SlideShare uma empresa Scribd logo
Introdução a Sistemas Distribuídos
Introdução a Cloud Computing
Eduardo de Lucena Falcão
Computação em Nuvem
Computação em Nuvem
Computação em Nuvem
● A ideia é que serviços básicos e essenciais são todos
entregues de uma forma transparente
● Paradigmas:
– Ideia antiga: Software como um Serviço (SaaS);
● Entrega de aplicações através da Internet.
– Recentemente: “[Hardware, Infraestrutura, Plataforma]
como um serviço”
● “X como um serviço”
Computação em Nuvem: Por que agora?
● Experiência com DataCenters muito grande:
– Economia de escala sem precedentes.
● Fatores de tecnologia:
– Internet de banda larga difundida;
– Maturidade de tecnologias de virtualização.
● Fatores de negócios:
– Custo inicial mínimo;
– Modelo de pagamento baseado no uso:
● Pay-as-you-go.
Computação em Nuvem
● Virtualização.
Computação em Nuvem
● Alto investimento inicial
● Alto custo de manutenção
● Quant. fixa de recursos
● Dificuldade de
escalabilidade
● Pagamento pelo uso
● Menor custo de
manutenção
● Escalabilidade linear
● Tolerância a falhas
● Sob demanda
Computação em Nuvem
Computação em Nuvem
● Nuvem [Buyya et al. 2009]
– É uma metáfora para a Internet ou infraestrutura de
comunicação entre os componentes arquiteturais,
baseada em uma abstração que oculta a
complexidade de infraestrutura.
Computação em Nuvem
● Evolução dos serviços e produtos de TI sob demanda:
– Utility Computing.
● Objetivo da Utility Computing:
– Fornecer os componentes básicos como:
● Armazenamento, CPUs e largura de banda de uma rede
como uma mercadoria através de provedores especializados
com um baixo custo unitário (sob demanda).
Utility Computing
● Os usuários não precisam se preocupar:
– Escalabilidade:
● A capacidade fornecida é praticamente infinita.
– Disponibilidade:
● Acesso a qualquer momento.
– Desempenho:
● Tempos de resposta são quase constantes;
– Backups:
● Responsabilidade do provedor.
Computação em Nuvem
● O NIST (National Institute of Standards and Technology)
define computação em nuvem como um paradigma em
evolução:
– Definições, casos de uso, tecnologias, problemas,
riscos e benefícios sobre nuvem serão redefinidos e
evoluirão com o tempo
● Modelo de nuvem do NIST é composto:
– Cinco características essenciais;
– Três modelos de serviço;
– Quatro modelos de implantação.
Computação em Nuvem
● Definição [NIST 2009]
– Computação em nuvem é um modelo que possibilita
acesso, de modo conveniente e sob demanda, a um
conjunto de recursos computacionais configuráveis
que podem ser rapidamente adquiridos e liberados
com mínimo esforço gerencial ou interação com o
provedor de serviços.
Modelos de Serviços
SaaS
● Software com propósito específico que está disponível por meio da
Internet;
● Acesso:
– Interface thin client: navegador web, interface de programa
(menos comum);
● Foco na inovação;
● SaaS reduz os custos;
● Exemplos de SaaS:
– CRM (Customer Relationship Management) on-line do Salesforce;
– Google Drive.
PaaS
● Infraestrutura de alto nível para implementar e testar aplicações
na nuvem;
● PaaS fornece:
– SO, ambientes de desenvolvimento, suporte à bibliotecas e
linguagens de programação, rede, etc.;
● PaaS disponibiliza ambientes escaláveis:
– Impõe limitações na concepção das aplicações;
● Exemplos de PaaS:
– Google App Engine;
– Microsoft Azure.
IaaS
● Objetivo:
– Tornar mais fácil e acessível a disponibilização de recursos:
● Servidores, rede, armazenamento.
● Virtualização
– Uso eficiente de recursos;
● Exemplos de IaaS:
– O Amazon EC2 (Elastic Cloud Computing);
– Eucalyptus;
– OpenNebula.
Modelos de Implantação
Papéis na Nuvem
Características Essenciais
● Self-service sob demanda;
● Amplo acesso;
● Pooling de recursos;
● Elasticidade rápida;
● Serviço medido.
Self-service sob Demanda
● O usuário pode adquirir unilateralmente recursos
computacionais:
– Sem precisar de interação humana com os provedores de
cada serviço;
● Servidores mais potentes, maior banda na rede, mais
armazenamento, etc.
● Hardware e o software na nuvem:
– Podem ser automaticamente reconfigurados e manipulados;
● Modificações são apresentadas de forma transparente para os
usuários com perfis diferentes.
Amplo Acesso
● Recursos são disponibilizados por meio da rede e
acessados através de mecanismos padronizados
possibilitam o uso por plataformas Thin ou Thin Client:
– Celulares, Laptops e PDAs;
● A interface de acesso a nuvem não obriga os usuários a
mudar suas condições e ambientes de trabalho.
Pooling de recursos
● Recursos computacionais do provedor são organizados em um pool
para servir múltiplos usuários:
– Modelo multi-tenant
● Diferentes recursos virtuais e físicos atribuídos e reatribuídos
dinamicamente de acordo com a demanda do usuário;
● Exemplos de recursos: armazenamento, processamento,
memória, e banda de rede;
● Transparente para o usuário:
– Podendo somente especificar a localização em um nível mais alto
de abstração:
● País, estado ou DataCenter.
Elasticidade Rápida
● Recursos podem ser adquiridos de forma rápida e elástica
– Em alguns casos automaticamente;
– Escalável com o aumento da demanda
– Liberados na retração dessa demanda
● Recursos disponíveis para uso
– Parecem ser ilimitados
– Podem ser adquiridos em qualquer quantidade e a qualquer
momento
● Virtualização
Utilização dos Recursos
Microsoft [2010]
Elasticidade na Nuvem
Microsoft [2010]
Serviço medido
● Monitoramento e controle:
– Cobrança;
– Qualidade.
● Para garantir o QoS (Quality of Service)
– Acordos de nível de serviço
● SLA (Services Level Agreement)
● O SLA tem informações sobre os níveis
– Disponibilidade, desempenho, penalidades
Referências
● Slides do Professor Flávio R. C. Sousa. “Introdução a
Cloud Computing”. Sistemas Distribuídos. Universidade
Federal do Ceará.
● Cloud Computing. NIST - National Institute of Standards
and Technology. http://www.nist.gov/itl/cloud/index.cfm
(Acessado em: abril/2013)
Dúvidas
https://sites.google.com/site/introsistemasdistribuidos/
Eduardo de Lucena Falcão
eduardolfalcao@gmail.com
@dudufalcao

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Sistemas de Gerenciamento de Conteúdo
Sistemas de Gerenciamento de ConteúdoSistemas de Gerenciamento de Conteúdo
Sistemas de Gerenciamento de Conteúdo
Tiago Celestino
 
Redes de Computadores - Aula 01
Redes de Computadores - Aula 01Redes de Computadores - Aula 01
Redes de Computadores - Aula 01
thomasdacosta
 
Introdução a Computação em Nuvem.pptx
Introdução a Computação em Nuvem.pptxIntrodução a Computação em Nuvem.pptx
Introdução a Computação em Nuvem.pptx
ManoelGuilherme2
 
Cloud computing
Cloud computingCloud computing
Cloud computing
Elaine Cecília Gatto
 
Prazer, computação em nuvem
Prazer, computação em nuvemPrazer, computação em nuvem
Prazer, computação em nuvem
Diogo Tavares da Silva
 
Introdução sobre desenvolvimento web
Introdução sobre desenvolvimento webIntrodução sobre desenvolvimento web
Introdução sobre desenvolvimento web
Rodrigo Rodrigues
 
Internet das Coisas - Conceitos, tecnologias e aplicações
Internet das Coisas - Conceitos, tecnologias e aplicaçõesInternet das Coisas - Conceitos, tecnologias e aplicações
Internet das Coisas - Conceitos, tecnologias e aplicações
Fabio Souza
 
Aula - Metodologias Ágeis
Aula - Metodologias ÁgeisAula - Metodologias Ágeis
Aula - Metodologias Ágeis
Mauricio Cesar Santos da Purificação
 
Présentation de Microsoft Azure
Présentation de Microsoft AzurePrésentation de Microsoft Azure
Présentation de Microsoft Azure
Christophe Peugnet
 
Fundamentos de arquitetura Web
Fundamentos de arquitetura WebFundamentos de arquitetura Web
Fundamentos de arquitetura Web
Denis L Presciliano
 
Virtualização - Máquinas Virtuais
Virtualização - Máquinas VirtuaisVirtualização - Máquinas Virtuais
Virtualização - Máquinas Virtuais
André Felipe Santos Martins
 
Engenharia de Requisitos
Engenharia de RequisitosEngenharia de Requisitos
Engenharia de Requisitos
Cloves da Rocha
 
Aula 1 requisitos
Aula 1   requisitosAula 1   requisitos
Aula 1 requisitos
licardino
 
Aula- Virtualização
Aula- VirtualizaçãoAula- Virtualização
Aula- Virtualização
Jorge Ávila Miranda
 
Metodologias de Desenvolvimento de Software
Metodologias de Desenvolvimento de SoftwareMetodologias de Desenvolvimento de Software
Metodologias de Desenvolvimento de Software
Álvaro Farias Pinheiro
 
Introdução ao desenvolvimento Web
Introdução ao desenvolvimento WebIntrodução ao desenvolvimento Web
Introdução ao desenvolvimento Web
Sérgio Souza Costa
 
Normas e Padrões para a Qualidade de Software
Normas e Padrões para a Qualidade de SoftwareNormas e Padrões para a Qualidade de Software
Normas e Padrões para a Qualidade de Software
Danilo Sousa
 
Aula processo de reuso de software
Aula processo de reuso de softwareAula processo de reuso de software
Aula processo de reuso de software
Tatiana Tavares
 
Virtualização - O Futuro é na NUVEM
Virtualização - O Futuro é na NUVEMVirtualização - O Futuro é na NUVEM
Virtualização - O Futuro é na NUVEM
Rodrigo Felipe Betussi
 
Programação orientada a objetos
Programação orientada a objetosProgramação orientada a objetos
Programação orientada a objetos
Cleyton Ferrari
 

Mais procurados (20)

Sistemas de Gerenciamento de Conteúdo
Sistemas de Gerenciamento de ConteúdoSistemas de Gerenciamento de Conteúdo
Sistemas de Gerenciamento de Conteúdo
 
Redes de Computadores - Aula 01
Redes de Computadores - Aula 01Redes de Computadores - Aula 01
Redes de Computadores - Aula 01
 
Introdução a Computação em Nuvem.pptx
Introdução a Computação em Nuvem.pptxIntrodução a Computação em Nuvem.pptx
Introdução a Computação em Nuvem.pptx
 
Cloud computing
Cloud computingCloud computing
Cloud computing
 
Prazer, computação em nuvem
Prazer, computação em nuvemPrazer, computação em nuvem
Prazer, computação em nuvem
 
Introdução sobre desenvolvimento web
Introdução sobre desenvolvimento webIntrodução sobre desenvolvimento web
Introdução sobre desenvolvimento web
 
Internet das Coisas - Conceitos, tecnologias e aplicações
Internet das Coisas - Conceitos, tecnologias e aplicaçõesInternet das Coisas - Conceitos, tecnologias e aplicações
Internet das Coisas - Conceitos, tecnologias e aplicações
 
Aula - Metodologias Ágeis
Aula - Metodologias ÁgeisAula - Metodologias Ágeis
Aula - Metodologias Ágeis
 
Présentation de Microsoft Azure
Présentation de Microsoft AzurePrésentation de Microsoft Azure
Présentation de Microsoft Azure
 
Fundamentos de arquitetura Web
Fundamentos de arquitetura WebFundamentos de arquitetura Web
Fundamentos de arquitetura Web
 
Virtualização - Máquinas Virtuais
Virtualização - Máquinas VirtuaisVirtualização - Máquinas Virtuais
Virtualização - Máquinas Virtuais
 
Engenharia de Requisitos
Engenharia de RequisitosEngenharia de Requisitos
Engenharia de Requisitos
 
Aula 1 requisitos
Aula 1   requisitosAula 1   requisitos
Aula 1 requisitos
 
Aula- Virtualização
Aula- VirtualizaçãoAula- Virtualização
Aula- Virtualização
 
Metodologias de Desenvolvimento de Software
Metodologias de Desenvolvimento de SoftwareMetodologias de Desenvolvimento de Software
Metodologias de Desenvolvimento de Software
 
Introdução ao desenvolvimento Web
Introdução ao desenvolvimento WebIntrodução ao desenvolvimento Web
Introdução ao desenvolvimento Web
 
Normas e Padrões para a Qualidade de Software
Normas e Padrões para a Qualidade de SoftwareNormas e Padrões para a Qualidade de Software
Normas e Padrões para a Qualidade de Software
 
Aula processo de reuso de software
Aula processo de reuso de softwareAula processo de reuso de software
Aula processo de reuso de software
 
Virtualização - O Futuro é na NUVEM
Virtualização - O Futuro é na NUVEMVirtualização - O Futuro é na NUVEM
Virtualização - O Futuro é na NUVEM
 
Programação orientada a objetos
Programação orientada a objetosProgramação orientada a objetos
Programação orientada a objetos
 

Destaque

Desenvolvimento em Nuvem
Desenvolvimento em NuvemDesenvolvimento em Nuvem
Desenvolvimento em Nuvem
Vitor Savicki
 
Aula 4 - Introdução a aws
Aula 4 - Introdução a awsAula 4 - Introdução a aws
Aula 4 - Introdução a aws
Eduardo de Lucena Falcão
 
Cloud computing
Cloud computingCloud computing
Cloud computing
laisgrazielly
 
Amazon
AmazonAmazon
Apresentação do Curso
Apresentação do CursoApresentação do Curso
Apresentação do Curso
Eduardo de Lucena Falcão
 
Dais 2015
Dais 2015Dais 2015
Sistemas Distribuídos - Aula 01
Sistemas Distribuídos - Aula 01Sistemas Distribuídos - Aula 01
Sistemas Distribuídos - Aula 01
Arthur Emanuel
 
Aula 2 introdução a sistemas distribuídos
Aula 2   introdução a sistemas distribuídosAula 2   introdução a sistemas distribuídos
Aula 2 introdução a sistemas distribuídos
Eduardo de Lucena Falcão
 
Introdução aos Sistemas Distribuídos
Introdução aos Sistemas DistribuídosIntrodução aos Sistemas Distribuídos
Introdução aos Sistemas Distribuídos
Frederico Madeira
 

Destaque (9)

Desenvolvimento em Nuvem
Desenvolvimento em NuvemDesenvolvimento em Nuvem
Desenvolvimento em Nuvem
 
Aula 4 - Introdução a aws
Aula 4 - Introdução a awsAula 4 - Introdução a aws
Aula 4 - Introdução a aws
 
Cloud computing
Cloud computingCloud computing
Cloud computing
 
Amazon
AmazonAmazon
Amazon
 
Apresentação do Curso
Apresentação do CursoApresentação do Curso
Apresentação do Curso
 
Dais 2015
Dais 2015Dais 2015
Dais 2015
 
Sistemas Distribuídos - Aula 01
Sistemas Distribuídos - Aula 01Sistemas Distribuídos - Aula 01
Sistemas Distribuídos - Aula 01
 
Aula 2 introdução a sistemas distribuídos
Aula 2   introdução a sistemas distribuídosAula 2   introdução a sistemas distribuídos
Aula 2 introdução a sistemas distribuídos
 
Introdução aos Sistemas Distribuídos
Introdução aos Sistemas DistribuídosIntrodução aos Sistemas Distribuídos
Introdução aos Sistemas Distribuídos
 

Semelhante a Aula 3 - Introdução a cloud computing

3a Web Aula - Gestão de Tecnologia da Informação.pdf
3a Web Aula - Gestão de Tecnologia da Informação.pdf3a Web Aula - Gestão de Tecnologia da Informação.pdf
3a Web Aula - Gestão de Tecnologia da Informação.pdf
Dimas Francisco
 
Introdução à Computação em Nuvem
Introdução à Computação em NuvemIntrodução à Computação em Nuvem
Introdução à Computação em Nuvem
TonyEsa
 
Introdução a Cloud Computing
Introdução a Cloud ComputingIntrodução a Cloud Computing
Introdução a Cloud Computing
Frederico Madeira
 
Apresentação cloud computing
Apresentação   cloud computingApresentação   cloud computing
Apresentação cloud computing
Victor Queiroga
 
Computacao em nuvem
Computacao em nuvemComputacao em nuvem
Computacao em nuvem
Sirius Interativa
 
Introduction to Cloud Computing
Introduction to Cloud ComputingIntroduction to Cloud Computing
Introduction to Cloud Computing
Eduardo de Lucena Falcão
 
[Workshop] Azure Fundamentals
[Workshop] Azure Fundamentals[Workshop] Azure Fundamentals
[Workshop] Azure Fundamentals
Jaqueline Ramos
 
Tecnologias Atuais de Redes - Aula 6 - Cloud Computing [Apostila]
Tecnologias Atuais de Redes - Aula 6 - Cloud Computing [Apostila]Tecnologias Atuais de Redes - Aula 6 - Cloud Computing [Apostila]
Tecnologias Atuais de Redes - Aula 6 - Cloud Computing [Apostila]
Ministério Público da Paraíba
 
Infra nas Nuvens, Pés no Chão
Infra nas Nuvens, Pés no ChãoInfra nas Nuvens, Pés no Chão
Infra nas Nuvens, Pés no Chão
Conrado De Biasi
 
Cloud Computing
Cloud ComputingCloud Computing
Cloud Computing
Elvis Fusco
 
Cloud Computing
Cloud ComputingCloud Computing
Cloud Computing
Elvis Fusco
 
Cloud Computing
Cloud ComputingCloud Computing
Cloud Computing
Ana Carolina Gracioso
 
Data center MCSBRC2010-slides.pdf
Data center MCSBRC2010-slides.pdfData center MCSBRC2010-slides.pdf
Data center MCSBRC2010-slides.pdf
ssuser1198af
 
Cloud computing
Cloud computingCloud computing
Cloud computing
Jarbas Pereira
 
Cloud computing
Cloud computingCloud computing
Cloud computing
Laís Berlatto
 
Cloud Computing.pdf
Cloud Computing.pdfCloud Computing.pdf
Cloud Computing.pdf
ErikRFilippini1
 
Cloud Computing: Desafios e oportunidades
Cloud Computing: Desafios e oportunidadesCloud Computing: Desafios e oportunidades
Cloud Computing: Desafios e oportunidades
Elvis Fusco
 
Cloud Computing
Cloud ComputingCloud Computing
Cloud Computing
Elvis Fusco
 
Cloud computing
Cloud computingCloud computing
Cloud computing
Adilmar Dantas
 
O que é computação em Nuvem
O que é computação em NuvemO que é computação em Nuvem
O que é computação em Nuvem
AlanDemarcos2
 

Semelhante a Aula 3 - Introdução a cloud computing (20)

3a Web Aula - Gestão de Tecnologia da Informação.pdf
3a Web Aula - Gestão de Tecnologia da Informação.pdf3a Web Aula - Gestão de Tecnologia da Informação.pdf
3a Web Aula - Gestão de Tecnologia da Informação.pdf
 
Introdução à Computação em Nuvem
Introdução à Computação em NuvemIntrodução à Computação em Nuvem
Introdução à Computação em Nuvem
 
Introdução a Cloud Computing
Introdução a Cloud ComputingIntrodução a Cloud Computing
Introdução a Cloud Computing
 
Apresentação cloud computing
Apresentação   cloud computingApresentação   cloud computing
Apresentação cloud computing
 
Computacao em nuvem
Computacao em nuvemComputacao em nuvem
Computacao em nuvem
 
Introduction to Cloud Computing
Introduction to Cloud ComputingIntroduction to Cloud Computing
Introduction to Cloud Computing
 
[Workshop] Azure Fundamentals
[Workshop] Azure Fundamentals[Workshop] Azure Fundamentals
[Workshop] Azure Fundamentals
 
Tecnologias Atuais de Redes - Aula 6 - Cloud Computing [Apostila]
Tecnologias Atuais de Redes - Aula 6 - Cloud Computing [Apostila]Tecnologias Atuais de Redes - Aula 6 - Cloud Computing [Apostila]
Tecnologias Atuais de Redes - Aula 6 - Cloud Computing [Apostila]
 
Infra nas Nuvens, Pés no Chão
Infra nas Nuvens, Pés no ChãoInfra nas Nuvens, Pés no Chão
Infra nas Nuvens, Pés no Chão
 
Cloud Computing
Cloud ComputingCloud Computing
Cloud Computing
 
Cloud Computing
Cloud ComputingCloud Computing
Cloud Computing
 
Cloud Computing
Cloud ComputingCloud Computing
Cloud Computing
 
Data center MCSBRC2010-slides.pdf
Data center MCSBRC2010-slides.pdfData center MCSBRC2010-slides.pdf
Data center MCSBRC2010-slides.pdf
 
Cloud computing
Cloud computingCloud computing
Cloud computing
 
Cloud computing
Cloud computingCloud computing
Cloud computing
 
Cloud Computing.pdf
Cloud Computing.pdfCloud Computing.pdf
Cloud Computing.pdf
 
Cloud Computing: Desafios e oportunidades
Cloud Computing: Desafios e oportunidadesCloud Computing: Desafios e oportunidades
Cloud Computing: Desafios e oportunidades
 
Cloud Computing
Cloud ComputingCloud Computing
Cloud Computing
 
Cloud computing
Cloud computingCloud computing
Cloud computing
 
O que é computação em Nuvem
O que é computação em NuvemO que é computação em Nuvem
O que é computação em Nuvem
 

Mais de Eduardo de Lucena Falcão

Wcga 2015
Wcga 2015Wcga 2015
Programando em X3D para integração de aplicações e suporte multiplataforma
Programando em X3D para integração de aplicações e suporte multiplataformaProgramando em X3D para integração de aplicações e suporte multiplataforma
Programando em X3D para integração de aplicações e suporte multiplataforma
Eduardo de Lucena Falcão
 
Minicurso sobre X3D
Minicurso sobre X3DMinicurso sobre X3D
Minicurso sobre X3D
Eduardo de Lucena Falcão
 
Aula 8 - Comunicação entre Componentes com SQS e SNS
Aula 8 - Comunicação entre Componentes com SQS e SNSAula 8 - Comunicação entre Componentes com SQS e SNS
Aula 8 - Comunicação entre Componentes com SQS e SNS
Eduardo de Lucena Falcão
 
Aula 7 - Hands On - Configurando nossa aplicação na AWS com EC2, Elastic Load...
Aula 7 - Hands On - Configurando nossa aplicação na AWS com EC2, Elastic Load...Aula 7 - Hands On - Configurando nossa aplicação na AWS com EC2, Elastic Load...
Aula 7 - Hands On - Configurando nossa aplicação na AWS com EC2, Elastic Load...
Eduardo de Lucena Falcão
 
Aula 6 - EC2, ELB, Auto Scaling, Cloud Watch
Aula 6 - EC2, ELB, Auto Scaling, Cloud WatchAula 6 - EC2, ELB, Auto Scaling, Cloud Watch
Aula 6 - EC2, ELB, Auto Scaling, Cloud Watch
Eduardo de Lucena Falcão
 
Aula 1 - Estudando o problema a ser resolvido
Aula 1 - Estudando o problema a ser resolvidoAula 1 - Estudando o problema a ser resolvido
Aula 1 - Estudando o problema a ser resolvido
Eduardo de Lucena Falcão
 
II EPI - Estudo e Avaliação do Problema de Otimização da Multiplicação de Cad...
II EPI - Estudo e Avaliação do Problema de Otimização da Multiplicação de Cad...II EPI - Estudo e Avaliação do Problema de Otimização da Multiplicação de Cad...
II EPI - Estudo e Avaliação do Problema de Otimização da Multiplicação de Cad...
Eduardo de Lucena Falcão
 
INFORMAÇÃO ARQUEOLÓGICA DE INGÁ: preservação, acesso e uso a partir de um amb...
INFORMAÇÃO ARQUEOLÓGICA DE INGÁ: preservação, acesso e uso a partir de um amb...INFORMAÇÃO ARQUEOLÓGICA DE INGÁ: preservação, acesso e uso a partir de um amb...
INFORMAÇÃO ARQUEOLÓGICA DE INGÁ: preservação, acesso e uso a partir de um amb...
Eduardo de Lucena Falcão
 
Estudo e Avaliação do Problema de Otimização da Multiplicação de Cadeias de M...
Estudo e Avaliação do Problema de Otimização da Multiplicação de Cadeias de M...Estudo e Avaliação do Problema de Otimização da Multiplicação de Cadeias de M...
Estudo e Avaliação do Problema de Otimização da Multiplicação de Cadeias de M...
Eduardo de Lucena Falcão
 
SEAC: Um Simulador Online para Ensino de Arquitetura de Computadores
SEAC: Um Simulador Online para Ensino de Arquitetura de ComputadoresSEAC: Um Simulador Online para Ensino de Arquitetura de Computadores
SEAC: Um Simulador Online para Ensino de Arquitetura de Computadores
Eduardo de Lucena Falcão
 
Processo de Tradução Automática da Língua Portuguesa para LIBRAS
Processo de Tradução Automática da Língua Portuguesa para LIBRASProcesso de Tradução Automática da Língua Portuguesa para LIBRAS
Processo de Tradução Automática da Língua Portuguesa para LIBRAS
Eduardo de Lucena Falcão
 
Desafios da tecnologia da computação e indústria
Desafios da tecnologia da computação e indústriaDesafios da tecnologia da computação e indústria
Desafios da tecnologia da computação e indústria
Eduardo de Lucena Falcão
 
TCC - PUBLICAÇÃO E ACESSO A CONTEÚDOS 3D ATRAVÉS DA WEB: O CASO DO MUSEU3I
TCC - PUBLICAÇÃO E ACESSO A CONTEÚDOS 3D ATRAVÉS DA WEB: O CASO DO MUSEU3I TCC - PUBLICAÇÃO E ACESSO A CONTEÚDOS 3D ATRAVÉS DA WEB: O CASO DO MUSEU3I
TCC - PUBLICAÇÃO E ACESSO A CONTEÚDOS 3D ATRAVÉS DA WEB: O CASO DO MUSEU3I
Eduardo de Lucena Falcão
 
Tutorial Shell Script
Tutorial Shell ScriptTutorial Shell Script
Tutorial Shell Script
Eduardo de Lucena Falcão
 
E-Info
E-InfoE-Info
Descoberta de Conhecimento em Bancos de Dados e Mineração de Dados
Descoberta de Conhecimento em Bancos de Dados e Mineração de DadosDescoberta de Conhecimento em Bancos de Dados e Mineração de Dados
Descoberta de Conhecimento em Bancos de Dados e Mineração de Dados
Eduardo de Lucena Falcão
 
Ambiente de Simulação Gráfica 3D para Ensino da Arquitetura de Processadores
Ambiente de Simulação Gráfica 3D para Ensino da Arquitetura de ProcessadoresAmbiente de Simulação Gráfica 3D para Ensino da Arquitetura de Processadores
Ambiente de Simulação Gráfica 3D para Ensino da Arquitetura de Processadores
Eduardo de Lucena Falcão
 
Introdução prática ao X3D
Introdução prática ao X3DIntrodução prática ao X3D
Introdução prática ao X3D
Eduardo de Lucena Falcão
 
Lab teve2011.1
Lab teve2011.1Lab teve2011.1

Mais de Eduardo de Lucena Falcão (20)

Wcga 2015
Wcga 2015Wcga 2015
Wcga 2015
 
Programando em X3D para integração de aplicações e suporte multiplataforma
Programando em X3D para integração de aplicações e suporte multiplataformaProgramando em X3D para integração de aplicações e suporte multiplataforma
Programando em X3D para integração de aplicações e suporte multiplataforma
 
Minicurso sobre X3D
Minicurso sobre X3DMinicurso sobre X3D
Minicurso sobre X3D
 
Aula 8 - Comunicação entre Componentes com SQS e SNS
Aula 8 - Comunicação entre Componentes com SQS e SNSAula 8 - Comunicação entre Componentes com SQS e SNS
Aula 8 - Comunicação entre Componentes com SQS e SNS
 
Aula 7 - Hands On - Configurando nossa aplicação na AWS com EC2, Elastic Load...
Aula 7 - Hands On - Configurando nossa aplicação na AWS com EC2, Elastic Load...Aula 7 - Hands On - Configurando nossa aplicação na AWS com EC2, Elastic Load...
Aula 7 - Hands On - Configurando nossa aplicação na AWS com EC2, Elastic Load...
 
Aula 6 - EC2, ELB, Auto Scaling, Cloud Watch
Aula 6 - EC2, ELB, Auto Scaling, Cloud WatchAula 6 - EC2, ELB, Auto Scaling, Cloud Watch
Aula 6 - EC2, ELB, Auto Scaling, Cloud Watch
 
Aula 1 - Estudando o problema a ser resolvido
Aula 1 - Estudando o problema a ser resolvidoAula 1 - Estudando o problema a ser resolvido
Aula 1 - Estudando o problema a ser resolvido
 
II EPI - Estudo e Avaliação do Problema de Otimização da Multiplicação de Cad...
II EPI - Estudo e Avaliação do Problema de Otimização da Multiplicação de Cad...II EPI - Estudo e Avaliação do Problema de Otimização da Multiplicação de Cad...
II EPI - Estudo e Avaliação do Problema de Otimização da Multiplicação de Cad...
 
INFORMAÇÃO ARQUEOLÓGICA DE INGÁ: preservação, acesso e uso a partir de um amb...
INFORMAÇÃO ARQUEOLÓGICA DE INGÁ: preservação, acesso e uso a partir de um amb...INFORMAÇÃO ARQUEOLÓGICA DE INGÁ: preservação, acesso e uso a partir de um amb...
INFORMAÇÃO ARQUEOLÓGICA DE INGÁ: preservação, acesso e uso a partir de um amb...
 
Estudo e Avaliação do Problema de Otimização da Multiplicação de Cadeias de M...
Estudo e Avaliação do Problema de Otimização da Multiplicação de Cadeias de M...Estudo e Avaliação do Problema de Otimização da Multiplicação de Cadeias de M...
Estudo e Avaliação do Problema de Otimização da Multiplicação de Cadeias de M...
 
SEAC: Um Simulador Online para Ensino de Arquitetura de Computadores
SEAC: Um Simulador Online para Ensino de Arquitetura de ComputadoresSEAC: Um Simulador Online para Ensino de Arquitetura de Computadores
SEAC: Um Simulador Online para Ensino de Arquitetura de Computadores
 
Processo de Tradução Automática da Língua Portuguesa para LIBRAS
Processo de Tradução Automática da Língua Portuguesa para LIBRASProcesso de Tradução Automática da Língua Portuguesa para LIBRAS
Processo de Tradução Automática da Língua Portuguesa para LIBRAS
 
Desafios da tecnologia da computação e indústria
Desafios da tecnologia da computação e indústriaDesafios da tecnologia da computação e indústria
Desafios da tecnologia da computação e indústria
 
TCC - PUBLICAÇÃO E ACESSO A CONTEÚDOS 3D ATRAVÉS DA WEB: O CASO DO MUSEU3I
TCC - PUBLICAÇÃO E ACESSO A CONTEÚDOS 3D ATRAVÉS DA WEB: O CASO DO MUSEU3I TCC - PUBLICAÇÃO E ACESSO A CONTEÚDOS 3D ATRAVÉS DA WEB: O CASO DO MUSEU3I
TCC - PUBLICAÇÃO E ACESSO A CONTEÚDOS 3D ATRAVÉS DA WEB: O CASO DO MUSEU3I
 
Tutorial Shell Script
Tutorial Shell ScriptTutorial Shell Script
Tutorial Shell Script
 
E-Info
E-InfoE-Info
E-Info
 
Descoberta de Conhecimento em Bancos de Dados e Mineração de Dados
Descoberta de Conhecimento em Bancos de Dados e Mineração de DadosDescoberta de Conhecimento em Bancos de Dados e Mineração de Dados
Descoberta de Conhecimento em Bancos de Dados e Mineração de Dados
 
Ambiente de Simulação Gráfica 3D para Ensino da Arquitetura de Processadores
Ambiente de Simulação Gráfica 3D para Ensino da Arquitetura de ProcessadoresAmbiente de Simulação Gráfica 3D para Ensino da Arquitetura de Processadores
Ambiente de Simulação Gráfica 3D para Ensino da Arquitetura de Processadores
 
Introdução prática ao X3D
Introdução prática ao X3DIntrodução prática ao X3D
Introdução prática ao X3D
 
Lab teve2011.1
Lab teve2011.1Lab teve2011.1
Lab teve2011.1
 

Último

Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 

Último (20)

Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 

Aula 3 - Introdução a cloud computing

  • 1. Introdução a Sistemas Distribuídos Introdução a Cloud Computing Eduardo de Lucena Falcão
  • 4. Computação em Nuvem ● A ideia é que serviços básicos e essenciais são todos entregues de uma forma transparente ● Paradigmas: – Ideia antiga: Software como um Serviço (SaaS); ● Entrega de aplicações através da Internet. – Recentemente: “[Hardware, Infraestrutura, Plataforma] como um serviço” ● “X como um serviço”
  • 5. Computação em Nuvem: Por que agora? ● Experiência com DataCenters muito grande: – Economia de escala sem precedentes. ● Fatores de tecnologia: – Internet de banda larga difundida; – Maturidade de tecnologias de virtualização. ● Fatores de negócios: – Custo inicial mínimo; – Modelo de pagamento baseado no uso: ● Pay-as-you-go.
  • 6. Computação em Nuvem ● Virtualização.
  • 7. Computação em Nuvem ● Alto investimento inicial ● Alto custo de manutenção ● Quant. fixa de recursos ● Dificuldade de escalabilidade ● Pagamento pelo uso ● Menor custo de manutenção ● Escalabilidade linear ● Tolerância a falhas ● Sob demanda
  • 9. Computação em Nuvem ● Nuvem [Buyya et al. 2009] – É uma metáfora para a Internet ou infraestrutura de comunicação entre os componentes arquiteturais, baseada em uma abstração que oculta a complexidade de infraestrutura.
  • 10. Computação em Nuvem ● Evolução dos serviços e produtos de TI sob demanda: – Utility Computing. ● Objetivo da Utility Computing: – Fornecer os componentes básicos como: ● Armazenamento, CPUs e largura de banda de uma rede como uma mercadoria através de provedores especializados com um baixo custo unitário (sob demanda).
  • 11. Utility Computing ● Os usuários não precisam se preocupar: – Escalabilidade: ● A capacidade fornecida é praticamente infinita. – Disponibilidade: ● Acesso a qualquer momento. – Desempenho: ● Tempos de resposta são quase constantes; – Backups: ● Responsabilidade do provedor.
  • 12. Computação em Nuvem ● O NIST (National Institute of Standards and Technology) define computação em nuvem como um paradigma em evolução: – Definições, casos de uso, tecnologias, problemas, riscos e benefícios sobre nuvem serão redefinidos e evoluirão com o tempo ● Modelo de nuvem do NIST é composto: – Cinco características essenciais; – Três modelos de serviço; – Quatro modelos de implantação.
  • 13. Computação em Nuvem ● Definição [NIST 2009] – Computação em nuvem é um modelo que possibilita acesso, de modo conveniente e sob demanda, a um conjunto de recursos computacionais configuráveis que podem ser rapidamente adquiridos e liberados com mínimo esforço gerencial ou interação com o provedor de serviços.
  • 15. SaaS ● Software com propósito específico que está disponível por meio da Internet; ● Acesso: – Interface thin client: navegador web, interface de programa (menos comum); ● Foco na inovação; ● SaaS reduz os custos; ● Exemplos de SaaS: – CRM (Customer Relationship Management) on-line do Salesforce; – Google Drive.
  • 16. PaaS ● Infraestrutura de alto nível para implementar e testar aplicações na nuvem; ● PaaS fornece: – SO, ambientes de desenvolvimento, suporte à bibliotecas e linguagens de programação, rede, etc.; ● PaaS disponibiliza ambientes escaláveis: – Impõe limitações na concepção das aplicações; ● Exemplos de PaaS: – Google App Engine; – Microsoft Azure.
  • 17. IaaS ● Objetivo: – Tornar mais fácil e acessível a disponibilização de recursos: ● Servidores, rede, armazenamento. ● Virtualização – Uso eficiente de recursos; ● Exemplos de IaaS: – O Amazon EC2 (Elastic Cloud Computing); – Eucalyptus; – OpenNebula.
  • 20. Características Essenciais ● Self-service sob demanda; ● Amplo acesso; ● Pooling de recursos; ● Elasticidade rápida; ● Serviço medido.
  • 21. Self-service sob Demanda ● O usuário pode adquirir unilateralmente recursos computacionais: – Sem precisar de interação humana com os provedores de cada serviço; ● Servidores mais potentes, maior banda na rede, mais armazenamento, etc. ● Hardware e o software na nuvem: – Podem ser automaticamente reconfigurados e manipulados; ● Modificações são apresentadas de forma transparente para os usuários com perfis diferentes.
  • 22. Amplo Acesso ● Recursos são disponibilizados por meio da rede e acessados através de mecanismos padronizados possibilitam o uso por plataformas Thin ou Thin Client: – Celulares, Laptops e PDAs; ● A interface de acesso a nuvem não obriga os usuários a mudar suas condições e ambientes de trabalho.
  • 23. Pooling de recursos ● Recursos computacionais do provedor são organizados em um pool para servir múltiplos usuários: – Modelo multi-tenant ● Diferentes recursos virtuais e físicos atribuídos e reatribuídos dinamicamente de acordo com a demanda do usuário; ● Exemplos de recursos: armazenamento, processamento, memória, e banda de rede; ● Transparente para o usuário: – Podendo somente especificar a localização em um nível mais alto de abstração: ● País, estado ou DataCenter.
  • 24. Elasticidade Rápida ● Recursos podem ser adquiridos de forma rápida e elástica – Em alguns casos automaticamente; – Escalável com o aumento da demanda – Liberados na retração dessa demanda ● Recursos disponíveis para uso – Parecem ser ilimitados – Podem ser adquiridos em qualquer quantidade e a qualquer momento ● Virtualização
  • 27. Serviço medido ● Monitoramento e controle: – Cobrança; – Qualidade. ● Para garantir o QoS (Quality of Service) – Acordos de nível de serviço ● SLA (Services Level Agreement) ● O SLA tem informações sobre os níveis – Disponibilidade, desempenho, penalidades
  • 28. Referências ● Slides do Professor Flávio R. C. Sousa. “Introdução a Cloud Computing”. Sistemas Distribuídos. Universidade Federal do Ceará. ● Cloud Computing. NIST - National Institute of Standards and Technology. http://www.nist.gov/itl/cloud/index.cfm (Acessado em: abril/2013)