SlideShare uma empresa Scribd logo
• A característica do modelo cliente-servidor, descreve a relação de programas numa
aplicação. O componente de servidor fornece uma função ou serviço a um ou mais
clientes, que iniciam os pedidos de serviço. (Wikipédia)
• Cada instância de software do cliente pode enviar requisições a vários servidores. Por sua
vez, os servidores podem aceitar esses pedidos, processá-los e retornar as informações
solicitadas para o cliente. Embora este conceito possa ser aplicado por uma variedade de
razões e para diversos tipos de aplicações, a arquitetura permanece fundamentalmente a
mesma. (Wikipédia)
• Recursos centralizados: já que o servidor está no centro da rede, pode gerenciar recursos
comuns a todos os usuários, como por exemplo uma base de dados centralizada, a fim de evitar
os problemas de redundância e de contradição;
• Maior segurança: porque o número de pontos de entrada que permitem o acesso aos dados é
menos importante;
• Uma administração a nível do servidor: como os clientes têm pouca importância neste
modelo, têm menos necessidade de ser administrados;
• Uma rede evolutiva: graças a esta arquitetura, é possível suprimir ou acrescentar clientes sem
estar a perturbar o funcionamento da rede e sem modificação essencial.
• Custo elevado: devido ao tecnicismo do servidor;
• Elo fraco: o servidor é o único elo fraco da rede cliente/servidor, já que toda a rede está
estruturada em redor dele! Felizmente, o servidor tem uma grande tolerância às avarias
(principalmente graças ao sistema RAID);
• Um servidor poderá ficar sobrecarregado: caso receba mais solicitações simultâneas dos
clientes do que pode suportar.
• Inicia pedidos para servidores;
• Espera por respostas;
• Recebe respostas;
• Conecta-se a um pequeno número de servidores de uma só vez ;
• Normalmente interage diretamente com os usuários finais através de qualquer interface com o
usuário;
• Utiliza recursos da rede.
• Sempre espera por um pedido de um cliente;
• Atende os pedidos e, em seguida, responde aos clientes com os dados solicitados;
• Pode se comunicar com outros servidores para atender uma solicitação específica do cliente;
• Fornece recursos de rede.
• Estrutura o sistema.
• Cliente-Servidor (https://pt.wikipedia.org/wiki/Cliente-servidor)
• Ambiente Cliente/Servidor (http://br.ccm.net/contents/150-ambiente-cliente-servidor)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula04 Sistemas Distribuídos - Processos
Aula04 Sistemas Distribuídos - ProcessosAula04 Sistemas Distribuídos - Processos
Aula04 Sistemas Distribuídos - Processos
Messias Batista
 
Sistema operativo de rede
Sistema operativo de redeSistema operativo de rede
Sistema operativo de rede
André bogas
 
Componentes de uma Rede de computadores
Componentes de uma Rede de computadoresComponentes de uma Rede de computadores
Componentes de uma Rede de computadores
Felipe Silva
 
Aula 08 - Placa Mãe
Aula 08 - Placa MãeAula 08 - Placa Mãe
Aula 08 - Placa Mãe
Suzana Viana Mota
 
Rede de computadores
Rede de computadoresRede de computadores
Rede de computadores
Jairo Soares Dolores Mosca
 
Redes de computadores
Redes de computadoresRedes de computadores
Redes de computadores
Jakson Silva
 
Arquitetura de software : Cliente-Servidor
Arquitetura de software : Cliente-ServidorArquitetura de software : Cliente-Servidor
Arquitetura de software : Cliente-Servidor
Alexsandro Oliveira
 
Endereçamento IP
Endereçamento IPEndereçamento IP
Endereçamento IP
Pjpilin
 
Sistema operativo servidor
Sistema operativo servidorSistema operativo servidor
Sistema operativo servidor
Sandu Postolachi
 
2009 1 - sistemas operacionais - aula 3 - processos
2009 1 - sistemas operacionais - aula 3 - processos2009 1 - sistemas operacionais - aula 3 - processos
2009 1 - sistemas operacionais - aula 3 - processos
Computação Depressão
 
Arquitetura de Redes de Computadores
 Arquitetura de Redes de Computadores Arquitetura de Redes de Computadores
Arquitetura de Redes de Computadores
Ana Julia F Alves Ferreira
 
Introdução ao desenvolvimento Web
Introdução ao desenvolvimento WebIntrodução ao desenvolvimento Web
Introdução ao desenvolvimento Web
Sérgio Souza Costa
 
DESIGN DE INTERFACE
DESIGN DE INTERFACEDESIGN DE INTERFACE
DESIGN DE INTERFACE
Andrea Dalforno
 
Sistemas Operacionais - Aula 02 (Visão geral de sistemas operacionais)
Sistemas Operacionais - Aula 02 (Visão geral de sistemas operacionais)Sistemas Operacionais - Aula 02 (Visão geral de sistemas operacionais)
Sistemas Operacionais - Aula 02 (Visão geral de sistemas operacionais)
Leinylson Fontinele
 
Aula 10 semana
Aula 10 semanaAula 10 semana
Aula 10 semana
Jorge Ávila Miranda
 
Cloud computing
Cloud computingCloud computing
Cloud computing
Elaine Cecília Gatto
 
Aula 01 - Introdução ao curso - Projeto de Redes de Computadores
Aula 01 - Introdução ao curso - Projeto de Redes de ComputadoresAula 01 - Introdução ao curso - Projeto de Redes de Computadores
Aula 01 - Introdução ao curso - Projeto de Redes de Computadores
Dalton Martins
 
Aula- Virtualização
Aula- VirtualizaçãoAula- Virtualização
Aula- Virtualização
Jorge Ávila Miranda
 
Introdução à Virtualização
Introdução à VirtualizaçãoIntrodução à Virtualização
Introdução à Virtualização
Lucas Miranda
 
Infraestrutura de Redes
Infraestrutura de RedesInfraestrutura de Redes
Infraestrutura de Redes
Leandro Machado
 

Mais procurados (20)

Aula04 Sistemas Distribuídos - Processos
Aula04 Sistemas Distribuídos - ProcessosAula04 Sistemas Distribuídos - Processos
Aula04 Sistemas Distribuídos - Processos
 
Sistema operativo de rede
Sistema operativo de redeSistema operativo de rede
Sistema operativo de rede
 
Componentes de uma Rede de computadores
Componentes de uma Rede de computadoresComponentes de uma Rede de computadores
Componentes de uma Rede de computadores
 
Aula 08 - Placa Mãe
Aula 08 - Placa MãeAula 08 - Placa Mãe
Aula 08 - Placa Mãe
 
Rede de computadores
Rede de computadoresRede de computadores
Rede de computadores
 
Redes de computadores
Redes de computadoresRedes de computadores
Redes de computadores
 
Arquitetura de software : Cliente-Servidor
Arquitetura de software : Cliente-ServidorArquitetura de software : Cliente-Servidor
Arquitetura de software : Cliente-Servidor
 
Endereçamento IP
Endereçamento IPEndereçamento IP
Endereçamento IP
 
Sistema operativo servidor
Sistema operativo servidorSistema operativo servidor
Sistema operativo servidor
 
2009 1 - sistemas operacionais - aula 3 - processos
2009 1 - sistemas operacionais - aula 3 - processos2009 1 - sistemas operacionais - aula 3 - processos
2009 1 - sistemas operacionais - aula 3 - processos
 
Arquitetura de Redes de Computadores
 Arquitetura de Redes de Computadores Arquitetura de Redes de Computadores
Arquitetura de Redes de Computadores
 
Introdução ao desenvolvimento Web
Introdução ao desenvolvimento WebIntrodução ao desenvolvimento Web
Introdução ao desenvolvimento Web
 
DESIGN DE INTERFACE
DESIGN DE INTERFACEDESIGN DE INTERFACE
DESIGN DE INTERFACE
 
Sistemas Operacionais - Aula 02 (Visão geral de sistemas operacionais)
Sistemas Operacionais - Aula 02 (Visão geral de sistemas operacionais)Sistemas Operacionais - Aula 02 (Visão geral de sistemas operacionais)
Sistemas Operacionais - Aula 02 (Visão geral de sistemas operacionais)
 
Aula 10 semana
Aula 10 semanaAula 10 semana
Aula 10 semana
 
Cloud computing
Cloud computingCloud computing
Cloud computing
 
Aula 01 - Introdução ao curso - Projeto de Redes de Computadores
Aula 01 - Introdução ao curso - Projeto de Redes de ComputadoresAula 01 - Introdução ao curso - Projeto de Redes de Computadores
Aula 01 - Introdução ao curso - Projeto de Redes de Computadores
 
Aula- Virtualização
Aula- VirtualizaçãoAula- Virtualização
Aula- Virtualização
 
Introdução à Virtualização
Introdução à VirtualizaçãoIntrodução à Virtualização
Introdução à Virtualização
 
Infraestrutura de Redes
Infraestrutura de RedesInfraestrutura de Redes
Infraestrutura de Redes
 

Semelhante a Arquitetura Cliente-Servidor

Cliente e servidor
Cliente e servidorCliente e servidor
Cliente e servidor
Davi Silva
 
Apostilas - cliente servidor - aula 1 - fabiula
Apostilas - cliente servidor - aula 1 - fabiulaApostilas - cliente servidor - aula 1 - fabiula
Apostilas - cliente servidor - aula 1 - fabiula
Daniel Silveira
 
Mda arq cliente_serv
Mda arq cliente_servMda arq cliente_serv
Mda arq cliente_serv
Ricardo Amorim Ribeiro da Silva
 
Computacao em nuvem
Computacao em nuvemComputacao em nuvem
Computacao em nuvem
Sirius Interativa
 
Introdução à Computação em Nuvem
Introdução à Computação em NuvemIntrodução à Computação em Nuvem
Introdução à Computação em Nuvem
TonyEsa
 
Modelagem de sistemas da informação – aula 03 mai2011
Modelagem de sistemas da informação – aula 03 mai2011Modelagem de sistemas da informação – aula 03 mai2011
Modelagem de sistemas da informação – aula 03 mai2011
Universal.org.mx
 
Joana costa tp 1 – trabalho prático www
Joana costa tp 1 – trabalho prático wwwJoana costa tp 1 – trabalho prático www
Joana costa tp 1 – trabalho prático www
Joana Costa
 
Sistemas operacionais de redes II
Sistemas operacionais de redes IISistemas operacionais de redes II
Sistemas operacionais de redes II
Daniel Brandão
 
Redes de computador
Redes de computadorRedes de computador
Redes de computador
tecnicacomputador
 
2019-2 - BD I - Aula 02 - Camadas de aplicação a Banco de Dados e Introd MER
2019-2 - BD I - Aula 02 - Camadas de aplicação a Banco de Dados e Introd MER2019-2 - BD I - Aula 02 - Camadas de aplicação a Banco de Dados e Introd MER
2019-2 - BD I - Aula 02 - Camadas de aplicação a Banco de Dados e Introd MER
Rodrigo Kiyoshi Saito
 
Cflp t017
Cflp t017Cflp t017
Cflp t017
junior1214
 
Comparação entre p2 p e cs
Comparação entre p2 p e csComparação entre p2 p e cs
Comparação entre p2 p e cs
Ana Paula Gama
 
Comparação entre p2 p e cs
Comparação entre p2 p e csComparação entre p2 p e cs
Comparação entre p2 p e cs
Ana Paula Gama
 
Comparação entre p2 p e cs
Comparação entre p2 p e csComparação entre p2 p e cs
Comparação entre p2 p e cs
Ana Paula Gama
 
World wide web
World wide webWorld wide web
World wide web
Liliana Costa
 
Desenho de uma rede
Desenho de uma redeDesenho de uma rede
Desenho de uma rede
MaxFiberson
 
World Wide Web
World Wide WebWorld Wide Web
World Wide Web
Sérgio Rocha
 
Aula 3 - Introdução a cloud computing
Aula 3 - Introdução a cloud computingAula 3 - Introdução a cloud computing
Aula 3 - Introdução a cloud computing
Eduardo de Lucena Falcão
 
Vantagens e desvantagens de uma arquitetura microservices
Vantagens e desvantagens de uma arquitetura microservicesVantagens e desvantagens de uma arquitetura microservices
Vantagens e desvantagens de uma arquitetura microservices
Fábio Rosato
 
Arquitetura de Segurança utilizando Computação em Nuvem - Proteção DDoS
Arquitetura de Segurança utilizando Computação em Nuvem - Proteção DDoSArquitetura de Segurança utilizando Computação em Nuvem - Proteção DDoS
Arquitetura de Segurança utilizando Computação em Nuvem - Proteção DDoS
Diogo Guedes
 

Semelhante a Arquitetura Cliente-Servidor (20)

Cliente e servidor
Cliente e servidorCliente e servidor
Cliente e servidor
 
Apostilas - cliente servidor - aula 1 - fabiula
Apostilas - cliente servidor - aula 1 - fabiulaApostilas - cliente servidor - aula 1 - fabiula
Apostilas - cliente servidor - aula 1 - fabiula
 
Mda arq cliente_serv
Mda arq cliente_servMda arq cliente_serv
Mda arq cliente_serv
 
Computacao em nuvem
Computacao em nuvemComputacao em nuvem
Computacao em nuvem
 
Introdução à Computação em Nuvem
Introdução à Computação em NuvemIntrodução à Computação em Nuvem
Introdução à Computação em Nuvem
 
Modelagem de sistemas da informação – aula 03 mai2011
Modelagem de sistemas da informação – aula 03 mai2011Modelagem de sistemas da informação – aula 03 mai2011
Modelagem de sistemas da informação – aula 03 mai2011
 
Joana costa tp 1 – trabalho prático www
Joana costa tp 1 – trabalho prático wwwJoana costa tp 1 – trabalho prático www
Joana costa tp 1 – trabalho prático www
 
Sistemas operacionais de redes II
Sistemas operacionais de redes IISistemas operacionais de redes II
Sistemas operacionais de redes II
 
Redes de computador
Redes de computadorRedes de computador
Redes de computador
 
2019-2 - BD I - Aula 02 - Camadas de aplicação a Banco de Dados e Introd MER
2019-2 - BD I - Aula 02 - Camadas de aplicação a Banco de Dados e Introd MER2019-2 - BD I - Aula 02 - Camadas de aplicação a Banco de Dados e Introd MER
2019-2 - BD I - Aula 02 - Camadas de aplicação a Banco de Dados e Introd MER
 
Cflp t017
Cflp t017Cflp t017
Cflp t017
 
Comparação entre p2 p e cs
Comparação entre p2 p e csComparação entre p2 p e cs
Comparação entre p2 p e cs
 
Comparação entre p2 p e cs
Comparação entre p2 p e csComparação entre p2 p e cs
Comparação entre p2 p e cs
 
Comparação entre p2 p e cs
Comparação entre p2 p e csComparação entre p2 p e cs
Comparação entre p2 p e cs
 
World wide web
World wide webWorld wide web
World wide web
 
Desenho de uma rede
Desenho de uma redeDesenho de uma rede
Desenho de uma rede
 
World Wide Web
World Wide WebWorld Wide Web
World Wide Web
 
Aula 3 - Introdução a cloud computing
Aula 3 - Introdução a cloud computingAula 3 - Introdução a cloud computing
Aula 3 - Introdução a cloud computing
 
Vantagens e desvantagens de uma arquitetura microservices
Vantagens e desvantagens de uma arquitetura microservicesVantagens e desvantagens de uma arquitetura microservices
Vantagens e desvantagens de uma arquitetura microservices
 
Arquitetura de Segurança utilizando Computação em Nuvem - Proteção DDoS
Arquitetura de Segurança utilizando Computação em Nuvem - Proteção DDoSArquitetura de Segurança utilizando Computação em Nuvem - Proteção DDoS
Arquitetura de Segurança utilizando Computação em Nuvem - Proteção DDoS
 

Mais de Israel Messias

CMS
CMSCMS
Programação Multiplataforma em Ambiente Web
Programação Multiplataforma em Ambiente WebProgramação Multiplataforma em Ambiente Web
Programação Multiplataforma em Ambiente Web
Israel Messias
 
Programação Orientada a Objetos (POO) com PHP - Parte 2
Programação Orientada a Objetos (POO) com PHP - Parte 2Programação Orientada a Objetos (POO) com PHP - Parte 2
Programação Orientada a Objetos (POO) com PHP - Parte 2
Israel Messias
 
Programação Orientada a Objetos (POO) com PHP - Parte 1
Programação Orientada a Objetos (POO) com PHP - Parte 1Programação Orientada a Objetos (POO) com PHP - Parte 1
Programação Orientada a Objetos (POO) com PHP - Parte 1
Israel Messias
 
Websockets
WebsocketsWebsockets
Websockets
Israel Messias
 
Arquitetura Cliente-Servidor - Modelos
Arquitetura Cliente-Servidor - ModelosArquitetura Cliente-Servidor - Modelos
Arquitetura Cliente-Servidor - Modelos
Israel Messias
 
Arquitetura Cliente-Servidor - Banco de dados
Arquitetura Cliente-Servidor - Banco de dadosArquitetura Cliente-Servidor - Banco de dados
Arquitetura Cliente-Servidor - Banco de dados
Israel Messias
 
Ferramentas para Animações de Sites - Canvas
Ferramentas para Animações de Sites - CanvasFerramentas para Animações de Sites - Canvas
Ferramentas para Animações de Sites - Canvas
Israel Messias
 
Ferramentas para Animações de Sites - Áudio
Ferramentas para Animações de Sites - ÁudioFerramentas para Animações de Sites - Áudio
Ferramentas para Animações de Sites - Áudio
Israel Messias
 
CSS - Cascading Style Sheets - Medidas
CSS - Cascading Style Sheets - MedidasCSS - Cascading Style Sheets - Medidas
CSS - Cascading Style Sheets - Medidas
Israel Messias
 
CSS - Cascading Style Sheets - Revisão
CSS - Cascading Style Sheets - RevisãoCSS - Cascading Style Sheets - Revisão
CSS - Cascading Style Sheets - Revisão
Israel Messias
 
CSS - Cascading Style Sheets - 2
CSS - Cascading Style Sheets - 2CSS - Cascading Style Sheets - 2
CSS - Cascading Style Sheets - 2
Israel Messias
 
CSS - Cascading Style Sheets - 1
CSS - Cascading Style Sheets - 1CSS - Cascading Style Sheets - 1
CSS - Cascading Style Sheets - 1
Israel Messias
 
HTML - HyperText Markup Language - Review
HTML - HyperText Markup Language - ReviewHTML - HyperText Markup Language - Review
HTML - HyperText Markup Language - Review
Israel Messias
 
HTML - HyperText Markup Language - FTP
HTML - HyperText Markup Language - FTPHTML - HyperText Markup Language - FTP
HTML - HyperText Markup Language - FTP
Israel Messias
 
HTML - HyperText Markup Language - Organização de arquivos
HTML - HyperText Markup Language - Organização de arquivosHTML - HyperText Markup Language - Organização de arquivos
HTML - HyperText Markup Language - Organização de arquivos
Israel Messias
 
HTML - HyperText Markup Language - Formulário
HTML - HyperText Markup Language - FormulárioHTML - HyperText Markup Language - Formulário
HTML - HyperText Markup Language - Formulário
Israel Messias
 
HTML - HyperText Markup Language - 4 - Review
HTML - HyperText Markup Language - 4 - Review HTML - HyperText Markup Language - 4 - Review
HTML - HyperText Markup Language - 4 - Review
Israel Messias
 
HTML - HyperText Markup Language - HTML5
HTML - HyperText Markup Language - HTML5HTML - HyperText Markup Language - HTML5
HTML - HyperText Markup Language - HTML5
Israel Messias
 
HTML - HyperText Markup Language - 3
HTML - HyperText Markup Language - 3HTML - HyperText Markup Language - 3
HTML - HyperText Markup Language - 3
Israel Messias
 

Mais de Israel Messias (20)

CMS
CMSCMS
CMS
 
Programação Multiplataforma em Ambiente Web
Programação Multiplataforma em Ambiente WebProgramação Multiplataforma em Ambiente Web
Programação Multiplataforma em Ambiente Web
 
Programação Orientada a Objetos (POO) com PHP - Parte 2
Programação Orientada a Objetos (POO) com PHP - Parte 2Programação Orientada a Objetos (POO) com PHP - Parte 2
Programação Orientada a Objetos (POO) com PHP - Parte 2
 
Programação Orientada a Objetos (POO) com PHP - Parte 1
Programação Orientada a Objetos (POO) com PHP - Parte 1Programação Orientada a Objetos (POO) com PHP - Parte 1
Programação Orientada a Objetos (POO) com PHP - Parte 1
 
Websockets
WebsocketsWebsockets
Websockets
 
Arquitetura Cliente-Servidor - Modelos
Arquitetura Cliente-Servidor - ModelosArquitetura Cliente-Servidor - Modelos
Arquitetura Cliente-Servidor - Modelos
 
Arquitetura Cliente-Servidor - Banco de dados
Arquitetura Cliente-Servidor - Banco de dadosArquitetura Cliente-Servidor - Banco de dados
Arquitetura Cliente-Servidor - Banco de dados
 
Ferramentas para Animações de Sites - Canvas
Ferramentas para Animações de Sites - CanvasFerramentas para Animações de Sites - Canvas
Ferramentas para Animações de Sites - Canvas
 
Ferramentas para Animações de Sites - Áudio
Ferramentas para Animações de Sites - ÁudioFerramentas para Animações de Sites - Áudio
Ferramentas para Animações de Sites - Áudio
 
CSS - Cascading Style Sheets - Medidas
CSS - Cascading Style Sheets - MedidasCSS - Cascading Style Sheets - Medidas
CSS - Cascading Style Sheets - Medidas
 
CSS - Cascading Style Sheets - Revisão
CSS - Cascading Style Sheets - RevisãoCSS - Cascading Style Sheets - Revisão
CSS - Cascading Style Sheets - Revisão
 
CSS - Cascading Style Sheets - 2
CSS - Cascading Style Sheets - 2CSS - Cascading Style Sheets - 2
CSS - Cascading Style Sheets - 2
 
CSS - Cascading Style Sheets - 1
CSS - Cascading Style Sheets - 1CSS - Cascading Style Sheets - 1
CSS - Cascading Style Sheets - 1
 
HTML - HyperText Markup Language - Review
HTML - HyperText Markup Language - ReviewHTML - HyperText Markup Language - Review
HTML - HyperText Markup Language - Review
 
HTML - HyperText Markup Language - FTP
HTML - HyperText Markup Language - FTPHTML - HyperText Markup Language - FTP
HTML - HyperText Markup Language - FTP
 
HTML - HyperText Markup Language - Organização de arquivos
HTML - HyperText Markup Language - Organização de arquivosHTML - HyperText Markup Language - Organização de arquivos
HTML - HyperText Markup Language - Organização de arquivos
 
HTML - HyperText Markup Language - Formulário
HTML - HyperText Markup Language - FormulárioHTML - HyperText Markup Language - Formulário
HTML - HyperText Markup Language - Formulário
 
HTML - HyperText Markup Language - 4 - Review
HTML - HyperText Markup Language - 4 - Review HTML - HyperText Markup Language - 4 - Review
HTML - HyperText Markup Language - 4 - Review
 
HTML - HyperText Markup Language - HTML5
HTML - HyperText Markup Language - HTML5HTML - HyperText Markup Language - HTML5
HTML - HyperText Markup Language - HTML5
 
HTML - HyperText Markup Language - 3
HTML - HyperText Markup Language - 3HTML - HyperText Markup Language - 3
HTML - HyperText Markup Language - 3
 

Último

História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptxHistória da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
TomasSousa7
 
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas PráticasSegurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Danilo Pinotti
 
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdfDESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
Momento da Informática
 
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdfManual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
Faga1939
 
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdfTOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
Momento da Informática
 
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptxLogica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Momento da Informática
 
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdfCertificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
joaovmp3
 

Último (8)

História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptxHistória da Rádio- 1936-1970 século XIX   .2.pptx
História da Rádio- 1936-1970 século XIX .2.pptx
 
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas PráticasSegurança Digital Pessoal e Boas Práticas
Segurança Digital Pessoal e Boas Práticas
 
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdfDESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE I_aula1-2.pdf
 
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdfManual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
Manual-de-Credenciamento ANATER 2023.pdf
 
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
PRODUÇÃO E CONSUMO DE ENERGIA DA PRÉ-HISTÓRIA À ERA CONTEMPORÂNEA E SUA EVOLU...
 
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdfTOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
TOO - TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS aula 1.pdf
 
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptxLogica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
Logica de Progamacao - Aula (1) (1).pptx
 
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdfCertificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
Certificado Jornada Python Da Hashtag.pdf
 

Arquitetura Cliente-Servidor

  • 1.
  • 2. • A característica do modelo cliente-servidor, descreve a relação de programas numa aplicação. O componente de servidor fornece uma função ou serviço a um ou mais clientes, que iniciam os pedidos de serviço. (Wikipédia) • Cada instância de software do cliente pode enviar requisições a vários servidores. Por sua vez, os servidores podem aceitar esses pedidos, processá-los e retornar as informações solicitadas para o cliente. Embora este conceito possa ser aplicado por uma variedade de razões e para diversos tipos de aplicações, a arquitetura permanece fundamentalmente a mesma. (Wikipédia)
  • 3.
  • 4. • Recursos centralizados: já que o servidor está no centro da rede, pode gerenciar recursos comuns a todos os usuários, como por exemplo uma base de dados centralizada, a fim de evitar os problemas de redundância e de contradição; • Maior segurança: porque o número de pontos de entrada que permitem o acesso aos dados é menos importante; • Uma administração a nível do servidor: como os clientes têm pouca importância neste modelo, têm menos necessidade de ser administrados; • Uma rede evolutiva: graças a esta arquitetura, é possível suprimir ou acrescentar clientes sem estar a perturbar o funcionamento da rede e sem modificação essencial.
  • 5. • Custo elevado: devido ao tecnicismo do servidor; • Elo fraco: o servidor é o único elo fraco da rede cliente/servidor, já que toda a rede está estruturada em redor dele! Felizmente, o servidor tem uma grande tolerância às avarias (principalmente graças ao sistema RAID); • Um servidor poderá ficar sobrecarregado: caso receba mais solicitações simultâneas dos clientes do que pode suportar.
  • 6. • Inicia pedidos para servidores; • Espera por respostas; • Recebe respostas; • Conecta-se a um pequeno número de servidores de uma só vez ; • Normalmente interage diretamente com os usuários finais através de qualquer interface com o usuário; • Utiliza recursos da rede.
  • 7. • Sempre espera por um pedido de um cliente; • Atende os pedidos e, em seguida, responde aos clientes com os dados solicitados; • Pode se comunicar com outros servidores para atender uma solicitação específica do cliente; • Fornece recursos de rede. • Estrutura o sistema.
  • 8. • Cliente-Servidor (https://pt.wikipedia.org/wiki/Cliente-servidor) • Ambiente Cliente/Servidor (http://br.ccm.net/contents/150-ambiente-cliente-servidor)