SlideShare uma empresa Scribd logo
CIPA SEM MISTÉRIO
Sumário
1 Introdução
8 Conclusão
2 O que é CIPA
3 Como se forma a CIPA
4 Atribuições da CIPA
5 Funções dos funcionários na CIPA
6 Como funciona a CIPA
7 Processo eleitoral na CIPA
Introdução
4Voltar ao Sumário
Introdução
O capital humano é o que há de mais
importante dentro de uma empresa,
afinal, são as pessoas que produzem,
que se dedicam e se entregam para
realizar um projeto maior. Por isso, é
essencial cuidar bem dos funcioná-
rios e fazer tudo o que for possível
para garantir sua integridade física e
saúde.
Profissionais que trabalham em locais
seguros, que tomam todas as medi-
das preventivas necessárias e com
ações constantes de conscientização
sobre boas práticas no ambiente de
trabalho, ficam menos estressados,
doentes e, consequentemente, fal-
tam menos, diminuindo custos da
empresa.
Ao faltar menos, o profissional se
torna bem mais produtivo e tem
sua participação mais ativa dentro
da empresa. Tudo isso pode ser ga-
rantido por meio de uma Comissão
Interna de Prevenção de Acidentes
(CIPA) bastante participativa, que
conhece o ambiente de trabalho e
toma todas as medidas preventivas
necessárias.
No mercado atual, é de extrema
importância que a CIPA seja levada
a sério dentro de uma empresa para
garantir que os profissionais tenham
todas as condições que precisam
para realizar suas atividades.
44
5Voltar ao Sumário
Introdução
Para garantir essa efetividade, é
preciso a colaboração de todas as
esferas dentro da empresa. Tudo co-
meça com o empregador, passando
pelos funcionários que irão eleger a
comissão e, fundamentalmente, os
integrantes da CIPA, que irão colocar
todas as medidas em prática e se
certificar de que elas sejam respeita-
das.
Este material vai mostrar as princi-
pais informações sobre a Comissão
Interna de Prevenção de Acidentes
para garantir que os melhores dados
estejam disponíveis no mercado.
Esperamos que seja de grande utili-
dade para a sua empresa e agregue
valor ao dia a dia dos funcionários
que fazem parte dela.
Boa leitura!
5
O que é
CIPA?
7Voltar ao Sumário
A Comissão Interna de Prevenção
de Acidentes (CIPA) foi criada com
a função de prevenir todo tipo de
acidente dentro do ambiente de tra-
balho. A ideia é tornar viável e con-
fortável a realização das atividades
diárias por parte dos funcionários
da empresa. Para isso, é essencial
preservar a vida e a saúde do traba-
lhador.
De acordo com a NR 5, a CIPA deve
fazer parte dos mais variados tipos
de empresa, como: privadas, públi-
cas, sociedades de economia mista,
órgãos da administração direta e
indireta, instituições beneficentes,
associações corporativas ou recrea-
tivas, bem como outras instituições
que admitam funcionários para tra-
balharem em suas instalações.
A ideia é reunir um grupo de pesso-
as engajadas que estão prontas para
servir e trabalhar unidas em prol de
um objetivo maior e compartilhado:
a segurança de todos os profissio-
nais da empresa. Para isso, é preciso
saber exatamente quais são as atri-
buições de um integrante da CIPA
para que não haja o risco de não
atender às demandas necessárias.
Empresas que possuem mais de
uma unidade física precisam en-
contrar uma forma de coordenar as
CIPAs para que trabalhem de forma
conjunta e uniforme, realizando
as mesmas medidas preventivas e
comunicando de maneira única, para
que todas as ações façam sentido
dentro do grupo.
7
O que é CIPA?
Como se
forma a CIPA
9Voltar ao Sumário 9
A comissão é formada por repre-
sentantes legais do empregador e
também dos empregados. No caso
dos representantes do empregador,
os titulares e suplentes serão esco-
lhidos diretamente por ele. Já no
caso dos representantes dos empre-
gados, tanto os titulares quanto os
suplentes serão eleitos em votação
secreta que terá a participação dos
funcionários da empresa.
Como a função de membro da CIPA
inclui indicar falhas e cobrar me-
lhorias da empresa, é garantido ao
participante a permanência no car-
go durante a duração do mandato,
que é de um ano, podendo haver a
reeleição para mais um ano.
Os integrantes da comissão terão
garantias para que suas atividades
normais na empresa não sejam
descaracterizadas, sendo vedada
a transferência para outro esta-
belecimento sem a sua anuência,
ressalvado o que é informado nos
dois primeiros parágrafos do artigo
469, da CLT.
O empregador precisa garantir que
os funcionários tenham a represen-
tação necessária para a discussão e
encaminhamento das soluções de
questões de segurança e de saúde
no trabalho analisadas na CIPA.
Os novos membros da comissão de-
vem tomar posse um dia útil após o
fim do mandato anterior. A empresa
tem até dez dias para protocolar,
em unidade descentralizada do Mi-
nistério do Trabalho, ata de eleição,
de posse e o calendário das reuni-
ões ordinárias. Após esse protocolo,
não é possível reduzir o número de
integrantes da CIPA.
Como se forma
a CIPA
Atribuições
da CIPA
11Voltar ao Sumário 11
A principal responsabilidade da
CIPA é garantir a segurança e inte-
gridade física dos funcionários de
uma empresa. Isso será feito a partir
de inúmeras medidas preventivas,
definidas em consenso entre os inte-
grantes da comissão.
Algumas das principais atribuições
da comissão são:
•	 Identificar riscos no processo
de trabalho e elaborar mapa de
riscos;
•	 Elaborar plano de trabalho vi-
sando a ação preventiva para re-
solver problemas de segurança e
saúde no trabalho;
•	 Participar da implementação e
do controle de qualidade das
medidas preventivas necessá-
rias;
•	 Realizar verificações periódicas
no ambiente de trabalho;
•	 Colaborar no desenvolvimento
e implementação do PCMSO e
PPRA, além de outros progra-
mas relacionados à segurança
do trabalho;
•	 Promover, anualmente, a Se-
mana Interna de Prevenção de
Acidentes (SIPAT).
Atribuições
da CIPA
Função dos
funcionários
na CIPA
13Voltar ao Sumário 13
É de responsabilidade do empre-
gador proporcionar aos integrantes
da CIPA os meios necessários para
que façam suas atividades. Já os
funcionários precisam participar
da eleição de seus representantes,
colaborar com a gestão da comissão
e aplicar no ambiente de trabalho
as recomendações de segurança
aprendidas.
Ao presidente da CIPA cabe convo-
car os membros da comissão para
reunião, manter o empregador infor-
mado sobre ações do grupo, coor-
denar e supervisionar as atividades
de secretaria e delegar atribuições
ao vice-presidente.
O vice-presidente deve executar
suas atribuições e substituir o pre-
sidente na sua ausência. Já o secre-
tário da comissão deve acompanhar
as reuniões da CIPA e redigir a ata.
Além de preparar correspondências
e outras ações que lhe forem desig-
nadas.
Presidente e vice-presidente da
comissão devem, conjuntamente,
realizar atividades como garantir
que a CIPA disponha de condições
necessárias para o desenvolvimento
de suas atividades, coordenar e
supervisionar as atividades, delegar
atribuições aos seus membros,
promover o relacionamento da CIPA
com o SESMT, quando este existir,
divulgar decisões e constituir a co-
missão eleitoral.
Função dos funcionários
na CIPA
Como funciona
a CIPA
15Voltar ao Sumário
Os integrantes da comissão devem
realizar reuniões mensais para
analisar as ações implementadas e
determinar quais são os próximos
passos. Esses encontros sempre
serão realizados dentro do ambiente
da empresa, em horário comercial.
Em caso de acidentes, denúncia de
situação de risco ou algum outro
caso inesperado, é possível realizar
uma reunião de emergência.
É dever da empresa fornecer trei-
namento para os membros da CIPA,
titulares e suplentes, antes que eles
tomem posse. O treinamento da
comissão deve contemplar o estudo
do ambiente, das condições de tra-
balho, metodologia de investigação
e análise, noções sobre acidentes e
doenças no trabalho, noções sobre a
legislação trabalhista, princípios ge-
rais de higiene no trabalho e como
organizar a comissão.
O treinamento deve ser feito dentro
de uma carga horária máxima de 20
horas. A divisão dessa capacitação
pode ser feita em blocos máximos
de oito horas diárias, dentro do ex-
pediente normal da empresa. Pode
ser ministrado pelo SESMT, entidade
patronal, entidade de trabalhadores
ou por profissional devidamente
qualificado.
Como funciona
a CIPA
15
16Voltar ao Sumário
Em um prazo de 60 dias antes do
fim do mandato atual, o empregador
precisa convocar eleições para for-
mar a nova comissão, que irá atuar
pelo próximo ano dentro da empre-
sa. A votação deve ser secreta.
Um membro titular da CIPA pode
perder o seu cargo na comissão se
faltar em mais de quatro reuniões
ordinárias sem justificativa. Isso
pode causar a sua substituição por
um suplente. Caso o integrante
afastado seja o presidente, cabe ao
empregador, em até dois dias úteis,
nomear outro entre os atuais inte-
grantes da comissão.
Para o vice-presidente, cabe aos
membros titulares da representação
dos empregados escolher o substi-
tuto entre seus titulares, em até dois
dias úteis.
Como funciona
a CIPA
16
Processo eleitoral
da CIPA
18Voltar ao Sumário
O processo eleitoral da CIPA tem
um padrão muito bem estabelecido
e que deve ser respeitado para
garantir que seja feito de forma
correta, garantindo a formação de
uma comissão justa e ativa para os
funcionários.
Entre as principais etapas da elei-
ção da comissão, estão os seguin-
tes pontos:
•	 Publicação e divulgação do edi-
tal, em local de fácil acesso, no
prazo mínimo de 45 dias antes
do fim do término do mandato
atual;
•	 Inscrição e eleição individual;
•	 Liberdade de inscrição para
todos os empregados do esta-
belecimento;
•	 Garantia de emprego para todos
os inscritos até a eleição;
•	 Realização da eleição no período
mínimo de 30 dias antes do
fim do atual mandato, quando
houver;
•	 Realização da eleição em dia
normal de trabalho;
•	 Garantia do voto secreto;
•	 Apuração dos votos em horário
normal de trabalho;
•	 Guarda, por parte do emprega-
dor, de todos os documentos
relacionados à eleição por um
período mínimo de cinco anos.
Processo eleitoral
da CIPA
18
Conclusão
20Voltar ao Sumário 20
Conclusão
É papel primordial da CIPA garantir a
segurança e integridade física de to-
dos os funcionários que fazem parte
do quadro de uma empresa. Por isso,
devem ser constantemente treinados
e estarem com vontade de participar
da comissão, para que possam reali-
zar as ações preventivas necessárias
e agir ativamente dentro do grupo
que é formado anualmente.
Toda empresa que tiver um quadro
de funcionários deve se preocupar
em instaurar a comissão para que as
medidas preventivas sejam tomadas
e o estabelecimento fique dentro dos
padrões exigidos pelo Ministério do
Trabalho.
Cabe ao empregador tomar a inicia-
tiva de criar essa comissão e engajar
todos os funcionários a participar,
deixando clara a importância da
CIPA e como é fundamental a parti-
cipação de todos com ideias, execu-
ção e acompanhamento.
A Comissão Interna de Prevenção
de Acidentes é feito por pessoas
para pessoas, por isso, é essencial a
compreensão da função dessa co-
missão e de todas as atividades que
ela precisa realizar. A empresa que
conseguir transmitir essa mensagem
de forma satisfatória irá garantir um
ambiente mais seguro, com trabalha-
dores mais satisfeitos e que faltam
menos.
Esperamos que o conteúdo seja útil
e traga informações novas. Se tiver
algum comentário a fazer, vamos
adorar saber o que você pensa sobre
esse tema.
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
Uma indústria que atua desde 1998
no mercado de EPIs de Raspa e Va-
queta de Couro Bovino e possuímos
uma estrutura sólida e confiável,
constituída por profissionais expe-
rientes e com know how de quem
realmente conhece as necessidades
e particularidades dos mercados
que utilizam nosso tipo de matéria
prima.
Produzimos Aventais de Raspa e
Vaqueta, Blusão de Raspa, Calça
de Raspa, Capuz de Raspa, Luvas
de Raspa e Vaqueta, Mangote de
Raspa, Manta de Raspa, Ombreira
de Raspa e Perneira de Raspa e nos-
sos produtos são encontrados em
mais de 1.100 pontos de venda em
todo território nacional. Buscamos
oferecer sempre a melhor relação
custo/benefício em todas as nossas
operações.
Estamos acompanhando as tendên-
cias mundiais e isso nos ajuda na
entrega de valor para você, nossa
verdadeira razão de existir. E não só
apenas tendências do mercado de
EPIs, mas tendências corporativas,
de vendas e de marketing, elemen-
tos essenciais para o setor.
Este e-book é parte da nossa es-
tratégia de entregar conteúdo rele-
vante de alto nível de informação e
conhecimento e tem como objetivo
influenciar o sucesso de nosso públi-
co, ou seja, Você!
Acompanhe nossas redes sociais
Rua Heráclito Lacerda, 663, Jardim Nova Bocaina
17240-000 – Bocaina – SP
Tel.: (14) 3666.2046 – Fax: (14) 3666.3563
contato@zanel.com.br
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cipa - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes
Cipa - Comissão Interna de Prevenção de AcidentesCipa - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes
Cipa - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes
Day Vasconcellos
 
CIPA - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes
CIPA - Comissão Interna de Prevenção de AcidentesCIPA - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes
CIPA - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes
Gui Souza A
 
Nr – 05
Nr – 05Nr – 05
Cipa 2019 2020
Cipa 2019 2020Cipa 2019 2020
Cipa 2019 2020
Aguinaldo Aguinaldofaria
 
Norma Regulamentadora 5 - CIPA
Norma Regulamentadora 5 - CIPANorma Regulamentadora 5 - CIPA
Norma Regulamentadora 5 - CIPA
Ruth L
 
Curso de cipa
Curso de cipa Curso de cipa
Curso de cipa
Monique Veillard
 
Cipa fundamentos legais
Cipa fundamentos legaisCipa fundamentos legais
Cipa fundamentos legais
Marcolino2016
 
CIPA - Modulo I
CIPA - Modulo ICIPA - Modulo I
CIPA - Modulo I
Marco Lamim
 
Entendo a CIPA!
Entendo a CIPA!Entendo a CIPA!
Entendo a CIPA!
HugoDalevedove
 
Modelo Implantação Cipa
Modelo Implantação CipaModelo Implantação Cipa
Modelo Implantação Cipa
yzakii
 
Treinamento CIPA
Treinamento CIPATreinamento CIPA
Treinamento CIPA
Robson Peixoto
 
03 nr5 - cipa
03   nr5 - cipa03   nr5 - cipa
03 nr5 - cipa
Renato Cardoso
 
Curso de cipa
Curso de cipaCurso de cipa
Curso de cipa
Luiz Segurança
 
Sipat
SipatSipat
Sipat
sasasl
 
Exercicio normas
Exercicio normasExercicio normas
Exercicio normas
Atento Brasil S/A
 
Comentários sobre os itens da norma
Comentários sobre os itens da normaComentários sobre os itens da norma
Comentários sobre os itens da norma
Marcos Valadares
 
Curso cipa 2003
Curso cipa 2003Curso cipa 2003
Curso cipa 2003
Nilton Goulart
 
SIPAT (RESUMIDO)
SIPAT (RESUMIDO)SIPAT (RESUMIDO)
SIPAT (RESUMIDO)
Pâmela Benachio
 
Treinamento CIPA
Treinamento CIPATreinamento CIPA
Treinamento CIPA
SPDM-PAIS
 
Administração aplicada na Segurança do Trabalho
Administração aplicada na Segurança do TrabalhoAdministração aplicada na Segurança do Trabalho
Administração aplicada na Segurança do Trabalho
Jeane Santos
 

Mais procurados (20)

Cipa - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes
Cipa - Comissão Interna de Prevenção de AcidentesCipa - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes
Cipa - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes
 
CIPA - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes
CIPA - Comissão Interna de Prevenção de AcidentesCIPA - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes
CIPA - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes
 
Nr – 05
Nr – 05Nr – 05
Nr – 05
 
Cipa 2019 2020
Cipa 2019 2020Cipa 2019 2020
Cipa 2019 2020
 
Norma Regulamentadora 5 - CIPA
Norma Regulamentadora 5 - CIPANorma Regulamentadora 5 - CIPA
Norma Regulamentadora 5 - CIPA
 
Curso de cipa
Curso de cipa Curso de cipa
Curso de cipa
 
Cipa fundamentos legais
Cipa fundamentos legaisCipa fundamentos legais
Cipa fundamentos legais
 
CIPA - Modulo I
CIPA - Modulo ICIPA - Modulo I
CIPA - Modulo I
 
Entendo a CIPA!
Entendo a CIPA!Entendo a CIPA!
Entendo a CIPA!
 
Modelo Implantação Cipa
Modelo Implantação CipaModelo Implantação Cipa
Modelo Implantação Cipa
 
Treinamento CIPA
Treinamento CIPATreinamento CIPA
Treinamento CIPA
 
03 nr5 - cipa
03   nr5 - cipa03   nr5 - cipa
03 nr5 - cipa
 
Curso de cipa
Curso de cipaCurso de cipa
Curso de cipa
 
Sipat
SipatSipat
Sipat
 
Exercicio normas
Exercicio normasExercicio normas
Exercicio normas
 
Comentários sobre os itens da norma
Comentários sobre os itens da normaComentários sobre os itens da norma
Comentários sobre os itens da norma
 
Curso cipa 2003
Curso cipa 2003Curso cipa 2003
Curso cipa 2003
 
SIPAT (RESUMIDO)
SIPAT (RESUMIDO)SIPAT (RESUMIDO)
SIPAT (RESUMIDO)
 
Treinamento CIPA
Treinamento CIPATreinamento CIPA
Treinamento CIPA
 
Administração aplicada na Segurança do Trabalho
Administração aplicada na Segurança do TrabalhoAdministração aplicada na Segurança do Trabalho
Administração aplicada na Segurança do Trabalho
 

Semelhante a CIPA SEM MISTÉRIO

Como montar uma CIPA E-book Gratuito
Como montar uma CIPA E-book GratuitoComo montar uma CIPA E-book Gratuito
Como montar uma CIPA E-book Gratuito
Beta Educação
 
CIPA - COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTE - NR 5
CIPA - COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTE - NR 5CIPA - COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTE - NR 5
CIPA - COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTE - NR 5
HugoDalevedove
 
cipa-140225100731-phpapp02.pptx
cipa-140225100731-phpapp02.pptxcipa-140225100731-phpapp02.pptx
cipa-140225100731-phpapp02.pptx
SueliPereira47
 
Apresentação cipa
Apresentação cipaApresentação cipa
Apresentação cipa
Lucas Oliveira
 
Apostila de CIPA
Apostila de CIPAApostila de CIPA
Apostila de CIPA
Robson Maziero
 
APRESENTAÇÃO CIPA.ppt
APRESENTAÇÃO CIPA.pptAPRESENTAÇÃO CIPA.ppt
APRESENTAÇÃO CIPA.ppt
ssuser22319e
 
Curso de cipa
Curso de cipaCurso de cipa
Curso de cipa
Willame Martins
 
Cipa atual 2012
Cipa atual 2012Cipa atual 2012
Cipa atual 2012
jaderpinheiro
 
Guia para eleição da cipa
Guia para eleição da cipaGuia para eleição da cipa
Guia para eleição da cipa
Robson Peixoto
 
Treinamento CIPA.ppt
Treinamento CIPA.pptTreinamento CIPA.ppt
Treinamento CIPA.ppt
TniaRocha36
 
Treinamento. de cipa
Treinamento. de cipaTreinamento. de cipa
Treinamento. de cipa
Cristina Monteiro
 
MÓDULO I.pdf
MÓDULO I.pdfMÓDULO I.pdf
NOVA CIPA 2023 + ASSÉDIO ATUALIZADO (1).pptx
NOVA CIPA 2023 + ASSÉDIO ATUALIZADO (1).pptxNOVA CIPA 2023 + ASSÉDIO ATUALIZADO (1).pptx
NOVA CIPA 2023 + ASSÉDIO ATUALIZADO (1).pptx
ricardo101213
 
Modelo de check list cipa (nr 5) - blog segurança do trabalho
Modelo de check list   cipa (nr 5) - blog segurança do trabalhoModelo de check list   cipa (nr 5) - blog segurança do trabalho
Modelo de check list cipa (nr 5) - blog segurança do trabalho
Robson Peixoto
 
CIPA e CIPATR.pptx
CIPA e CIPATR.pptxCIPA e CIPATR.pptx
CIPA e CIPATR.pptx
AntonioGonalves89
 
Nr 05 cipa 02
Nr 05   cipa 02Nr 05   cipa 02
Nr 05 cipa 02
MarioSouza63
 
Curso Prevençao de Acidentes CIPA_2023 REVISADO (1).pptx
Curso Prevençao de Acidentes CIPA_2023 REVISADO (1).pptxCurso Prevençao de Acidentes CIPA_2023 REVISADO (1).pptx
Curso Prevençao de Acidentes CIPA_2023 REVISADO (1).pptx
WalterKleidson1
 
Curso da CIPA
Curso da CIPACurso da CIPA
Curso da CIPA
Sergio Roberto Silva
 
TREINAMENTO-CIPA-ATUALIZACAO-28-12-22_1cf03f8e360d420f9bacd42e2fc7bf88.pptx
TREINAMENTO-CIPA-ATUALIZACAO-28-12-22_1cf03f8e360d420f9bacd42e2fc7bf88.pptxTREINAMENTO-CIPA-ATUALIZACAO-28-12-22_1cf03f8e360d420f9bacd42e2fc7bf88.pptx
TREINAMENTO-CIPA-ATUALIZACAO-28-12-22_1cf03f8e360d420f9bacd42e2fc7bf88.pptx
TiagoMartins246585
 
TREINAMENTO-CIPA-ATUALIZACAO-28-12-22_ QPLAN -GATES.pptx
TREINAMENTO-CIPA-ATUALIZACAO-28-12-22_ QPLAN -GATES.pptxTREINAMENTO-CIPA-ATUALIZACAO-28-12-22_ QPLAN -GATES.pptx
TREINAMENTO-CIPA-ATUALIZACAO-28-12-22_ QPLAN -GATES.pptx
RAConsultoria1
 

Semelhante a CIPA SEM MISTÉRIO (20)

Como montar uma CIPA E-book Gratuito
Como montar uma CIPA E-book GratuitoComo montar uma CIPA E-book Gratuito
Como montar uma CIPA E-book Gratuito
 
CIPA - COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTE - NR 5
CIPA - COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTE - NR 5CIPA - COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTE - NR 5
CIPA - COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTE - NR 5
 
cipa-140225100731-phpapp02.pptx
cipa-140225100731-phpapp02.pptxcipa-140225100731-phpapp02.pptx
cipa-140225100731-phpapp02.pptx
 
Apresentação cipa
Apresentação cipaApresentação cipa
Apresentação cipa
 
Apostila de CIPA
Apostila de CIPAApostila de CIPA
Apostila de CIPA
 
APRESENTAÇÃO CIPA.ppt
APRESENTAÇÃO CIPA.pptAPRESENTAÇÃO CIPA.ppt
APRESENTAÇÃO CIPA.ppt
 
Curso de cipa
Curso de cipaCurso de cipa
Curso de cipa
 
Cipa atual 2012
Cipa atual 2012Cipa atual 2012
Cipa atual 2012
 
Guia para eleição da cipa
Guia para eleição da cipaGuia para eleição da cipa
Guia para eleição da cipa
 
Treinamento CIPA.ppt
Treinamento CIPA.pptTreinamento CIPA.ppt
Treinamento CIPA.ppt
 
Treinamento. de cipa
Treinamento. de cipaTreinamento. de cipa
Treinamento. de cipa
 
MÓDULO I.pdf
MÓDULO I.pdfMÓDULO I.pdf
MÓDULO I.pdf
 
NOVA CIPA 2023 + ASSÉDIO ATUALIZADO (1).pptx
NOVA CIPA 2023 + ASSÉDIO ATUALIZADO (1).pptxNOVA CIPA 2023 + ASSÉDIO ATUALIZADO (1).pptx
NOVA CIPA 2023 + ASSÉDIO ATUALIZADO (1).pptx
 
Modelo de check list cipa (nr 5) - blog segurança do trabalho
Modelo de check list   cipa (nr 5) - blog segurança do trabalhoModelo de check list   cipa (nr 5) - blog segurança do trabalho
Modelo de check list cipa (nr 5) - blog segurança do trabalho
 
CIPA e CIPATR.pptx
CIPA e CIPATR.pptxCIPA e CIPATR.pptx
CIPA e CIPATR.pptx
 
Nr 05 cipa 02
Nr 05   cipa 02Nr 05   cipa 02
Nr 05 cipa 02
 
Curso Prevençao de Acidentes CIPA_2023 REVISADO (1).pptx
Curso Prevençao de Acidentes CIPA_2023 REVISADO (1).pptxCurso Prevençao de Acidentes CIPA_2023 REVISADO (1).pptx
Curso Prevençao de Acidentes CIPA_2023 REVISADO (1).pptx
 
Curso da CIPA
Curso da CIPACurso da CIPA
Curso da CIPA
 
TREINAMENTO-CIPA-ATUALIZACAO-28-12-22_1cf03f8e360d420f9bacd42e2fc7bf88.pptx
TREINAMENTO-CIPA-ATUALIZACAO-28-12-22_1cf03f8e360d420f9bacd42e2fc7bf88.pptxTREINAMENTO-CIPA-ATUALIZACAO-28-12-22_1cf03f8e360d420f9bacd42e2fc7bf88.pptx
TREINAMENTO-CIPA-ATUALIZACAO-28-12-22_1cf03f8e360d420f9bacd42e2fc7bf88.pptx
 
TREINAMENTO-CIPA-ATUALIZACAO-28-12-22_ QPLAN -GATES.pptx
TREINAMENTO-CIPA-ATUALIZACAO-28-12-22_ QPLAN -GATES.pptxTREINAMENTO-CIPA-ATUALIZACAO-28-12-22_ QPLAN -GATES.pptx
TREINAMENTO-CIPA-ATUALIZACAO-28-12-22_ QPLAN -GATES.pptx
 

Mais de Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta

Epis de raspa e vaqueta
Epis de raspa e vaqueta Epis de raspa e vaqueta
Epis de raspa e vaqueta
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.
Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.
Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.
Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.
Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Produtos e códigos zanel
Produtos e códigos zanel Produtos e códigos zanel
Produtos e códigos zanel
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
PESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPIS
PESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPISPESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPIS
PESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPIS
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Check list nr 17 - ergonomia
Check list    nr 17 - ergonomiaCheck list    nr 17 - ergonomia
Check list nr 17 - ergonomia
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Manual de produtos perigosos
Manual de produtos perigososManual de produtos perigosos
Manual de produtos perigosos
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Nr 35 trabalho em altura
Nr 35 trabalho em alturaNr 35 trabalho em altura
Nr 35 trabalho em altura
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Manual residuos solidos
Manual residuos solidosManual residuos solidos
Manual residuos solidos
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Manual bkl para_andaime_suspenso
Manual bkl para_andaime_suspensoManual bkl para_andaime_suspenso
Manual bkl para_andaime_suspenso
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Empilhadeira
Empilhadeira Empilhadeira
Cp nr 35 trabalho em altura
Cp nr 35 trabalho em alturaCp nr 35 trabalho em altura
Cp nr 35 trabalho em altura
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Acidentes com multiplas vitimas
Acidentes com multiplas vitimasAcidentes com multiplas vitimas
Acidentes com multiplas vitimas
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
15 dicas que voce precisa saber sobre linha
15 dicas que voce precisa saber sobre linha15 dicas que voce precisa saber sobre linha
15 dicas que voce precisa saber sobre linha
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Organizando uma SIPAT de sucesso
Organizando uma SIPAT de sucessoOrganizando uma SIPAT de sucesso
Organizando uma SIPAT de sucesso
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Nr4
Nr4Nr4
Check list andaime
Check list   andaimeCheck list   andaime
Check list andaime
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Conceitos Vias Aereas
Conceitos Vias AereasConceitos Vias Aereas
Conceitos Vias Aereas
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Nr 20 Treinamento
Nr 20   Treinamento Nr 20   Treinamento
Nr 20 Treinamento
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Palestra nr12 trefilacao_2013_leonardo_nascimento
Palestra nr12 trefilacao_2013_leonardo_nascimentoPalestra nr12 trefilacao_2013_leonardo_nascimento
Palestra nr12 trefilacao_2013_leonardo_nascimento
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 

Mais de Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta (20)

Epis de raspa e vaqueta
Epis de raspa e vaqueta Epis de raspa e vaqueta
Epis de raspa e vaqueta
 
Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.
Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.
Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.
 
Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.
Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.
Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.
 
Produtos e códigos zanel
Produtos e códigos zanel Produtos e códigos zanel
Produtos e códigos zanel
 
PESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPIS
PESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPISPESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPIS
PESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPIS
 
Check list nr 17 - ergonomia
Check list    nr 17 - ergonomiaCheck list    nr 17 - ergonomia
Check list nr 17 - ergonomia
 
Manual de produtos perigosos
Manual de produtos perigososManual de produtos perigosos
Manual de produtos perigosos
 
Nr 35 trabalho em altura
Nr 35 trabalho em alturaNr 35 trabalho em altura
Nr 35 trabalho em altura
 
Manual residuos solidos
Manual residuos solidosManual residuos solidos
Manual residuos solidos
 
Manual bkl para_andaime_suspenso
Manual bkl para_andaime_suspensoManual bkl para_andaime_suspenso
Manual bkl para_andaime_suspenso
 
Empilhadeira
Empilhadeira Empilhadeira
Empilhadeira
 
Cp nr 35 trabalho em altura
Cp nr 35 trabalho em alturaCp nr 35 trabalho em altura
Cp nr 35 trabalho em altura
 
Acidentes com multiplas vitimas
Acidentes com multiplas vitimasAcidentes com multiplas vitimas
Acidentes com multiplas vitimas
 
15 dicas que voce precisa saber sobre linha
15 dicas que voce precisa saber sobre linha15 dicas que voce precisa saber sobre linha
15 dicas que voce precisa saber sobre linha
 
Organizando uma SIPAT de sucesso
Organizando uma SIPAT de sucessoOrganizando uma SIPAT de sucesso
Organizando uma SIPAT de sucesso
 
Nr4
Nr4Nr4
Nr4
 
Check list andaime
Check list   andaimeCheck list   andaime
Check list andaime
 
Conceitos Vias Aereas
Conceitos Vias AereasConceitos Vias Aereas
Conceitos Vias Aereas
 
Nr 20 Treinamento
Nr 20   Treinamento Nr 20   Treinamento
Nr 20 Treinamento
 
Palestra nr12 trefilacao_2013_leonardo_nascimento
Palestra nr12 trefilacao_2013_leonardo_nascimentoPalestra nr12 trefilacao_2013_leonardo_nascimento
Palestra nr12 trefilacao_2013_leonardo_nascimento
 

CIPA SEM MISTÉRIO

  • 2. Sumário 1 Introdução 8 Conclusão 2 O que é CIPA 3 Como se forma a CIPA 4 Atribuições da CIPA 5 Funções dos funcionários na CIPA 6 Como funciona a CIPA 7 Processo eleitoral na CIPA
  • 4. 4Voltar ao Sumário Introdução O capital humano é o que há de mais importante dentro de uma empresa, afinal, são as pessoas que produzem, que se dedicam e se entregam para realizar um projeto maior. Por isso, é essencial cuidar bem dos funcioná- rios e fazer tudo o que for possível para garantir sua integridade física e saúde. Profissionais que trabalham em locais seguros, que tomam todas as medi- das preventivas necessárias e com ações constantes de conscientização sobre boas práticas no ambiente de trabalho, ficam menos estressados, doentes e, consequentemente, fal- tam menos, diminuindo custos da empresa. Ao faltar menos, o profissional se torna bem mais produtivo e tem sua participação mais ativa dentro da empresa. Tudo isso pode ser ga- rantido por meio de uma Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) bastante participativa, que conhece o ambiente de trabalho e toma todas as medidas preventivas necessárias. No mercado atual, é de extrema importância que a CIPA seja levada a sério dentro de uma empresa para garantir que os profissionais tenham todas as condições que precisam para realizar suas atividades. 44
  • 5. 5Voltar ao Sumário Introdução Para garantir essa efetividade, é preciso a colaboração de todas as esferas dentro da empresa. Tudo co- meça com o empregador, passando pelos funcionários que irão eleger a comissão e, fundamentalmente, os integrantes da CIPA, que irão colocar todas as medidas em prática e se certificar de que elas sejam respeita- das. Este material vai mostrar as princi- pais informações sobre a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes para garantir que os melhores dados estejam disponíveis no mercado. Esperamos que seja de grande utili- dade para a sua empresa e agregue valor ao dia a dia dos funcionários que fazem parte dela. Boa leitura! 5
  • 7. 7Voltar ao Sumário A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) foi criada com a função de prevenir todo tipo de acidente dentro do ambiente de tra- balho. A ideia é tornar viável e con- fortável a realização das atividades diárias por parte dos funcionários da empresa. Para isso, é essencial preservar a vida e a saúde do traba- lhador. De acordo com a NR 5, a CIPA deve fazer parte dos mais variados tipos de empresa, como: privadas, públi- cas, sociedades de economia mista, órgãos da administração direta e indireta, instituições beneficentes, associações corporativas ou recrea- tivas, bem como outras instituições que admitam funcionários para tra- balharem em suas instalações. A ideia é reunir um grupo de pesso- as engajadas que estão prontas para servir e trabalhar unidas em prol de um objetivo maior e compartilhado: a segurança de todos os profissio- nais da empresa. Para isso, é preciso saber exatamente quais são as atri- buições de um integrante da CIPA para que não haja o risco de não atender às demandas necessárias. Empresas que possuem mais de uma unidade física precisam en- contrar uma forma de coordenar as CIPAs para que trabalhem de forma conjunta e uniforme, realizando as mesmas medidas preventivas e comunicando de maneira única, para que todas as ações façam sentido dentro do grupo. 7 O que é CIPA?
  • 9. 9Voltar ao Sumário 9 A comissão é formada por repre- sentantes legais do empregador e também dos empregados. No caso dos representantes do empregador, os titulares e suplentes serão esco- lhidos diretamente por ele. Já no caso dos representantes dos empre- gados, tanto os titulares quanto os suplentes serão eleitos em votação secreta que terá a participação dos funcionários da empresa. Como a função de membro da CIPA inclui indicar falhas e cobrar me- lhorias da empresa, é garantido ao participante a permanência no car- go durante a duração do mandato, que é de um ano, podendo haver a reeleição para mais um ano. Os integrantes da comissão terão garantias para que suas atividades normais na empresa não sejam descaracterizadas, sendo vedada a transferência para outro esta- belecimento sem a sua anuência, ressalvado o que é informado nos dois primeiros parágrafos do artigo 469, da CLT. O empregador precisa garantir que os funcionários tenham a represen- tação necessária para a discussão e encaminhamento das soluções de questões de segurança e de saúde no trabalho analisadas na CIPA. Os novos membros da comissão de- vem tomar posse um dia útil após o fim do mandato anterior. A empresa tem até dez dias para protocolar, em unidade descentralizada do Mi- nistério do Trabalho, ata de eleição, de posse e o calendário das reuni- ões ordinárias. Após esse protocolo, não é possível reduzir o número de integrantes da CIPA. Como se forma a CIPA
  • 11. 11Voltar ao Sumário 11 A principal responsabilidade da CIPA é garantir a segurança e inte- gridade física dos funcionários de uma empresa. Isso será feito a partir de inúmeras medidas preventivas, definidas em consenso entre os inte- grantes da comissão. Algumas das principais atribuições da comissão são: • Identificar riscos no processo de trabalho e elaborar mapa de riscos; • Elaborar plano de trabalho vi- sando a ação preventiva para re- solver problemas de segurança e saúde no trabalho; • Participar da implementação e do controle de qualidade das medidas preventivas necessá- rias; • Realizar verificações periódicas no ambiente de trabalho; • Colaborar no desenvolvimento e implementação do PCMSO e PPRA, além de outros progra- mas relacionados à segurança do trabalho; • Promover, anualmente, a Se- mana Interna de Prevenção de Acidentes (SIPAT). Atribuições da CIPA
  • 13. 13Voltar ao Sumário 13 É de responsabilidade do empre- gador proporcionar aos integrantes da CIPA os meios necessários para que façam suas atividades. Já os funcionários precisam participar da eleição de seus representantes, colaborar com a gestão da comissão e aplicar no ambiente de trabalho as recomendações de segurança aprendidas. Ao presidente da CIPA cabe convo- car os membros da comissão para reunião, manter o empregador infor- mado sobre ações do grupo, coor- denar e supervisionar as atividades de secretaria e delegar atribuições ao vice-presidente. O vice-presidente deve executar suas atribuições e substituir o pre- sidente na sua ausência. Já o secre- tário da comissão deve acompanhar as reuniões da CIPA e redigir a ata. Além de preparar correspondências e outras ações que lhe forem desig- nadas. Presidente e vice-presidente da comissão devem, conjuntamente, realizar atividades como garantir que a CIPA disponha de condições necessárias para o desenvolvimento de suas atividades, coordenar e supervisionar as atividades, delegar atribuições aos seus membros, promover o relacionamento da CIPA com o SESMT, quando este existir, divulgar decisões e constituir a co- missão eleitoral. Função dos funcionários na CIPA
  • 15. 15Voltar ao Sumário Os integrantes da comissão devem realizar reuniões mensais para analisar as ações implementadas e determinar quais são os próximos passos. Esses encontros sempre serão realizados dentro do ambiente da empresa, em horário comercial. Em caso de acidentes, denúncia de situação de risco ou algum outro caso inesperado, é possível realizar uma reunião de emergência. É dever da empresa fornecer trei- namento para os membros da CIPA, titulares e suplentes, antes que eles tomem posse. O treinamento da comissão deve contemplar o estudo do ambiente, das condições de tra- balho, metodologia de investigação e análise, noções sobre acidentes e doenças no trabalho, noções sobre a legislação trabalhista, princípios ge- rais de higiene no trabalho e como organizar a comissão. O treinamento deve ser feito dentro de uma carga horária máxima de 20 horas. A divisão dessa capacitação pode ser feita em blocos máximos de oito horas diárias, dentro do ex- pediente normal da empresa. Pode ser ministrado pelo SESMT, entidade patronal, entidade de trabalhadores ou por profissional devidamente qualificado. Como funciona a CIPA 15
  • 16. 16Voltar ao Sumário Em um prazo de 60 dias antes do fim do mandato atual, o empregador precisa convocar eleições para for- mar a nova comissão, que irá atuar pelo próximo ano dentro da empre- sa. A votação deve ser secreta. Um membro titular da CIPA pode perder o seu cargo na comissão se faltar em mais de quatro reuniões ordinárias sem justificativa. Isso pode causar a sua substituição por um suplente. Caso o integrante afastado seja o presidente, cabe ao empregador, em até dois dias úteis, nomear outro entre os atuais inte- grantes da comissão. Para o vice-presidente, cabe aos membros titulares da representação dos empregados escolher o substi- tuto entre seus titulares, em até dois dias úteis. Como funciona a CIPA 16
  • 18. 18Voltar ao Sumário O processo eleitoral da CIPA tem um padrão muito bem estabelecido e que deve ser respeitado para garantir que seja feito de forma correta, garantindo a formação de uma comissão justa e ativa para os funcionários. Entre as principais etapas da elei- ção da comissão, estão os seguin- tes pontos: • Publicação e divulgação do edi- tal, em local de fácil acesso, no prazo mínimo de 45 dias antes do fim do término do mandato atual; • Inscrição e eleição individual; • Liberdade de inscrição para todos os empregados do esta- belecimento; • Garantia de emprego para todos os inscritos até a eleição; • Realização da eleição no período mínimo de 30 dias antes do fim do atual mandato, quando houver; • Realização da eleição em dia normal de trabalho; • Garantia do voto secreto; • Apuração dos votos em horário normal de trabalho; • Guarda, por parte do emprega- dor, de todos os documentos relacionados à eleição por um período mínimo de cinco anos. Processo eleitoral da CIPA 18
  • 20. 20Voltar ao Sumário 20 Conclusão É papel primordial da CIPA garantir a segurança e integridade física de to- dos os funcionários que fazem parte do quadro de uma empresa. Por isso, devem ser constantemente treinados e estarem com vontade de participar da comissão, para que possam reali- zar as ações preventivas necessárias e agir ativamente dentro do grupo que é formado anualmente. Toda empresa que tiver um quadro de funcionários deve se preocupar em instaurar a comissão para que as medidas preventivas sejam tomadas e o estabelecimento fique dentro dos padrões exigidos pelo Ministério do Trabalho. Cabe ao empregador tomar a inicia- tiva de criar essa comissão e engajar todos os funcionários a participar, deixando clara a importância da CIPA e como é fundamental a parti- cipação de todos com ideias, execu- ção e acompanhamento. A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes é feito por pessoas para pessoas, por isso, é essencial a compreensão da função dessa co- missão e de todas as atividades que ela precisa realizar. A empresa que conseguir transmitir essa mensagem de forma satisfatória irá garantir um ambiente mais seguro, com trabalha- dores mais satisfeitos e que faltam menos. Esperamos que o conteúdo seja útil e traga informações novas. Se tiver algum comentário a fazer, vamos adorar saber o que você pensa sobre esse tema.
  • 21. Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta Uma indústria que atua desde 1998 no mercado de EPIs de Raspa e Va- queta de Couro Bovino e possuímos uma estrutura sólida e confiável, constituída por profissionais expe- rientes e com know how de quem realmente conhece as necessidades e particularidades dos mercados que utilizam nosso tipo de matéria prima. Produzimos Aventais de Raspa e Vaqueta, Blusão de Raspa, Calça de Raspa, Capuz de Raspa, Luvas de Raspa e Vaqueta, Mangote de Raspa, Manta de Raspa, Ombreira de Raspa e Perneira de Raspa e nos- sos produtos são encontrados em mais de 1.100 pontos de venda em todo território nacional. Buscamos oferecer sempre a melhor relação custo/benefício em todas as nossas operações. Estamos acompanhando as tendên- cias mundiais e isso nos ajuda na entrega de valor para você, nossa verdadeira razão de existir. E não só apenas tendências do mercado de EPIs, mas tendências corporativas, de vendas e de marketing, elemen- tos essenciais para o setor. Este e-book é parte da nossa es- tratégia de entregar conteúdo rele- vante de alto nível de informação e conhecimento e tem como objetivo influenciar o sucesso de nosso públi- co, ou seja, Você! Acompanhe nossas redes sociais
  • 22. Rua Heráclito Lacerda, 663, Jardim Nova Bocaina 17240-000 – Bocaina – SP Tel.: (14) 3666.2046 – Fax: (14) 3666.3563 contato@zanel.com.br Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta