SlideShare uma empresa Scribd logo
Linemer Julio André Escola Secundária de Sacavém – 11 IG (Informática de Gestão)
Apresentação Para que seja possível a transmissão de dados numa rede, tem que existir algum meio físico de transmissão do sinal. Dentro dos meios de transmissão de sinais existentes podemos considerar a utilização de cabos de cobre, cabos de fibra óptica ou transmissões sem fios. (retirado do enunciado)
Continuação (Apresentação) E para  existir uma rede de computadores tem que haver duas ou mais máquinas e outros dispositivos conectados entre si de modo a poderem partilhar os seus serviços, que podem ser: dados, impressoras, e-mails, etc. Um exemplo bem obvio é por onde estamos a pesquisar toda a informação deste trabalho, a Internet que é um grande sistema de comunicação que conecta muitas redes de computadores…
Cabos UTP O conector RJ45 é utilizado em redes com padrão Ethernet (cabo UTP). O cabo é dividido em 8 pequenos fios que são cravados ao conector.
Este é sem duvida o cabo mais utilizado nas redes. O cabo UTP é de fácil manutenção, instalação e permite taxas de transmissão até 100 Mbps com a utilização do cabo CAT-5, que é usado normalmente tanto nas redes domésticas como nas grandes redes industriais. (segundo pesquisa no Google)  Serve para ligar o computador a uma rede,  a um switch, modem, ou router… Vamos ver as categorias deste cabo:
 
Cabo de Par Trançado  e com blindagem O par trançado é também chamado de 10BaseT ou de 100BaseT, dependendo da taxa de transferência da rede, se é de 10 Mbps ou de 100 Mbps.
Resumindo: As vantagens que o cabo tem são: É de Fácil instalação É Barato E é de Instalação flexível As desvantagens que o cabo tem são: Cabo curto (máximo de 100 metros) Tem Interferência eletromagnética
Como se crava o cabo? Ver vídeo aqui
Cabo RJ 11 Existe também o cabo RJ11 que serve para ligar o modem a linhas ADSL ou o telefone por linha VOIP ou Analógica, o RJ11 consegue chegar a uma velocidade de  24 megas (internet ADSL SAPO).
Fibra Óptica A  fibra óptica  é um pedaço de vidro muito fino (parecido com o diâmetro de um cabelo, com capacidade de transmitir luz, e não impulsos eléctricos. A interligação de fibras ópticas é    bastante mais complicada do que  p  para cabos de cobre.  Transmite dados a uma alta velocidade Existe hoje a transferência de dados já a 10 GB por segundo
A transmissão da luz pela fibra segue um princípio único, independentemente do material usado ou da aplicação:  é lançado um feixe de luz numa extremidade da fibra e, pelas características ópticas do meio (fibra), esse feixe percorre a fibra por meio de reflexões sucessivas.
Vários tipos de Fibra:
Conectores… A interligação de fibras recorre a um encaixe fêmea duplo que garante o encosto perfeito entre os cilindros das fichas macho, para a luz passar directa de um lado para o outro e assim sucessivamente…
Vários tipos de conectores
 
Vantagens e Desvantagens Vantagens: Muita velocidade (banda de internet) Existe Isolamento eléctrico  O cabo pode ser muito longo  Existe uma alta eficiência de transferência de dados Desvantagens: É muito cara  Difícil de instalar  Parte-se com facilidade  Difícil de ser reparado (consoante os casos)
Fusão de fibra óptica Ver vídeo aqui:
Fabricação da fibra óptica
Cabo Coaxial  O  cabo coaxial  é um tipo de cabo condutor usado para transmitir sinais eléctricos. O cabo coaxial é constituído por dois fios de cobre, um mais grosso que é o nucleo e outro mais fino, revestido por um material isolante e rodeado com uma blindagem. Este meio permite transmissões até frequências muito elevadas e isto para longas distâncias.
Conectores
Os cabos coaxiais geralmente são usados em múltiplas aplicações deste, tv, áudio, internet... A velocidade de transmissão é bastante elevada devido a tolerância aos ruídos graças à malha de proteção desses cabos. Pode ir até 300 Megas por segundo .
Vantagens e Desvantagens Vantagens: Baixo Custo de manutenção Fácil de Instalar e conectar Maior resistencia ao ruído. Desvantagens: Limitado em distância e tecnologia Pouca segurança. Facilmente danificável. Difícil manipulação
Conectar um cabo coaxial Ver aqui o vídeo:
Redes Sem Fios Uma rede sem fios refere-se a uma rede de computadores sem a necessidade do uso de cabos. Existem várias redes sem fios como por exemplo: Wireless (mais utilizada) Bluetooth (mais utilizada em telemóveis) Infravermelhos( mais utilizada em comandos de tv)
Wireless Wireless LAN ou WLAN (Wireless Local Area Network) é uma rede local que usa ondas de rádio para fazer uma conexão Internet ou a uma rede.
Vantagens e Desvantagens Vantagens: Flexibilidade Facilidade. Redução do custo agregado vantagens como: melhor utilização dos investimentos em tecnologias existentes como laptops, rede de dados e voz, aplicativos, agilidade nas respostas aos clientes. Diversas topologias Desvantagens:  Qualidade de serviço: a qualidade do serviço provido ainda é menor que a das redes cabeadas. Custo: o preço dos equipamentos de Redes sem Fio é mais alto que os equivalentes em redes cabeadas. Segurança Baixa transferência de dados: embora a taxa de transmissão das Redes sem Fio esteja crescendo rapidamente, ela ainda é muito baixa se comparada com as redes cabeadas.
Padrões Existem os Padrões: Padrão 802.11 b - tem uma largura de banda até 11 Mbps e um alcance aproximado de 35 metros. Padrão 802.11 g - tem uma largura de banda até 54 Mbps e um alcance aproximado de 38 metros. Padrão 802.11 n - tem uma largura de banda até aos 300 Mbps e um alcançe de 70 metros.
Bluetooth Bluetooth é uma tecnologia para a comunicação sem fio entre dispositivos eletrônicos a curtas distâncias.(normalmente 10 metros). É utilizada maioritariamente para ligar telemóveis a pc, ou telemóvel a telemóvel. Bluetooth é um protocolo padrão de comunicação primariamente projetado para baixo consumo de energia com baixo alcance.
Os dispositivos usam um sistema de comunicação via rádio, por isso não necessitam estar na linha de visão um do outro. Existem várias classes e  versões: Classe Potência máxima permitida (mW/dBm) Alcance (Aproximadamente) Classe 1 100 mW (20 dBm) até 100 metros Classe 2 2.5 mW (4 dBm) até 10 metros Classe 3 1 mW (0 dBm) ~ 1 metro (quadros retirados da wikipédia)
Infravermelhos Os infravermelhos não são vistos pelo olho humano. Uma grande parte dos telecomandos funciona hoje com infravermelhos, e também alguns telemóveis (mais antigos). Trás mais desvantagens do que vantagens: Se tapamos a linha de visão com um pano (por exemplo) a ligação não se estabelece. Transfere a poucos megas por segundo (lento). Trás vantagem é para as televisões para mudar de canal.
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A importância dos meios físicos de transmissão
A importância dos meios físicos de transmissãoA importância dos meios físicos de transmissão
A importância dos meios físicos de transmissão
H P
 
Cabeamento de redes
Cabeamento de redesCabeamento de redes
Cabeamento de redes
Allan Almeida de Araújo
 
Rede de computadores
Rede de computadoresRede de computadores
Rede de computadores
Jairo Soares Dolores Mosca
 
Calculo de endereço ip
Calculo de endereço ipCalculo de endereço ip
Calculo de endereço ip
Marcelo Vicente Freire Alves
 
TCP/IP
TCP/IPTCP/IP
Largura de banda
Largura de bandaLargura de banda
Largura de banda
Fraan Bittencourt
 
Meios de transmissão metálicos
Meios de transmissão metálicosMeios de transmissão metálicos
Meios de transmissão metálicos
H P
 
Meios de transmissão metálicos
Meios de transmissão metálicosMeios de transmissão metálicos
Meios de transmissão metálicos
Suguha
 
Componentes de uma Rede de computadores
Componentes de uma Rede de computadoresComponentes de uma Rede de computadores
Componentes de uma Rede de computadores
Felipe Silva
 
Uma introdução as Fibras ópticas.
Uma introdução as Fibras ópticas.Uma introdução as Fibras ópticas.
Uma introdução as Fibras ópticas.
Ronnasayd Sousa
 
Topologias de rede
Topologias de redeTopologias de rede
Topologias de rede
Susana Oliveira
 
Redes aula 1
Redes   aula 1Redes   aula 1
Aula08 - frame-relay
Aula08 -   frame-relayAula08 -   frame-relay
Aula08 - frame-relay
Carlos Veiga
 
Arquitetura de Redes de Computadores
 Arquitetura de Redes de Computadores Arquitetura de Redes de Computadores
Arquitetura de Redes de Computadores
Ana Julia F Alves Ferreira
 
Comunicação de dados - Módulo 1
Comunicação de dados - Módulo 1Comunicação de dados - Módulo 1
Comunicação de dados - Módulo 1
Luis Ferreira
 
Vantagens e desvantagens em topologias de redes
Vantagens e desvantagens em topologias de redesVantagens e desvantagens em topologias de redes
Vantagens e desvantagens em topologias de redes
Marco Martins
 
Cabos coaxiais
Cabos coaxiaisCabos coaxiais
Cabos coaxiais
joana_moura
 
Rede de Computadores - Cabo Coaxial
Rede de Computadores - Cabo CoaxialRede de Computadores - Cabo Coaxial
Rede de Computadores - Cabo Coaxial
Marcelo Carvalho
 
Meios de transmissao
Meios de transmissaoMeios de transmissao
Meios de transmissao
redesinforma
 
Powerpoint tipologia de rede
Powerpoint tipologia de redePowerpoint tipologia de rede
Powerpoint tipologia de rede
jose-ferreirabaptista
 

Mais procurados (20)

A importância dos meios físicos de transmissão
A importância dos meios físicos de transmissãoA importância dos meios físicos de transmissão
A importância dos meios físicos de transmissão
 
Cabeamento de redes
Cabeamento de redesCabeamento de redes
Cabeamento de redes
 
Rede de computadores
Rede de computadoresRede de computadores
Rede de computadores
 
Calculo de endereço ip
Calculo de endereço ipCalculo de endereço ip
Calculo de endereço ip
 
TCP/IP
TCP/IPTCP/IP
TCP/IP
 
Largura de banda
Largura de bandaLargura de banda
Largura de banda
 
Meios de transmissão metálicos
Meios de transmissão metálicosMeios de transmissão metálicos
Meios de transmissão metálicos
 
Meios de transmissão metálicos
Meios de transmissão metálicosMeios de transmissão metálicos
Meios de transmissão metálicos
 
Componentes de uma Rede de computadores
Componentes de uma Rede de computadoresComponentes de uma Rede de computadores
Componentes de uma Rede de computadores
 
Uma introdução as Fibras ópticas.
Uma introdução as Fibras ópticas.Uma introdução as Fibras ópticas.
Uma introdução as Fibras ópticas.
 
Topologias de rede
Topologias de redeTopologias de rede
Topologias de rede
 
Redes aula 1
Redes   aula 1Redes   aula 1
Redes aula 1
 
Aula08 - frame-relay
Aula08 -   frame-relayAula08 -   frame-relay
Aula08 - frame-relay
 
Arquitetura de Redes de Computadores
 Arquitetura de Redes de Computadores Arquitetura de Redes de Computadores
Arquitetura de Redes de Computadores
 
Comunicação de dados - Módulo 1
Comunicação de dados - Módulo 1Comunicação de dados - Módulo 1
Comunicação de dados - Módulo 1
 
Vantagens e desvantagens em topologias de redes
Vantagens e desvantagens em topologias de redesVantagens e desvantagens em topologias de redes
Vantagens e desvantagens em topologias de redes
 
Cabos coaxiais
Cabos coaxiaisCabos coaxiais
Cabos coaxiais
 
Rede de Computadores - Cabo Coaxial
Rede de Computadores - Cabo CoaxialRede de Computadores - Cabo Coaxial
Rede de Computadores - Cabo Coaxial
 
Meios de transmissao
Meios de transmissaoMeios de transmissao
Meios de transmissao
 
Powerpoint tipologia de rede
Powerpoint tipologia de redePowerpoint tipologia de rede
Powerpoint tipologia de rede
 

Destaque

Tipos de Cablagens de Rede
Tipos de Cablagens de RedeTipos de Cablagens de Rede
Tipos de Cablagens de Rede
scb.carlos
 
Instalação de rede
Instalação de redeInstalação de rede
Instalação de rede
Sara Gonçalves
 
Ficha 5 - bastidores e cablagem estruturada
Ficha 5 - bastidores e cablagem estruturada Ficha 5 - bastidores e cablagem estruturada
Ficha 5 - bastidores e cablagem estruturada
nunesgilvicente
 
Bastidores e cablgaem
Bastidores e cablgaemBastidores e cablgaem
Bastidores e cablgaem
kamatozza
 
Projeto final instalação e configuração de redes locais
Projeto final  instalação e configuração de redes locaisProjeto final  instalação e configuração de redes locais
Projeto final instalação e configuração de redes locais
MarcoSoaresGI
 
Tipos de Tecnologias Wireless
Tipos de Tecnologias WirelessTipos de Tecnologias Wireless
Tipos de Tecnologias Wireless
Pepe Rocker
 
Bastidores e Cablagem estruturada
Bastidores e Cablagem estruturadaBastidores e Cablagem estruturada
Bastidores e Cablagem estruturada
davidcordeiro07
 
PAF: Emanuel ramos
PAF: Emanuel ramosPAF: Emanuel ramos
Regras de cablagem
Regras de cablagemRegras de cablagem
Regras de cablagem
Ricardo Afonso
 
PAF: Rúben Antunes
PAF: Rúben AntunesPAF: Rúben Antunes
Curso PAF ECF
Curso PAF ECFCurso PAF ECF
Curso PAF ECF
Infofisco
 
PAF: José Santos
PAF: José SantosPAF: José Santos
Bastidores e cabos_e_cablagem
Bastidores e cabos_e_cablagemBastidores e cabos_e_cablagem
Bastidores e cabos_e_cablagem
milanvassaramo
 
Redes de computadores – abrangências geográfica
Redes de computadores – abrangências geográficaRedes de computadores – abrangências geográfica
Redes de computadores – abrangências geográfica
AnaRitaFerreiraPereira
 
Introdução a Redes de computadores
Introdução a Redes de computadoresIntrodução a Redes de computadores
Introdução a Redes de computadores
Alison Rodrigues
 
Trabalho sobre equipamentos de redes 123
Trabalho sobre equipamentos de redes 123Trabalho sobre equipamentos de redes 123
Trabalho sobre equipamentos de redes 123
Thereza Cristina Bandoli Legg
 
Cablagem bastidores
Cablagem bastidoresCablagem bastidores
Cablagem bastidores
brunofig94PT
 
Conexoes de rede topologias
Conexoes de rede  topologiasConexoes de rede  topologias
Conexoes de rede topologias
Sara Gonçalves
 
Bastidores e cabelagem estruturada
Bastidores e cabelagem estruturadaBastidores e cabelagem estruturada
Bastidores e cabelagem estruturada
baglungekanchi
 
Cablagem bastidores
Cablagem bastidoresCablagem bastidores
Cablagem bastidores
AndreiaOliveira94
 

Destaque (20)

Tipos de Cablagens de Rede
Tipos de Cablagens de RedeTipos de Cablagens de Rede
Tipos de Cablagens de Rede
 
Instalação de rede
Instalação de redeInstalação de rede
Instalação de rede
 
Ficha 5 - bastidores e cablagem estruturada
Ficha 5 - bastidores e cablagem estruturada Ficha 5 - bastidores e cablagem estruturada
Ficha 5 - bastidores e cablagem estruturada
 
Bastidores e cablgaem
Bastidores e cablgaemBastidores e cablgaem
Bastidores e cablgaem
 
Projeto final instalação e configuração de redes locais
Projeto final  instalação e configuração de redes locaisProjeto final  instalação e configuração de redes locais
Projeto final instalação e configuração de redes locais
 
Tipos de Tecnologias Wireless
Tipos de Tecnologias WirelessTipos de Tecnologias Wireless
Tipos de Tecnologias Wireless
 
Bastidores e Cablagem estruturada
Bastidores e Cablagem estruturadaBastidores e Cablagem estruturada
Bastidores e Cablagem estruturada
 
PAF: Emanuel ramos
PAF: Emanuel ramosPAF: Emanuel ramos
PAF: Emanuel ramos
 
Regras de cablagem
Regras de cablagemRegras de cablagem
Regras de cablagem
 
PAF: Rúben Antunes
PAF: Rúben AntunesPAF: Rúben Antunes
PAF: Rúben Antunes
 
Curso PAF ECF
Curso PAF ECFCurso PAF ECF
Curso PAF ECF
 
PAF: José Santos
PAF: José SantosPAF: José Santos
PAF: José Santos
 
Bastidores e cabos_e_cablagem
Bastidores e cabos_e_cablagemBastidores e cabos_e_cablagem
Bastidores e cabos_e_cablagem
 
Redes de computadores – abrangências geográfica
Redes de computadores – abrangências geográficaRedes de computadores – abrangências geográfica
Redes de computadores – abrangências geográfica
 
Introdução a Redes de computadores
Introdução a Redes de computadoresIntrodução a Redes de computadores
Introdução a Redes de computadores
 
Trabalho sobre equipamentos de redes 123
Trabalho sobre equipamentos de redes 123Trabalho sobre equipamentos de redes 123
Trabalho sobre equipamentos de redes 123
 
Cablagem bastidores
Cablagem bastidoresCablagem bastidores
Cablagem bastidores
 
Conexoes de rede topologias
Conexoes de rede  topologiasConexoes de rede  topologias
Conexoes de rede topologias
 
Bastidores e cabelagem estruturada
Bastidores e cabelagem estruturadaBastidores e cabelagem estruturada
Bastidores e cabelagem estruturada
 
Cablagem bastidores
Cablagem bastidoresCablagem bastidores
Cablagem bastidores
 

Semelhante a Cablagem de rede

Meios fisicos de transmissao
Meios fisicos de transmissaoMeios fisicos de transmissao
Meios fisicos de transmissao
milanvassaramo
 
AULA DE REDES - 1.2-Cabeamento.pdf
AULA DE REDES - 1.2-Cabeamento.pdfAULA DE REDES - 1.2-Cabeamento.pdf
AULA DE REDES - 1.2-Cabeamento.pdf
rosenildolopes
 
9948 – Redes e protocolos multimédia.pptx
9948 – Redes e protocolos multimédia.pptx9948 – Redes e protocolos multimédia.pptx
9948 – Redes e protocolos multimédia.pptx
BrancaSilva9
 
Apresentacao ac -_redes
Apresentacao ac -_redesApresentacao ac -_redes
Apresentacao ac -_redes
brunofig94PT
 
Apresentacao ac -_redes
Apresentacao ac -_redesApresentacao ac -_redes
Apresentacao ac -_redes
brunofig94PT
 
Apresentação meios físicos
Apresentação meios físicosApresentação meios físicos
Apresentação meios físicos
kamatozza
 
Cabeamento de redes
Cabeamento de redesCabeamento de redes
Cabeamento de redes
EMSNEWS
 
Cabeamentos e conectores
Cabeamentos e conectores Cabeamentos e conectores
Cabeamentos e conectores
Tiago
 
Tecnologias Atuais de Redes - Aula 2 - Redes Sem Fio [Apostila]
Tecnologias Atuais de Redes - Aula 2 - Redes Sem Fio [Apostila]Tecnologias Atuais de Redes - Aula 2 - Redes Sem Fio [Apostila]
Tecnologias Atuais de Redes - Aula 2 - Redes Sem Fio [Apostila]
Ministério Público da Paraíba
 
Redes sem fios power point
Redes sem fios power pointRedes sem fios power point
Redes sem fios power point
André bogas
 
Wireless - Aula 3
Wireless - Aula 3Wireless - Aula 3
Wireless - Aula 3
Guilherme Nonino Rosa
 
Trabalho final de ipd
Trabalho final de ipdTrabalho final de ipd
Trabalho final de ipd
Giulliana Marialva
 
Meios de transmissao
Meios de transmissaoMeios de transmissao
Meios de transmissao
Nikoameer
 
Cabos conectores
Cabos conectoresCabos conectores
Cabos conectores
Luiz Carlos Müller
 
Tipos de cabos
Tipos de cabosTipos de cabos
Tipos de cabos
Gonçalo
 
Meios fisicos
Meios fisicosMeios fisicos
Meios fisicos
sharik27
 
2 ficehiro
2 ficehiro2 ficehiro
2 ficehiro
sharik27
 
2009 09 21 Cablagem
2009 09 21 Cablagem2009 09 21 Cablagem
2009 09 21 Cablagem
Fernando de Sá
 
Conctividade
ConctividadeConctividade
Conctividade
rodrigo souza
 
FIBRA ÓPTICA
FIBRA ÓPTICA FIBRA ÓPTICA
FIBRA ÓPTICA
WELLINGTON MARTINS
 

Semelhante a Cablagem de rede (20)

Meios fisicos de transmissao
Meios fisicos de transmissaoMeios fisicos de transmissao
Meios fisicos de transmissao
 
AULA DE REDES - 1.2-Cabeamento.pdf
AULA DE REDES - 1.2-Cabeamento.pdfAULA DE REDES - 1.2-Cabeamento.pdf
AULA DE REDES - 1.2-Cabeamento.pdf
 
9948 – Redes e protocolos multimédia.pptx
9948 – Redes e protocolos multimédia.pptx9948 – Redes e protocolos multimédia.pptx
9948 – Redes e protocolos multimédia.pptx
 
Apresentacao ac -_redes
Apresentacao ac -_redesApresentacao ac -_redes
Apresentacao ac -_redes
 
Apresentacao ac -_redes
Apresentacao ac -_redesApresentacao ac -_redes
Apresentacao ac -_redes
 
Apresentação meios físicos
Apresentação meios físicosApresentação meios físicos
Apresentação meios físicos
 
Cabeamento de redes
Cabeamento de redesCabeamento de redes
Cabeamento de redes
 
Cabeamentos e conectores
Cabeamentos e conectores Cabeamentos e conectores
Cabeamentos e conectores
 
Tecnologias Atuais de Redes - Aula 2 - Redes Sem Fio [Apostila]
Tecnologias Atuais de Redes - Aula 2 - Redes Sem Fio [Apostila]Tecnologias Atuais de Redes - Aula 2 - Redes Sem Fio [Apostila]
Tecnologias Atuais de Redes - Aula 2 - Redes Sem Fio [Apostila]
 
Redes sem fios power point
Redes sem fios power pointRedes sem fios power point
Redes sem fios power point
 
Wireless - Aula 3
Wireless - Aula 3Wireless - Aula 3
Wireless - Aula 3
 
Trabalho final de ipd
Trabalho final de ipdTrabalho final de ipd
Trabalho final de ipd
 
Meios de transmissao
Meios de transmissaoMeios de transmissao
Meios de transmissao
 
Cabos conectores
Cabos conectoresCabos conectores
Cabos conectores
 
Tipos de cabos
Tipos de cabosTipos de cabos
Tipos de cabos
 
Meios fisicos
Meios fisicosMeios fisicos
Meios fisicos
 
2 ficehiro
2 ficehiro2 ficehiro
2 ficehiro
 
2009 09 21 Cablagem
2009 09 21 Cablagem2009 09 21 Cablagem
2009 09 21 Cablagem
 
Conctividade
ConctividadeConctividade
Conctividade
 
FIBRA ÓPTICA
FIBRA ÓPTICA FIBRA ÓPTICA
FIBRA ÓPTICA
 

Cablagem de rede

  • 1. Linemer Julio André Escola Secundária de Sacavém – 11 IG (Informática de Gestão)
  • 2. Apresentação Para que seja possível a transmissão de dados numa rede, tem que existir algum meio físico de transmissão do sinal. Dentro dos meios de transmissão de sinais existentes podemos considerar a utilização de cabos de cobre, cabos de fibra óptica ou transmissões sem fios. (retirado do enunciado)
  • 3. Continuação (Apresentação) E para existir uma rede de computadores tem que haver duas ou mais máquinas e outros dispositivos conectados entre si de modo a poderem partilhar os seus serviços, que podem ser: dados, impressoras, e-mails, etc. Um exemplo bem obvio é por onde estamos a pesquisar toda a informação deste trabalho, a Internet que é um grande sistema de comunicação que conecta muitas redes de computadores…
  • 4. Cabos UTP O conector RJ45 é utilizado em redes com padrão Ethernet (cabo UTP). O cabo é dividido em 8 pequenos fios que são cravados ao conector.
  • 5. Este é sem duvida o cabo mais utilizado nas redes. O cabo UTP é de fácil manutenção, instalação e permite taxas de transmissão até 100 Mbps com a utilização do cabo CAT-5, que é usado normalmente tanto nas redes domésticas como nas grandes redes industriais. (segundo pesquisa no Google) Serve para ligar o computador a uma rede, a um switch, modem, ou router… Vamos ver as categorias deste cabo:
  • 6.  
  • 7. Cabo de Par Trançado e com blindagem O par trançado é também chamado de 10BaseT ou de 100BaseT, dependendo da taxa de transferência da rede, se é de 10 Mbps ou de 100 Mbps.
  • 8. Resumindo: As vantagens que o cabo tem são: É de Fácil instalação É Barato E é de Instalação flexível As desvantagens que o cabo tem são: Cabo curto (máximo de 100 metros) Tem Interferência eletromagnética
  • 9. Como se crava o cabo? Ver vídeo aqui
  • 10. Cabo RJ 11 Existe também o cabo RJ11 que serve para ligar o modem a linhas ADSL ou o telefone por linha VOIP ou Analógica, o RJ11 consegue chegar a uma velocidade de 24 megas (internet ADSL SAPO).
  • 11. Fibra Óptica A fibra óptica é um pedaço de vidro muito fino (parecido com o diâmetro de um cabelo, com capacidade de transmitir luz, e não impulsos eléctricos. A interligação de fibras ópticas é bastante mais complicada do que p para cabos de cobre. Transmite dados a uma alta velocidade Existe hoje a transferência de dados já a 10 GB por segundo
  • 12. A transmissão da luz pela fibra segue um princípio único, independentemente do material usado ou da aplicação: é lançado um feixe de luz numa extremidade da fibra e, pelas características ópticas do meio (fibra), esse feixe percorre a fibra por meio de reflexões sucessivas.
  • 14. Conectores… A interligação de fibras recorre a um encaixe fêmea duplo que garante o encosto perfeito entre os cilindros das fichas macho, para a luz passar directa de um lado para o outro e assim sucessivamente…
  • 15. Vários tipos de conectores
  • 16.  
  • 17. Vantagens e Desvantagens Vantagens: Muita velocidade (banda de internet) Existe Isolamento eléctrico O cabo pode ser muito longo Existe uma alta eficiência de transferência de dados Desvantagens: É muito cara Difícil de instalar Parte-se com facilidade Difícil de ser reparado (consoante os casos)
  • 18. Fusão de fibra óptica Ver vídeo aqui:
  • 20. Cabo Coaxial O cabo coaxial é um tipo de cabo condutor usado para transmitir sinais eléctricos. O cabo coaxial é constituído por dois fios de cobre, um mais grosso que é o nucleo e outro mais fino, revestido por um material isolante e rodeado com uma blindagem. Este meio permite transmissões até frequências muito elevadas e isto para longas distâncias.
  • 22. Os cabos coaxiais geralmente são usados em múltiplas aplicações deste, tv, áudio, internet... A velocidade de transmissão é bastante elevada devido a tolerância aos ruídos graças à malha de proteção desses cabos. Pode ir até 300 Megas por segundo .
  • 23. Vantagens e Desvantagens Vantagens: Baixo Custo de manutenção Fácil de Instalar e conectar Maior resistencia ao ruído. Desvantagens: Limitado em distância e tecnologia Pouca segurança. Facilmente danificável. Difícil manipulação
  • 24. Conectar um cabo coaxial Ver aqui o vídeo:
  • 25. Redes Sem Fios Uma rede sem fios refere-se a uma rede de computadores sem a necessidade do uso de cabos. Existem várias redes sem fios como por exemplo: Wireless (mais utilizada) Bluetooth (mais utilizada em telemóveis) Infravermelhos( mais utilizada em comandos de tv)
  • 26. Wireless Wireless LAN ou WLAN (Wireless Local Area Network) é uma rede local que usa ondas de rádio para fazer uma conexão Internet ou a uma rede.
  • 27. Vantagens e Desvantagens Vantagens: Flexibilidade Facilidade. Redução do custo agregado vantagens como: melhor utilização dos investimentos em tecnologias existentes como laptops, rede de dados e voz, aplicativos, agilidade nas respostas aos clientes. Diversas topologias Desvantagens: Qualidade de serviço: a qualidade do serviço provido ainda é menor que a das redes cabeadas. Custo: o preço dos equipamentos de Redes sem Fio é mais alto que os equivalentes em redes cabeadas. Segurança Baixa transferência de dados: embora a taxa de transmissão das Redes sem Fio esteja crescendo rapidamente, ela ainda é muito baixa se comparada com as redes cabeadas.
  • 28. Padrões Existem os Padrões: Padrão 802.11 b - tem uma largura de banda até 11 Mbps e um alcance aproximado de 35 metros. Padrão 802.11 g - tem uma largura de banda até 54 Mbps e um alcance aproximado de 38 metros. Padrão 802.11 n - tem uma largura de banda até aos 300 Mbps e um alcançe de 70 metros.
  • 29. Bluetooth Bluetooth é uma tecnologia para a comunicação sem fio entre dispositivos eletrônicos a curtas distâncias.(normalmente 10 metros). É utilizada maioritariamente para ligar telemóveis a pc, ou telemóvel a telemóvel. Bluetooth é um protocolo padrão de comunicação primariamente projetado para baixo consumo de energia com baixo alcance.
  • 30. Os dispositivos usam um sistema de comunicação via rádio, por isso não necessitam estar na linha de visão um do outro. Existem várias classes e versões: Classe Potência máxima permitida (mW/dBm) Alcance (Aproximadamente) Classe 1 100 mW (20 dBm) até 100 metros Classe 2 2.5 mW (4 dBm) até 10 metros Classe 3 1 mW (0 dBm) ~ 1 metro (quadros retirados da wikipédia)
  • 31. Infravermelhos Os infravermelhos não são vistos pelo olho humano. Uma grande parte dos telecomandos funciona hoje com infravermelhos, e também alguns telemóveis (mais antigos). Trás mais desvantagens do que vantagens: Se tapamos a linha de visão com um pano (por exemplo) a ligação não se estabelece. Transfere a poucos megas por segundo (lento). Trás vantagem é para as televisões para mudar de canal.
  • 32.