SlideShare uma empresa Scribd logo
Primeiros Socorros: Fundamentos,
Conceitos, Segurança.Vias Aéreas e
Proteção da Coluna Cervical. TRM
Prof. Fernando Ramos Gonçalves _Msc
Conceitos Vias Aereas
SINONÍMIA
•PRIMEIROSSOCORROS=
SOCORROSDEURGÊNCIA=
PRONTOSOCORRISMO=
ATENDIMENTOPRÉ-
HOSPITALAR(APH)
TERMINOLOGIAMAIS
ADEQUADAENTRE
PROFISSIONAISDESAÚDE.
ATENDIMENTOPRÉ-HOSPITALAR=PRIMEIROSSOCORROS
• REPRESENTAMASMEDIDAS
INICIAISEIMEDIATAS
APLICADASA UMAOU MAIS
VÍTIMASFORADOAMBIENTE
HOSPITALAR, EXECUTADOPOR
PESSOASPREFERENCILAMENTE
TREINADASPARAREALIZARA
MANUTENÇÃODOSSINAIS
VITAISEEVITAR
AGRAVAMENTODELESÕESJÁ
EXISTENTES.
ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR =
PRIMEIROS SOCORROS
• REPRESENTAMTODASAS
AÇÕESCOMOOBJETIVODE
MANTERAVIDAE/OU
MINIMIZARSOFRIMENTOS
ESEQÜELAS, PRESTADOSA
INDIVÍDUOSEMSITUAÇÃO
DEEMERGÊNCIA
DIFERENÇAS ENTRE EMERGÊNCIA E URGÊNCIA (BASEADO
EM GOMES, 1994)
• ATENDIMENTODE
EMERGÊNCIA=CONJUNTODE
AÇÕESEMPREGADASPARAA
RECUPERAÇÃO, CUJOS
AGRAVOSÀSAÚDE
NECESSITAMDEASSISTÊNCIA
IMEDIATA, POR
APRESENTAREMRISCO
EMINENTEDEVIDA
(FALÊNCIADASFUNÇÕES
VITAIS).
• ATENDIMENTODE
URGÊNCIA=CONJUNTODE
AÇÕESEMPREGADASPARA
ARECUPERAÇÃO, CUJOS
AGRAVOSÀSAÚDE
NECESSITAMDE
ASSISTÊNCIAIMEDIATA. AS
CONDIÇÕESDOPACIENTE.
SÃOAGUDAS, PORÉM, NÃO
EXISTEPERIGOIMINENTEDE
FALÊNCIADEQUALQUERDE
SUASFUNÇÕESVITAIS.
FINALIDADES DOS PRIMEIROS SOCORROS
• PRESERVARAVIDA;
• RESTRINGIR/
MINIMIZAROS
EFEITOSE/OU
SEQÚELAS;
• PROMOVERA
RECUPERAÇÃODO
SERHUMANO.
QUEMPRESTASOCORRODEVESER:
BEMTREINADO;
PERIODICAMENTEREAVALIADO;
ATUALIZADOQUANTOACONHECIMENTOSE
TÉCNICAS;
ÉOBRIGAÇÃOLEGALDOPROFISSIONALDESAÚDE
SABEREPRESTAROSPRIMEIROSSOCORROS;
OMISSÃODESOCORROÉCRIMEPREVISTONOCÓDIGO
PENALBRASILEIROENOSCÓDIGOSDEÉTICA
PROFISSIONAL(ENFERMAGEMEMEDICINA).
CO MO PRESTAR SO CO RRO
FAÇATUDOOQUEPUDER=CONHECIMENTO+
TREINAMENTO+EXPERIÊNCIA. JAMAISBANQUEO
HERÓI!
LEMBRE-SE: AMORTE, EMALGUMASSITUAÇÕES, SE
TORNAINEVITÁVEL!
AVALIEOSRISCOS: REGRABÁSICA=NÃOCAUSE
NENHUMMAL+RISCOCALCULADO.
AVALIEASITUAÇÃOCOMSEGURANÇAERAPIDEZ=
AVALIAÇÃOINICIALDACENA.
CHAMAROU MANDARCHAMARSOCORRO
ESPECIALIZADO(193=TELEFONEDOSBOMBEIROS)
ADMINISTRARMEDIDAS, OBEDECENDO
PRIORIDADES!
COMO PRESTAR SOCORRO
IDENTIFICARASLESÕESOU ANATUREZADA
INTERCORRÊNCIAQUEAFETAOINDIVÍDUO;
AGIRCOMRAPIDEZ, MASSEMPRECIPITAÇÃO;
EVITECOMENTÁRIOSSOBREASITUAÇÃOPRÓXIMO
À(S) VÍTIMA(S);
AFASTARA“PLATÉIA”=CURIOSOS;
TRANSMITIRAOMÁXIMOCONFIANÇAÀ(S)
VÍTIMA(S) =INFUNDIR-LHE(S) CONFIANÇA;
MANTENHA-SECALMO(A)!
PRIORIDADEDEPRIMEIROSSOCORROS=CRIANÇASE
ADOLESCENTES(ESTATUTODACRIANÇAEDO
ADOLESCENTEEDECLARAÇÃOUNIVERSALDOS
DIREITOSHUMANOS)
PRIO RIDADES E O BJETIVO S DAS AÇÕ ES
 AVALIAÇÃOINICIAL=
DIMENSIONAMENTODACENAE
DASITUAÇÃOGERAL.
VERIFICARDOQUESETRATAE
QUANTASVÍTIMASEXISTEMNO
LOCAL
REGRASPRIORITÁRIAS!
 VER
 OUVIR
 SENTIR
1.O Traumatizado  Prioritário (#Funções Vitais
Comprometidas; #Lesões Orgânicas; #Medo;
#Angustias) Atendimento ( #Condições Vitais;
# rápido Diagnóstico; #Tempo).
2.Considerações Acerca do Tempo de Atendimento
 Primeiro Pico de Morte ( Imediata)  Segundos
a minutos após o acidente ( 50% das Mortes) 
Lesões do Tronco Cerebral; Medula Espinhal;
Lesões da Aorta e/ grandes vasos( Sangramento
Profuso)  Como Evitar= PREVENÇÃO.
Atendimento ao Politraumatizado
Segundo Pico de Morte Minutos a algumas horas
( 30% Mortes), ocorrem devido a hematomas Cerebrais;
Hemopneumotórax; Lesões hepáticas, Esplênicas e
Fraturas Pélvicas provocando sangramento intenso.
PACIENTES SALVÁVEISCORRETO
ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR.
Terceiro Pico de Morte  Dias ou Semanas após
o trauma ( 20% das Mortes) Infecções; Falência
Orgânica Qualidade do Atendimento Pré-hospitalar e
Hospitalar
Atendimento Inicial ao Traumatizado
1. Planejamento
1. Triagem
1. Avaliação Primária
A- Vias Aéreas e Controle da Coluna Cervical
 Manobras de Chin Lift e Jaw Thurst
 Uso da Canula de Guedel
 Imobilização da Coluna Cervical
Manobra de Jaw ThurstManobra de Chin Lift
CHIN LIFT
O COLAR CERVICAL NÃO
DEVE SER RETIRADO
ENQUANTO NÃO ESTIVER
EXCLUÍDA A
POSSIBILIDADE DE LESÃO
CERVICAL.
Colar Cervical
•Lesão Traumática da
raqui(coluna) e medula espinal
resultando algum grau de
comprometimento temporário ou
permanente das funções
neurológicas
ASIA – American Spinal Injury Association
TRM – Traumatismo Raqui-
Medular
COLUNA VERTEBRAL
Conceitos Vias Aereas
COLUNA VERTEBRAL
A primeira vértebra cervical é também, denominada de
ATLAS por sustentar o peso da cabeça. Atlas foi um dos
Titans na mitologia grega que foi castigado por Zeus e
obrigado a carregar a terra em seus ombros.
COLUNA VERTEBRAL
Medula
C1 a L1 ou L2
L3 ....Cauda eqüina
MEDULA ESPINAL
ANATOMIA - COLUNA
• TRM representa um problema epidêmico
nos EUA e no mundo.
• Quadros muito graves com alta mortalidade
• Incidência crescente
• Atendimento de Urgência e especializado
TRM – Traumatismo Raqui-
Medular
• Maior causa é o acidente de trânsito –
50%
• Homem jovem 25 a 35 anos
• Brasil - 70 a 90 casos/100.000
habitantes
• Mortalidade – 30% no local
10% 1° ano
50% tetraplégicos
TRM – Traumatismo Raqui-
Medular
TRM – Traumatismo Raqui-
Medular
• Principais Causas
• Acidente de carro - Chicote
• Mergulho em águas rasas
• PAF
• PAB
• Quedas
• Esportes
TRM – Traumatismo Raqui-
Medular
• TRAUMA FECHADO
• Afeta mais os segmentos móveis
cervicais e lombares
• O comprometimento neurológico
é secundário a patologia da
raquis
FISIOPATOLOGIA
• TRAUMA FECHADO
• Fratura cervical
• Angulação aguda do pescoço por
flexão e extensão violenta.
• Acidente automobilístico e mergulho
• TRAUMA FECHADO
• Fratura Torácica
• Rara devido proteção de caixa torácica
• Tóraco Lombar
• Comum. Quedas com impacto dos pés e região
glútea
• Lombar baixa
• Os traumas produzem ruptura de discos
Conceitos Vias Aereas
As lesões ocorrem por:
-Flexão, extensão, rotação, compressão
por impacto axial ou combinação desses
mecanismos.
Mecanismo de Trauma Raqui-
Medular com fratura
FRATURA COMPRESSÃO TORÁCICA
BAIXA
FRATURA COM LUXAÇÃO COMPLETA –
TORÁCICA BAIXA
Conceitos Vias Aereas
LESÕES - COLUNA
Conceitos Vias Aereas
•Perfuração da coluna (arma branca, tiro
ou estilhaço de bomba na coluna)
•Lesão medular completa ou incompleta,
associada ou não a lesão dos nervos
espinhais e/ou tronco dos plexos
nervosos.
•Quadro neurológico é variável.
Mecanismo de Trauma Raqui-
Medular Penetrante
Conceitos Vias Aereas
Conceitos Vias Aereas
•SUSPEITAR DE TRM NOS SEGUINTES CASOS:
· Mecanismo de lesão sugestivo (causas de TRM), mesmo
sem sintomas
. Politraumatizado
· Vítimas inconscientes que sofreram algum tipo de
trauma.
· Dor ou deformidade em qualquer região da coluna
vertebral.
· Traumatismo facial grave ou traumatismo de crânio
fechado.
· "Formigamento" (anestesia) ou paralisia de qualquer
parte do corpo abaixo do pescoço.
· Mergulho em água rasa
TRM – Traumatismo Raqui-
Medular
Gravidade do trauma
• DEPENDE SE A MEDULA É ATINGIDA
• Lesão medularcervical é a mais comum– 2/3
• C4 a C7 – mais vulnerável a lesão
• Torácica - proteção de costelas
• Toracolombar– T11, T12 e L1
• Lesão estável ou instável
• Difícil de avaliarno pré hospitalar.
• Considerartoda lesão instável até se prove o
contrario
Sinais
• Deformidade
• Inchaço
• Laceração ou contusão
• Paralisia ou anestesia
• Incontinência
ANATOMIA - COLUNA
Sintomas
• Dor
• Formigamento, amortecimento
ou fraqueza
• Dor com movimentação
• Dificuldade de respirar
Tipos de lesão
• Partes moles
• Lesão óssea(coluna) sem lesão
medular
• Lesão óssea (coluna) com lesão
medular incompleta
• Lesão óssea (coluna) com lesão
medular completa
• Paraplegia – paralisia de ambas as
pernas
• Quadriplegia ou Tetraplegia –
paralisia de ambos os braços e
pernas
• Hemiplegia – paralisia do braço e
perna do mesmo lado
TRM – Traumatismo Raqui-
Medular
Conceitos Vias Aereas
TRATAMENTO
• Restaurar vias aéreas
• Ventilação adequada
• Controle de hemorragia
• Atenção ao choque medular ou
neurogênico – hipotensão, bradicardia,
vasodilatação
• Imobilização antes mesmo de qualquer
mobilização
Conceitos Vias Aereas
TRATAMENTO
• Todos pacientes com suspeita de
TRM devem receber O2
• Lesões cervicais e torácicas podem
causar paralisia da musculatura da
parede torácica e a respiração ser
apenas diafragmática
• Encaminhar a centro especializado
TRM
• PREVENÇÃO
• IMOBILIZAÇÃO
• TRANSPORTE
• CENTRO MÉDICO
ADEQUADO
• REABILITAÇÃO
Registro fotográfico Pessoal
Conceitos Vias Aereas
Conceitos Vias Aereas
Conceitos Vias Aereas
Conceitos Vias Aereas
Conceitos Vias Aereas
Conceitos Vias Aereas
Obrigado Pela Atenção
Dúvidas: fernandoramos30@uol.com.br

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Sumustiniu katalogas
Sumustiniu katalogasSumustiniu katalogas
Sumustiniu katalogas
PONTEM
 
Cinematica (1)
Cinematica (1)Cinematica (1)
Cinematica (1)
Zoraide Santos
 
Abordagem Cirúrgica - Trauma Abdominal
Abordagem Cirúrgica - Trauma AbdominalAbordagem Cirúrgica - Trauma Abdominal
Abordagem Cirúrgica - Trauma Abdominal
Dario Hart
 
Tipos de traumatismos en los accidentes
Tipos de traumatismos en los accidentesTipos de traumatismos en los accidentes
Tipos de traumatismos en los accidentes
pipebarra
 
Politraumas
PolitraumasPolitraumas
Politraumas
André Assis
 
Hemotransfusao
HemotransfusaoHemotransfusao
Hemotransfusao
roberta55dantas
 
cinematica do truma
cinematica do trumacinematica do truma
cinematica do truma
ALYSSON GADELHA
 
Assistência de enfermagem em traumatismo abdominal
Assistência de enfermagem em traumatismo abdominalAssistência de enfermagem em traumatismo abdominal
Assistência de enfermagem em traumatismo abdominal
Lari Jacovenco
 
Trauma
TraumaTrauma
Trauma, colisão e quedas
Trauma, colisão e quedasTrauma, colisão e quedas
Trauma, colisão e quedas
bodywinner
 
Hemotransfusão
Hemotransfusão Hemotransfusão
Hemotransfusão
resenfe2013
 
West -fisiologia_respiratoria_-7th_ed
West  -fisiologia_respiratoria_-7th_edWest  -fisiologia_respiratoria_-7th_ed
West -fisiologia_respiratoria_-7th_ed
Brenda Yadira
 
Fisiologia sistema respiratório
Fisiologia sistema respiratórioFisiologia sistema respiratório
Fisiologia sistema respiratório
Raul Tomé
 
fisiologia respiratoria
fisiologia respiratoriafisiologia respiratoria
fisiologia respiratoria
Dixon Geiger
 

Destaque (14)

Sumustiniu katalogas
Sumustiniu katalogasSumustiniu katalogas
Sumustiniu katalogas
 
Cinematica (1)
Cinematica (1)Cinematica (1)
Cinematica (1)
 
Abordagem Cirúrgica - Trauma Abdominal
Abordagem Cirúrgica - Trauma AbdominalAbordagem Cirúrgica - Trauma Abdominal
Abordagem Cirúrgica - Trauma Abdominal
 
Tipos de traumatismos en los accidentes
Tipos de traumatismos en los accidentesTipos de traumatismos en los accidentes
Tipos de traumatismos en los accidentes
 
Politraumas
PolitraumasPolitraumas
Politraumas
 
Hemotransfusao
HemotransfusaoHemotransfusao
Hemotransfusao
 
cinematica do truma
cinematica do trumacinematica do truma
cinematica do truma
 
Assistência de enfermagem em traumatismo abdominal
Assistência de enfermagem em traumatismo abdominalAssistência de enfermagem em traumatismo abdominal
Assistência de enfermagem em traumatismo abdominal
 
Trauma
TraumaTrauma
Trauma
 
Trauma, colisão e quedas
Trauma, colisão e quedasTrauma, colisão e quedas
Trauma, colisão e quedas
 
Hemotransfusão
Hemotransfusão Hemotransfusão
Hemotransfusão
 
West -fisiologia_respiratoria_-7th_ed
West  -fisiologia_respiratoria_-7th_edWest  -fisiologia_respiratoria_-7th_ed
West -fisiologia_respiratoria_-7th_ed
 
Fisiologia sistema respiratório
Fisiologia sistema respiratórioFisiologia sistema respiratório
Fisiologia sistema respiratório
 
fisiologia respiratoria
fisiologia respiratoriafisiologia respiratoria
fisiologia respiratoria
 

Semelhante a Conceitos Vias Aereas

Aula 1 conceitos_vias_aereas_trm
Aula 1 conceitos_vias_aereas_trmAula 1 conceitos_vias_aereas_trm
Aula 1 conceitos_vias_aereas_trm
Francisco Carlos Torres
 
0319 traumatismo em áreas específicas - Marion
0319 traumatismo em áreas específicas - Marion0319 traumatismo em áreas específicas - Marion
0319 traumatismo em áreas específicas - Marion
laiscarlini
 
AULAS DE TRAUMAS.ppt
AULAS DE TRAUMAS.pptAULAS DE TRAUMAS.ppt
AULAS DE TRAUMAS.ppt
AlexandrelindoVital1
 
Aula fraturas
Aula  fraturasAula  fraturas
Aula fraturas
Marcelo Costa
 
2 cinem tica_do_trauma_
2 cinem tica_do_trauma_2 cinem tica_do_trauma_
2 cinem tica_do_trauma_
Denise Xavier
 
3ª aula atendimento inicial no trauma
3ª aula   atendimento inicial no trauma3ª aula   atendimento inicial no trauma
3ª aula atendimento inicial no trauma
Prof Silvio Rosa
 
3aula atendimentoinicialnotrauma-140310095311-phpapp02
3aula atendimentoinicialnotrauma-140310095311-phpapp023aula atendimentoinicialnotrauma-140310095311-phpapp02
3aula atendimentoinicialnotrauma-140310095311-phpapp02
Dina Alves
 
Assistnciadeenfermagemaopacientepolitraumatizadoequeimadoadultoiii 1206290842...
Assistnciadeenfermagemaopacientepolitraumatizadoequeimadoadultoiii 1206290842...Assistnciadeenfermagemaopacientepolitraumatizadoequeimadoadultoiii 1206290842...
Assistnciadeenfermagemaopacientepolitraumatizadoequeimadoadultoiii 1206290842...
Dina Alves
 
Apresentação trauma
Apresentação traumaApresentação trauma
Apresentação trauma
MarianaViecelli1
 
Aula fraturas
Aula  fraturasAula  fraturas
Aula fraturas
EmanoelFenelon
 
PRIMEIROS SOCORROS (2).ppt
PRIMEIROS SOCORROS (2).pptPRIMEIROS SOCORROS (2).ppt
PRIMEIROS SOCORROS (2).ppt
Devanir Miranda
 
Atendimento inicial ao politraumatizado
Atendimento inicial ao politraumatizadoAtendimento inicial ao politraumatizado
Atendimento inicial ao politraumatizado
Fagner Athayde
 
Traumatorax 140204060457-phpapp02.ppt-senac iraja trauma toracico
Traumatorax 140204060457-phpapp02.ppt-senac iraja trauma toracicoTraumatorax 140204060457-phpapp02.ppt-senac iraja trauma toracico
Traumatorax 140204060457-phpapp02.ppt-senac iraja trauma toracico
Edison Santos
 
Apresentação Primeiros Socorros.pptx
Apresentação Primeiros Socorros.pptxApresentação Primeiros Socorros.pptx
Apresentação Primeiros Socorros.pptx
AdirAntniodeLima
 
T.E.C - ATLS
T.E.C - ATLST.E.C - ATLS
T.E.C - ATLS
Marcelo Rosendo
 
Atendimento inicial ao politraumatizado
Atendimento inicial ao politraumatizadoAtendimento inicial ao politraumatizado
Atendimento inicial ao politraumatizado
rozenaisna
 
Atendimento inicial ao politraumatizado
Atendimento inicial ao politraumatizadoAtendimento inicial ao politraumatizado
Atendimento inicial ao politraumatizado
rozenaisna
 
Traumatorax
TraumatoraxTraumatorax
Traumatorax
Daiana Pessoa
 
traumatorax.ppt
traumatorax.ppttraumatorax.ppt
traumatorax.ppt
Aguiarneto3
 
Traumatorax
TraumatoraxTraumatorax
Traumatorax
Renan Sodre
 

Semelhante a Conceitos Vias Aereas (20)

Aula 1 conceitos_vias_aereas_trm
Aula 1 conceitos_vias_aereas_trmAula 1 conceitos_vias_aereas_trm
Aula 1 conceitos_vias_aereas_trm
 
0319 traumatismo em áreas específicas - Marion
0319 traumatismo em áreas específicas - Marion0319 traumatismo em áreas específicas - Marion
0319 traumatismo em áreas específicas - Marion
 
AULAS DE TRAUMAS.ppt
AULAS DE TRAUMAS.pptAULAS DE TRAUMAS.ppt
AULAS DE TRAUMAS.ppt
 
Aula fraturas
Aula  fraturasAula  fraturas
Aula fraturas
 
2 cinem tica_do_trauma_
2 cinem tica_do_trauma_2 cinem tica_do_trauma_
2 cinem tica_do_trauma_
 
3ª aula atendimento inicial no trauma
3ª aula   atendimento inicial no trauma3ª aula   atendimento inicial no trauma
3ª aula atendimento inicial no trauma
 
3aula atendimentoinicialnotrauma-140310095311-phpapp02
3aula atendimentoinicialnotrauma-140310095311-phpapp023aula atendimentoinicialnotrauma-140310095311-phpapp02
3aula atendimentoinicialnotrauma-140310095311-phpapp02
 
Assistnciadeenfermagemaopacientepolitraumatizadoequeimadoadultoiii 1206290842...
Assistnciadeenfermagemaopacientepolitraumatizadoequeimadoadultoiii 1206290842...Assistnciadeenfermagemaopacientepolitraumatizadoequeimadoadultoiii 1206290842...
Assistnciadeenfermagemaopacientepolitraumatizadoequeimadoadultoiii 1206290842...
 
Apresentação trauma
Apresentação traumaApresentação trauma
Apresentação trauma
 
Aula fraturas
Aula  fraturasAula  fraturas
Aula fraturas
 
PRIMEIROS SOCORROS (2).ppt
PRIMEIROS SOCORROS (2).pptPRIMEIROS SOCORROS (2).ppt
PRIMEIROS SOCORROS (2).ppt
 
Atendimento inicial ao politraumatizado
Atendimento inicial ao politraumatizadoAtendimento inicial ao politraumatizado
Atendimento inicial ao politraumatizado
 
Traumatorax 140204060457-phpapp02.ppt-senac iraja trauma toracico
Traumatorax 140204060457-phpapp02.ppt-senac iraja trauma toracicoTraumatorax 140204060457-phpapp02.ppt-senac iraja trauma toracico
Traumatorax 140204060457-phpapp02.ppt-senac iraja trauma toracico
 
Apresentação Primeiros Socorros.pptx
Apresentação Primeiros Socorros.pptxApresentação Primeiros Socorros.pptx
Apresentação Primeiros Socorros.pptx
 
T.E.C - ATLS
T.E.C - ATLST.E.C - ATLS
T.E.C - ATLS
 
Atendimento inicial ao politraumatizado
Atendimento inicial ao politraumatizadoAtendimento inicial ao politraumatizado
Atendimento inicial ao politraumatizado
 
Atendimento inicial ao politraumatizado
Atendimento inicial ao politraumatizadoAtendimento inicial ao politraumatizado
Atendimento inicial ao politraumatizado
 
Traumatorax
TraumatoraxTraumatorax
Traumatorax
 
traumatorax.ppt
traumatorax.ppttraumatorax.ppt
traumatorax.ppt
 
Traumatorax
TraumatoraxTraumatorax
Traumatorax
 

Mais de Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta

Epis de raspa e vaqueta
Epis de raspa e vaqueta Epis de raspa e vaqueta
Epis de raspa e vaqueta
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
CIPA SEM MISTÉRIO
CIPA SEM MISTÉRIO CIPA SEM MISTÉRIO
CIPA SEM MISTÉRIO
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.
Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.
Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.
Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.
Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Produtos e códigos zanel
Produtos e códigos zanel Produtos e códigos zanel
Produtos e códigos zanel
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
PESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPIS
PESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPISPESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPIS
PESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPIS
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Check list nr 17 - ergonomia
Check list    nr 17 - ergonomiaCheck list    nr 17 - ergonomia
Check list nr 17 - ergonomia
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Manual de produtos perigosos
Manual de produtos perigososManual de produtos perigosos
Manual de produtos perigosos
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Nr 35 trabalho em altura
Nr 35 trabalho em alturaNr 35 trabalho em altura
Nr 35 trabalho em altura
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Manual residuos solidos
Manual residuos solidosManual residuos solidos
Manual residuos solidos
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Manual bkl para_andaime_suspenso
Manual bkl para_andaime_suspensoManual bkl para_andaime_suspenso
Manual bkl para_andaime_suspenso
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Empilhadeira
Empilhadeira Empilhadeira
Cp nr 35 trabalho em altura
Cp nr 35 trabalho em alturaCp nr 35 trabalho em altura
Cp nr 35 trabalho em altura
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Acidentes com multiplas vitimas
Acidentes com multiplas vitimasAcidentes com multiplas vitimas
Acidentes com multiplas vitimas
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
15 dicas que voce precisa saber sobre linha
15 dicas que voce precisa saber sobre linha15 dicas que voce precisa saber sobre linha
15 dicas que voce precisa saber sobre linha
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Organizando uma SIPAT de sucesso
Organizando uma SIPAT de sucessoOrganizando uma SIPAT de sucesso
Organizando uma SIPAT de sucesso
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Nr4
Nr4Nr4
Check list andaime
Check list   andaimeCheck list   andaime
Check list andaime
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Nr 20 Treinamento
Nr 20   Treinamento Nr 20   Treinamento
Nr 20 Treinamento
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Palestra nr12 trefilacao_2013_leonardo_nascimento
Palestra nr12 trefilacao_2013_leonardo_nascimentoPalestra nr12 trefilacao_2013_leonardo_nascimento
Palestra nr12 trefilacao_2013_leonardo_nascimento
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 

Mais de Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta (20)

Epis de raspa e vaqueta
Epis de raspa e vaqueta Epis de raspa e vaqueta
Epis de raspa e vaqueta
 
CIPA SEM MISTÉRIO
CIPA SEM MISTÉRIO CIPA SEM MISTÉRIO
CIPA SEM MISTÉRIO
 
Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.
Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.
Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.
 
Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.
Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.
Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.
 
Produtos e códigos zanel
Produtos e códigos zanel Produtos e códigos zanel
Produtos e códigos zanel
 
PESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPIS
PESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPISPESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPIS
PESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPIS
 
Check list nr 17 - ergonomia
Check list    nr 17 - ergonomiaCheck list    nr 17 - ergonomia
Check list nr 17 - ergonomia
 
Manual de produtos perigosos
Manual de produtos perigososManual de produtos perigosos
Manual de produtos perigosos
 
Nr 35 trabalho em altura
Nr 35 trabalho em alturaNr 35 trabalho em altura
Nr 35 trabalho em altura
 
Manual residuos solidos
Manual residuos solidosManual residuos solidos
Manual residuos solidos
 
Manual bkl para_andaime_suspenso
Manual bkl para_andaime_suspensoManual bkl para_andaime_suspenso
Manual bkl para_andaime_suspenso
 
Empilhadeira
Empilhadeira Empilhadeira
Empilhadeira
 
Cp nr 35 trabalho em altura
Cp nr 35 trabalho em alturaCp nr 35 trabalho em altura
Cp nr 35 trabalho em altura
 
Acidentes com multiplas vitimas
Acidentes com multiplas vitimasAcidentes com multiplas vitimas
Acidentes com multiplas vitimas
 
15 dicas que voce precisa saber sobre linha
15 dicas que voce precisa saber sobre linha15 dicas que voce precisa saber sobre linha
15 dicas que voce precisa saber sobre linha
 
Organizando uma SIPAT de sucesso
Organizando uma SIPAT de sucessoOrganizando uma SIPAT de sucesso
Organizando uma SIPAT de sucesso
 
Nr4
Nr4Nr4
Nr4
 
Check list andaime
Check list   andaimeCheck list   andaime
Check list andaime
 
Nr 20 Treinamento
Nr 20   Treinamento Nr 20   Treinamento
Nr 20 Treinamento
 
Palestra nr12 trefilacao_2013_leonardo_nascimento
Palestra nr12 trefilacao_2013_leonardo_nascimentoPalestra nr12 trefilacao_2013_leonardo_nascimento
Palestra nr12 trefilacao_2013_leonardo_nascimento
 

Conceitos Vias Aereas