SlideShare uma empresa Scribd logo
Segurança noSegurança no
uso deuso de
EmpilhadeiraEmpilhadeira
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Objetivo do treinamentoObjetivo do treinamento
Sensibilizar os operadores deSensibilizar os operadores de
empilhadeira quanto a necessidade deempilhadeira quanto a necessidade de
neutralizar ao máximo a possibilidadeneutralizar ao máximo a possibilidade
de provocar acidentes.de provocar acidentes.
 Adoção de procedimentos de rotinaAdoção de procedimentos de rotina
pautadas pelas normas de segurança.pautadas pelas normas de segurança.
 Cumprimento ao disposto na NR-11 daCumprimento ao disposto na NR-11 da
Port. 3214/78 MTb.Port. 3214/78 MTb.
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Regulamentação LegalRegulamentação Legal
 NR-11 - TRANSPORTE, MOVIMENTAÇÃ0,NR-11 - TRANSPORTE, MOVIMENTAÇÃ0,
ARMAZENAGEM E MANUSEIO DE MATERIAISARMAZENAGEM E MANUSEIO DE MATERIAIS
 11.1.5.11.1.5. Nos equipamentos de transporte, comNos equipamentos de transporte, com
força motriz própria, o operador deverá receber umforça motriz própria, o operador deverá receber um
treinamento específico, dado pela empresa, que otreinamento específico, dado pela empresa, que o
habilitará nessa função.habilitará nessa função.
 11.1.6.11.1.6. Os operadores de equipamentos deOs operadores de equipamentos de
transporte motorizado deverão ser habilitados e sótransporte motorizado deverão ser habilitados e só
poderão dirigir se durante o horário de trabalhopoderão dirigir se durante o horário de trabalho
portarem um cartão de identificação, com o nome eportarem um cartão de identificação, com o nome e
fotografia, em lugar visível.fotografia, em lugar visível.
 11.1.6.1.11.1.6.1. O cartão terá a validade de 1 (um) ano,O cartão terá a validade de 1 (um) ano,
salvo imprevisto, e, para a revalidação, o empregadosalvo imprevisto, e, para a revalidação, o empregado
deverá passar por exame de saúde completo, por contadeverá passar por exame de saúde completo, por conta
do empregador.do empregador.
?
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Operador?Operador?
PessoaPessoa habilitadahabilitada ee
treinadatreinada, com, com
conhecimento técnicoconhecimento técnico ee
funcionalfuncional dodo
equipamento.equipamento.
É o responsável direto pelaÉ o responsável direto pela
segurança da operação,segurança da operação,
pessoas e demais benspessoas e demais bens
interligados a ela.interligados a ela.
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Operação Segura!Operação Segura!
O grandeO grande
motivo paramotivo para
segurança nosegurança no
trabalho podetrabalho pode
ser um BEMser um BEM
pequeno!pequeno!
PrincípiosPrincípios
dede
FuncionamentoFuncionamento
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
O que é empilhadeira?O que é empilhadeira?
Um veículoUm veículo
autopropulsor comautopropulsor com
três rodas, pelotrês rodas, pelo
menos, projetadomenos, projetado
para levantar,para levantar,
transportar etransportar e
posicionarposicionar
materiais.materiais.
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Princípio de funcionamentoPrincípio de funcionamento
É construída sob o princípio daÉ construída sob o princípio da
gangorragangorra, onde a carga colocada nos, onde a carga colocada nos
garfos é equilibrada pelo peso dagarfos é equilibrada pelo peso da
máquina.máquina.
O centro de rotação ou oO centro de rotação ou o apóio daapóio da
gangorragangorra é o centro das rodasé o centro das rodas
dianteiras.dianteiras.
x y
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Princípio de funcionamentoPrincípio de funcionamento
A capacidade de elevação de umaA capacidade de elevação de uma
empilhadeira é afetada por:empilhadeira é afetada por:
Peso da carga ePeso da carga e
Distância do centro de gravidade da cargaDistância do centro de gravidade da carga
(centro da carga)(centro da carga)
 O contrapeso é formado pela própriaO contrapeso é formado pela própria
estrutura do veículo (combustão) ouestrutura do veículo (combustão) ou
pela bateria (elétrica).pela bateria (elétrica).
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Princípio de funcionamentoPrincípio de funcionamento
A B
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Princípio de funcionamentoPrincípio de funcionamento
Triângulo de estabilidade:Triângulo de estabilidade:
É a área formada pelos trêsÉ a área formada pelos três
pontos de suspensão da máquina:pontos de suspensão da máquina:
Pino de articulação do eixo traseiro ePino de articulação do eixo traseiro e
Cada uma das rodas dianteira.Cada uma das rodas dianteira.
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Princípio de funcionamentoPrincípio de funcionamento
 Considerações:Considerações:
 Caso oCaso o ponto de equilíbrioponto de equilíbrio sese
desloque para fora da áreadesloque para fora da área
do triângulo, o veículodo triângulo, o veículo
capotará nesse sentido.capotará nesse sentido.
 Quanto mais rápida e bruscaQuanto mais rápida e brusca
a virada, tanto maisa virada, tanto mais
pronunciado será o efeito dapronunciado será o efeito da
transferência de peso,transferência de peso,
ocasionando facilmente oocasionando facilmente o
deslocamento dodeslocamento do ponto deponto de
equilíbrioequilíbrio para fora da áreapara fora da área
do triângulo.do triângulo.
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Princípio de funcionamentoPrincípio de funcionamento
 Mastro Retrátil:Mastro Retrátil:
 No caso das empilhadeiras deNo caso das empilhadeiras de
mastro retrátil, o tombamentomastro retrátil, o tombamento
para trás é mais fácil depara trás é mais fácil de
ocorrer do que em outrosocorrer do que em outros
modelos, visto que omodelos, visto que o ponto deponto de
equilíbrioequilíbrio está mais perto dasestá mais perto das
rodas traseiras e se deslocarodas traseiras e se desloca
facilmente para fora da área defacilmente para fora da área de
estabilidade.estabilidade.
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Princípio de funcionamentoPrincípio de funcionamento
Fatores de Estabilidade:Fatores de Estabilidade:
O triângulo da estabilidade;O triângulo da estabilidade;
Distribuição de peso;Distribuição de peso;
Centro de gravidade Vertical;Centro de gravidade Vertical;
Estabilidade dinâmica XEstabilidade dinâmica X
estática;estática;
Habilidade em vencer rampas.Habilidade em vencer rampas.
OperaçãoOperação
SeguraSegura
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Operação segura!Operação segura!
A verificação quanto àA verificação quanto à
segurança, para dar a partida,segurança, para dar a partida,
é realizada pelo operador noé realizada pelo operador no
começo de cada turno, com acomeço de cada turno, com a
conclusão da inspeção antesconclusão da inspeção antes
da partida.da partida.
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Operação segura!Operação segura!
 Inspeção inicial:Inspeção inicial:
 Aplique o freio de estacionamento;Aplique o freio de estacionamento;
 Verifique os conectores da bateria e o nível de água;Verifique os conectores da bateria e o nível de água;
 Verifique o horímetro;Verifique o horímetro;
 Verifique os controles, procure por folgas;Verifique os controles, procure por folgas;
 Ligue a chave da partida;Ligue a chave da partida;
 Verifique o medidor de carga da bateria;Verifique o medidor de carga da bateria;
 Experimente o conjunto de elevação;Experimente o conjunto de elevação;
 Movimente-se para frente e para trás;Movimente-se para frente e para trás;
 Experimente o freio de estacionamento;Experimente o freio de estacionamento;
 Experimente o freio de pé;Experimente o freio de pé;
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Regras GeraisRegras Gerais
O operador deverá serO operador deverá ser
treinado e autorizado atreinado e autorizado a
operar a empilhadeira, eoperar a empilhadeira, e
deve estar ciente edeve estar ciente e
praticar as normas depraticar as normas de
segurança.segurança.
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Regras GeraisRegras Gerais
 No início de cada turno,No início de cada turno,
certifique-se de que a buzina,certifique-se de que a buzina,
os freios, os pneus e todosos freios, os pneus e todos
os outros controles estejamos outros controles estejam
em bom funcionamento, eem bom funcionamento, e
que não haja folgasque não haja folgas
excessivas nas correntes eexcessivas nas correntes e
comandos;comandos;
 Quando uma empilhadeiraQuando uma empilhadeira
está movimentando, os seusestá movimentando, os seus
garfos devem estar a cerda degarfos devem estar a cerda de
150 mm do chão;150 mm do chão;
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Regras GeraisRegras Gerais
 Somente transporteSomente transporte
cargas que os garfos ou ocargas que os garfos ou o
guarda-carga suportem eguarda-carga suportem e
nunca remova asnunca remova as
proteções;proteções;
 Dirija a uma velocidadeDirija a uma velocidade
compatível com ascompatível com as
condições existentes.condições existentes.
Diminua a marcha emDiminua a marcha em
superfícies molhadas ousuperfícies molhadas ou
escorregadias;escorregadias;
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Regras GeraisRegras Gerais
 Não use paletes com defeito ouNão use paletes com defeito ou
danificados, muito menos armazenedanificados, muito menos armazene
paletes com as ripas soltas ou malpaletes com as ripas soltas ou mal
fixadas;fixadas;
 Se em algum momento aSe em algum momento a
empilhadeira estiver falhando ouempilhadeira estiver falhando ou
se houver motivo para considerá-se houver motivo para considerá-
la insegura, suspenda asla insegura, suspenda as
operações e informeoperações e informe
imediatamente a supervisão;imediatamente a supervisão;
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Regras GeraisRegras Gerais
 Não passe por cima de objetos deixados noNão passe por cima de objetos deixados no
chão. Pare a empilhadeira coloque os objetoschão. Pare a empilhadeira coloque os objetos
fora da rota e avise o supervisor;fora da rota e avise o supervisor;
 Remova os obstáculos antes de seguir viagem;Remova os obstáculos antes de seguir viagem;
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Regras GeraisRegras Gerais
 Os garfos devem ser sempreOs garfos devem ser sempre
bem colocados sob a carga,bem colocados sob a carga,
de preferência node preferência no
comprimento total deles. Aocomprimento total deles. Ao
andar, a parte de trás da cargaandar, a parte de trás da carga
deve estar firmementedeve estar firmemente
localizada contra o guarda-localizada contra o guarda-
carga e o mastro inclinadocarga e o mastro inclinado
para trás;para trás;
 Certifique-se de que háCertifique-se de que há
espaço suficiente paraespaço suficiente para
levantar e manobrar a carga,levantar e manobrar a carga,
preste atenção ao patrimôniopreste atenção ao patrimônio
da empresa!da empresa!
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Regras GeraisRegras Gerais
 Verifique se a carga estáVerifique se a carga está
segura, especialmente nosegura, especialmente no
caso das soltas;caso das soltas;
Faça um teste na carga,Faça um teste na carga,
erguendo-a um pouco, se elaerguendo-a um pouco, se ela
inclinar para o lado, abaixe-a einclinar para o lado, abaixe-a e
mude a posição dos garfos paramude a posição dos garfos para
melhor balanceamento;melhor balanceamento;
Erga os garfos lentamenteErga os garfos lentamente
para que a carga se mantenhapara que a carga se mantenha
estável e nunca use apenas umestável e nunca use apenas um
deles;deles;
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Regras GeraisRegras Gerais
 Não passe a carga por cima de pessoas eNão passe a carga por cima de pessoas e
não permita que as pessoas passem sob osnão permita que as pessoas passem sob os
garfos ou permaneçam nas proximidades;garfos ou permaneçam nas proximidades;
Tenha especialTenha especial
cuidado ao elevar oucuidado ao elevar ou
posicionar carga muitoposicionar carga muito
próxima apróxima a
empilhamentos, a fim deempilhamentos, a fim de
evitar batidas eevitar batidas e
tombamentos;tombamentos;
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Regras GeraisRegras Gerais
 Verifique o peso daVerifique o peso da
carga. Se nãocarga. Se não
estiver identificado,estiver identificado,
pergunte aopergunte ao
supervisor ou asupervisor ou a
quem possaquem possa
informar.informar.
 A experiência lheA experiência lhe
mostrará como estimarmostrará como estimar
os pesos.os pesos.
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Regras GeraisRegras Gerais
 Não levante cargas instáveis – devem ser cuidadosamente arrumadasNão levante cargas instáveis – devem ser cuidadosamente arrumadas
antes de levantar, ou bem fixadas, depois que estiverem no alto e emantes de levantar, ou bem fixadas, depois que estiverem no alto e em
movimento, será tarde demais!movimento, será tarde demais!
 Assegure-se que a carga está centralizada antes de levantá-la – umaAssegure-se que a carga está centralizada antes de levantá-la – uma
carga instável é perigosa!carga instável é perigosa!
 Para se manter as cargas bem firmes nos garfos, o comprimento dos mesmosPara se manter as cargas bem firmes nos garfos, o comprimento dos mesmos
deve ser de pelo menos 75% (3/4) da profundidade da carga;deve ser de pelo menos 75% (3/4) da profundidade da carga;
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Regras GeraisRegras Gerais
 Não arraste a cargaNão arraste a carga
sobre o piso, muitosobre o piso, muito
menos a empurre;menos a empurre;
 Evite carregar materialEvite carregar material
solto, este deverá sersolto, este deverá ser
transportado emtransportado em
recipiente próprio ourecipiente próprio ou
plataforma complataforma com
proteção lateral;proteção lateral;
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Regras GeraisRegras Gerais
 Nunca tente movimentarNunca tente movimentar
cargas em excesso oucargas em excesso ou
acrescentar maisacrescentar mais
contrapeso à empilhadeira;contrapeso à empilhadeira;
 Tome cuidado ao brecar,Tome cuidado ao brecar,
pois a empilhadeirapois a empilhadeira
carregada pode tombar oucarregada pode tombar ou
projetar a carga;projetar a carga;
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Regras GeraisRegras Gerais
 Não faça curvasNão faça curvas
em altaem alta
velocidade, avelocidade, a
empilhadeiraempilhadeira
não temnão tem
suspensão, esuspensão, e
pode capotar;pode capotar;
 Não arranqueNão arranque
de formade forma
brusca oubrusca ou
pare nessapare nessa
condição;condição;
 Não obstrua aNão obstrua a
passagem daspassagem das
pessoas oupessoas ou
equipamentosequipamentos
de incêndio;de incêndio;
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Regras GeraisRegras Gerais
 Quando não mais houver trabalho com aQuando não mais houver trabalho com a
empilhadeira, a mesma deve ser estacionada e terempilhadeira, a mesma deve ser estacionada e ter
suasua chave desligada e retiradachave desligada e retirada , freios, freios
acionados e controles em ponto neutro, a fim deacionados e controles em ponto neutro, a fim de
queque não seja operada por pessoas nãonão seja operada por pessoas não
autorizadasautorizadas;;
Mantenha osMantenha os
garfos abaixados egarfos abaixados e
o freio deo freio de
estacionamentoestacionamento
acionado;acionado;
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Regras GeraisRegras Gerais
Jamais permitaJamais permita passageirospassageiros nos garfos ou em qualquernos garfos ou em qualquer
outra parte da empilhadeira,outra parte da empilhadeira,
ela só tem um assento, e é o do operador!ela só tem um assento, e é o do operador!
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Regras GeraisRegras Gerais
Excepcionalmente, os veículos poderão se usados paraExcepcionalmente, os veículos poderão se usados para
elevar pessoas para reparo ou fazer inventário.elevar pessoas para reparo ou fazer inventário.
Nunca eleve ninguémNunca eleve ninguém sem o uso de uma plataformasem o uso de uma plataforma
fixada adequadamente aos garfos e ao guarda-carga.fixada adequadamente aos garfos e ao guarda-carga.
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Regras GeraisRegras Gerais
Obedeça a todos os sinais eObedeça a todos os sinais e
demarcações, dirija devagar edemarcações, dirija devagar e
acione a buzina quandoacione a buzina quando
necessário;necessário;
Esteja alerta enquanto opera suaEsteja alerta enquanto opera sua
empilhadeira.empilhadeira. Não sonhe!Não sonhe!
Olhe sempre na direção doOlhe sempre na direção do
percurso e mantenha uma visãopercurso e mantenha uma visão
clara do caminho à frente;clara do caminho à frente;
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Regras GeraisRegras Gerais
Não brinqueNão brinque
comcom
pedestres;pedestres;
Não coloque ninguém em risco,Não coloque ninguém em risco,
não vá em direção a alguém que esteja trabalhandonão vá em direção a alguém que esteja trabalhando
perto de uma parede ou outro objeto fixo – podeperto de uma parede ou outro objeto fixo – pode
não haver nenhuma maneira da pessoa escapar;não haver nenhuma maneira da pessoa escapar;
E não ande com os garfos elevados;E não ande com os garfos elevados;
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Regras GeraisRegras Gerais
Não dirija com asNão dirija com as
mãos molhadas oumãos molhadas ou
oleosas;oleosas;
Os calçados devemOs calçados devem
estar desprovidosestar desprovidos
de graxas ede graxas e
gorduras;gorduras;
E não se esqueça,E não se esqueça,
mantenha as mãosmantenha as mãos
no volante;no volante;
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Regras GeraisRegras Gerais
Se não tiver visão, mude a direção!Se não tiver visão, mude a direção!
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Regras GeraisRegras Gerais
IMPORTANTEIMPORTANTE
Mantenha-se totalmente dentroMantenha-se totalmente dentro
da empilhadeira!da empilhadeira!
Nunca coloque os braços, asNunca coloque os braços, as
mãos, as pernas ou amãos, as pernas ou a
cabeça entre as vigas docabeça entre as vigas do
mastro ou fora dos limitesmastro ou fora dos limites
da cabine da empilhadeira,da cabine da empilhadeira,
talvez você fique sem eles!talvez você fique sem eles!
EmpilhamentoEmpilhamento
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
EmpilhamentoEmpilhamento
 Aproxime-se da pilha comAproxime-se da pilha com
a carga abaixada ea carga abaixada e
inclinada para trás;inclinada para trás;
 Reduzir a velocidade eReduzir a velocidade e
parar na frente da pilha,parar na frente da pilha,
brecar e diminuir abrecar e diminuir a
inclinação para trás até uminclinação para trás até um
ponto suficiente paraponto suficiente para
manter a estabilidade damanter a estabilidade da
carga;carga;
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
EmpilhamentoEmpilhamento
 Elevar a carga até a alturaElevar a carga até a altura
desejada para odesejada para o
empilhamento;empilhamento;
 Quando a carga estiverQuando a carga estiver
longe do alto da pilha,longe do alto da pilha,
dirigir para frente, sedirigir para frente, se
necessário, paranecessário, para
aproximar o veículo daaproximar o veículo da
pilha, e brecar novamente.pilha, e brecar novamente.
Avançar a carga, tomandoAvançar a carga, tomando
cuidado para não deslocarcuidado para não deslocar
cargas das pilhascargas das pilhas
adjacentes;adjacentes;
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
EmpilhamentoEmpilhamento
 Quando a carga estiverQuando a carga estiver
sobre a pilha, colocar osobre a pilha, colocar o
mastro na posição verticalmastro na posição vertical
e baixá-la;e baixá-la;
 Quando a carga estiverQuando a carga estiver
empilhada com segurança,empilhada com segurança,
baixar os garfos até soltá-baixar os garfos até soltá-
los do palete e recolhê-los.los do palete e recolhê-los.
Nessa posição, aNessa posição, a
inclinação para a frenteinclinação para a frente
pode ser útil.pode ser útil.
 Se os garfos não estiveremSe os garfos não estiverem
afastados totalmente da pilha, oafastados totalmente da pilha, o
veículo deve ser movimentadoveículo deve ser movimentado
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
EmpilhamentoEmpilhamento
 Quando os garfosQuando os garfos
estiverem longe da pilha,estiverem longe da pilha,
brecar novamente se obrecar novamente se o
veículo foi movimentado eveículo foi movimentado e
inclinar o mastro para trásinclinar o mastro para trás
e baixá-lo até pouco acimae baixá-lo até pouco acima
do chão, antes de irdo chão, antes de ir
embora.embora.
NÃOMOVIMENTE A EMPILHADEIRA COMOS GARFOS ELEVADOS
DesempilhamentoDesempilhamento
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
DesempilhamentoDesempilhamento
 Parar na frente da pilha eParar na frente da pilha e
brecar. Colocar o mastrobrecar. Colocar o mastro
na posição vertical. Sena posição vertical. Se
necessário, ajustar anecessário, ajustar a
abertura dos garfos àabertura dos garfos à
largura da carga elargura da carga e
assegurar-se de que oassegurar-se de que o
peso da carga está dentropeso da carga está dentro
da capacidade do veículo;da capacidade do veículo;
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
DesempilhamentoDesempilhamento
 Elevar os garfos até umaElevar os garfos até uma
posição que permita aposição que permita a
entrada no palete;entrada no palete;
 Se necessário, dirigir paraSe necessário, dirigir para
frente para aproximar ofrente para aproximar o
veículo da pilha, e brecarveículo da pilha, e brecar
novamente. Avançar onovamente. Avançar o
mastro para a frente, sob amastro para a frente, sob a
carga;carga;
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
DesempilhamentoDesempilhamento
 Levantar a carga até elaLevantar a carga até ela
se afastar da pilha ese afastar da pilha e
inclinar cuidadosamenteinclinar cuidadosamente
para trás, o suficiente parapara trás, o suficiente para
estabilizar a carga;estabilizar a carga;
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
DesempilhamentoDesempilhamento
 Quando a carga estiverQuando a carga estiver
longe do alto da pilha,longe do alto da pilha,
recolher o mastro. Quandorecolher o mastro. Quando
necessário, movimentar onecessário, movimentar o
veículo ligeiramente paraveículo ligeiramente para
trás, afastando-o da pilha,trás, afastando-o da pilha,
certificando-se de que ocertificando-se de que o
caminho está livre ecaminho está livre e
tomando cuidado para nãotomando cuidado para não
deslocar cargas das pilhasdeslocar cargas das pilhas
adjacentes;adjacentes;
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
DesempilhamentoDesempilhamento
 Baixar a cargaBaixar a carga
cuidadosamente ecuidadosamente e
uniformemente até auniformemente até a
posição correta deposição correta de
percurso, inclinar para tráspercurso, inclinar para trás
totalmente antes de irtotalmente antes de ir
embora.embora.
NÃOMOVIMENTE A EMPILHADEIRA COMOS GARFOS ELEVADOS
CapotamentoCapotamento
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
CapotamentoCapotamento
NÃOMOVIMENTE A EMPILHADEIRA COMOS GARFOS ELEVADOS
A empilhadeiraA empilhadeira
pode capotar sepode capotar se
for operada defor operada de
uma maneirauma maneira
inadequada.inadequada.
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Em caso de capotamentoEm caso de capotamento
NÃO
SALTE
NÃO
SALTE
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Em caso de capotamentoEm caso de capotamento
INCLINE-SE
AO
CONTRÁRIO
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Em caso de capotamentoEm caso de capotamento
SEGURE
FIRMEMENTE
AO VOLANTE
DE DIREÇÃO
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
Em caso de capotamentoEm caso de capotamento
FIRME OS
PÉS
Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos -
FINALMENTEFINALMENTE
Ao fim deste programa de treinamento,
você está apto a desenvolver as atividades
pertinentes ao empilhamento, mas não se
esqueça que nossos atos são importantes
peças em um conjunto maior de ações, e
resultam em benefícios mútuos
(empresa/colaborador), portanto, seja
prudente em suas tarefas,
VOCÊ É RESPONSÁVEL • SUCESSO!
Edson Donizetti da Silva

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

NR 18 - PEMT - 08h.pptx
NR 18 - PEMT - 08h.pptxNR 18 - PEMT - 08h.pptx
NR 18 - PEMT - 08h.pptx
FinanceiroDirectionS
 
Ast s-it0021 - it porta paletes manual
Ast s-it0021 - it porta paletes manualAst s-it0021 - it porta paletes manual
Ast s-it0021 - it porta paletes manual
Borsalin
 
NR-11 Ponte Rolante / Puente Grua
NR-11 Ponte Rolante / Puente GruaNR-11 Ponte Rolante / Puente Grua
NR-11 Ponte Rolante / Puente Grua
Claudio Cesar Pontes ن
 
seguranca-caminhao-munk.pptx
seguranca-caminhao-munk.pptxseguranca-caminhao-munk.pptx
seguranca-caminhao-munk.pptx
Karollyna Maciel
 
389686414-Mini-Carregadeira-Honorato.ppt
389686414-Mini-Carregadeira-Honorato.ppt389686414-Mini-Carregadeira-Honorato.ppt
389686414-Mini-Carregadeira-Honorato.ppt
RAONNEBRAZ1
 
Práticas operacionais básicas com cestos aéreos
Práticas operacionais básicas com cestos aéreosPráticas operacionais básicas com cestos aéreos
Práticas operacionais básicas com cestos aéreos
Veronezi Guindastes
 
Treinamento para operação de guincho
Treinamento para operação de guinchoTreinamento para operação de guincho
Treinamento para operação de guincho
Andressa Macedo
 
0002
00020002
Movimentação e içamento de cargas
 Movimentação e içamento de cargas Movimentação e içamento de cargas
Movimentação e içamento de cargas
Karol Oliveira
 
Treinamento Caminhão Munck.pdf
Treinamento Caminhão Munck.pdfTreinamento Caminhão Munck.pdf
Treinamento Caminhão Munck.pdf
FelipeSouza493606
 
Empilhadeira Topicos
Empilhadeira TopicosEmpilhadeira Topicos
Empilhadeira Topicos
fabrina29rs
 
Instruções operação com paleteiras
Instruções operação com paleteirasInstruções operação com paleteiras
Instruções operação com paleteiras
William Nascimento
 
Treinamento de-ponte-rolante-e-talha
Treinamento de-ponte-rolante-e-talhaTreinamento de-ponte-rolante-e-talha
Treinamento de-ponte-rolante-e-talha
Salvador Campos Neto
 
seguranca-na-operacao-de-empilhadeira-
seguranca-na-operacao-de-empilhadeira-seguranca-na-operacao-de-empilhadeira-
seguranca-na-operacao-de-empilhadeira-
Olizar Macedo
 
SEGURANÇA - PONTES ROLANTES -
SEGURANÇA - PONTES ROLANTES -SEGURANÇA - PONTES ROLANTES -
SEGURANÇA - PONTES ROLANTES -
Luiz Carlos de Almeida
 
Espaco confinado- NR33 -guia-trabalhador
Espaco confinado- NR33 -guia-trabalhadorEspaco confinado- NR33 -guia-trabalhador
Espaco confinado- NR33 -guia-trabalhador
Sergio Roberto Silva
 
Apresentação Plataforma Elevatória NR 18.pptx
Apresentação Plataforma Elevatória NR 18.pptxApresentação Plataforma Elevatória NR 18.pptx
Apresentação Plataforma Elevatória NR 18.pptx
GUSTAVOARTHURDASILVA1
 
Segurança na operação da empilhadeira
Segurança na operação da empilhadeiraSegurança na operação da empilhadeira
Segurança na operação da empilhadeira
Sergio Roberto Silva
 
Cuidados Oper Grua -59
Cuidados Oper Grua -59Cuidados Oper Grua -59
Cuidados Oper Grua -59
slideadg
 
Treinamento de pta
Treinamento de ptaTreinamento de pta
Treinamento de pta
RogrioTorresTorres
 

Mais procurados (20)

NR 18 - PEMT - 08h.pptx
NR 18 - PEMT - 08h.pptxNR 18 - PEMT - 08h.pptx
NR 18 - PEMT - 08h.pptx
 
Ast s-it0021 - it porta paletes manual
Ast s-it0021 - it porta paletes manualAst s-it0021 - it porta paletes manual
Ast s-it0021 - it porta paletes manual
 
NR-11 Ponte Rolante / Puente Grua
NR-11 Ponte Rolante / Puente GruaNR-11 Ponte Rolante / Puente Grua
NR-11 Ponte Rolante / Puente Grua
 
seguranca-caminhao-munk.pptx
seguranca-caminhao-munk.pptxseguranca-caminhao-munk.pptx
seguranca-caminhao-munk.pptx
 
389686414-Mini-Carregadeira-Honorato.ppt
389686414-Mini-Carregadeira-Honorato.ppt389686414-Mini-Carregadeira-Honorato.ppt
389686414-Mini-Carregadeira-Honorato.ppt
 
Práticas operacionais básicas com cestos aéreos
Práticas operacionais básicas com cestos aéreosPráticas operacionais básicas com cestos aéreos
Práticas operacionais básicas com cestos aéreos
 
Treinamento para operação de guincho
Treinamento para operação de guinchoTreinamento para operação de guincho
Treinamento para operação de guincho
 
0002
00020002
0002
 
Movimentação e içamento de cargas
 Movimentação e içamento de cargas Movimentação e içamento de cargas
Movimentação e içamento de cargas
 
Treinamento Caminhão Munck.pdf
Treinamento Caminhão Munck.pdfTreinamento Caminhão Munck.pdf
Treinamento Caminhão Munck.pdf
 
Empilhadeira Topicos
Empilhadeira TopicosEmpilhadeira Topicos
Empilhadeira Topicos
 
Instruções operação com paleteiras
Instruções operação com paleteirasInstruções operação com paleteiras
Instruções operação com paleteiras
 
Treinamento de-ponte-rolante-e-talha
Treinamento de-ponte-rolante-e-talhaTreinamento de-ponte-rolante-e-talha
Treinamento de-ponte-rolante-e-talha
 
seguranca-na-operacao-de-empilhadeira-
seguranca-na-operacao-de-empilhadeira-seguranca-na-operacao-de-empilhadeira-
seguranca-na-operacao-de-empilhadeira-
 
SEGURANÇA - PONTES ROLANTES -
SEGURANÇA - PONTES ROLANTES -SEGURANÇA - PONTES ROLANTES -
SEGURANÇA - PONTES ROLANTES -
 
Espaco confinado- NR33 -guia-trabalhador
Espaco confinado- NR33 -guia-trabalhadorEspaco confinado- NR33 -guia-trabalhador
Espaco confinado- NR33 -guia-trabalhador
 
Apresentação Plataforma Elevatória NR 18.pptx
Apresentação Plataforma Elevatória NR 18.pptxApresentação Plataforma Elevatória NR 18.pptx
Apresentação Plataforma Elevatória NR 18.pptx
 
Segurança na operação da empilhadeira
Segurança na operação da empilhadeiraSegurança na operação da empilhadeira
Segurança na operação da empilhadeira
 
Cuidados Oper Grua -59
Cuidados Oper Grua -59Cuidados Oper Grua -59
Cuidados Oper Grua -59
 
Treinamento de pta
Treinamento de ptaTreinamento de pta
Treinamento de pta
 

Semelhante a Empilhadeira

empilhadeira-edson-140819151438-phpapp01.pdf
empilhadeira-edson-140819151438-phpapp01.pdfempilhadeira-edson-140819151438-phpapp01.pdf
empilhadeira-edson-140819151438-phpapp01.pdf
GUIBSONLMAGELA
 
empilhadeira-edson.ppt
empilhadeira-edson.pptempilhadeira-edson.ppt
empilhadeira-edson.ppt
AdaoSouza4
 
empilhadeira-edson.ppt
empilhadeira-edson.pptempilhadeira-edson.ppt
empilhadeira-edson.ppt
Amauri Colombo
 
Empilhadeira edson
Empilhadeira edsonEmpilhadeira edson
Empilhadeira edson
Marco Antonio Correia Viana
 
Operar empilhadeira com Segurança
Operar empilhadeira com SegurançaOperar empilhadeira com Segurança
Operar empilhadeira com Segurança
Wilson Oliveira
 
empilhadeira-edson.ppt
empilhadeira-edson.pptempilhadeira-edson.ppt
empilhadeira-edson.ppt
SMConsultoria2
 
Empilhadeira
EmpilhadeiraEmpilhadeira
Empilhadeira
Netho Matheus
 
Empilhadeira edson
Empilhadeira edsonEmpilhadeira edson
Empilhadeira edson
Verlaine Verlaine
 
06 operaodeempilhadeira
06  operaodeempilhadeira06  operaodeempilhadeira
06 operaodeempilhadeira
R.A. DA SILVA BECKMA-ME
 
NR-11-GUINDAUTO-MUNCK-ATUALIZADO-TREINAMENTO.ppt
NR-11-GUINDAUTO-MUNCK-ATUALIZADO-TREINAMENTO.pptNR-11-GUINDAUTO-MUNCK-ATUALIZADO-TREINAMENTO.ppt
NR-11-GUINDAUTO-MUNCK-ATUALIZADO-TREINAMENTO.ppt
IADBrasil
 
segurananaoperaodaempilhadeira-170218131442.pdf
segurananaoperaodaempilhadeira-170218131442.pdfsegurananaoperaodaempilhadeira-170218131442.pdf
segurananaoperaodaempilhadeira-170218131442.pdf
GUIBSONLMAGELA
 
Operação Segura Empilhadeira - NR 11 - atualizado
Operação Segura Empilhadeira - NR 11 - atualizadoOperação Segura Empilhadeira - NR 11 - atualizado
Operação Segura Empilhadeira - NR 11 - atualizado
AndersonChristianEuf
 
pa-carregadeira-conceitos-2
pa-carregadeira-conceitos-2pa-carregadeira-conceitos-2
pa-carregadeira-conceitos-2
Wellington Araújo
 
Treinamento de Op de Empilhadeira.pptx
Treinamento de Op de Empilhadeira.pptxTreinamento de Op de Empilhadeira.pptx
Treinamento de Op de Empilhadeira.pptx
WilliamPratesMoreira
 
Treinamento Comportamento Seguro Operador Empilhadeira_SEGSEMPRE.ppt
Treinamento Comportamento Seguro Operador Empilhadeira_SEGSEMPRE.pptTreinamento Comportamento Seguro Operador Empilhadeira_SEGSEMPRE.ppt
Treinamento Comportamento Seguro Operador Empilhadeira_SEGSEMPRE.ppt
JniorCirqueira
 
42086159 seguranca-na-operacao-de-empilhadeira
42086159 seguranca-na-operacao-de-empilhadeira42086159 seguranca-na-operacao-de-empilhadeira
42086159 seguranca-na-operacao-de-empilhadeira
Janaina Alves
 
Segurança do Trabalho NR 11 Empilhadeira.pptx123.pptx
Segurança do Trabalho NR 11 Empilhadeira.pptx123.pptxSegurança do Trabalho NR 11 Empilhadeira.pptx123.pptx
Segurança do Trabalho NR 11 Empilhadeira.pptx123.pptx
sesmtkapazi
 
11.1) nova direção defesiva
11.1) nova direção defesiva11.1) nova direção defesiva
11.1) nova direção defesiva
Luiz Januario
 
Treinamento operador de empilhadeira.pptx
Treinamento operador de empilhadeira.pptxTreinamento operador de empilhadeira.pptx
Treinamento operador de empilhadeira.pptx
magzshow
 
Apresentação Treinamento Operador de Ponte Rolante
Apresentação Treinamento Operador de Ponte RolanteApresentação Treinamento Operador de Ponte Rolante
Apresentação Treinamento Operador de Ponte Rolante
Tiago Hensel
 

Semelhante a Empilhadeira (20)

empilhadeira-edson-140819151438-phpapp01.pdf
empilhadeira-edson-140819151438-phpapp01.pdfempilhadeira-edson-140819151438-phpapp01.pdf
empilhadeira-edson-140819151438-phpapp01.pdf
 
empilhadeira-edson.ppt
empilhadeira-edson.pptempilhadeira-edson.ppt
empilhadeira-edson.ppt
 
empilhadeira-edson.ppt
empilhadeira-edson.pptempilhadeira-edson.ppt
empilhadeira-edson.ppt
 
Empilhadeira edson
Empilhadeira edsonEmpilhadeira edson
Empilhadeira edson
 
Operar empilhadeira com Segurança
Operar empilhadeira com SegurançaOperar empilhadeira com Segurança
Operar empilhadeira com Segurança
 
empilhadeira-edson.ppt
empilhadeira-edson.pptempilhadeira-edson.ppt
empilhadeira-edson.ppt
 
Empilhadeira
EmpilhadeiraEmpilhadeira
Empilhadeira
 
Empilhadeira edson
Empilhadeira edsonEmpilhadeira edson
Empilhadeira edson
 
06 operaodeempilhadeira
06  operaodeempilhadeira06  operaodeempilhadeira
06 operaodeempilhadeira
 
NR-11-GUINDAUTO-MUNCK-ATUALIZADO-TREINAMENTO.ppt
NR-11-GUINDAUTO-MUNCK-ATUALIZADO-TREINAMENTO.pptNR-11-GUINDAUTO-MUNCK-ATUALIZADO-TREINAMENTO.ppt
NR-11-GUINDAUTO-MUNCK-ATUALIZADO-TREINAMENTO.ppt
 
segurananaoperaodaempilhadeira-170218131442.pdf
segurananaoperaodaempilhadeira-170218131442.pdfsegurananaoperaodaempilhadeira-170218131442.pdf
segurananaoperaodaempilhadeira-170218131442.pdf
 
Operação Segura Empilhadeira - NR 11 - atualizado
Operação Segura Empilhadeira - NR 11 - atualizadoOperação Segura Empilhadeira - NR 11 - atualizado
Operação Segura Empilhadeira - NR 11 - atualizado
 
pa-carregadeira-conceitos-2
pa-carregadeira-conceitos-2pa-carregadeira-conceitos-2
pa-carregadeira-conceitos-2
 
Treinamento de Op de Empilhadeira.pptx
Treinamento de Op de Empilhadeira.pptxTreinamento de Op de Empilhadeira.pptx
Treinamento de Op de Empilhadeira.pptx
 
Treinamento Comportamento Seguro Operador Empilhadeira_SEGSEMPRE.ppt
Treinamento Comportamento Seguro Operador Empilhadeira_SEGSEMPRE.pptTreinamento Comportamento Seguro Operador Empilhadeira_SEGSEMPRE.ppt
Treinamento Comportamento Seguro Operador Empilhadeira_SEGSEMPRE.ppt
 
42086159 seguranca-na-operacao-de-empilhadeira
42086159 seguranca-na-operacao-de-empilhadeira42086159 seguranca-na-operacao-de-empilhadeira
42086159 seguranca-na-operacao-de-empilhadeira
 
Segurança do Trabalho NR 11 Empilhadeira.pptx123.pptx
Segurança do Trabalho NR 11 Empilhadeira.pptx123.pptxSegurança do Trabalho NR 11 Empilhadeira.pptx123.pptx
Segurança do Trabalho NR 11 Empilhadeira.pptx123.pptx
 
11.1) nova direção defesiva
11.1) nova direção defesiva11.1) nova direção defesiva
11.1) nova direção defesiva
 
Treinamento operador de empilhadeira.pptx
Treinamento operador de empilhadeira.pptxTreinamento operador de empilhadeira.pptx
Treinamento operador de empilhadeira.pptx
 
Apresentação Treinamento Operador de Ponte Rolante
Apresentação Treinamento Operador de Ponte RolanteApresentação Treinamento Operador de Ponte Rolante
Apresentação Treinamento Operador de Ponte Rolante
 

Mais de Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta

Epis de raspa e vaqueta
Epis de raspa e vaqueta Epis de raspa e vaqueta
Epis de raspa e vaqueta
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
CIPA SEM MISTÉRIO
CIPA SEM MISTÉRIO CIPA SEM MISTÉRIO
CIPA SEM MISTÉRIO
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.
Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.
Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.
Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.
Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Produtos e códigos zanel
Produtos e códigos zanel Produtos e códigos zanel
Produtos e códigos zanel
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
PESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPIS
PESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPISPESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPIS
PESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPIS
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Check list nr 17 - ergonomia
Check list    nr 17 - ergonomiaCheck list    nr 17 - ergonomia
Check list nr 17 - ergonomia
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Manual de produtos perigosos
Manual de produtos perigososManual de produtos perigosos
Manual de produtos perigosos
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Nr 35 trabalho em altura
Nr 35 trabalho em alturaNr 35 trabalho em altura
Nr 35 trabalho em altura
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Manual residuos solidos
Manual residuos solidosManual residuos solidos
Manual residuos solidos
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Manual bkl para_andaime_suspenso
Manual bkl para_andaime_suspensoManual bkl para_andaime_suspenso
Manual bkl para_andaime_suspenso
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Cp nr 35 trabalho em altura
Cp nr 35 trabalho em alturaCp nr 35 trabalho em altura
Cp nr 35 trabalho em altura
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Acidentes com multiplas vitimas
Acidentes com multiplas vitimasAcidentes com multiplas vitimas
Acidentes com multiplas vitimas
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
15 dicas que voce precisa saber sobre linha
15 dicas que voce precisa saber sobre linha15 dicas que voce precisa saber sobre linha
15 dicas que voce precisa saber sobre linha
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Organizando uma SIPAT de sucesso
Organizando uma SIPAT de sucessoOrganizando uma SIPAT de sucesso
Organizando uma SIPAT de sucesso
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Nr4
Nr4Nr4
Check list andaime
Check list   andaimeCheck list   andaime
Check list andaime
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Conceitos Vias Aereas
Conceitos Vias AereasConceitos Vias Aereas
Conceitos Vias Aereas
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Nr 20 Treinamento
Nr 20   Treinamento Nr 20   Treinamento
Nr 20 Treinamento
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Palestra nr12 trefilacao_2013_leonardo_nascimento
Palestra nr12 trefilacao_2013_leonardo_nascimentoPalestra nr12 trefilacao_2013_leonardo_nascimento
Palestra nr12 trefilacao_2013_leonardo_nascimento
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 

Mais de Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta (20)

Epis de raspa e vaqueta
Epis de raspa e vaqueta Epis de raspa e vaqueta
Epis de raspa e vaqueta
 
CIPA SEM MISTÉRIO
CIPA SEM MISTÉRIO CIPA SEM MISTÉRIO
CIPA SEM MISTÉRIO
 
Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.
Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.
Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.
 
Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.
Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.
Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.
 
Produtos e códigos zanel
Produtos e códigos zanel Produtos e códigos zanel
Produtos e códigos zanel
 
PESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPIS
PESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPISPESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPIS
PESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPIS
 
Check list nr 17 - ergonomia
Check list    nr 17 - ergonomiaCheck list    nr 17 - ergonomia
Check list nr 17 - ergonomia
 
Manual de produtos perigosos
Manual de produtos perigososManual de produtos perigosos
Manual de produtos perigosos
 
Nr 35 trabalho em altura
Nr 35 trabalho em alturaNr 35 trabalho em altura
Nr 35 trabalho em altura
 
Manual residuos solidos
Manual residuos solidosManual residuos solidos
Manual residuos solidos
 
Manual bkl para_andaime_suspenso
Manual bkl para_andaime_suspensoManual bkl para_andaime_suspenso
Manual bkl para_andaime_suspenso
 
Cp nr 35 trabalho em altura
Cp nr 35 trabalho em alturaCp nr 35 trabalho em altura
Cp nr 35 trabalho em altura
 
Acidentes com multiplas vitimas
Acidentes com multiplas vitimasAcidentes com multiplas vitimas
Acidentes com multiplas vitimas
 
15 dicas que voce precisa saber sobre linha
15 dicas que voce precisa saber sobre linha15 dicas que voce precisa saber sobre linha
15 dicas que voce precisa saber sobre linha
 
Organizando uma SIPAT de sucesso
Organizando uma SIPAT de sucessoOrganizando uma SIPAT de sucesso
Organizando uma SIPAT de sucesso
 
Nr4
Nr4Nr4
Nr4
 
Check list andaime
Check list   andaimeCheck list   andaime
Check list andaime
 
Conceitos Vias Aereas
Conceitos Vias AereasConceitos Vias Aereas
Conceitos Vias Aereas
 
Nr 20 Treinamento
Nr 20   Treinamento Nr 20   Treinamento
Nr 20 Treinamento
 
Palestra nr12 trefilacao_2013_leonardo_nascimento
Palestra nr12 trefilacao_2013_leonardo_nascimentoPalestra nr12 trefilacao_2013_leonardo_nascimento
Palestra nr12 trefilacao_2013_leonardo_nascimento
 

Empilhadeira

  • 1. Segurança noSegurança no uso deuso de EmpilhadeiraEmpilhadeira
  • 2. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Objetivo do treinamentoObjetivo do treinamento Sensibilizar os operadores deSensibilizar os operadores de empilhadeira quanto a necessidade deempilhadeira quanto a necessidade de neutralizar ao máximo a possibilidadeneutralizar ao máximo a possibilidade de provocar acidentes.de provocar acidentes.  Adoção de procedimentos de rotinaAdoção de procedimentos de rotina pautadas pelas normas de segurança.pautadas pelas normas de segurança.  Cumprimento ao disposto na NR-11 daCumprimento ao disposto na NR-11 da Port. 3214/78 MTb.Port. 3214/78 MTb.
  • 3. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Regulamentação LegalRegulamentação Legal  NR-11 - TRANSPORTE, MOVIMENTAÇÃ0,NR-11 - TRANSPORTE, MOVIMENTAÇÃ0, ARMAZENAGEM E MANUSEIO DE MATERIAISARMAZENAGEM E MANUSEIO DE MATERIAIS  11.1.5.11.1.5. Nos equipamentos de transporte, comNos equipamentos de transporte, com força motriz própria, o operador deverá receber umforça motriz própria, o operador deverá receber um treinamento específico, dado pela empresa, que otreinamento específico, dado pela empresa, que o habilitará nessa função.habilitará nessa função.  11.1.6.11.1.6. Os operadores de equipamentos deOs operadores de equipamentos de transporte motorizado deverão ser habilitados e sótransporte motorizado deverão ser habilitados e só poderão dirigir se durante o horário de trabalhopoderão dirigir se durante o horário de trabalho portarem um cartão de identificação, com o nome eportarem um cartão de identificação, com o nome e fotografia, em lugar visível.fotografia, em lugar visível.  11.1.6.1.11.1.6.1. O cartão terá a validade de 1 (um) ano,O cartão terá a validade de 1 (um) ano, salvo imprevisto, e, para a revalidação, o empregadosalvo imprevisto, e, para a revalidação, o empregado deverá passar por exame de saúde completo, por contadeverá passar por exame de saúde completo, por conta do empregador.do empregador. ?
  • 4. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Operador?Operador? PessoaPessoa habilitadahabilitada ee treinadatreinada, com, com conhecimento técnicoconhecimento técnico ee funcionalfuncional dodo equipamento.equipamento. É o responsável direto pelaÉ o responsável direto pela segurança da operação,segurança da operação, pessoas e demais benspessoas e demais bens interligados a ela.interligados a ela.
  • 5. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Operação Segura!Operação Segura! O grandeO grande motivo paramotivo para segurança nosegurança no trabalho podetrabalho pode ser um BEMser um BEM pequeno!pequeno!
  • 7. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - O que é empilhadeira?O que é empilhadeira? Um veículoUm veículo autopropulsor comautopropulsor com três rodas, pelotrês rodas, pelo menos, projetadomenos, projetado para levantar,para levantar, transportar etransportar e posicionarposicionar materiais.materiais.
  • 8. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Princípio de funcionamentoPrincípio de funcionamento É construída sob o princípio daÉ construída sob o princípio da gangorragangorra, onde a carga colocada nos, onde a carga colocada nos garfos é equilibrada pelo peso dagarfos é equilibrada pelo peso da máquina.máquina. O centro de rotação ou oO centro de rotação ou o apóio daapóio da gangorragangorra é o centro das rodasé o centro das rodas dianteiras.dianteiras. x y
  • 9. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Princípio de funcionamentoPrincípio de funcionamento A capacidade de elevação de umaA capacidade de elevação de uma empilhadeira é afetada por:empilhadeira é afetada por: Peso da carga ePeso da carga e Distância do centro de gravidade da cargaDistância do centro de gravidade da carga (centro da carga)(centro da carga)  O contrapeso é formado pela própriaO contrapeso é formado pela própria estrutura do veículo (combustão) ouestrutura do veículo (combustão) ou pela bateria (elétrica).pela bateria (elétrica).
  • 10. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Princípio de funcionamentoPrincípio de funcionamento A B
  • 11. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Princípio de funcionamentoPrincípio de funcionamento Triângulo de estabilidade:Triângulo de estabilidade: É a área formada pelos trêsÉ a área formada pelos três pontos de suspensão da máquina:pontos de suspensão da máquina: Pino de articulação do eixo traseiro ePino de articulação do eixo traseiro e Cada uma das rodas dianteira.Cada uma das rodas dianteira.
  • 12. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Princípio de funcionamentoPrincípio de funcionamento  Considerações:Considerações:  Caso oCaso o ponto de equilíbrioponto de equilíbrio sese desloque para fora da áreadesloque para fora da área do triângulo, o veículodo triângulo, o veículo capotará nesse sentido.capotará nesse sentido.  Quanto mais rápida e bruscaQuanto mais rápida e brusca a virada, tanto maisa virada, tanto mais pronunciado será o efeito dapronunciado será o efeito da transferência de peso,transferência de peso, ocasionando facilmente oocasionando facilmente o deslocamento dodeslocamento do ponto deponto de equilíbrioequilíbrio para fora da áreapara fora da área do triângulo.do triângulo.
  • 13. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Princípio de funcionamentoPrincípio de funcionamento  Mastro Retrátil:Mastro Retrátil:  No caso das empilhadeiras deNo caso das empilhadeiras de mastro retrátil, o tombamentomastro retrátil, o tombamento para trás é mais fácil depara trás é mais fácil de ocorrer do que em outrosocorrer do que em outros modelos, visto que omodelos, visto que o ponto deponto de equilíbrioequilíbrio está mais perto dasestá mais perto das rodas traseiras e se deslocarodas traseiras e se desloca facilmente para fora da área defacilmente para fora da área de estabilidade.estabilidade.
  • 14. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Princípio de funcionamentoPrincípio de funcionamento Fatores de Estabilidade:Fatores de Estabilidade: O triângulo da estabilidade;O triângulo da estabilidade; Distribuição de peso;Distribuição de peso; Centro de gravidade Vertical;Centro de gravidade Vertical; Estabilidade dinâmica XEstabilidade dinâmica X estática;estática; Habilidade em vencer rampas.Habilidade em vencer rampas.
  • 16. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Operação segura!Operação segura! A verificação quanto àA verificação quanto à segurança, para dar a partida,segurança, para dar a partida, é realizada pelo operador noé realizada pelo operador no começo de cada turno, com acomeço de cada turno, com a conclusão da inspeção antesconclusão da inspeção antes da partida.da partida.
  • 17. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Operação segura!Operação segura!  Inspeção inicial:Inspeção inicial:  Aplique o freio de estacionamento;Aplique o freio de estacionamento;  Verifique os conectores da bateria e o nível de água;Verifique os conectores da bateria e o nível de água;  Verifique o horímetro;Verifique o horímetro;  Verifique os controles, procure por folgas;Verifique os controles, procure por folgas;  Ligue a chave da partida;Ligue a chave da partida;  Verifique o medidor de carga da bateria;Verifique o medidor de carga da bateria;  Experimente o conjunto de elevação;Experimente o conjunto de elevação;  Movimente-se para frente e para trás;Movimente-se para frente e para trás;  Experimente o freio de estacionamento;Experimente o freio de estacionamento;  Experimente o freio de pé;Experimente o freio de pé;
  • 18. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Regras GeraisRegras Gerais O operador deverá serO operador deverá ser treinado e autorizado atreinado e autorizado a operar a empilhadeira, eoperar a empilhadeira, e deve estar ciente edeve estar ciente e praticar as normas depraticar as normas de segurança.segurança.
  • 19. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Regras GeraisRegras Gerais  No início de cada turno,No início de cada turno, certifique-se de que a buzina,certifique-se de que a buzina, os freios, os pneus e todosos freios, os pneus e todos os outros controles estejamos outros controles estejam em bom funcionamento, eem bom funcionamento, e que não haja folgasque não haja folgas excessivas nas correntes eexcessivas nas correntes e comandos;comandos;  Quando uma empilhadeiraQuando uma empilhadeira está movimentando, os seusestá movimentando, os seus garfos devem estar a cerda degarfos devem estar a cerda de 150 mm do chão;150 mm do chão;
  • 20. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Regras GeraisRegras Gerais  Somente transporteSomente transporte cargas que os garfos ou ocargas que os garfos ou o guarda-carga suportem eguarda-carga suportem e nunca remova asnunca remova as proteções;proteções;  Dirija a uma velocidadeDirija a uma velocidade compatível com ascompatível com as condições existentes.condições existentes. Diminua a marcha emDiminua a marcha em superfícies molhadas ousuperfícies molhadas ou escorregadias;escorregadias;
  • 21. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Regras GeraisRegras Gerais  Não use paletes com defeito ouNão use paletes com defeito ou danificados, muito menos armazenedanificados, muito menos armazene paletes com as ripas soltas ou malpaletes com as ripas soltas ou mal fixadas;fixadas;  Se em algum momento aSe em algum momento a empilhadeira estiver falhando ouempilhadeira estiver falhando ou se houver motivo para considerá-se houver motivo para considerá- la insegura, suspenda asla insegura, suspenda as operações e informeoperações e informe imediatamente a supervisão;imediatamente a supervisão;
  • 22. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Regras GeraisRegras Gerais  Não passe por cima de objetos deixados noNão passe por cima de objetos deixados no chão. Pare a empilhadeira coloque os objetoschão. Pare a empilhadeira coloque os objetos fora da rota e avise o supervisor;fora da rota e avise o supervisor;  Remova os obstáculos antes de seguir viagem;Remova os obstáculos antes de seguir viagem;
  • 23. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Regras GeraisRegras Gerais  Os garfos devem ser sempreOs garfos devem ser sempre bem colocados sob a carga,bem colocados sob a carga, de preferência node preferência no comprimento total deles. Aocomprimento total deles. Ao andar, a parte de trás da cargaandar, a parte de trás da carga deve estar firmementedeve estar firmemente localizada contra o guarda-localizada contra o guarda- carga e o mastro inclinadocarga e o mastro inclinado para trás;para trás;  Certifique-se de que háCertifique-se de que há espaço suficiente paraespaço suficiente para levantar e manobrar a carga,levantar e manobrar a carga, preste atenção ao patrimôniopreste atenção ao patrimônio da empresa!da empresa!
  • 24. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Regras GeraisRegras Gerais  Verifique se a carga estáVerifique se a carga está segura, especialmente nosegura, especialmente no caso das soltas;caso das soltas; Faça um teste na carga,Faça um teste na carga, erguendo-a um pouco, se elaerguendo-a um pouco, se ela inclinar para o lado, abaixe-a einclinar para o lado, abaixe-a e mude a posição dos garfos paramude a posição dos garfos para melhor balanceamento;melhor balanceamento; Erga os garfos lentamenteErga os garfos lentamente para que a carga se mantenhapara que a carga se mantenha estável e nunca use apenas umestável e nunca use apenas um deles;deles;
  • 25. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Regras GeraisRegras Gerais  Não passe a carga por cima de pessoas eNão passe a carga por cima de pessoas e não permita que as pessoas passem sob osnão permita que as pessoas passem sob os garfos ou permaneçam nas proximidades;garfos ou permaneçam nas proximidades; Tenha especialTenha especial cuidado ao elevar oucuidado ao elevar ou posicionar carga muitoposicionar carga muito próxima apróxima a empilhamentos, a fim deempilhamentos, a fim de evitar batidas eevitar batidas e tombamentos;tombamentos;
  • 26. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Regras GeraisRegras Gerais  Verifique o peso daVerifique o peso da carga. Se nãocarga. Se não estiver identificado,estiver identificado, pergunte aopergunte ao supervisor ou asupervisor ou a quem possaquem possa informar.informar.  A experiência lheA experiência lhe mostrará como estimarmostrará como estimar os pesos.os pesos.
  • 27. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Regras GeraisRegras Gerais  Não levante cargas instáveis – devem ser cuidadosamente arrumadasNão levante cargas instáveis – devem ser cuidadosamente arrumadas antes de levantar, ou bem fixadas, depois que estiverem no alto e emantes de levantar, ou bem fixadas, depois que estiverem no alto e em movimento, será tarde demais!movimento, será tarde demais!  Assegure-se que a carga está centralizada antes de levantá-la – umaAssegure-se que a carga está centralizada antes de levantá-la – uma carga instável é perigosa!carga instável é perigosa!  Para se manter as cargas bem firmes nos garfos, o comprimento dos mesmosPara se manter as cargas bem firmes nos garfos, o comprimento dos mesmos deve ser de pelo menos 75% (3/4) da profundidade da carga;deve ser de pelo menos 75% (3/4) da profundidade da carga;
  • 28. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Regras GeraisRegras Gerais  Não arraste a cargaNão arraste a carga sobre o piso, muitosobre o piso, muito menos a empurre;menos a empurre;  Evite carregar materialEvite carregar material solto, este deverá sersolto, este deverá ser transportado emtransportado em recipiente próprio ourecipiente próprio ou plataforma complataforma com proteção lateral;proteção lateral;
  • 29. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Regras GeraisRegras Gerais  Nunca tente movimentarNunca tente movimentar cargas em excesso oucargas em excesso ou acrescentar maisacrescentar mais contrapeso à empilhadeira;contrapeso à empilhadeira;  Tome cuidado ao brecar,Tome cuidado ao brecar, pois a empilhadeirapois a empilhadeira carregada pode tombar oucarregada pode tombar ou projetar a carga;projetar a carga;
  • 30. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Regras GeraisRegras Gerais  Não faça curvasNão faça curvas em altaem alta velocidade, avelocidade, a empilhadeiraempilhadeira não temnão tem suspensão, esuspensão, e pode capotar;pode capotar;  Não arranqueNão arranque de formade forma brusca oubrusca ou pare nessapare nessa condição;condição;  Não obstrua aNão obstrua a passagem daspassagem das pessoas oupessoas ou equipamentosequipamentos de incêndio;de incêndio;
  • 31. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Regras GeraisRegras Gerais  Quando não mais houver trabalho com aQuando não mais houver trabalho com a empilhadeira, a mesma deve ser estacionada e terempilhadeira, a mesma deve ser estacionada e ter suasua chave desligada e retiradachave desligada e retirada , freios, freios acionados e controles em ponto neutro, a fim deacionados e controles em ponto neutro, a fim de queque não seja operada por pessoas nãonão seja operada por pessoas não autorizadasautorizadas;; Mantenha osMantenha os garfos abaixados egarfos abaixados e o freio deo freio de estacionamentoestacionamento acionado;acionado;
  • 32. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Regras GeraisRegras Gerais Jamais permitaJamais permita passageirospassageiros nos garfos ou em qualquernos garfos ou em qualquer outra parte da empilhadeira,outra parte da empilhadeira, ela só tem um assento, e é o do operador!ela só tem um assento, e é o do operador!
  • 33. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Regras GeraisRegras Gerais Excepcionalmente, os veículos poderão se usados paraExcepcionalmente, os veículos poderão se usados para elevar pessoas para reparo ou fazer inventário.elevar pessoas para reparo ou fazer inventário. Nunca eleve ninguémNunca eleve ninguém sem o uso de uma plataformasem o uso de uma plataforma fixada adequadamente aos garfos e ao guarda-carga.fixada adequadamente aos garfos e ao guarda-carga.
  • 34. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Regras GeraisRegras Gerais Obedeça a todos os sinais eObedeça a todos os sinais e demarcações, dirija devagar edemarcações, dirija devagar e acione a buzina quandoacione a buzina quando necessário;necessário; Esteja alerta enquanto opera suaEsteja alerta enquanto opera sua empilhadeira.empilhadeira. Não sonhe!Não sonhe! Olhe sempre na direção doOlhe sempre na direção do percurso e mantenha uma visãopercurso e mantenha uma visão clara do caminho à frente;clara do caminho à frente;
  • 35. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Regras GeraisRegras Gerais Não brinqueNão brinque comcom pedestres;pedestres; Não coloque ninguém em risco,Não coloque ninguém em risco, não vá em direção a alguém que esteja trabalhandonão vá em direção a alguém que esteja trabalhando perto de uma parede ou outro objeto fixo – podeperto de uma parede ou outro objeto fixo – pode não haver nenhuma maneira da pessoa escapar;não haver nenhuma maneira da pessoa escapar; E não ande com os garfos elevados;E não ande com os garfos elevados;
  • 36. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Regras GeraisRegras Gerais Não dirija com asNão dirija com as mãos molhadas oumãos molhadas ou oleosas;oleosas; Os calçados devemOs calçados devem estar desprovidosestar desprovidos de graxas ede graxas e gorduras;gorduras; E não se esqueça,E não se esqueça, mantenha as mãosmantenha as mãos no volante;no volante;
  • 37. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Regras GeraisRegras Gerais Se não tiver visão, mude a direção!Se não tiver visão, mude a direção!
  • 38. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Regras GeraisRegras Gerais IMPORTANTEIMPORTANTE Mantenha-se totalmente dentroMantenha-se totalmente dentro da empilhadeira!da empilhadeira! Nunca coloque os braços, asNunca coloque os braços, as mãos, as pernas ou amãos, as pernas ou a cabeça entre as vigas docabeça entre as vigas do mastro ou fora dos limitesmastro ou fora dos limites da cabine da empilhadeira,da cabine da empilhadeira, talvez você fique sem eles!talvez você fique sem eles!
  • 40. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - EmpilhamentoEmpilhamento  Aproxime-se da pilha comAproxime-se da pilha com a carga abaixada ea carga abaixada e inclinada para trás;inclinada para trás;  Reduzir a velocidade eReduzir a velocidade e parar na frente da pilha,parar na frente da pilha, brecar e diminuir abrecar e diminuir a inclinação para trás até uminclinação para trás até um ponto suficiente paraponto suficiente para manter a estabilidade damanter a estabilidade da carga;carga;
  • 41. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - EmpilhamentoEmpilhamento  Elevar a carga até a alturaElevar a carga até a altura desejada para odesejada para o empilhamento;empilhamento;  Quando a carga estiverQuando a carga estiver longe do alto da pilha,longe do alto da pilha, dirigir para frente, sedirigir para frente, se necessário, paranecessário, para aproximar o veículo daaproximar o veículo da pilha, e brecar novamente.pilha, e brecar novamente. Avançar a carga, tomandoAvançar a carga, tomando cuidado para não deslocarcuidado para não deslocar cargas das pilhascargas das pilhas adjacentes;adjacentes;
  • 42. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - EmpilhamentoEmpilhamento  Quando a carga estiverQuando a carga estiver sobre a pilha, colocar osobre a pilha, colocar o mastro na posição verticalmastro na posição vertical e baixá-la;e baixá-la;  Quando a carga estiverQuando a carga estiver empilhada com segurança,empilhada com segurança, baixar os garfos até soltá-baixar os garfos até soltá- los do palete e recolhê-los.los do palete e recolhê-los. Nessa posição, aNessa posição, a inclinação para a frenteinclinação para a frente pode ser útil.pode ser útil.  Se os garfos não estiveremSe os garfos não estiverem afastados totalmente da pilha, oafastados totalmente da pilha, o veículo deve ser movimentadoveículo deve ser movimentado
  • 43. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - EmpilhamentoEmpilhamento  Quando os garfosQuando os garfos estiverem longe da pilha,estiverem longe da pilha, brecar novamente se obrecar novamente se o veículo foi movimentado eveículo foi movimentado e inclinar o mastro para trásinclinar o mastro para trás e baixá-lo até pouco acimae baixá-lo até pouco acima do chão, antes de irdo chão, antes de ir embora.embora. NÃOMOVIMENTE A EMPILHADEIRA COMOS GARFOS ELEVADOS
  • 45. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - DesempilhamentoDesempilhamento  Parar na frente da pilha eParar na frente da pilha e brecar. Colocar o mastrobrecar. Colocar o mastro na posição vertical. Sena posição vertical. Se necessário, ajustar anecessário, ajustar a abertura dos garfos àabertura dos garfos à largura da carga elargura da carga e assegurar-se de que oassegurar-se de que o peso da carga está dentropeso da carga está dentro da capacidade do veículo;da capacidade do veículo;
  • 46. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - DesempilhamentoDesempilhamento  Elevar os garfos até umaElevar os garfos até uma posição que permita aposição que permita a entrada no palete;entrada no palete;  Se necessário, dirigir paraSe necessário, dirigir para frente para aproximar ofrente para aproximar o veículo da pilha, e brecarveículo da pilha, e brecar novamente. Avançar onovamente. Avançar o mastro para a frente, sob amastro para a frente, sob a carga;carga;
  • 47. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - DesempilhamentoDesempilhamento  Levantar a carga até elaLevantar a carga até ela se afastar da pilha ese afastar da pilha e inclinar cuidadosamenteinclinar cuidadosamente para trás, o suficiente parapara trás, o suficiente para estabilizar a carga;estabilizar a carga;
  • 48. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - DesempilhamentoDesempilhamento  Quando a carga estiverQuando a carga estiver longe do alto da pilha,longe do alto da pilha, recolher o mastro. Quandorecolher o mastro. Quando necessário, movimentar onecessário, movimentar o veículo ligeiramente paraveículo ligeiramente para trás, afastando-o da pilha,trás, afastando-o da pilha, certificando-se de que ocertificando-se de que o caminho está livre ecaminho está livre e tomando cuidado para nãotomando cuidado para não deslocar cargas das pilhasdeslocar cargas das pilhas adjacentes;adjacentes;
  • 49. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - DesempilhamentoDesempilhamento  Baixar a cargaBaixar a carga cuidadosamente ecuidadosamente e uniformemente até auniformemente até a posição correta deposição correta de percurso, inclinar para tráspercurso, inclinar para trás totalmente antes de irtotalmente antes de ir embora.embora. NÃOMOVIMENTE A EMPILHADEIRA COMOS GARFOS ELEVADOS
  • 51. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - CapotamentoCapotamento NÃOMOVIMENTE A EMPILHADEIRA COMOS GARFOS ELEVADOS A empilhadeiraA empilhadeira pode capotar sepode capotar se for operada defor operada de uma maneirauma maneira inadequada.inadequada.
  • 52. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Em caso de capotamentoEm caso de capotamento NÃO SALTE NÃO SALTE
  • 53. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Em caso de capotamentoEm caso de capotamento INCLINE-SE AO CONTRÁRIO
  • 54. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Em caso de capotamentoEm caso de capotamento SEGURE FIRMEMENTE AO VOLANTE DE DIREÇÃO
  • 55. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - Em caso de capotamentoEm caso de capotamento FIRME OS PÉS
  • 56. Edson Donizetti da Silva - TST - São Carlos - FINALMENTEFINALMENTE Ao fim deste programa de treinamento, você está apto a desenvolver as atividades pertinentes ao empilhamento, mas não se esqueça que nossos atos são importantes peças em um conjunto maior de ações, e resultam em benefícios mútuos (empresa/colaborador), portanto, seja prudente em suas tarefas, VOCÊ É RESPONSÁVEL • SUCESSO! Edson Donizetti da Silva