SlideShare uma empresa Scribd logo
Passivo Exigível e Patrimônio Líquido
Módulo 4 Parte 2
INTRODUÇÃO AO
BALANÇO PATRIMONIAL
Lei 6404/76, Lei 11.638/07, Lei 11.941/09 e CPC 26
PASSIVO NA LEI 6404/76
Artigo 178 . § 2º No passivo, as contas serão
classificadas nos seguintes grupos:
“I — Passivo circulante; (Incluído pela Lei n. 11.941, de
2009)
II — Passivo não circulante; e (Incluído pela Lei n.
11.941, de 2009)
III — Patrimônio líquido, dividido em capital social,
reservas de capital, ajustes de avaliação patrimonial,
reservas de lucros, ações em tesouraria e prejuízos
acumulados. (Incluído pela Lei n. 11.941, de 2009).”
Balanço Patrimonial
AC
Ativo Circulante
PL
(PATRIMÔNIO LÍQUIDO)
PC
Passivo Circulante
ANC
Ativo Não Circulante
PNC
Passivo Não Circulante
ATIVO PASSIVO Mais
Exigível
Menos
Exigível
PASSIVO NA LEI 6404/76
Art. 180. As obrigações da companhia, inclusive
financiamentos para aquisição de direitos do
ativo não circulante, serão classificadas no
passivo circulante, quando se vencerem no
exercício seguinte, e no passivo não circulante, se
tiverem vencimento em prazo maior, observado o
disposto no parágrafo único do art. 179 desta Lei.
(Redação dada pela Lei nº 11.941, de 2009)
O Passivo deve ser classificado como circulante quando
satisfizer quaisquer dos seguintes critérios:
(CPC 26 (R1) Item 69):
(a) espera-se que seja liquidado durante o ciclo operacional
normal da entidade;
(b) estiver mantido essencialmente para a finalidade de ser
negociado;
(c) deve ser liquidado no período de até 12 meses após a data
do balanço; ou
(d) a entidade não tiver direito incondicional de diferir a
liquidação do Passivo durante pelo menos 12 meses após a
data do balanço.
Todos os outros Passivos devem ser classificados como não
circulantes.
REPRESENTAÇÃO GRAFICA DO
PATRIMÔNIO
 Abertura da Empresa
 Operação Normal com Lucro
 Após um ou mais Prejuízos
 Pré-falimentar
 Última Fase Após do Processo Falimentar
1. (TRE-PA/ FCC/2009) As contas do
Passivo são apresentadas no Balanço
Patrimonial de acordo com a ordem
a) crescente de relevância.
b) crescente de liquidez.
c) decrescente de liquidez.
d) crescente de exigibilidade.
e) decrescente de exigibilidade.
2. (CFC/Técnico/2004) A obtenção de
financiamento de longo prazo para as
operações da empresa representa:
a) Aplicação de recursos.
b) Aumento do Passivo Circulante.
c) Origem de recursos.
d)Redução do Capital Circulante Líquido.
3. (TJ-PI/FCC/2009) A contabilização de
uma receita pela entidade implica,
necessariamente,
a) aumento do Ativo.
b) aumento do Passivo.
c) aumento do Patrimônio Líquido.
d) diminuição do Passivo.
e) diminuição do Patrimônio Líquido.
4. (Téc. Contab. Jr./CESGRANRIO/2012) Uma
sociedade anônima de capital fechado apresentou os
seguintes dados referentes ao exercício social findo
em 31/01/2012:
Capital subscrito 6.000,00.
Capital realizado 3.500,00.
Reserva legal 500,00.
Reserva de lucros a realizar 1.500,00.
Considerando exclusivamente as informações recebidas,
o patrimônio líquido dessa sociedade em 31/01/2012, em
reais, é de:
a) 8.000,00. b)5.500,00.
c) 4.500,00. d)3.500,00.
e) 2.500,00.
5. (Contador Jr./Petrobras/CESGRANRIO/2011) A legislação
societária, atualizada até 2009, determina que o grupo
denominado Patrimônio Líquido seja composto dos seguintes
subgrupos de contas:
a) Capital social, reservas de capital, reservas de lucro, ações em
tesouraria e lucros ou prejuízos acumulados.
b) Capital social, posição dos minoritários, reservas de capital,
reservas de lucros, ajuste de avaliação patrimonial e lucros ou
prejuízos acumulados.
c) Capital social, reserva de capital, ajustes de avaliação patrimonial,
reservas de lucros, ações em tesouraria e prejuízos acumulados.
d) Capital social, resultado de exercícios futuros, reservas de capital,
reservas de lucros, reservas de reavaliação e prejuízos acumulados.
e) Capital realizado, capital a integralizar, reservas de reavaliação,
reservas de capital, reservas de lucros e lucros ou prejuízos
acumulados.
6. (SEFAZ-SP/FCC/2009) A empresa Inova S.A. realizou
aumento de capital para entrada de um novo sócio
que alugava o prédio da sede para a empresa. O valor
do aumento de capital foi de R$ 1.100.000, sendo R$
1.000.000 integralizado com o imóvel e o restante em
dinheiro. Esse evento tem como consequência um
lançamento de
a) crédito em Capital Social.
b) débito no Patrimônio Líquido.
c) crédito em Compensação.
d) débito no Intangível.
e) crédito no Disponível.
7. (Termo Macaé/CESGRANRIO/2009) Três pessoas
resolvem abrir uma sociedade por quotas de
responsabilidade limitada e concordam em entregar,
cada uma, R$ 100.000, a título de subscrição das
quotas dessa sociedade. Quinze dias depois, cada
sócio entrega à sociedade, em dinheiro, o valor de R$
70.000.
Considerando exclusivamente essas informações, é
correto afirmar que o
a) ativo total da sociedade é de R$ 300.000.
b) capital de terceiros da sociedade é de R$ 90.000.
c) capital social da sociedade é de R$ 100.000.
d) capital a integralizar da sociedade é de R$ 90.000.
e) capital próprio da sociedade é de R$ 170.000.
8. (TCE-SP/FCC/2012) É correto afirmar que
a) o valor dos débitos escriturados nas contas pode
exceder o dos créditos, utilizando-se o método das
partidas dobradas na escrituração comercial, se a
entidade apresentar lucro no exercício respectivo.
b) o valor registrado no patrimônio líquido de uma
companhia nunca pode ser superior ao valor total de seus
ativos.
c) é impossível que o valor do patrimônio líquido de uma
entidade com fins lucrativos seja negativo.
d) as contas do passivo, na escrituração contábil regular,
aumentam por débito e diminuem por crédito.
e) o livro Diário e o livro Caixa são de escrituração
obrigatória, de acordo com o disposto na legislação
comercial.
9. (AFRFB/ESAF/2002) A empresa Carnes & Frutas S/A, em 30 de
agosto de 2000, obteve um financiamento em cinco parcelas
semestrais iguais de R$ 3.000,00 e repassou, por R$ 20.000,00, uma
de suas máquinas, dividindo o crédito em 10 parcelas bimestrais.
Todos os encargos foram embutidos nas respectivas parcelas e não
se verificou nenhum atraso nas quitações.
Devedores e credores admitem compensar débitos e créditos dessas
operações em 2002, mas só o farão à época própria, cabendo à
empresa dar ou receber a quitação restante.
Em decorrência desses fatos, se observarmos o balanço de fim de
exercício, elaborado com data de 31.12.00, certamente vamos
encontrar
a) valores a receber a curto prazo R$ 16.000,00.
b) valores a receber a longo prazo R$ 4.000,00.
c) valores a pagar a curto prazo R$ 7.000,00.
d) valores a pagar a longo prazo R$ 13.000,00.
e) saldo a compensar a longo prazo R$ 2.000,00.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

6033 questoes objetivas
6033 questoes objetivas6033 questoes objetivas
6033 questoes objetivas
Marcello Noronha
 
Balancetes e razonetes cap 05
Balancetes e razonetes cap 05Balancetes e razonetes cap 05
Balancetes e razonetes cap 05
zeramento contabil
 
Exercicios contabeis 01
Exercicios contabeis 01Exercicios contabeis 01
Exercicios contabeis 01
zeramento contabil
 
Demostração financeiras questôes
Demostração financeiras questôesDemostração financeiras questôes
Demostração financeiras questôes
Danielvitor1010
 
Contabilidade geral exerc 7
Contabilidade geral exerc 7Contabilidade geral exerc 7
Contabilidade geral exerc 7
J M
 
Escrituracao
EscrituracaoEscrituracao
Escrituracao
simuladocontabil
 
Exercicios resolvidos contabilidade aula 05
Exercicios resolvidos contabilidade   aula 05Exercicios resolvidos contabilidade   aula 05
Exercicios resolvidos contabilidade aula 05
contacontabil
 
Apostila contabilidade geral 133 exercicios resolvidos
Apostila contabilidade geral 133 exercicios resolvidosApostila contabilidade geral 133 exercicios resolvidos
Apostila contabilidade geral 133 exercicios resolvidos
dudu_rosa
 
Caderno de-exercicios-contab-ii
Caderno de-exercicios-contab-iiCaderno de-exercicios-contab-ii
Caderno de-exercicios-contab-ii
Daniele Lopes de Souza
 
Contabilidade geral ii exercicios cap 1_depreciacao
Contabilidade geral ii exercicios cap 1_depreciacaoContabilidade geral ii exercicios cap 1_depreciacao
Contabilidade geral ii exercicios cap 1_depreciacao
capitulocontabil
 
Exercicios contabilidade gabarito resolucao
Exercicios contabilidade gabarito resolucaoExercicios contabilidade gabarito resolucao
Exercicios contabilidade gabarito resolucao
capitulocontabil
 
Correção Prova de Contabilidade p/ Julgador Sefaz-PE
Correção Prova de Contabilidade p/ Julgador Sefaz-PECorreção Prova de Contabilidade p/ Julgador Sefaz-PE
Correção Prova de Contabilidade p/ Julgador Sefaz-PE
Estratégia Concursos
 
Aula 05 balanço patrimonial - grupo de contas
Aula 05   balanço patrimonial - grupo de contasAula 05   balanço patrimonial - grupo de contas
Aula 05 balanço patrimonial - grupo de contas
Raul Alberto
 
Exercicios contabeis 02
Exercicios contabeis 02Exercicios contabeis 02
Exercicios contabeis 02
zeramento contabil
 
1000 exercicios de contabilidade com gabarito
1000 exercicios de contabilidade com gabarito1000 exercicios de contabilidade com gabarito
1000 exercicios de contabilidade com gabarito
Nelio019
 
Classifique os custos 05
Classifique os custos 05Classifique os custos 05
Classifique os custos 05
zeramento contabil
 
Exercicios contabilidade exercicioscap 2
Exercicios contabilidade exercicioscap 2Exercicios contabilidade exercicioscap 2
Exercicios contabilidade exercicioscap 2
capitulocontabil
 
Encerramento exercicios
Encerramento exerciciosEncerramento exercicios
Encerramento exercicios
zeramento contabil
 
Contabilidade para não contadores
Contabilidade para não contadoresContabilidade para não contadores
Contabilidade para não contadores
B&R Consultoria Empresarial
 
Lancamentos contabeis 28 tipos-parte2
Lancamentos contabeis 28 tipos-parte2Lancamentos contabeis 28 tipos-parte2
Lancamentos contabeis 28 tipos-parte2
zeramento contabil
 

Mais procurados (20)

6033 questoes objetivas
6033 questoes objetivas6033 questoes objetivas
6033 questoes objetivas
 
Balancetes e razonetes cap 05
Balancetes e razonetes cap 05Balancetes e razonetes cap 05
Balancetes e razonetes cap 05
 
Exercicios contabeis 01
Exercicios contabeis 01Exercicios contabeis 01
Exercicios contabeis 01
 
Demostração financeiras questôes
Demostração financeiras questôesDemostração financeiras questôes
Demostração financeiras questôes
 
Contabilidade geral exerc 7
Contabilidade geral exerc 7Contabilidade geral exerc 7
Contabilidade geral exerc 7
 
Escrituracao
EscrituracaoEscrituracao
Escrituracao
 
Exercicios resolvidos contabilidade aula 05
Exercicios resolvidos contabilidade   aula 05Exercicios resolvidos contabilidade   aula 05
Exercicios resolvidos contabilidade aula 05
 
Apostila contabilidade geral 133 exercicios resolvidos
Apostila contabilidade geral 133 exercicios resolvidosApostila contabilidade geral 133 exercicios resolvidos
Apostila contabilidade geral 133 exercicios resolvidos
 
Caderno de-exercicios-contab-ii
Caderno de-exercicios-contab-iiCaderno de-exercicios-contab-ii
Caderno de-exercicios-contab-ii
 
Contabilidade geral ii exercicios cap 1_depreciacao
Contabilidade geral ii exercicios cap 1_depreciacaoContabilidade geral ii exercicios cap 1_depreciacao
Contabilidade geral ii exercicios cap 1_depreciacao
 
Exercicios contabilidade gabarito resolucao
Exercicios contabilidade gabarito resolucaoExercicios contabilidade gabarito resolucao
Exercicios contabilidade gabarito resolucao
 
Correção Prova de Contabilidade p/ Julgador Sefaz-PE
Correção Prova de Contabilidade p/ Julgador Sefaz-PECorreção Prova de Contabilidade p/ Julgador Sefaz-PE
Correção Prova de Contabilidade p/ Julgador Sefaz-PE
 
Aula 05 balanço patrimonial - grupo de contas
Aula 05   balanço patrimonial - grupo de contasAula 05   balanço patrimonial - grupo de contas
Aula 05 balanço patrimonial - grupo de contas
 
Exercicios contabeis 02
Exercicios contabeis 02Exercicios contabeis 02
Exercicios contabeis 02
 
1000 exercicios de contabilidade com gabarito
1000 exercicios de contabilidade com gabarito1000 exercicios de contabilidade com gabarito
1000 exercicios de contabilidade com gabarito
 
Classifique os custos 05
Classifique os custos 05Classifique os custos 05
Classifique os custos 05
 
Exercicios contabilidade exercicioscap 2
Exercicios contabilidade exercicioscap 2Exercicios contabilidade exercicioscap 2
Exercicios contabilidade exercicioscap 2
 
Encerramento exercicios
Encerramento exerciciosEncerramento exercicios
Encerramento exercicios
 
Contabilidade para não contadores
Contabilidade para não contadoresContabilidade para não contadores
Contabilidade para não contadores
 
Lancamentos contabeis 28 tipos-parte2
Lancamentos contabeis 28 tipos-parte2Lancamentos contabeis 28 tipos-parte2
Lancamentos contabeis 28 tipos-parte2
 

Semelhante a Balanço patrimonial passivo e pl vf lfg

A2 cco6 laboratorio_de_gestao_contabil_tema_1_impressao
A2 cco6 laboratorio_de_gestao_contabil_tema_1_impressaoA2 cco6 laboratorio_de_gestao_contabil_tema_1_impressao
A2 cco6 laboratorio_de_gestao_contabil_tema_1_impressao
Roberta Faria
 
Aula 19 contabilidade
Aula 19 contabilidadeAula 19 contabilidade
Aula 19 contabilidade
contacontabil
 
Aula i - ate-fiscal-ms-prof. onei f. savioli
Aula   i - ate-fiscal-ms-prof. onei f. savioliAula   i - ate-fiscal-ms-prof. onei f. savioli
Aula i - ate-fiscal-ms-prof. onei f. savioli
Neon Online
 
Aula I - ate-fiscal-ms-prof. onei f. savioli
Aula   I - ate-fiscal-ms-prof. onei f. savioliAula   I - ate-fiscal-ms-prof. onei f. savioli
Aula I - ate-fiscal-ms-prof. onei f. savioli
Neon Online
 
Contabilidade i exercício 09 - re balancete razonete
Contabilidade i   exercício 09 - re balancete razoneteContabilidade i   exercício 09 - re balancete razonete
Contabilidade i exercício 09 - re balancete razonete
apostilacontabil
 
Icms sp fcc_claudio_cardoso_contabilidade_geral_avancada_exercicios_lista_02
Icms sp fcc_claudio_cardoso_contabilidade_geral_avancada_exercicios_lista_02Icms sp fcc_claudio_cardoso_contabilidade_geral_avancada_exercicios_lista_02
Icms sp fcc_claudio_cardoso_contabilidade_geral_avancada_exercicios_lista_02
Cleidinea Andrade
 
Demonstracoes contabeis
Demonstracoes contabeisDemonstracoes contabeis
Demonstracoes contabeis
apostilacontabil
 
Gabarito das questões contabilidade geral e avançada
Gabarito das questões contabilidade geral e avançada Gabarito das questões contabilidade geral e avançada
Gabarito das questões contabilidade geral e avançada
GJ MARKETING DIGITAL
 
Simulado ate fiscal-contabil
Simulado ate fiscal-contabilSimulado ate fiscal-contabil
Simulado ate fiscal-contabil
Neon Online
 
Doka multipla escolha m4 ga
Doka multipla escolha m4 gaDoka multipla escolha m4 ga
Doka multipla escolha m4 ga
André Luiz Garcia
 
Depreciação resolução comentada
Depreciação resolução comentadaDepreciação resolução comentada
Depreciação resolução comentada
simuladocontabil
 
Recurso%20 Iss Rj
Recurso%20 Iss RjRecurso%20 Iss Rj
Recurso%20 Iss Rj
Decio Ramires
 
Questões de contabilidade para concursos !!!
Questões de contabilidade para concursos !!!Questões de contabilidade para concursos !!!
Questões de contabilidade para concursos !!!
GJ MARKETING DIGITAL
 
Apostila contabilidade avancada
Apostila contabilidade avancadaApostila contabilidade avancada
Apostila contabilidade avancada
simuladocontabil
 
Exercicio
ExercicioExercicio
Exercicio
danielaela
 
Contabilidade Básica
Contabilidade BásicaContabilidade Básica
Contabilidade Básica
André Faria Gomes
 
Apostila contabilidade avancada
Apostila contabilidade avancadaApostila contabilidade avancada
Apostila contabilidade avancada
zeramento contabil
 
Aula 1 - Contabilidade Societária II.pptx
Aula 1 - Contabilidade Societária II.pptxAula 1 - Contabilidade Societária II.pptx
Aula 1 - Contabilidade Societária II.pptx
SheilaCortes2
 
Contabilidade geral
Contabilidade geralContabilidade geral
Contabilidade geral
zeramento contabil
 
Recurso iss rj
Recurso iss rjRecurso iss rj
Recurso iss rj
zeramento contabil
 

Semelhante a Balanço patrimonial passivo e pl vf lfg (20)

A2 cco6 laboratorio_de_gestao_contabil_tema_1_impressao
A2 cco6 laboratorio_de_gestao_contabil_tema_1_impressaoA2 cco6 laboratorio_de_gestao_contabil_tema_1_impressao
A2 cco6 laboratorio_de_gestao_contabil_tema_1_impressao
 
Aula 19 contabilidade
Aula 19 contabilidadeAula 19 contabilidade
Aula 19 contabilidade
 
Aula i - ate-fiscal-ms-prof. onei f. savioli
Aula   i - ate-fiscal-ms-prof. onei f. savioliAula   i - ate-fiscal-ms-prof. onei f. savioli
Aula i - ate-fiscal-ms-prof. onei f. savioli
 
Aula I - ate-fiscal-ms-prof. onei f. savioli
Aula   I - ate-fiscal-ms-prof. onei f. savioliAula   I - ate-fiscal-ms-prof. onei f. savioli
Aula I - ate-fiscal-ms-prof. onei f. savioli
 
Contabilidade i exercício 09 - re balancete razonete
Contabilidade i   exercício 09 - re balancete razoneteContabilidade i   exercício 09 - re balancete razonete
Contabilidade i exercício 09 - re balancete razonete
 
Icms sp fcc_claudio_cardoso_contabilidade_geral_avancada_exercicios_lista_02
Icms sp fcc_claudio_cardoso_contabilidade_geral_avancada_exercicios_lista_02Icms sp fcc_claudio_cardoso_contabilidade_geral_avancada_exercicios_lista_02
Icms sp fcc_claudio_cardoso_contabilidade_geral_avancada_exercicios_lista_02
 
Demonstracoes contabeis
Demonstracoes contabeisDemonstracoes contabeis
Demonstracoes contabeis
 
Gabarito das questões contabilidade geral e avançada
Gabarito das questões contabilidade geral e avançada Gabarito das questões contabilidade geral e avançada
Gabarito das questões contabilidade geral e avançada
 
Simulado ate fiscal-contabil
Simulado ate fiscal-contabilSimulado ate fiscal-contabil
Simulado ate fiscal-contabil
 
Doka multipla escolha m4 ga
Doka multipla escolha m4 gaDoka multipla escolha m4 ga
Doka multipla escolha m4 ga
 
Depreciação resolução comentada
Depreciação resolução comentadaDepreciação resolução comentada
Depreciação resolução comentada
 
Recurso%20 Iss Rj
Recurso%20 Iss RjRecurso%20 Iss Rj
Recurso%20 Iss Rj
 
Questões de contabilidade para concursos !!!
Questões de contabilidade para concursos !!!Questões de contabilidade para concursos !!!
Questões de contabilidade para concursos !!!
 
Apostila contabilidade avancada
Apostila contabilidade avancadaApostila contabilidade avancada
Apostila contabilidade avancada
 
Exercicio
ExercicioExercicio
Exercicio
 
Contabilidade Básica
Contabilidade BásicaContabilidade Básica
Contabilidade Básica
 
Apostila contabilidade avancada
Apostila contabilidade avancadaApostila contabilidade avancada
Apostila contabilidade avancada
 
Aula 1 - Contabilidade Societária II.pptx
Aula 1 - Contabilidade Societária II.pptxAula 1 - Contabilidade Societária II.pptx
Aula 1 - Contabilidade Societária II.pptx
 
Contabilidade geral
Contabilidade geralContabilidade geral
Contabilidade geral
 
Recurso iss rj
Recurso iss rjRecurso iss rj
Recurso iss rj
 

Último

- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
soaresdesouzaamanda8
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 

Último (20)

- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 

Balanço patrimonial passivo e pl vf lfg

  • 1.
  • 2. Passivo Exigível e Patrimônio Líquido Módulo 4 Parte 2 INTRODUÇÃO AO BALANÇO PATRIMONIAL Lei 6404/76, Lei 11.638/07, Lei 11.941/09 e CPC 26
  • 3. PASSIVO NA LEI 6404/76 Artigo 178 . § 2º No passivo, as contas serão classificadas nos seguintes grupos: “I — Passivo circulante; (Incluído pela Lei n. 11.941, de 2009) II — Passivo não circulante; e (Incluído pela Lei n. 11.941, de 2009) III — Patrimônio líquido, dividido em capital social, reservas de capital, ajustes de avaliação patrimonial, reservas de lucros, ações em tesouraria e prejuízos acumulados. (Incluído pela Lei n. 11.941, de 2009).”
  • 4. Balanço Patrimonial AC Ativo Circulante PL (PATRIMÔNIO LÍQUIDO) PC Passivo Circulante ANC Ativo Não Circulante PNC Passivo Não Circulante ATIVO PASSIVO Mais Exigível Menos Exigível
  • 5. PASSIVO NA LEI 6404/76 Art. 180. As obrigações da companhia, inclusive financiamentos para aquisição de direitos do ativo não circulante, serão classificadas no passivo circulante, quando se vencerem no exercício seguinte, e no passivo não circulante, se tiverem vencimento em prazo maior, observado o disposto no parágrafo único do art. 179 desta Lei. (Redação dada pela Lei nº 11.941, de 2009)
  • 6. O Passivo deve ser classificado como circulante quando satisfizer quaisquer dos seguintes critérios: (CPC 26 (R1) Item 69): (a) espera-se que seja liquidado durante o ciclo operacional normal da entidade; (b) estiver mantido essencialmente para a finalidade de ser negociado; (c) deve ser liquidado no período de até 12 meses após a data do balanço; ou (d) a entidade não tiver direito incondicional de diferir a liquidação do Passivo durante pelo menos 12 meses após a data do balanço. Todos os outros Passivos devem ser classificados como não circulantes.
  • 7. REPRESENTAÇÃO GRAFICA DO PATRIMÔNIO  Abertura da Empresa  Operação Normal com Lucro  Após um ou mais Prejuízos  Pré-falimentar  Última Fase Após do Processo Falimentar
  • 8. 1. (TRE-PA/ FCC/2009) As contas do Passivo são apresentadas no Balanço Patrimonial de acordo com a ordem a) crescente de relevância. b) crescente de liquidez. c) decrescente de liquidez. d) crescente de exigibilidade. e) decrescente de exigibilidade.
  • 9. 2. (CFC/Técnico/2004) A obtenção de financiamento de longo prazo para as operações da empresa representa: a) Aplicação de recursos. b) Aumento do Passivo Circulante. c) Origem de recursos. d)Redução do Capital Circulante Líquido.
  • 10. 3. (TJ-PI/FCC/2009) A contabilização de uma receita pela entidade implica, necessariamente, a) aumento do Ativo. b) aumento do Passivo. c) aumento do Patrimônio Líquido. d) diminuição do Passivo. e) diminuição do Patrimônio Líquido.
  • 11. 4. (Téc. Contab. Jr./CESGRANRIO/2012) Uma sociedade anônima de capital fechado apresentou os seguintes dados referentes ao exercício social findo em 31/01/2012: Capital subscrito 6.000,00. Capital realizado 3.500,00. Reserva legal 500,00. Reserva de lucros a realizar 1.500,00. Considerando exclusivamente as informações recebidas, o patrimônio líquido dessa sociedade em 31/01/2012, em reais, é de: a) 8.000,00. b)5.500,00. c) 4.500,00. d)3.500,00. e) 2.500,00.
  • 12. 5. (Contador Jr./Petrobras/CESGRANRIO/2011) A legislação societária, atualizada até 2009, determina que o grupo denominado Patrimônio Líquido seja composto dos seguintes subgrupos de contas: a) Capital social, reservas de capital, reservas de lucro, ações em tesouraria e lucros ou prejuízos acumulados. b) Capital social, posição dos minoritários, reservas de capital, reservas de lucros, ajuste de avaliação patrimonial e lucros ou prejuízos acumulados. c) Capital social, reserva de capital, ajustes de avaliação patrimonial, reservas de lucros, ações em tesouraria e prejuízos acumulados. d) Capital social, resultado de exercícios futuros, reservas de capital, reservas de lucros, reservas de reavaliação e prejuízos acumulados. e) Capital realizado, capital a integralizar, reservas de reavaliação, reservas de capital, reservas de lucros e lucros ou prejuízos acumulados.
  • 13. 6. (SEFAZ-SP/FCC/2009) A empresa Inova S.A. realizou aumento de capital para entrada de um novo sócio que alugava o prédio da sede para a empresa. O valor do aumento de capital foi de R$ 1.100.000, sendo R$ 1.000.000 integralizado com o imóvel e o restante em dinheiro. Esse evento tem como consequência um lançamento de a) crédito em Capital Social. b) débito no Patrimônio Líquido. c) crédito em Compensação. d) débito no Intangível. e) crédito no Disponível.
  • 14. 7. (Termo Macaé/CESGRANRIO/2009) Três pessoas resolvem abrir uma sociedade por quotas de responsabilidade limitada e concordam em entregar, cada uma, R$ 100.000, a título de subscrição das quotas dessa sociedade. Quinze dias depois, cada sócio entrega à sociedade, em dinheiro, o valor de R$ 70.000. Considerando exclusivamente essas informações, é correto afirmar que o a) ativo total da sociedade é de R$ 300.000. b) capital de terceiros da sociedade é de R$ 90.000. c) capital social da sociedade é de R$ 100.000. d) capital a integralizar da sociedade é de R$ 90.000. e) capital próprio da sociedade é de R$ 170.000.
  • 15. 8. (TCE-SP/FCC/2012) É correto afirmar que a) o valor dos débitos escriturados nas contas pode exceder o dos créditos, utilizando-se o método das partidas dobradas na escrituração comercial, se a entidade apresentar lucro no exercício respectivo. b) o valor registrado no patrimônio líquido de uma companhia nunca pode ser superior ao valor total de seus ativos. c) é impossível que o valor do patrimônio líquido de uma entidade com fins lucrativos seja negativo. d) as contas do passivo, na escrituração contábil regular, aumentam por débito e diminuem por crédito. e) o livro Diário e o livro Caixa são de escrituração obrigatória, de acordo com o disposto na legislação comercial.
  • 16. 9. (AFRFB/ESAF/2002) A empresa Carnes & Frutas S/A, em 30 de agosto de 2000, obteve um financiamento em cinco parcelas semestrais iguais de R$ 3.000,00 e repassou, por R$ 20.000,00, uma de suas máquinas, dividindo o crédito em 10 parcelas bimestrais. Todos os encargos foram embutidos nas respectivas parcelas e não se verificou nenhum atraso nas quitações. Devedores e credores admitem compensar débitos e créditos dessas operações em 2002, mas só o farão à época própria, cabendo à empresa dar ou receber a quitação restante. Em decorrência desses fatos, se observarmos o balanço de fim de exercício, elaborado com data de 31.12.00, certamente vamos encontrar a) valores a receber a curto prazo R$ 16.000,00. b) valores a receber a longo prazo R$ 4.000,00. c) valores a pagar a curto prazo R$ 7.000,00. d) valores a pagar a longo prazo R$ 13.000,00. e) saldo a compensar a longo prazo R$ 2.000,00.