SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 19
Baixar para ler offline
Profª Roberta
Geografia
http://geoprofessora.blogspot.com/
Origem da Terra


A história da Terra fundamenta-se no estudo das rochas e dos

fósseis e está dividida em eras, períodos, épocas, idades e
fases.


Essa história envolve aproximadamente 4,6 bilhões de anos, mas o
surgimento do homem foi há apenas 2 milhões de anos.



Ocorreram profundas mudanças na Terra, sobretudo em relação ao

clima, à vida em geral, à localização dos continentes, entre outros.
Eras Geológicas
Camadas Internas do Planeta
A litosfera é a camada externa e consolidada,
com espessura média de 50 km, e dividida em
parte superior, com solo e subsolo e elementos
como silício e alumínio (sial), e parte inferior, com
predomínio de silício e magnésio (sima).
O manto ou astenosfera consiste na camada
intermediária de constituição pastosa, devido ao
magma. A espessura de 4.600 km supera o núcleo
(1.700 km). Alguns cientistas consideram como
astenosfera apenas a parte superior do manto.
O núcleo da Terra, com temperaturas que
ultrapassam os 5.000 °C, é formado por ferro e
níquel (nife) e dividido em uma parte sólida
(interna) e uma líquida (externa).

Entre as grandes camadas citadas, existem
transições
ou
pequenas
camadas,
as
descontinuidades, nas quais a composição e as
densidades dos materiais sofrem alterações.
Teoria: Deriva Continental
Teoria
desenvolvida
pelo
meteorologista
alemão
Alfred
Wegener e divulgada no início do
século XX, segundo a qual, há
cerca de 250 milhões de anos,
existia apenas uma única massa
continental,
isto
é,
um
supercontinente
chamado
Pangeia, cercado por um oceano
imenso, o Pantalassa.
 A partir da Era Mesozóica,
começou a separação, quando a
Pangeia se dividiu em duas grandes
massas: a Laurásia (América do
Norte, Groenlândia, Ásia e Europa)
e a Gondwana (América do Sul,
Índia, África, Nova Zelândia e a
Antártica). Entre as duas massas
continentais, formou-se o Mar de
Tétis (mais tarde transformou-se no
Mar Mediterrâneo).


A grande prova da teoria era a coincidência entre
os contornos litorâneos da África e do Brasil, além
das semelhanças envolvendo rochas, fauna e flora.
Wegener defendia a tese da deriva, ou seja, as
terras emersas flutuam sobre o magma e, por meio
deste movimento, ocorreram separações até se
chegar à configuração atual.
Mas ele não conseguiu explicar detalhadamente
esse deslocamento continental.
Teoria: Tectônicas de Placas


Teoria
do
pesquisador
estadunidense
Jason
Morgan, da década de
1960, pela qual a litosfera é
formada por várias placas
semi-rígidas que se movem
umas em direção às outras.



Portanto,
essa
teoria
complementa a Teoria da
Deriva,
pois
explica
justamente o ponto fraco de
Wegener,
ou
seja,
o
deslocamento
dos
continentes.
Placas Tectônicas

Representação artística mostrando as principais feições topográficas do fundo oceânico.
Fonte: http://www.ufrgs.br/geociencias/cporcher/Atividades%20Didaticas_arquivos/Geo02001/geomorfologia.htm
Placas Tectônicas

http://www.diaadia.pr.gov.br/temasatuais/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=140
Placas Tectônicas

http://www.rc.unesp.br/igce/aplicada/ead/interacao/inter05.html
Placas Movimentos de Placas

Fonte: http://terraquegira.blogspot.com/2008/07/subduco-parte-i-zonas-de-subduco-e.html
Movimento de Placas
Vulcanismo


Consiste na expansão de material magmático e gás, na superfície e na
atmosfera, provenientes do interior da Terra, os quais irrompem, por meio
de uma falha ou fissura na litosfera, com temperatura acima de 800 C.



Os vulcões são classificados como ativos, quando entram
constantemente em erupção, e como extintos, quando não sofrem
erupções.
Rochas


As rochas são agregados naturais de minerais, ou seja, minerais
consolidados.



Estes, por sua vez, são compostos químicos ou substâncias
simples com composição química definida, como, por exemplo,
mica,quartzo, grafita, diamante, feldspato, entre Outros.



Quanto às rochas, a classificação mais usada está relacionada à
formação ou origem, com três tipos:
 Magmáticas ou Ígneas

 Sedimentares ou estratificadas
 Metamórficas
Rochas Magmáticas


Magmáticas ou ígneas: são as mais antigas, formadas pelo esfriamento
e pela solidificação do magma pastoso. Formam o embasamento
rochoso dos continentes, isto é, os escudos cristalinos;são divididas em:

 Se o magma consolida no interior da
crusta, origina rochas magmáticas
intrusivas. O arrefecimento lento em
profundidade é propício ao crescimento
de cristais. Por exemplo: granito.

 Se o magma consolida à superfície
ou próximo dela, origina rochas
magmáticas extrusivas, caracterizadas
por um arrefecimento rápido do
magma. Por exemplo: basalto.
Rochas Sedimentares


Sedimentares ou estratificadas: resultam de um processo erosivo, ou
seja, rochas preexistentes que sofreram erosão, causada por agentes
como vento, sol e água, originando os sedimentos ou detritos, que serão
depositados em camadas nos terrenos mais baixos e, posteriormente,
agrupados, fazendo surgir, então, essas rochas. Caso a sedimentação
envolva matéria orgânica, originam-se os combustíveis fósseis, como, por
exemplo, arenito, calcário, carvão mineral, argila, sal-gema e areia.
Rochas Metamórficas


Metamórficas: são resultantes da transformação das rochas
sedimentares e magmáticas em virtude do aumento da temperatura
e da pressão, alterando a composição química da rocha. Os
exemplos clássicos são: a ardósia, que provém da argila
(sedimentar), o mármore, que provém do calcário (sedimentar), e o
gnaisse, resultante do granito (magmática).
Ciclo das Rochas


O ciclo das rochas é composto por um processo lento, que resulta na
transformação de rochas antigas em novas.
Relevo
PréCambriano

Paleozóica

 Planaltos e formações
montanhosas antigas.

 As planícies centrais e
litorâneas.

Mesozóica

Cenozóica

 Dobramentos modernos
Referências


Material didático COC



http://geoprofessora.blogspot.com/



http://entre-margens-lucie.blogspot.com/2010/06/rochas-magmaticas.html



http://terraquegira.blogspot.com/2008/07/subduco-parte-i-zonas-desubduco-e.html



http://www.ufrgs.br/geociencias/cporcher/Atividades%20Didaticas_arquivos
/Geo02001/geomorfologia.htm



http://www.diaadia.pr.gov.br/temasatuais/modules/conteudo/conteudo.php?
conteudo=140



http://www.rc.unesp.br/igce/aplicada/ead/interacao/inter05.html



http://terraquegira.blogspot.com/2008/07/subduco-parte-i-zonas-desubduco-e.html



http://www.ulbra.br/mineralogia/conceito_rochas.htm



http://www.infoescola.com/geologia/rochas-metamorficas/

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Estrutura geológica do brasil
Estrutura geológica do brasilEstrutura geológica do brasil
Estrutura geológica do brasil
 
Tempo Geológico
Tempo GeológicoTempo Geológico
Tempo Geológico
 
ESTRUTURA GEOLÓGICA DO BRASIL
ESTRUTURA GEOLÓGICA DO BRASILESTRUTURA GEOLÓGICA DO BRASIL
ESTRUTURA GEOLÓGICA DO BRASIL
 
Tipos de Rochas - Magmática, Sedimentares e Metamórficas
Tipos de Rochas  -  Magmática, Sedimentares e MetamórficasTipos de Rochas  -  Magmática, Sedimentares e Metamórficas
Tipos de Rochas - Magmática, Sedimentares e Metamórficas
 
Tipos de rochas
Tipos de rochasTipos de rochas
Tipos de rochas
 
Atmosfera terrestre - Geografia
Atmosfera terrestre - GeografiaAtmosfera terrestre - Geografia
Atmosfera terrestre - Geografia
 
Clima
ClimaClima
Clima
 
Estruturas geológicas
Estruturas geológicasEstruturas geológicas
Estruturas geológicas
 
Origem e formação da terra
Origem e formação da terraOrigem e formação da terra
Origem e formação da terra
 
Tectonismo e Vulcanismo - 6º Ano (2018)
Tectonismo e Vulcanismo -  6º Ano (2018)Tectonismo e Vulcanismo -  6º Ano (2018)
Tectonismo e Vulcanismo - 6º Ano (2018)
 
Tipos de Rochas
Tipos de RochasTipos de Rochas
Tipos de Rochas
 
Tipos de solos
Tipos de solosTipos de solos
Tipos de solos
 
O planeta terra
O planeta terraO planeta terra
O planeta terra
 
Solos: origem, evolução, degradação e conservação
Solos: origem, evolução, degradação e conservaçãoSolos: origem, evolução, degradação e conservação
Solos: origem, evolução, degradação e conservação
 
II - DERIVA CONTINENTAL
II - DERIVA CONTINENTALII - DERIVA CONTINENTAL
II - DERIVA CONTINENTAL
 
Relevo Brasileiro
 Relevo Brasileiro Relevo Brasileiro
Relevo Brasileiro
 
Relevo agentes formadores e erosivos
Relevo agentes formadores e erosivosRelevo agentes formadores e erosivos
Relevo agentes formadores e erosivos
 
Litosfera
LitosferaLitosfera
Litosfera
 
Cap.4 - As eras geológicas
Cap.4 - As eras geológicasCap.4 - As eras geológicas
Cap.4 - As eras geológicas
 
Relevo
RelevoRelevo
Relevo
 

Destaque

América: Vegetação
América: VegetaçãoAmérica: Vegetação
América: VegetaçãoRoberta Sumar
 
Resumo fatores climáticos
Resumo fatores climáticosResumo fatores climáticos
Resumo fatores climáticosRoberta Sumar
 
Artesanato, Indústria
Artesanato, IndústriaArtesanato, Indústria
Artesanato, IndústriaRoberta Sumar
 
Plano anual geo 2014 (em finalização)
Plano anual geo 2014 (em finalização)Plano anual geo 2014 (em finalização)
Plano anual geo 2014 (em finalização)Roberta Sumar
 
Brasil conceitos territoriais
Brasil conceitos territoriaisBrasil conceitos territoriais
Brasil conceitos territoriaisRoberta Sumar
 
Categorias de análise da geografia
Categorias de análise da geografiaCategorias de análise da geografia
Categorias de análise da geografiaRoberta Sumar
 
Cape Cursos Preparatórios para concursos - Instalações do curso
Cape Cursos Preparatórios para concursos - Instalações do cursoCape Cursos Preparatórios para concursos - Instalações do curso
Cape Cursos Preparatórios para concursos - Instalações do cursoCape Cursos Preparatórios
 

Destaque (12)

América: Vegetação
América: VegetaçãoAmérica: Vegetação
América: Vegetação
 
Fatores climáticos
Fatores climáticosFatores climáticos
Fatores climáticos
 
Resumo fatores climáticos
Resumo fatores climáticosResumo fatores climáticos
Resumo fatores climáticos
 
Jogos geográficos
Jogos geográficosJogos geográficos
Jogos geográficos
 
Artesanato, Indústria
Artesanato, IndústriaArtesanato, Indústria
Artesanato, Indústria
 
Plano anual geo 2014 (em finalização)
Plano anual geo 2014 (em finalização)Plano anual geo 2014 (em finalização)
Plano anual geo 2014 (em finalização)
 
Brasil conceitos territoriais
Brasil conceitos territoriaisBrasil conceitos territoriais
Brasil conceitos territoriais
 
Categorias de análise da geografia
Categorias de análise da geografiaCategorias de análise da geografia
Categorias de análise da geografia
 
Unidade 2
Unidade 2Unidade 2
Unidade 2
 
8º ano trimestral
8º ano trimestral8º ano trimestral
8º ano trimestral
 
Cape Cursos Preparatórios para concursos - Instalações do curso
Cape Cursos Preparatórios para concursos - Instalações do cursoCape Cursos Preparatórios para concursos - Instalações do curso
Cape Cursos Preparatórios para concursos - Instalações do curso
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 

Semelhante a Crosta terrestre

Noções de Geologia - Formação do planeta terra
Noções de Geologia - Formação do planeta terraNoções de Geologia - Formação do planeta terra
Noções de Geologia - Formação do planeta terraAndreaGama16
 
Geologia 2011
Geologia 2011Geologia 2011
Geologia 2011UFES
 
Geomorfologia brasileira recursos minerais
Geomorfologia brasileira   recursos mineraisGeomorfologia brasileira   recursos minerais
Geomorfologia brasileira recursos mineraisJulia Selistre
 
Geografia natureza e riscos ambientais
Geografia   natureza e riscos ambientaisGeografia   natureza e riscos ambientais
Geografia natureza e riscos ambientaisgeografiafelipe
 
Geografia natureza e riscos ambientais
Geografia   natureza e riscos ambientaisGeografia   natureza e riscos ambientais
Geografia natureza e riscos ambientaisgeografiafelipe
 
geografia origem do mundo
geografia origem do mundogeografia origem do mundo
geografia origem do mundoLanna Hyuuga
 
Geografia natureza e riscos ambientais
Geografia   natureza e riscos ambientaisGeografia   natureza e riscos ambientais
Geografia natureza e riscos ambientaisfelipedacarpereira
 
Resumo bio geo 10º 11º
Resumo bio geo 10º 11ºResumo bio geo 10º 11º
Resumo bio geo 10º 11ºFilipe Raivel
 
Biologia_e_Geologia_10_e_11_anooooooo.pdf
Biologia_e_Geologia_10_e_11_anooooooo.pdfBiologia_e_Geologia_10_e_11_anooooooo.pdf
Biologia_e_Geologia_10_e_11_anooooooo.pdfMariaFerreira8G
 
3 tectónica de placas
3   tectónica de placas3   tectónica de placas
3 tectónica de placasmargaridabt
 
Ifes aula 5-formação-geológica_da_terra
Ifes aula 5-formação-geológica_da_terraIfes aula 5-formação-geológica_da_terra
Ifes aula 5-formação-geológica_da_terraKéliton Ferreira
 
Geologia, geomorfologia e estrutura do relevo mundial e brasileiro phn
Geologia, geomorfologia e estrutura do relevo mundial e brasileiro phnGeologia, geomorfologia e estrutura do relevo mundial e brasileiro phn
Geologia, geomorfologia e estrutura do relevo mundial e brasileiro phnPaulo Henrique Netinho
 
Estrutura geológica e relevo
Estrutura geológica e relevoEstrutura geológica e relevo
Estrutura geológica e relevoDiana Lima
 
Aformaodaterra 110321121503-phpapp01
Aformaodaterra 110321121503-phpapp01Aformaodaterra 110321121503-phpapp01
Aformaodaterra 110321121503-phpapp01luiz moraais
 

Semelhante a Crosta terrestre (20)

Litosfera
LitosferaLitosfera
Litosfera
 
Noções de Geologia - Formação do planeta terra
Noções de Geologia - Formação do planeta terraNoções de Geologia - Formação do planeta terra
Noções de Geologia - Formação do planeta terra
 
Geologia 2011
Geologia 2011Geologia 2011
Geologia 2011
 
Geologia
GeologiaGeologia
Geologia
 
Geomorfologia brasileira recursos minerais
Geomorfologia brasileira   recursos mineraisGeomorfologia brasileira   recursos minerais
Geomorfologia brasileira recursos minerais
 
Geografia natureza e riscos ambientais
Geografia   natureza e riscos ambientaisGeografia   natureza e riscos ambientais
Geografia natureza e riscos ambientais
 
Geografia natureza e riscos ambientais
Geografia   natureza e riscos ambientaisGeografia   natureza e riscos ambientais
Geografia natureza e riscos ambientais
 
geografia origem do mundo
geografia origem do mundogeografia origem do mundo
geografia origem do mundo
 
Litosfera 110419124325-phpapp02
Litosfera 110419124325-phpapp02Litosfera 110419124325-phpapp02
Litosfera 110419124325-phpapp02
 
Geografia natureza e riscos ambientais
Geografia   natureza e riscos ambientaisGeografia   natureza e riscos ambientais
Geografia natureza e riscos ambientais
 
Resumo bio geo 10º 11º
Resumo bio geo 10º 11ºResumo bio geo 10º 11º
Resumo bio geo 10º 11º
 
Biogeoano1e2 (1)
Biogeoano1e2 (1)Biogeoano1e2 (1)
Biogeoano1e2 (1)
 
Biologia_e_Geologia_10_e_11_anooooooo.pdf
Biologia_e_Geologia_10_e_11_anooooooo.pdfBiologia_e_Geologia_10_e_11_anooooooo.pdf
Biologia_e_Geologia_10_e_11_anooooooo.pdf
 
3 tectónica de placas
3   tectónica de placas3   tectónica de placas
3 tectónica de placas
 
Estrutura geológica da terra
Estrutura geológica da terraEstrutura geológica da terra
Estrutura geológica da terra
 
Abalos Sismicos No Brasil E No Mundo
Abalos Sismicos No Brasil E No MundoAbalos Sismicos No Brasil E No Mundo
Abalos Sismicos No Brasil E No Mundo
 
Ifes aula 5-formação-geológica_da_terra
Ifes aula 5-formação-geológica_da_terraIfes aula 5-formação-geológica_da_terra
Ifes aula 5-formação-geológica_da_terra
 
Geologia, geomorfologia e estrutura do relevo mundial e brasileiro phn
Geologia, geomorfologia e estrutura do relevo mundial e brasileiro phnGeologia, geomorfologia e estrutura do relevo mundial e brasileiro phn
Geologia, geomorfologia e estrutura do relevo mundial e brasileiro phn
 
Estrutura geológica e relevo
Estrutura geológica e relevoEstrutura geológica e relevo
Estrutura geológica e relevo
 
Aformaodaterra 110321121503-phpapp01
Aformaodaterra 110321121503-phpapp01Aformaodaterra 110321121503-phpapp01
Aformaodaterra 110321121503-phpapp01
 

Último

Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAbdLuxemBourg
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfandreaLisboa7
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitlerhabiwo1978
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteIpdaWellington
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasdiegosouzalira10
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacionalBENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacionalDouglasVasconcelosMa
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarMODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarDouglasVasconcelosMa
 
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdfAPOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdflbgsouza
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024azulassessoria9
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfMarcianaClaudioClaud
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxsfwsoficial
 

Último (20)

Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacionalBENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarMODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
 
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdfAPOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 

Crosta terrestre