ou intuitivos nas relações sociais, ou por mediação através dos tribunais.
  • 9.
  • 10.
  • 11. Pedagogia do planejamento - Pode dizer-me que caminho devo tomar? - Isto depende do lugar para onde você quer ir. (Respondeu com muito propósito o gato) - Não tenho destino certo. - Neste caso qualquer caminho serve. (Alice no País das Maravilhas – Lewis Carrol)
  • 12. “Uma visão sem ação é somente um sonho. Uma ação sem visão é apenas um passatempo. Uma visão com ação pode transformar o mundo.”